You are on page 1of 12

LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO

2017

CARTA DE SMITH
E
APLICAÇÕES
CONSTRUÇÃO DA CARTA DE SMITH

Círculos de Resistência Constante Círculos de Reatância Constante

➢ Escala de comprimento elétrico


➢ Escala do ângulo de fase do coeficiente de reflexão
CÍRCULOS DE SWR CONSTANTE E COEFICIENTE DE FELEXÃO
ALGUMAS APLICAÇÕES DA CARTA DE SMITH
• DETERMINAÇÃO DE IMPEDÂNCIA DESCONHECIDA
Uma carga termina uma linha de transmissão de impedância característica 50 Ω. Mediu-se um
SWR de 2,8 e o primeiro mínimo de tensão foi localizado em 0,32 λ. Usando a Carta de Smith,
determine o valor da impedância e da admitância da referida carga. Determine o coeficiente de
reflexão na carga.
Solução:
• Traçar o círculo de SWR constante
• Identificar a posição de mínimo de tensão (posição 1)
• Girar sobre o círculo de SWR constante da posição 1 em direção a carga de 0,32 λ (posição 2)
• Traçar reta do centro da carga à posição 2. A interseção da reta com a posição 2 é Znormalizada
• Prolongar reta em direção oposta. O ponto de encontro com o círculo de SWR constante é
Ynormalizada
• Desnormalizar Znormalizada e Ynormalizada para encontrar Z e Y.
• Usar Regra de Três para determinar |Г| e verificar a fase de |Г|(ângulo até Z).
• EXERCÍCIO - DETERMINAÇÃO DE IMPEDÂNCIA DESCONHECIDA

Uma linha de transmissão possui impedância característica de 50 Ω e SWR = 2, quando


terminada em uma carga desconhecida. Quando carga é substituída por um curto-circuito, o
mínimo de tensão se desloca de 0,15 λ em direção a carga. Qual o valor da impedância de carga
desconhecida?

Resposta:

Z = 50(1 – j0,65) = 50 – j 32,5 Ω


• DETERMINAÇÃO DE MÁXIMO E MÍNIMO DE TENSÃO A PARTIR DA CARGA

Uma impedância normalizada de


zL = (1 + j1) opera com λ = 5 cm.
Usando a Carta de Smith,
determine a posição dos primeiros
Vmax e Vmin a partir da carga, além
do SWR.
• CASAMENTO TOCO SIMPLES

Uma linha de transmissão sem perdas com impedância característica de 50 Ω deve ser casada a
uma carga ZL por meio de um toco simples em curto circuito. Encontre a posição mais próxima da
50
carga e o comprimento do toco que realizará este casamento. Dado 𝑍𝐿 = Ω.
2+𝑗 2+ 3

Solução:
• Determinar YL normalizado e plotar na C.S., (yL)
• Traçar o círculo de SWR constante a partir de yL até atingir o círculo constante de g = 1
• Obtem-se duas possibilidades, yd e yd’
• Identificar a posição de mínimo de tensão (posição 1)
• Girar sobre o círculo de SWR constante da posição 1 em direção a carga de 0,32 λ (posição 2)
• Traçar reta do centro da carga à posição 2. A interseção da reta com a posição 2 é Znormalizada
• Prolongar reta em direção oposta. O ponto de encontro com o círculo de SWR constante é
Ynormalizada
• Desnormalizar Znormalizada e Ynormalizada para encontrar Z e Y.
• Usar Regra de Três para determinar |Г| e verificar a fase de |Г|(ângulo até Z).