You are on page 1of 2

36060 Diário da República, 2.ª série — N.

º 126 — 1 de Julho de 2010

FREGUESIA DE ARNEIRO DAS MILHARIÇAS 9 — Para a formalização da candidatura deverá utilizar obrigatoria-
mente o formulário tipo “Formulário de Candidatura ao Procedimento
Aviso n.º 13243/2010 Concursal”, disponível na sede desta Junta de Freguesia, e na sua página
electrónica em www.jf-arneiro.pt, devendo ser entregue pessoalmente
Procedimento concursal comum para preenchimento de 1 posto na Sede desta Junta de Freguesia (das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às
de trabalho de assistente operacional, em regime de contrato de 17h00), ou remetida por correio por carta registada até ao termo do
trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, conforme prazo de candidatura, para Praça 20 de Janeiro, n.º 18, 2000-433 Arneiro
caracterização no mapa de pessoal. das Milhariças.
10 — O requerimento deve ser acompanhado dos seguintes docu-
1 — Para efeitos do n.º 2.º do artigo 6.º e do artigo 50.º da Lei mentos, sob pena de exclusão:
n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, conjugada com a Portaria 83-A/2009,
de 22 de Janeiro, usando das competências próprias atribuídas pela a) Curriculum vitae detalhado, datado e assinado.
alínea d) do n.º 1 do artigo 34.º da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, b) Certificado ou documento comprovativo das habilitações literárias;
com a redacção dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, torna-se c) Documentos comprovativos de acções de formação de onde conste
público que, por deliberação do Executivo da Junta de Freguesia de a data de realização e duração;
Arneiro das Milhariças, em 14 de Maio de 2010, se encontra aberto d) Documento comprovativo da existência de relação jurídica de
pelo prazo de 10 dias úteis, a contar da data deste aviso no Diário da emprego público, bem como da carreira/categoria de que seja titular,
República, Procedimento Concursal Comum para a ocupação de um da actividade que executa, do órgão ou serviço onde o candidato
posto de trabalho na Carreira de Assistente Operacional, em regime de exerce funções e as menções de desempenho obtidas nos últimos
contrato de trabalho em Funções Públicas por tempo indeterminado, três anos.
para preenchimento de um posto de trabalho, caracterizado no mapa de e) Fotocópia do Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade e docu-
pessoal desta Junta, que a seguir se indica: mento de Identificação Fiscal;
Procedimento: — Um posto de trabalho de Assistente Operacional, f) Os candidatos com deficiência de grau de incapacidade igual
na área administrativa, de funções de complexidade funcional de grau 1, ou superior a 60 %, deverão apresentar documento comprovativo da
com a categoria de Assistente Operacional, da carreira de Assistente mesma;
Operacional.
Actividade: As funções a exercer são de natureza executiva, de apli- 11 — Os candidatos que exercem funções ao serviço da Junta de
cação de métodos e processos, com base em directivas definidas e Freguesia de Arneiro das Milhariças são obrigados a apresentar os do-
instruções gerais dos dirigentes e chefias, por forma a dar uma resposta cumentos referidos no ponto anterior excepto o que consta da alínea d).
eficaz e eficiente às solicitações desta Junta de Freguesia. 12 — Atendendo à urgência do presente recrutamento e verificando-se
2 — Considerada a dispensa temporária da obrigatoriedade de con- a necessidade de estabelecer a capacidade de intervenção e de resposta, os
sulta prévia à Entidade Centralizada para Constituição de Reservas procedimentos decorreram através de um único método de selecção obri-
de Recrutamento (ECCRC), não foi efectuada a consulta prevista no gatório, nos termos do artigo 6.º e artigo 8.º da Portaria n.º 83-A/2009,
artigo 4.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro. de 22 de Janeiro e do n.º 4 do artigo 53.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27
3 — Legislação aplicável: Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, de Fevereiro.
com aplicação à administração local através da Lei n.º 209/2009, de 12.1 — Métodos de selecção:
3 de Setembro, Decreto Regulamentar n.º 14/2008, de 31 de Julho, Para todos os procedimentos: Prova de Conhecimentos Escrita e
Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro e Portaria n.º 83-A/2009, de 22 Entrevista Profissional de Selecção.
de Janeiro. 12.2 — Para os candidatos com relação Jurídica de Emprego Publico,
4 — Nos termos do n.º 2 do artigo 4.º e artigo 47.º da Portaria a exercer funções idênticas às publicitadas ou em SME que exerceram,
n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro, o diverso procedimento concursal por último, funções idênticas, e salvo se expressamente afastados por
é válido para ocupação de idênticos postos de trabalho a ocorrer no escrito pelos candidatos, o método de selecção obrigatório Prova de
prazo máximo de 18 meses a partir da data da homologação da lista de Conhecimentos será substituído pelo método de selecção obrigatório
ordenação final dos presentes procedimentos (reserva de recrutamento Avaliação Curricular.
interna). 12.3 — Por razões de celeridade, caso o número de candidatos ad-
5 — Local de Trabalho: Freguesia do Arneiro das Milhariças. mitidos seja superior a 100, e de forma a não causar prejuízo à normal
6 — Remuneração: Tendo em conta o preceituado no artigo 55.º da actividade dos serviços, os métodos de selecção serão realizados de forma
Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, o posicionamento do trabalhador faseada, aos candidatos aprovados no 1.º método, por tranches sucessivas
recrutado numa das posições remuneratórias da categoria é objecto de de 20 candidatos, nos termos do artigo 8.º da Portaria n.º 83-A/2009,
negociação com a entidade empregadora pública e terá lugar imediata- de 22 de Janeiro.
mente após o termo do procedimento concursal. 13 — A ordenação final dos candidatos será expressa na escala de 0 a
7 — Requisitos obrigatórios de Admissão (eliminatórios): 20 valores e resulta das seguintes fórmulas: OF=(70 PC + 30 EPS)/100
7.1 — Requisitos Gerais previstos no artigo 8.º da Lei n.º 12-A/2008, ou OF= (70 AC + 30 EPS)/100
de 27 de Fevereiro: Sendo: OF = Ordenação final; PC = Prova de Conhecimentos;
a) Ter nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Cons- AC = Avaliação Curricular; EPS = Entrevista Profissional de Selecção.
tituição, convenção internacional ou lei especial; 14 — Os métodos de selecção têm carácter eliminatório sendo
b) Ter 18 anos de idade completos; excluídos os candidatos que obtenham valoração inferior a 9,5 valores,
c) Não estar inibido do exercício de funções públicas ou interdito para não sendo convocados para a realização do método seguinte.
o exercício das funções que se propõe desempenhar; 15 — Critérios de selecção: Os parâmetros de avaliação e respectiva
d) Possuir a robustez física e o perfil psíquico indispensáveis ao ponderação constam das actas das reuniões do Júri, que serão facultadas
exercício das funções; aos candidatos sempre que solicitadas.
e) Ter cumprimento das leis de vacinação obrigatória. 16 — A notificação dos candidatos admitidos/excluídos, bem como
a convocação para os métodos de selecção faz-se através de ofício
7.2 — Requisitos específicos de admissão: registado.
7.2.1 — Não podem ser admitidos candidatos que cumulativamente, 17 — A publicitação da lista unitária de ordenação final dos candi-
se encontrem integrados na carreira, sejam titulares da categoria e, não datos, será efectuada na 2.ª série do Diário da República, afixada na
se encontrem em mobilidade, ocupem postos de trabalho previstos no Sede da Junta de Freguesia.
mapa de pessoal desta Junta de Freguesia idênticos ao posto de trabalho 18 — A Prova de Conhecimentos visa avaliar conhecimentos profis-
para cuja ocupação se publica o presente procedimento. sionais e competências técnicas necessárias ao exercício de determinada
7.2.2 — Tendo em conta os princípios de racionalização e eficiência função, sendo valorada de uma escala de 0 a 20 valores, considerando-se
que devem presidir à actividade da Junta de Freguesia, na impossibilidade a valoração até às centésimas.
de ocupação dos postos de trabalho objecto dos presentes procedimentos 18.1 — A prova de conhecimentos revestirá a forma escrita, terá a
por trabalhadores com relação jurídica de emprego público por tempo duração máxima de duas horas com consulta da legislação, versando
indeterminado ou que se encontrem em situação de mobilidade especial, sobre os seguintes temas:
o recrutamento será efectuado de entre trabalhadores com relação jurídica Conhecimentos Gerais: Código do Procedimento Administrativo,
de emprego público por tempo determinado ou determinável ou sem aprovado e republicado pelo, Decreto-Lei n.º 6/96 de 31 de Janeiro e
relação jurídica de emprego público previamente estabelecida. Acórdão do Tribunal Constitucional 118/97, de 24 de Abril;
8 — Requisito Habilitacional, sem possibilidade de substituição do Quadro de competências e regime jurídico do funcionamento dos
nível habilitacional por formação ou experiência profissional: órgãos dos municípios e das freguesias, aprovado pela Lei n.º 169/99,
Escolaridade mínima obrigatória de acordo com a idade. de 18 de Setembro, alterada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro,
Diário da República, 2.ª série — N.º 126 — 1 de Julho de 2010 36061

e pelas declarações de rectificação n.os 4/2002, de 6 de Fevereiro e deve ler-se:


9/2002, de 5 Março;
«7 — Requisitos de admissão: os previstos no artigo 8.º da LVCR:
Aprova o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas Lei
n.º 59/2008, 11 de Setembro; a) Nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Cons-
Regime de Vinculação, Carreiras e Remunerações dos Trabalhadores tituição, convenção internacional ou lei especial;
que exercem Funções Públicas (Lei n.º 12-A/2008, 27 de Fevereiro, b) 18 anos de idade completos;
com as alterações introduzidas pela Lei n.º 64-A/2008 de 31 de De- c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição
zembro); para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
Lei n.º 58/2008 de 9 de Setembro — Estatuto Disciplinar dos Traba- d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício
lhadores que exercem Funções Públicas; das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória;
19 — Composição do Júri: Presidente: Olga Maria Soares Melro f) Específico para o concurso B — Escolaridade obrigatória e carta
Rum Correia Mena Esteves, Técnica Superior, sendo substituída nas de condução — categoria F.
suas faltas e impedimentos, pelo primeiro vogal efectivo;
Vogais efectivos: Gonçalo Colaço Amaro, Presidente da Assembleia 8 — Habilitações literárias — concurso A —escolaridade obri-
de Freguesia no Arneiro das Milhariças e Idália Maria Jesus Francisco, gatória.
Tesoureira da Junta de Freguesia do Arneiro das Milhariças; Não é possível substituir as habilitações exigidas por formação ou
Vogais suplentes: Sérgio Bruno São Miguel Martins, Coordenador experiência profissional.»
Técnico e António Miguel Jorge Júlio, Secretário da Junta de Freguesia
do Arneiro das Milhariças. 22 de Junho de 2010. — O Presidente, António Manuel Gonçalves
20 — Critérios de ordenação preferencial: Rodrigues.
20.1 — Em caso de igualdade de valoração entre candidatos, os cri- 303401476
térios de preferência a adoptar serão previstos no artigo 35.º da Portaria
n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro.
20.2 — Nos termos do n.º 3 do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 29/2001,
de 3 de Fevereiro, o candidato com deficiência tem preferência em FREGUESIA DE LANDEIRA
igualdade de classificação, a qual prevalece sobre qualquer outra pre-
ferência legal, devidamente comprovada, com o grau de incapacidade Aviso n.º 13244/2010
igual ou superior a 60 %. Em cumprimento do disposto na alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º da
21 — Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição, Lei n.º 12-A/2008 de 27 de Fevereiro, torno público que na sequência
a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove de procedimento concursal comum para Assistente Operacional, aberto
activamente uma política de igualdade e oportunidades entre homens por aviso n.º 7117/2010, publicado no D.R. 2.ª série n.º 68 de 08/04/2010
e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, provi- foi celebrado contrato de trabalho em funções públicas por tempo de-
denciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma terminado a termo resolutivo certo, nos termos da Lei n.º 12-A/2008,
de descriminação. de 27/02 e Lei n.º 59/2008 de 11/09, com início a 07/06/2010, com o
22 — Nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 19.º da Portaria trabalhador Daniela Marisa Guerreiro Paulino, com a remuneração
n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro, o presente aviso será publicitado na correspondente entre a 1.ª e a 2.ª posição e nível entre 1.º e 2.º da tabela
Bolsa de Emprego Público (www.bep.gov.pt), no 1.º dia útil seguinte à remuneratória única.
sua publicação, no Diário da República, e por extracto, no prazo má- Junta de Freguesia de Landeira, aos 24 de Junho de 2010. — O Pre-
ximo de 3 dias úteis contados da mesma data, num jornal de expansão sidente, Vítor Dias Serrano.
nacional. 303412557
Arneiro das Milhariças, 22 de Junho de 2010. — O Presidente da
Junta, Basílio Duarte Oleiro.
303417385 FREGUESIA DE PORTELA DO FOJO
Aviso (extracto) n.º 13245/2010
FREGUESIA DE BELMONTE
Celebração de contrato de trabalho por tempo indeterminado
Declaração de rectificação n.º 1287/2010
Em cumprimento no disposto na alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º da Lei
n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, torna -se público que foi celebrado
Procedimento concursal comum para a contratação de pessoal contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado,
em regime de contrato de trabalho na sequência do Procedimento Concursal Comum para Constituição
em funções públicas por tempo indeterminado de Relação Jurídica de Emprego Público por Tempo Indeterminado, a
No aviso n.º 12238/2010, publicado na 2.ª série do Diário da Repú- partir de 03 de Maio de 2010, com o seguinte trabalhador: Ataíde de
blica n.º 117, de 18 de Junho de 2010, onde se lê: Jesus Dias, na carreira geral de Assistente Operacional, posição remu-
neratória 3.ª e nível remuneratório 3, a que corresponde o montante
«7 — Requisitos de admissão: os previstos no artigo 8.º da pecuniário de 583,58€.
LVCR:
Freguesia de Portela do Fojo, 24 de Junho de 2010. — O Presidente
a) Nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Cons- da Freguesia, Henrique Fernandes Marques.
tituição, convenção internacional ou lei especial; 303412476
b) 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição
para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício FREGUESIA DE SAMOUCO
das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória; Aviso (extracto) n.º 13246/2010
f) Específico para o concurso A — escolaridade obrigatória e carta
de condução — categoria D+E; Em cumprimento do disposto no artigo 37.º da Lei n.º 12-A/2008,
g) Específico para o concurso B — ter uma relação jurídica por de 27 de Fevereiro, de acordo com o n.º 1 do artigo 46.º da mesma lei e
tempo indeterminado. conforme deliberação desta Junta de Freguesia na sua reunião de 11 de
Janeiro de 2010, determina-se a alteração do posicionamento remune-
8 — Habilitações literárias: Concurso A — Licenciatura ade- ratório por opção gestionária prevista no n.º 1, alínea c), do artigo 47.º
quada — Concurso B — 12.º ano — Concurso C — Escolaridade da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, com efeitos reportados a 1
obrigatória. de Janeiro de 2010, conforme o n.º 7 do referido artigo, com o seguinte
8.1. — No concurso B os candidatos deverão estar integrados na trabalhador: Sandra Maria Reimão Menício Conde da Silva.
carreira de assistente técnico. Samouco, 21 de Junho de 2010. — O Presidente da Junta de Freguesia,
Não é possível substituir as habilitações exigidas por formação ou António Joaquim Gomes Almeirim.
experiência profissional.» 303397208