You are on page 1of 3

UFPE- CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS

Disciplina: Análise Climática


Prof. Dr. Lucivânio Jatobá
Nome dos participantes:

ATIVIDADE PRÁTICA
Tema central: A MICROCLIMATOLOGIA URBANA E OS ASPECTOS ARQUITETURAIS

INTRODUÇÃO

A Microclimatologia é a parte da Climatologia que analisa as características climáticas que são mais
específicas de áreas bem mais restritas, por exemplo, as condições climáticas no nível do solo, de um
parque urbano, de uma estufa para vegetais, de um edifício ou de um bairro residencial.
Os edifícios observados nas cidades representam verdadeiras barreiras à ação de alguns elementos
do clima, tais como a chuva e os ventos. Podem também ser considerados como uma espécie de filtro
discreto ao calor e `a luz.
Os edifícios são , como que envolvidos por superfícies bastante variadas, como praças, áreas
asfaltadas, árvores etc. Essas superfícies têm calor específico diferente, portanto influem
consideravelmente no aquecimento do ar em escala microclimática e até local do clima.
A Arquitetura tem um forte relacionamento com a Climatologia, em especial com o ramo designado
como Microclimatologia. Os climas intervêm muito nas condições climáticas de uma cidade ou de um
edifício, por exemplo. Numa cidade, inclusive, pode-se falar em clima natural e clima artificial.
Quatro parâmetros fundamentais interferem nas condições climáticas de um edifício, de um bairro
ou de uma cidade. São eles: a temperatura do ar, a radiação solar ( ROC e ROL), a circulação do ar e a
umidade atmosférica. Sobre a superfície terrestre há uma expressiva variação de tipos climáticos. Ao
longo do ano, também, são significativas as variações do tempo meteorológico, mesmo em seu
andamento habitual, em função da variação da “altura” do Sol e também do regime dos ventos.

( Texto extraído de CARVALHO, Márcia Monteiro. Clima Urbano e Vegetação – estudo


analítico e prospectivo do Parque da Dunas em Natal. Natal: UFRN, 2001)
A atividade a seguir refere-se a alguns aspectos microclimáticos de áreas urbanas, que deverão ser
analisados, tomando por base questões apresentadas. A atividade é para ser feita em grupos,
previamente estabelecidos. Um dos componentes do grupo será responsável pela síntese escrita que
será apresentada depois para o restante da turma.
Alguns aspectos deverão ser considerados para a nota a ser atribuída a todos os componentes
do grupo, a saber:
a) A disciplina de todos os membros do grupo, durante a realização das tarefas
b) A capacidade de trabalhar numa sala de aula de um curso universitário sem fazer muito ruído
c) A capacidade de resolver problemas do grupo
d) O nível de participação e cooperação nas tarefas do grupo
e) O nível das respostas apresentadas aos questionamentos

QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:


1. OBSERVEM A FIGURA A SEGUIR

( Fonte: SERRA, Rafael. Arquitetura y Clima. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1999)

Apresentem uma hipótese e a demonstrem para explicar as condições climáticas dessa pequena
cidade hipotética, levando em consideração as relações entre relevo, deslocamento aparente do Sol,
cobertura vegetal e situação geográfica da cidade.
2. Examine a charge a seguir.

( Fonte: SERRA, Rafael. Arquitetura y Clima. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1999)
O que a charge tenta explicitar sobre condições microclimáticas?
3.

Analisem as condições microclimáticas nos espaços indicados por A,B,C e D

4-O que pode ser dito a respeito da figura a seguir, no tocante às condições microclimáticas
em nível do corpo humano?

( Fonte: SERRA, Rafael. Arquitetura y Clima. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1999)