You are on page 1of 11

ELISEU FAZ UM MACHADO BOIAR

1Eliseu dirigia um grupo de profetas. Um dia eles lhe


pediram:
— O lugar onde moramos com você é muito
pequeno. 2Dê licença para irmos até o rio Jordão a
fim de cortar algumas árvores. Com elas
construiremos uma casa para a gente morar.
— Podem ir! — respondeu Eliseu.
3Um dos profetas insistiu que Eliseu fosse com eles.
Eliseu aceitou, 4e eles saíram juntos. Quando
chegaram ao Jordão, começaram a trabalhar. 5Um
deles estava cortando uma árvore, quando, de
repente, o ferro do seu machado escapou do cabo e
caiu na água.
— O que vou fazer, senhor? — gritou ele para
Eliseu. — O machado era emprestado!
6— Onde foi que ele caiu? — perguntou Eliseu.
O homem mostrou o lugar. Então Eliseu cortou um
pedaço de pau, jogou na água e fez o machado boiar.
7— Pegue-o! — mandou ele.
E o homem esticou o braço e o pegou.
INTRODUÇÃO: Apesar de tantos gritos de “confissão positiva”, “palavra
profética”, “prosperidade”, “autoajuda”, quando olho para Palavra de Deus,
percebo que o Senhor permite que tudo fique estreito, na verdade Ele nos
convida para um lugar tão apertado que não dá para desviar, veja: (Mt
7:13,14 - Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o
caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E
porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos
há que a encontrem.) Não tenho escutado esse versículo ultimamente...
Mas e os que pregam o evangelho pelo vil metal? (Mt 7:15 - Acautelai-vos,
porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas,
interiormente, são lobos devoradores.) Esses também se verão num
caminho estreito, pois o Senhor não os tolerará por muito tempo, lembra de
Balaão? (Nm 22:26 - Então o anjo do SENHOR passou mais adiante, e
pôs-se num lugar estreito, onde não havia caminho para se desviar nem
para a direita nem para a esquerda.)

No texto acima podemos constatar que apesar de serem homens de Deus,


aprendizes de profeta, de estarem na direção e companhia de
ELISEU=DEUS É SALVAÇÃO, homem que recebera porção dobrada do
Espírito; o lugar em que habitavam era estreito, e quantos servos de Deus,
de ontem e de hoje não estão assim vivendo no “estreito”, a Bíblia está
repleta de exemplos...

MAS O QUE FAZER QUANDO TUDO FICA ESTREITO?

1)RECONHEÇA A NECESSIDADE DE AGIR E DE DEUS INTERAGIR


(João 15:5 “...porque sem mim nada podeis fazer.”)

Os discípulos do profeta Eliseu perceberam o problema, o lugar que


habitavam, ficou estreito, mais do que isso reconheceram a necessidade
de agir, precisavam fazer alguma coisa para reverter a situação, e o
fizeram do melhor modo :
a)SE UNIRAM! vê só:(II Reis 6:2 - Vamos, pois, até ao Jordão
e tomemos de lá, cada um de nós, uma viga, e façamo-nos ali um lugar
para habitar. E disse ele: Ide) Escute: Onde há união de propósito, o
problema tende a dissipar...

“O que une uma equipe é quando um cobre as fraquezas do outro.” Phil


Jackson – treinador de basquete da era de ouro do Chicago Bulls de
Michael Jordan e atual técnico do Los Angeles Lakers
“Unir-se é um bom começo, manter a união é um progresso, e trabalhar em
conjunto é a vitória.”( Henry Ford )
"A soberba provoca a desunião, o amor, a união." (Santo Agostinho)
“OH! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.” (Salmos
133:1)

Só existe união quando há humildade, quando há amor... (João 17:21 -


Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que
também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me
enviaste. )
(I João 4:8 - Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é
amor.)

b)PEDIRAM A PRESENÇA INDISPENSÁVEL DE ELISEU=DEUS É


SALVAÇÃO (II Reis 6:3 - E disse um: Serve-te de ires com os teus servos.
E disse: Eu irei.) Quantos estão vivendo no estreito, simplesmente porque
se acomodaram, ou porque o orgulho impede de se achegar a alguém, ou
não tem a coragem de enfrentar o desafio de buscar a solução ..., muitas
vezes estamos tão ressabiados que aderimos aquele ditado:“É melhor só,
do que mal acompanhado” – Escute: “É MELHOR COM JESUS, QUE MAL
ACOMPANHADO”, e quem está com Jesus; saiba Ele vai te cercar de
gente boa para te abençoar! Lembra de Elias? Tudo ficou estreito na sua
vida, deitou-se debaixo de um zimbro e queria morrer, mas não estava só,
Deus mandou um anjo, (1Reis19)que supriu sua necessidade; pensou que
não tinha mais ninguém, todavia Deus levantou Eliseu, e mais sete mil que
não se curvaram a Baal...
Ouça: Deus vai levantar alguém para você sair do estreito! Você pode crê?
Melhor que isso, Ele mesmo irá com contigo na jornada para te fazer
descansar! Lembra de Moisés !(Êx 33:14,15 - Disse pois: Irá a minha
presença contigo para te fazer descansar. Então lhe disse: Se tu mesmo
não fores conosco, não nos faças subir daqui.)Aleluia!
Não podemos nada sem Ele!

2)RECONHEÇA A NECESSIDADE DE DECLARAR


A DEBILIDADE DE SUAS MÃOS

(II Rs 6:5 - E sucedeu que, derrubando um deles uma viga, o ferro caiu na
água; e clamou, e disse: Ai, meu senhor! ele era emprestado.) – Nós não
passamos de barro, Davi tinha ciência de suas debilidades...(Sl 6:2 - Tem
misericórdia de mim, SENHOR, porque sou fraco; sara-me, SENHOR,
porque os meus ossos estão perturbados.), Abraão disse: sou pó e cinza,
Paulo disse: miserável homem que sou...

O grande problema é quando pensamos ser alguma coisa, auto-suficiente,


presunçoso, vaidoso..., porque nem sempre as coisas sucedem como
esperamos, diz a Bíblia que o homem conseguiu derrubar a viga,
entretanto perdeu seu machado... – Ouça: Quantos conseguem fazer por
um tempo, mas já não são capazes de continuar! Talvez você tem passado
por isso! Algum tempo atrás tudo ia bem, depois as coisas começaram dar
errado..., de quem é a culpa de Deus? Ou da fraqueza de nossas mãos?
ONDE DEIXAMOS CAIR NOSSO MACHADO? Quantos já perderam o
machado e continuam suas vidas vivendo de aparências, como se nada
tivesse acontecido..., pior do que perder o machado é não reconhecer a
necessidade de prestar contas do ocorrido. Ouça: Deus não espera que o
machado não venha cair, mas Deus espera que sejamos honestos com Ele
e tenhamos a capacidade de mostrar-lhe o problema.
A maior tragédia do ser humano é não reconhecer onde caiu! Desde Adão
até hoje, se nega a autoria da perda do machado..., o que é lamentável,
pois O MACHADO É EMPRESTADO, TODOS NÓS HAVEREMOS DE
PRESTAR CONTAS!
O homem de Deus do nosso texto na mesma hora; “...clamou, e disse: Ai,
meu senhor! ele era emprestado.” Ouça: NÃO TENHA RECEIO DE
NOTIFICAR O OCORRIDO DIANTE DE DEUS! Lembro aqui de Davi,
homem segundo o coração de Deus (Sl 32:3-5 - Quando eu guardei
silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia.
Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se
tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado, e a minha
maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas
transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. ) Aleluia! Escute:
NÃO SEI ONDE VOCÊ PERDEU O TEU MACHADO; MAS CLAME AO
SENHOR; ELE VAI TE AJUDAR NA TUA JORNADA!
(Sl 32:9,10 - Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm
entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se
cheguem a ti. O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no
SENHOR a misericórdia o cercará.)
(I Jo 2:1 - MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis;
e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o
justo.)
(Rm 8:26 - E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas
fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém,
mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.)

3)RECONHEÇA A NECESSIDADE DE CRER


QUE DEUS PODE TRAZER AO TEU ALCANCE
AQUILO QUE ERA IMPOSSÍVEL

Aquele aprendiz de profeta creu na possibilidade de MÃOS


PODEROSAS entrarem em ação, mãos capazes de restituir o que estava
perdido. (Lc 19:10 - Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que
se havia perdido.) – Quantas vezes temos dificuldade para aceitarmos o
agir de Deus, simplesmente porque achamos loucura! Mas diz a bíblia: (I
Cor 1:25 Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a
fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.) – o texto diz: (II Reis 6:6
- E disse o homem de Deus: Onde caiu? E mostrando-lhe ele o lugar,
cortou um pau, e o lançou ali, e fez flutuar o ferro.)
Eliseu cortou um pau? Isso parece loucura! Mas o nosso Deus é Deus de
milagres! Vê só: um dia o projeto humano afundou, Adão caiu e levou
consigo toda raça humana, nossos corações antes tão leves agora “pesou
como ferro” indo ao mais fundo do poço do pecado, nos tornamos
anêmicos espirituais..., VEJA A IMPORTANCIA DO FERRO EM NOSSO
ORGANISMO, O ferro é um nutriente essencial na produção de
glóbulos vermelhos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a
deficiência de ferro é um dos 10 fatores que atuam negativamente no
organismo diminuindo a expectativa de vida. ISSO É LOUCURA! Mas
percebo aqui algo se repetindo, toda raça humana afundando, morrendo
espiritualmente, mas ALGUÉM CORTOU UM PAU...
UM MADEIRO FOI CORTADO, O FILHO DO HOMEM CARREGOU ESSE
MADEIRO, o caminho era tão estreito que quando terminou não HAVIA
LUGAR PARA DOIS PÉS, FOI PRECISO COLOCAR UM PÉ EM CIMA DO
OUTRO...
TODOS PENSARAM, ele não passa de mais um anêmico, o ferro afundou;
mas ELE, JESUS DE NAZARÉ, DERRAMOU SEU SANGUE RICO EM
FERRO, ERAM MAIS QUE GLÓBULOS VERMELHOS, ERA UMA
TRANSFUSÃO DE VIDA! Diz a Bíblia que ao terceiro dia O FERRO
VOLTOU A SUPERFÍCIE, VOLTOU A TONA!
( Mt 28:6 - Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde,
vede o lugar onde o Senhor jazia.)

ALELUIA! Escute: CREIA QUE DEUS PODE TRAZER AO TEU ALCANCE


AQUILO QUE FOI PERDIDO! Talvez outro estivesse falando aqui de
restituição material, vida vitoriosa,blá, blá, blá... OUÇA: TUDO ISSO
TORNA-SE PEQUENO, É TER UMA VISÃO ESTREITA DO QUE JESUS
VEIO FAZER ENTRE NÓS....

A ANEMIA DO PECADO TROUXE DIMINUIÇÃO DA EXPECTATIVA DE


VIDA, MAS
O SANGUE DE JESUS RICO EM FERRO , TROUXE VIDA E VIDA COM
ABUNDANCIA !

A morte não pôde retê-lo (Atos 2:24 - Ao qual Deus ressuscitou, soltas as
ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela;) Glória a
Deus! (Atos 2:32,33 - Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós
somos testemunhas. De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo
recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós
agora vedes e ouvis.)
Ouça; NÃO HÁ ESTREITO MAIOR QUE MORRER SEM CERTEZA DE
SALVAÇÃO! Porém, o Senhor pode trazer ao teu alcance “O FERRO
PERDIDO”, para isso você só precisa:
( II Reis 6:7 - E disse: Levanta-o. Então ele estendeu a sua mão e o
tomou.) ISSO MESMO, TOME POSSE! A salvação é de graça basta
querer, vê o que Ele disse: (João 6:47 - Na verdade, na verdade vos
digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.) Aleluia!

Lembro aqui do moço rico, a palavra de Jesus o colocou no estreito, ele foi
embora sem salvação... (Mateus 19:23-26 - Disse então Jesus aos seus
discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos
céus. E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo
de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus. Os seus discípulos,
ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se? E
Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a
Deus tudo é possível.)

QUANDO TUDO FICA ESTREITO RECONHEÇA:

É HORA DE AGIR E DE DEUS INTERAGIR


DECLARE A DEBILIDADE DE SUAS MÃOS
CREIA QUE DEUS PODE TRAZER AO TEU ALCANCE AQUILO QUE
ERA IMPOSSÍVEL
ELISEU FAZ FLUTUAR O FERRO DE UM MACHADO (2 REIS 6:1-7)

"E sucedeu que, derribando um deles uma viga, o ferro caiu na água, e
clamou e disse: Ai! Meu senhor! Porque era emprestado". (2 Reis 6:5)

O sucessor de Elias é colocado novamente diante de uma inusitada situação.


Eliseu vai até o Jordão com os filhos dos profetas para pegar as "vigas" (toras de
madeira para construções), e no cortar destas madeiras um deles deixa cair o
ferro do machado no rio, causando uma não pequena preocupação, pelo fato de
ser emprestado. E Eliseu, lançando uma madeira, fez nadar o ferro. O problema
foi solucionado. Que lição nos passa este evento registrado pelas Escrituras?

"E disseram os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em


que habitamos diante da tua face nos é estreito". (6:1)

Os filhos dos profetas tinham a visão e a preocupação nas melhorias para o


povo. O objetivo de "crescer" move a obra de Deus. Não se atua no Reino
apenas porque outros o fazem, nem por ser uma mera obrigação, mas porque o
crescimento da igreja é um fator relevante. "A igreja...crescia em
número".(Atos 9:31)

"Vamos, pois, até ao Jordão". (6:2)

A iniciativa estava intrinsecamente ligada a vontade de trabalhar. Não basta ficar


esperando a idéia se confirmar através de opiniões diversas, mas fazer
acontecer! Quem fica a esperar pelos outros não tem um desejo profundo pela
obra. ("Vamos") A unidade também era um baluarte na vitória.

"E disse ele: ide". (6:2b)

O aval de Eliseu libera os filhos dos profetas a cumprirem o propósito a qual


foram inspirados. Eliseu não se deixa ser levado por nenhum sentimento de
ciúme ou inveja, classificando a obra somente para os "mais velhos". Longe de
todo tipo de preconceito ou complexo, Eliseu declara o "ide" que mais tarde
Jesus viria comissionar todos os seus discípulos: "Ide por todo
mundo".(Marcos 16:15)

"E disse um: Serve-te de ires com os teus servos. E disse: Eu irei". (6:3)

Os filhos dos profetas reconheciam a experiência de Eliseu, razão de convidá-lo


a ir. Respeitava-o, não somente por ele ser um profeta, mas por Eliseu ser um
homem veterano na obra, e um exemplar homem de Deus. O respeito e
admiração ele conquistou não por ser o "mais velho", mas por sua sincera
dedicação na causa do Reino. "Sou mais prudente que os velhos, porque
guardo os teus preceitos". (Salmo 119:100)

"Ai! Meu senhor! Porque era emprestado". (6:5)

Os nossos dons são como ferramentas de trabalho, que nos são emprestados
para o crescimento da obra de Deus. É preciso sempre vigilância e oração na
seara. Um descuido e a queda é fatal. Na parábola dos Dez Talentos (Mateus
25:14-30) a condenação veio para quem "enterrou", ou seja, descuidou, não
usou, ou usou de forma errada, de maneira que não produziu crescimento. O uso
dos talentos tem que ser feito com muito cuidado. Nem devagar demais, nem
forte demais, para que o "ferro do machado" não caia. Muitos usam de violência,
pensando que assim irão obter respeito. O uso da força, sem sabedoria, pode
destruir uma ferramenta. Trabalhando corretamente, usa-se menos força, e o
resultado é sempre positivo. "Apascentai o rebanho de Deus, que está entre
vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem
por torpe ganância, mas de boa vontade. Nem como dominadores sobre os
que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho". (1 Pedro
5:2,3)

"E disse o homem de Deus: Onde caiu?" (6:6)

Mesmo com todos os nossos defeitos, erros, falhas, mesmo que um de nós
venha a cair, tropeçar, o Senhor da Ceifa quer nos devolver a ferramenta, e
continuarmos a trabalhar. Ele quer que você confesse onde foi a sua queda,
onde foi que você parou, e lhe devolver os dons, e assim continuar a desenvolver
seus talentos. Busque de novo. Ore de novo.

"Então, ele estendeu a sua mão e o tomou". (6:7)

Agora só depende de você! Basta apenas que você busque. O Senhor Jesus, o
autor da nossa redenção, já estendeu a madeira da cruz para reerguer a sua
vida, para reerguer os seus dons novamente, e você voltar a ativa, com o mesmo
potencial de antes, ou até maior. Há pessoas que citam frases conhecidas do
tipo: "Quem caiu (pecou) nunca mais é o mesmo". Isso é mentira!!! Quando o
filho pródigo retornou a casa a festa foi maior. (Lucas 15:11-32) Os maiores
homens de Deus, registrados na Bíblia, caíram, pecaram, mataram, se
arrependeram, caíram de novo, se arrependeram de novo, e foram usados
poderosamente por Deus. Isso não é uma liberação para pecar a vontade, mas
nos mostra que um arrependimento sincero traz o real perdão. Não devemos
pecar nunca! Mas se pecarmos, temos junto ao Pai um advogado: Jesus
Cristo. (1 João 2:1)

"Porque onde abundou o pecado, superabundou a graça de


Deus".(Romanos 5:20)
O ferro de um machado é feito flutuar. – Eliseu revela os planos de
guerra da Síria. – Eliseu é rodeado por cavalos e carros de fogo em
Dotã. – Eliseu conduz os soldados cegos até Samaria. – O exército de
Ben-Hadade cerca Samaria. – o Rei Jorão ameaça a vida de Eliseu.
1 E DISSERAM os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o
lugar em que habitamos diante da tua face, nos é estreito.
Este evento evidentemente aconteceu em Gilgal, não muito distante do
Rio Jordão onde Naamã foi mandado se lavar, onde Eliseu estava
habitando no momento (ver 2 Reis 4:38).
os filhos dos profetas – Eliseu, um grande profeta e pregador
ambulante, estava fazendo um ótimo trabalho em treinar homens em
um tipo de “seminário bíblico” para que ensinassem e pregassem a
Palavra de Deus. Nós também, hoje, devemos nos preocupar em
ensinar a Palavra de Deus e levantar líderes para próxima geração. 2
Timóteo 2:2. Na época de Eliseu havia escolas dos filhos dos profetas
em Gilgal, Betel, Jericó, e Ramá (2 Reis 2:1-5; 1 Samuel 19:22-24), e
pode ser que haviam outros. Existe muito orgulho hoje sobre que
escola ou seminário alguém estudou, mas vale mais com quem você
estudou do que onde você estudou. Estes filhos dos profetas eram
ensinados por Eliseu (habitamos diante da tua face), um santo
homem de Deus; comiam juntos (2 Reis 4:38-44); sabemos que
alguns, pelo menos, eram casados (2 Reis 4:1-7).
Eliseu teve tanto êxito do seu ministério que a escola estava ficando
pequena, e os próprios alunos tomaram a iniciativa de construir um
lugar mais amplo. Isso é raro de se ver em seminários hoje – os
próprios alunos construindo as instalações e aposentos da escola!

2 Vamos, pois, até ao Jordão e tomemos de lá, cada um de


nós, uma viga, e façamo-nos ali um lugar para habitar. E
disse ele: Ide.
3 E disse um: Serve-te de ires com os teus servos. E disse: Eu
irei.
Esta história nos dá uma pequena ideia do caráter de Eliseu. Ele era
muito amado pelos seus alunos e se interessava por eles, e a presença
dele era desejável; seus alunos queriam que ele os acompanhassem
quando fossem cortar madeira.

4 E foi com eles; e, chegando eles ao Jordão, cortaram


madeira.
5 E sucedeu que, derrubando um deles uma viga, o ferro
caiu na água; e clamou, e disse: Ai, meu senhor! ele era
emprestado.
Segundo a Lei de Moisés, se um animal emprestado fosse machucado
ou morto, a pessoa que o emprestou deveria pagar por ele (Êxodo
22:14-15); possivelmente esta lei se aplicaria a objetos,
também. Naqueles dias metal era muito caro e de difícil acesso.
Durante os dias de Saul e Davi, por exemplo, somente Saul e
Jônatas tinham espadas e lanças. (1 Samuel 13:22) Obviamente este
filho dos profetas não tinha dinheiro para comprar um machado
porque precisou emprestar um.
Alguns comentaristas culpam o rapaz por ter emprestado o machado,
mas talvez devamos culpar o dono do machado que emprestou um
machado em más condições para um servo do Senhor. Este rapaz pode
ser elogiado porque teve o cuidado de cortar a árvore com com o ferro
virado para o rio, cuidando assim que quando o ferro do cabo escapou,
ninguém foi machucado. (A Lei de Moisés tinha instruções quanto à
danos que poderiam ocorrer se um ferro de um machado saltar do
cabo . Deuteronômio 19:4-5.)
Ai, meu senhor! ele era emprestado – Existem pessoas que
acham que não devemos pedir “coisas pequenas” para o Senhor; mas
esta história mostra que Deus se interessa até por coisas que outros
consideram “sem importância” na vida dos Seus filhos. Podemos levar
tudo a Deus em oração. 1 Pedro 5:7; Filipenses 4:6. O que é grande
demais – ou pequeno demais – para o Senhor?!
6 E disse o homem de Deus: Onde caiu? E mostrando-lhe ele
o lugar, cortou um pau, e o lançou ali, e fez flutuar o ferro.
Onde caiu? – Provavelmente Eliseu sabia, por revelação divina, onde
caiu o ferro e o que iria fazer, mas fez esta pergunta para o benefício
deste rapaz e para o nosso benefício. A reposta do rapaz mostra que
ele era prudente e sabia onde o ferro caiu.
Uma das lições espirituais que podemos tirar deste incidente é que se
alguém que está no serviço do Senhor cai, ele deve saber onde caiu,
tratar com Deus a partir deste lugar e voltar por onde saiu. Deus pode
recuperar o que perdemos e colocar-nos de volta no serviço dEle.

A pergunta de Eliseu deixa evidente que as águas estavam muito


turvas (o Rio Jordão é um rio muito barrento) e foi impossível ver o
ferro, então o que ocorreu em seguida foi um verdadeiro milagre.

cortou um pau, e o lançou ali, e fez flutuar o ferro – Além de ver o


cuidado do Senhor, que se preocupa em recuperar um ferro de
machado para um servo Seu necessitado, podemos enxergar uma
outra lição muito profunda nesta passagem. O ser humano foi criado
para ter comunhão com Deus e glorificar a Deus, mas por causa do
pecado caiu do seu propósito e se encontra em um estado depravado e
separado de Deus. Porque todos pecaram e destituídos estão da
glória de Deus; Romanos 3:23. O pedaço de pau que Eliseu jogou no
rio nos faz lembrar da cruz do Calvário, onde Jesus tomou sobre si os
nossos pecados. Jesus desceu para este mundo, e depois desceu até às
águas da morte por amor de nós. Levando ele mesmo em seu corpo os
nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados,
pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.
1 Pedro 2:24. Depois que o pau foi jogado na água, o ferro flutuou.
Podemos dizer que o ferro “ressuscitou”. A morte e a ressurreição de
Jesus Cristo, além de nos garantir o perdão dos nossos pecados
quando cremos nEle, ainda nos restaura à nossa posição antes da
queda, e voltamos a ter vidas úteis e frutíferas e podemos glorificar ao
Senhor. De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na
morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela
glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.
Romanos 6:4. Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs
os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. E pôs um novo
cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e
temerão, e confiarão no Senhor. Salmo 40:2,3
7 E disse: Levanta-o. Então ele estendeu a sua mão e o
tomou.
A única coisa que precisamos fazer para sermos salvos e restaurados à
comunhão com Deus e voltarmos a ter um propósito eterno para as
nossas vidas, é estendermos a nossa mão de fé e “tomar” a salvação
que Deus oferece gratuitamente. João 1:12; Romanos 6:23; Efésios
2:8,9

Related Interests