You are on page 1of 4

14/07/2018 :: LMS SENASP/ANP - Ambiente Virtual de Aprendizado ::

Fechar
RESULTADO DA SUA AVALIAÇÃO Final
Você concluiu a avaliação para Aspectos Jurídicos da Atuação Policial VA
Confira o resultado:

Questões Corretas = 10,00


Questões Erradas = 0,00

GABARITO
Questão 1

Levando em consideração os ensinamentos sobre os aspectos jurídicos da abordagem policial, como


estratégia de prevenção à violência urbana, resgate da paz social e instrumento para instrução criminal,
marque “V” para as alternativas “VERDADEIRAS” e “F” para as alternativas “FALSAS”:

· A abordagem policial realizada em uma ocorrência, considerando a “fundada


suspeita”, pode basear-se em parâmetros unicamente subjetivos (ex.: tirocínio
policial, baseado na experiência), sendo desnecessários os elementos concretos.
Assim, o simples fato de um indivíduo trajar determinados vestuários (ex.: “kit
peba”), ou se locomover em uma região na qual não reside, autoriza a busca
pessoal.

· A busca pessoal independe de ordem judicial apenas para o caso de prisão em


flagrante delito, necessitando de determinação judicial para os casos de fundada
suspeita.

· a abordagem pode ser empregada para fins educativos ou instrutivos, na medida


em que o agente busca promover a orientação do público sobre determinados
aspectos de comportamento, de acordo com as regras de ordem pública, seja no
trânsito, em vias públicas, parques, praças, meio ambiente, dentre outros.

· Devido a primazia do direito à liberdade de locomoção, a busca pessoal somente


existe em casos de fundada suspeita envolvendo a prática de um delito.

· A abordagem policial constitui o procedimento de aproximação a uma pessoa, ou a


um grupo de pessoas, ou ainda a um veículo ou residência, com o fim de confirmar
um fato, a evidência de uma infração penal, bem como investigar, orientar,
advertir, prender ou assistir.

O resultado é:

Sua resposta: F – F – V – F – V (em 9/6/2018 18:23:40)

Questão 2

Autoexecutoriedade é um atributo do dever-poder de polícia. Diante disso, julgue os itens abaixo,


marcando “C” para as afirmações “CORRETAS” e “E” para as afirmativas “ERRADAS”:

· Na hipótese em que o policial se depare com uma ocorrência, e precise intervir,


seja para alertar, seja para abordar, prender ou adotar outra medida prevista na
legislação, com o intuito de preservar a ordem, proteger pessoas e bens, ele o
fará de imediato, sem a necessidade de se dirigir a um juiz solicitando uma
decisão que fundamente sua atuação.

· Para que a segurança seja alcançada de forma imediata e justamente por ser
respaldado nos atributos do ato administrativo, dentre eles o da presunção de
legalidade e de veracidade, o comportamento dos agentes policiais, durante a
preservação da ordem pública, em nenhum momento será submetido ao
controle judicial.

· Tendo em vista a proteção constitucional do direito à liberdade de locomoção


(art. 5°, caput, CF/88), mesmo diante de um flagrante delito, o policial necessita
de um mandado de busca pessoal para cumprir suas atribuições.

· A previsão constitucional estabelece que “a casa é asilo inviolável do indivíduo,


ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador”. Por conta
disso, o gestor de segurança pública, considerando os critérios de análise
criminal, deve provocar o poder judiciário a fim de obter mandado de busca e
apreensão, bem como mandado de prisão, para os casos em que alguém seja

https://ead.senasp.gov.br/modulos/educacional/curso/edu_avalia_resultado.asp?codCurso=1143&Controle=N&codAvaliacao=2016 1/4
14/07/2018 :: LMS SENASP/ANP - Ambiente Virtual de Aprendizado ::
encontrado com instrumentos, armas, objetos ou papéis que façam presumir ser
ele autor da infração (CPP, art. 301, IV).

· A Autoexecutoriedade, ao lado da discricionariedade e da coercibilidade,


constitui o fundamento do dever-poder de polícia, sem o qual não seria possível
os órgãos de segurança alcançar o bem comum na proteção de pessoas e bens
e na preservação da ordem pública.

O resultado é:

Sua resposta: C – E – E – E – C (em 9/6/2018 18:52:23)

Questão 3

Você estudou que em um regime democrático o controle sobre as atividades das polícias é consentâneo
com suas diretrizes, na busca de atingir um equilíbrio entre o emprego da força e o respeito aos direitos
individuais e coletivos. Aqui se põem em evidência os instrumentos de controle da atividade policial,
voltados para vigilância, orientação e correção da atuação dos policiais, visando confirmá-la ou desfazê-
la, conforme seja ou não legal, conveniente, oportuna e eficiente. Dentro desse contexto, surge a
responsabilização, ao lado da transparência e do controle como mecanismos de accountability da
atividade policial, destinados a prevenir ou superar a eventuais desvios praticados por durante a
atuação. Sobre o tema marque a alternativa INCORRETA:

Sua resposta: Com o fim de evitar uma dupla punição, a responsabilidade penal absorve a responsabilidade disciplinar em
todas as hipóteses. (em 9/6/2018 19:33:17)

Questão 4

Empregando os conhecimentos jurídicos sobre a abordagem policial em eventos esportivos,


intensificação de policiamento ou em instrução criminal, julgue os itens abaixo:

I- A busca em mulher sempre será feita por outra mulher, sendo obrigatória a presença de
uma policial durante as operações. Caso não seja possível, a operação deve ser cancelada,
sob pena de se incorrer em abuso de autoridade e constrangimento ilegal.

II - A busca domiciliar realizada durante o dia, com determinação judicial, exige o cumprimento
de determinados protocolos, previstos na legislação, como por exemplo o de se ler o
conteúdo do mandado, sob pena de nulidade dos atos. Havendo resistência e quando a
diligência importar risco aos agentes policiais, o uso da força será empregado para que a
medida judicial seja cumprida. Nesses casos o policial apresentará e lerá o mandado, logo
que for possível.

III - O caminhão, ainda que seja empregado para o exercício da profissão do motorista, não pode
ser considerado extensão de sua residência, nem local de seu trabalho, mas apenas
instrumento deste.

IV - A busca pessoal pode ser realizada, independentemente da existência de fundada suspeita


de um crime, durante a realização de eventos esportivos, sob o fundamento do inciso III do
art. 13-A da Lei n° 10.671/2013 (Estatuto de Defesa do Torcedor).

V- Independente da notícia concreta de que tenha havido uma infração penal, a busca pessoal
pode ser realizada durante a intensificação de policiamento com a finalidade de se preservar
a ordem pública e de se garantir à população um ambiente livre de riscos e perigos e sob o
fundamento do dever-poder de polícia.

Estão INCORRETOS:

Sua resposta: Somente o item I. (em 9/6/2018 19:49:22)

Questão 5

Julgue cada item abaixo, considerando a aplicação do princípio da proporcionalidade durante a


intervenção do profissional de segurança pública:

I. Diante de eventual conflito de direitos fundamentais, como por exemplo, o direito à


liberdade de locomoção e o direito à segurança, é preciso verificar os fatos, suas
variáveis e formular um juízo de valor, principalmente frente a uma fundada
suspeita. Trata-se de uma ponderação de valores que se fundamenta sobre o
princípio da proporcionalidade, observando os critérios de adequação, necessidade
e proporcionalidade em sentido estrito.

https://ead.senasp.gov.br/modulos/educacional/curso/edu_avalia_resultado.asp?codCurso=1143&Controle=N&codAvaliacao=2016 2/4
14/07/2018 :: LMS SENASP/ANP - Ambiente Virtual de Aprendizado ::

II. Quando o policial tem à sua disposição os meios de verbalização, bastão policial,
Dispositivo Eletrônico de Controle, contato físico (contenção e imobilização),
algema, arma de fogo, dentre outros, utlizará aquele que for adequado para
cumprir suas atribuições. A adequação exige que as medidas interventivas,
adotadas pelo policial, sejam aptas a atingir os objetivos pretendidos.

III. Dentre os meios escolhidos, o profissional empregará aquele que causar menor
impacto e dano ao indivíduo submetido à sua intervenção. Trata-se da
necessidade, também conhecida por exigibilidade.

IV. A atuação deve guardar relação de equilíbrio entre o bem jurídico submetido à
intervenção e direito protegido. Cuida-se da proporcionalidade em sentido estrito
(também mencionada por alguns como razoabildade). É um juízo definitivo da
medida sobre o resultado a ser alcançado, ponderando-se a intervenção e os
objetivos perseguidos, sobre o fundamento do equilíbrio entre um e outro.

Estão CORRETOS:

Sua resposta: Os itens I, II, III e IV (em 9/6/2018 19:57:57)

Questão 6

Marque a alternativa CORRETA em uma situação de oposição à execução de ato legal, mediante violência
ou ameaça por parte de um indivíduo em face de uma busca pessoal realizada por um policial:

Sua resposta: O delito de resistência se consuma quando uma pessoa se utilizar de violência ou ameaça (não precisa ser
grave) para impedir ou obstruir um procedimento legal, realizado pelo profissional de segurança pública competente, como
por exemplo, para evitar uma prisão ou uma reintegração de posse. (em 9/6/2018 20:01:19)

Questão 7

Sobre o dever-poder de polícia, marque a alternativa INCORRETA:

Sua resposta: Pela acepção própria da expressão, o dever-poder de polícia somente é conferido aos agentes policiais durante
o exercício das ações de preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio. (em 9/6/2018
20:56:16)

Questão 8

Tendo em vista as garantias constitucionais para defesa da liberdade, assinale a alternativa CORRETA:

Sua resposta: É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já
documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao
exercício do direito de defesa. (em 9/6/2018 20:58:27)

Questão 9

Considerando os ensinamentos sobre Direitos Humanos, Direitos e Garantias Fundamentais, marque “V”
para as alternativas “VERDADEIRAS” e “F” para as alternativas “FALSAS”:

• É assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral, bem como a não submissão à tortura,
respondendo por este ato os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem;

• Considerando a existência de um flagrante delito em que há o ingresso dos acusados com a vítima no
interior do domicílio de um deles, durante o período noturno, a prisão efetivada por policiais só será
considerada legítima se houver ordem escrita e fundamentada de autoridade judiciária competente para
que efetuam a prisão em flagrante delito no interior da citada residência;

• A ação regressiva de que trata o art. 37, § 6º, da CF/88, prescreve em 10 (dez) anos, a contar do ato
praticado pelo policial ou da decisão judicial que condena o Estado a ressarcir o cidadão, nos casos de
indenização por violência policial;

• Pacto de São José da Costa Rica não tem efeito nenhum sobre as ações de segurança pública;

• A Lei nº 13.060, de 22/12/2014, que “disciplina o uso dos instrumentos de menor potencial ofensivo
pelos agentes de segurança pública, em todo o território nacional”, traz expressamente em seu corpo a
previsão de observância ao princípio da proporcionalidade, durante as ações de segurança pública.

https://ead.senasp.gov.br/modulos/educacional/curso/edu_avalia_resultado.asp?codCurso=1143&Controle=N&codAvaliacao=2016 3/4
14/07/2018 :: LMS SENASP/ANP - Ambiente Virtual de Aprendizado ::

O resultado é:

Sua resposta: V – F – F – F – V (em 9/6/2018 20:59:43)

Questão 10

Ao se recordar da ideia de que nenhuma ocorrência é igual a outra, ainda que envolva a mesma pessoa, o
mesmo lugar, o mesmo horário, dentre outros fatores, considere os aspectos discricionários da atuação
policial para julgar os itens abaixo, marcando “C” para as afirmações “CORRETAS” e “E” para as
afirmativas “ERRADAS”:
· A previsão legal e regulamentar do dever-poder de polícia é abrangente,
permitindo ao profissional de segurança pública escolher as medidas oportunas
e convenientes para se atingir o fim público.

· Para legitimar as ações discricionárias, aqui é de se aplicar a ponderação de


valores, mediante emprego do princípio da proporcionalidade com seus
requisitos de adequação, necessidade e razoabilidade ou proporcionalidade em
sentido estrito.

· Discricionariedade não se confunde com arbitrariedade. Discricionariedade é


liberdade de agir dentro dos limites legais; arbitrariedade é ação fora ou
excedente da lei, com abuso ou desvio de poder.

· Caracteriza-se discricionariedade durante a atuação policial quando o


profissional de segurança pública tem uma margem de liberdade para adotar
uma decisão, optando por uma medida, dentre as várias soluções possíveis (ex.:
abordar, intervir, verbalizar, empregar dispositivo eletrônico de controle,
mobilizar, algemar, etc.).

· A faixa de opção do ato discricionário encontra limitações no cumprimento do


interesse coletivo, devendo se observar ainda os elementos do ato
administrativo: competência, finalidade, forma, motivo, objeto.

O resultado é:

Sua resposta: C – C – C – C – C (em 9/6/2018 21:03:03)

Legenda:
Questão Correta: Questão Incorreta: Questão Parcial:

https://ead.senasp.gov.br/modulos/educacional/curso/edu_avalia_resultado.asp?codCurso=1143&Controle=N&codAvaliacao=2016 4/4