You are on page 1of 17

Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos

Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos


APLICAÇÕES DO GERENCIAMENTO DE RISCOS

OPORTUNIDADES DE APLICAÇÃO
DO GERENCIAMENTO DE RISCOS
NUMA EMPRESA DE
CONSTRUÇÃO CIVIL
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
CONTEXTOS E CADEIA DE RISCOS

Atividade
Atividade Atividade
Atividade Atividade
Atividade

Um risco não tratado, pode propagar e multiplicar seus impactos para


todos os níveis do projeto.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
V ISÕES DA A NÁLISE DOS R ISCO

CLIENTE/ORG
Corporativo
Negócio/Portfólio
Empreendimento
Tempo
CONTRATADA/CLIENTE
Tático
Contrato
CONTRATADA/ORG Médio prazo
Estratégico Mitigar, Pleito
Empresa/Óleo e Gas
Longo prazo
Custo
GERÊNCIAS/OPERAÇÃO
Operacional
Unidades/Fases/Pacotes/Atividades
Curto prazo
Desempenho
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
ANALISE CRITICA DOS RISCOS DO CONTRATO
Controle e Monitoramento de Riscos
 Reunião periódica de Gerenciamento de Riscos Contratada e o Cliente
Revisão do status de todos os riscos com esforços de mitigação em andamento;
Verificar o surgimento de novas riscos;
Revisar a lista dos principais riscos do Contrato;
Revisar o Plano de Respostas aos Riscos.

 Workshops internos;
 Entrevistas com responsáveis pelos riscos e atividades do cronograma;
 Análise de documentos: Construtibilidade, comissionamento, análise
probabilística,
 Anexos contratuais, plano de medições, atas, e-mails, reuniões, análise do
cronograma, dados históricos, etc.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
ANALISE PROBABILÍSTICA DOS RISCOS DO CRONOGRAMA
Avaliação Quantitativa dos Riscos
Relatório Probabilístico de impacto no Prazo Global
Avaliação quantitativa dos riscos a partir do Cronograma Contratual, através da
metodologia de Monte Carlo.
 Calculo da probabilidade da conclusão das unidades no prazo contratual;
 Identificação das atividades que impactam no prazo;
 Ações para redução do impactos das atividades identificadas;
 Executar iterações matemáticas até que a probabilidade do prazo seja aceitável;
Classificação das tarefas quanto ao tipo:
• Caminho Critico;
• Caminho Semicrítico;
• Durações extensas;
• Pontos de Sensibilidade.
Realizado quando:
 Nova LB;
 Avanços do cronograma.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
ANÁLISE DE VIABILIDADE DO CONTRATO
Análise de Risco do Cronograma (Licitação):
 A distribuição das probabilidades e impactos dos riscos e incertezas são mapeados no
Cronograma;
 São feitas simulações e calculado o resultado probabilístico da data de término do projeto;
 Pode-se saber de antemão quais atividades (riscos) podem influenciar o cronograma.

 Atividades com maior impacto são identificadas;


 Cálculo da contingência de prazo;
 Cálculo do custo de ações mitigatórias.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
ANÁLISE DE VIABILIDADE DO CONTRATO
Análise de Risco do Orçamento (Licitação):
 A distribuição das probabilidades e impactos dos riscos e incertezas são mapeados nos
componentes do FLUXO DE CAIXA;
 São feitas simulações e calculado o resultado probabilístico do resultado financeiro do projeto;
 Pode-se saber de antemão quais atividades (riscos) podem influenciar o FLUXO DE CAIXA.

 Atividades com maior impacto são identificadas;


 Cálculo da contingência de custos;
 Cálculo do custo de ações mitigatórias.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
RISCOS NAS MEDIÇÕES
Modelo de Planilha
 Para as atividades com valor do saldo de medição > valor médio (50%);
 Identificar os quesitos que podem impedir a aprovação da medição;
 Plano de ação para eliminar cada impeditivos para o período considerado (3 meses);
 Estimativa da probabilidade da medição na data considerada (dia 25 do mês)
 Definição do Responsável e Prazo para execução do plano de ação.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos

IDENTIFICAÇÃO E A NÁLISE Q UALITATIVA DOS R ISCOS


Os riscos identificados recebem pontuação e classificação quanto a sua severidade.
Os riscos com maior severidade  são selecionados para o plano de respostas. Os
outros   ficam em observação.
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
EXEMPLO DE UM PLANO DE RESPOSTAS AOS RISCOS
Evidências devem ser
apresentadas à Petrobras
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
RISCOS GLOBAIS DO CONTRATO
Plano de Mitigação de Riscos:
Exemplo de um Plano de Mitigação de Risco
Dados da Área atingida
UNID Fase Subfase Data Ini Data Fim Dur Valor R$
Global CV Diversas 27/10/12 09/05/13 134 6.787.325

Identificação do Risco
Impa
Evento Impacto cto
# Tipo Origem Causa(s) Consequência(s) Prob
(Risco) Prazo Cust
o
1 Ameaça Chuvas Externa Condições (1) Atraso nas etapas de Construção civil e C&M; MA A MA
climáticas (2) Aumento dos custos devido a atrasos e
retrabalhos; (3) Perda de produtividade;
(4) Impedimento ou dificuldade no
desenvolvimento dos trabalhos; (5) Acidentes.

Avaliação do Risco
Estratégia Perda Total Perda HH Perda Mat. Desempenho Paradas Severid. Severid.
Status
Inicial (R$) (R$) (R$) Perdas - dc Perdas - dc Custo Prazo
Pleitear 3.087.467 2.587.467 500.000 *15 *5 Ativo 0,15 0,12

• Dias corridos (dc) adicionais ao contrato


• Valor médio (MOD) do dia parado durante a fase de Construção Civil (Global) = R$ 129.373 (jan/13)
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
RISCOS GLOBAIS DO CONTRATO
Demonstrativo do Plano de Mitigação de Riscos:
Plano de Contingência
Gatilho Plano de Contingência
Previsões meteorológicas  Avaliar impactos das chuvas para cada área sensível;
 Plano de contingência para cada área sensível;
 Avaliar viabilidade do plano de contingência;
 Elaborar Pleito;

Demonstrativo do Plano de Mitigação


Custo / Custo Perda Perda  Perda  Perda Resultado liq.
Ação Mitigação Qtde.
unit total Pré mitigação Prós mitigação Pré-Pós - Custo Plano
 Preventivo das áreas: 20,20 200 4.040,00
 Drenagem: 54.000,00
1.293.733 10 dc * 1.293.733 1.793.734
 Bombas de drenagem: 2.000,00 6 12.000,00 20 dc * 129.373
+ 500.000 129.373 - 236.040 + 236.040
 Previsão meteorológica 4.000,00 24 96.000,00 + 500.000
 Coberturas: 14,00 5.000 70.000,00
Total 236.040 3.087.467 1.793.734 1.293.733 1.057.693 2.029.774,00

Resultado Pós Mitigação


Perda Total Perda Total Custo da Resultado Perdas Paradas Severid.
Ganho Plano Severid. Prazo
Pré R$ Pós. R$ Resposta Plano dc dc Custo
3.087.467 1.793.734 236.040 2.029.774 1.057.693 5 5 0,06 0,06

Sumarizando
Com um custo de R$236.040,00 reduzimos a previsão de perdas de R$3.087.467 para R$2.029.774,00
Um ganho de R$1.057.693,00 e uma redução na estimativa de atraso de 20 para 10 dias
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
RISCO E PLEITOS
Durante o projeto, devemos identificar os Riscos e as suas causas.
Tratamento dos Riscos cujas causas são de responsabilidade da Contratada:
 Mitigar, eliminar, transferir, aceitar ou contingenciar.
Tratamento dos Riscos cujas causas são de responsabilidade do Cliente:
 Observar, documentar, registrar, evidenciar.

Causa Evento de Risco Efeito


(Incertezas)
(Fato ou Condição) (Resultado Possível)

Causa interna  Mitigação: Causa interna  Contingência:


Reduzir a probabilidade e mitigar o impacto; Reparar ou corrigir as consequências;
Causa externa  Pleito: Causa externa  Pleito:
Eliminar causas internas; Evidenciar respostas para causas internas;
Registrar e documentar eventos externos Reivindicar ressarcimentos e prorrogações.
Evento Causas Ação Mitigatória Efeito Ação Contingência
Gerador 1) Atraso do 1) Equipe complementar na A) Projeto vai atrasar A) Plano de ação
disponível projeto executivo; Enga.; 15 dias; para recuperar
após data 2) Atraso na 2) Diligenciar junto ao B) Custo de $ 150M prazo;
prevista aquisição do cliente para agilizar Paralização MOI e B) Avaliar efeitos
gerador de aprovações; MOD; causas cliente;
energia p/ cliente. 3) Documentos, atas, C) Atraso em C) Pleitear prazo e
emails, cartas, Registros de medições de $350M; custos causas
causas cliente; cliente;
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
ANÁLISE DE VIABILIDADE DO CONTRATO
Análise de Risco no Cronograma:
 A distribuição das probabilidades e impactos dos riscos e incertezas são mapeados no
Cronograma;
 São feitas simulações e calculado o resultado probabilístico da data de término do projeto;
 Pode-se saber de antemão quais atividades (riscos) podem influenciar o cronograma.

 Data contratual: 18%


 Objetivo: 80%
 O desvio da data final
do contrato: 30 dias;
 Atividades que
impactam o
cronograma;
 Ações mitigatórias;
 Redução no prazo: 30
dias;
 Redução nos custos:
*R$3.971.299,09;
*Custo dia MOD (fev/13):
R$132.376,64
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
RISCOS GLOBAIS DO CONTRATO
Impacto dos Riscos no Fluxo de Caixa:
Conceitos Básicos de Gerenciamento de Riscos
PROJETO EM UM CONTRATO GLOBAL