ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA Rozalina Cássia de Andrade Ruas Costa * MONOGRAFIA, Etimologicamente monografia significa “monos” – um só e “graphein”

– escrever, dissertar a respeito de um assunto único. É importante ressaltar que não há monografia sem investigação científica e que este tipo de trabalho não pretende fazer do aluno um cientista, mas oportunizá-lo conhecer a metodologia da pesquisa científica. Para escrever uma monografia o aluno deve obedecer princípios estabelecidos pela metodologia científica e adquirir não só a capacidade de conhecer as conclusões que lhe são transmitidas, mas a habilidade de reconstituir, de refazer as diversas etapas do caminho percorrido pelos cientistas. As características principais do trabalho monográfico são: - especificação e/ou delimitação do tema: que significa a redução da abordagem a um único tema ou assunto. - Originalidade: Originalidade neste caso não significa novidade, mas retorno às origens, à essência. - Reflexão: principal característica da monografia, sem ela o trabalho corre o risco de tornar-se um simples relatório. ETAPAS A SEREM SEGUIDAS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA • Escolha do Assunto: A escolha do assunto exige uma análise detalhada de aspectos como: tempo disponível para realizar a pesquisa, bibliografia existente sobre o assunto, possibilidade de consultas. • Delimitação do Tema: O assunto não pode ser muito amplo nem muito limitado. • Escolha do tipo de pesquisa e do método a ser utilizado: O problema levantado é que determina o tipo de pesquisa a ser empreendida. A pesquisa pode ser empírica (que demanda método empírico: experimento, observação de campo, etc) ou não empírica (que se processa mediante a dedução por não ter possibilidade de verificação empírica, recorrendo por isso à demonstração teórica). • Pesquisa bibliográfica: Nesta etapa o pesquisador consultará toda a produção escrita existente sobre o assunto. • Construção: Esta etapa consiste na ordenação do material coletado o que vai fornecer solução ao problema.
________________ * Pedagoga, Professora e Supervisora Itinerante do Curso Normal Superior da UNIMONTES – Universidade Estadual de Montes Claros/ISE – Instituto Superior de Educação.

• Redação: Desde sua fase de construção o trabalho monográfico já vem sendo redigido. Como o trabalho literário, também o trabalho científico tem sua arte própria para se poder conciliar precisão, objetividade e clareza. Na redação de uma monografia deve-se seguir os seguintes passos: - Redação Provisória - escrita preliminar, para posterior revisão. - Redação definitiva - quando são feitas as correções, emendas e organização final. ASPECTOS A SEREM OBSERVADOS NA ESTRUTURA DA MONOGRAFIA  ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Capa – cobertura externa em brochura ou capa dura. Constando o nome da Instituição, o nome do autor da monografia, o titulo, a natureza acadêmica, o local e ano. Folha de rosto – Autor/es quando houver mais de 01 relacioná-los em ordem alfabética; Título; Subtítulo (se houver); Natureza acadêmica do trabalho (grau, área e ou disciplina ), a Unidade de Ensino (departamento, curso...), e a Instituição: do/s Orientador/es ou professor da disciplina; Local (cidade) da instituição na qual o trabalho foi defendido; Ano em algarismos arábicos (mês e ano). Dedicatória – menção em que o autor presta homenagem ou dedica o trabalho a alguém. Agradecimentos – menções que o autor faz a pessoas e/ou instituições das quais eventualmente recebeu apoio e que concorreram de maneira relevante para o desenvolvimento do trabalho. Epígrafe – é a inscrição de um trecho em prosa ou composição poética que de certa forma embasou a construção do trabalho, seguida de autoria. Sumário – é a enumeração dos capítulos, seções ou partes do trabalho, na ordem em que aparecem no texto, indicando suas subordinações, bem como as folhas em que se iniciam. É apresentado em folha separada, após a folha de rosto, a dedicatória, os agradecimentos e a epígrafe. Deve relacionar os títulos dos elementos pré - textuais, textuais e pós - textuais. Resumo – é a apresentação concisa do texto, destacando seus aspectos de maior relevância. Evidenciando, entre outros aspectos, especialmente: entrelinha menor e em folha distinta, redação em um único parágrafo, no máximo 250 palavras, expressar na primeira frase o assunto tratado, situando-o no tempo e no espaço, preferencialmente na 3a pessoa do singular, evitar o uso de citações bibliográficas, ressaltar os objetivos, os métodos, os resultados e as conclusões do trabalho.

 ELEMENTOS TEXTUAIS

Texto é a parte do trabalho em que o assunto é apresentado e desenvolvido. Pode ser dividido em seções ou capítulos e subseções. Geralmente consiste em introdução, desenvolvimento ou corpo e conclusão ou considerações finais, não necessariamente com essa divisão e denominação, mas nesta seqüência.

Introdução é a parte do trabalho em que o assunto é apresentado como um todo, sem detalhes. Observe: a) Estabelecer o assunto, definindo – sucinta e claramente, sem deixar duvidas quanto ao campo e período abrangidos e incluindo informações sobre a natureza e a importância do problema. b) Indicar os objetivos e a finalidade do trabalho, justificando e esclarecendo sob que ponto de vista é tratado o assunto; c) Referir-se aos tópicos principais do texto, dando o roteiro ou a ordem de exposição (não são mencionados os resultados alcançados, o que acarretaria desinteresse pela leitura integral do texto)
 

Desenvolvimento ou corpo é a parte principal e mais extensa do trabalho, visa expor o assunto e demonstrar as principais idéias. É, em essência, a fundamentação lógica do trabalho na qual deve apresentar as principais partes explicitadas a seguir. Revisão da literatura na qual se deve: Fazer referência a trabalhos anteriormente publicados, situando a evolução do assunto; Limitar-se às contribuições mais importantes diretamente ligadas ao assunto; Mencionar o nome de todos os autores, no texto ou em notas e, obrigatoriamente, nas referências de acordo com as normas da ABNT: Oferecer base para a derivação das hipóteses e a explicação de sua fundamentação, quando for o caso. Metodologia – descrição precisa do método utilizado na pesquisa de campo, os instrumentos de coleta de dados empregados (deve ser justificada a escolha dos mesmos), os dados utilizados na análise devem figurar no texto ou ser anexados ao trabalho. Análise dos resultados aqui são representados os dados, os resultados obtidos de forma precisa e clara. Os dados obtidos podem ser analisados e relacionados com os principais problemas que existam sobre o assunto, dando subsídios para a conclusão. Recomendase: Justificar a escolha do tema da pesquisa; Relacionar causas e efeitos; Esclarecer exceções, contradições, teorias e princípios relativos ao trabalho; Indicar aplicações e limitações teóricas e práticas dos resultados obtidos; Ressaltar os aspectos que confirmem ou modifiquem de modo significativo as teorias estabelecidas, apresentando novas perspectivas para a continuidade da pesquisa.

a)

   

b)

c)

    

d)

Conclusão ou Considerações Finais: é a recapitulação sintética dos resultados e da discussão do estudo ou pesquisa. Pode apresentar deduções lógicas e correspondentes aos objetivos propostos, ressaltando o alcance e as conseqüências de suas contribuições, bem como seu possível mérito. Pode conter a indicação de problemas dignos de novos estudos, além de recomendações, quando for o caso. Deve ser breve e basear-se em dados comprovados.

 ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO a) Citações – é a menção, no texto, de informação extraída de outra fonte para esclarecer, ilustrar ou sustentar o assunto apresentado. São diretas (transcritas literalmente de um texto ou parte dele) ou indiretas (redigidas pelo autor do trabalho com base nas idéias de outros autores). • As citações com mais de três linhas devem ficar com fonte (10) menor que a utilizada no corpo do texto e adentrada 4 cm a partir da margem esquerda. Deve-se ter atenção quanto às citações blocadas que devem ficar o mais próximo possível das margens externa e inferior da folha. b) Notas de rodapé – são indicações bibliográficas, observações ou aditamento ao texto feitos pelo autor, tradutor, editor. c) Ilustrações – compreendem tabelas, quadros, figuras. Complementam o texto e devem ser inseridas o mais próximo possível do trecho a que se refere. Cada figura deve ter um título e um número.  ELEMENTOS PÓS – TEXTUAIS


Glossário (opcional) – é a relação, em ordem alfabética de palavras ou expressões de uso restrito ou sentido obscuro, acompanhadas das respectivas definições, com o objetivo de esclarecer o leitor sobre o significado dos termos empregados no trabalho. Referências Bibliográficas – constituem uma lista ordenada dos documentos citados pelo autor no texto, deve aparecer em folha própria depois do texto. Todos os documentos mencionados no trabalho devem, obrigatoriamente, constar dessa lista. Bibliografia recomendada, documentos ou obras consultados – utilizados para enriquecer o conhecimento do autor, porém não apareceram citados no texto, devem ser referenciados em outra lista logo após as referências ou bibliografia. Anexos – são documentos não elaborados pelo autor da monografia, que servem de fundamentação, comprovação ou ilustração. Materiais complementares ao texto que só devem ser incluídos quando forem imprescindíveis à compreensão deste. Apêndices – são elaborados pelo autor da monografia a fim de complementar sua argumentação. Materiais complementares ao texto que só devem ser incluídos quando forem imprescindíveis à compreensão deste. Apresentação gráfica – letra/tipo (Arial ou Times New Roman), fonte (12), formato do papel (A 4) Contra – capa

 APRESENTAÇÃO GRÁFICA
-

-

Letra/tipo:Times New Roman ou Arial Fonte: 12 Formato do papel: A 4 Margens: Superior: 3 cm; Inferior: 2 cm; Esquerda: 3 cm; Direita: 2 cm. (Justificar o texto antes de imprimir) Numeração das Páginas: Todas as páginas, a partir da folha de rosto, deverão ser contadas, mas a numeração só deverá aparecer a partir da folha da introdução. A numeração deverá vir à direita e na parte superior da folha (cabeçalho).

ATENÇÃO: - Procure realizar uma boa revisão de língua portuguesa e digitação. - Procure eliminar a quantidade excessiva de parágrafos muito curtos de 02 a 03 linhas, pois tal procedimento interrompe, de certa forma, a fluidez do texto. - Procure dar uma atenção especial a numeração de seu trabalho. Esta deve estar coerente com as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). ATENÇÃO: Procure garantir todos os tópicos aqui apresentados e explorados, pois eles estão na seqüência exata da produção do texto monográfico.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful