You are on page 1of 5

Ficha de trabalho nº7 Psicologia B Prof.

António Paulo

1-Enumera alguns processos de cognição social.


Alguns processos de cognição social são as impressões, as expectativas, as atitudes
e as representações sociais.

2-Define impressões.
As impressões traduzem-se em opiniões imagens, noções que um individuo cria
sobre alguém num primeiro contacto. Estes formam-se a partir de características
particulares que nós identificamos numa pessoa como pro exemplo características
físicas, linguagem, vestuário, comportamento… Também os objectos provocam
impressões no primeiro contacto que estabelecemos com eles.

3-Qual é a relação entre impressão e categorização.


Não sendo possível recolher e armazenar toda a informação referente aos
objectos e às pessoas com quem contactamos, utilizamos processos de
categorização para simplificar essas mesmas informações. Então há uma relação
entre impressão e categorização e verifica-se pelo facto de organizarmos a
informação que temos acerca de alguém de forma a integrá-la numa categoria
significativa. Para a formação de uma impressão é necessário enquadra-la numa
determinada categoria ou classe de pessoas, objectos e situações. A categorização
corresponde à simplificação da informação.

4-Explica como se formam as impressões.


As impressões formam-se a partir de indícios físicos (que remetem para
características como o facto de a pessoa ser alta ou baixa, gorda ou magra loura
ou morena,…) indícios verbais (como por exemplo, o modo como uma pessoa fala
surge como um indicador de instrução) indícios não-verbais (estes indícios
remetem para elementos, sinais que interpretamos como indicadores) indícios
comportamentais (que é o conjunto de comportamentos que se observam na
pessoa e que nos permite classifica-la). A partir dos indícios já indicados formamos
uma impressão global de uma pessoa, a quem atribuímos uma categoria
socioeconómica e cultural, um determinado estatuto social. Portanto os indícios
estão na base da interpretação do outro e, portanto na formação de impressões

André Filipe dos Santos Coelho 12ºB nº7 23-01-2011


Ficha de trabalho nº7 Psicologia B Prof. António Paulo

estão integrados factores como a motivação, a atenção e as informações que


possuímos.

5-Porque é que as primeiras impressões são tão importantes.


As primeiras impressões que criamos sobre uma pessoa ou um objecto são muito
importantes pois as primeiras características ou informações que apreendemos
têm mais influência na categorização que fazemos sobre uma pessoa e, portanto
na apreciação global que fazemos. Uma das características das primeiras
impressões é a sua persistência pois a partir do momento que temos uma ideia
geral sobre uma pessoa, é muito difícil alterarmos a nossa percepção, mesmo que,
posteriormente, recebamos informações que contradizem a nossa impressão
inicial.

6-O que entendes por expectativas?


Espectativas são os modos de categorizar as pessoas através dos indícios e das
informações, prevendo o seu comportamento e as suas atitudes. As expectativas
são mútuas, pois sempre que criamos expectativas sobre um outro, esse outro
também cria expectativas sobre nós.

7- Na formação das expectativas estão envolvidas a indução e a dedução. Explica.


Através do método indutivo incluímos uma pessoa numa determinada categoria a
partir, por exemplo, de um indício: tribunal, se virmos alguém com uma toga preta
incluímo-la na categoria juiz ou advogado. Depois de classificada a pessoa numa
determinada categoria, deduzimos o tipo de comportamento e de atitudes que
esperamos que ela tenha.

8-De que forma se relacionam as expectativas com o estatuto e o papel?


Os conceitos de estatuto e papel são complementares um ao outro e estes
dependem das expectativas sociais criadas para determinada categoria social ou
profissional. Uma pessoa, através de uma profissão, por exemplo, e do estatuto
que essa profissão lhe oferece, espera que os outros tenham determinados
comportamentos e atitudes para consigo e vice-versa, ou seja, os outros esperam

André Filipe dos Santos Coelho 12ºB nº7 23-01-2011


Ficha de trabalho nº7 Psicologia B Prof. António Paulo

que ela tenha determinados comportamentos e atitudes, isto é, desempenhe um


papel.

9-Explica o processo de auto-realização das profecias.


De acordo com um estudo feito por Rosenthal e Jacobson, que fizeram com que
alguns professores de escolas do primeiro ciclo se convencessem que certos
alunos mostrassem uma aceleração no desenvolvimento intelectual, estes
observavam que, mesmo sendo alunos perfeitamente normais no inicio deste
estudo, passados 8 meses, eles demostravam um rendimento e um conhecimento
superior ao dos colegas. Então estes autores, com esta experiencia mostraram que
quando um professor cria expectativas de bons resultados por parte de alguns
alunos, estes mostravam um comportamento diferente em relação aos outros
alunos que supostamente seriam menos inteligentes.
E suma pode-se dizer que os comportamentos são resultantes das expectativas
iniciais, isto é, expectativas positivas acerca dos outros geram comportamentos
positivos e expectativas negativas geram comportamentos negativos. Ou seja, os
resultados são afectados no mesmo sentido das expectativas.

10-Define atitude.
Atitude é uma tendência para responder a um objecto social – situação, pessoa,
grupo, acontecimento – de modo favorável ou desfavorável. A atitude não é um
comportamento, mas uma predisposição, uma tendência relativamente estável
para uma pessoa se comportar de determinada maneira, uma tomada de posição
intencional de um individuo face a um objecto social.

11-Identifica as três componentes das atitudes.


As três componentes das atitudes são a componente cognitiva, a componente
afectiva e a componente comportamental.

12-De que forma as atitudes se relacionam com o comportamento?


As atitudes estão na base da maior parte dos nossos comportamentos. É possível
inferir uma atitude a partir dos comportamentos observados e prever

André Filipe dos Santos Coelho 12ºB nº7 23-01-2011


Ficha de trabalho nº7 Psicologia B Prof. António Paulo

comportamentos a partir do conhecimento que temos das atitudes de uma


pessoa.

13-Explica como se formam e como mudam as atitudes.


As atitudes formam-se e aprendem-se no processo de socialização, no meio social
onde estamos inseridos, através de vários agentes sociais como os pais, a família,
a escola o grupo de pares e os mass media. Apesar de as atitudes terem como
característica a estabilidade, estas podem mudar. As mudanças de atitudes podem
ocorrer devido a acontecimentos e experiências pessoais muito marcantes bem
como por efeito da influência dos meios de comunicação social, entre outros.

14-Em que consiste a dissonância cognitiva?


A dissonância cognitiva corresponde a um sentimento desagradável que pode
ocorrer quando uma pessoa sustenta duas atitudes que se opões, quando estão
presentes duas cognições que não se adequam ou duas componentes de atitude
que se contradizem.

15-Define representação social.


Representação social é o conjunto das explicações, das crenças e das ideias que
são partilhadas e aceites colectivamente nua determinada sociedade e que são
produto das interacções sociais. Uma representação social é um saber comum a
um grupo, aparecendo frequentemente associada ao conhecimento do senso
comum.

16-Descreve os processos que estão na base da formação das representações sociais.


Os processos que estão na base da formação das representações sociais são a
objectivação e a ancoragem.
A objectivação é o processo através do qual as representações complexas e
abstractas se tornam simples e concretas.
A ancoragem corresponde ao enraizamento, à assimilação das imagens criadas
pela objectivação na mentalidade colectiva.

André Filipe dos Santos Coelho 12ºB nº7 23-01-2011


Ficha de trabalho nº7 Psicologia B Prof. António Paulo

17-Quais são as principais funções das representações sociais?


As principais funções das representações sociais são a função de saber, a função
de orientação, a função identitária e a função de justificação.

André Filipe dos Santos Coelho 12ºB nº7 23-01-2011