You are on page 1of 49

Matemática

Financeira

Conceito de
juros
compostos Matemática Financeira
Plano
financeiro Semana 3: Juros compostos
Fórmula do
montante

Juros Simples
x Juros
Compostos
Manuela Longoni de Castro
Exemplos Wili Dal Zot
Perı́odos não Departamento de Matemática Pura e Aplicada
inteiros UFRGS
Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Conceito de juros compostos

Matemática
Financeira
No regime de juros compostos, periodicamente, os juros são
Conceito de
calculados e incorporados ao capital passando também a
juros
compostos
gerar juros [Neto, 2009, pp.17] [Zot, 2008, pp.57] [Samanez,
Plano
2002, pp.15][Sobrinho, 2000, pp.34][de Lima Puccini, 2009,
financeiro pp.39][de Losso da Silveira Bueno et al., 2011, pp.9].
Fórmula do
montante

Juros Simples
x Juros
Compostos

Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Conceito de juros compostos

Matemática
Financeira
No regime de juros compostos, periodicamente, os juros são
Conceito de
calculados e incorporados ao capital passando também a
juros
compostos
gerar juros [Neto, 2009, pp.17] [Zot, 2008, pp.57] [Samanez,
Plano
2002, pp.15][Sobrinho, 2000, pp.34][de Lima Puccini, 2009,
financeiro pp.39][de Losso da Silveira Bueno et al., 2011, pp.9].
Fórmula do
montante
Por esta razão, dizemos que nos juros compostos, ocorre a
Juros Simples capitalização dos juros, ou seja, os juros passam a fazer o
x Juros
Compostos
papel do capital que é o de gerar juros. O perı́odo de tempo
Exemplos em que ocorre a incorporação dos juros ao capital é
Perı́odos não denominado perı́odo de capitalização.
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Conceito de juros compostos

Matemática
Financeira
No regime de juros compostos, periodicamente, os juros são
Conceito de
calculados e incorporados ao capital passando também a
juros
compostos
gerar juros [Neto, 2009, pp.17] [Zot, 2008, pp.57] [Samanez,
Plano
2002, pp.15][Sobrinho, 2000, pp.34][de Lima Puccini, 2009,
financeiro pp.39][de Losso da Silveira Bueno et al., 2011, pp.9].
Fórmula do
montante
Por esta razão, dizemos que nos juros compostos, ocorre a
Juros Simples capitalização dos juros, ou seja, os juros passam a fazer o
x Juros
Compostos
papel do capital que é o de gerar juros. O perı́odo de tempo
Exemplos em que ocorre a incorporação dos juros ao capital é
Perı́odos não denominado perı́odo de capitalização.
inteiros
Nesse regime o cálculo dos juros se dá a partir do principal
Referências
original acrescido dos juros incorporados até a data do referido
cálculo.
Logo, nos juros compostos, juros geram juros.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro

Matemática
Financeira
Considere o financiamento de R$ 10.000,00, a uma taxa de
Conceito de juros compostos de 70% ao ano, a ser pago ao final de 4 anos.
juros
compostos

Plano
financeiro

Fórmula do
montante

Juros Simples
x Juros
Compostos

Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro

Matemática
Financeira
Considere o financiamento de R$ 10.000,00, a uma taxa de
Conceito de juros compostos de 70% ao ano, a ser pago ao final de 4 anos.
juros
compostos

Plano
Uma forma de demonstrar a evolução da dı́vida é apresentar
financeiro todas as datas em que possa ocorrer uma alteração de valor
Fórmula do
montante
nos saldos, na forma de uma planilha.
Juros Simples
x Juros
Compostos

Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro

Matemática
Financeira
Considere o financiamento de R$ 10.000,00, a uma taxa de
Conceito de juros compostos de 70% ao ano, a ser pago ao final de 4 anos.
juros
compostos

Plano
Uma forma de demonstrar a evolução da dı́vida é apresentar
financeiro todas as datas em que possa ocorrer uma alteração de valor
Fórmula do
montante
nos saldos, na forma de uma planilha.
Juros Simples
Esta forma de apresentação tem diversas denominações: Plano
x Juros
Compostos
Financeiro, Conta Gráfica ou Memória de Cálculo.
Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro

Matemática
Financeira
Considere o financiamento de R$ 10.000,00, a uma taxa de
Conceito de juros compostos de 70% ao ano, a ser pago ao final de 4 anos.
juros
compostos

Plano
Uma forma de demonstrar a evolução da dı́vida é apresentar
financeiro todas as datas em que possa ocorrer uma alteração de valor
Fórmula do
montante
nos saldos, na forma de uma planilha.
Juros Simples
Esta forma de apresentação tem diversas denominações: Plano
x Juros
Compostos
Financeiro, Conta Gráfica ou Memória de Cálculo.
Exemplos
No exemplo, é informada uma taxa anual, sem informação
Perı́odos não
inteiros adicional sobre o perı́odo de capitalização. Isto quer dizer que a
Referências capitalização dos juros ocorrerá na frequência informada pela
taxa, ou seja, anualmente. O plano financeiro para este
empréstimo é então tabelado anualmente.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos

Plano Ao final do primeiro perı́odo, o cálculo dos juros e montante é


financeiro
idêntico ao do regime de juros simples.
Fórmula do
montante

Juros Simples ano saldo inicial juros saldo final


x Juros
Compostos 1 10.000 10.000 x 0,70 = 7.000 17.000
Exemplos

Perı́odos não
As semelhanças encerram aqui.
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de Como mencionado, no regime de juros compostos, os juros do


juros
compostos perı́odo são calculados sobre o montante (Principal+Juros) ao
Plano final do perı́odo anterior.
financeiro

Fórmula do No exemplo, o montante ao final do primeiro perı́odo é de R$


montante

Juros Simples
17.000,00. Os juros do próximo perı́odo são então calculados
x Juros
Compostos
sobre este valor:
Exemplos
ano saldo inicial juros saldo final
Perı́odos não
inteiros 1 10.000 10.000 x 0,70 = 7.000 17.000
Referências 2 17.000 17.000 x 0,70 = 11.900 28.900

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos
E assim sucessivamente até o prazo final de 4 anos do
Plano empréstimo.
financeiro

Fórmula do
montante
ano saldo inicial juros saldo final
Juros Simples 1 10.000 10.000 x 0,70 = 7.000 17.000
x Juros
Compostos 2 17.000 17.000 x 0,70 = 11.900 28.900
Exemplos 3 28.900 28.900 x 0,70 = 20.230 49.130
Perı́odos não 4 49.130 49.130 x 0,70 = 34.391 83.521
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro: generalização

Matemática
Financeira
Observando atentamente o plano financeiro para o exemplo
anterior, você observará um padrão de cálculo. Para cada
Conceito de perı́odo, representado por uma linha da tabela, temos
juros
compostos
ano saldo inicial juros saldo final
Plano
financeiro
k Sk−1 Jk = Sk−1 × i Sk = Sk−1 + Jk
Fórmula do
montante k +1 Sk Jk+1 = Sk × i Sk+1 = Sk + Jk+1
Juros Simples
x Juros Ou seja:
Compostos

Exemplos
o saldo inicial do perı́odo é idêntico ao saldo final do
Perı́odos não
perı́odo anterior (Sk−1 );
inteiros
a partir deste valor calculam-se os juros do perı́odo Jk ,
Referências
aplicando o percentual i sobre Sk−1 , fazendo a
multiplicação de Sk−1 pela taxa unitária i;
para obter-se o saldo ao final do perı́odo (Sk ) soma-se o
saldo inicial e os juros do perı́odo, . isto
. . . é,
. . S
. k. .=
. . S. k−1
. . . +. J.k .. . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Plano financeiro: generalização

Matemática
Financeira

Segue a evolução de um empréstimo em juros compostos. A


Conceito de expressão para o saldo final é obtida colocando-se em evidência
juros
compostos o fator comum às duas parcela da soma.
Plano
financeiro
ano saldo inicial juros saldo final
Fórmula do
montante 1 P P.i P + P.i = P(1 + i)
Juros Simples
x Juros 2 P(1 + i) P(1 + i).i P(1 + i) + P(1 + i).i = P(1 + i)2
Compostos

Exemplos
3 P(1 + i)2 P(1 + i)2 .i P(1 + i)2 + P(1 + i)2 .i = P(1 + i)3
Perı́odos não 4 P(1 + i)3 P(1 + i)3 .i P(1 + i)3 + P(1 + i)3 .i = P(1 + i)4
inteiros

Referências ... ... ... ...


n P(1 + i)n−1 P(1 + i)n−1 .i P(1 + i)n−1 + P(1 + i)n−1 .i = P(1 + i)n

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Fórmula do montante

Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos
O saldo ou montante para o enésimo perı́odo será, portanto:
Plano
financeiro

Fórmula do
montante

Juros Simples
x Juros
Compostos S = P(1 + i)n (1)
Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Exemplo

Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos

Plano
financeiro

Fórmula do
No exemplo, podemos utilizar esta fórmula para obter o saldo
montante final do empréstimo ao final do prazo de 4 anos sem a
Juros Simples
x Juros
necessidade de explicitar todo o plano financeiro. Temos:
Compostos

Exemplos

Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira
Exemplo 1. Calcular o montante do empréstimo de um capital
Conceito de de R$ 10.000,00, à taxa de juros compostos de 70% ao ano,
juros
compostos após 4 anos.
Plano
financeiro Dados:
Fórmula do S =?
montante
P = 10.000, 00 (principal = capital emprestado)
Juros Simples
x Juros i = 70%(0, 70) ao ano
Compostos n = 4 anos
Exemplos
Solução:
Perı́odos não
inteiros

Referências S = P(1 + i)n = 10.000(1 + 0.70)4 = 83.521

Resposta: O montante é de R$ 83.521,00.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros Usando a calculadora para computar 10.000(1 + 0, 70)4 :
compostos

Plano
financeiro RPN ALG
Fórmula do  
montante 1.7 ENTER  1.7 y x 
Juros Simples
 
x Juros
4 y x  4 × 10000
Compostos  
10000 ×  = 
Exemplos

Perı́odos não ⇒ 83.521,000000 ⇒83.521,000000


inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Usando recursos pré-programados da calculadora
financeira
Matemática
Financeira

Conceito de As calculadoras financeiras trazem recursos pré-programados


juros
compostos principalmente em juros compostos. O grupo de teclas
Plano financeiras geralmente presente na maioria das calculadoras é
financeiro
associado às seguintes siglas:
Fórmula do
montante 
n número de perı́odos ou de prestações;
Juros Simples 
i taxa percentual de juros;
x Juros


Compostos

Exemplos PV principal;


Perı́odos não

inteiros PMT prestação e

Referências
FV montante

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira
Assim, para resolver o exemplo anterior podemos seguir os
seguintes passos na hp12c:

Conceito de 1 limpar a memória financeira
 
teclando a função < clearfin > 
juros
compostos (que se obtém teclando f x >< y )
Plano 
financeiro 2 10000 PV 

Fórmula do
montante
3 4 n 

Juros Simples 4 70 i 
x Juros
Compostos

5 FV 
Exemplos
Seguindo estes passos na hp12c, obtemos no visor o valor de
Perı́odos não
inteiros -83.521,000.
Referências
O sinal negativo baseia-se na concepção de que os empréstimos
são feitos como fluxos de caixa: se o principal é uma entrada
(positivo) então o montante deverá ser uma saı́da (negativo) e
vice-versa. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Usando recursos pré-programados da calculadora
financeira
Matemática
Financeira

Os passos acima correspondem à calculadora HP12C mas


Conceito de
juros
pouco diferem das demais calculadoras financeiras.
compostos
Algumas apresentam funções com menus e por vezes no lugar
Plano  
financeiro de i tem-se I%YR (significando taxa anual). Nestes casos,
Fórmula do como da HP10BII e HP17BII, é importante ter atenção pois
montante 
Juros Simples
estes modelos necessitam que a memória P/YR (perı́odos de
x Juros
Compostos
capitalização por ano) seja alterada de 12 para 1.
Exemplos A visualização de outros modelos de calculadoras financeiras
Perı́odos não
inteiros
encontra-se em Modelos de calculadoras financeiras, no quadro
Referências mural da disciplina. O emulador da calculadora hp12c, de uso
gratuito, pode ser acessado via Emulador calculadora financeira
HP 12C GOLD

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Comparativo entre Juros Simples e Juros
Compostos
Matemática
Financeira
Comparando-se a evolução dos montantes do financiamento de
Conceito de R$ 10.000,00, a uma taxa de juros simples de 70% ao ano, nos
juros
compostos sistemas de juros simples e juros compostos teremos:
Plano
financeiro
ano Juros Simples Juros Compostos
Fórmula do
montante 0 10.000 10.000
Juros Simples
x Juros 1 17.000 17.000
Compostos
2 24.000 28.900
Exemplos
3 31.000 49.130
Perı́odos não
inteiros 4 38.000 83.521
Referências

Esta diferença é resultado da forma com que os juros são


calculados em cada perı́odo:
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira Juros Simples
Os juros são calculados sobre o valor inicial do empréstimo
Conceito de
juros
ano saldo inicial juros saldo final
compostos
1 10.000 10.000 x 0,70 = 7.000 17.000
Plano
financeiro 2 17.000 10.000 x 0,70 = 7.000 24.000
Fórmula do 3 24.000 10.000 x 0,70 = 7.000 31.000
montante

Juros Simples
4 31.000 10.000 x 0,70 = 7.000 38.000
x Juros
Compostos
Juros Compostos
Exemplos Os juros são calculados sobre o saldo inicial do perı́odo
Perı́odos não ano saldo inicial juros saldo final
inteiros

Referências 1 10.000 10.000 x 0,70 = 7.000 17.000


2 17.000 17.000 x 0,70 = 11.900 28.900
3 28.900 28.900 x 0,70 = 20.230 49.130
4 49.130 49.130 x 0,70 = 34.391 83.521
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Comparativo gráfico entre Juros Simples e Juros
Compostos
Matemática
Financeira Juros Compostos

Conceito de S (montante)
juros
compostos

Plano
financeiro

Fórmula do
montante
Juros Simples
Juros Simples
x Juros
Compostos
b

Exemplos

Perı́odos não b

inteiros e
n (prazo)
Referências 0 1

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos
Observamos que o montante em juros simples é representado
Plano
peloo gráfico de uma reta, enquanto que, em juros compostos,
financeiro ele é representado por uma curva exponencial.
Fórmula do
montante
Também podemos observar que, para perı́odos fracionários de
Juros Simples
x Juros tempo, com n entre 0 e 1, o montante em juros simples é
Compostos
superior ao montante obtido em juros compostos. Para prazos
Exemplos
superiores a n = 1, o montante em juros compostos é
Perı́odos não
inteiros significantemente maior.
Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Calculando o montante I

Matemática
Financeira
Exemplo 2. Qual o valor de resgate de uma aplicação financeira
Conceito de
de R$ 12.450,00, após 30 meses, a uma taxa de 4,50% ao mês?
juros
compostos Dados:
Plano
financeiro
S =? (valor de resgate = montante)
Fórmula do
montante P = 12.450, 00
Juros Simples
x Juros i = 4, 5% = 0, 045 ao mês
Compostos

Exemplos
n = 30 meses
Perı́odos não
inteiros Solução:
Referências

S = P(1 + i)n = 12.450(1 + 0, 045)30 = 46.629, 2108


Resposta: O montante é de R$ 46.629,21
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
Use a calculadora: para computar 12.450(1, 045)30
juros
compostos

Plano Modo RPN Modo ALGébrico Modo FINanceiro


financeiro   
1.045 ENTER  1.045 y x  clear fin 
Fórmula do
montante
  
30 y x  30 ×  4.5 i 
 
12450 = 
Juros Simples
x Juros 12450 ×  30 n 
Compostos

Exemplos ⇒ 46.629,2108 ⇒ 46.629,2108 12450 PV 

Perı́odos não
inteiros
FV 
Referências
⇒ -46.629,2108

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Calculando o principal

Matemática
Financeira
Exemplo 3. Para que uma aplicação financeira atinja um saldo
de R$ 50.000,00, após 720 dias, a uma taxa de juros
Conceito de
juros compostos de 33% ao ano, qual deve ser o capital inicial?
compostos

Plano Dados:
financeiro

Fórmula do
montante
P =?
Juros Simples S = 50.000, 00
x Juros
Compostos i = 33% = 0, 33 ao ano
Exemplos
n = 720 dias
Perı́odos não
inteiros

Referências
Antes de prosseguirmos, perguntamos:
1 Nós temos uma fórmula para P?
2 A taxa é anual e o prazo é em dias ... o que fazemos?
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática Respostas
Financeira
1 Nós temos uma fórmula que envolve S, P, i e n, que é a
Conceito de fórmula (1). A partir desta podemos obter uma fórmula
juros
compostos para P isolando esta incógnita:
Plano
financeiro
S = P.(1 + i)n
Fórmula do
montante

Juros Simples
dividindo ambos os lados por (1 + i)n segue que
x Juros
Compostos S
P=
Exemplos
(1 + i)n
Perı́odos não
inteiros

Referências
2 O prazo e a taxa devem sempre estar na mesma unidade
de tempo e é sempre o prazo que deve ser convertido, e
não a taxa.
Para converter o prazo, utilizamos. a. regra do banqueiro.
. . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos

Plano
Pela regra do banqueiro, um ano tem 360 dias, logo, o prazo
financeiro n = 720 dias corresponde a
Fórmula do
montante
720
Juros Simples n= = 2 anos
x Juros 360
Compostos

Exemplos Agora podemos voltar ao exemplo.


Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira Para que uma aplicação financeira atinja um saldo de R$
50.000,00, após 720 dias, a uma taxa de juros compostos de
Conceito de 33% ao ano, qual deve ser o capital inicial?
juros
compostos
Dados:
Plano
financeiro P =?
Fórmula do
montante S = 50.000, 00
Juros Simples
x Juros
i = 33% = 0, 33 ao ano
Compostos
720
Exemplos n = 720 dias = = 2 anos
360
Perı́odos não
inteiros
Solução:
Referências
S 50000
P= n
= = 28266.1541
(1 + i) (1 + 0.33)2
Resposta: O capital inicial deve ser de .R$28.266,15
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira
50000
Use a calculadora: para calcular
Conceito de (1, 33)2
juros
compostos

Plano Modo RPN Modo ALGébrico Modo FINanceiro


financeiro
  
Fórmula do 50000 ENTER  50000 ÷  clear fin 
montante
   
Juros Simples 1.33 ENTER  ( 1.33 y x
    33 i 
x Juros   
Compostos 2 y x  2 =  2 n 
Exemplos  
÷  ⇒ 28.266,1541 50000 FV 
Perı́odos não

inteiros
⇒ 28.266,1541 PV 
Referências
⇒ -28.266,1541

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Calculando a taxa

Matemática
Financeira
Exemplo 4. Uma dı́vida de R$ 15.000,0 foi resgatada por R$
Conceito de 21.106,51 após 7 meses. Calcular a taxa mensal de juros
juros
compostos compostos utilizada na operação.
Plano
financeiro Dados:
Fórmula do
montante

Juros Simples
i =?
x Juros
Compostos P = 15.000
Exemplos S = 21.106, 51
Perı́odos não
inteiros n = 7 meses
Referências

Antes de prosseguirmos: nós temos uma fórmula para calcular


a taxa?
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira
É necessário isolar i na fórmula do montante.
Conceito de
juros S = P.(1 + i)n
compostos
S
Plano = (1 + i)n
financeiro P
Fórmula do
( )1/n
S
montante
= ((1 + i)n )1/n = (1 + i)1 = 1 + i
Juros Simples P
x Juros
Compostos

Exemplos
da onde segue que a taxa unitária i pode ser calculada pela
Perı́odos não
fórmula ( )1/n
inteiros S
Referências
i= −1
P

Voltando à solução do exemplo:


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira Uma dı́vida de R$ 15.000,0 foi resgatada por R$ 21.106,51
após 7 meses. Calcular a taxa mensal de juros compostos
Conceito de
juros
utilizada na operação.
compostos

Plano
Dados:
financeiro i =?
Fórmula do
montante
P = 15.000
Juros Simples S = 21.106, 51
x Juros
Compostos
Solução: n = 7 meses
Exemplos
( )1/n ( )
Perı́odos não
S 21106.51 1/7
inteiros
i= −1= − 1 = 0, 05
Referências P 15000
∴ i = 0, 05 × 100% = 5%
Resposta: a taxa mensal de juros utilizada na operação foi de
5% ao mês.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática ( )1/7
Financeira 21106.51
Usando a calculadora para computar −1
15000
Conceito de
juros
compostos Modo RPN Modo ALGébrico Modo FINanceiro
Plano   
financeiro 21106.51 ENTER  21106.51 ÷  clear fin 
  
Fórmula do 15000 ÷  15000 y x  21106.51 FV 
montante   
Juros Simples 7 1/x  7 1/x  7 n 
x Juros    
Compostos x
y  -  15000 CHS (*) PV 
Exemplos   
1 -  1 =  i 
Perı́odos não
inteiros ⇒ 0,05000 ⇒ 0,05000 ⇒ 5,0000
Referências

  
Observação (*) PV e FV tem que ter sinais opostos. CHS troca o
sinal na HP12C, fazendo a função da tecla +/- de outras
calculadoras. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Calculando o prazo

Matemática
Financeira

Exemplo 5. Em que prazo uma aplicação de R$ 23.000,0 se


Conceito de
juros acumula em um saldo de R$ 43.000,00 a uma taxa mensal de
compostos
juros compostos de 3,5%?
Plano
financeiro
Dados:
Fórmula do
montante

Juros Simples n =?
x Juros
Compostos P = 23.000
Exemplos
S = 43.000
Perı́odos não
inteiros i = 3, 5% = 0, 035 a.m.
Referências

Antes de prosseguirmos, nós temos uma fórmula para o prazo?

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática É necessário isolar n na fórmula do montante. Para isto temos
Financeira
que usar logaritmos e algumas de suas propriedades. Pode-se
usar logaritmo em qualquer base, aqui vamos usar o logaritmo
Conceito de
juros natural ln, que está programado na hp12c.
compostos

Plano S = P.(1 + i)n


financeiro
S
Fórmula do
montante
= (1 + i)n
( )P
Juros Simples
S
x Juros
Compostos ln = ln((1 + i)n )
P
Exemplos ( )
S
Perı́odos não ln = n. ln(1 + i)
inteiros
P
Referências
da onde concluimos que
( )
ln PS
n=
ln(1 + i)
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira Voltando ao exemplo:

Conceito de
Em que prazo uma aplicação de R$ 23.000,0 se acumula em
juros
compostos
um saldo de R$ 43.000,00 a uma taxa mensal de juros
Plano
compostos de 3,5%?
financeiro

Fórmula do
Dados:
montante

Juros Simples n =?
x Juros
Compostos P = 23.000
Exemplos
S = 43.000
Perı́odos não
inteiros i = 3, 5% = 0, 035 a.m.
Referências
S 43.000
ln ln
Solução: n = ln(1+i)
P
= ln(1+0,035)
23.000
= 18, 1884
Resposta: O prazo necessário é de 18,19 meses.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

ln 43.000
23.000
Conceito de Usando a calculadora para computar
juros ln(1 + 0, 035)
compostos

Plano
financeiro Modo RPN Modo ALGébrico Modo FINanceiro
Fórmula do
  
montante
43000 ENTER  43000 ÷  clear fin 
 
Juros Simples 23000 ÷  23000 =  43000 FV 
x Juros
Compostos      
g LN  g LN  ÷  3.5 i 
Exemplos      
Perı́odos não
1.035 g LN  1.035 g LN  23000 CHS PV 
inteiros   
Referências ÷  =  n 
⇒ 18,1884 ⇒ 18,1884 ⇒ 18,1884 (*)

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos

Plano
Calculando prazos no modo financeiro na HP12C
financeiro
Cuidado: no exemplo anterior, se sua calculadora for uma
Fórmula do
montante HP12C a resposta encontrada será 19,000, o que está errado.
Juros Simples As calculadoras HP12C não calculam o prazo corretamente
x Juros
Compostos pelo recurso financeiro, arredondando e não apresentando a
Exemplos parte decimal do cálculo, conforme [HP, 1982, pp. 45].
Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira Exemplo 6. Qual o valor de resgate de uma aplicação financeira
de R$ 10.000,00, após 900 dias, a uma taxa de 100% ao ano?
Conceito de
juros
compostos
Dados:
Plano
financeiro S =?
Fórmula do
montante P = 10.000, 00
Juros Simples i = 100%(1)a.a.
x Juros
Compostos 900
Exemplos
n = 900 dias = anos
360
Perı́odos não
inteiros
Solução:
Referências
900
S = P(1 + i)n = 10.000(1 + 1) 360 = 56.568, 54249

Resposta: O valor de resgate é de R$ 56.568,54


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira

900
Conceito de Usando a calculadora para computar 10.000(1 + 1) 360
juros
compostos Modo RPN Modo ALGébrico
 Modo FINanceiro
 
Plano 2 ENTER  2 y x  clear fin 
financeiro    
900 ENTER  ( 900 ÷ 360 ) 100
        
i
Fórmula do  
360 ÷  × 900 ENTER 360 ÷ n 
 
montante

Juros Simples x
y  10000 =  10000 PV 
x Juros 
Compostos 10000 ×  ⇒ 56.568,54249. . . FV 
Exemplos ⇒ 56.568,54249. . . ⇒ -56.568,54249 . . .
Perı́odos não
inteiros
Obs.: para o modo financeiro, a calculadora HP12C deve ter
Referências
um C no visor. Para se colocar o C no visor da HP12C deve-se
 
teclar STO e, após EEX .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira Quando o prazo é dado em perı́odos não inteiros temos a
possilidade de aplicar a exponenciação caso considerarmos que
Conceito de os juros também são compostos na fração do tempo ou a
juros
compostos proporcionalidade caso entende-se que se aplica juros simples.
Plano Como em geral essas regras não estão claras nos contratos
financeiro
configura-se o que se denominou de convenções.
Fórmula do
montante Considerando-se que o prazo n pode ser desdobrado em uma
Juros Simples parte inteira k e outra parte fracionária qf temos as seguintes
x Juros
Compostos possibilidades:
Exemplos k+ qf
Convenção exponencial: S = P.(1 + i) = P(1 + i)n
Perı́odos não
inteiros
Convenção linear:
Referências

S = P.(1 + i)k .(1 + i. qf ) (2)

[Zot, 2008, pp.67][Samanez, 2002, pp.30][Neto,


. . . . . . . .2009,
. . . . . pp.25].
. . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira

Usando a Convenção Linear


Conceito de
juros O exemplo anterior havia sido foi resolvido pela convenção
compostos
exponencial. Para a convenção linear teremos:
Plano
financeiro Solução:
Fórmula do
montante f 900 180
Juros Simples
n=k+ = =2+
x Juros
q 360 360
Compostos
f 180 f
Exemplos
Logo, k = 2 e q = 360 ou q = 0, 5. Portanto
Perı́odos não
inteiros f 180
Referências
S = P.(1+i)k .(1+i. ) = 10.000(1+1)2 .(1+ ) = 60.000, 00000
q 360

Resposta: R$ 60.000,00
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira
180
Usando a calculadora para resolver: 10.000(1 + 1)2 .(1 + 1. 360 )
Modo RPN Modo ALGébrico Modo FINanceiro
Conceito de
juros
 
2ENTER  2 y x  clear fin 
compostos  
2 y x  2 ×  100 i 
Plano
financeiro
        
180 ENTER 360 ÷  ( ( 180 ÷ 360 )  900 ENTER 360 ÷ n 
Fórmula do
   
1 ×  × 1 +  10000 PV 
montante  
1 +  1 )  FV 
Juros Simples
 
x Juros
10000 ×  × 10000
   ⇒ -60.000,00000. ..
Compostos 
Exemplos
×
   
=

Perı́odos não
⇒ 60.000,00000. . . ⇒ 60.000,00000. . .
inteiros

Referências Obs.: apenas a calculadora HP12C tem essa fórmula


pré-programada e deve estar sem o C no visor; para se colocar

ou retirar o C do visor da HP12C deve-se teclar STO e, após

EEX . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Perı́odos não inteiros

Matemática
Financeira É de se observar que, ao contrário do censo comum, no caso de perı́odos
não inteiros, quando calcula-se a parte fracionária, os juros e, portanto, o
Conceito de montante são maiores do que pela convenção exponencial. A representação
juros gráfica da evolução de cada uma das convenções é:
compostos
b

Plano S
financeiro

Fórmula do
montante 60.000, 00 b b Convenção Linear
56.568, 54 b b
Convenção Exponencial
Juros Simples
x Juros
Compostos
b
Exemplos

Perı́odos não
inteiros
b
Referências

10.000, 00
b b b b b

n
0 1 2 . . .
3. . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Matemática
Financeira

Convenções: qual usar?


Conceito de
juros
compostos Segundo boa parte dos autores a conveção exponencial é a
Plano mais utilizada seja por ser considerada tecnicamente mais
financeiro
correta [Neto, 2009, pp. 45], seja porque ”apresenta do ponto
Fórmula do
montante de vista do cálculo,, a vantagem de conservar a fórmula
Juros Simples
x Juros
fundamental...”[de Moraes, 1971, pp. 142], ou ainda, como a
Compostos mais lógica [de Faro, 1990, pp. 46]. Também considerando-se
Exemplos de que apenas o modelo de calculadora financeira HP12C
Perı́odos não
inteiros
possui o cálculo pré-programado da convenção linear
Referências
recomenda-se a utilização da alternativa exponencial toda vez
que não houver menção em contrário.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Referências I

Matemática
Financeira
C. de Faro. Princı́pios e aplicações do cálculo financeiro. Livros
Conceito de técnicos e cientı́ficos editora, 1990.
juros
compostos A. de Lima Puccini. Matemática financeira: objetiva e
Plano aplicada. Saraiva, 8a. edition, 2009.
financeiro
R. de Losso da Silveira Bueno, A. de Souza Rangel, and J. C.
Fórmula do
montante de Souza Santos. Matemática fianceira moderna.
Juros Simples CENGAGE Learning, 2011.
x Juros
Compostos E. M. de Moraes. Matemática financeira. Livraria Sulina
Exemplos Editora, 6a. edition, 1971.
Perı́odos não
inteiros HP. HP12C - Ownerś Handbook and Problem-Solving Guide.
Referências Number 00012-90001. Hewlett-Packard Company, 3
edition, 1982.
A. A. Neto. Matemática financeira e suas aplicações. Editora
Atlas, 11a. edition, 2009.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Referências II

Matemática
Financeira

Conceito de
juros
compostos

Plano
C. P. Samanez. Matemática financeira: aplicações à análise de
financeiro investimentos. Prentice Hall, 3a. edition, 2002.
Fórmula do
montante J. D. V. Sobrinho. Matemática financeira. Editora Atlas, 7a.
Juros Simples edition, 2000.
x Juros
Compostos W. D. Zot. Matemática financeira. Editora da UFRGS, Porto
Exemplos Alegre, 5a. edition, 2008.
Perı́odos não
inteiros

Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .