You are on page 1of 8

CONTABILIDADE: R$ 2.

000,00, e alíquotas de previdência de 21%,


a parte patronal e de 11%, a parte dos emprega-
GERAL
dos.
01- Uma empresa que contabiliza suas operações A contabilização das contribuições previdenciá-
pelo regime de caixa, quando as comparar com o rias sobre essa folha de pagamento vai provocar
princípio da competência, para fins de balanço,
vai verificar que as despesas incorridas, mas não
a) débito de 640,00 em despesa de previdência
pagas no exercício, provocaram
e crédito de 640,00 em contribuições a reco-
a) um passivo menor que o real e um lucro lher
maior que o real b) débito de 640,00 em despesa de previdência,
b) um passivo maior que o real e um lucro me- crédito de 420,00 em contribuições a recolher
nor que o real e crédito de 220,00 em Salários a Pagar
c) um ativo maior que o real e um lucro maior c) débito de 640,00 em despesa de salários e
que o real crédito de 640,00 em contribuições a recolher
d) um ativo maior que o real e um lucro menor d) débito de 220,00 em despesa de salários,
que o real débito de 420,00 em despesa de previdência
e crédito de 640,00 em contribuições a reco-
e) um ativo maior que o real e um passivo me- lher
nor que o real
e) débito de 220,00 em despesa de salários,
02- A empresa Comercial Aurífero foi constituída por débito de 420,00 em despesa de previdência,
três sócios, que integralizaram de imediato o ca- crédito de 420,00 em contribuições a recolher
pital de R$ 25.000,00, cabendo R$ 10.000,00 ao e crédito de 220,00 em Salários a Pagar
sócio Abel Bastos, R$ 5.000,00 ao sócio Caio
Dantas e R$ 10.000,00 ao sócio Élcio Freitas. 04- A consolidação do pensamento contábil pautou-
se em diversos estudos e correntes doutrinárias,
Após determinado período, o histórico de resulta- entre as quais se destaca uma teoria de cunho
dos da empresa era o seguinte: lucros auferidos jurídico denominada “Personalismo” ou “Teoria
nas operações: R$ 20.000,00, dos quais apenas Personalista das Contas”, que divide os compo-
R$ 5.000,00 foram distribuídos e pagos aos só- nentes do sistema contábil em contas de agentes
cios. Os restantes R$ 15.000,00, por decisão dos consignatários, contas de agentes corresponden-
próprios sócios, foram reinvestidos na empresa tes e contas do proprietário.
coma reserva para aumento de capital.
Assinale entre as opções abaixo aquela que, se-
Por esta época, o Sr. Caio Dantas resolveu reti- gundo a Teoria Personalista, contém apenas
rar-se da sociedade oferecendo sua parte à ven- contas do proprietário.
da, com um ágio de 10%. O Sr. Abel Bastos acei-
tou a compra, mas com deságio de 10%; o Sr.
a) Juros Ativos, Salários a Pagar, Capital Social,
Élcio Freitas fez proposta de compra a valor pa-
Lucros Acumulados, Ações de Coligadas
trimonial. A empresa tem dívidas calculadas em
20% do patrimônio bruto. b) Juros a Receber, Salários, Capital Social,
Móveis e Utensílios, Imposto a Recolher
A partir dessas informações, pode-se afirmar que c) Juros Passivos, Salários, Capital Social, Im-
postos, Reservas de Contingências
a) Abel Bastos aceita o capital de Caio Dantas d) Patentes, Capital Social, Juros a Pagar, Im-
com deságio, por R$ 4.500,00 postos, Reservas de Reavaliação
b) Abel Bastos quer vender seu capital com e) Depreciação Acumulada, Impostos a Reco-
ágio, por R$ 5.500,00 lher, Juros a Receber, Cliente e Duplicatas a
c) a empresa já tem um passivo de R$ 8.000,00 Pagar
d) o valor patrimonial do capital de Caio Dantas
atualmente é R$ 9.000,00
e) o patrimônio bruto dessa empresa já soma o
total de R$ 50.000,00

05- Um direito sobre bens do ativo permanente tem


vida útil de 7 (sete) anos. Submetendo-se esse
03- A microempresa Global ME elaborou sua folha bem à depreciação, comparativamente, pelos
de pagamento com salários totais de Métodos da Linha Reta e da Soma dos Dígitos

www.pciconcursos.com.br
dos Anos, pode-se afirmar que, no quarto ano da
vida útil,

a) o imposto de renda seria maior se fosse utili-


zado o método da linha reta
b) o imposto de renda seria maior se fosse utili-
zado o método da soma dos dígitos dos anos
c) coincidentemente, o imposto de renda seria o
mesmo em ambas as hipóteses
d) a depreciação, durante a vida útil, na verda-
de, não afetaria o imposto de renda
e) o imposto de renda seria maior, num ou nou-
tro método, dependendo do valor residual

06- A empresa S A Comércius Tributs adquiriu no


mês de maio mercadorias no valor de
R$ 3.500,00, com ICMS de 17%. Nesse mês a
empresa manteve 30% das mercadorias em es-
toque e realizou 70% através de vendas ao preço
total de R$ 6.000,00, sendo metade tributada a
17% e metade a 13% de ICMS.

Baseados nestas informações conseguimos apu-


rar que, no fim do referido mês, a empresa em
questão terá:

a) Resultado Operacional Bruto no valor de


R$ 5.100,00
b) Receita Líquida de Vendas no valor de
R$ 5.405,00
c) Custo da Mercadoria Vendida no valor de
R$ 3.067,00
d) ICMS a Recuperar no valor de R$ 595,00
e) ICMS a Recolher no valor de R$ 305,00

Rascunho

www.pciconcursos.com.br
07- A relação abaixo contém as contas e respectivos b) As demonstrações financeiras deverão regis-
saldos colhidos, em 31.12.1999, no livro razão da trar a destinação do lucro proposta pelos
FIRMASA para fins de elaboração das Demons- órgãos da administração, desde que tenha
trações Financeiras. havido a aprovação pela assembléia geral.
Contas 1999 c) As notas explicativas deverão indicar os in-
Caixa 1.600,00 vestimentos em outras sociedades, mas ape-
Capital Social 4.000,00 nas aqueles investimentos que forem, e
Clientes 4.600,00 quando forem, relevantes.
Debêntures Emitidas - Longo Prazo 4.000,00 d) Como componentes do grupo resultados de
Depreciação Acumulada - Equipamentos 100,00 exercícios futuros deverão ser classificadas
Depreciação Acumulada - Veículos 800,00 as receitas de exercícios futuros, ou seja,
Dividendos a Pagar 2.400,00 aquelas receitas que tiverem sido recebidas
Equipamentos 1.000,00 antecipadamente.
Fornecedores 3.600,00
e) As contas de depreciação acumulada são
Mercadorias 18.400,00
componentes do ativo imobilizado, enquanto
Provisão p/ Devedores Duvidosos 600,00
que as contas de amortização acumulada
Reservas 1.000,00
integram o ativo diferido.
Salários a Pagar 800,00
Seguros a Vencer 400,00 09- Observando a relação de contas abaixo, verifi-
Veículos 4.000,00 camos que contém todas as contas e saldos res-
Custo das Vendas 8.600,00 pectivos que importam ao resultado do exercício
Despesas Operacionais 5.300,00 na empresa Comércio Comercial Ltda.
Outras Receitas Operacionais 2.800,00
Receitas Não-Operacionais 3.800,00 Contas saldos
Aluguéis Passivos 300,00
Vendas 20.000,00
COFINS 400,00
Observações: Compras do Período 9.000,00
Despesas Financeiras 160,00
- Apenas R$ 500,00 das despesas operacionais
Despesas Gerais 180,00
se referem a depreciações do período.
Devolução de Vendas 200,00
- Do lucro líquido R$ 8.100,00 foram creditados
Encargos de Previdência 200,00
em “reservas”. Todo o restante foi destinado ao
FGTS 260,00
pagamento de dividendos.
Ganhos de Capital 700,00
ICMS sobre Compras 1.200,00
Com base nas informações acima, podemos a-
ICMS sobre Vendas 1.700,00
firmar que o balancete de verificação e o balanço
Mercadorias 2.000,00
patrimonial dessa empresa, no exercício de
PIS sobre Faturamento 100,00
1999, “fecharão” com saldos devedores e patri-
Provisão para Imposto de Renda 600,00
mônio bruto, respectivamente, no valor de
Receita Bruta de Vendas 10.000,00
Receitas de Aplicação Financeira 400,00
a) R$ 30.000,00 e R$ 28.500,00 Salários e Ordenados 400,00
b) R$ 31.500,00 e R$ 28.500,00
c) R$ 42.400,00 e R$ 30.000,00 Ao elaborarmos a demonstração de resultado do
exercício, considerando a existência de um esto-
d) R$ 43.900,00 e R$ 28.500,00
que final de mercadorias no valor de
e) R$ 47.900,00 e R$ 32.500,00 R$ 5.000,00, com certeza vamos constatar que a
receita líquida e o lucro bruto desta empresa al-
08- Ao fim de cada exercício social, a Diretoria fará cançaram, respectivamente, os valores de
elaborar, com base na escrituração mercantil da
companhia, as demonstrações financeiras, para a) R$ 7.600,00 e R$ 2.600,00
exprimir com clareza a situação do patrimônio da b) R$ 7.600,00 e R$ 2.800,00
companhia e as mutações ocorridas durante o
c) R$ 8.100,00 e R$ 2.500,00
exercício.
d) R$ 8.100,00 e R$ 2.800,00
A seguir temos cinco frases a respeito desse as-
e) R$ 8.800,00 e R$ 2. 800,00
sunto. Assinale aquela que representa uma afir-
mativa verdadeira.
10- A Assembléia Geral Ordinária da firma Confec-
ções Madagascar S.A aprovou proposta de dis-
a) O exercício social terá a duração de 1 (um) tribuição de lucros apresentada pela Diretoria,
ano e a data do início e do término deverá ser nos seguintes termos:
fixada no estatuto.

www.pciconcursos.com.br
5% para formação de reserva legal;
10% para pagamento de participação à diretoria;
20% para formação de reserva estatutária;
25% para pagamento de dividendo mínimo obri-
gatório;
30% para pagamento do imposto de renda e
o restante para crédito em lucros acumulados.

Observações:
A conta lucros ou prejuízos acumulados já tinha
saldo devedor de R$ 5.000,00. O crédito do perí-
odo antes de qualquer destinação foi um lucro lí-
quido de R$ 45.000,00.

Com fulcro nessas informações, pode-se afirmar


que, no encerramento do exercício de que se tra-
ta, foi contabilizado o valor de

a) R$ 1.260,00 em Reserva Legal


b) R$ 3.200,00 em Participações da Diretoria a
Pagar
c) R$ 5.600,00 em Reservas Estatutárias
d) R$ 7.235,00 em Dividendos a Pagar
e) R$ 11.600,00 em Provisão para Imposto de
Renda

PÚBLICA

11- Não integram o patrimônio das entidades públi-


cas

a) os bens de uso comum, generalizado e indis-


criminado, tais como praças, estradas, ruas
etc.
b) os bens recebidos por doações
c) os bens intangíveis
d) os bens oriundos de produção própria
e) os bens em construção

Rascunho

www.pciconcursos.com.br
12- O art. 35 da Lei nº 4.320/64 consagrou, para a a) D – crédito empenhado - a liquidar
contabilidade pública, o regime misto, estabele-
C – crédito disponível
cendo o regime de competência para a despesa
e o de caixa para a receita. Todavia, constituem b) D – crédito empenhado - a liquidar
exceções a esse regime C – crédito empenhado - liquidado
c) D – crédito empenhado - liquidado
a) a aquisição de bens de capital e o recebimen-
to de doações C – crédito empenhado - a liquidar
b) os restos a pagar não processados e a inscri- d) D – crédito disponível
ção da dívida ativa C – crédito empenhado - liquidado
c) os restos a pagar não processados e o rece- e) D – crédito disponível
bimento da dívida ativa C – crédito empenhado - a liquidar
d) os restos a pagar processados e a inscrição
da dívida ativa 16- Considerando a sistemática adotada pelo Plano
e) os restos a pagar processados e o recebi- de Contas da Administração Pública Federal,
mento da dívida ativa bem como as formas de classificação da despe-
sa, pode-se dizer que o gasto direto realizado
13- A Contabilidade Pública, uma das subdivisões da com a aquisição de outros serviços de terceiros –
contabilidade aplicada, diferencia-se das demais pessoa jurídica, a título de investimento, é repre-
em função das entidades às quais devem ser a- sentado pela conta
plicados seus conceitos, princípios e regimes.
a) 4.3.3.9.0.39.00
Acerca de seu campo de atuação é correto afir-
mar que b) 3.3.3.9.0.39.00
c) 3.4.4.9.0.39.00
a) limita-se às pessoas jurídicas de direito pú-
blico d) 4.4.4.9.0.39.00
b) dentre as entidades vinculadas, exclui as e) 3.4.5.9.0.39.00
empresas públicas
17- São consideradas receitas extra-orçamentárias
c) dentre as entidades vinculadas, exclui as
empresas públicas e as sociedades de eco- a) aluguéis
nomia mista b) empréstimos obtidos
d) engloba as empresas públicas que estiverem c) o recebimento da dívida ativa
sujeitas aos Orçamentos Fiscal e da Seguri-
dade Social d) cauções em dinheiro efetuadas por prestado-
res de serviços
e) exclui as autarquias que não estiverem sujei-
tas aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade e) as decorrentes da alienação de bens inserví-
Social veis

14- Acerca da receita pública é correto afirmar que 18- A transferência de cota financeira da Secretaria
do Tesouro Nacional para a Unidade de Progra-
a) em hipótese alguma, nenhum tributo poderá mação Financeira acarreta na primeira uma
ser exigido ou aumentado sem que a lei o
estabeleça, ou cobrado sem prévia autoriza- a) mutação passiva
ção legislativa b) despesa financeira
b) o recolhimento deve ser feito em estrita ob- c) interferência passiva
servância ao princípio da unidade de tesoura- d) despesa orçamentária
ria e) interferência ativa
c) o superávit do orçamento corrente é classifi-
cado como receita corrente
d) o lançamento enseja registro contábil
e) as receitas correntes constituem, em princí-
pio, fatos permutativos

19- Considerando a estrutura das contas integrantes


da contabilidade pública nacional, é correto afir-
mar que o sistema
15- Assinale a opção que representa o correto lan-
çamento do empenho de uma despesa. a) financeiro registra, entre outros, créditos,
obrigações e valores

www.pciconcursos.com.br
b) patrimonial relaciona-se com as entradas e as 23- O SIAFI – Sistema Integrado de Administração
saídas de recursos Financeira do Governo Federal – é um sistema
on-line que se constitui como o principal instru-
c) de compensação relaciona-se com as entra-
mento de administração orçamentária e financei-
das e as saídas de recursos
ra da União, provendo os órgãos centrais, setori-
d) orçamentário registra, entre outros, créditos, ais e executores da gestão pública de mecanis-
obrigações e valores mos adequados à realização, ao acompanha-
e) financeiro relaciona-se com as entradas e as mento e ao controle da execução orçamentária e
saídas de recursos financeira, tornando a contabilidade fonte segura
de informações gerenciais. Sobre o SIAFI, é in-
20- O Plano de Contas da Administração Pública correto afirmar que
Federal compreende sete níveis de desdobra-
mento, todos classificados e codificados. De a- a) NS, NL, NE e OB são alguns de seus princi-
cordo com a norma vigente, é correto afirmar que pais documentos
a consolidação de balanços é efetuada b) seu uso se dá, exclusivamente, por intermé-
dio de UGs on-line
a) no 1o nível (classe) c) à STN compete a responsabilidade pela defi-
b) no 2o nível (grupo) nição lógica e pelas normas de utilização do
c) no 3o nível (subgrupo) sistema
d) no 4o nível (elemento) d) incluem-se em sua abrangência as empresas
e) no 5o nível (subelemento) públicas e as sociedades de economia mista
e) uma de suas funções é produzir o Balanço
21- Além dos necessários registros em contas do Geral da União
ativo e passivo compensado, a apropriação de
despesas de concessão de suprimento de fundos 24- Como documento do SIAFI, a Nota de Lança-
para aquisição de equipamentos e materiais mento do Sistema (NS) destina-se ao registro
permanentes implica
a) de créditos previstos nos Orçamentos Fiscal
a) D – despesas de capital e imobilizado ou da Seguridade Social e de seus detalha-
C – mutações ativas e bancos mentos
b) D – despesas correntes e imobilizado b) da movimentação de crédito orçamentário,
tais como destaque e provisão, entre as di-
C – mutações passivas e bancos versas UGs
c) D – despesas correntes e imobilizado c) das transferências financeiras entre as UGs,
C – mutações ativas e bancos assim como dos pagamentos em geral aos
d) D – mutações ativas e bancos credores externos
C – despesas de capital e imobilizado d) da apropriação/liquidação de despesas, as-
e) D – mutações passivas e bancos sim como da apropriação de receitas
C – despesas correntes e imobilizado e) de operações comandadas por processos
automáticos ou processamentos em BATCH
22- A Tabela de Eventos, instrumento adotado pela
contabilidade pública no âmbito federal, agrupa
os eventos contábeis em classes segundo a na-
tureza dos fatos a que eles se referem. Na liqui-
dação de despesa para posterior pagamento uti-
liza-se, obrigatoriamente, os eventos das classes
25- Considerando exclusivamente os valores abaixo,
a) 51 para a liquidação da despesa e 53 para a todos apurados ao encerramento de um exercí-
retenção de obrigações cio financeiro qualquer, assinale a opção correta:
b) 51 para a liquidação da despesa e 54 para a receita prevista - $ 1.000
retenção de obrigações receita arrecadada - $ 900
c) 52 para a liquidação da despesa e 54 para a despesa fixada - $ 1.000
retenção de obrigações despesa empenhada - $ 900
d) 51 para a liquidação da despesa e 52 para a despesa liquidada - $ 750
retenção de obrigações despesa paga - $ 650
e) 56 para a liquidação da despesa e 70 para a
retenção de obrigações a) o saldo da conta 2.9.2.1.3.01.00 – Crédito
Empenhado a Liquidar deve ser igual a $ 250

www.pciconcursos.com.br
b) o saldo da conta 2.9.2.1.3.02.01 – Crédito
Empenhado-Liquidado deve ser igual a $ 250
c) o saldo da conta 2.9.2.1.3.01.00 – Crédito
Empenhado a Liquidar deve ser igual a $ 150.
d) o saldo da conta 2.9.2.1.3.02.01 – Crédito
Empenhado-Liquidado deve ser igual a $ 100
e) saldo da conta 2.9.2.1.1.00.00 – Crédito Dis-
ponível deve ser igual a $ 0

26- Em relação ao Balanço Financeiro é correto afir-


mar que as despesas devem figurar

a) por categoria econômica e pelo montante


efetivamente pago
b) por categoria econômica e pelo montante
realizado, independentemente de terem sido
pagas ou não
c) por função e pelo montante efetivamente
pago
d) por função e pelo montante realizado, inde-
pendentemente de terem sido pagas ou não
e) por unidade orçamentária e pelo montante
efetivamente pago

27- É correto afirmar que, no Balanço Orçamentário,


o superávit apurado decorre de

a) receita arrecadada maior do que receita pre-


vista
b) receita arrecadada maior do que despesa
realizada
c) despesa realizada menor do que despesa
fixada
d) despesa fixada menor do que receita estima-
da
e) despesa orçamentária maior do que despesa
extra-orçamentária

Rascunho

www.pciconcursos.com.br
28- No Balanço Patrimonial o Ativo Real é formado

a) pelo ativo circulante e pelo ativo permanente


b) apenas pelo ativo permanente
c) pelo ativo financeiro e pelas variações patri-
moniais
d) pelo ativo financeiro e pelo ativo compensado
e) pelo ativo financeiro e pelo ativo não-
financeiro
29- Na Demonstração das Variações Patrimoniais,
integram as variações ativas independentes da
execução orçamentária os (as)

a) interferências ativas e os acréscimos patri-


moniais
b) mutações ativas e a cota financeira recebida
c) mutações ativas e as interferências ativas
d) acréscimos patrimoniais e as mutações ativas
e) pagamentos a fornecedores do exercício
anterior
30- Uma entidade pública apresenta o seguinte ba-
lancete sintético após realizar todos os procedi-
mentos de encerramento do exercício, exceto
quanto à apuração de resultado:
Contas Saldo Contas Saldo
Devedoras Credoras
Ativo Passivo
Caixa $ 10 Pessoal a Pagar $ 10
Bancos $ 20 Encargos a recolher $ 10
Imóveis $ 100 Patrimônio/Capital $ 100
Despesas Receitas
Pessoal $ 115 Receita Tributária $ 130
Material de con- Receita de Alienação
sumo $ 50 de Bens $ 30
Resultado Exer- Resultado do Exer-
cício (-) cício (+)
Mutações Passi- Mutações Ativas $ 50
vas $ 30
Decréscimos
Patrimoniais $5
$ 330 $ 330
Considerando exclusivamente os dados acima, é cor-
reto afirmar que, após a apuração do resultado, a
entidade irá apresentar

a) superávit de $ 10
b) resultado nulo
c) déficit de $ 5
d) superávit de $ 15
e) déficit de $ 15

www.pciconcursos.com.br