You are on page 1of 3

Ondulatória

Introdução

A definição de onda é qualquer perturbação que se propaga em um meio. Chamamos


de fonte qualquer objeto que possa criar ondas em um meio. Vale ressaltar que uma onda
transporta APENAS ENERGIA para o meio, portanto ondas não transportam matéria.

Podemos classificar ondas em dois tipos com relação ao meio de propagação

• Ondas mecânicas: são todas as ondas que precisam de um meio material para se propa-
gar. Por exemplo: ondas no mar, ondas sonoras, ondas em uma corda, etc.

• Ondas eletromagnéticas: são ondas que não precisam de um meio material para se
propagar. Elas também podem se propagar em meios materiais. Exemplos: luz, raio-
x , sinais de rádio, etc.

Podemos também classificar as ondas com relação à direção de propagação

• Ondas transversais: são ondas onde a vibração é perpendicular à propagação. Ex.:


ondas eletromagnéticas, ondas em uma corda.

• Ondas longitudinais: são as ondas onde a vibração da fonte ocorre paralela (na mesma
direção e sentido) ao deslocamento. Ex.: Ondas sonoras.

Ilustração de ondas com diferentes propagações


Como Caracterizar uma onda?

Toda onda pode ser caracterizada por algumas grandezas físicas. Observe a figura abaixo

Ondas: comprimento de onda e amplitude

As grandezas que definem uma onda são

• Comprimento de onda (utiliza-se a letra grega lambda - λ ) representa a distância que


separa dois pontos consecutivos que se encontram na mesma posição de vibração. Na
figura apresentam-se dois exemplos: a distância que vai de uma crista (ponto mais alto da
onda) à outra e a distância que vai de um ventre (a posição mais baixa da onda) ao outro.

• Amplitude (A) representa o máximo afastamento, durante a oscilação, em relação à po-


sição de equilíbrio. Na figura acima, a posição de equilíbrio está representada pela linha
tracejada.

• Frequência ( f ) de uma onda representa o número de oscilações executadas pela fonte


que produz a onda, em cada segundo.

• Período (T ) representa o intervalo de tempo correspondente a uma oscilação completa


da fonte que produz a onda. Na figura apresentada acima, o periodo é o tempo necessário
para andar uma distância de um comprimento de onda.

Podemos assim definir o período através da frequencia já que


1
f ·T = 1 :. T = ,
f

utilizando a equação anterior e a definição de comprimento de onda λ , podemos calcular a


velocidade de propagação da onda

∆S λ
v= = =λf
∆t T
Para entender melhor oque Amplitude e Frequencia significam, vamos ilustrar isso através de
um violão, quando dizemos que o som do instrumento está alto ou baixo isso se refere à Ampli-
tude da onda, quanto maior a amplitude mais alto é o som do instrumento. Já a Frequencia
nos diz o quão grave ou agudo é a nota que estamos tocando, quanto maior a frequencia mais aguda
é a nota. Vale ressaltar, que a velocidade do som é independente da frequencia.