You are on page 1of 67

Manual do Usuário

Equipamento Portátil Mentor UT

Equipamento portátil
Mentor UT
Manual do Usuário

104M06211 Rev. A

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Publicado por GE Measurement & Control

Data: 23/11/2015 Arquivo: Mentor UT User_112315_PTBR.indd

Impresso em 2015

Para desenvolver ainda mais nossos produtos, nos reservamos o direito de alterar dados e designs sem prévio
aviso. Todos os direitos reservados, especialmente aqueles relacionados à publicação,

Exceção para disseminação e tradução. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, processada ou
disseminada em nenhum formato (por exemplo, através de fotocópias, microfilmes, processamento de dados
eletrônicos e/ou armazenamento ou outros meios) sem prévio consentimento da GE Measurement & Control.

Em situações de revisão, entre em contato com: E-mail: ITTechsupport@ge.com


Site: http://www.gemeasurement.com
Telefone: Consulte a listagem de suporte técnico
global ao final deste manual.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

ii 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Sumário

Capítulo 1: Introdução....................................................................................................................................................................................................................................... 1-1


Aviso importante.................................................................................................................................................................................................................................................................. 1-2
Garantia de serviço limitada.............................................................................................................................................................................................................................................. 1-6
Informações de segurança ................................................................................................................................................................................................................................................ 1-7
Informações de conformidade ........................................................................................................................................................................................................................................ 1-10
Manutenção........................................................................................................................................................................................................................................................................1-16

Capítulo 2: Recursos.......................................................................................................................................................................................................................................... 2-1


Instrumento de Mentor UT Visão Geral ................................................................................................................................................................................................................... 2-2
Utilizar este Manual ............................................................................................................................................................................................................................................................ 2-2
Ligar e conectar-se ao instrumento................................................................................................................................................................................................................................. 2-3
Recursos de área de trabalho............................................................................................................................................................................................................................................ 2-4

Capítulo 3: Operação......................................................................................................................................................................................................................................... 3-1


Iniciar aplicativos................................................................................................................................................................................................................................................................. 3-2
Instalar novos aplicativos................................................................................................................................................................................................................................................... 3-2
Navegar em um aplicativo................................................................................................................................................................................................................................................. 3-3
Aplicação Recursos.............................................................................................................................................................................................................................................................. 3-4
Tipos de painéis.................................................................................................................................................................................................................................................................... 3-5
UT de elemento único Menu de configuração e alterar valores de parâmetros...................................................................................................................................................... 3-6
Elemento único Telas de exibição de dados.................................................................................................................................................................................................................... 3-7
Configuração de passagem para sondas de elemento único...................................................................................................................................................................................... 3-8
Calibração de dois pontos (sonda de elemento único).................................................................................................................................................................................................. 3-9
Configuração de UT de matriz em fase e outros menus.............................................................................................................................................................................................3-10
Telas de exibição de dados de matriz em fase..............................................................................................................................................................................................................3-11
Trabalhar com cursores de feixe e passagens de matriz em fase............................................................................................................................................................................3-12
Visão geral e C-Scans ativos............................................................................................................................................................................................................................................ 3-13
Verificação de elemento apagado.................................................................................................................................................................................................................................. 3-14
Calibração de velocidade (multi-etapa).........................................................................................................................................................................................................................3-15
Calibração de velocidade (multi-backwall)....................................................................................................................................................................................................................3-16
Calibração de ponto zero/atraso de sonda...................................................................................................................................................................................................................3-17
Calibração de TCG (multi-etapa)...................................................................................................................................................................................................................................... 3-18
Calibração de TCG (multi-backwall)................................................................................................................................................................................................................................ 3-19
Calibração Auto 80.............................................................................................................................................................................................................................................................3-20
Verificação de codificador/scanner................................................................................................................................................................................................................................ 3-21
Apagar dados de calibração............................................................................................................................................................................................................................................ 3-22
Registrar e salvar dados...................................................................................................................................................................................................................................................3-23

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 iii
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Interpretar a luz LED indicadora..................................................................................................................................................................................................................................... 3-24


Acessando a visualização de menu................................................................................................................................................................................................................................ 3-25
Trabalhar com arquivos armazenados..........................................................................................................................................................................................................................3-26
Alterar configurações de sistema................................................................................................................................................................................................................................... 3-28
Conexões Wi-Fi...................................................................................................................................................................................................................................................................3-29
Conexões Bluetooth...........................................................................................................................................................................................................................................................3-30
Atualizar o software do Equipamento de Mentor UT...........................................................................................................................................................................................3-31
Acesso remoto com uma área de trabalho VNC...........................................................................................................................................................................................................3-32
InspectionWorks Connect (IWC)...................................................................................................................................................................................................................................... 3-33

Apêndice A – Listagem de parâmetros UT com definições................................................................................................................................................................... AP A-1

Apêndice B – Especificações....................................................................................................................................................................................................................... AP B-1

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

iv 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Capítulo 1:
Introdução

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-1
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Observação importante
As informações a seguir devem ser lidas e entendidas por todos os usuários
do equipamento da GE Measurement & Control. A falha em seguir essas
instruções pode levar a erros nas medições ou outros resultados do teste.
Decisões baseadas em resultados errôneos pode, em retorno, levar à danos à
propriedade, lesão pessoal ou morte.
Avisos Gerais
O uso adequado do equipamento de teste exige três elementos essenciais:
• Escolha de equipamento de teste correto.
• Conhecimento das “exigências de aplicação de teste” específicas.
• Treinamento do operador.
Esse manual do usuário fornece instruções sobre a configuração e operação
básica equipamento de teste.
Treinamento do operador
Os operadores devem receber treinamento adequado antes de usar
equipamento de teste.
Os operadores devem ser treinados nos procedimentos de teste em geral e na
configuração e desempenho exigidos para um teste em particular.
Informações mais específicas sobre o treinamento do operador, qualificação,
certificação e especificações do teste estão disponíveis em diversas associações
técnicas, grupos de indústrias e agências governamentais.
Informações de segurança
ATENÇÃO! Este instrumento é voltado para teste de materiais. Qualquer uso
para aplicações médicas ou outros propósitos não é permitido.
O instrumento somente pode ser usado em ambientes industriais.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-2 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Software
De acordo com o estado atual da arte, o software nunca está completamente
livre de erros.
Antes de usar qualquer equipamento de teste controlado por software,
assegure-se de que as funções necessárias estão operando perfeitamente na
combinação pretendida.

Defeitos/erros e estresses excepcionais


Se você acredita que não seja mais seguro operar o instrumento, é necessário
desconectá-lo de seu adaptador de alimentação CA/carregador de bateria,
desligá-lo e protegê-lo contra reconexão não intencional.
A operação segura não será mais possível se o instrumento:
• apresentar sinais visíveis de danos.
• não mais operar perfeitamente.
• tiver sido sujeito a tensão pesado durante o transporte
• tiver sido sujeito a armazenagem prolongada sob condições adversas tais
como, por exemplo, temperaturas excepcionais e/ou umidade de ar especial-
mente alta ou condições ambientais corrosivas.

Serviço
Todo esforço foi feito para lhe fornecer um produto confiável. Entretanto, se
for necessário fazer manutenção, a GE Measurement & Control possui diversos
Centros de Serviços com Pessoal Treinado pela Fábrica. Para localizar o centro
mais próximo, consulte o fim deste manual de usuário.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-3
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Baterias
Apenas baterias (íons de lítio) recomendadas e fornecidas pela GE Measurement
& Control podem ser usadas para a operação do instrumento.

NOTA:
As baterias só podem ser substituídas por um centro de revisão treinado de
fábrica. Abrir a caixa do instrumento em uma tentativa de acessar as baterias
violará a garantia do instrumento. Uma bateria conectada externamente está
disponível com fornecedores conforme descrito neste manual.

NOTA:
Quando o instrumento atinge o fim de sua vida útil, a bateria de íon de lítio
precisa ser removida. Em seguida, descarte corretamente o instrumento e a
bateria de íon de lítio.
Visor
O visor de seu Equipamento de Mentor UT é grande, brilhante e de alta
qualidade. No entanto, padrões de indústria para visor (mostrados abaixo)
permitem apenas um pequeno número de pixels eletronicamente defeituosos
- cinco ou menos por visor. Os defeitos podem se enquadrar nas seguintes
categorias:
1. U
 m pixel escuro que fique preto em um fundo branco e basicamente não
esteja eletricamente conectado.
2. U
 m pixel brilhante que pode ser vermelho, verde, azul ou branco, mas mais
brilhante do que o segundo plano.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-4 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Na maioria das condições, esses defeitos não afetam o uso. No entanto,


pode haver casos nos quais um visor que é aceitável segundo as diretrizes da
indústria é inaceitável para seu caso de uso. Nesses casos, vamos substituir o
dispositivo.
Norma de referência: ISO 9241-302:2008 Classe 1

Conector de alimentação
Classe 1: Para equipamentos ligados à linha CA, o conector de alimentação
só pode ser inserido em um receptáculo do tipo de aterramento. Qualquer
desconexão ou interrupção do condutor de proteção pode tornar o instrumento
inseguro. Ao conectar o equipamento com outros dispositivos, os condutores de
proteção devem ficar com a mesma potência.
Classe 2: Use apenas o cabo de alimentação e o adaptador de alimentação
CA/carregador de bateria fornecido pela GE Measurement & Control para
este instrumento. Há grande probabilidade de ocorrerem danos sérios ao
instrumento se a fonte de alimentação incorreta for usada.

Especificações do carregador
Especificação de entrada CA para carregador: 100–240 VCA, 47–63 Hz
Especificação de entrada de carga CC: 12 VCC ± 5%, 72 W

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-5
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Garantia de serviço limitada


Se, devido à nossa negligência, a GE Measurement & Control causou
danos diretos ao seu equipamento enquanto o equipamento está sob
responsabilidade única e controle da GE Measurement & Control, devemos
escolher, a nosso critério, reparar o dano ou substituir a parte danificada do
equipamento arcando nós mesmos com os custos, ou indenizar e manter você
protegido contra tais danos físicos do equipamento. O equipamento deve estar
livre de qualquer reclamação de propriedade de terceiros e, quando novo,
livre de defeitos em material e mão de obra e funcionar de acordo com as
especificações do produto sob uso e serviço normais.
EXCETO PARA A GARANTIA DEFINIDA NESTE PARÁGRAFO, A GE MEASUREMENT
& CONTROL ISENTA-SE EXPRESSAMENTE DE TODAS AS GARANTIAS E
REPRESENTAÇÃO DE QUALQUER ESPÉCIE COM RELAÇÃO AOS NOSSOS SERVIÇOS
OU ÀS INFORMAÇÕES CONTIDAS EM QUAISQUER RELATÓRIOS QUE EMITIMOS
PARA VOCÊ, SEJAM EXPRESSOS OU IMPLÍCITOS, INCLUINDO QUAISQUER
GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIABILIDADE, ADEQUABILIDADE PARA UM
DETERMINADO FIM, NÃO VIOLAÇÃO, DIREITO E GARANTIAS PROVENIENTES DO
CURSO DE DESEMPENHO, CURSO DE NEGOCIAÇÃO OU USO COMERCIAL.
Essa garantia limitada não deve se aplicar a nenhum problema decorrente
de (i) falha em seguir instruções de produto ou falha de realizar manutenção
preventiva, (ii) revisão, reparo ou modificação por alguém que não seja a
GE Measurement & Control ou um de nossos representantes de serviço
autorizados; ou (iii) causas externas, como acidente, abuso, uso indevido ou
problemas com a alimentação elétrica.
O uso de peças sobressalentes não autorizadas deve anular e invalidar a
garantia do fabricante.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-6 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Informações de segurança
Siga as instruções de segurança e sempre tenha cuidado para reduzir o risco de
acidentes, ferimentos e danos materiais.

Tipos de mensagens de segurança neste manual

NOTA:
Essa mensagem indica informações adicionais.

PERIGO!
Perigo imediato: a situação causará morte ou ferimentos graves caso não seja
evitada.

AVISO!
Teste termo indica perigo e a possibilidade de ferimentos.

CUIDADO
Este termo indica que pode ter ocorrido danos no equipamento.

Mensagens de segurança

AVISO!
Perigo resultante de uso indevido.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-7
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

AVISO!
O equipamento só deve ser operado por profissionais autorizados.

Use EPI quando houver riscos de ferimento.

ELETRICIDADE!
O contato com componentes eletricamente carregados pode causar morte ou
ferimentos graves. Uma carga elétrica pode se acumular nos componentes
elétricos e permanecer mesmo após desligar e desconectar o equipamento da
fonte de alimentação.

AVISO!
Instrumentos que contenham dispositivos sem fio foram projetados para uso
em países específicos. O usuário do instrumento é responsável por garantir
que os dispositivos sem fio do instrumento só sejam usados nos países para os
quais foram projetados.

AVISO!
A operação de alguns dispositivos sem fio em linhas aéreas é proibida uma vez
que seus sinais podem interferir com instrumentos críticos da aeronave.

AVISO!
O instrumento contém Bateria de Lítio Ion e magnésio em seu estojo. Se o
instrumento estiver envolvido num incêndio, utilize um extintor aprovado para
utilização em incêndios elétricos e em metais inflamáveis. Não utilize água.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-8 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

AVISO!
Os instrumentos devem ser carregados internamente em uma temperatura que
não ultrapasse 40 °C.

CUIDADO
Não há peças passíveis de revisão no interior deste instrumento. Não abra a
caixa do instrumento.

AVISO!
As superfícies na parte traseira do instrumento podem ficar quentes sob
condições de operação normais.

AVISO!
O apoio de suporte pode causar ferimentos caso feche em dedos.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-9
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Informações de conformidade
Comissão Europeia
A GE Inspection Technologies LP, através do presente, declara que esse
produto está em conformidade com os requisitos essenciais e outras provisões
relevantes da Diretiva R&TTE 199/5/EC.
A declaração de conformidade é assegurada por:
GE Inspection Technologies, LP
50 Industrial Park Road
Lewistown, PA 17044
Tel: 1-866-243-2638
E-mail: ITTechsupport@ge.com
Site: http://www.gemeasurement.com/contact-us

 Federal Communications Commission


FCC Parte 15, Subparte B, Classe A

Aprovações de módulo sem fio:


IEEE 802.11b/g/n
FCC Parte 15, FCC ID: XF6-RS9110N1102
ID IC: 8407A-91101102
Bluetooth (BT) 2.1 + EDR
FCC Parte 15, FCC ID: QOQWT32AE
ID IC: 5123A-BGTWT32AE

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-10 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Notificações para módulos sem fio:


• Os módulos sem fio utilizam a banda de 2.4 GHz.
• Os módulos são projetados para incorporação em dispositivos elétricos ge-
rais e não para instrumentos de aeronaves, controle de átomos, suporte de
vida artificial e quaisquer outros dispositivos que exijam qualidade e confia-
bilidade extremamente altas.
• Uma vez que os módulos se comunicam através de ondas de rádio, é alta-
mente recomendado que configuração seja realizada com relação a segu-
rança, para impedir vazamento de informações para um terceiro.
• Os módulos podem afetar ou serem afetados por quaisquer dispositivos pró-
ximos que usem a mesma largura de banda. Pesquise o ambiente no qual
os módulos serão operados antes de instalá-lo.
• Desmontar ou modificar os módulos pode levar a multas com base na lei de
ondas de rádio.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-11
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Aviso da FCC para equipamentos sem fio:


Este dispositivo está em conformidade com a parte 15 das normas da FCC. A
operação está sujeita as seguintes duas condições:
1. Este dispositivo não poderá causar interferências prejudiciais.
2. Este dispositivo deve aceitar qualquer interferência recebida, inclusive
inteferência que possa causar operação indesejada.
Este equipamento foi testado e considerado de acordo com os limites para
dispositivos digitais da Classe A, em conformidade com a parte 15 das normas
da FCC. Estes limites são concebidos para fornecer a proteção adequada
contra interferências prejudiciais quando o equipamento é operado em
ambiente comercial. Este equipamento gera, utiliza e pode irradiar energia de
radiofrequência e, se não for instalado e utilizado de acordo com as instruções,
poderá causar interferência prejudicial às radiocomunicações. A operação
deste equipamento em uma área residencial pode causar interferência
prejudicial, caso em que o usuário será obrigado a corrigir a interferência às
suas próprias custas.
IMPORTANTE: Sob as regras da FCC, modificações não aprovadas
expressamente pelo fabricante podem anular a autoridade do usuário de
operação do equipamento.
Aviso canadense para equipamentos sem fio:
Este equipamento não ultrapassa os limites de classe A para emissões de ruído
de rádio, como descrito pelas Regulações de interferência de rádio do Departa-
mento de Comunicações do Canadá.
Le present appareil numerique n’emet pas de bruits radioelectriques depassant
les limites applicables aux appareils
numeriques de la classe A prescrites dans le Reglement sur le brouillage radio-
electrique edicte par le ministere des
Communications du Canada.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-12 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Descarte de materiais de embalagem


Descarte o material de embalagem de acordo com os requisitos legais e normas locais.
Conformidade ambiental
GE Measurement & Control participa ativamente na Europa da iniciativa de recolher os
Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (WEEE),diretiva 2002/96/EC.
O equipamento que você comprou exigiu a extração e a utilização de
recursos naturais para a sua produção. Ele pode conter substâncias
perigosas que podem afetar a saúde e o meio ambiente. Para evitar a
disseminação dessas substâncias no meio ambiente e diminuir a pressão
sobre os recursos naturais, incentivamos o uso de sistemas de coleta
apropriados. Esses sistemas irão reutilizar ou reciclar a maioria dos
materiais do seu equipamento em final de vida útil de uma forma responsável.
O símbolo de lixeira com círculos cortados convida você a utilizar esses sistemas. Se
precisar de mais informações sobre sistemas de coleta, reutilização e reciclagem, entre
em contato com o seu sistema local ou regional de administração de resíduos.
Acesse www.gemeasurement.com/environmental-health-safety-ehs para obter
instruções sobre a coleta e mais informações a respeito desta iniciativa.
Descarte de baterias
Esse produto contém uma bateria que não pode ser descartada como
resíduo urbano sem controle na União Europeia. Consulte a documentação
do produto para informações específicas sobre a bateria. A bateria possui
este símbolo, que poderá incluir letras para indicar cádmio (Cd), chumbo
(Pb) ou mercúrio (Hg). Para reciclagem adequada, devolva a bateria ao seu
fornecedor ou a um ponto de oleta designado. marcada com este símbolo, que poderá
incluir letras para indicar cádmio (Cd), chumbo (Pb) ou mercúrio (Hg). Para reciclagem
adequada, devolva a bateria ao nosso fornecedor ou a um ponto de coleta designado.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 1-13
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Manutenção
Inspecionar e Limpar o Sistema
Inspecione e limpe o sistema de Equipamento de Mentor UT antes e após cada
utilização com pano macio e solução de álcool para água de 70%. Se estiver usando
o sistema em um ambiente sujo, limpe os componentes com mais frequência,
conforme necessário.
Se dano for encontrado, contate a GE Measurement & Control para obter instruções
de devolução e um número de RMA (Return Material Authorization, Autorização
de Devolução de Material).
A detecção precoce de condições menores podem impedir um reparo caro.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

1-14 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Capítulo 2:
Recursos

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 2-1
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

dispositivo de inspeção ultrassônica altamente


portátil incorpora uma tela de alta resolução visível
em qualquer luz, uma tela sensível ao toque que
funciona ao usar muitos tipos de luvas comuns e
uma interface personalizável através da qual todos
os membros de sua equipe podem se comunicar.
Entre os recursos adicionais, estão:
• Tela sensível ao toque colorida e grande de
10,4"
• IU simplificada, possibilitando aplicativos de
inspeção personalizados
• LED para alarmes, avisos e carga
• IP65
• Proteção contra queda
• Funcionalidade de "diálogo" garante que a
sonda correta esteja sempre conectada
• Procedimentos de calibragem simplificados

Utilizar este manual


Este manual explica como navegar entre os


diversos recursos virtuais do Instrumento de Mentor
UT e utiliza suas várias ferramentas
de ajuste de parâmetros. O usuário precisa
aplicar essas instruções a diversas configurações
virtuais diferentes, uma vez que um arquiteto de
aplicativo determina seus conteúdos específicos, os
parâmetros e tipos de dados mostrados e diversos
outros recursos.
Instrumento de Mentor UT Ao trabalhar com uma versão eletrônica deste
Visão geral manual, você pode selecionar qualquer tópico
listado na Tabela de conteúdos ou outros links
O Instrumento de Mentor UT e o desenvolvedor de aplicativos Mentor Create para acessar uma descrição do recurso indicado.
permitem que você interprete procedimentos de teste enquanto gera aplicativos Este manual inclui um Apêndice que descreve cada
adaptados para suas necessidades e que reflitam suas boas práticas. Esse um dos parâmetros disponíveis para arquitetos de
aplicativo.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

2-2 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Ligar e conectar-se ao
Instrumento
1 - Mantenha pressionado momentaneamente
para ligar o instrumento.
2 - Conecte o adaptador de alimentação CA aqui.
3 - Conectores de sonda do UT são inseridos aqui
(opcional, varia de acordo com o tipo de sonda).
4 - Módulo de conectividade inclui diversas portas
de dados (opcional)
5 – USB
6 – Codificador Z, alarme e sinais de inibição
7 – Codificador XY e índice de codificador
8 – Sonda de elemento único
9 – Sonda de matriz em fase

CUIDADO
Este instrumento deve ser desligado antes de
conectar ou remover esses ou outros módulos.
Para evitar danos ao equipamento, conecte
apenas módulos na orientação correta e na porta
adequada.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 2-3
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

2 – Deslize a página da área de trabalho


completamente para a direita ou para a esquerda
para acessar páginas adicionais. O número de
círculos no centro inferior de uma tela indica
quantas páginas adicionais podem ser visualizadas.
O círculo aberto indica a posição da visualização
atual com relação a todas as páginas disponíveis
(no caso mostrado aqui, o usuário está atualmente
vendo a segunda de três páginas disponíveis).
3 – Pressione para acessar e carregar arquivos de
aplicativos adicionais (incluindo aqueles em certos
dispositivos externos, como um pen drive USB).
4 – Pressione a qualquer momento para retornar
à área de trabalho.
5 – Pressione para acessar as Configurações de
sistema (Wi-Fi, Bluetooth, Preferências de usuário,
etc.), File Manager, Acesso remoto (configuração) e
para Desligar o instrumento.

6 – Selecione para abrir a Caixa de informações


de aplicativo que, além de fornecer uma descrição
do aplicativo, permite que ele seja apagado.
7 – Formato de data e hora selecionado através da
Recursos de área de trabalho configuração regional.

Essa é a área de trabalho. Ela é mostrada quando o instrumento é ligado (caso 8 – O indicador de carga da bateria mostra a
porcentagem de carga completa quando o
esteja assim configurado na definição de Inicialização) e quando a TECLA HOME
carregador é conectado ou o tempo restante
é pressionada.
quando não conectado ao carregador.
1 – Use a tela sensível ao toque para selecionar qualquer aplicativo carregado
na área de trabalho ativa do instrumento.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

2-4 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Capítulo 3:
Operação

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-1
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Iniciar aplicativos
1 – Use a tela sensível ao toque para selecionar
qualquer aplicativo instalado no instrumento.
2 – Selecione o ponto inicial do aplicativo a partir
de uma lista de opções determinada pelo arquiteto
do aplicativo. Selecionar a opção Continuar abre o
aplicativo no painel e nas últimas configurações ativas.

Instalar novos
aplicativos
3 – Pressione para acessar os arquivos do aplicativo
armazenados em dispositivos externos conectados
ou novo Centro de soluções NDT da GE. Os arquivos
devem primeiro ser adicionados à lista de aplicativos
ativos (aqueles que aparecem na área de trabalho)
antes que possam ser iniciados.
4 – Escolha um aplicativo na lista USB (se um estiver
instalado) ou escolher Selecionar local para acessar
o Centro de soluções NDT da GE (através da conexão
com a Internet).
5 – O Centro de soluções NDT contém aplicações
para diversos aplicativos.
6 – Depois de selecionar um arquivo (que vai ficar
azul), selecione Adicionar para instalar o aplicativo no
instrumento ou para substituir um aplicativo existente
por uma versão atualizada. O aplicativo recém-
instalado se junta a outros na área de trabalho do
instrumento.
Nota: Os arquivos de aplicativo possuem uma
extensão iwp de arquivo.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-2 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Navegar em um
aplicativo
Os aplicativos contém diversos recursos de exibição
de dados UT, guias visuais de imagens estáticas e
vídeo e referências de texto/ilustração. O arquiteto
de um aplicativo determina seus conteúdos
específicos, os parâmetros de inspeção mostrados,
que parâmetros podem ser ajustados pelo usuário e
dentro de qual intervalo de valores um determinado
parâmetro pode ser definido. Os aplicativos incluem
um ou mais painéis.
1 – Identifica que painel do aplicativo ativo é
atualmente mostrado.
2 – Pressione essa tecla para acessar e navegar
pela lista de todos os painéis no aplicativo ativo,
identifique a posição do painel atualmente ativo e
acessar qualquer outro painel disponível.
3 – Nome do painel atualmente mostrado.
4 – Pressione para navegar sequencialmente por
todos os painéis disponíveis no aplicativo ativo.
5 – Gera um relatório de configurações e uma
captura da tela atual.
6 – Captura a tela atual e salva como um arquivo
de imagem.
7 – Trava ou habilita a operação por toque. Quando
travado, toque nessa área da tela sensível ao toque
para desbloquear.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-3
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Controles estáticos – Fins de instruções


1 – Ir para – Acessa outro painel no aplicativo
2 – Imagem – foto ou outra imagem
3 – Reprodutor de imagem – abre um quadro de reprodutor de vídeo
Visualizador de PDF – ferramenta para ler documentos em PDF
Rich Text – ferramenta para leitura de textos
Controles de parâmetros – configurações de todo o sistema que
influenciam a operação do instrumento. Observe que controles de
parâmetros baseados em canal são acessados através dos Controles
de visualização (consulte abaixo)
4 – Numérico – defina pelos controles deslizantes ou teclado
numérico
5 – Lista – selecione através de uma lista suspensa
6 – Caixa de seleção - Parâmetros do tipo booleanos
7 – Botões de comando - realize uma tarefa (como congelar a tela) ou
abra um menu
Controles de visualização – gerenciar exibição de dados do UT.
Toque em qualquer tela de exibição para acessar botões de menus
e depois selecione o menu Tela. Toque duas vezes em qualquer tela
para ampliar para visualização em tela-cheia ou retornar ao tamanho
original.
8 – Telas C-Scan são encontradas em aplicativos de sonda de matriz
em fase. C-Scans de visão geram representam toda a geometria de
peça de teste definida pelo caminho de varredura do aplicativo.

9 – As telas de A-Scan são encontradas em aplicativos de sonda de


matriz em fase e elemento único. A amplitude do refletor é plotada
de acordo com tempo/distância. Observe que as configurações de
passagem são acessadas através do botão de menu Passagens
Recursos de aplicativo A-Scan.
10 – Telas E-Scan são encontradas em aplicativos de sonda de matriz
Os aplicativos contém diversos recursos de exibição de dados UT, guias em fase. A profundidade do refletor é plotada em relação à largura
visuais de imagens estáticas e vídeo e referências de texto/ilustração. da sonda ou posição de elemento. A paleta de cores representa a
O arquiteto de um aplicativo determina seus conteúdos específicos, os amplitude do refletor, enquanto o cursor de feixe permite que o usuário
parâmetros de inspeção mostrados e quais parâmetros são ajustáveis selecione a exibição de um A-Scan a partir de um elemento de sonda
pelo usuário. específico.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-4 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Tipos de painéis
Um aplicativo é feito de um ou mais painéis. A finalidade, aparência e sequência de painéis é determinada pelo arquiteto do aplicativo. As
funções e recursos de painéis podem, no entanto, ser categorizados como um de quatro tipos gerais.
1 – Painéis de apenas informações Incluem
instruções, ilustrações ou outras informações
específicas de aplicativo. Eles não permitem
medição ultrassônica.
2 – Painéis de configuração incluem exibições
de saída de medição ultrassônica (varreduras A,
E e C), um botão de congelamento que trava a
exibição de saída, leituras de parâmetros e botões
de acesso de menu.
3 – Painéis de calibração guiam o usuário
através de diversos processos de calibração. A
maioria dos processos de calibração começa
automaticamente quando o painel é aberto e
uma série de banners de instruções aparece no
topo da tela. Esses painéis incluem recursos de
um painel de configuração, além de botões que
armazenam e apagam dados de calibração.
Observe que um ícone de pinça aparece no topo
do painel após o procedimento de calibração
específico do painel ter sido
concluído com sucesso.
4 – Painéis de varredura mostram os resultados
em tempo real de varreduras de matriz em fase,
ao mesmo tempo que oferecem o outro recurso
do painel de configuração. Painéis de varredura
incluem botões que controlam a gravação de
dados de varredura de matriz em fase em tempo
real. As varreduras precisam ser registradas para
salvar os dados resultantes posteriormente.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-5
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

1 – O ícone Configuração de UT abre e fecha o menu. Esses


ícones de menu permanecem ocultos até o usuário tocar
em alguma área da Visualização de dados ou exceto caso
um menu esteja atualmente aberto.
2 – Deslize verticalmente para navegar pelos parâmetros
de menu que podem estar fora do fundo da tela.
3 – Toque no controle de parâmetros desejado para
ativá-lo e (se ativado) definir seu valor.
4 – Pressione qualquer botão para alterar o valor do
parâmetro (se ajustável). Um toque rápido faz pequenas
alterações no valor, enquanto mantê-lo pressionado faz
uma alteração maior. Toque e arraste a barra para um
ajuste mais bruto.
5 – O ícone de link indica que dois parâmetros serão
ajustados em incrementos iguais. Toque no ícone para
desvincular ou re-estabelecer essa conexão.
6 – Quando o ícone está desvinculado, você pode ajustar
cada parâmetro de forma independente. Mantenha o ícone
pressionado por dois segundos para equalizar os valores.
7 – Use o teclado para inserir o valor de parâmetro
desejado.
8 - Controles de parâmetros individuais podem também

Menu de configuração de UT de aparecer em qualquer área do painel de aplicativo.


9 – Pressione a área do cabeçalho para desativar o
elemento único e alterar valores de parâmetro.
10 – Indica que o valor do parâmetro está Bloqueado..
parâmetros Os parâmetros são bloqueados porque o arquiteto do
aplicativo queria que o valor fosse observado mas não
O menu Configuração de UT fornece acesso àqueles parâmetros que influenciam alterado ou a tela está congelada. Quando congelada,
condições de teste ao usar uma sonda de elemento único. Uma descrição de cada todos os parâmetros cujo valor afeta apenas os dados
parâmetro é encontrada no Apêndice. Cada arquiteto de aplicativo determina que
parâmetros podem ser vistos e ajustáveis. Consulte as próximas páginas deste em tempo real são bloqueados.
manual para acessar os menus de passagem e tela e trabalhar com sondas de 11 – Quando o design do painel inclui esse botão,
matriz de fase. selecione para alternar entre operação de elemento
único e sonda de matriz em fase. Observe que menus,
Nota: Os termos Convencional, CV ou Modo ou Canal de elemento único são
usados intercambiavelmente para descrever inspeções ultrassônicas realizadas parâmetros e configurações disponíveis variam entre
com uma sonda de elemento único. operação de elemento único e matriz em fase.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-6 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

1 – Quando o design do painel inclui esse botão,


selecione para alternar entre operação de elemento
único e sonda de matriz em fase. Observe que menus,
parâmetros e opções de exibição de dados disponíveis
variam entre operação de elemento único e matriz em
fase.
2– Selecione o ícone Exibição para acessar os
parâmetros relacionados à exibição A-Scan. Esses
ícones de menu permanecem ocultos até o usuário
tocar em alguma área da Visualização de dados ou
exceto caso um menu esteja atualmente aberto.
3– Tocar duas vezes em um painel de exibição de
dados o aumenta para exibição total e retorna para o
tamanho original.
4 – Mostrar parâmetros disponíveis para visualização
ou (se ativado) modificação. Toque para ativar.
5 – Congela e descongela a exibição de dados ativa.
6 – Apaga a exibição ativa de dados.
7 – Selecione para Salvar os dados atualmente obtidos
(a tela deve primeiro ser congelada) ou para Carregar
os dados salvos anteriormente. Também permite salvar
ou carregar configurações.
Telas de exibição de dados de 8 – Capturar a tela exibida ou gerar um relatório.
Nota: Quando um painel inclui leituras de matriz
elemento único de fase e elemento único e visualizações de dados
(como C-Scans, E-Scans e Exibições de amplitude),
Dados de sonda de elemento único são mostrados em uma varredura A. Menus ao trabalhar com uma sonda convencional,
de exibição controlam a aparência de cada tela (contanto que o arquiteto do as visualizações de Matriz em fase e Leituras
aplicativo tenha disponibilizado esses parâmetros para visualização e ajuste). permanecem estáticas.
Uma descrição de cada parâmetro é encontrada no Apêndice.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-7
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

2 – Passagens (alterar a cor e iluminar LED quando


acionado por uma condição de alarme)
3 – Arrastar para cima ou para baixo para
acessar todos os parâmetros de configuração de
passagem disponíveis para visualização ou (se
ativado) modificação. Esses incluem: o número de
passagens ativadas, a lógica de acionamento de
cada passagem e o tamanho e a posição de cada
passagem.
4 – Toque no controle de parâmetros desejado
para ativá-lo e (se ativado) definir seu valor.
5 - Toque no valor atual do parâmetro ativo.
6 - Selecione o valor desejado para o parâmetro
ativo.
7 – Pressione para desativar o parâmetro.
8 – Toque em qualquer lado da passagem para
Configuração de passagem para selecioná-la e depois arraste para reposicionar
esse lado.
sondas de elemento único 9 – Toque na passagem e depois arraste para
O menu Passagens fornece acesso aos parâmetros que influenciam a posição reposicionar toda a passagem.
de passagens, formato e características de funcionamento. Uma descrição
de cada parâmetro é encontrada no Apêndice. Cada arquiteto de aplicativo
determina que parâmetros de controle de passagem podem ser vistos e
ajustáveis. Consulte as páginas anteriores deste manual para acessar os menus
de Configuração e exibição de UT.
1 – Selecione o ícone Passagem para abrir o menu Passagens. Esses ícones de
menu permanecem ocultos até o usuário tocar em alguma área da Visualização
de dados ou exceto caso um menu esteja atualmente aberto.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-8 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Calibração de dois pontos


(Sonda de elemento único)
Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a Calibração de
dois pontos de sonda de elemento único compara os acionadores de
A-Scan para dois blocos de calibração de espessura conhecida. Os
valores de TOF resultantes são usados para calcular a velocidade do
som através do material de teste e estabelece o ponto zero de tempo
de voo que representa uma interface de peça de teste/sonda de
elemento único.
1 –O processo de calibração começa automaticamente quando esse
banner aparecer no topo da tela. A calibração avalia o tempo de
voo através de uma amostra de duas espessuras conhecidas para
determinar a velocidade do som pelo material. Duas passagens de
A-Scan são usadas, uma posicionada para capturar o eco de cada
espessura conhecida. Nota: Certifique-se de que o ícone de elemento
único esteja selecionado antes de iniciar o processo.
2 –Siga as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz em fase
conectada a um bloco de calibração. Primeiro, capture a amostra de
material mais finda na passagem A. Pressione o botão Calibração para
continuar.
3 –Siga as instruções na tela e capture a segunda espessura conhecida
na passagem B. Novamente, pressione o botão Calibração para
continuar.
4 –Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-sucedida da
calibração de dois pontos. O ícone de pinça aparece depois de qualquer
procedimento de calibração bem-sucedido.
5 –Para ver os valores calculados de parâmetros de Atraso da
sonda e Velocidade da peça selecione este botão e abra o Menu de
configuração UT.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-9
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

2 – Deslize verticalmente para navegar pelos


parâmetros de menu que podem estar fora do fundo
da tela.
3 – Toque no controle de parâmetros desejado
para ativá-lo e (se ativado) definir seu valor.
4 - Pressione para alterar o valor do parâmetro (se
ajustável) ou toque e arraste para ajuste bruto.
5 – O ícone de link indica que dois parâmetros
serão ajustados em incrementos iguais. Toque
no ícone para desvincular ou re-estabelecer essa
conexão.
6 - Quando o ícone está desvinculado, você pode
ajustar cada parâmetro de forma independente.
Mantenha o ícone pressionado por dois segundos
para equalizar os valores.
7 – Use o teclado para inserir o valor de parâmetro
desejado.
8 - Controles de parâmetros individuais podem
também aparecer em qualquer área do painel de
aplicativo.
9 – Pressione em qualquer lugar na área do
cabeçalho para desativar o parâmetro.
10 – Indica que o valor do parâmetro está
Configuração de UT de matriz em Bloqueado.Os parâmetros são bloqueados porque
o arquiteto do aplicativo queria que o valor fosse
observado mas não alterado ou ao mostrar dados
fase e outros menus registrados. Nesse caso, todos os parâmetros cujo
valor afeta apenas dados em tempo real estão
A configuração de UT e outros menus proporciona acesso a esses parâmetros bloqueados até a exibição ser apagada.
que afetam as condições de teste. Uma descrição de cada parâmetro 11 – Quando o design do painel inclui esse
é encontrada no Apêndice. Cada arquiteto de aplicativo determina que botão, selecione para alternar entre operação
parâmetros podem ser vistos e ajustáveis. de elemento único e sonda de matriz em fase.
Observe que menus, parâmetros e configurações
1 – Cada ícone abre e fecha um menu. Esses ícones de menu permanecem disponíveis variam entre operação de elemento
ocultos até o usuário tocar em alguma área da Visualização de dados ou exceto único e matriz em fase.
caso um menu esteja atualmente aberto.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-10 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

2 – Uma tela de exibição de E-Scan.


3 – A exibição de visão geral de C-Scan mostra
todos os dados a serem coletados durante o
processo de varredura definido pelo arquiteto.
4 – A tela de C-Scan ativo mostra uma visualização
em zoom definido pelo usuário durante a avaliação
de dados e uma parte do C-Scan durante o
processo de varredura.
5 – Selecione o ícone Exibição para acessar os
parâmetros relacionados à exibição E-Scan. Esses
ícones de menu permanecem ocultos até o usuário
tocar em alguma área da Visualização de dados ou
exceto caso um menu esteja atualmente aberto.
6 – Mostrar parâmetros disponíveis para
visualização ou (se ativado) modificação. Toque
para ativar.
7 – Apaga a exibição ativa de dados.
8 – Selecione para começar a gravar os dados de
varredura. Varreduras de matriz em fase precisam
Telas de exibição de dados de matriz primeiramente ser registradas antes que os dados
possam ser salvos.

em fase 9 – Selecione para Salvar os dados atualmente


obtidos (a tela deve primeiro ser congelada) ou
Os dados de sonda de matriz em fase podem ser mostrados em um ou mais para Carregar os dados salvos anteriormente.
dos quatro tipos de tela. Menus de exibição controlam a aparência de cada tela Também permite salvar ou carregar configurações.
(contanto que o arquiteto do aplicativo tenha disponibilizado esses parâmetros 10 - Telas de leitura fornecem valores de dados
para visualização e ajuste). Uma descrição de cada parâmetro é encontrada no medidos como selecionado pelo arquiteto de
Apêndice conectado. aplicativo.
Nota: Tocar duas vezes em uma tela de exibição de dados o aumenta para
11 - Diversas palhetas de cores estão disponíveis
exibição total e retorna para o tamanho original. para as telas de visualização de dados de
1– Uma tela de exibição de A-Scan. Amplitude e Tempo de voo.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-11
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

conectado. Cada arquiteto de aplicativo determina que


parâmetros de controle de passagem podem ser vistos
e ajustáveis. Observe que o menu de Configuração de
passagem de matriz em fase só está acessível através de
uma exibição A-Scan.
1 – Selecione o centro ou um computador de uma
passagem no A-Scan. Todos (como mostrado aqui) ou o
componente selecionado da passagem serão destacados.
Depois de selecionado, arraste o componente de
passagem para alterar a posição de passagem ou as
dimensões. Essa mudança ocorrerá automaticamente
para a posição de passagem no E-Scan (direita).
2 – Quando uma passagem está disponível na exibição
E-Scan, selecionar e mover alguma parte da passagem
também afetará sua posição na exibição de A-Scan.
3 – Selecione Ícone de passagem para abrir a
Configuração de passagem.Esses ícones de menu
permanecem ocultos até o usuário tocar em alguma área
da exibição de dados ou exceto caso um menu esteja
atualmente aberto. Nota: Tocar duas vezes em uma tela
de exibição de dados o aumenta para exibição total e
retorna para o tamanho original.
4 – Arrastar para cima ou para baixo para acessar todos
Trabalhar com cursores de feixe e os parâmetros de configuração de passagem disponíveis
para visualização ou (se ativado) modificação. Esses
incluem: o número de passagens ativadas, a lógica de
passagens de matriz em fase acionamento de cada passagem e o tamanho e a posição
de cada passagem. Toque no controle de parâmetro
Durante a operação de matriz em fase, um aplicativo pode incorporar até desejado para ativá-lo e (se ativado) definir seu valor.
três passagens A-Scan (IF, A e B). Além de mostrar as passagens de A-Scan 5 – E-Scan Cursor de feixe
selecionadas, o E-Scan também inclui um Cursor de feixe, que permite que o
usuário selecione para a exibição do sinal A-Scan gerado por um elemento de 6 – Selecione o Cursor de feixe de E-Scan e arraste-o
sonda específico. para mostrar o sinal do A-Scan a partir de um elemento
de sonda específica. Nesse caso, o A-Scan associado ao
O menu Configuração de passagem fornece acesso aos parâmetros elemento 13 da sonda é mostrado. No caso abaixo, o
que influenciam a posição de passagens, tamanho e características de Cursor de feixe foi arrastado para mostrar o A-Scan a
funcionamento. Uma descrição de cada parâmetro é encontrada no Apêndice partir do elemento 27.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-12 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Visão geral e exibições de C-Scan ativo


A visão geral de exibição de C-Scan permite que o usuário identifique um ponto
ou área de interesse, uma visualização em zoom que possa então ser observada
na exibição de C-Scan ativo. Observe que os dados estatísticos fornecidos para
uma parte de C-Scan selecionada são definidos pelo arquiteto do aplicativo e
podem variar de um painel de aplicativo para outro.
1 - A exibição de visão geral de C-Scan mostra todos os dados a serem coletados
durante o processo de varredura definido pelo arquiteto.
2 - Toque e arraste as miras de visão geral do C-Scan para um ponto de
interesse. Os valores relacionados ao ponto sob as miras aparecem no topo da
tela.
3 - Toque e arraste a visão geral de C-Scan para criar uma caixa seletora. A
exibição de C-Scan ativo mostra uma visualização em zoom dos conteúdos
dessa caixa definida pelo usuário.
4 - Toque duas vezes no C-Scan ativo, aumentando para tela cheia. - Depois,
toque e arraste as miras do C-Scan ativo para um ponto de interesse. Os valores
relacionados ao ponto sob as miras aparecem no topo da tela do C-Scan ativo.
5 - Toque e arraste o C-Scan ativo para criar uma caixa seletora. Essa caixa de
dados mostra dados estatísticos relacionados aos conteúdos do C-Scan definidos
pela Caixa seletora. observe que as miras do C-Scan ativo reposicionam-se
automaticamente para o centro da Caixa seletora.
6 - Toque duas vezes no C-Scan ativo para retornar ao tamanho normal. Observe
que as visualizações de E-Scan e A-Scan agora mostram os dados associados
com o ponto abaixo da mira de C-Scan ativo. O A-Scan mostrado representa na
verdade o ponto exato sob a mira do C-Scan, enquanto o E-Scan mostra todo o
quadro de sonda de matriz em fase que incluiu o A-Scan. A posição de cursor de
feixe do E-Scan corresponde ao A-Scan mostrado.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-13
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Verificação de elementos
apagados
Quando incluída pelo arquiteto de aplicativo, a verificação de
elemento apagado compara a amplitude de A-Scan alcançada
por cada elemento de sonda de matriz em fase para identificar
quaisquer elementos de sonda inoperantes.
1 – A verificação de elemento apagado avalia sinais de cada
um dos elementos em uma sonda de matriz em fase. Quando
elementos que não estão funcionando ou estão "apagados", o(s)
elemento(s) específico(s) é identificado.
2 – O processo começará automaticamente quando esse
banner aparecer no topo da tela.
3 – Siga as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz
em fase conectada a um bloco de calibração. Nesse caso, a tela
do E-Scan superior indica a resposta do A-Scan de cada um dos
30 elementos de sonda. A visualização de dados inferior, o Visor
de amplitude, usa a linha verde fina atualizada constantemente
para indicar a amplitude de acionamento de passagem de
cada elemento. A linha vermelha fina representa a amplitude de
A-Scan máxima observada por cada feixe desde que o A-Scan
foi apagado pela última vez. Essa linha de amplitude vermelha
máxima é apagada ao alterar o Ganho ou outros parâmetros
que influenciam diretamente a amplitude ou ao pressionar o
botão CLR.
Nota: A banda roxa que aparece no visor de amplitude
representa a banda de tolerância para o TCG e os
procedimentos de calibração Auto80. Ela é centrada na
amplitude-alvo.
4 – Continue pressionando o botão Calibração.
5 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-
sucedida da verificação de elemento apagado. O ícone de pinça
aparece depois de qualquer procedimento de calibração bem-
sucedido. Se elementos que não funcionem forem detectados,
eles serão identificados na tela do visor.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-14 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Calibração de velocidade (Multi-


etapa)
Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a Calibração
de velocidade compara os acionadores de A-Scan para dois
blocos de calibração de espessura conhecida. Os valores de TOF
resultantes são usados para calcular a velocidade do som através
do material de teste.
Nota: A velocidade de som no material de calibração é
calculada usando dados de um feixe único selecionado pelo
cursor E-Scan e mostrado no visor do A-Scan. Um método de
calibração de velocidade alternativo, Multi-backwall, pode ser
selecionado pelo arquiteto do aplicativo.
1– A calibração de velocidade avalia o tempo de voo através de
uma amostra de calibração de duas espessuras conhecidas para
determinar a velocidade do som pelo material. Duas passagens
de A-Scan são usadas, uma posicionada para capturar o eco de
cada espessura conhecida.
2– O processo começa automaticamente quando esse banner
aparecer no topo da tela.
3– Siga as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz em
fase conectada a um bloco de calibração. Capture a primeira
espessura conhecida na passagem A. Observe que a cor no
E-Scan indica um eco de A-Scan de altura quase de tela cheia.
Pressione a tecla botão Calibração para continuar.
4– Siga as instruções na tela e capture a segunda espessura
conhecida na passagem B. Observe que a cor no E-Scan indica
a altura do eco A-Scan. Pressione a tecla botão Calibração para
continuar.
5 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-
sucedida da calibração de velocidade. O ícone de pinça aparece
depois de qualquer procedimento de calibração bem-sucedido.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-15
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Nota: A velocidade de som no material de calibração é calculada


usando dados de um feixe único selecionado pelo cursor E-Scan
e mostrado no visor do A-Scan. Um método de calibração de
velocidade alternativo, Multi-eco, pode ser selecionado pelo
arquiteto do aplicativo.
1 - A calibração de velocidade avalia o tempo de voo através de
uma amostra de calibração de uma espessura conhecida para
determinar a velocidade do som pelo material. Duas passagens de
A-Scan são usadas, posicionada automaticamente para capturar
ecos consecutivos de cada espessura conhecida.
2 - Para selecionar o processo de calibração de velocidade,
toque no visor de E-Scan para mostrar os botões de seleção
de menu e depois pressione esse botão para acessar o Menu
de configuração de peça. Defina o Tipo de cal de velocidade
para Multi-Backwall (ou Multi-etapa como descrito na página
anterior deste manual) e especifique a espessura de S-Ref 1 . As
passagens A e B serão posicionadas automaticamente com base
nessa configuração de espessura.
Nota: O processo de calibração de velocidade multi-backwall
não deve ser usado para sondas do tipo DM.
3 - O processo começará automaticamente quando esse banner
aparecer no topo da tela.
4 - Siga as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz em
Calibração de velocidade (Multi-Backwall) fase conectada a um bloco de calibração. Capture a espessura
conhecida na passagem A. Observe que a cor no E-Scan indica
Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a Calibração de velocidade um eco de A-Scan de altura quase de tela cheia. Pressione a tecla
multi-backwall compara os acionadores de A-Scan para dois ecos de botão Calibração para continuar.
backwall consecutivos. Esse processo exige apenas um bloco de calibração 5 - Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-
de espessura conhecida. Os valores de TOF resultantes são usados para sucedida da calibração de velocidade. O ícone de pinça aparece
calcular a velocidade do som através do material de teste. depois de qualquer procedimento de calibração bem-sucedido.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-16 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Atraso de sonda/calibração
de ponto zero
Quando incluído pelo arquiteto de um aplicativo, o
procedimento de calibração de atraso de sonda estabelece
o ponto zero de tempo de voo que representa a interface de
peça de teste/sonda.
1 – A calibração de atraso de sonda avalia o tempo de
voo através de uma amostra de calibração de espessura
conhecida para determinar o atraso de tempo da sonda
conectada. Uma passagem de A-Scan é posicionada para
capturar o eco da espessura conhecida.
2 – O processo começará automaticamente quando esse
banner aparecer no topo da tela.
3 – Siga as instruções na tela para acoplar a sonda de
matriz em fase conectada a um bloco de calibração. Capture
a espessura conhecida na passagem como mostrado.
Observe que a cor no E-Scan indica um eco de A-Scan de
aproximadamente 60% da altura de tela cheia. Pressione a
tecla botão Calibração para continuar.
4 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-
sucedida da calibração de atraso de sonda. O ícone de pinça
aparece depois de qualquer procedimento de calibração bem-
sucedido.
Nota: O atraso de sonda é calculado de forma única para
cada elemento, compensando por qualquer variação
dimensional na construção de sonda.
5 – O valor de Atraso da sonda mostrado representa o atraso
máximo aplicado a um elemento de sonda em fase individual.
6 – O número no canto superior da caixa de leitura indica que
o feixe do elemento 13 de matriz em fase demonstra a mais
alta amplitude capturada pela passagem A.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-17
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Calibração TCG (Multi-etapa)


Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a Calibração de TCG (ganho
corrigido de tempo) compara as indicações de A-Scan de múltiplos ecos
obtidos de diferentes blocos de calibração de espessura conhecida. Dois
procedimentos de calibração TCG alternativos são descritos nas próximas
duas páginas.
Na prática, a função de TCG mostra refletores de tamanho igual em
amplitudes de A-Scan idênticas, independentemente da profundidade de
refletor no material de teste. Isso é realizado ao ajustar o ganho em diferentes
locais no visor do A-Scan, correspondentes a diferentes profundidades de
material, para compensar a perda de sinal (ou variação) devido a atenuação,
espalhamento de feixe ou outros fatores.
1 – Comece o processo pressionando o botão Calibração.
2 – A calibração de TCG (opção multi-etapa) avalia as amplitudes de A-Scan
de eco de backwall das amostras de múltiplas espessuras diferentes
conhecidas. O procedimento pode envolver até 16 leituras de espessuras
diferentes. A apreciação mostrada aqui exige cinco leituras de espessuras
diferentes.
3 – Continue a seguir as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz
em fase conectada ao bloco de calibração correto até que todas as cinco
espessuras sejam registradas. Certifique-se de que a passagem capture o
eco de A-Scan correto para os pontos de TCG e depois pressione o botão
Calibração para registrar o ponto e continuar.
4 – Depois de seguir as instruções na tela para capturar a última espessura
conhecida, pressione o botão Calibração para concluir o processo de calibração
TCG.
5 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-sucedida
da calibração de TCG. O ícone de pinça aparece depois de qualquer
procedimento de calibração bem-sucedido. Refletores de tamanho
igual aparecerão agora no visor A-Scan como ecos de amplitude igual,
independentemente das diferenças em profundidade de material.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-18 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Calibração TCG (Múltiplo backwall)


Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a opção de Múltiplo backwall
de calibração TCG (ganho corrigido de tempo) compara os ecos de backwall de
A-Scan de um padrão de calibração de uma espessura conhecida. Observe
que dois procedimentos de calibração TCG alternativos também são descritos
neste manual.
Na prática, a função de TCG mostra refletores de tamanho igual em
amplitudes de A-Scan idênticas, independentemente da profundidade
de refletor no material de teste. Isso é realizado ao ajustar o ganho
em diferentes locais no visor do A-Scan, correspondentes a diferentes
profundidades de material, para compensar a perda de sinal (ou variação)
devido a atenuação, espalhamento de feixe ou outros fatores.
1 – Selecione este botão para abrir o menu Configuração de TCG, depois
confirme que o Tipo de TCG está definido para Multi BW. Se autorizado pelo
arquiteto do aplicativo, Tipo de refletor e Número de pontos TCG também
podem ser inseridos. Nota: Os refletores FBH (buracos de fundo achatado)
não podem ser escolhidos ao realizar uma calibração TCG de multi-
backwall.
2 – Selecione este botão para abrir o Menu de configuração de peça,
depois insira a espessura do padrão de calibração. Lembre-se: o
processo de calibração TCG multi-backwall conta com ecos de backwall
recorrentes a partir de uma espessura única conhecida.
3 – Comece o processo pressionando o botão Calibração.
4 – Continue a seguir as instruções na tela para acoplar a sonda de matriz
em fase conectada a um bloco de calibração. O processo de calibração
alterna automaticamente a passagem A de um eco de backwall recorrente
para o próximo até o número de ecos especificados (nesse caso, três) ser
registrado.
5 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-sucedida
da calibração de TCG. O ícone de pinça aparece depois de qualquer
procedimento de calibração bem-sucedido. Refletores de tamanho
igual aparecerão agora no visor A-Scan como ecos de amplitude igual,
independentemente das diferenças em profundidade de material.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-19
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Calibração Auto 80
Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a
calibração Auto 80 ajusta o ganho para que o eco
de A-Scan de um refletor conhecido apareça em
80% da altura de tela cheia.
1 – A calibração Auto 80 avalia o eco detectado
de um refletor conhecido com uma amostra de
calibração e ajusta o ganho de exibição para que
a amplitude máxima do eco apareça em 80% da
altura de tela cheia.
2 – O processo começará automaticamente
quando esse banner aparecer no topo da tela.
3 – Siga as instruções na tela para acoplar a
sonda de matriz em fase conectada a um bloco
de calibração. Capture o refletor conhecido na
passagem como mostrado. Pressione o botão
Calibração para continuar.
4 – Essa mensagem será mostrada após a
conclusão bem-sucedida da calibração Auto 80.
O ícone de pinça aparece depois de qualquer
procedimento de calibração bem-sucedido.
Refletores de tamanho igual ao refletor conhecido
aparecerão no visor de A-Scan como ecos com
amplitude máxima igual a cerca de 80% da
altura de tela cheia.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-20 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Verificação de codificador/
scanner
Quando incluída pelo arquiteto de um aplicativo, a verificação
de scanner compara o sinal de codificador recebido da fixação
de varredura e o compara aos valores projetados do aplicativo.
O procedimento exige o movimento do scanner de um ponto de
origem, que é identificado em sua base, para um ponto próximo
ao seu limite extremo de movimentação e de volta à origem. A
verificação avalia a precisão de codificador, além da histerese de
sistema.
1 – O alcance de movimentação do scanner e a variação permitida
são inseridas pelo arquiteto do aplicativo. O processo começará
automaticamente quando esse banner aparecer no topo da tela.
2 – Siga as instruções na tela ao mover o scanner para um dos
pontos mercados e depois pressione o botão Calibração.
3 – Mova o scanner para o ponto extremo de movimentação (em
ambas direções X e Y) na direção oposta da origem. Novamente,
pressione o botão Calibração.
4 – Retorne o scanner para o mesmo ponto de origem usado no item
2 e depois pressione o botão Calibração.
5 – Essa mensagem será mostrada após a conclusão bem-sucedida
da verificação de scanner. As caixas pequenas de exibição no fundo
da tela do visor mostram os valores reais medidos da movimentação
do scanner.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-21
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Apagar dados de calibração


A qualquer momento após uma calibração ter sido
realizada, os dados de calibração armazenados podem
ser apagados ao seguir esse procedimento.
Nota: Todos os dados resultantes da velocidade, TCG
e calibrações de atraso de sonda são apagados ao
mesmo tempo.
1 - O ícone de pinça aparece depois de qualquer
procedimento de calibração bem-sucedido. Toda vez que
você navega para uma tela na qual um procedimento de
calibração diferente é iniciado, o ícone desaparecerá. No
entanto, os dados de calibração gerados anteriormente
são retidos até serem apagados.
2 - Mantenha pressionado para apagar todos os dados
de calibração armazenados resultantes de velocidade,
TCG e calibrações de atraso de sonda.
3 - Selecione para confirmar e continuar com o processo
de exclusão de dados.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-22 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Registrar/salvar dados de matriz em fase 1 – Selecione para iniciar a Gravação.


2 - Durante o processo de registro, selecione para
Siga essas instruções para salvar quaisquer dados de UT obtidos. Para salvar Pausar a gravação, que permite que a gravação
os resultados de uma varredura de matriz em fase, o recurso de registro deve continue apertando o botão Gravar .
ser ativado antes de começar o processo de varredura. Para salvar os dados de 3 - Durante o processo de registro, selecione para
sonda de elemento único, congele a tela. Parar a gravação, que encerra a coleta de dados.
4 - Durante o processo de registro, selecione para
Limpar os dados já obtidos, enquanto continua com a
gravação.
5 – Selecione Salvar para salvar os dados registrados
ou Carregar para obter os dados previamente salvos.
6 - Selecione apenas para alterar o nome de arquivo
padrão.
7 - Os arquivos podem ser salvos ao instrumento ou
um dispositivo de armazenamento USB externo.
8 – Selecione Salvar depois aguarde enquanto o
processo de salvar arquivo prossegue.
9 – Salva as configurações de parâmetro para o
aplicativo atualmente ativo. As configurações podem
ser recarregadas posteriormente, mas apenas no
mesmo aplicativo.
10 - Selecione para exportar um arquivo CSV (valor
separado por vírgulas). Essa representação numérica
de dados gráficos na tela pode ser baixada para um
dispositivo de memória USB conectado. A resolução
espacial do arquivo de grade CSV é determinado
pelas configurações de grade no menu de análise de
C-Scan.
11 – Observe que os controles em cinza não estão
disponíveis durante o processo de gravação.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-23
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Interpretar a luz LED


indicadora
1 – Esse LED muda a cor e/ou pisca para indicar
o status do instrumento, alarmes acionados por
passagem ou outras condições.
Durante a operação normal:
LED vermelho - Alarme de passagem
LED verde - Funcionamento normal, sem
alimentação externa
LED ciano - Funcionamento normal, com
alimentação externa
LED magenta intermitente - Microcontrolador está
atualmente sendo atualizado ou o firmware do
microcontrolador está danificado e precisa ser
atualizado
Quando o instrumento está desligado:
Sem LED - O instrumento está desligado e o
carregador externo não está conectado
LED azul intermitente - A bateria está sendo
carregada
LED azul estável - A bateria está totalmente
carregada e o carregador está conectado
Quando o instrumento está sendo ligado:
LED amarelo intermitente - O instrumento está
sendo ligado e o FPGA está sendo configurado (o
operador pode soltar o botão liga-desliga)
LED magenta intermitente - O instrumento está
ligando, mas há uma falha de suprimento de
alimentação interna

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-24 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Acessando a
visualização de menu
1 – Pressione para abrir essa Visualização de
menu e acessar as quatro seleções a seguir:
2 – Botão Configurações - Pressione para
ajustar a aparência da tela e as configurações de
conectividade de instrumento.
3 – File Manager - Pressione para acessar
relatórios e outros arquivos. Também permite
acesso ao dispositivo de armazenamento USB
conectado.
4 – InspectionWorks Connect – Selecione para
iniciar o sistema opcional baseado na Internet que
possibilita a colaboração entre um inspetor e um
especialista remoto.
5 – Desligar - Pressione para desligar o
Equipamento de Mentor UT.
6 – Pressione para retornar a qualquer rela
previamente ativa.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-25
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Trabalhar com arquivos


armazenados
1 - Pressione para acessar e selecionar o botão File
Manager que abre a Exibição de lista de aplicativos.
2 – A partir dessa Exibição de lista de aplicativos,
você pode realizar uma das três ações (itens 3 até 5).
Observe que você pode deslizar para ver a esquerda
ou direita para acessar páginas adicionais. O número
de círculos no centro inferior de uma tela indica
quantas páginas adicionais podem ser visualizadas. O
círculo aberto indica a posição da visualização atual
com relação a todas as páginas disponíveis.
3 – Escolha para mostrar todos os arquivos de
Aplicativo, Relatório, Dados, Configurações, ou
Imagem armazenados no instrumento ou a partir
de outra Localização (como um dispositivo de
armazenamento USB conectado) Escolha Classificar
para controlar a disposição dos arquivos mostrados

4 – Selecione para abrir essa Caixa de


informações de aplicativo que, além de fornecer
uma descrição do aplicativo, permite que ele seja
apagado.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-26 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

5 - Primeiro, escolha um aplicativo cujos arquivos


você deseja acessar ao selecioná-lo com um toque
de dedo. O nome do aplicativo aparece no topo da
tela do File Manager . Agora, escolha Filtrar por para
mostrar apenas os arquivos de Relatório, Dados,
Configuração, Imagem ou Tudo associados como
aplicativo selecionado. Escolha Classificar para
controlar a disposição dos arquivos mostrados
6 -Selecitonar qualquer um desses botões em
qualquer momento retorna para a Exibição de lista
de aplicativos.
7 - Escolher qualquer item em uma lista mostrada
altera seu texto mostrado para azul e permite que ele
seja Carregado (do instrumento para um dispositivo
externo conectado) ou Baixado (do dispositivo
conectado para o instrumento). Escolha Selecionar
local para acessar o dispositivo de armazenamento
USB conectado e, depois de selecionar os arquivos

a serem movidos, clique em qualquer um para

Carregar o arquivo para o dispositivo USB ou


para Baixar o arquivo para o instrumento.
8 – Apaga ou Renomeia o(s) arquivo(s) selecionado(s).
9 - Permite que você crie e nomeie uma pasta
(diretório) no dispositivo externo conectado.
10 – Selecione para apagar o aplicativo.
11 - Mantenha pressionado para pré-visualizar o
arquivo. A janela de pré-visualização em PDF (ou outro
formato) é aberta como mostrado aqui.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-27
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Alterar configurações de
sistema
1 - Pressione para abrir a Visualização de menu
depois selecione o botão Configurações de sistema .
2 – Ajuste a aparência de tela, incluindo o esquema
de cores, para visualização em ambientes internos
e externos.
3 - As Configurações regionais permitem que o
usuário selecione as Unidades de medida, Formato
de data e hora e o tipo de ponto decimal mostrado.
4 - Defina os formatos de data e hora.
5 - Insira as configurações de servidor e execute
um teste de rede para esse recurso de colaboração
opcional baseado na Internet.
6 - Obtenha automaticamente ou insira
manualmente um endereço IP de rede.
7 - Ligue ou desligue o Wi-Fi.
8 - Configure para acesso remoto através de uma
área de trabalho VNC.
9 - Verificar e conectar-se a dispositivos Bluetooth
disponíveis.
10 - Instale um aplicativo ou atualize o software do
instrumento usando um arquivo fornecido pela GE.
11 - Determine a versão de software instalada em
seu instrumento.
12 - Retorna para a tela de exibição previamente
ativa.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-28 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Conexões Wi-Fi
1 – Pressione para acessar a Visualização de
menu. Depois selecione o botão Configurações
seguido de Wi-Fi.
2 – Selecione para ativar a conexão Wi-Fi do
instrumento e para detectar e mostrar conexões
Wi-Fi disponíveis.
3 – Lista de todas as conexões Wi-Fi detectadas.
Toque em qualquer uma das redes acima listadas
para se conectar. A rede conectada aparecerá
em azul. Tocar em outra rede fará com que o
instrumento encerre a conexão de rede atual.
4 – Aparece sempre que a conexão Wi-Fi do
instrumento é ativada.
5 – Selecione para ver os detalhes da rede Wi-Fi
conectada.
6 – Selecione para se desconectar da rede
atualmente ativa e esquecer a rede no futuro.
Nesse caso, a rede continuará a ser listada,
quando estiver no alcance, mas o instrumento não
tentará se conectar a ela, exceto caso solicitado
manualmente.
7 – Selecione para retornar a qualquer rela
previamente ativa.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-29
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

conexões Bluetooth
1 - Pressione para acessar a Visualização de menu.
Depois, escolha o botão Configurações, seguido de
Bluetooth.
2 – Selecione para ativar a conexão Bluetooth do
instrumento e para detectar dispositivos Bluetooth
disponíveis.
3 – Lista de todos os dispositivos Bluetooth
detectados. Selecione o dispositivo ao qual você
deseja se conectar.
4 – A caixa de inserção de senha e a tecla
Emparelhar aparecem quando o dispositivo é
selecionado. Insira a senha (só necessário se
exigido pelo dispositivo externo) e depois selecione
Emparelhar para conectar ao Equipamento de Mentor
UT ao dispositivo selecionado.
5 – Aparece sempre que o instrumento e o
dispositivo compatível com Bluetooth são
emparelhados. O dispositivo permanecerá
emparelhado ao Equipamento de Mentor UT.
6 – Aparece sempre que a conexão Bluetooth do
instrumento é ativada.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-30 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Atualizar o software
do Equipamento de Mentor
UT
1 – No menu Configurações selecione Atualização.
2 - Gire a chave para LIGADO para buscar por atualizações
de software automaticamente e/ou selecione para
verificar imediatamente por atualizações. O Equipamento
de Mentor UT pesquisa primeiro no diretório raiz de
um dispositivo de memória USB conectado em busca de
atualizações disponíveis e depois busca por atualizações
Online na GE (é necessária conexão com a Internet).
3 – Selecione para Instalar qualquer atualização
disponível de um dispositivo de memória USB.
Nota: Uma atualização de software que já foi instalada
em seu Equipamento de Mentor UT será identificada
como Instalada quando listada na janela Atualizações
disponíveis.
4 – Selecione para Baixar uma atualização de software
da GE (exige conexão com a Internet).
5 – Durante o processo de download, essa barra de
progresso é preenchida enquanto o ícone da barra
de status de download pisca. Quando o download da
atualização é concluído, o ícone fica verde e a atualização
está pronta para ser instalada.
6 – Selecione para instalar a atualização baixada.
7 – Siga as instruções na tela para concluir o processo.
Nota: O Equipamento de Mentor UT exige um nível
de carga de bateria de no mínimo 10% antes que uma
atualização de software comece. O usuário é altamente
recomendado a conectar uma fonte de alimentação
CA antes de começar o processo de atualização de
software.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-31
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Acesso remoto com uma


área de trabalho VNC
1 – Antes de acessar através de uma área de
trabalho VNC, o Equipamento de Mentor UT
e o dispositivo ao qual você deseja se conectar
(celular, notebook, etc) devem estar conectados à
mesma rede Wi-Fi ou cabeada. Parte do processo
de conexão VNC exigirá inserir o endereço IP listado
do Equipamento de Mentor UT no programa de
cliente VNC.
Nota: O dispositivo que você deseja conectar ao
Equipamento de Mentor UT também deve estar
equipado com um programa de cliente VNC. Os
programas de cliente VNC podem ser baixados de
diversas fontes on-line (para computadores) ou
através da Apple App Store.
2 – Pressione para acessar a Visualização de
menu. Depois, escolha o botão Configurações,
seguido de Conexão de área de trabalho remota.
3 – Selecione para rejeitar acesso por conexão
VNC.
4 – Selecione para permitir que a área de trabalho
VNC seja mostrada mas não controle a tela do
visor do Equipamento de Mentor UT.
5 – Selecione para permitir que a área de trabalho
VNC seja mostrada e controlar o Equipamento de Mentor
UT.
6 – Insira uma senha que deve ser digitada no
dispositivo de conexão antes que ele possa concluir
a conexão VNC (opcional).
Você agora está pronto para concluir a conexão
iniciando o programa cliente VNC no dispositivo
ao qual você deseja se conectar.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-32 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

InspectionWorks Connect (IWC)


O InspectionWorks Connect é um serviço de Internet que possibilita a colaboração entre inspetores e especialistas remotos. Os inspetores controlam
seu Equipamento de Mentor UT enquanto conectam-se simultaneamente através da infraestrutura de nuvem da IWC a um especialista remoto. Isso
permite que o inspetor e o especialista compartilhem todo o conteúdo na tela e mensagens de bate-papo. A colaboração com uma seção IWC exige:
•  arantir que seu Equipamento de Mentor UT esteja equipado com esse recurso opcional
G
• Iniciar e parar uma sessão
• Convidar um especialista para participar e o login do especialista (é necessário um navegador compatível)
• Usar o recurso de bate-papo e outros controles de operador na tela
Equipar seu Equipamento de Mentor UT com o InspectionWorks
Connect
O InspectionWorks Connect é um recurso opcional ativado no momento que seu
dispositivo é comprado ou obtido após a entrega do dispositivo. Para adquirir
o recurso de IWC, entre em contato com um vendedor da GE local ou ligue para o
atendimento ao cliente no número 800-444-5555. Você também pode entrar em
contato conosco usando nosso formulário de contato on-line,
em http://inspectionworks.com/support
Todos os dispositivos Equipamento de Mentor UT recebem acesso grátis por
30 dias ao IWC. Para ativar seu período gratuito, use o controle "Licença de testes"
localizado no menu global do InspectionWorks Connect.
Nota: O IWC exige uma conexão com a Internet sem fio (Wi-Fi) ou cabeada.
1 - Pressione para acessar a Visualização de menu. Em seguida, selecione
InspectionWorks Connect.
Nota: Se seu dispositivo já está equipado com o recurso IWC, a tela Iniciar sessão
será mostrada e você poderá iniciar uma sessão do IWC.
2 - Selecione e digite as informações necessárias para dar início à sessão de testes de
30 dias ou entre em contato com a GE para adquirir o recurso IWC.
3 – Selecione para ativar os recursos de IWC adquiridos após a entrega do dispositivo
ou de sua sessão de testes de 30 dias.
4 – Selecione Ativar para inserir a chave de seu produto. Outras seleções permitem
que você especifique o Servidor através do qual a sessão do IWC ocorre ou executar
um Teste de rede para determinar se a conexão de rede é suficiente para apoiar a
comunicação com o IWC.
5 - Toque para inserir a Chave do Produto. O Teclado Virtual será mostrado.
Selecione Concluído depois de inserir a chave e escolha Ativar para concluir o
processo de ativação do IWC.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-33
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Iniciar e parar uma sessão


O InspectionWorks Connect é um serviço de Internet que possibilita uma colaboração
entre um inspetor e um especialista remoto. Os inspetores devem controlar seu
Equipamento de MentorUT, compartilhando todas as telas e trocando mensagens
de bate-papo vistas por ambos os participantes. IWC é um recurso opcional ativado no
momento que seu dispositivo é comprado ou obtido após a entrega do dispositivo.
6 - Pressione para acessar a Visualização de menu. Em seguida, selecione
InspectionWorks Connect. IWC exige conexão com a Internet.
Nota: Se seu dispositivo já está equipado com o recurso IWC, a tela Iniciar sessão será
mostrada e você poderá iniciar uma sessão do IWC. Do contrário, consulte a seção
anterior deste manual.
7 – Defina a Qualidade de vídeo para AUTO ou BAIXO (a configuração BAIXO permite
transmissão de vídeo por uma rede com largura de banda limitada), Selecione
Configurações para especificar o Servidor através do qual a sessão IWC ocorre (não é
uma tarefa que você realiza manualmente) ou realize um Teste de rede para determinar
se a conexão de rede é suficiente para apoiar a comunicação com o IWC.
8 – Selecione para Iniciar a sessão e, depois de ler os Termos de Usoselecione OK para
continuar.
9 - Esse ícone é mostrado quando uma sessão do IWC está habilitada e a tela é
compartilhada com um especialista remoto.
10 - Esse URL de sessão, identificação e senha são necessários para qualquer um que
entre na sessão como um especialista remoto. Apenas um especialista remoto pode
participar por vez em uma sessão. Entregar automaticamente essas informações de
acesso a qualquer endereço de e-mail selecionando Convidar (11). Opcionalmente,
saia da página do IWC para iniciar sua sessão sem convidar automaticamente um
especialista remoto.
Nota: Um URL de sessão, ID e senha podem ser compartilhados com um especialista, que
pode então fazer login no portal de especialista e conectar-se à sua sessão. isso pode ser
feito ao selecionar o botão Convidar. Para fazer login manualmente em uma sessão do
IWC, qualquer um com um navegador da Web compatível pode simplesmente acessar
https://inspectionworks.com/connect/ ou clicar no botão Participar de uma sessão Live
Connect na página inicial do InspectionWorks. Eles só precisam inserir a ID e a senha
fornecidas pelo inspetor para concluir o processo.
12 - Selecione a qualquer momento durante uma sessão de IWC para Pausar a sessão,
Bater-papo com o especialista remotoou Terminar a sessão.
13 – Selecione para Terminar uma sessão.
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-34 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Envie um convite por e-mail para participar de uma


sessão do IWC e login de especialista
14 – Selecione Convidar para enviar um e-mail para um especialista
remoto e depois insira o endereço de e-mail do Especialista e
selecione Enviar. Todas as informações de login necessárias e um link
para o site do IWC são incluídos automaticamente no e-mail.
15 – Depois de receber esse e-mail do convite, o especialista remoto
precisa apenas clicar no link incluído, inserir um nome na tela e
selecionar a opção Entrar na sessão.
Os especialistas acessam o IWC com qualquer dispositivo capaz de
conectar-se à Internet e executar um navegador compatível.
16 – O especialista remoto seleciona para capturar a tela do
Equipamento de Mentor UT, salvando-a para seu computador.
17 - Esse ícone na tela do Equipamento de Mentor UT indica
que um Especialista entrou para a sessão. Independentemente da
imagem mostrada ser compartilhada, o ícone permanece enquanto o
especialista estiver conectado na sessão.
18 – O Especialista e o inspetor podem enviar e receber mensagens
de Bate-papo por toda a sessão, independente da tela exibida estar
atualmente compartilhada. O ícone indica que mensagens de Bate-
papo estão disponíveis para visualização.
19 - O inspetor pode Pausar a sessão para parar de compartilhar a
imagem mostrada com o Especialistaconectado. Observe que parar
a exibição não encerra a sessão de IWC. Alterne entre Pausar e
Continuar Sessão para alternar entre o compartilhamento de tela
Ligado e Desligado.
20 - Indica que a sessão está em andamento a tela pode ser vista
pelo Especialistaconectado.
21 - Indica que a sessão está Pausada e a imagem mostrada não
pode ser vista pelo Especialistaconectado.
Nota: Só o operador do Equipamento de Mentor UT pode
controlar se a tela do instrumento pode ou não ser vista pelo
especialista remoto.

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 3-35
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

3-36 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Apêndice A – Listagem de parâmetros UT com definições


Nota: Qualquer um desses instrumentos pode ser oculto pelo arquiteto do
aplicativo.

Parâmetros convencionais
Modo de largura de Largura de pulsador calculada automaticamente a partir
Parâmetros de configuração de UT convencionais pulsador da frequência de sonda. Esse valor representa a largura
de pulso total assumindo um pulsador unipolar e é igual à
Ganho Define o valor de ganho aplicado aos sinais
largura de cada polaridade da onda quadrada bipolar. com
Frequência de sonda Frequência da sonda conectada Tipo de pulsador definido para Negativo ou Quadrado
Filtro Selecione o filtro de frequência do instrumento positivo, a largura de tempo do pulso é igual ao valor
indicado.
Modo Identifica se uma sonda de elemento único ou sonda de
elemento duplo está instalada Largura de pulsador Define a largura do pulso quadrado
Início do intervalo Início do intervalo do caminho de som em A-Scan e E-Scan Amortecimento Ajuste o nível de amortecimento LIGADO aplica um resistor
de amortecimento de 50Ω enquanto DESLIGADO está em
Fim do intervalo Fim do intervalo do caminho de som em A-Scan e E-Scan
vigor em uma impedância de circuito aberto de cerca de
PRF Mostra e possibilita o ajuste da frequência de repetição de pulso 1kΩ. A configuração afeta a tensão e o formato da tensão (só
Tensão de pulso Durante a operação bipolar, esse valor representa a tensão disponível na operação convencional)
de pico a pico dos trilhos de fonte de alimentação de Retificação Selecione o modo de retificação que afeta como o A-Scan
pulso. Nos modos convencionais Negativo ou Quadrado aparece no visor
positivo a tensão de pulso é igual ao valor declarado e é
Atraso da sonda Representa o atraso de tempo causados pelo
medida a partir do terra para um trilho ou outro. A tensão
deslocamento de onda de som através da placa anti-
de pulso real depende da carga do transdutor devido à
desgaste de sonda, membrana, linha de atraso ou
impedância de série do pulso, que é de aproximadamente
extremidade
10Ω para o canal convencional, em combinação com
a configuração de Amortecimento e carga externa. S-Ref 1 Referência de espessura 1 usada para calibrar a Velocidade
Verifique as configurações de pulso por exame direto dos S-Ref 2 Referência de espessura 2 usada para calibrar a Velocidade
sinais de resultado. Amostras de A-Scan Número de pontos de amostragem usados para plotar o sinal
A-Scan
Número de peça de Número de peça da sonda CV conectada
sonda

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 AP A-1
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Parâmetros de passagem de UT convencionais Parâmetros de matriz em fase


Lógica de passagem A Determina se o alarme de passagem A é acionado
quando o sinal S cruza a passagem A ou não cruza a
Menu de sonda
passagem A Tipo de sonda Selecione o tipo de sonda de sonda DM ou nivelada linear
Modo TOF de Indica se o flanco ou pico de acionamento da passagem Número de peça de Número de peça da sonda conectada
passagem A A é usado ao fazer medições de caminho de som sonda
Início de passagem A Define a posição inicial da passagem A Frequência de sonda Frequência da sonda conectada
Fim de passagem A Define a largura da passagem A ao definir seu ponto final Elementos Número total de elementos na sonda conectada
Limite de passagem A Define a altura da passagem A como uma porcentagem Inclinação Distância entre os centros dos elementos adjacentes
da altura de A-Scan em tela-cheia. Elevação Largura do(s) elemento(s)
Lógica de passagem B Determina se o alarme de passagem B é acionado Atraso da sonda Ajustada durante o processo de calibração para
quando o sinal A cruza a passagem B ou não cruza a definir de forma exata o atraso de tempo necessário
passagem B para calibrar as medições de tempo de voo e indicar
Modo TOF de Indica se o flanco ou pico de acionamento da passagem corretamente o local de refletor na imagem
passagem B B é usado ao fazer medições de caminho de som Elementos apagados Porcentagem de elementos apagados permitida
Início de passagem B Define a posição inicial da passagem B máximos como critério para qualificar como sonda boa ou ruim
para inspeção
Fim de passagem B Define a largura da passagem B ao definir seu ponto final
Elementos apagados Indica se dois elementos apagados adjacentes
Limite de passagem B Define a altura da passagem B como uma porcentagem
de ajuste máximos identificam ou não automaticamente a sonda como
da altura de A-Scan em tela-cheia.
ruim para inspeção
Exibição de A-Scan convencional Verificação de sonda Verificar ou não se a sonda conectada está incorreta
Régua de amplitude Mostra ou oculta a régua de amplitude na A-Scan ou errada com base na comparação com o chip de ID
Régua de intervalo Mostra ou oculta a régua de intervalo no A-Scan de sonda e sonda definida no aplicativo
Palheta de cores Mostra ou oculta a palheta de cores no A-Scan Menu de extremidade
Cores de A-Scan Define a cor do A-Scan Número da peça de Número de peça da extremidade da sonda
Seleção de grade Define a exibição de grade de A-Scan como Bruta ou Fina extremidade conectada
Cor de grade Define a cor de grade do A-Scan Ângulo de extremidade Ângulo da extremidade da sonda
Grade Mostra ou oculta a grade no A-Scan Velocidade da sonda Velocidade do som no material de extremidade
Compensação Z Distância do centro da sonda até o fundo da extremidade

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

AP A-2 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Frente da extremidade Distância da frente da extremidade até a linha central Tensão de pulso Durante a operação bipolar, esse valor representa
da sonda a tensão de pico a pico dos trilhos de fonte de
alimentação de pulso. A tensão de pulso real depende
Menu de peça
da carga do transdutor devido à impedância de
Espessura de peça Espessura da peça sob teste série do pulso, que é de aproximadamente 50Ω para
Velocidade da peça Velocidade do som na peça sob teste os canais de matriz, em combinação com a carga
Tipo de cal de Define o tipo de calibração de velocidade como "Multi externa. Verifique as configurações de pulso por
velocidade backwall" ou "Multi degrau" exame direto dos sinais de resultado.
Espessura de bloco de Espessura do bloco de calibração usado para Modo de largura de Largura de pulsador calculada automaticamente a
cal elemento apagado, atraso de sonda, TCG e pulsador partir da frequência de sonda. Esse valor representa
calibrações automáticas 80 a largura de pulso total assumindo um pulsador
unipolar e é igual à largura de cada polaridade da
S-Ref 1 Referência de espessura 1 usada para calibrar a onda quadrada bipolar. Canal de matriz em fase Tipo
Velocidade de pulsador está sempre definido para Quadrado
S-Ref 2 Referência de espessura 2 usada para calibrar a bipolar, produzindo uma largura de pulso total que é
Velocidade duas vezes ao valor declarado.
Menu de leis de foco Largura de pulsador Define a largura do pulso quadrado
Tipo de varredura Define o padrão eletrônico da varredura como Linear Retificação Selecione o modo de retificação que afeta como o
ou Setor A-Scan aparece no visor
Primeiro elemento Número de elemento físico que inicia o E-Scan Menu de configuração UT
Abertura ativa Número de elementos a serem acionados na etapa Ganho Define o valor de ganho aplicado aos sinais
de varredura (incluindo o primeiro elemento) Início do intervalo Início do intervalo do caminho de som em A-Scan e E-Scan
Etapa de abertura Número de elementos por etapa por ciclo durante o E-Scan Fim do intervalo Fim do intervalo do caminho de som em A-Scan e E-Scan
Último elemento Número de elemento físico no qual o E-Scan termina Exibição de modo Define a posição inicial da tela de acordo com o pulso
Ângulo de feixe Ângulo que o feixe entra na peça sob teste inicial inicial ou o acionador da passagem IF (para o E-Scan)
Distância de foco Profundidade na peça de teste com a qual o feixe se ou o ponto no qual o som entra na superfície do
concentra material de teste (todos os feixes)
Menu de receptor de pulsação LED de alarme Identifica em qual passagem um evento aciona e
ilumina a luz LED
Filtro Selecione o filtro de frequência do instrumento
Alarme de tom Capacidade de definir a saída de alarme de tom com
PRF Mostra e possibilita o ajuste da frequência de base no sinal que aciona um limite de passagem
repetição de pulso

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 AP A-3
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Amostras de A-Scan Número de pontos de amostragem usados para Menu de configuração de varredura
plotar o sinal A-Scan Padrão de varredura Define o padrão de C-Scan a ser obtida como
Menu de passagens formatos de "Linha", "Ráster" ou "Manual livre"
Lógica de passagem A Determina se o alarme de passagem A é acionado Modo de posição Define o C-Scan para operar em modos Programado
quando o sinal S cruza a passagem A ou não cruza a ou Codificado para aquisição de dados
passagem A Tamanho de varredura Quantidade de dados de C-Scan que podem ser
Modo TOF de passagem A Indica se o flanco ou pico de acionamento da passagem obtidos. Mostrada no eixo de varredura como uma
A é usado ao fazer medições de caminho de som medição de distância
Início de passagem A Define a posição inicial da passagem A Tamanho de índice Quantidade de dados de C-Scan que podem ser
obtidos. Mostrada no eixo de índice como uma
Fim de passagem A Define a largura da passagem A ao definir onde ela termina medição de distância
Limite de passagem A Define a altura da passagem A como uma Resolução de Espaçamento entre os pontos de aquisição de dados ao
porcentagem da altura de A-Scan em tela-cheia. varredura (Dist) longo do eixo de varredura, como mostrado no C-Scan
Lógica de passagem B Determina se o alarme de passagem B é acionado Tempo de varredura Quantidade de dados de C-Scan que podem ser
quando o sinal A cruza a passagem B ou não cruza a obtidos. Mostrada no eixo de varredura como uma
passagem B medição de tempo
Modo TOF de passagem B Indica se o flanco ou pico de acionamento da passagem Resolução de A velocidade na qual a tela rola durante o modo
B é usado ao fazer medições de caminho de som varredura (Tempo) programado do C-Scan
Início de passagem B Define a posição inicial da passagem B Tamanho de varredura Tamanho da janela a ser mostrada quando a
Fim de passagem B Define a largura da passagem B ao definir onde ela termina ativa aquisição de dados C-Scan está em andamento no
Limite de passagem B Define a altura da passagem B como uma modo codificado
porcentagem da altura de A-Scan em tela-cheia. Tempo de varredura Tamanho da janela a ser mostrada quando a
Lógica de passagem IF Determina se o alarme de passagem IF é acionado ativa aquisição de dados C-Scan está em andamento no
quando um sinal A cruza a passagem IF ou não cruza modo programado
a passagem IF Sobreposição de índice Porcentagem de sobreposição mínima necessária ao
Modo TOF de passagem IF Indica se o flanco ou pico de acionamento da passagem longo do eixo de índice para a aquisição de dados de
IF é usado ao fazer medições de caminho de som varredura de ráster
Início de passagem IF Define a posição inicial da passagem IF Tipo de codificador Definindo o codificador conectado como tipo
posicional ou quadratura
Fim de passagem IF Define a largura da passagem IF ao definir onde ela termina
Eixo codificador Eixo usado para calibrar o codificador conectado
Limite de passagem IF Define a altura da passagem IF como uma
porcentagem da altura de A-Scan em tela-cheia. Direção do codificador X A direção do codificador conta no eixo de varredura (X)

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

AP A-4 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Direção do codificador Y A direção do codificador conta no eixo de índice (Y) Varredura de grade Tamanho da grade ao longo do eixo de varredura de
C-Scan a ser mostrado para análise e exportação de CSV
Resolução de Resolução do codificador conectado no eixo de
codificador X varredura (X) Índice de grade Tamanho da grade ao longo do eixo de índice de C-Scan
a ser mostrado para análise e exportação de CSV
Resolução de Resolução do codificador conectado no eixo de índice (Y)
codificador Y Caixa de estatísticas Mostra ou oculta a caixa de medição estatística na
Tolerância de Tolerância de marcações de codificador que pode ser visualização ativa de C-Scan durante a análise
varredura permitida como recuo ao longo do eixo de varredura (X) Grade de exportação Salvar os dados de S-Scan no formato CSV como
Tolerância de índice Tolerância de marcações de codificador que pode ser espessura ou amplitude com base na fonte de dados
permitida como recuo ao longo do eixo de índice (Y) mostrada
Menu de configuração UT TCG Menu do visor de A-Scan
Tipo de TCG Define o tipo de calibração de TCG como "Multi Seleção de feixe Define a posição do cursor de feixe no E-Scan
backwall" ou "Multi degrau" Régua de amplitude Mostra ou oculta a opção de régua de amplitude na A-Scan
Refletor de TCG Define o tipo do refletor usado para plotar a curva de Régua de intervalo Mostra ou oculta a régua de intervalo no A-Scan
TCG como "Espessura" ou "FBH" Palheta de cores Mostra ou oculta a palheta de cores no A-Scan
Contagem de TCG Número total de pontos necessários para plotar o TCG Cores de A-Scan Define a cor do A-Scan
Amperagem-alvo de TCG Define a amplitude-alvo de referência (como Seleção de grade Define a exibição de grade como grade Bruta ou Fina
porcentagem de FSH) para a calibração de TCG para exibição no A-Scan
Tolerância de Tolerância de amplitude (como porcentagem de FSH) Cor de grade Define a cor de grade do A-Scan
amplitude que pode ser usada para verificação de TCG Grade Mostra ou oculta a grade no A-Scan
Ponto de TCG Define o número de ponto de TCG para plotar o TCG
Menu do visor de E-Scan
Distância de ponto de TCG Define a distância do ponto TCG selecionado para plotar o TCG
Enchimento de feixe Mapeamento de cor de enchimento de feixe entre 2
Menu de análise feixes adjacentes
Ganho fora de linha Altere o ganho off-line durante a análise de dados Palheta de cores Ajusta o intervalo de cores usado para representar a
Mostra a posição de tempo em segundos ao longo do amplitude medida
Posição de tempo eixo de varredura durante a aquisição de dados Alcance de cores de Define a compressão de amplitude da palheta de
Mostra a posição do codificador (X) ao longo do eixo amplitude cores em porcentagem
Posição de varredura de varredura durante a aquisição de dados Régua de profundidade Mostra ou oculta a régua de profundidade no E-Scan
Mostra a posição do codificador (Y) ao longo do eixo Régua de índice Mostra ou oculta a régua de índice no E-Scan
Posição de índice de índice durante a aquisição de dados Palheta de cores Mostra ou oculta a palheta de cores no E-Scan
Visualização de grade Ativar ou desativar as configurações de grade em C-Scan

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 AP A-5
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Menu do visor de C-Scan Fim de índice ativo Ponto final do C-Scan ativo ao longo do eixo de índice
Fonte de dados Selecione a amplitude ou a profundidade de durante a análise
visualização dos dados de C-Scan com base nos Início de tempo ativo Ponto inicial do C-Scan ativo ao longo do eixo de
conteúdos da passagem A e B varredura no modo programado durante a análise
Enchimento de feixe Mapeamento de core de enchimento de feixe entre 2 Fim de tempo ativo Ponto final do C-Scan ativo ao longo do eixo de
feixes adjacentes como interpolado ou enchimento varredura no modo programado durante a análise
de feixe constante Menu do visor de amplitude
Palheta de cores Ajusta o intervalo de cores usado para representar a Régua de amplitude Mostra ou oculta a régua de amplitude na
amplitude medida (como uma porcentagem da altura visualização de amplitude
de tela total)
Régua de índice de feixe Mostra ou oculta a régua de índice na visualização de
Palheta de TOF Mostra ou oculta a palheta de TOF para mostrar o amplitude
C-Scan (como uma porcentagem de espessura)
Grade Mostra ou oculta a grade na visualização de
Alcance de cores de Define a compressão da palheta de cores de amplitude amplitude
amplitude (como uma porcentagem da altura de tela cheia)
Alcance de cores de Define a compressão da palheta de cores de Parâmetros gerais
TOF profundidade (como uma porcentagem de espessura)
Régua de índice Mostra ou oculta a régua de índice no C-Scan Parâmetros de leitura
Cor mínima de Profundidade mínima ao mapa com a menor cor na A%A Amplitude (como uma porcentagem de altura de tela
profundidade palheta para fonte de dados A-IF, B-IF e A-B cheia) do eco mais alto para cruzar a passagem A no feixe
Cor máxima de Profundidade máxima ao mapa com a maior cor na selecionado pelo cursor de feixe
profundidade palheta para fonte de dados A-IF, B-IF e A-B A%B Amplitude (como uma porcentagem de altura de tela
Régua de posição de Mostra ou oculta a régua de posição de varredura no cheia) do eco mais alto para cruzar a passagem B no feixe
varredura C-Scan selecionado pelo cursor de feixe
Mira Mostra ou oculta o cursor de miras no C-Scan P%A Amplitude de pico capturada pela passagem A associada ao
feixe gerando a mais alta amplitude do E-Scan (como uma
Caixa ativa Mostra ou oculta a caixa desenhada no C-Scan de
porcentagem de FSH)
visão geral para ver o C-Scan ativo
P%B Amplitude de pico capturada pela passagem B associada ao
Início de varredura Ponto inicial do C-Scan ativo ao longo do eixo de
feixe gerando a mais alta amplitude do E-Scan (como uma
ativa varredura durante a análise
porcentagem de FSH)
Fim de varredura ativa Ponto final do C-Scan ativo ao longo do eixo durante
TA Espessura no feixe selecionada na passagem A
a análise
TB Espessura no feixe selecionada na passagem B
Início de índice ativo Ponto inicial do C-Scan ativo ao longo do eixo de
índice durante a análise

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

AP A-6 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

TmA Espessura mínima na passagem A no S-Scan atualmente Posição de Mostra a posição do codificador (Y) ao longo do eixo de
mostrado índice índice durante a aquisição de dados
TmB Espessura mínima na passagem B no S-Scan atualmente Posição de Mostra a posição de tempo em segundos ao longo do eixo
mostrado tempo de varredura durante a aquisição de dados
TmBA Diferença de espessura mínima entre as passagens B e A no Posição X de Mostra a posição de codificador (X) somente após iniciar a
S-Scan atualmente mostrado parada calibração de codificador ao longo do eixo de varredura
TSmA A espessura mínima vista na passagem A desde a última Posição Y de Mostra a posição de codificador (Y) somente após iniciar a
redefinição MÍN é apagada automaticamente depois de parada calibração de codificador ao longo do eixo de índice
desacoplamento por 20 segundos Taxa de erro Porcentagem de linhas faltantes na área de varredura obtida
TSmB A espessura mínima vista na passagem B desde a última Velocidade Exibição de velocidade de varredura máxima possível para a
redefinição MÍN é apagada automaticamente depois de máxima de aquisição de dados com base na configuração
desacoplamento por 20 segundos varredura
TSmBA A espessura mínima vista na passagem B para A desde a
última redefinição MÍN é apagada automaticamente depois Parâmetros de medição
de desacoplamento por 20 segundos Tmin Espessura mínima dentro da área estatística definida
Elementos Número de instâncias de 2 elementos apagados adjacentes Tmax Espessura máxima dentro da área estatística definida
apagados de que podem ser autorizados como resultado de calibração de Tmean Espessura média ou mediana dentro da área estatística
ajuste elemento apagado definida
Elementos Mostra a porcentagem de elementos apagados identificados Tloss% Perda de espessura de parede em porcentagem a partir da
apagados durante cada verificação de elemento apagado superfície de varredura
Elementos Mostra o número físico de elementos que estão apagados BWR Razão de amplitude entre a espessura mínima a máxima
apagados
dentro da área de estatística definida
Sensibilidade de Sensibilidade do elemento apagado com relação à X Mostra a posição do cursor de dados ao longo do eixo de
elemento amplitude média de todos os elementos vivos em relação
varredura
aos elementos apagados físicos
Y Mostra a posição do cursor de dados ao longo do eixo de
Posição X de Mostra a posição do codificador (X) ao longo do eixo de
índice
referência varredura durante e antes da calibração
T% Porcentagem de perda de espessura da posição de mira do
Posição Y de Mostra a posição do codificador (Y) ao longo do eixo de
cursor de dados
referência índice durante e antes da calibração
T Espessura da posição de mira do cursor de dados
Posição de Mostra a posição do codificador (X) ao longo do eixo de
varredura varredura durante a aquisição de dados A Amplitude (como porcentagem de FSH) para a posição de
mira do cursor de dados

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015 AP A-7
Equipamento Portátil Mentor UT Manual do Usuário

Apêndice B – Especificações
Tamanho da bateria—62 watts horas/Em conformidade para transporte em aeronaves Entrada de carga—12 VCC ±5%, 72WAC Entrada CA para carregador
—100–240VCA, 47–63Hz
Duração da bateria—3,25 horas para a maioria das condições
Tempo de carga de minutos 90
Bateria estendida para um total de 6 horas
Visor—10,4" XGA com resolução de 1024 x 768 e tela sensível capacitiva projetada, taxa de atualização de = 30 Hz
Número de canais ultrassônicos - Matriz em fase = 32 pulsadores/receptores; Convencional = 1 pulsador
Especificações de matriz em fase —Tipo = Onda quadrada(meio ciclo negativo/bipolar primeiro ou onda quadrada contínua negativa); Tensão = +/- 10V a +/- 75V (etapas
de 5V); Largura = 50ns a 3.000ns (etapas de 10ns); Largura de banda = 0.5 a 15MHz
Especificações de canal convencional—Tipo = Onda quadrada (Bipolar); Tensão = +/- 10V a +/- 75V (etapas de 5V); Largura = 32ns a 512ns (etapas de 16ns); Largura de
banda = 0.5 a 15MHz;
PRF— 10Hz a 20kHz (etapas de 10Hz)
Ganho receptor— Matriz em fase= 0 – 78dB (etapas de 0.5dB); Canal convencional = 0 – 110dB (etapas de 0.2dB)
Filtros— Matriz em fase = 1MHz, 2MHz, 4MHz LP, 5MHz HP, 7.5MHz, 10MHz, Banda estreita (1.5 – 5MHz), Banda larga (0.5 – 15MHz); Convencional = 1MHz,
2MHz, 5MHz, 10MHz, LP, HP e banda larga
Passagens— IF/A/B – OFF, POS e lógica NEG
Saídas de alarme— Um total, níveis TTL, um por entrada
Um LED na face do instrumento, áudio por Bluetooth (protocolo de headset), emissor de bipes (com módulo de conectividade apropriado ou
saída de áudio direta usando módulo de apresentação).
Temperatura operacional— –20 a 55 °C
Armazenamento— SSD de 16 GB
Conectividade— Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 2.1, em conformidade com + EDR (aplica-se apenas a modos sem fio)
Dimensões— 2.5kg sem módulos; 295mm x 225mm x 60mm
2.9kg com módulo conector de 2 sondas e módulo de conectividade
Formatos de relatório
eimagem— BMP, JPG, PDF, PNG
Formatos de vídeo— MPEG 4, tipo 10
Umidade relativa— 95% máx, não condensante
Altitude— 2.000 metros no máximo
Codificador - Dois eixos (quadratura)
Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

AP B-1 23/11/2015
Manual do Usuário Equipamento Portátil Mentor UT

Informações de acesso a suporte técnico de TI


E-mail: ITTechsupport@ge.com
Site: http://www.gemeasurement.com/contact-us
Telefone Global: 1-866-243-2638

Copyright by GE Measurement & Control 50 Industrial Park Road Lewistown, PA 17044

23/11/2015