You are on page 1of 4

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO


CAMPUS CUIABÁ – OCTAYDE JORGE DA SILVA
DEPARTAMENTO DE ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

Curso: Técnico em Edificações – Integrado Disciplina: Tecnologia das Construções Turma: ____________
Aluno: ________________________________________________ Professor: Marcos Valin Jr Data: ___________

Atividade Avaliativa
01 – Leia a reportagem publicada no Site FOLHAMAX, no dia 03 de março de 2016.

Relatório garante viabilidade do VLT em Cuiabá e VG


O secretário de Estado das Cidades (Secid), Eduardo Chiletto, recebeu nesta quinta-feira os últimos relatórios da
consultoria sobre o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). O trabalho, que foi desenvolvido pela KPMG Consultoria Ltda, será
apresentado à Justiça Federal até o dia 19 de março.
Os dois últimos volumes entregues são referentes aos estudos da tarifa e de operacionalização do modal. Em janeiro, a
KPMG apresentou a primeira parte do trabalho, que abordou a viabilidade financeira para conclusão do modal.
Conforme o levantamento, obra do VLT deve custar R$ 532 milhões a menos que o valor exigido pelo Consórcio VLT
Cuiabá-Várzea Grande. Os dados foram apresentados à imprensa durante uma entrevista coletiva e os relatórios
disponibilizados na íntegra no portal do governo do Estado.
Segundo a KPMG, o custo total para finalizar os serviços seria de R$ 602 milhões aos cofres públicos. O valor é muito
abaixo do R$ 1,135 bilhão requisitados pelo consórcio construtor em 2015 a título de reajuste, reequilíbrio financeiro,
câmbio e saldo devedor.
Tal solicitação somava R$ 2,2 bilhões para conclusão da obra. Atualmente, o contrato relacionado à obra do modal
segue junto à Justiça Federal, devido à ação civil pública ingressada pelo Ministério Público Federal (MPF), Governo de
Mato Grosso e Ministério Público Estadual (MPE/MT).
De acordo com o secretário Eduardo Chiletto, os relatórios serão analisados por comissão formada por técnicos da Secid,
Procuradoria Geral do Estado (PGE), Controladoria Geral do Estado (CGE) e Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE).
Somente após os estudos e entrega dos documentos à Justiça Federal, o resultado da consultoria será apresentado à
sociedade. A primeira parte do relatório já foi protocolada na Justiça Federal. “A intenção do Governo Pedro Taques é
concluir esta obra e é preciso responsabilidade. Só vamos utilizar dinheiro público em algo que se mostrar viável. Por
isso a importância de um estudo técnico independente. Com as informações em mãos, o Estado terá condições de definir
os andamentos necessários para conclusão do modal”, destacou Chiletto.
Histórico
O VLT deveria ter sido entregue em junho de 2014, antes mesmo do início dos jogos da Copa do Mundo em Cuiabá.
Entretanto, os sucessivos atrasos levaram o governo a fazer um aditivo prevendo o término para 31 de dezembro do
mesmo ano. Porém, as obras foram paralisadas antes mesmo deste prazo.
O consórcio VLT Cuiabá venceu a licitação realizada em junho de 2012, na modalidade do Regime Diferenciado de
Contratação (RDC), que não permite aditivos, por R$ 1,447 bilhão. Deste total, R$ 1,066 bilhão já foram pagos.

Utilizando a reportagem acima como exemplo, explique qual a diferença entre “Programa de Necessidades” e “Estudo
de Viabilidade”.

02 – Sobre o estudo do terreno, marque V (verdadeiro) ou F (falso).


( ) O Cartório de Registro de Imóveis é quem verifica se o imóvel / terreno possui débitos com o INSS;
( ) O Cartório de Registro de Imóveis é quem verifica se o vendedor do imóvel / terreno pode vender o terreno,
sem restrições de processo de divórcio ou inventário;
( ) Deve-se verificar junto à Prefeitura local se o loteamento onde se situa o terreno está devidamente aprovado e
liberado para a construção;
( ) Os registros documentais não são suficientes, sendo necessário verificar a situação do lote dentro da quadra,
medindo-se a distância da esquina ou construção mais próxima;
( ) Deve-se verificar se existem benfeitorias (água, esgoto, energia) no local;
( ) Algumas características ideais de um terreno para um projeto econômico: Não exigir grandes movimentações de
terra; Ser plano ou pouco inclinado para a rua; Ter facilidade de acesso;
( ) Algumas características ideais de um terreno para um projeto econômico: Ter dimensões tais que comporte o
projeto e construção previstos; Ser seco; Escolher terrenos em áreas não sujeitas a erosão;
Escreva a sequência correta: ___/___/___/___/___/___/___
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO
CAMPUS CUIABÁ – OCTAYDE JORGE DA SILVA
DEPARTAMENTO DE ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

03 - Referente as colunas:
Item Descrição Item Descrição
A Levantamento Processo de medição que permite reproduzir em mapas todas as características
Topográfico físicas de um terreno, como seus limites, desníveis e informações sobre o entorno.
B Levantamento Conhecer as propriedade mecânicas do solo (tipo, resistência) onde a obra será
Topográfico Planimétrico executada. Ajuda a definir o tipo de fundação.
C Levantamento Visa representar as alturas da área em estudo em relação a um plano topográfico. A
Topográfico Altimétrico representação gráfica deste levantamento é o Perfil.
D Levantamento Etapa que traz a primeira versão da interpretação das informações colhidas quando
Topográfico da elaboração do programa de necessidades, e que são traduzidas para a linguagem
Planialtimétrico do desenho arquitetônico.
E Objetivo das Sondagens Standard Penetration Test.
F S.P.T Visa representar o contorno da área em estudo. A representação gráfica deste
levantamento é a Planta Planimétrica.
G Anteprojeto Após aprovação do anteprojeto inicia-se o desenvolvimento e detalhamento do
projeto, incluindo os aspectos técnico-construtivos que envolvem a construção. Tais
informações estão relacionadas à estrutura, às instalações elétricas e hidráulicas, aos
materiais de acabamento etc.
H Projeto Visa representar o contorno da área em estudo e suas alturas em relação a um plano
topográfico. A representação gráfica deste levantamento é a Planta Topográfica.
Escreva a sequência correta: ___/___/___/___/___/___/___/___

04 – Quais as informações básicas devem constar na placa de uma obra pública?

05 – Cite um exemplo de problema, que pode ocorrer na obra caso não seja feito um levantamento minucioso e
completo da área do canteiro de obras e imediações.

06 - Sobre os métodos de LOCAÇÃO DA OBRA responda abaixo:


01 – Método de Cavalete 02 – Método de Gabarito
( ) – crava-se no solo cerca de 50cm, pontaletes com distância de 1,50m e a 1,20m das paredes da futura
construção, que posteriormente poderão ser utilizados para andaimes.
( ) – são constituídos de duas estacas cravadas no solo e uma travessa pregada sobre elas.
( ) – Processo mais simples porém pouco preciso e confiável.
( ) – Pregos fincados nas tábuas com distâncias entre si iguais às interdistânciasentre os eixos da construção, todos
identificados com letras e algarismos respectivos pintados na face vertical interna das tábuas, determinam os
alinhamentos
( ) – Fácil deslocamento das marcações com batidas de carrinhos de mão, tropeços, etc.
( ) – É indispensável saber traçar perpendiculares sobre o terreno, determinando assim o esquadro.
A - ( ) – 02, 02, 01, 01, 02, 01 D - ( ) – 01, 01, 02, 02, 01, 02
B - ( ) – 01, 02, 01, 02, 01, 02 E - ( ) – 02, 01, 01, 02, 01, 02
C - ( ) – 01, 01, 01, 02, 01, 02

07 – Considerando o serviço de terraplenagem que será executado, veja as informações disponíveis:


 No local da escavação será construído a “casa de máquinas” de uma PCH (Pequena Central Hidroelétrica),
possuindo 40x70m e 12m de profundidade.
 O solo escavado será transportado para área de bota-fora devidamente licenciada que fica a 14 km de distância;
A velocidade dos caminhões é de 40 km/h.
 O transporte foi realizado por caminhões com capacidade de 5 m 3 por viagem, que demora 7 minutos para ser
carregado pela retroescavadeira.
 Além dos 7 minutos para carregar a caçamba dos caminhões, a retroescavadeira tem um rendimento de 75m3/h
quando está apenas escavando.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO
CAMPUS CUIABÁ – OCTAYDE JORGE DA SILVA
DEPARTAMENTO DE ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

 O custo da retroescavadeira é de R$ 169,00/hora e o custo do caminhão é de R$ 95,00/hora. Além do valor


cobrado pela hora trabalhada, também existe uma taxa adicional de R$5.000,00 por equipamento/mês.
 O trabalho não pode ser superior a 44h semanais.
 O primeiro metro de solo escavado é do tipo arenoso (12% de empolamento) e após tem-se argila e cascalho
seco (41% de empolamento).

a) Qual o volume de material que deverá ser cortado/escavado?


b) Qual o volume será transportado?
c) Quantos caminhões e retroescavadeiras devem ser utilizados para o melhor custo/benefício?
d) Qual o prazo para conclusão do serviço? E o custo desse serviço (escavação + transporte + BDI 25%)?

08 - Qual a diferença entre as Fundações SUPERFICIAIS e as Fundações PROFUNDAS? Cite exemplos.

09 - A sequência de execução abaixo citada, correspondente a qual tipo de fundação?

1 Utilizado quando o terreno apresenta boa 5 Confecção das fôrmas;


resistência e a carga a ser suportada pelo terreno é 6 Colocação da armadura do fundo;
relativamente pequena. 7 Localização do eixo do pilar e posicionamento da
2 Abertura da cavas (manual ou mecanizada) e armadura do pilar;
esgotamento da água se for o caso; 8 Concretagem;
3 Apiloamento do fundo; 9 Retirada das formas após o endurecimento do
4 Lançamento do concreto magro no fundo; concreto.

A - ( ) – RADIER D - ( ) – ESTACA CRAVADA DE CONCRETO


B - ( ) – SAPATA CONTÍNUA E - ( ) – ESTAVA CRAVADA METÁLICA
C - ( ) – TUBULÃO

10 - Associe as lacunas e assinale a alternativa correta:


01 – TUBULÃO A CÉU ABERTO 02 – TUBULÃO PNEUMÁTICO - A AR COMPRIMIDO
( ) – Pode ser escavação manualmente ou por perfuração mecânica, com um aparelho rotativo acoplado a
um caminhão que retira a terra, sendo a base apenas manualmente.
( ) – Executa-se acima do nível de água.
( ) – Pressão interna maior que a pressão d´agua, permitindo que se execute normalmente a sequência de
serviços.
( ) – Executa-se quando existe água no local a ser executado.
( ) – O fuste é escavado até a cota desejada, a base é alargada e posteriormente enche-se de concreto, a
circunferência que delimita tem diâmetro mínimo é de 70cm,
( ) – O equipamento utilizado compõe-se de uma câmara de equilíbrio e um compressor.

A - ( ) – 01,01,02,02,01,02 D - ( ) – 02,01,01,01,02,01
B - ( ) – 01,02,01,02,01,02 E - ( ) – 01,01,02,02,01,01
C - ( ) – 02,01,02,02,01,02
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO
CAMPUS CUIABÁ – OCTAYDE JORGE DA SILVA
DEPARTAMENTO DE ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

11 – Explique sobre os principais problemas / erros que podem ocorrer na execução de cada tipo de fundação
e como evitá-los.

a) Estaca cravada de concreto


b) Estaca escavada – hélice continua
c) Tubulão pneumático
d) Radier

“Eu gosto do impossível porque lá a concorrência é menor.


Walt Disney