You are on page 1of 9

AULA 1

CONJUNTOS NUMÉRICOS

Conceito – é o agrupamento de números especiais utilizados para representações matemáticas.


Os conjuntos numéricos podem ser classificados como:

Conjunto dos Números Naturais (N)


Representa todos os números inteiros positivos, incluindo o 0 (zero).
N = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, …}
N* = {1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, …}; ou seja N* = N – {0} (Todos os números positivos, excluindo
o 0 (zero)
Np = {0, 2, 4, 6, 8, …, 2n, …}; em que n є N: conjunto dos números naturais pares.
Ni = {1, 3, 5, 7, 9, …, 2n+1, …}; em que n є N: conjunto dos números naturais ímpares.
P = {2, 3, 5, 7, 11, 13, …}; conjunto dos números naturais primos.

Conjunto dos Números Inteiros (Z)


Representa todos os números inteiros, positivos e negativos, onde 0 (zero) marca o valor central.
Z= {…, -6, -5, -4, -3, -2, -1, 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, …}
Z+ = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, …}; conjunto dos números inteiros e não negativos. Z+ = N
Z*+= {1, 2, 3, 4, 5, 6, …}; conjunto dos números inteiros e não negativos e sem o 0 (zero). Z*+ =
N*.
Z - = {…, -6, -5, -4, -3, -2, -1, 0}; conjunto dos números inteiros não positivos.
Z*- = {…, -6, -5, -4, -3, -2, -1}; conjunto dos números inteiros não positivos e sem o 0 (zero).

Conjunto dos Números Racionais (Q)


Representa todos os números que podem ser escritos de forma em que “a” e “b” sejam números
inteiros.
Ex: a/b = 4/5 = 0,8
Q = {0, +1, +1/2, +1/3, …, +2, +2/3, +2/5, …}
Obs: Dízimas periódicas são números racionais.
Subconjuntos dos Números Racionais
Q*= subconjunto dos números racionais não-nulos, formado pelos números racionais sem o zero.
Q+= subconjunto dos números racionais não-negativos, formado pelos números racionais positivos
e o zero.
Q*+= subconjunto dos números racionais positivos, formado pelos números racionais positivos,
sem o zero.
Q–= subconjunto dos números racionais não-positivos, formado pelos números racionais negativos
e o zero.
Q*–= subconjunto dos números racionais negativos, formado números racionais negativos, sem o
zero.
Conjunto dos Números Irracionais (I)
Representam todos os números não exatos com uma representação infinita e não periódica.
Ex: П (3,141492…)

Conjunto dos Números Reais (R)


Representam todos os números existentes. Assim:
R = Q ∪ I (Lê-se: os números reais são a União (∪) dos números Racionais (que compreendem
também os Naturais e os Inteiros) e os Irracionais.
Subconjuntos dos Números Reais
R*= {x ∈ R│x ≠ 0}: conjunto dos números reais não-nulos.
R+ = {x ∈ R│x ≥ 0}: conjunto dos números reais não-negativos.
R*+ = {x ∈ R│x > 0}: conjunto dos números reais positivos.
R– = {x ∈ R│x ≤ 0}: conjunto dos números reais não-positivos.
R*– = {x ∈ R│x < 0}: conjunto dos números reais negativos.

Intervalos Numéricos
Há ainda um subconjunto relacionado com os números reais que são chamados de intervalos.
Sejam a e b números reais e a < b, temos os seguintes intervalos reais:
Intervalo aberto de extremos: ]a,b[ = {x ∈ R│a < x < b}

Intervalo fechado de extremos: [a,b] = {x ∈ R│a ≤ x ≤ b}

Intervalo aberto à direta (ou fechado à esquerda) de extremos: [a,b[ = {x ∈ R│a ≤ x < b}

Intervalo aberto à esquerda (ou fechado à direita) de extremos: ]a,b] = {x ∈ R│a < x ≤ b}

Propriedades dos Conjuntos Numéricos

Para facilitar os estudos sobre os conjuntos numéricos, segue abaixo algumas de suas propriedades:
•O conjunto dos números naturais (N) é um subconjunto dos números inteiros: Z (N ⊂ Z).
•O conjunto dos números inteiros (Z) é um subconjunto dos números racionais: (Z ⊂ Q).
•O conjunto dos números racionais (Q) é um subconjunto dos números reais (R).
•Os conjuntos dos números naturais (N), inteiros (Z), racionais (Q) e irracionais (I) são
subconjuntos dos números reais (R).

Exercícios com Respostas


1. (UFOP-MG) A respeito dos números a = 0,499999... e b = 0,5, é correto afirmar:
a) b = a + 0,011111
b) a = b
c) a é irracional e b é racional
d) a < b

2. (UEL-PR) Observe os seguintes números:


I. 2,212121...
II. 3,212223
III. π/5
IV. 3,1416
V. √– 4
Assinale a alternativa que identifica os números irracionais:
a) I e II.
b) I e IV.
c) II e III.
d) II e V.
e) III e V.

3. (Cefet-CE) É unitário o conjunto:


a) {x ∈ Z│x < 1}
b) {x ∈ Z│x2 > 0}
c) {x ∈ R│x2 = 1}
d) {x ∈ Q│x2 < 2}
e) {x ∈ N│1 < 2x < 4}

Gabarito:
1-b
2-c
3-e

Entendendo o conceito básico de conjuntos, veremos agora as operações com conjuntos.

Operações com Conjuntos


União de Conjuntos
A união dos conjuntos corresponde a união dos elementos de dois conjuntos. Ela é representada
pelo símbolo U.

Exemplo:
A = {c, a, r, e, t}
B = {a, e, i, o, u}
C = {c, a, r, e, t, a, e, i, o, u}
No entanto, as repetições são eliminadas. Logo,
C = {c, a, r, e, t, i, o, u}
A união dos dois conjuntos é representada: A U B (A união de B), sendo o conjunto C a reunião de
A e B.
Intersecção de Conjuntos
A intersecção dos conjuntos corresponde aos elementos em comum de dois conjuntos. Ela é
representada pelo símbolo ∩.

Exemplo:
A = {c, a, r, e, t }
B = {a, e, i, o, u}
C = {a, e}
Indicado por A ∩ B (A intersecção de B) temos que o conjunto C é a interseção entre eles.
Obs: quando dois conjuntos não apresentam elementos em comum, dizemos que a intersecção entre
eles é um conjunto vazio.
Nesse caso, esses conjuntos são chamados de disjuntos: A ∩ B = Ø
Diferença de Conjuntos
Na diferença de conjuntos temos dois conjuntos cujos elementos do primeiro não aparecem no
segundo.

Exemplo:
Dados os conjuntos A e B, a diferença entre eles é representado pela expressão A – B:
A= {a, b, c, d, e, f} – B = {d, e, f, g, h}
A – B = {a, b, c}

Exercícios com Respostas


1. (PUC-RJ) Sejam x e y números tais que os conjuntos {0, 7, 1} e {x, y, 1} são iguais. Então
podemos afirmar que:
a) a = 0 e y = 5
b) x + y = 7
c) x = 0 e y = 1
d) x + 2y = 7
e) x = y
2. (UFU-MG) Sejam A, B e C conjuntos de números inteiros, tais que A tem 8 elementos, Btem 4
elementos, C tem 7 elementos e A U B U C tem 16 elementos. Então, o número máximo de
elementos que o conjunto D = (A ∩ B) U (B ∩ C) pode ter é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
3. (ITA-SP) Considere as seguintes afirmações sobre o conjunto U = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9}:
I. Ø ∈ U e n (U) = 10
II. Ø ⊂ U e n (U) = 10
III. 5 ∈ U e {5} C U
IV. {0, 1, 2, 5} ∩ {5} = 5
Pode-se dizer, então, que é (são) verdadeira (s):
a) apenas I e III.
b) apenas II e IV
c) apenas II e III.
d) apenas IV.
e) todas as afirmações.

Gabarito
1-b
2-c
3-c

Divisores
Divisores de um Número Natural
A definição de divisor está relacionada com a de múltiplo. Um número natural é divisor de outro
número natural, se este for múltiplo do mesmo.
Por exemplo: 4 é divisor de 20, pois 20 = 4 × 5, logo 20 é múltiplo de 4 e também é múltiplo de 5.
Divisores de 60: D (60) = {1, 2, 3, 4, 5, 6, 10, 12, 15, 20, 30, 60}
Divisores de 18: D (18) = {1, 2, 3, 6, 9, 18}
Divisores de 20: D (20) = {1, 2, 4, 5, 10, 20}
Divisores de 30: D (20) = {1, 2, 3, 5, 6, 12, 15, 30}
a) Múltiplos
Zero é múltiplo de qualquer dos números naturais O número de múltiplos de um número natural é
infinito.
b) Divisores
1 é divisor de qualquer um dos números naturais. O número de divisores de um número natural é
finito.

Números Primos
São números naturais primos os que têm apenas dois divisores distintos: o número 1 e ele mesmo.
Ex1.: 2 tem apenas dois divisores o número 1 e ele mesmo 2, portanto 2 é um número primo.
Ex2.: 13 tem apenas os divisores o número 1 e ele mesmo 13, portanto 13 é um número primo.
Ex3.: 9 tem os divisores 1, 3 e 9, portanto 9 não é um número primo.
Considerando os números naturais até 100 os primos são:
{2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, 31, 37, 41, 43, 47, 53, 59, 61, 67, 71, 73, 79, 83, 89, 97}
Decomposição em Fatores Primos
Todo número pode ser representado por uma multiplicação que envolve somente números primos.
Existe uma regra prática para fatorar um número. Pelo dispositivo prático dividimos o número pelo
seu menor divisor primo, até atingirmos o quociente um.
Ex.: Decomponha 420
420 | 2
210 | 2
105 | 3
35 | 5
7 |7
1
2² x 3 x 5 x 7 = 420

Divisores de um Número Inteiro


Um número inteiro além dos divisores positivos também tem os divisores negativos, isso significa
que quando consideramos os números inteiros temos o dobro de divisores em relação aos números
naturais.
Ex.: Divisores de 18: D (18) = {-18, -9, -6, -3, -2, -1, 1, 2, 3, 6, 9, 18}
Veja o dispositivo para encontrar dispositivo para encontra o número de divisores inteiros.
Primeiramente, decomponha o número em fatores primos, depois some 1 aos expoentes e
multiplique os resultados e depois dobre o valor.
Ex.: o número 18 tem quantos divisores inteiros?
18 | 2
9 |3
3 |3
1
Logo temos 2¹ x 3². Somando 1 aos expoentes e multiplicando temos (1 + 1) x (2 + 1) = 2 x3 = 6
Dobro de 6 é 12. Logo o número 18 tem 12 divisores inteiros.

Máximo Divisor Comum (mdc)


Dois números naturais sempre têm divisores comuns.
Ex.: Os divisores de 18 e 24 são:
D(18) = 1, 2, 3, 6, 9, 18
D(24) = 1, 2, 3, 4, 6, 8, 12, 24
Divisores comuns a 18 e 24 são: 1, 2, 3 e 6. O maior dos divisores comuns é o 6. Logo o 6 é o
Máximo divisor comum.

Mínimo Múltiplo Comum (mmc)


Dois ou mais números sempre têm múltiplos comuns. Para percebemos essa característica, vamos
achar os múltiplos comuns de 3 e 4.
M(3) = (0, 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21, 24, 27...)
M(4) = (0, 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28, 32,...)
O mínimo múltiplo comum denominado mmc é o menor múltiplo diferente de zero comum aos
múltiplos dos dois números.
Neste caso o mmc entre 3 e 4 é 12.

Forma prática de encontra o mmc e o mdc


Podemos utilizar a fatoração cara encontrar o mmc e o mdc no mesmo dispositivo, a decomposição
em fatores primos.
Ex1.: Qual é o mmc e o mdc entre 56 e 72?
Iremos decompor em fatores primos e toda vez que os dois valores tiverem o mesmo divisor
marcaremos com “*”.
56, 72 | 2*
28, 36 | 2*
14, 18 | 2*
7, 9 | 3
7, 3 | 3
7, 1 | 7
1, 1 | 1
Para encontrar o mmc basta multiplicar todos os fatores primos na decomposição.
mmc = 2 . 2 . 2 . 3 . 3 . 7
Para encontrar o mdc basta multiplicar os que contem *.
mdc = 2 . 2 . 2 = 8

Exercícios com Respostas


01. (CONESUL) Assinale a alternativa que apresenta o valor do M.D.C. de 72 e 168.
a) 12.
b) 24.
c) 8.
d) 16.
e) 36.

02. (VUNESP) Um eletricista tem 4 rolos do fio X, com 84 m cada um, 3 rolos do fio Y, com 144 m
cada um, e 5 rolos do fio Z, com 60 m cada um. Para fazer as ligações necessárias de uma obra, ele
deverá cortar os fios dos 12 rolos em pedaços do mesmo tamanho, sendo esse tamanho o maior
possível, de modo que não reste nenhum pedaço de fio nos rolos. Dessa maneira, ele deverá obter
um número total de pedaços igual a:
a) 24
b) 36
c) 49
d) 64
e) 89

03. (FCC) Sistematicamente, dois funcionários de uma empresa cumprem horas-extras: um, a cada
15 dias, e o outro, a cada 12 dias, inclusive aos sábados, domingos ou feriados. Se em 15 de outubro
de 2010 ambos cumpriram horas-extras, outra provável coincidência de horários das suas horas-
extras ocorrerá em:
a) 9 de dezembro de 2010.
b) 15 de dezembro de 2010.
c) 14 de janeiro de 2011.
d) 12 de fevereiro de 2011.
e) 12 de março 2011.

04. (FCC) Ao sacar X reais de sua conta corrente, Alaíde recebeu do caixa do Banco um total de 51
cédulas, que eram de apenas três tipos: 10, 20 e 50 reais. Considerando que as quantias
correspondentes a cada tipo de cédula eram iguais, o valor de X era:
a) R$ 300,00
b) R$ 450,00
c) R$ 600,00
d) R$ 750,00
e) R$ 900,00

05. O esportivo, comerciais dos produtos A, B e C, todos de uma mesma empresa, foram veiculados
durante um tempo total de 140 s, 80 s e 100 s, respectivamente, com diferentes números de
inserções para cada produto. Sabe-se que a duração de cada inserção, para todos os produtos, foi
sempre a mesma, e a maior possível. Assim, o número total de comerciais dessa empresa veiculados
durante a transmissão foi igual a:
a) 32
b) 30
c) 24
d) 18
e) 16.

06. (OBJETIVO-SP) - O m.m.c. entre os números é 360. Então, os valores de m e n são,


respectivamente:
a) 3 e 2
b) 2 e 3
c) 1 e 4
d) 4 e 1
e) n.d.a

07. (FUVEST-SP) No alto de uma torre de uma emissora de televisão duas luzes piscam com
freqüências diferentes. A primeira pisca 15 vezes por minuto e a segunda pisca 10 vezes por minuto.
Se certo instante as luzes piscam simultaneamente, após quantos segundos elas voltarão a piscar
simultaneamente?
a) 10
b) 12
c) 15
d) 20
e) 30

08. (FCC) Três funcionários fazem plantões nas seções em que trabalham: um a cada 10 dias, outro
a cada 15 dias, e o terceiro a cada 20 dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Se no dia
18/05/02 os três estiveram de plantão, a próxima data em que houve coincidência no dia de seus
plantões foi
a) 18/11/02
b) 17/09/02
c) 18/08/02
d) 17/07/02
e) 18/06/02

09. (FCC) No almoxarifado de uma Unidade do Tribunal Regional Eleitoral há disponível: 11


caixas de lápis, cada qual com 12 unidades; 9 caixas de borrachas, cada qual com 8 unidades; 8
caixas de réguas, cada qual com 15 unidades. Sabe-se que:
• Todos os objetos contidos nas caixas acima relacionadas deverão ser divididos em pacotes e
encaminhados a diferentes setores dessa Unidade;
• Todos os pacotes deverão conter a mesma quantidade de objetos;
• Cada pacote deverá conter um único tipo de objeto. Nessas condições, a menor quantidade de
pacotes a serem distribuídos é um número compreendido entre:
a) 10 e 20
b) 20 e 30
c) 30 e 40
d) 40 e 50
e) 50 e 60.

10. (CESGRANRIO) Considere dois grupos de agentes censitários, um deles com 66 agentes e o
outro, com 72. Os dois grupos serão divididos em equipes de trabalho. Essas equipes deverão ter o
mesmo número de agentes, sendo que todos os agentes de cada equipe devem ser originários do
mesmo grupo. Desse modo, o número máximo de agentes por equipe será
a) 3
b) 4
c) 5
d) 6

11. (CESGRANRIO) João tem 100 moedas, umas de 10 centavos, e outras de 25 centavos,
perfazendo um total de R$ 20,20. O número de moedas de 25 centavos que João possui é
a) 32
b) 56
c) 64
d) 68
e) 72

Gabarito:
1-b
2-e
3-d
4-e
5-e
6-a
7-e
8-d
9-b
10 - c
11 - d