You are on page 1of 60

ATUALIDADES

TÓPICOS RELACIONADOS: políticos, favorecimento de informações privilegiadas


Fonte para enriquecimento de grupos políticos e
Frigoríficos do Brasil empresários, nepotismo, desvio de verbas, evasão
de divisas, tráfico de influencia, passando também
"Ainda não foi mostrado nem 1% do que foi pelo escândalo da reeleição do ex-presidente
descoberto pela PF", diz delator da Carne Fraca Fernando Henrique Cardoso com a compra de votos,
entre tantas outras informações tão esperadas.
OPERAÇÃO LAVA JATO DA POLÍCIA FEDERAL Fonte: GOIS, Ancelmo. Termos da Delação Premiada de Pedro Corrêa estão
Embora criticada pesadamente por cerca de prontos. O Globo. Gois de Papel. 12/01/2016
100 advogados criminalistas de renome, na sua
maioria defensores de políticos e empreiteiras
acusadas de participação do esquema de cartel e OPERAÇÃO CARNE FRACA DA POLÍCIA
propinas instalado na Petrobrás entre os anos de FEDERAL
2004 e 2014, a operação Lava Jato da Polícia
Federal (deflagrada em 2014) vem recebendo o
apoio de grande parte da população brasileira que
vem acompanhando o desenrolar das investigações
não somente pelas mídias oficiais, mas também
pelas redes alternativas de comunicação, que hoje
possuem especialistas não tão conhecidos
nacionalmente, mas que demonstram profundo
conhecimento das áreas jurídicas e afins, ajudando a
população a compreender melhor as entranhas e as
complexas maracutaias do poder no país.
A Operação Lava Jato está ainda em curso e
já alcançou dimensões antes não imaginadas, com
941 procedimentos instaurados, 75 condenados,
cerca de R$ 2 bilhões recuperados e outros R$ 4
bilhões para serem repatriados para os cofres
públicos e 85 pedidos de assistência jurídica
internacional, dando uma outra cara e sentimento
sobre o Judiciário brasileiro, que até então sempre
havia fechado os olhos para as questões de grande
magnitude ou que atingissem políticos e empresários
do alto escalão... e ao que parece, ainda é o começo
dessa grande colcha de retalhos!
Fonte: MACEDO, Fausto. Carta dos advogados ataca indistintamente, sem
especificação de fato, afirmam procuradores. Estadão. 17/01/2016.

DELAÇÃO DE PEDRO CORRÊA E A REELEIÇÃO


DE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

Uma estranha operação da Polícia Federal


do Paraná, coordenada pelo delegado Maurício
Moscardi Grillo, congestionou as diversas mídias
tradicionais e redes sociais do país no final de
semana do dia 20 de março de 2017, logo após a
maior mobilização popular contra s reformas da
previdência impostas pelo governo Temer e também,
bem no dia em que milhares de pessoas
acompanharam o ex-presidente Lula na inauguração
da Transposição do Rio São Francisco, em um claro
apoio à candidatura e retorno do ex-presidente Lula
O ex-deputado pernambucano e conhecido em 2018.
frequentador de escândalos de corrupção em
diversos governos, Pedro Corrêa, foi preso em
Curitiba em janeiro de 2016 e aceitou os termos da
delação premiada.
O ex-deputado diz que desde que entrou
para a política ainda em 1978, pela Arena, há
falcatruas nos diversos governos, desde distribuição
de veículos de comunicação de forma a beneficiar
correligionários em detrimento de opositores

ATUALIDADES 3
O PRESIDENTE DA FENNAPEF CRITICA Serraglio e Sérgio Souza, ambos do PMDB do
OPERAÇÃO Paraná.
Kátia disse ainda que, quando soube de
irregularidades cometidas pelo fiscal e resolveu
demiti-lo, nunca viu “uma pressão tão forte para não
tirar esse bandido de lá”.

“Tenho que ser sincera, porque são dois


deputados do meu partido. Insistiram para que
O presidente da Fenapef (Federação a lei não fosse cumprida ao ponto de eu ter
Nacional dos Policiais Federais) Luís Bourdens, que ligar para a presidente Dilma e dizer-lhe
criticou, em nota, a postura dos agentes que da minha decisão de demitir e que as
participaram da Operação Carne Fraca. Defendeu o consequências políticas eu ia arcar. Ela,
que chamou de "atuação irrepreensível" dos imediatamente, disse: ‘Demita já!’”.
policiais.
O presidente da Fenapef destaca que os Kátia Abreu também fez duras criticas da
agentes que trabalham nas investigações não forma como a Operação Carne Fraca foi conduzida e
participaram nem da divulgação nem da alertou: “nós vamos perder as nossas exportações,
comunicação após o fim das operações — "prática, mas o mais grave: nós vamos perder emprego em
muitas vezes, com caráter somente midiático, que uma hora terrível, quando temos tantos
vem sendo adotada apenas pelos delegados desempregados, pois grande parte desses
federais". frigoríficos são exportadores. Vão todos para a rua”.
Também criticou o delegado que “Essa também é uma culpa que vocês, esse
desencadeou a espalhafatosa operação "Maurício pequeno grupo da Polícia Federal, vão carregar em
Moscardi, dizendo que não tem a menor condição de suas consciências. Tentaram, com uma ação
ser apresentado como coordenador de qualquer medíocre, infantil e baixa, destruir um dos setores
operação. Seu tempo na PF por si só já justifica sua mais importantes deste país e vão arcar com essas
inexperiência para tratar de assuntos delicados como consequências”
o eventual abalo econômico advindo de uma grande
operação como a Carne Fraca", observa. OPERAÇÃO CARNE FRACA DA POLÍCIA
Bourdens defendeu a importância da FEDERAL
operação no combate à corrupção, mas ponderou
que "o trabalho técnico investigativo não pode ser
maculado por eventual interpretação dissociada da
verdade dos fatos".

KATIA ABREU DENUNCIA A PRESSÃO POLÍTICA


DO GOERNO TEMER PARA MANTER FISCAL
CORRUPTO

A Policia Federal desencadeou uma


operação denominada de Carne Fraca em março de
2017 denunciando que grandes empresas
produtoras de carnes no Brasil estavam
comercializando produtos com papelão moído com
embutidos, químicos altamente cancerígenos e carne
vencida para o consumo geral da população, o que
não foi para menos, alarmou e enraiveceu os
brasileiros, como também colocou dúvidas sobre
esse importante setor de exportações preocupando
os países importadores da carne brasileira.

Investigações e fiscalizações realizadas pela


Polícia Federal e outros órgãos são de grande
importância, sem dúvida, e essas ações devem ser
O fiscal corrupto Daniel Gonçalves que foi apoiadas pela população que só tem a ganhar com
preso na operação Carne Fraca havia sido indicado, isso. Contudo, diversos críticos tanto brasileiros
segundo Kátia Abreu, “insistentemente” por Osmar como de outros países estão analisando com certo

ATUALIDADES 4
cuidado a forma como as investigações e acusações
foram vulgarizadas. Diversa mídias ilustraram a operação da
Polícia Federal mostrando imagens de carcaças de
O Brasil é um dos grandes produtores de carne in natura como sendo aquelas que estavam
carnes e derivados do mundo, exportando para mais sendo o “alvo” das investigações, o que contribuiu
de 150 países e as acusações feitas pela Policia para a clássica desinformação e ainda mais
Federal deram conotação da desconfiança da descrédito pelo já abalado setor midiático.
totalidade das industrias de carnes, mas que na O Brasil produz e exporta para mais de 150
realidade, após uma maior pesquisa a respeito, países e até o momento, nenhum dos importadores
envolvem não as quase 5 mil empresas do setor, relatou problemas de contaminação, ou seja,
mas sim cerca de 20 empresas, prejudicando todo o atualmente o brasileiro possui elevada qualidade do
setor tanto em nível nacional como internacional. produto oferecido no mercado interno, assim como
Técnicos e profissionais da área foram os consumidores no mercado internacional, contudo,
procurados e se pronunciaram a respeito, afirmando após a desastrosa divulgação pela Polícia Federal,
que as irregularidades levantadas pelas diversos países cortaram a importação do produto
investigações da Polícia Federal não são pratica como a China, Europa, Chile e Coréia do Sul,
comum na ampla maioria das indústrias do setor. causando um prejuízo ao setor de diversos bilhões
de reais.
Segundo a Polícia Federal, as investigações
estavam acontecendo já a dois anos e das quase 5 CARNE DE CAVALO EM LASANHA CONGELADA
mil fabricas (4.837 fabricas) apenas 21 foram NA ALEMANHA.
autuadas, ou seja, quase 0,5% dos frigoríficos ou
ainda, menos de 2% da produção nacional de
carnes.

Os produtos suspeitos de fraude não são a


carne in natura (peito de frango, pernil, etc.) mas
sim em alguns embutidos como linguiças e salsicha
além do uso de substancias químicas como o “Acido
Ascórbico” que, segundo os especialistas, trata-se de
vitamina C usada pela indústria internacional de
alimentos como conservantes e também como Recentemente a Alemanha teve um caso
realçador de sabor, ou seja, o alarde revelou-se um irregular de uso de carne de cavalos em alguns
fiasco internacional e expôs a fragilidade ou produtos como lasanha congelada, que estava sendo
descontrole da investigação. vendida como carne bovina, embutidos e assim que
Ao que parece, houve uma má interpretação a denuncia foi feita, providencias foram tomadas e os
do uso de “papelão” que não estava sendo utilizado culpados foram punidos.
para a confecção de embutidos ou como mistura nas Segundo as investigações, a marca de
massas, mas sim, apenas para embalá-las. lasanhas TIP estava vendendo na rede de
Foram 33 fiscais os apontados como supermercados REAL, carne irregular e retirou o
facilitadores de irregularidades nos 21 frigoríficos produto das prateleiras assim que ficou sabendo das
investigados, mas a forma como a notícia foi denúncias.
vulgarizada levou ao descrédito do trabalho de cerca O Comissário de Saúde europeu Toni Borg
de 11.000 fiscais do Ministério da Agricultura. organizou, como resposta imediata, fiscalizações em
diversos mercados da Europa e pediu que os testes
Mídias alarmistas durassem pelo menos 3 meses e que fosse
analisadas mais de 6 mil amostras de carne. Além
de tentar identificar o tipo correspondente de carne
anunciada na embalagem, também Borg exigiu a
identificação química do produto Fenilbutazona, que
é um anti-inflamatório que é proibido para o consumo
humano, mas que é utilizado em equinos.
A mesma seriedade na condução das
investigações e na resolução do problema deveria
ocorrer no Brasil, com uma apuração técnica dos
fatos, uma cobertura midiática responsável e
comprometida com a ética da informação.
Por lá os culpados foram punidos e o setor de
mercado foi protegido, mas e aqui? A quem interessa
tal exposição catastrófica de tal operação
escandalosa e aparvalhada pela Polícia Federal,

ATUALIDADES 5
destroçando a credibilidade do setor no mercado O agronegócio é que vem mantendo o PIB
nacional e internacional? brasileiro positivo, tal é o tamanho desse setor no
país e que após a desastrosa operação Carne Fraca,
O BRASIL E A COMPETIVIDADE poderá afetar com gravidade as exportações desse
INTERNACIONAL setor impactando fortemente na balança comercial
O Brasil veio abrindo espaço entre gigantes do país.
de diversos setores e ganhando mercado pela
qualidade dos produtos oferecidos, entre eles o setor BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA
de construções com empreiteiras como a Odebrecht,
indústrias de embutidos (presuntos, linguiças,
salsichas, etc) e Petróleo.
As empresas brasileiras ao ganharem
espaço no mercado internacional, estavam
marcando presença como multinacionais com garra
para abrir mercados ainda maiores, operando na
América Latina, África, Estados Unidos e Ásia.
Curiosamente a partir de 2015 diversas
operações da Policia Federal, repletas de vazamento
de informações precipitadas, prisões e posterior
liberações sob contrato de delação, passaram a http://www.abagrp.org.br/agronegocioNumerosAgro.p
desacreditar as empresas brasileiras no mercado hp
nacional e internacional por certos setores da Polícia
Federal, o que levou tanto a brasileiros como Dois anos de investigação de açougues e um
estrangeiros a questionar as reais intensões das estardalhaço de que a operação era a “maior da
ações da PF. história” ao se verificar os fatos e os detalhes da
investigação, percebe-se que foi de uma
Após as denúncias divulgadas aos trancos e irresponsabilidade tamanha, que causou um prejuízo
barrancos, A China e a Europa cortaram a de credibilidade que irá demorar para ser recuperado
importação de carnes de frango brasileiros, e quem pagará por tal prejuízo será o pecuarista.
causando um prejuízo de U$ 15 bilhões de dólares
em exportações, que serão tomadas por outro país “Eles usam ácidos, outros ingredientes químicos, em
exportador. quantidades muito superiores à permitida por lei pra
poder maquiar o aspecto físico do alimento
CHINA É O MAIOR IMPORTADOR DA CARNE estragado ou com mau cheiro”, explicou o delegado
BRASILEIRA da PF responsável pela investigação, Maurício
Países como a Coréia do Sul, União Moscardi Grillo, em entrevista coletiva na sexta-feira.
Europeia e a China suspenderam a importação das
carnes brasileiras depois que a Polícia Federal O delegado Grillo explicou os problemas
divulgou, sem maiores explicações, que os encontrados na carne das empresas investigadas
frigoríficos brasileiros “compram fiscais” para que pela operação – que iam desde mudar a data de
possam vender carnes podres e também, frango com vencimento e a embalagem de carnes estragadas,
papelão, para merendas escolares, alarmando e que eram usadas como matéria-prima para
enojando a população; embutidos, até injetar água em frangos para alterar
seu peso e mascarar a deterioração de carnes com o
O desastroso delegado responsável é Moscardi uso de ácido ascórbico.
Grillo, curiosamente o mesmo que investigou o ex-
presidente Lula e havia dito que a Lava Jato havia: “São dois anos de análise de fatos, desde utilização
“perdido o timing para prender Lula”. de papelão por essas empresas – até essas que já
citei de grande porte (JBS e BRF) – para colocar
Após dois anos de investigação, ao que parece, a esse tipo de situação em comidas, pra fazer
Polícia Federal somente analisou produtos de uma enlatados, e outras coisas que podem prejudicar a
só empresa... saúde humana. (…) Tudo isso mostra que o que
interessa para esse grupo é o capitalismo, é o
O PIB BRASILEIRO E O AGRONEGÓCIO mercado, independente da saúde pública”, disse.

“Determinados produtos, cancerígenos até, em


alguns casos, eram usados pra poder maquiar as
características de um produto estragado ou com
cheiro.”

Na realidade a operação Carne Fraca coordenada


pelo delegado Moscardi, mostrou-se o maior fiasco
da história da Polícia Federal por ter focos pontuais e
não na dimensão irresponsável alardeada.

ATUALIDADES 6
Além do mais, a Polícia Federal não encontrou em (dinheiro, aplicações financeiras, investimentos)
nenhum local qualquer sinal de carne podre nem considerados mais arriscados, derrubando as bolsas
carne com papelão junto... ué, e então??? Que de valores em diversos países do mundo.
palhaçada foi essa?? A bolsa de Xangai apresentou em agosto de
2015 a maior queda diária desde o início da crise
Fonte: BBC Brasil. Alemanha descobre carne de econômica global, que teve início nos EUA em 2007
cavalo em lasanha congelada. 14 fev 2013 e atingiu a Europa em 2008.
Desconfia-se que a crise que está atingindo
Fonte: CECCANTINI, Marcio. Especialista do setor a China é bem maior do que se está anunciando e
de carnes. que a desaceleração afetará as projeções para o
PIB, com graves consequências para as economias
globalizadas.
Presidente Temer em churrascaria com carnes Também a própria ação do governo chinês
não nacionais de tentar socorrer à bolsa chinesa (interferência do
Estado na economia) acabou por afastar poupadores
aumentando a especulação, agravado pelo fato de o
Banco Central chinês atuar na desvalorização da
moeda (iuan) gerando uma insegurança de que tal
atitude pudesse contaminar a economia de outros
países.

Segundo a evolução da economia no gráfico


econômico da China, o país chegou a crescer 13%
em 2007 e logo apresentou queda assim que a crise
iniciada nos EUA foi anunciada em 2006, mas teve
recuperação em 2010, apontando crescimento
10,4% do PIB.
O ritmo de crescimento veio se mantendo
elevado frente a outras economias globalizadas até o
ano de 2014, quando as perspectivas de que a
Para tentar contornar o escândalo, o China continuasse a crescer no mínimo 7% ao ano,
presidente Michel Temer convidou diversos mas teve queda, mantendo-se abaixo das previsões,
empresários para um jantar em uma churrascaria taxa essa que é a menor em 25 anos.
próximo do Palácio, mas verificou-se que o local não Após vários anos de crescimento robusto, o
servia cortes brasileiros mas sim, argentinos, país mostra que a bolha de crescimento está
uruguaios e australianos... um vexame. estourando e a desaceleração da economia pode ser
progressiva e se ocorrer, afetará a economia global
com graves consequências.
CRÍTICAS E ELOGIOS AO MODELO NEOLIBERAL AS ALTERAÇÕES DO PERFIL DA ECONOMIA
CHINESA
TÓPICOS RELACIONADOS: O governo da China está mudando o perfil
RECESSÃO NA CHINA, ELOGIOS E CRÍTICAS AO da sua economia, que até então era exportadora,
MODELO NEOLIBERAL, UTOPIA, CONTEXTO, para um modelo voltado para o consumo interno
CONFLITOS NO MUNDO, PRIMEIRA GUERRA, (fato garantido pois tem uma população de mais de
SEGUNDA GUERRA, IMPERIALISMO. um bilhão de habitantes) mas para isso terá que
qualificar o salário dessas pessoas para que possam
CHINA REDUZ CRESCIMENTO ECONOMICO E absorver a produção interna.
ABALA PRINCIPAIS BOLSAS DE VALORES.
Pirâmide etária da China para 2050
Previsão de crescimento do PIB da China para
2015

Os mercados internacionais demonstraram-


se apreensivos novamente com a queda de 8% da
bolsa de Xangai o que provocou uma fuga de ativos

ATUALIDADES 7
O Banco Central da China está se voltando NEOLIBERALISMO - CRITICAS E ELOGIOS AO
para a orientação do crescimento sustentável da MODELO.
economia do país e poderá, segundo os analistas, As ideias neoliberais tornaram-se
cada vez mais limitar investimentos do exterior no hegemônicas a partir da década de 70, sendo
país. implantada no Brasil com a equipe econômica do ex-
As exportações começaram a cair devido a presidente Color de Mello entre os anos de 1990 e
crise internacional e o governo chinês resolveu 1992 quando veio a renunciar ao cargo sob
desvalorizar o iuan para que seus produtos acusações de corrupção.
continuem tornando-se “mais competitivas” no Após 40 anos de analises os resultados em
mercado internacional, o que foi interpretado pelos nível economico global ficaram muito abaixo do que
analistas do FMI como um “ajuste” e não era prometido, gerando menos crescimento, mais
propriamente uma crise. desemprego, maior endividamento dos Estados,
maior concentração de renda e desigualdade social e
CONSEQUENCIAS DE UMA DIMINUIÇÃO DO graves crises econômicas globais como a que
CRESCIMENTO CHINÊS. assolou os EUA em 2006 e na União Europeia em
O pé no freio do governo chinês na 2008 e que se arrasta até hoje. Afinal, o que é que
economia implica que irá reduzir a importação de aconteceu?
commodities e impactará diretamente nos países
fornecedores, entre eles o Brasil e os demais países CONTEXTO HISTÓRICO DO NEOLIBERALISMO
do BRICS.
Automaticamente houve uma grande procura O século XX foi conturbado por várias e
por dólares por parte dos investidores europeus e de graves crises econômicas como a queda da bolsa de
outros países o que elevou o preço da moeda para valores de Nova Iorque em 1929 e por duas guerras
R$ 3,58 sendo o mais alto nível nos últimos 10 anos. que envolveram dezenas de países diretamente nos
Com a queda da China e consequentemente conflitos.
dos países do BRICS pode haver uma retração nos
investimentos nos países emergentes devido a A CRISE DE 29 E AS AÇÕES DE ROOSEVELT
desconfiança do cenário econômico por parte dos Para sair da crise de 1929 o presidente
investidores. Franklin Roosevelt criou o NeW Deal (Novo Acordo)
Há um cenário preocupante para os entre os anos de 1933 a 1937.
analistas, que dizem que se a China mantiver a Entre os diversos programas desenvolvidos pela
política interna de crescimento economico com equipe econômica estava o investimento maciço em
redução de importação, grande parte do que é obras publicas por parte do governo como usinas
produzido no país depende de matéria prima externa hidrelétricas, barragens, pontes, hospitais, escolas,
e esse caminho tomado pelo governo pode gerar aeroportos, obras essas que geraram milhares de
inflação, o que poderá resultar em um tiro pela empregos mas o projeto não tinha apoio de uma
culatra. parcela dos economistas que tinham ceveras criticas
Também a desvalorização da moeda chinesa ao modelo defendido por Roosevelt e seus
para tornar seus produtos mais competitivos poderá economistas.
gerar uma “guerra cambial” com outros países O New Deal previa também a destruição dos
também emergentes praticando também a estoques de gêneros agrícolas como o algodão e
desvalorização de suas moedas para poderem milho, para justamente conter a queda dos preços.
competir com a China, com redução do lucro e baixo O governo de Roosevelt passou a controlar os
custeio da produção, não sendo esse um cenário lá preços e também a produção para evitar a
muito positivo. superprodução de gêneros e assim, manter o
A queda das importações da China controle e a recuperação da economia.
tracionaram negativamente o preço das commodities Roosevelt propôs algo inusitado para a época,
atingindo a empresa de mineração Vale (ex-Vale do que foi a redução da carga horária de trabalho para
Rio Doce) cujas exportações de ferro tiveram queda abrir novos postos de emprego, fixando o salário
de 4% e também o petróleo, com uma nova mínima mínimo, criando também o seguro-desemprego e o
no ano, quase tornando desaconselhável as seguro idoso ou velhice.
perfurações e extrações do petróleo do Pré-Sal.
Os contratos com a exportação do café Logo que houve a lenta recuperação dos
também recuaram, acompanhando a queda também EUA a Europa entrou novamente em colapso com a
do açúcar bruto. Segunda Guerra Mundial e que envolveu direta ou
Se o quadro economico não der uma reviravolta, um indiretamente diversos países, atrelados ou
cenário não tão positivo se avizinha para os dependentes da economia capitalista.
próximos meses também no Brasil. Após a Segunda Guerra e vários anos para
Fonte: ALVARENGA, Darlan. Entenda o que está acontecendo na China e os se recuperarem das ondas de depressões
reflexos nos mercados. Globo G1. Economia. Mercados 24/08/2015 econômicas, o capitalismo pareceu “organizar-se” de
forma a conciliar democracia com crescimento
econômico, daí esse período ser chamado por
alguns como “capitalismo organizado”.

ATUALIDADES 8
TRANSFORMAÇÕES ESTRUTURAIS exponencial da tecnologia que caiu na grassa do
Uma das importantes transformações consumo de massa, gerando trilhões de dólares de
estruturais do modelo capitalista foi uma vigorosa lucros, com plena geração de empregos, rendas
pressão pela democracia proveniente da população elevadas, bem estar social (claro, tudo isso para o
dos países que foram destroçados economicamente primeiro mundo.
pela crença cega no equilíbrio da “mão invisível dos
mercados” de Adam Smith e também por povos que Fuga de capitais
passaram a exigir a independência frente ao modelo Um dos problemas era a “fuga de capitais”
neocolonizador imperialista das “nações civilizatórias que poderia reproduzir as crises que assolaram as
ocidentais”, que enriqueceram sobremaneira sobre o economias no passado, daí as pressões
empobrecimento dos países africanos e asiáticos. democráticas limitarem o movimento livre de capitais
Houve diversas reações populares contrárias e de certa forma controlaram o ritmo.
ao imperialismo e à ditaduras nazistas e fascistas no As harmonias se esfacelaram a partir da
mundo, através de formas de luta de emancipação década de 70 e o equilíbrio e convivência pacífica
dos países e de expansão da cidadania e direitos até aí reinante se chocaram quando a economia se
sociais, que na Rússia foi liderada por movimentos desacelerou e a inflação tornou a se mostrar
anticapitalistas e quando não tornaram-se revoluções nervosa, necessitando de urgente mecanismos de
socialistas, exerceram pressão para que o regulação.
capitalismo sofresse reformas. A saída pela Direita era a do modelo
A época da confiança cega em uma auto Neoliberal que afirmava que a estagflação1 era
regulação (Adam Smith) do mercado ficou devido às incompatíveis irracionalidades econômicas
desacreditada com as duas guerras e a crise de 29 e da democracia e como apoio, diversos discursos que
os países foram, através de intensas pressões transferiam a culpa da crise: “os salários estão muito
populares, direcionados à uma política que pudesse altos”, “não há como todo mundo viver bem”, “os
criar empregos, com salários acima da inflação ou pobres tem que viver com pouco”, “se todos
seja, ganhos reais, o que catapultou as economias, quiserem ter tudo não haverá lugar para ninguém”,
com planos de fomentar o bem estar das populações “altos salários elevam o custo de vida”.
dos países desenvolvidos. Algumas saídas pela Esquerda afirmavam
O curioso é que a busca pelo direito do bem que a saída da contradição da social democracia
estar ficou restrita aos países desenvolvidos seria a expansão dos investimentos sociais (gastos
economicamente, ao passo que para conseguirem sociais) com a criação de impostos sobre as
matéria prima barata, o modelo buscou investir em fortunas.
industrialização nos subdesenvolvidos, com vultosos Para os intelectuais democráticos a
benefícios de impostos unilaterais, forçando aos sobrecarga democrática era a raiz dos desequilíbrios
governos locais que permitissem a evasão de da economia, assim como a sobrecarga dos serviços
divisas, utilizando mão de obra barata, tudo com o públicos (acima da capacidade de poupar própria do
conhecimento dos governos dos países capitalismo) e os elevados salários e benefícios
subdesenvolvidos (governos fracos e submissos) sociais (acima da produtividade do trabalho) - claro
que vendiam-se e lucravam sobre a sua própria que a baixa produtividade do empresário, o seu
população ludibriada. elevado custo de vida e o apego às trivialidades com
requinte, não faizm parte da conta no prato da
A segunda grande transformação do sistema balança.
capitalista foi na forma em que as economias globais O bode expiatório encontrado foi o excesso
se integravam, relações que em parte foram de proteção sobre os trabalhadores e empresas que
destruídas ou abaladas com a Segunda Guerra acarretavam a diminuição da competitividade e o
mundial. aumento dos custos era a raiz do baixo crescimento
Os EUA surgiram no pós-guerra como a e da improdutividade.
maior potencia econômica do planeta, sendo o Para que o sistema funcionasse, o “outro”,
credor internacional e se metendo em tudo o que era por mais que saiba e tenha excelentes qualificações,
problema ou então, criando ou explorando problemas precisa ganhar o mínimo para poder compensar
para que pudesse enviar soldados sob a alegação de economicamente o investimento.
proteger a democracia local, passando assim a O fato é que a crise se abateu violentamente
influenciar diretamente ou indiretamente através de sobre os diversos países do mundo e não foi
grandes somas de dinheiro a política local. diferente com o Brasil nas décadas de 70 e 80, com
falências, planos econômicos mirabolantes, inflação
Ao que parece, tanto as pressões de 2.500% ao ano e desespero.
democráticas e melhoria de vida, bem como o Os sindicalistas no mundo apoiavam as
crescimento e expansão capitalista sob hegemonia ideias Keynesianas, com intervenção do Estado
dos EUA conviveram, embora com rumos opostos, para a manutenção do pleno emprego, contrário aos
relativamente bem até a década de 70. Neoliberais que afirmavam que a redistribuição
Pode-se constatar com isso que as duas
décadas do pós Segunda Guerra foram a “Era 1
Estagflação: é um momento de recessão econômica
Dourada” do capitalismo, com mercados se com diminuição das atividades econômicas e aumento de
integrando em grande velocidade, crescimento desemprego.

ATUALIDADES 9
deveria ser contida em favor da acumulação e da camada essa formada por indivíduos sem
poupança, distante da intervenção publica, ou seja, sorte e principalmente sem mérito.
favorável ao Estado Mínimo.
11. Banco Central Independente.
Visão Neoliberal para solucionar as crises
econômicas no mundo e no Brasil. Como o projeto neoliberal ganhou espaço?

1. Redução dos impostos sobre os lucros, O discurso Neoliberal ganhou simpatia da


salário e dividendos dos empresários, assim população de diversos países em parte por
ocorrendo poupança e acumulação de forma desconhecimento político ou falta de
que o empresário possa ter dinheiro para acesso/interesse à maiores informações, mas em
investir no aumento da produção e grande parte as pessoas foram convencidas através
consequentemente de mais empregos, que das diversas mídias que se limitaram às noticias e
acabam retornando com o benefício dos informes que abordavam apenas os aspectos
salários para a população e na forma de positivos do projeto Neoliberal, sem discutir as suas
arrecadação para o Estado. contradições, assim a maioria da população
escolheu candidatos e demais líderes políticos
2. Redução do Estado ao seu mínimo com o alinhados ao projeto Neoliberal.
fim de qualquer regulação e orientação do Com uma poderosa mídia de massa com acesso
gasto da iniciativa privada pelo governo a mais de 95% das residências, os votos então são
de certa forma democraticamente induzidos? Claro
3. Todos os bens que são controlados, que não! Ou sim?
administrados ou dirigidos pelo Estado como
Universidades Federais e Estaduais, Como foi feito para quebrar a força sindical dos
Hospitais Universitários federais e todos os países?
demais centros de saúde publica, devem ser
passados para a iniciativa privada, Taxa de juros dos EUA 1979
assim como os bancos públicos (BB, CEF,
BC) e todas as empresas estatais, além da
liberalização internacional de fluxos de
capitais (evasão de divisas)

4. Cabe ao Estado apenas prover segurança


(exercito?) e garantia de direitos civis e
contratos, mantendo apenas algumas
escolas, universidades e centros de
pesquisa, orientando a economia para a Era um grande desafio para os políticos
acumulação capitalista, reduzindo assim os interessados em implantar o modelo Neoliberal na
gastos do Estado Europa e o movimento sindical iria se organizar e
esclarecer a população sobre as vantagens e
5. O Estado deve ser administrado por desvantagens do modelo, o que geraria com certeza
indivíduos econômicos e racionais, que movimentos pelas ruas tanto de apoio como de
administrariam a riqueza da melhor maneira
protestos.
possível sem interferência na política.
Para fragilizar a força dos movimentos
sindicais nos diversos países do mundo era
6. Quebrar a reserva nacional contra a
necessário esperar e aproveitar um momento ideal
concorrência internacional (abrir fronteiras).
ou esperar/provocar uma crise.
O momento surgiu e foi bem aproveitado
7. Generalizar a concorrência e estimular o quando o governo dos EUA elevou em 1979 os juros
esforço e a eficiência das empresas. de sua economia, o que provocou uma recessão
internacional que foi prolongada por longos quatro
8. Por fim à iniciativas de proteção social anos, desequilibrando as economias do mundo todo
universal e de empresas, com isso e levou à insustentabilidade de diversos governos do
impedindo o acomodamento de cidadãos mundo, inclusive do governo militar no Brasil, que já
indolentes, ações que seriam conseguidas
tinha “mordido a isca” desde 1964, aceitando
com projetos disciplinares.
empréstimos e cada vez mais se atrelando à
dependência internacional, contraindo empréstimos
9. Fim das políticas sociais de universalização
gigantes com o FMI, fazendo obras de infra
de bens e serviços (hospitais, vacinação,
estrutura, mas com um cenário político que já ia
etc) devido ao custo desses serviços que preparando terreno para as privatizações que viriam
recaem sobre os empresários. pela frente.
10. Os serviços sociais devem ser mínimos e
focados apenas nos menos favorecidos,

ATUALIDADES 10
Bastava só encontrar políticos que caíssem medidas a classe média alta em apoio aos projetos
na graça do povo, mas com formação ideológica neoliberais.
voltada para os interesses dos EUA. A mídia trabalhava a favor das medidas e
A grande massa dos países ajudou a manter enfraquecidos os movimentos
subdesenvolvidos não compreende muito bem o populares e sindicais, desestimulando reações ao
funcionamento da política, não sabe o que faz um novo modelo econômico que foi implantado a partir
vereador, prefeito, deputado estadual ou federal ou da década de 80 .
senador, pois a formação política ou as leis Nos países de centro europeu, ocorreu a
constitucionais não fazem parte do currículo escolar, privatização dos serviços públicos e das empresas,
assim desconhecem quase por completo os seus incorrendo na redução dos chamados “gastos
direitos ou o funcionamento da administração do sociais” e abertura do país para a entrada livre de
país. capitais (União Europeia).
Essa fragilidade populacional é sempre Já os países periféricos do centro econômico
explorada e maciçamente trabalhada por uma mídia o Neoliberalismo foi imposto desde o início da
ostensivamente presente, encarregada de conquistar década de 90 e a forma de quitar as dividas era
a confiança da população, divulgar e encantar os através da venda do patrimônio do país.
eleitores induzindo ao voto, assim, os candidatos Para implantar o Neoliberalismo no Chile a
conseguem chegar ao poder de forma democrática estratégia foi patrocinar o líder e ditador Pinochet,
através do voto “livre” e “consciente”. atendendo aos interesses da burguesia e das elites
políticas locais. Já em outros países houve a
FERNANDO COLOR DE MELLO promessa de controle da economia e crescimento do
O primeiro político a implantar o modelo país através de colaboração financeira que
Neoliberal pós governo militar no Brasil foi o ex- restauraria o crescimento econômico do país. (FMI e
presidente Fernando Color de Mello e sua equipe Banco Mundial na Era Fernando Henrique Cardoso e
econômica. a venda das estatais)
Quem deu continuidade ao modelo foi o ex-
presidente Fernando Henrique Cardoso, com o Relembre as Crises do petróleo
ministro do Planejamento José Serra, com o maior
programa de venda das estatais da história do Brasil. Primeira fase
A explicação para tal procedimento foi a de Em 1956 depois que o presidente do Egito na época
que a venda serviria para cobrir a dívida realizada Gamal Nasser nacionalizou o Canal de Suez até
nos governos anteriores. então propriedade de uma empresa Anglo-Francesa.
O canal é uma importante passagem para
Tanto no Brasil como na Inglaterra de exportação de produtos da região para países
Margareth Thatcher (com apoio do então presidente ocidentais, pelo que em virtude dessa crise, o
Ronald Reagan nos EUA) a crise internacional abastecimento foi interrompido, com o bloqueio do
abalou as economias, elevando o desemprego, Canal, levando a um aumento súbito do preço do
perda do valor salarial com a inflação, sem contar a petróleo.
fuga de capitais para paraísos fiscais.
As mídias dos países ajudaram a enfraquecer os Segunda fase
sindicatos e a desconstruir a imagem de líderes Aconteceu em 1973 em protesto pelo apoio prestado
populares, fazendo denuncias e desacreditando pelos Estados Unidos a Israel durante a Guerra do
tanto os movimentos sociais, dizendo serem Yom Kippur, tendo os países árabes organizados na
formados por baderneiros que só agravam a situação OPEP aumentando o preço do petróleo em mais de
do país com quebra-quebras e violência, obrigando a 400%.
polícia a agir de forma repressora.
As mídias também convergem na desconstrução das Terceira fase
instituições do Estado, utilizando-se dos gastos Ocorreu em 1979 durante a crise política no Irã e a
públicos como o motivo das dificuldades vividas consequente deposição de Xá Reza Pahlevi o que
pelos países sendo necessário, para sair da divida e desorganizou todo o setor de produção no Irã, onde
da crise, vender o patrimônio. os preços aumentaram em mais de 1000%. Na
O mesmo discurso foi utilizado no Brasil e sequência da Revolução iraniana, travou-se a Guerra
largamente explorado pelas maiores mídias do país Irã-Iraque, na qual foram mortos mais de um milhão
durante a Era das privatizações. de soldados de ambos os países, tendo o preço
A grave crise enfrentada pela Europa disparado em face da súbita diminuição da produção
quebrou a resistência dos Sindicatos e a Política do de dois dos principais produtores mundiais.
Dólar Forte aniquilou os países que buscavam se
industrializar com dinheiro externo e que agora Quarta fase
tinham dificuldades para honrar os compromissos da Foi a Guerra do Golfo em 1991, depois que o Iraque
dívida. Era necessário apresentar pacotes governado por Saddam Hussein ter invadido o país
econômicos de reforma da economia. vizinho Kuwait, um dos maiores produtores de
A solução apresentada foi a alta dos juros petróleo do mundo. Com a invasão das forças
para controlar a inflação, trazendo com essas militares dos EUA e dos países aliados, os
iraquianos foram expulsos do Kuwait. Contudo

ATUALIDADES 11
incendiaram alguns poços de petróleo do emirado 5. Partido da Liberdade (Holanda)A extrema-
provocando uma crise econômica e ecológica.. direita holandesa é conhecida pelo seu
criticismo feroz ao Islão. O líder, Geert
Wilders, é conhecido por dizer "Eu não odeio
os muçulmanos, eu odeio o Islão" e luta pelo
repatriamento de todos os muçulmanos
Quinta fase: atualmente no país. Mantém quatro lugares
Atual crise quando se sabe que o petróleo tem prazo no PE.
para acabar e os preços já começam a subir, com 6. Movimento por
disputas por áreas produtoras no Oriente Médio uma Hungria Melhor (Hungria)Um dos
pelos EUA mais óbvios partidos neo-nazis no
BASTOS, Pedro Paulo. A utopia neoliberal.: o capitalismo contra a democracia. Parlamento Europeu, manteve o resultado e
Economia. Carta Maior. 8/5/2015 os seus três assentos. Defende que os
residentes judeus assinem um registo
Crescem os partidos de extrema direita especial, classificando-os como um "risco
contrários ao modelo Neoliberal na Europa. para a segurança nacional".
7. Partido da Liberdade da Áustria (Áustria)
O partido de extrema-direita duplicou, para
quatro, o número de representantes, com a
bandeira da anti-imigração, em particular a
muçulmana. O líder, Heinz-Christian Strache,
no entanto, diz que não é racista porque
"come kebabs".
8. Liga Norte (Itália) "A África não tem
produzido grandes génios, como se pode ver
na enciclopédia do Rato Mickey", é a visão
de um dos antigos eurodeputados do partido,
que cresceu 6% nos votos.

Questões:

1. Partido Nacional Democrático EXERCÍCIOS SOBRE NEOLIBERALISMO


(Alemanha)O neo-nazi PND faz campanha
baseado na ideia de travar a imigração, com 01-Analise as alternativas abaixo e marque com V
slogans como "o barco está cheio" e para Verdadeiro ou F para falso:
insistindo que a Europa "é um continente de
brancos". I. ( ) o neoliberalismo tornou-se hegemônico
2. Aurora Dourada (Grécia)O partido ultra- como teoria econômica nos países de
nacionalista grego, cujo líder tem uma cruz economia capitalista a partir da década de
suástica tatuada, conquistou os seus 1970.
primeiros lugares no Parlamento Europeu. II. ( ) o modelo economico neoliberal foi
Tem vários dos seus membros na prisão por implantado no Brasil durante o governo do
fazerem parte de uma organização ex-presidente Fernando Color de Mello em
criminosa. O partido insiste que não é nem 1990.
criminoso nem neo-nazi e agora o terceiro III. ( ) os críticos do sistema neoliberal alegam
mais votado na Grécia. que após 40 anos da implantação do modelo
3. Partido dos Finlandeses Neoliberal o resultado ficou muito abaixo do
(Finlândia)Eurocético, antes conhecido prometido, com um quadro generalizado de
como o Partido dos Verdadeiros elevado índice de desempregos,
Finlandeses, tem surgido em várias endividamento crônico dos governos que
polémicas. Em 2011, um elemento foi adotaram esse modelo, grande concentração
multado por comentários que fez no seu de renda, crescimento dos bolsões de
blogue contra os muçulmanos, enquanto miséria e crescente desigualdade social.
outro recusou um convite para as IV. ( ) O modelo neoliberal foi implantado nos
celebrações do Dia da Independência EUA durante o governo de Ronald Reagan
porque não queria ver casais do mesmo V. ( ) o modelo neoliberal foi implantado na
sexo. Inglaterra durante o governo de Margareth
4. Partido do Povo Dinamarquês Thatcher.
(Dinamarca) Conquistou quase 27% dos
votos e duplicou o número de Assinale a alternativa correta:
eurodeputados, com o fundador do partido a a) F,F,F,F,F
defender que a Dinamarca não é um país b) F,V,F,V,F
onde a imigração é natural ou bemvinda. c) V,V,V,F,F
d) V,V,V,F,V

ATUALIDADES 12
e) V,V,V,V,V TÓPICOS RELACIONADOS:

Resposta letra e Sugestão de filme para compreender a complexa


região do Oriente Médio e as teias culturais e
GLOBALIZAÇÃO religiosas
As Cruzadas - A Primeira Cruzada
Ano: 2010 Banca: ESAF Órgão: CVM Prova: “Uma incrível história sobre as batalhas pela
Analista de TIC - Infraestrutura (+ provas) conquista de Jerusalém, Cristãos e muçulmanos em
02-A globalização dos mercados financeiros facilita: 200 anos de uma guerra sem fim, excelente
a) o surgimento de operações diretas entre países. documentário.
b) a realização de operações envolvendo múltiplos https://www.youtube.com/watch?v=kBol2p_S1F4
agentes.
c) o aparecimento de instituições financeiras ESTADO ISLÂMICO
multinacionais.
d) a percepção da necessidade de regulação Mapa da região do Estado Islâmico entre o Iraque
sistêmica supranacional. e Síria.
e) o aumento dos riscos inerentes ao sistema.

Resposta d

Ano: 2006 Banca: CESPEÓrgão: SEDUC-PAProva: Professor - História


03-A globalização econômica dos dias atuais

a) é um processo sem raízes na história do


capitalismo.
b) inclui-se na evolução complexa das formas de
produzir e consumir que se desdobra da Terceira
Revolução Industrial.
c) não encontra apoio na nova ordem política
internacional em gestação.
d) está relacionada à ampla socialização e
distribuição eqüitativa dos bens da produção. O Estado Islâmico (EI ou ISIS) vem
ocupando importante espaço nos principais meios
Resposta B midiáticos no Brasil nos últimos meses, mas essa
organização não é recente como se parece crer, mas
Ano: 2015 Banca: IDECAN Órgão: PRODEB Prova: Assistente - Operação já vinha pleiteando sua existência desde o ano de
04-“Dois conceitos muito discutidos nos dias 1999, na Jordânia, país do Oriente Médio que faz
atuais: __________________ é um processo fronteira com o Iraque, Síria, Arábia Saudita e Israel.
econômico e social que estabelece uma
integração entre os países e as pessoas do
mundo todo, de modo que as pessoas, os
governos e as empresas trocam ideias, realizam
transações financeiras e comerciais e espalham
aspectos culturais pelos quatro cantos do
planeta; enquanto __________________ é um
conjunto de ideias políticas e econômicas
capitalistas que defendem a não participação do
estado na economia. De acordo com esta
doutrina, deve haver total liberdade de comércio
(livre mercado), pois este princípio garante o
crescimento econômico e o desenvolvimento
social de um país." Assinale a alternativa que
completa correta e sequencialmente a afirmativa
anterior.
a) neoliberalismo / globalização A organização e comando do Estado
b) globalização / neoliberalismo Islâmico quer implantar um novo país ocupando
c) socialismo / liberalismo econômico áreas do atual Iraque e da Síria, reacendendo nessa
d) liberalismo econômico / socialismo região a luta pela delimitação de fronteiras de países
que foram ocupações europeias num passado
resposta b
recente.

O novo país pretendido tem o islamismo


sunita como religião oficial e essa organização

ATUALIDADES 13
política foi idealizada por Abu Musab al-Zarqawi Governo manipulado (títere)
ainda em 1999.

Abu Musab al-Zarqawi Abu Musab e seus apoiadores, assim como


Osama Bin Laden e seus correligionários da Al-
A organização político religiosa de Abu Qaeda eram contrários ao governo que assumira o
Musab embora tenha sido fundada e iniciada na poder político do Iraque, governo esse considerado
Jordânia acabou conquistando apoiadores e se como títere e totalmente dominado e subserviente
desenvolvendo durante os combates contra os aos interesses dos EUA.
soldados dos EUA e seus aliados, quando das Os EUA haviam derrubado Saddam
intervenções militares no Iraque desde 2001 (O Hussein (enforcado em 2006) e implantado uma
governo Bush acusou Osama Bin Laden de ser o Autoridade Provisória da Coalisão, que não foi aceita
mandante dos ataques às torres gêmeas do World por uma parte da população, depois substituída em
Trade Center – WTC em 2001 e passou a perseguir junho 2004-2005 por Ghazi Mashal, e por Jalal
a organização Al Qaeda em diversos países do Talabani (2005-2014), Fuad Masun (2015- hoje)
Oriente Médio)
Os revolucionários pretendiam derrubar o
Osama Bin Laden governo imposto pelos estrangeiros, punir os
políticos e grupos que se venderam e colaboraram
com a intervenção estrangeira no país. Assim que se
estabelecessem no poder, buscariam derrotar as
forças xiitas e fundar um novo país islâmico e
sunita.
No ano de 2006 do enforcamento de
Saddam Hussein também o líder Abu Musab foi
morto (imagem abaixo), mas ao contrário do que as
forças ocidentais imaginavam, ao invés de
enfraquecer a organização, essa se uniu a outros
grupos sunitas e acabaram por formar o Estado
Islâmico do Iraque, implantando duras leis nas
No ano de 2004 a organização de Abu áreas em que atuavam.
Musab se uniu às forças de Osama Bin Laden, Uma reviravolta ocorreu com o passar dos meses,
tornando-se um dos grupos mais ferozes no combate quando líderes tribais sunitas se descontentaram
contra os EUA e países apoiadores dos conflitos no com as praticas ultraviolentas utilizadas pelo grupo
Oriente Médio. do Estado Islâmico do Iraque e essa discordância
enfraqueceu o movimento, criando atritos e
desavenças internas.

O ano de 2010 surgiu Abu Bakr Al-Baghadi


para liderar o Estado Islâmico e conseguiu apoio
simpatia para a sua causa quando o governo xiita de
Jalal Talabani (2005 -2015) passou a marginalizar
os sunitas no país, recrudescendo os conflitos
sectários.

Abu Bakr Al-BAghdadi

ATUALIDADES 14
energia que invade e passa a dominar com força de
armas, extraindo o petróleo e utilizando desse
recurso para financiar a sua expansão.
Uma das cidades detentoras de grande
produção de petróleo é Mosul, próximo ao rio Tigre,
que extrai por dia cerca de 2 milhões de barris ( o
Brasil extraiu em setembro de 2015 a marca de 2,2
milhões de barris por dia. Se contar a extração de
petróleo e gás o total só do Brasil foi de 2,88 milhões
de barris, mas se contado o total com outras
empresas internacionais que aqui atuam, o total foi
de cerca de 3,01 milhões). Ou seja, não falta
dinheiro para o financiamento dos combates do
O novo líder Abu Bakr acabou por alastrar Estado Islâmico.
no ano de 2013 o movimento para a Síria, Além de controlar uma parcela da produção
combatendo o governo de Bashar Al Assad. de petróleo, o Estado Islâmico também tomou posse
Com forte atuação tanto na Síria como no da central de gás de Shaar e também de Deir es-
Iraque o novo líder Abu Bakr unificou os Zour, na Síria.
movimentos e ampliou a organização para EIIL ou, Segundo os especialistas, calcula-se que o
Estado Islâmico do Iraque e Levante (Síria), ou ISIS Estado Islâmico ganhe por dia mais de um milhão de
na expressão em inglês. dólares com a venda do petróleo e gás.
Enquanto o barril de petróleo esta custando
Como avanço das forças de Abu Bakr e a cerca de 100 dólares no mercado internacional, o
conquista de dezenas de cidades tanto no Iraque Estado Islâmico está operando em liquidação,
como na Síria, no ano de 2014 o líder Abu Bakr vendendo a 30 dólares no mercado internacional,
proclama a criação de um novo Califado (líder atiçando o interesse de grandes grupos políticos e
político e religioso sucessor do profeta Maomé, líder econômicos que estão comprando muito petróleo à
da comunidade (Umma) dos muçulmanos (Maomé preços ínfimos, mantendo a guerra aquecida,
morto no ano de 632 dC). condenando países e populações próximas às áreas
dominadas pelo Estado Islâmico, sem muito
Até o momento o Estado Islâmico ou o novo interesse que esse conflito tenha fim rápido, pois
Califado de Abu Bakr pode ser chamado um proto- muita gente está lucrando com os insurgentes.
estado, ou seja, não é ainda um país. Embora tenha
sido proclamado, não se sabe quais serão os EXTREMA VIOLÊNCIA E CRIMES DE GUERRA
desdobramentos dos próximos anos, mas já está Por vezes as mídias retratam graves
tentando se alicerçar como um novo país, com punições e assassinatos em massa perpetrados
cobrança de impostos e obedecendo rigidamente as pelos simpatizantes do Estado Islâmico, com
leis da Sharia. A área até o momento se equivale a sequestros, fuzilamentos, enforcamentos,
da Grã-Bretanha ou 210 mil km² crucificações, espancamentos, decapitação de
jornalistas internacionais, tudo feito em praça
FINANCIAMENTO DO ESTADO ISLAMICO publica, crimes esses que não foram aprovados por
Promover uma guerra e mantê-la não é uma líderes locais, que também passaram a ser
empreitada nada barata, envolvendo aí milhares de perseguidos e mortos.
dólares para fornecimento de armamento pesado, O uso do terror como arma de guerra sempre
munição em grandes quantidades (só esses dois foi utilizado na história de conflitos, mas nada
itens já deixam as indústrias bélicas muito felizes, justifica tamanha brutalidade, inclusive, fazendo com
gerando empregos e com investimentos por parte de que o movimento perca apoio internacional, mas a
bancos em alta, sem contar a bolsa de valores), tática de guerra do terror, cortando cabeças e
veículos terrestres e aéreos, uniformes, remédios, publicando na internet tem o seu efeito psicológico,
logística de chegada e retirada de solados mortos e fazendo com que muitos soldados iraquianos e
feridos (precisa levar ao corpos para casa para os também soldados de outros países deixem as áreas
rituais de entrega de bandeiras, caixões, desfile, de conflito pelo receio de serem capturados pelos
comoção, vaga na sepultura, todos valores inimigos.
importantes para a movimentação da economia),
sem contar os anúncios na mídia de condecoração NOVOS ACONTECIMENTOS ALTERAM O RUMO
de herói e participação de guerra, entre outros. DA SÍRIA
Antes do Estado Islâmico crescer e dominar No início do mês de outubro de 2015 a
áreas do Iraque e Síria, quem custeava os Rússia entrou em atividade bélica no Oriente Médio,
revolucionários, segundo especialistas do NOREF, bombardeando fortemente as forças do Estado
era a Arábia Saudita e outros países do Golfo Islâmico, atingindo bases armadas, postos de
Persico, mas com o progresso das forças de Abu comando e equipamentos bélicos das forças do ISIS.
Baker, o movimento tornou-se auto suficiente. O grupo ultra-fundamentalista que já
O Estado Islâmico consegue grandes controlava partes da Síria e Iraque se viu impotente
recursos do petróleo do Iraque, das fontes de frente às forças russas.

ATUALIDADES 15
Ao anunciar o novo califado do Iraque e Levante
As forças dos EUA que apoiam o Estado (EIIL 0 Estado Islâmico do Iraque e Levante), Abu
Islâmico ficaram sem ação frente aos aviões e Baker pediu que todos os muçulmanos passassem a
sequencia de bombardeios russos. jurar lealdade ao novo califa.
Vladimir Putin afirmou que agiu de acordo
com a solicitação do próprio governo da Síria e Califado quer dizer “sucessão”, ou seja, quando o
disse que as ações militares na região poderão durar fundador do islamismo morreu no ano de 632 d.C
por três meses. (profeta Maomé), para que todos os ensinamentos
Após as ações dos aviões russos, o primeiro do profeta e das áreas conquistadas pelo islamismo
ministro do Iraque se pronunciou dizendo que: não se perdessem, foi criada uma linha sucessória
“ações militares dos russos no Iraque também ou um califado.
seriam bem-vindas”. O califa, portanto, é visto como o sucessor
A China também afirmou que poderia prestar do profeta Maomé como chefe da nação muçulmana
ajuda na região, contra o Estado Islâmico. e líder da comunidade dos muçulmanos, com
Alguns Jornais dos EUA críticos às ações de autoridade para aplicar a Sharia (lei islâmica).
Obama e da cúpula militar do país publicaram
análises sobre as ações de intervenção do A expressão Umma significa “comunidade
Pentágono no Oriente Médio e, segundo o que muçulmana” e o Califa é o líder da Umma.
externaram, novamente as ações externas de
intervenção mostram-se catastróficas e caóticas para Contudo não há um consenso entre os muçulmanos
as populações locais e para os países vizinhos, que sobre o califado, pois desde que Maomé morreu, há
ao invés de reduzir os conflitos e normalizar as divergências na compreensão sobre quem é que
questões políticas e econômica, destruíram a deve suceder Maomé, se os descendentes de
economia, as relações sociais e desequilibraram a sangue do profeta (ideia essa defendida pelos xiitas)
geopolítica, recrudescendo a violência e a já os sunitas entendem que a sucessão não precisa
paralisação econômica, falindo os países, ser necessariamente dos descendentes de Maomé,
destroçando as cidades e provocando milhares de portanto, o califado pertence a compreensão sunita.
emigrações de pessoas para outros países em busca
de segurança e uma nova vida. A expansão islâmica acompanha a expansão do
Washington acreditou durante muito tempo califado e o poderio turco otomano dominou em
que poderia controlar os países do Oriente Médio, sucessivas expansões o oriente médio e também o
fazendo intervenções políticas e militares, norte do continente africano, além das regiões do
manipulando os governos e mídias locais como Causaso e de partes do leste europeu.
quisesse, utilizando as mesmas formulas de controle
e domínio nos países latino americanos, africanos e
asiáticos. Só que ao fazer intervenções no Iraque e O califado perdurou, para os muçulmanos mais
Síria, os resultados não provocaram nenhum efeito conservadores, desde o momento em que foi criado
positivo, muito pelo contrário. logo após a morte do profeta Maomé, até o final da
Ao permitir que as monarquias do Golfo primeira Guerra Mundial (1918) quando o Império
Persico e Turquia financiassem os ultra- Turco Otomano se fragmentou sob as forças
fundamentalistas do Estado Islâmico, numa hipótese europeias na região, o que não é partilhado por
de jogar uma etnia contra a outra, essa estratégia outros muçulmanos que afirmam que o verdadeiro
tornou-se sanguinolenta, aflorando o ódio dos califato apenas durou durante os quatro primeiros
extremistas e a perda de controle sobre a região. califas ortodoxos.
As migrações que hoje buscam refúgio na A expansão islâmica foi avassaladora sob a
Europa, Brasil e dezenas de outros países são o bandeira dos:
resultado da política equivocada dos EUA na região. • Omíadas (661-750)
• Abássidas ((750-1258)
Fonte: AGUIRRE, Mariano. Instituto Norwegian Peacebuidling Resource Center. • Otomanos (1453-1924)
Publicado pela BBC Brasil.
KARASIK, Theodore. Institute for Near East and Gulf Military Analisys (INEGMA). O califado foi finalizado quando o presidente turco
MILLS, Robin. The Myth of the Oil Crisis. Mustafá Kemal aboliu a instituição do califado.

CALIFADO SUNITA DO ESTADO ISLAMICO


Desde que em 2013 o líder Abu Baker
proclamou o califado do ISIS, os combates na região
se agravaram, aumentando o numero de fugitivos
das áreas de conflito em direção a outros países,
entre eles a Europa, Asia e América.
O líder Abu Baker quer implantar um califado
nas áreas dominadas da Síria e Iraque, pretendendo
ser um herdeiro e líder político e religioso
muçulmano do novo país.

ATUALIDADES 16
TÓPICOS RELACIONADOS: expressão “Globalização”, que viralizou durante as
NOVO ESPAÇO ECONOMICO, CADEIAS décadas de 1980 e 1990, quando o auge dos
PRODUTIVAS GLOBAIS, GLOBALIZAÇÃO, ensinamentos e práticas de Margareth Thatcher
MÉXICO, COMÉRCIO INTERNACIONAL, BLOCOS (1979-1990) na Inglaterra e Ronald Reagan (1981-
ECONOMICOS. 1989) nos EUA, buscavam influenciar as economias
do mundo sobre a necessidade da integração das
A CONFIGURAÇÃO DE UM NOVO ESPAÇO economias em escala planetária, ou o clássico
ECONÔMICO, POLÍTICO E SOCIAL NO SÉCULO modelo neoliberal da Globalização.
XIX.
Não foram fáceis as décadas de 1960 a 1980
AS NOVAS “CADEIAS PRODUTIVAS GLOBAIS”. no mundo motivadas pelas frequentes crises do
petróleo com a OPEP, com as poderosas tensões da
Guerra Fria, os atrelamentos econômicos de países
com o FMI, as dívidas publicas e inflação galopante
por desindustrialização e falências de empresas que
abalaram as principais economias do planeta.
Para sair da crise alguns grandes
economistas vislumbraram a solução para a crise
global e a palavra “globalização” tornou-se a magia
que iria solucionar todos os problemas e fazer com
que os países saíssem de suas crises e vivessem
épocas de prosperidade, pleno emprego, altos
salários, felicidade, etc, etc, etc.
As principais mídias de massa no Brasil
insistiam, durante as décadas de 80 e 90, na palavra
A Globalização é um fenômeno que passou mágica que seria a garantia ou o “abracadabra” da
a ser defendido e viabilizado a partir da década de nossa expansão econômica.
80 e atualmente conectou as economias dos
diversos países do planeta em diferentes graus de As pressões foram globais e um
desenvolvimento econômico. A promessa do “terrorismozinho especulativo” vinha de brinde,
desenvolvimento dos países foi entendida e afirmando que se o Brasil não entrasse na onda da
comemorada quando os acordos passaram a ser globalização, “perderíamos o trem da história”... Uau!
concretizados, mas após duas décadas de A pressão política que se abateu sobre a
negociações multilaterais, o mundo se vê em graves população foi atroz e as condições econômicas do
crises internacionais e uma análise critica de faz país realmente eram catastróficas, com inflação na
necessária para que correções possam ocorrer. época do governo Sarney de 415% ao ano,
desemprego, desabastecimento, crise industrial, um
Tornou-se frequente nas grandes mídias de verdadeiro caos e para coroar a desgraça,
massa a utilização da denominação “Cadeias economistas de renome mergulhavam o país em
Produtivas Globais” e também a afirmação de que mais agonia com os miraculosos “planos e pacotes
o Brasil está “isolado” do mundo competitivo e econômicos”.
embora o Brasil faça acordos econômicos com Foram épocas difíceis, com novas moedas,
diversos países do mundo, nos cinco continentes, as corte de zeros, desabastecimento,
mídias tentam transparecer ou buscam induzir que o desindustrialização, desemprego, desesperança e
país está fora da “cadeia produtiva global”? e descrença política e principalmente nos economistas
fabricando um alerta gerador proposital de pânico da época ou suas ideias... que estão sendo
direcionado aos investidores, produzindo ressuscitadas novamente pelas mídias de massa.
insegurança de um certo estrato populacional que A pressão política foi tamanha que diversos
ainda lê de forma um tanto ingênua o pesado jogo de países “em desenvolvimento” se renderam à onda da
interesses que há por trás do balcão de negociações. Globalização e deixaram de lado os seus próprios
Com tanta negatividade de “especialistas” projetos de crescimento econômico que
em economia, gurus e astrólogos, desestabiliza-se a possibilitariam o desenvolvimento de suas
economia através da especulação de forma que economias, para participarem da nova onda
investidores pressionem politicamente para que se internacional.
compreenda que para o Brasil sair da crise, precisa Um dos exemplos de países emergentes que
urgentemente e simplesmente afirmar acordos de sofreu pesada pressão política e econômica foi o
livre comércio com o Japão, EUA, União Europeia, México, que resolveu aderir à NAFTA (Tratado de
rompendo então com o confabulado “isolamento em Livre Comércio da América do Norte) em 1992 e
que se encontra”, sem olhar, ou procurando iludir os hoje, após duas décadas de “abracadabrices”,
leitores sobre a real crise internacional que se abateu encontra-se com grande desemprego, baixos
sobre as maiores economias do mundo. salários, favelização, violência, trafico de drogas em
escala alarmante... ué, o que houve com a promessa
Essa nova expressão: “Cadeias Produtivas de crescimento econômico e bem aventurança?
Globais” não significa nada mais do que a antiga

ATUALIDADES 17
O país que se encontra ao lado da maior Os salários medidos em 2013 apresentavam
economia do mundo, por si só, deveria ser muito os mesmos valores de 1994.
rico, com bem estar social justamente pela O desemprego que era de 3% da população
contaminação positiva da economia, e não o atualmente é de cerca de 5%, com menor poder de
contrário. compra e com horário de trabalho de 10 horas
Quando o México assinou a participação no diárias com somente um dia de descanso semanal.
Tratado de Livre Comércio, não assinou apenas A abertura de fronteiras possibilitou que a
um livre comércio, mas sim, acordos de proteção mecanização e modernização invadissem áreas
dos “direitos dos investidores” ou seja, qualquer rurais, mas sem a contrapartida para o êxodo rural
perda causada por políticas publicas, copias de massivo que agravou a urbanização desenfreada. As
propriedade intelectual, piratarias ou outras cidades tiveram que absorver de uma hora para
adversidades, penalizariam a população. outra cerca de 4,9 milhões de agricultores que se
O México foi o país que mais se entregou à dedicavam à agricultura familiar.
onda da Globalizaçao, firmando 32 acordos de As culturas tradicionais e ainda
Livre Comércio, ou seja, buscou com força a preservadoras dos grãos sem manipulação genética
participação das “Cadeias Produtivas Globais” na como o milho e feijão associados à abobora, entre
esperança de erradicar a pobreza no país, com larga outras culturas de subsistência foram substituídas
industrialização, grande oferta de empregos de por extensas agriculturas voltadas para a exportação
qualidade salarial e tecnológica, investimentos na como da cana de açúcar, cacau, algodão, café, que
educação e qualificação da população, investimentos não são base alimentar não gerando alimentos para
em infraestrutura interna do país, bem estar e o próprio país, provocando inflação por
seguridade social, mas o que se vê é completamente desabastecimento alimentar, inclusive ameaçando a
o oposto. segurança alimentar do país em prol da exportação
O México fez acordo inclusive com a União de commodities pelo agronegócio, mas gerando
Europeia e o Japão. O que aconteceu com o modelo divisas para os índices econômicos mexicanos.
mágico que prometia melhorias? Com mão de obra barata os egressos do
campo passaram a disputar trabalhos temporários e
O modelo implantado do liberalismo tendo que aceitar as novas regras da “livre
econômico globalizante, se estivesse realmente negociação salarial” entre patrão e empregado ou o
correto, teria como grande espelho o México, que que no Brasil o governo Temer e seu novo ministro
deveria mostrar para o mundo, com orgulho, os da Fazenda Henrique Meireles vem chamando de
melhores dados possíveis, com um grande “flexibilização das leis trabalhistas”, além de também
dinamismo e diversidade econômica. tentarem aprovar as terceirizações generalizadas
O que os mexicanos queriam era evoluir para todos os setores trabalhistas do país, nos
economicamente e deixar de ser um país exportador moldes ocorridos no México.
de mão de obra para os EUA e sim, passar a
exportar produtos de bom ou alto valor agregado, Horário de trabalho no México
mas os resultados são decepcionantes. O salario pago no México é muito baixo
frente ao custo de vida imposto pela política do
MÉXICO APÓS 20 ANOS DE UNIÃO COM O governo e obriga que o trabalhador busque “horas
NAFTA. extras” para poder pagar suas contas. Embora a
Pouco se tem para comemorar pela maioria legislação trabalhista seja parecida com a do Brasil
da população mexicana após a entrada no bloco ela não é seguida na maioria do país, sendo a média
NAFTA em 1992, acordo esse assinado pelo então de trabalho registrada de 9horas e 54 minutos por
presidente George Bush e Carlos Salinas de Gortari, dia.
que na época foi o maior o maior acordo comercial
do mundo no quesito “paridade de poder de compra”. O salário mínimo no México pode ser
Em 1994 deu-se início a abertura de compreendido como sendo em média de 53 pesos
fronteiras e a eliminação de barreiras protecionistas por dia, o que equivale a 5,27 dólares por dia em
de mercado entre os membros associados, sob um uma jornada média de 10 horas de trabalho diários,
poderoso discurso de que as economias dos tres que se convertido em reais seria em torno de (dólar a
países seriam fortemente alavancadas pela livre U$ 3,52 em abril de 2016) a 18 reais por dia, ou R$
negociação e investimentos na criação de pleno 2,31 a hora de trabalho.
emprego, educação, salários, desenvolvimento e
qualidade de vida. Comparação salarial entre países
Ao se analisar os índices sociais e Valor
econômicos do México, após 20 anos, a taxa de País Valor salarial
Anual
pobreza da população que era 52% em 2012 não
mudou se comparada à registrada em 1994 quando Estados US$ 7,25 por hora ou US$
o NAFTA se concretizou. Atualmente o numero de Unidos R$ 25/hora 15.080
pessoas abaixo da linha de miséria no país Entre C$ 10,30 e C$
ultrapassa os 14,3 milhões de mexicanos em uma US$
Canadá 12,50 por hora ou R$
população de 122 milhões de habitantes, ou 19.776
36/hora
aproximadamente 12% da população.

ATUALIDADES 18
52,3 pesos mexicanos pessoas trabalham oito horas e 23 minutos
na Zona A (Baixa em média e seu salário mínimo vigente é de
Califórnia, no Distrito 127 reais por dia, mais de 3.800 reais por
Federal, Estado do mês.
México, e grandes • Estados Unidos. A maior nação do mundo
cidades), 50,96 pesos não para e apesar da crise financeira seus
na Zona B (Sonora, trabalhadores têm um salário de 7,5 dólares
US$ por hora ou pouco menos de 2.900 reais por
México Nuevo León,
1.645 mês, para trabalhar em média oito horas e
Tamaulipas, Veracruz,
e Jalisco), e 49,50 21 minutos ao dia.
pesos na Zona C • Eslovênia. Os eslovenos trabalham em
(todos os outros média oito horas e 20 minutos e o salário
estados) ou US$ 5,27 mínimo vigente é de 530 euros mensais
por dia ou R$ 2,31 / (1.211 reais).
hora
R$ 880,00[1] por mês US$ A TERCEIRIZAÇÃO E AS PERSPECTIVAS
Brasil
R$ 5/hora 2.889 ECONOMICAS PARA OS PROXIMOS ANOS COM
O NOVO GOVERNO CONSERVADOR.
Tempo de trabalho em outros países:
• México. Apesar de que os Mexicanos
tenham uma legislação trabalhista muito
parecida à nossa, inclusive estabelece que a
duração de uma jornada trabalhista deve ser
de no máximo oito horas; na realidade o
estudo da OCDE assinala que os mexicanos
trabalham em média nove horas 54 minutos
por dia. E o pior: recebem em torno de 1634 Há um curioso discurso afinado entre os
pesos mexicanos ao mês, aproximadamente países mais industrializados do mundo, setores
219 reais. bancários e uma parcela de políticos brasileiros
• Japão. Não é novidade para ninguém que alinhados com a engenharia social sobre a
outro nome para japonês é trabalho, mas os precarização dos direitos trabalhistas.
caras exageram e ocupam o segundo posto Parte de nossos parlamentares (como
da lista. Trabalham nove horas diárias em Eduardo Cunha, atual presidente afastado dos
média, por um salário de 800 ienes por hora, deputados) defende a implantação com rapidez da
mais ou menos 4.200 reais por mês. regulamentação da reforma da terceirização”,
• Portugal. Pois é, se pensa em ir morar na mesmo discurso esse do FMI que visa a obtenção
Terrinha de além mar se prepare para através da legalidade de que países possam
trabalhar em torno de oito horas e 48 fornecer mão de obra barata, mesmo discurso
minutos. No entanto o salário mínimo por lá portanto da Comissão Européia que defende que: “É
é quase o dobro do nosso: 485 euros ao preciso novas leis para despedimentos mais rápidos
mês. Algo em torno de 1.107 reais. dos trabalhadores” , ou ainda na voz dos grandes
• Canadá. No país da folha do bordo trabalha- dirigentes do FMI: é necessário uma “maior
se em média oito horas e 37 minutos. O flexibilização do mercado de trabalho”, ou seja, todos
salário mínimo vigente pode alcançar os 16,8 os discursos estão voltados para a precarização dos
por hora trabalhada perfazendo um salário empregos e redução dos salários para que os países
mensal de mais ou menos 4.500 reais. possam se tornar “competitivos” no mercado
• Estônia. Neste país da Europa Oriental internacional.
trabalham oito horas e 35 minutos por dia e o
salário mínimo é de 278,06 euros por mês, Mas qual é o motivo para as pressões sobre
um total de 634 reais por mês. a terceirização no Brasil?
• Áustria. Os austríacos trabalham oito horas e Desde o final do século XX (1991 com o fim
36 minutos em média. O salário mínimo da URSS e da Guerra Fria) o trabalho e as conexões
vigente é um dos melhores da Europa: mil internacionais mudaram muito.
euros por mês, isto é 2.282 reais ao mês. Uma delas foi o aumento da mão de obra
• China. Na China os trabalhadores tem um produzindo para o mercado capitalista global com a
turno de oito horas e 29 minutos em média e entrada da China e dos países da ex-URSS
seu salário mínimo varia bastante de local disputando um espaço no mercado agora
para local. Em Beijing o salário mínimo globalizado. Também houve o crescimento da
mensal mês é de 960 yuans, 220 reais ao participação da produção industrial da Índia, com
mês. toda a sua mão de obra barata e sem esquecer os
• Nova Zelândia. Os neozelandeses gozam de Tigres Asiáticos.
uma economia bastante estável. Lá as

ATUALIDADES 19
A China consegue hoje produzir quase de A economia embasada na terceirização dos
tudo com valores muito baixos dos seus produtos serviços é menos produtiva, sem inovações e sem
(baixo custo país) daí sendo “mais competitiva” no competências, mas com certeza é geradora de
mercado internacional, oferecendo produtos com grande insegurança e instabilidade diária, estresse,
vantagens de lucros e quebrando no médio e longo silencioso e totalmente disciplinado.
prazo os mercados dos países que não conseguem Fonte: Camara mantém terceirização de todas as atividades. Folha de São Paulo.
reduzir os seus custos. Marcado. Congresso Nacional. 22/04/2015
As baixas remunerações da China entre
outras “estratégias de mercado” lá utilizadas criou GLOBALIZAÇÃO
uma pressão estrutural de desempregos Atualmente vivemos numa época onde
permanentes nas economias mais desenvolvidas, predominam as relações econômicas
realidade essa que já está atingindo a América interdependentes entre os países, ou seja, ao
Latina. fenômeno econômico denominado de Globalização.
O momento econômico vivido atualmente Há um livre comércio mundial possível entre
pode ser chamado, de “expropriação salarial”, os países e um aumento da competitividade entre as
processo esse que consiste na “ampliação da mais- empresas, o que força a busca de melhores
valia-absoluta”, ou seja, da exploração direta do investimentos e valores agregados aos produtos de
trabalho com transferência do valor dos salários para forma que sejam competitivos em nível internacional
o capital. e para isso, é necessário que as empresas reduzam
Segundo especialistas tal manobra trará ao máximo os custos operacionais, baixando o
desequilíbrios cada vez maiores na balança quanto podem os desperdícios ou o que assim pode
econômica mundial e seus resultados já estão sendo ser considerado, procurando reduzir ao máximo as
sentidos em diversos países do mundo e tenderão a perdas.
se agravar. Para que tais metas ocorram, normalmente,
Outro ponto que mudou foram as “reformas a solução encontrada é o corte de gastos como os
estruturais” orquestradas pelo FMI que consistem na benefícios aos trabalhadores, que passam a ser
redução direta do salário pagando menos para os vistos interessantemente como “gastos
trabalhadores, para poder baratear os custos de desnecessários”.
produção e assim, competir pelos mercados Outros pontos que cada vez mais são
internacionais. Por outro viés o FMI intenta manobrar exigidos e levados em conta em nível global, mas
através do aumento da carga fiscal, aumento do que encarecem o preço final dos produtos, são os
custo dos bens comuns como a educação, saúde, cuidados exigidos quanto aos impactos ambientais
escolas, transportes, alimento, entre outros, como o causados em rios, morros, vegetação ciliar,
ministro, Joaquim Levy fez com a implantação dos aquíferos, florestas, áreas de topo de morros,
“ajustes fiscais” seguindo a cartilha ortodoxa da semiáridos, litorais, manguezais, encostas e outros.
economia sob aplauso do FMI. Para que uma empresa recupere meios degradados
Além disso, é necessário que se retire precisa ter um forte capital excedente para realizar
qualquer forma de reivindicação ou que se anule a tais empreendimentos, pesquisas e a reconstituição
força de reivindicação dos trabalhadores, até sob do lugar, com profissionais especializados, valores
intensa repressão, como ocorreu no Paraná, durante esses nem sempre possíveis para as empresas.
o segundo mandato do governador Beto Richa. Na maioria das vezes essas operações são
Os planos de implantar no país novas leis refutadas ou maquiadas. Para que as mídias de
de terceirização são um instrumento poderoso para massa locais não divulguem os problemas
manter o índice de desemprego e ameaçar os ambientais, as contribuições financeiras e doações
trabalhadores contratados, assim não há “culturais” ajudam a que as reportagens abordem
reivindicações e as regras do mercado ficariam livres outros temas de “maior” importância.
para as chamadas “livres negociações” pressuposto No Brasil o grande exemplo é do rompimento da
do sistema Neoliberal. Barreira de Rejeitos do Fundão da localidade de
Renan Calheiros e Eduardo Cunha são os Mariana, em Minas Gerais. Mais de 800 km do rio
cartolas defensores da Terceirização no país e a Doce foi completamente exterminada e
implantação desse artifício desarticularia totalmente absolutamente nada aconteceu com a empresa, nem
a proteção coletiva que é dada pelo contrato ou pela com os donos. O processo que ocorreu no México
existência da força Sindical. está sendo implantado no Brasil a passos largos,
Segundo o que demonstrou a DIEESE e a com o principal interesse nas reservas de
CUT, os terceirizados hoje trabalham três horas a combustível fóssil.
mais por semana e recebem um salário que em
média é 27% menor do que os trabalhadores não LIVRE COMÉRCIO E A GLOBALIZAÇÃO
terceirizados, com menos investimentos em Embora o discurso internacional faça
segurança do trabalho devido ao corte de gastos. referencia à Globalização como um LIVRE
Segundo o DIEESE, de cada 5 óbitos no trabalho 4 COMÉRCIO, a realidade não é bem essa, pois os
estão no setor terceirizado além de total custos desse tal livre comércio são proibitivos para
vulnerabilidade frente ao poder patronal, mesmo os países ou empresas com poucos recursos
modelo que hoje existe no México e que foi financeiros.
implantado a partir de 1994.

ATUALIDADES 20
Os tratados de livre comércio foram
baseados nas decisões da Organização Mundial do
Comércio e do Nafta.
Os custos são visíveis na pressão sobre os
trabalhadores dos diversos setores da economia,
sobre o desgaste e destruição dos ecossistemas e
da progressiva redução dos direitos humanos. Mas é
claro que todos esses fatores são respeitados nas
belas frases escritas em papeis que aceitam
qualquer risco.

Os tempos atuais que são rotulados de


Economia de Livre Comércio, está colapsando o
equilíbrio ecológico do planeta como nunca antes foi
percebido após o momento tido como revolução
A definição mais comum encontrada para o
industrial (1760- fonte energética era o carvão)
significado da expressão Globalização é “a crescente
“Para aquecer as economias, estamos
interdependência econômica entre os países”.
vivendo a ditadura das propagandas ou até uma
(VESENTINI, 1998).
globalização propagandística, onde profissionais
Com o desenvolvimento das diversas
dessa área, através de técnicas de persuasão, criam
tecnologias como a comunicação, transporte,
formas de desestabilizar a sensação de suficiência
armazenamento, rapidez, eficiência e segurança na
da população e através disso, implicar com a
entrega de produtos encomendados, a aparente
necessidade de maior consumo, aquisição, comprar,
possibilidade de personalização de produtos, dando
o status do novo, moderno, chique, em oposição ao
uma ilusão de despadronização, ampliação da
velho, ultrapassado, fora da moda e para que o
produtividade através da mecanização/automação
comércio funcione, escraviza-se os menos
industrial, é que está sendo possível a difusão em
resistentes ao empréstimo de dinheiro.
escala planetária do sistema econômico capitalista,
Cria-se através da moda diversas
ainda mais com a falência da experiência dita
alternativas para as pessoas que não podem
Socialista no mundo Asiático.
comprar o novo, utilizem o velho, misturando com o
Antes da 1ª Revolução industrial (1760), o
novo, ou então, que criem a sua própria moda, de
comércio restringia-se a uma pequena produtividade
toda a forma possível, com cores, penteados, o que
e uma curta abrangência espacial rápida, pois os
se chama de “retro” também está valendo, tudo para
meios de comunicação, transporte e circulação das
que a pessoa se sinta bem, na “sua” moda, utilizando
mercadorias eram limitados.
o que tem para poder sair, mostrar-se e a partir daí,
As longas jornadas em rotas sem
sentir-se confiante para que possa consumir,
infraestrutura e ausente de segurança ofereciam
consumir e consumir.
toda a sorte de dificuldades para se chegar ao
Já que muitas vezes o individuo não tem
destino, com risco de perda dos produtos. As
dinheiro em mãos ou já comprometeu os ganhos do
dificuldades tornavam os produtos com valores
mês, o jogo do mercado ativo se utiliza da estratégia
proibitivos aumentando os custos, dificultando o
de facilitar o acesso ao consumo através do cartão
processo de globalização.
de crédito, onde não se vê os valores fisicamente,
Com a descoberta de novas tecnologias
apenas virtualmente, mas as consequências serão
tanto de produção como de transportes e da indução
muito reais. O empréstimo de dinheiro ou a compra
de novas necessidades, a possibilidade de acesso
do dinheiro é algo muito caro em países como o
seguro a longas distancias com maior rapidez uniu
Brasil, daí ocorrendo as dividas e as falências
os diversos cantos do planeta através da
familiares”. (R Born 2010)
comunicação e em tempo quase real.
Os efeitos catastróficos estão sendo sentidos
Através de satélites pode-se entender o
no mundo inteiro, com a elevação da temperatura
mundo atual como uma ALDEIA GLOBAL, isso não
atmosférica, chuvas acidas poluição do subsolo e
por que as distanciais se reduziram, mas por que
lençóis freáticos, extermínio de animais e plantas
podem ser vencidas virtualmente e fisicamente em
que não interessam ao sistema econômico da oferta
tempos muito menores e a rapidez da internet foi o
e procura, enfim, o caos instaurado e visível nos rios
grande diferencial.
e mares poluídos, na água potável cada vez mais
cara e rara, no fim das áreas verdes, no adoecimento
Nunca se produziu tanta riqueza como na atualidade,
do corpo e da mente nas cidades e o medo devido à
mas também, tanta pobreza e exclusão social.
violência e desemprego em oposição à
modernização tecnológica, que não oferece outra
Para que o comércio se tornasse mais ágil e forte,
saída ao urbano que cada vez mais fica excluído.
empresas uniram os seus capitais, podendo agora
atravessar fronteiras e dominar mercados, não
OS PRINCIPAIS BLOCOS ECONÔMICOS
tendo concorrentes a altura dos seus capitais. Para
Mapa mundi
reduzir os custos e ampliar a eficiência, repercutindo
em um aumentar da produtividade, houve a

ATUALIDADES 21
qualificação através da mecanização e automação, Já a Globalização Econômica segundo
substituindo a mão de obra humana, o que veio a Jaggdish Bhagwatti já vem de muito longe no tempo,
colapsar a economia internacional, acarretando em e que para Ghagwatti, significa a “integração das
uma órbita crescente o desemprego estrutural, economias nacionais na economia internacional
provocando em todo o mundo, movimentos de através do comércio exterior, do investimento
repúdio aos efeitos da ampliação em escala estrangeiro direto e do fluxo de capitais, de
planetária, da utilização da tecnologia, em detrimento trabalhadores e de tecnologia”.
da empregabilidade. Tal critica também é vista em Com esse foco, pode-se retornar à Roma antiga, que
filmes como “Eu, Robô”, entre outros. unindo outras regiões, desde o noroeste da Europa,
norte da África, Grécia, Turquia, Síria e Egito, criou
01-GLOBALIZAÇÃO E A ANTIGLOBALIZAÇÃO corredores de exportação de produtos, estradas,
FINANCEIRA mercados, moeda, leis, ou seja, unificou de uma
A crise financeira de 2008 que abalou o certa forma o comércio daquele imenso território.
mundo economicamente desenvolvido e que Da mesma forma pode-se analisar as Rotas
sacudiu vários cantos do planeta, alguns mais e da Seda, que cruzavam o sul asiático, passando
outros menos, está gerando diversos estudos sobre pelo deserto da China, índia, Paquistão, Afeganistão,
tal tema e o importante é que estão tentando Oriente Médio, regiões Árabes, até o Mediterrâneo,
identificar como e quando a crise se originou, seus cruzando desertos, povoados, conectando culturas,
motivos e o mais importante, formas de que não idiomas e compreensões diferentes, movendo a
ocorra novamente, com mecanismos antecipados e economia local e em consequência, as distantes.
seguros de ação (como se os grandes banqueiros Dá para se dizer que Portugal foi quem
não soubessem as origens da crise). conseguiu criar a primeira Globalização Comercial,
Alguns personagens renomados da conectando de forma rápida (para a época) , através
Economia mundial são contrários a globalização da navegação, a Europa, África, Ásia, Indonésia e
financeira nos moldes que se apresentam, entre os América.
nomes está Dani Rodrik, da universidade de Já a globalização financeira cresceu muito a
Harvard, que afirma que: “até o momento a partir de 1980, quando houve o barateamento dos
globalização financeira é uma completa decepção”. custos das grandes movimentações de carga, além
O que se percebe é que, até o momento, do processo de amadurecimento das
quem se beneficiou muito com a Globalização regulamentações internacionais, com as tecnologias
Financeira foram os países ricos economicamente, das comunicações e informações.
mas também geraram possibilidades para setores O Brasil só veio a crescer com o
isolados dos países emergentes e dos países pobres amadurecimento da sua economia e da relativa
também. solidez política e financeira, que ainda carece de
Já para os países em desenvolvimento ou melhorias generalizadas e de limpeza nos
que estão além ou mesmo aquém dessa condição, o processos de velhacaria.
que emperra o crescimento econômico são diversos Com o tempo, companhias nacionais abriram
fatores como por exemplo: espaço no mercado internacional como a Vale,
• A qualidade das instituições e dos produtos Embraer, AmBev, Gerdau e outras.
em questão O amadurecimento econômico de um país é
• A instabilidade econômica e política do país percebido também quando uma empresa consegue
• Excesso de burocracia, corrupção de seus financiar-se com seu próprio capital no estrangeiro e
governos com uma moeda reconhecida.
• População mal preparada devido aos baixos
salários que não possibilitam sobras para um Durante a gestão de Henrique Meireles como
auto crescimento informacional. presidente do Banco Central do Brasil, o país viveu
• Pequena instrução e péssimo investimento uma relativa estabilidade econômica, recebendo
dos Estados nesse setor que é investimentos (Globalização Financeira) de 15% para
preponderante para que um país cresça 19% no período entre 2003 e 2009. Tais fluxos de
economicamente e socialmente. capital foram aplicados em investimentos e não no
consumo.
Mas quando é que se consegue identificar a Não seria prudente ou lógico, segundo os
origem da Globalização financeira? analistas econômicos, rejeitar a globalização
financeira pois iria deixar o Brasil completamente
A Globalização Financeira é diferente da isolado e desacreditado. Será?
Globalização Econômica. A primeira faz parceria
com a Revolução Industrial de 1760 na Inglaterra, A UNIÃO EUROPÉIA E AS SANÇÕES À CUBA
com investimentos financeiros estrangeiros diretos já Em 2009 eram 27 países que faziam
era proeminente no século XIX (1860) e até mesmo oficialmente parte da União Européia e decidiram
no século XX o Brasil, que era um país agrícola, acabar com as restrições que estavam firmadas
começou a receber investimentos internacionais, contra Cuba desde 2003.
participando da Globalização Financeira. Essa atitude veio em recompensa às medidas
econômicas que o novo líder cubano, Raul Castro

ATUALIDADES 22
estava implantando desde que assumiu o governo Três índices básicos auferidos possibilitam
interino Cubano. uma visão mais realista da situação da pobreza ou
riqueza de um país e se é ou não desenvolvido:
O BRASIL É UM PAÍS EM DESENVOLVIMENTO educação, longevidade e a renda por pessoa ou per
OU EMERGENTE? capta.
Países como o BRICS, mais a Argentina e o
Um país que é classificado como “em México estão entre os de médio IDH, ou seja,
desenvolvimento”, quer justamente dizer que ele possuem uma industrialização crescente e uma
não é ainda desenvolvido mas que tem condições de economia que faz peso no cenário internacional, mas
melhorar essa condição. há problemas nas questões pertinentes à educação,
O padrão de vida da maior parte da com baixo rendimento educacional, com baixos
população de um país em vias de desenvolvimento é salários, o que impedem, dentro do processo
relativamente baixo, possui um parque industrial econômico capitalista democrático, que essas
ainda deficitário, mas que está recebendo pessoas consigam melhorar a sua situação de
investimentos e possui o Índice de Desenvolvimento moradia, alimentação, saúde, segurança e bem
Humano (IDH) entre médio e elevado, ou seja, tal estar.
classificação é dada aos países intermediários, ou,
aqueles que estão entre os desenvolvidos e os PAÍSES EMEGENTES ECONOMICAMENTE E
menos desenvolvidos. PAÍSES EMERGENTES SOCIALMENTE.

Durante o período da Guerra Fria (1945 a Mapa que destaca os países de industrialização
1991) quando as chamadas superpotências (EUA e recente.
URSS) disputavam áreas de influencia no mundo, a
divisão comumente utilizada para diferenciar os
países era de primeiro, segundo e terceiro mundo,
mas que com a queda dos países soviéticos
socialistas e restando apenas Cuba, Coréia do Norte
e parcialmente a China como socialistas, a
expressão segundo mundo passou a não ser mais
tão utilizada. Os terceiros mundistas passaram a ser
comumente denominados de países pobres ou em
vias de desenvolvimento.
Também é comum se deparar com a
expressão “país emergente” que tem a mesma
conotação ou rotulação de um país em
desenvolvimento.
Os países que são chamados de emergentes
É dito emergente por que estavam entre os
economicamente são aqueles que se destacam na
países do terceiro mundo e que passaram a investir
referencia econômica, com índices que se
na sua produção econômica, dando mostras de
aproximam ou até mesmo passam de alguns países
melhoria social, continuando a se desenvolver.
desenvolvidos, como é o caso do Brasil, com um PIB
Dos países ditos EMERGENTES estão os
de mais de 5,3 trilhões de Reais (2015), com
que fazem parte da sigla BRIC (Brasil, Rússia, Índia,
indústrias de importância internacional e produtos de
China e a África do Sul).
qualidade participando do comércio mundial, fazendo
Mas além dos BRICS há outros países emergentes
a diferença na balança financeira, além de exportar
como a Argentina, México, Turquia e diversos
produtos industrializados de qualidade como
outros.
maquinas e também importando matéria-prima. Já os
países que são Emergentes Socialmente são os
IDH – INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO.
que possuem a sua sociedade com aspecto de
A questão de como avaliar ou medir se um
primeiro mundo, com saúde, educação, saneamento
país é desenvolvido ou não sempre foi polemica.
básico de qualidade.
Até recentemente a comparação entre
riqueza e pobreza era feita através dos índices
G-7
monetários como o PIB per capta, mas essa forma
A origem da união de países de importância
de avaliação apresenta incorreções pois um país
econômica ocorre no ano de 1975, quando os
pode aparentemente evidenciar altas somas
solavancos econômicos eram provenientes da crise
financeiras, mas que pode estar concentrada na mão
do petróleo.
de apenas alguns grupos do país.
Como a economia da Europa estava em
Para melhor avaliar se um país é ou não
crise, decidiu-se por reunir os principais líderes das
desenvolvido, a ONU criou o Índice de
potencias financeiras da época, convidando para
Desenvolvimento Humano, que é uma avaliação
entrarem em sintonia com a finalidade de buscar
traduzida em números que variam entre 0 e 1, ou
rápidas soluções para as crises. Os países em
seja, quanto mais próximo de 1, o país é
princípio convidados pelo presidente da França
desenvolvido e quanto mais próximo a zero é
Valéry Giscard, foram os EUA, Alemanha, Japão,
justamente o oposto.

ATUALIDADES 23
Italia, Reino Unido, sendo o último convidado que estejam abaixo das necessidades reais do país
entrou no ano seguinte, foi o Canadá, formando o G- membro.
7.
As decisões tomadas pela reunião do G-7 Membros do G-10
estavam centradas nas políticas econômicas, mas • Alemanha
que passou a englobar problemas sociais, saúde • Bélgica
global, investimentos em outros países buscando o • Canadá
desenvolvimento sustentável, entre outras diversas • EUA
questões, tornando-se as agendas cada vez mais • França
inchadas. • Itália
As reuniões do G-7 eram desburocratizadas para • Japão
poderem ser ágeis. Quem exerce a presidência da • Países Baixos (Holanda)
reunião é quem faz a pauta e decide a melhor forma • Reino Unido
de resolver os problemas. O país que está • Suécia
presidente durante o ano de trabalho é que sedia as • Suíça
reuniões e coordena os trabalhos de execução e
acompanha os resultados.
G-20 (Grupo dos 20)
G-8 O G-20 é um bloco que reúne os 20 maiores
O G-8 ou grupo dos 8 é o grupo formado pelos oito países emergentes do mundo e foi idealizado em
mais ricos países do mundo, detentores das maiores 2003. A união entre os 20 emergentes é fazer frente
tecnologias e industrias do planeta. Era à força econômica do bloco G-8 que reúne os 8
anteriormente formado por sete países, ficando 8 países mais ricos do planeta, buscando fortificar as
membros com a inclusão da Rússia oficialmente em suas economias e reivindicações nas mesas de
1997, mas que ainda não participa de todas as negociações internacionais.
reuniões do grupo. A Rússia foi tida como país
observador do G-7 desde o fim da URSS em 1991 e Mapa dos países do G-20
também por possuir numerosos arsenais nucleares.
O G-8 é acusado atualmente de ser um órgão
ineficiente para os tempos atuais. As economias
evoluíram desde que foi criado em 1975. Tentou se
adaptar mas não representa atualmente o poder
econômico global, com a China, por exemplo, que
compete hoje como a mais poderosa economia, fora
do G-8, alem dos países membros serem acusados
pela pobreza da África, pela regulação de mercados
a seu favor, pela excessiva poluição e lançamento de
gases tóxicos na atmosfera sem tomar providências,
pela forma como a
Globalização está sendo implantada, causando
riquezas mas bilhares de exclusões sociais e
aumento do desemprego planetário. fonte:
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/e1/Newly_Industrialized_Countr
Formadores do G-7 mais a Rússia (desde 1997). y.png
1. EUA
2. Japão
3. Alemanha Atualmente são 24 países que participam do G-20:
4. Reino Unido
5. França • África: África do Sul , Nigéria, Tanzânia,
6. Itália Egito e Zimbábue
7. Canadá • Ásia: China, Filipinas, Índia, Indonésia,
8. RUSSIA Paquistão, Tailândia,
• Europa: Turquia, Republica Tcheca,
G-10 (Grupo dos 10) Hungria
O grupo denominado G-10 é formado na • América Latina: Argentina, Bolívia, Brasil,
realidade por onze países e os membros são os Chile, Cuba, Guatemala, México, Paraguai,
países mais ricos do planeta. Uruguai, Venezuela.
Essa união foi fundada já em 1964 e os membros
fazem parte do GAB ou General Arrangements to Os países que participam do G-20 são
Borrow ou (Acordo Geral para obtenção de países em desenvolvimento e essa organização foi
Empréstimos) que é um acordo para a obtenção de criada na V Conferencia Ministerial da OMC em
empréstimos suplementares, ou seja, esse grupo é Cancun em 2003.
acionado caso os recursos estimados pelo FMI

ATUALIDADES 24
Esses países tem a agricultura como força BENELUX
econômica e estratégica e os participantes estão O Benelux é um bloco econômico formado
localizados em áreas de relevância no planeta. pelos países Bélgica, Nederland e Luxemburgo, ou
Desde que esse bloco foi criado, recebeu seja, as iniciais dos países formadores.
criticas e elogios, mas segue ainda firme na defesa Esse Bloco surgiu em 1944 nos momentos
dos interesses dos membros na mesa de negociação finais da Segunda Guerra Mundial.
internacional, cujas decisões geralmente tendiam A sede desse bloco é em Bruxelas – Bélgica.
para os países economicamente desenvolvidos. Os países participantes conseguiram
recuperar a sua economia, o que gerou reflexões
• Os países membros dominam 26% das sobre prováveis possibilidades de unificação de mais
exportações agrícolas mundiais. países. Pode-se dizer que foi o bloco precursor do
• Os países membros representam 60% da que hoje é a União Européia.
população mundial (Atualmente é uma subdivisão da União Européia.)
• Os membros possuem 70% da população
rural do planeta. CECA – COMUNIDADE ECONOMICA DO CARVÃO
E DO AÇO.
O Grupo dos 20 ou apenas G-20 é um seleto Esse bloco econômico surgiu em 1952 com
grupo de países que possui destaque como sendo as sede em Luxemburgo. O objetivo foi manter um
melhores economias do planeta, participando desse mercado livre entre esses membros, sem tarifas
grupo alguns emergentes como o Brasil. alfandegárias, para os produtos como o ferro, aço,
A reunião ocorre entre os ministros de carvão e o coque, produtos esses de base que
finanças e os presidentes dos bancos centrais das incentivariam ao crescimento econômico e industrial.
maiores economias do mundo.
Durante a década de 90 diversas crises
econômicas abalaram o comércio mundial e para UNIÃO EUROPEIA
melhor perceber e viabilizar soluções rápidas para as Surgiu no ano de 1957 Através do Tratado de Roma.
crises financeiras, foi criado em 1999, buscando o No inicio era formada por apenas 6 países: Bélgica,
diálogo entre as maiores economias do mundo, cujo Nederland, Luxemburgo, Alemanha, Itália e França
peso econômico representa 80% do comércio A primeira denominação era de Mercado Comum
planetário e detém 90% do PIB mundial, além de Europeu (MCE) e recebeu a adesão da Irlanda,
juntos possuírem 2/3 da população de consumidores Grécia e da Dinamarca.
em potencial. Com investimentos na economia dos países pobres
Nas reuniões discutem-se formas de manter da Europa rica, Portugal, Espanha na década de 80,
a estabilidade econômica internacional, envolvendo passou a chamar-se de CEE ou Comunidade
na busca por estratégias políticas e comerciais, os Econômica Européia.
países ricos e emergentes. Atualmente fazem oficialmente parte da União
Com o crescimento de novas economias Européia 28 países.
como o Brasil, o G-8 acabou perdendo força, A intensão é a progressiva entrada dos demais
passando a ser o G-20 o Conselho Internacional de países na arapuca da unificação monetária e na
Cooperação Econômica. subordinação total dos países ao Banco Central
Europeu, com leis econômicas únicas e controladas
G-22 pela Comunidade Europeia. Os planos é da
Esse grupo foi criado em 1997 pelos ampliação a 35 membros.
membros do bloco econômico da Associação
Economia Ásia Pacífico (APEC) Países da União Européia:
O objetivo era que representantes desses Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda (países
países elaborassem uma programação de reuniões, baixos), Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Dinamarca,
ou seja, fazer a pauta para o encontro entre os Itália, Grécia, Finlândia, Áustria, Luxemburgo,
ministros das finanças e presidentes dos Banco Suécia, Letônia, Estônia, Lituânia, Polônia, República
Centrais dos países membros, para discutir assuntos Checa, Eslováquia, Eslovênia, Hungria, Romênia e
pertinentes aos problemas econômicos. Bulgária.
Completavam o grupo de países desse bloco
a Malásia, Singapura, Polônia e Tailândia, tendo PIB DO BLOCO
mais membros do que o nome sugere. Atualmente há 490 milhões de habitantes no bloco
(2007) e um PIB de 11,3 trilhões de euros e com 23
G-33 idiomas diferentes
O G-22 sofreu logo alteração tornando-se o G-33, Com o Tratado de MAASTRICHT foi acertado que a
criado em 1999 mas que logo sofre novamente moeda vigente entre os membros seria o EURO que
alteração dos membros, originando o G-20. passou a circular a partir de Janeiro de 2001 e a
sede é em BRUXELAS.
OS PRINCIPAIS BLOCOS ECONOMICOS DO
PLANETA: Os objetivos da União Européia:
Unificação da moeda, fim das tarifas alfandegárias,
livre circulação de capitais e de mão de obra entre os

ATUALIDADES 25
membros, unificação da legislação trabalhista, de uma maior análise por parte dos setores econômicos
transito e civil. que passaram a se opor a tal vinculação.

O Euro: A ALCA almeja garantir a plena liberdade das


O Euro está sendo utilizado por 13 países: Portugal, organizações para investir ou não, comprar, vender,
Espanha, França, Alemanha, Holanda, Bélgica, remeter e realizar transferências, sem empecilhos ou
Irlanda, Luxemburgo, Áustria, Finlândia e Itália. qualquer impedimentos nacionais, eliminando
A SUÍÇA não utiliza o EURO, pois é um centro quaisquer mecanismos de origem nacional que
financeiro neutro e recebe dinheiro de todas as impeçam a livre negociação e vontade dos
partes do mundo. investidores.

PACTO DE VISEGRAD PACTO ANDINO


Participantes: Surgiu em 1969 e tem como participantes a
Polônia, Tcheco, Eslováquia e Hungria. Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, Bolívia, Chile
Já estão participando da União Européia. (que se retirou em 1977)
São países que estão em Transição econômica para É um bloco de pouca expressividade econômica e há
o Capitalismo. a intenção de fazer parte do Mercosul.
São países que vivem sérios problemas políticos e
ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) econômicos, com grandes desigualdades sociais,
corrupção por parte do alto escalão dos governos,
Objetivos: baixo investimento em educação, saúde e criação de
Integrar comercialmente os países da América, com empregos de qualidade, aliados ao forte tráfico de
exceção de Cuba, que agora está sendo chefiada drogas com influencias dentro das instituições
por Raul Castro. políticas e de segurança.

A criação da Alca foi proposta em 1990 pelo George Mapa do Pacto Andino
Bush, que é pai do ex-presidente George Walker
Bush, que no ano de 2009 deixou a presidência para
o primeiro presidente negro da história dos EUA, MERCOSUL
Barak Obama.
O Mercosul surgiu em 26 de Março de 1991 com o
Os participantes são 34 países: (Menos Cuba) Tratado de Assunção assinado entre o Brasil,
Canadá, Estados Unidos, México, Belize, Honduras, Paraguai, Argentina e Uruguai.
Nicarágua, Costa Rica, El Salvador, Panamá, Os objetivos do Mercosul são a integração
República Dominicana, Haiti, Jamaica, Antigua e econômica e o estimulo mutuo para o
Barbuda, Bahamas, Barbados, Dominica, Granada, desenvolvimento tecnológico e cientifico.
Santa Lúcia, Saint Kitts, Granadinas (mais de 600 Entre os membros ocorreria progressivamente a livre
ilhas no mar do Caribe) Guiana, Suriname, Trinidad e circulação de bens e serviços, pondo fim às taxas e
Tobago, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, tarifas alfandegárias.
Bolívia, Paraguai, Chile, Uruguai, Brasil, Entre os membros prevalece uma Tarifa Externa
Comum.
Quais os objetivos da ALCA:
O Chile não é um membro do Mercosul, embora
Os países terão preferência tarifária onde tenha dado sinais de querer entrar no bloco sul. O
progressivamente essas tarifas serão zeradas, Chile já participa da integração com o bloco dos EUA
facilitando o fluxo de bens e produtos. e está negociando com os Tigres Asiáticos.
A Bolívia é membro do Pacto Andino e há uma
Mapa da ALCA clausula no Mercosul que não permite que um país
seja membro de dois blocos econômicos.
O Uruguai está tentando nadar em meio a dois
A data para que esse bloco se integre não está certa grandes países em crise, Brasil e Argentina e está
ainda, pois o Brasil não vê pressa na realização da tentado a fazer negócios com os EUA.
integração pois está priorizando o fortalecimento do A Argentina busca sair do caos econômico em que
Mercosul, sendo desfavorável a implantação da AlCA se encontra e as políticas direcionadas pelos
nesse momento. Alem do mais, Brasil está buscando Kirchener não favoreceram o crescimento do país.
outras parcerias com a União Européia e com os A Argentina estava propensa a fazer acordo com os
blocos orientais. EUA o que instabiliza as relações políticas e
O FMI impôs ao Brasil, durante o governo do ex econômicas com o Bloco.
presidente Fernando Henrique Cardoso, a condição O Paraguai ainda continua firme com a proposta de
politicamente restritiva de que os acordos monetários fortalecer o Mercosul e é o único que não deu
deveriam estar vinculados a irrestrita entrada do mostras de fazer acordo com outros blocos
Brasil no ALCA o que descontentou parte do econômicos.
empresariado nacional e chamou a atenção para

ATUALIDADES 26
NAFTA (North American Free Trading Agreement - Como esses países são muito ricos e
Acordo de Livre Comércio da América do Norte) possuem influencias no mercado mundial, podendo
mover economias ou desencadear grandes crises
Países membros do Nafta dependendo da decisão que tomarem, cabe a eles,
NAFTA é uma sigla que significa Acordo de Livre ou assim se vêem, decidir quais caminhos, rumos ou
Comércio da América do Norte alterações de percurso o mundo deve tomar, pois
Participantes: Canadá, EUA e México. tem essa capacidade, tal é a responsabilidade desse
Surgiu em 1993 e possui uma população de mais de grupo. Mas será realmente que compreendem a
370 milhões de consumidores (com grandes responsabilidade que tem? Da forma como andam
restrições para os mexicanos). as questões sociais, ambientais, econômicas e de
Objetivos do Nafta: apenas realizar acordos paz no mundo, ao que parece, suas ações ficam
financeiros, sem o intuito de integração como nos somente no discurso e no papel.
demais blocos econômicos, ou seja, apenas o livre Esses países exercem força ou pressão em órgãos
fluxo de mercadorias e capitais no limite dos como a ONU, FMI, OMC e outros diversos,
membros. investindo ou não em qualquer parte do planeta que
o foco de interesse venha a despertar e proporcionar
Países membros do Nafta lucros.

O que se discute nas reuniões do G-8?


ALADI – ASSOCIAÇÃO LATINO AMERICANA DE As discussões e temas correntes tratam sobre a
INTEGRAÇÃO abertura de novos mercados, sobre os rumos da
É uma associação que possui a sua sede em Globalização, sobre a poluição, auxilio financeiro
Montevidéu no Uruguai e que tem como objetivo para países e empresas em crise e demais assuntos
possibilitar a integração latino americana, buscando desse tipo.
desenvolver a economia e as relações sociais entre
os membros. Quando surgiu o G-8?
Essa associação ocorreu em 1980 e os G-8 que na sua origem ainda não formava um G-7,
membros são a Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai, mas que surgiu na França em 1975 próximo à Paris,
Bolívia, Perú, Equador, Colômbia, Venezuela e Chile, em um castelo chamado de Ramboullet.
ou seja, excluindo as Guianas, todos os países da Naquele momento, foi proposto aos países
América do Sul são participantes. mais expressivos economicamente do planeta,
A Aladi substituiu a ALALC ( Associação Latino reunião ainda essa informal, tendo participado em
Americana de Livre Comércio) princípio os EUA, França, Reino Unido, Itália e
Japão, para que periodicamente fosse feito reuniões
ASSOCIAÇAO DE COOPERAÇAO ECONOMICA para que se discutisse assuntos tanto internacionais
DA ASIA E DO PACIFICO (APEC) como também, regionais.
1. Bloco econômico que abrange o sudeste e No ano seguinte, em 1976 portanto, o Canadá veio a
leste da Ásia, Oceania e países banhados pelo se unir a esse grupo, ficando a partir daí sendo
oceano Pacifico. chamado de G-7, tendo esse numero aumentado a
2. Membros fundadores: Japão, China, Coréia partir de 1998 com a chegada da Rússia.
do sul, Taiwan, Hong Kong, Cingapura, Brunei, Embora falem sobre Globalização, cada um desses
Malaísia, Indonésia, Filipinas, Austrália, nova países tem bem claro formas e intenções de
Zelândia e Tailândia. protecionismo para as suas economias.
3. O México e o Chile foram aceitos como Atualmente, quando ocorre a reunião desses tais
participantes, mas como futuros membros. “ricos” há diversas manifestações tanto de países
pobres como em desenvolvimento, chamando a
09-O que é G-8? atenção para o crescimento do desemprego,
G-8 é uma sigla que significa os 8 países desigualdade cada vez maior, exclusão social, meio
mais ricos e influentes do mundo. ambiente e por aí vai.
Antes era chamado de G-7, fazendo até então parte As decisões tomadas pelo G-8 são decepcionantes
os seguintes países: para a comunidade internacional.
Fonte: http://www.brasilescola.com/geografia/g8.htm
1. EUA
2. Canadá G-5
3. Alemanha O G-5 é um bloco formado por países em
4. França desenvolvimento como:
5. Itália 1. Brasil
6. Reino Unido 2. México
7. Japão 3. África do Sul
4. Índia
A Rússia veio a fazer parte desse bloco dos grandes 5. China
sete países, tornando-se G-8 em 1998.
G-10
10-Quais são os objetivos do G-8 ?

ATUALIDADES 27
É uma organização internacional formada 4. Argentina
por onze países que tem grande influencia na 5. Austrália
economia mundial. 6. Brasil
Esse G-10 foi fundado em 1964, portanto, antes do 7. Canadá
próprio G-7 de 1975 8. China
Os participantes do G-10 são: 9. Coréia do Sul
1. EUA 10. Estados Unidos
2. Canadá 11. França
3. Alemanha 12. Índia
4. França 13. Indonésia
5. Itália 14. Itália
6. Reino Unido 15. Japão
7. Bélgica 16. México
8. Países baixos 17. Reino Unido
9. Suécia
10. Suíça EXERCICIOS GERAIS SOBRE GLOBALIZAÇÃO
11. Japão
01-Sobre a globalização, julgue as alternativas
ALBA – ALTERNATIVA BOLIVARIANA PARA AS abaixo:
AMÉRICAS. a) ( ) Globalização é um termo carente de
precisão que é compreendido como a mundialização
A Alternativa Bolivariana para as Américas é um da interdependência de todos os países e povos da
modelo de integração para os povos da America do superfície do planeta.
Sul e do Caribe, com inspiração em Simon Bolívar, b) ( ) A denominação de “Aldeia Global” traz
sendo uma alternativa à ALCA proposta pelos EUA. no seu bojo a impressão de que o planeta está
ficando menor, podendo ser alcançado em pouco
Os participantes são a Venezuela, Bolívia, tempo qualquer pessoa ou negócio, desde que
Nicarágua, Cuba e Dominica. esteja conectado à tecnologia vigente.
c) ( ) A televisão, transmissão via satélite,
Assim como os demais blocos econômicos que celulares, internet e outros meios de comunicação e
querem eliminar taxas alfandegárias entre os transporte de mercadorias e pessoas permitem unir
participantes, a ALBA quer alem disso, reduzir os pontos distantes do planeta em tempos cada vez
contrastes sociais entre os membros, pretendendo mais reduzidos.
que todos os países Latino Americanos participem, d) ( ) As economias na época da Globalização
possibilitando uma maior integração. estão se desnacionalizando.
e) ( ) A globalização implica em aumento e
Pretende-se criar fundos de apoio, para a redução da dependência da tecnologia de comunicação.
exclusão social e miséria que prevalece na America Resposta: todas Verdadeiras
Latina.
O inicio desse bloco ocorreu com a cooperação entre
Cuba e Venezuela, quando Cuba ofereceu auxilio
médico e a Venezuela socorreu o país que carecia OS GRUPOS DOS GRANDES
de petróleo.
G-7
Atualmente um provável candidato à esse bloco é o A origem da união de países de importância
Equador. econômica ocorre no ano de 1975, quando os
solavancos econômicos eram provenientes da crise
G-20 do petróleo.
O G-20 surgiu substituindo o G-33, que substituiu o Como a economia da Europa estava em crise,
G-22... decidiu-se por reunir os principais líderes das
O G-22 fora criado na cúpula do G-7, que agora é G- potencias financeiras da época, convidando para
8... : / em Junho de 1999 na cidade de Colônia. entrarem em sintonia com a finalidade de buscar
rápidas soluções para as crises. Os países em
Esse grupo foi criado com o objetivo de consulta princípio convidados pelo presidente da França
sobre o sistema financeiro mundial. AS idéias Valéry Giscard, foram os EUA, Alemanha, Japão,
vigentes são discutidas e propostas são feitas aos Italia, Reino Unido, sendo o último convidado que
países industriais e aos emergentes sobre a entrou no ano seguinte, foi o Canadá, formando o G-
estabilidade financeira internacional. Nessas 7.
reuniões os grandes bancos centrais mundiais estão As decisões tomadas pela reunião do G-7
presentes. estavam centradas nas políticas econômicas, mas
que passou a englobar problemas sociais, saúde
1. África do Sul global, investimentos em outros países buscando o
2. Alemanha desenvolvimento sustentável, entre outras diversas
3. Arábia Saudita

ATUALIDADES 28
questões, tornando-se as agendas cada vez mais Resposta correta letra E
inchadas.
As reuniões do G-7 eram desburocratizadas para QUESTÕES SOBRE GLOBALIZAÇÃO
poderem ser ágeis. Quem exerce a presidência da
reunião é quem faz a pauta e decide a melhor forma 01-Sobre a Globalização e seus impactos na
de resolver os problemas. O país que está economia, julgue as alternativas abaixo com V
presidente durante o ano de trabalho é que sedia as para Verdadeiro e F para Falso:
reuniões e coordena os trabalhos de execução e ( ) Em diversas mídias a expressão Globalização
acompanha os resultados. vem sendo substituída pela expressão “Cadeias
Produtivas Globais”, mas que em si quer dizer a
G-8 mesma coisa.
O G-8 ou grupo dos 8 é o grupo formado pelos oito ( ) As grandes mídias de massa no Brasil divulgam,
mais ricos países do mundo, detentores das maiores por vezes seguidas, nos cadernos de economia, que
tecnologias e industrias do planeta. Era o Brasil está se “afastando das Cadeias Produtivas
anteriormente formado por sete países, ficando 8 Globais”, dando a entender que o Brasil vem se
membros com a inclusão da Rússia oficialmente em isolando economicamente, dando a entender
1997, mas que ainda não participa de todas as subliminarmente ser esse o motivos da crise
reuniões do grupo. A Rússia foi tida como país econômica vivida nos últimos anos.
observador do G-7 desde o fim da URSS em 1991 e ( ) para uma parcela dos economistas
também por possuir numerosos arsenais nucleares. conservadores, a saída econômica para a “crise
O G-8 é acusado atualmente de ser um órgão vivida pelo Brasil” seria contornada com políticas
ineficiente para os tempos atuais. As economias econômicas voltadas para um “retorno de pactos
evoluíram desde que foi criado em 1975. Tentou se com as Cadeias Produtivas Globais”, bastando para
adaptar mas não representa atualmente o poder isso que o país afirme acordos de Livre Comércio
econômico global, com a China, por exemplo, que com os EUA, União Européia e Japão.
compete hoje como a mais poderosa economia, fora ( ) Há uma grave crise econômica que se abateu
do G-8, alem dos países membros serem acusados sobre as maiores economias do mundo iniciada com
pela pobreza da África, pela regulação de mercados a Crise do Subprime nos EUA no ano de 2006 e que
a seu favor, pela excessiva poluição e lançamento de afetou toda a Cadeia de Produção Global, com
gases tóxicos na atmosfera sem tomar providências, impactos também na economia do Brasil.
pela forma como a
Globalização está sendo implantada, causando Assinale a alternativa correta:
riquezas mas bilhares de exclusões sociais e a) V,V,F,F
aumento do desemprego planetário. b) V,F,V,F
c) F,F,F,F
Formadores do G-7 mais a Rússia (desde 1997). d) V,F,F,V
9. EUA e) V,V,V,V
10. Japão
11. Alemanha Resposta letra E
12. Reino Unido
13. França 02-Sobre a Globalização e seus impactos na
14. Itália economia global, assinale a alternativa que
15. Canadá estiver correta:
16. RUSSIA a) As grandes mídias no Brasil analisam a crise
econômica que o Brasil vem passando como
EXERCÍCIOS: sendo apenas local, não tendo referencias
ou ligação com a crise que se abateu sobre
FMI, do pronto-socorro à política de saúde pública as maiores economias do mundo desde o
proposta de um novo esquema de taxação dos ano de 2006, que vem apresentando uma
bancos é mais um sinal da crescente influencia do G- lenta, mas ainda insuficiente, recuperação
20 nas principais instituições internacionais. (O internacional.
Estado de São Paulo, 28/042010, B4). b) A expressão Globalização tornou-se comum
A Sigla G-20: nas maiores mídias e popularizou-se não só
a) Uma ampliação dos Bric, incorporando no Brasil, mas no mundo a partir das
países da América Latina. décadas de 1980 e 1990.
b) Substitui o bloco Opep que ficou desgastado c) Os grandes defensores e implantadores da
pela recente crise do petróleo Globalização foram personagens de peso
c) Indica o grupo de países que faz parte do como Wintston Churchill, primeiro ministro da
Conselho de Segurança da ONU Inglaterra e Jimmy Carter, presidente dos
d) Congrega os países que foram EUA.
responsabilizados pela crise econômica de 2008/09 d) A Globalização prometia ser a saída para as
e) Reúne as maiores potencias desenvolvida e dificuldades econômicas vividas por diversos
em desenvolvimento. países durante a década de 80 e grandes
líderes internacionais pregavam a

ATUALIDADES 29
necessidade da integração das economias c) Margareth Thatcher queria reverter a grave
em escala planetária. crise que se abatera sobre o Reino Unido e
e) A Globalização é na realidade o modelo como primeira-ministra, centrou a sua
neoliberal de integração das economias em política na privatização das empresas
escala planetária. estatais, na desregulamentação do setor
financeiro e na flexibilização do mercado de
Resposta incorreta letra C, pois Os grandes trabalho.
defensores da Globalização foram personagens de d) A popularidade de Margareth Thatcher teve
peso como Margareth Thatcher, primeira ministra da forte queda com a crise do petróleo de 1979
Inglaterra e Ronald Reagan, presidente dos EUA. o que a deixou fragilizada no governo e teve
uma das mais altas taxas de rejeição de seu
03-Sobre as crises que se abateram nas governo.
principais economias do mundo durante as e) Margareth Thatcher conseguiu reverter a
décadas de 1960, assinale a alternativa que não situação de rejeição e conquistando apoio da
condiz com a realidade: maioria da população quando defendeu a
a) AS décadas de 60 e 70 foram de grande recuperação das ilhas Malvinas, invadidas
dificuldade econômica para os mais ricos pelo general Galtiere da Argentina em
países da época. As sucessivas quedas 1982, que lhe rendeu renovação do mandato
econômicas impactaram e afetaram de primeira-ministra em 1983.
fortemente os países que dependiam direta
ou indiretamente de suas economias. Resposta incorreta letra B pois Margareth Thatcher
b) As crises do petróleo das décadas de 60 a era a primeira ministra que ficou alcunhada de
80, as tensões da Guerra Fria, as dividas “Dama de Ferro”, líder do partido conservador, sendo
com o FMI e a desindustrialização foram a primeira mulher a liderar um dos maiores partidos
alguns dos fatores que arrastaram países e do país e tinha aprovação da rainha Isabel II
governos para complexas recessões.
c) O Brasil viveu uma época de inflação
galopante não vista antes na sua história, 05-Sobre a OPEP, assinale as alternativas que
com valores superiores a 2.700% ao ano estiverem corretas:
impedindo qualquer tentativa de 01.A Organização dos Países Exportadores de
planejamento ou orçamentos de longo prazo Petróleo (OPEP) é uma organização internacional
d) As décadas de 60 a 80 foram de falências de que foi criada no ano de 1960, na Conferência de
inúmeras empresas de porte nas maiores Bagdá.
economias do mundo, com impactos 02.A OPEP tem o objetivo de centralizar o controle
multiplicados nas economias dos países do da coordenação dos países membros produtores e
terceiro mundo ou os países capitalistas exportadores de petróleo.
pobres da época. 04.a OPEP busca reduzir o fluxo de petróleo
e) A saída para as convulsões financeiras internacional fazendo com isso que os preços fiquem
mundiais das décadas de 80 e 90 vieram de elevados, preços que até então eram regulados
formulas econômicas divulgadas por pelas Sete Irmãs.
especialistas de renome, que defendiam o 08.a OPEP atua como o único Cartel legalizado no
isolamento ou a redução dos países aos mundo, unificando a política petrolífera dos países
seus territórios e mercados internos. membros, controlando o volume de produção e
exportação, pressionando os preços do petróleo no
Resposta incorreta letra E pois a solução para a crise mercado internacional.
do petróleo provocada pelos países da OPEP, da 16.A OPEP surgiu da necessidade dos países
desindustrialização, da inflação galopante vivida por produtores de controlar o produto que era comprado
diversos países, das tensões da Guerra Fria e o em grande quantidade pelos EUA, Inglaterra e
medo internacional de um conflito nuclear, era a Países Baixos, mas que forçavam a mínima
integração das economias através da Globalização, remuneração dos produtores, em um modelo de
que prometia a retomada econômica, o pleno exploração totalmente predatória e prejudicial para
emprego, lucros, altos salários e prosperidade. as economias locais.

04-Margareth Thatcher foi uma personalidade 06-São membros da OPEP


notável na defesa da economia globalizada e a) Angola, Argélia, Líbia, Nigéria, Inglaterra.
escreveu seu nome na história, exceto: b) Venezuela, Equador, Arábia Saudita,
a) Governou como primeira ministra da Holanda.
Inglaterra entre os anos de 1979 a 1990. c) Emirados Árabes, Arábia Saudita, Irã, Iraque,
b) Margareth Thatcher era líder do partido de Estados Unidos.
esquerda da Inglaterra, onde coordenou d) Irã, Iraque, Kwait, Catar, Brasil.
importantes movimentos de greve contra o e) Angola, Venezuela, Arabia Saudita, Catar
governo conservador e ditatorial da rainha
Isabel II Alternativa correta letra E

ATUALIDADES 30
expulsar Saddam Hussein, que antes de se
render às forças dos EUA , mandou
incendiar dezenas de pontos de extração,
levando a novamente um colapso no
fornecimento de petróleo para o mundo.
VI. ( ) A sexta crise ocorreu em 2008 quando o
mercado de ações especulou sobre a agora
real falta de petróleo no mundo devido ao
esgotamento de algumas áreas produtoras,
fazendo os preços aumentarem em 100%.

Resposta: todas estão corretas

GLOBALIZAÇÃO

Sobre a globalização, julgue as alternativas


07-Diversas crises do petróleo levaram a alterações abaixo:
sucessivas do preço desse produto, impactando a) ( ) Globalização é um termo carente de
diretamente nas economias do mundo. Sobre as precisão que é compreendido como a
crises do petróleo, analise as alternativas abaixo e mundialização da interdependência de todos
marque com V para verdadeiro e F para Falso os países e povos da superfície do planeta.
I. ( ) a primeira crise do petróleo ocorreu b) ( ) A denominação de “Aldeia Global” traz
quando o presidente do Egito, Gamal no seu bojo a impressão de que o planeta
Nasser nacionalizou o canal de Suez em está ficando menor, podendo ser alcançado
1956 e o petróleo que era destinado para a em pouco tempo qualquer pessoa ou
Europa e outros países era transportado negócio, desde que esteja conectado à
através desse canal e com o transito tecnologia vigente.
interrompido, gerou a falta do produto no c) ( ) A televisão, transmissão via satélite,
mundo, aumentando o preço do petróleo e celulares, internet e outros meios de
dos derivados e de tudo o que dependia do comunicação e transporte de mercadorias e
transporte. pessoas permitem unir pontos distantes do
planeta em tempos cada vez mais reduzidos.
II. ( ) A segunda crise do petróleo ocorreu d) ( ) As economias na época da Globalização
quando os países árabes travaram a guerra estão se desnacionalizando.
que ficou conhecida como a Guerra do Yom e) ( ) A globalização implica em aumento e
Kippur, quando os EUA passou a apoiar dependência da tecnologia de comunicação.
Israel em 1973, portanto, contra os povos Resposta: todas Verdadeiras
árabes produtores de petróleo, que queriam
acabar com o Estado de Israel, que era Sobre a Globalização, marque a alternativa incorreta
apoiado pelos EUA. Em represália, os a) Países como os EUA possuem, com a
membros da OPEP aumentaram o preço do globalização, títulos de propriedade ou ações
petróleo em 300%. em países europeus ou até mesmo no Japão
ou outras partes do planeta.
III. ( ) A terceira crise do petróleo ocorreu em b) A globalização forçou ao mundo uma maior
1979 com a crise política do Irã e a sequente interdependência e integração favorecendo
deposição do Xá Reza Pahlevi, grupos e ao mesmo tempo, tornando a
desorganizou a produção petrolífera do Irã, economia do planeta mais vulnerável.
gerando uma carência mundial de petróleo, c) Os programas de televisão, noticias, filmes,
elevando os preço do combustível em gêneros alimentícios, costumes, moda e
1000%. estilos de vida são partilhados por muitos
países ao mesmo tempo.
IV. ( ) A quarta crise do petróleo ocorreu com a d) Na globalização houve uma expansão das
guerra entre o Irã e o Iraque (1980 a 1988) empresas multinacionais, que passaram a
período esse logo sequente a deposição de possuir estabelecimentos em inúmeros
Reza Pahlevi em 1979, novamente parando países.
com a produção e exportação de petróleo e) As empresas Transnacionais estão em
para o mundo, elevando os preços, pois os diversos países e são fiéis às ordens da
dois países em guerra eram os principais matriz.
produtores do planeta. Resposta incorreta letra E, pois as empresas multinacionais são as que recebem
coordenadas da matriz, mas as transnacionais são as que tem o mesmo nome,
V. ( ) A quinta crise do petróleo ocorreu quando mas as filiais não seguem as diretrizes da matriz, pois tem interesses próprios e
o ditador Saddam Hussein invadiu o Kwait muitas vezes, até conflitantes com a empresa que a originou.
em 1991. Os EUA entram no conflito sob
ordens do George Bush pai, conseguindo Sobre a Globalização, julgue as alternativas abaixo:

ATUALIDADES 31
I. A crise do mundo socialista no final da
década de 80 deu fôlego para a
expansão do processo capitalista e da
Globalização.
II. Com a abertura dos países industrializados
socialistas para o capitalismo planetário,
que antes possuíam o seu próprio
mercado e distantes da economia de
mercado, a globalização se enraizou
para todo o planeta.
III. Atualmente pode-se beber uma Coca-Cola
ou comprar um lanche do McDonald´s
em países dos cinco grande continentes.
IV. Com a Globalização, o comércio mundial
vem crescendo a cada ano e produzindo
cada vez mais mão de obra e empregos
bem remunerados no mundo todo.
V. A Globalização veio a trazer o bem estar
para a maior parte da população do
planeta, sendo o processo capitalista
Sobre a União Européia, julgue as alternativas
atualmente de grande racionalidade,
abaixo com V ou F:
estando além da busca pelo lucro, mas
a) ( ) A União Européia surgiu com o nome de
no amadurecimento de um planeta mais
Mercado Comum Europeu e ficou também
solidário, farto e ecologicamente correto.
conhecida como Comunidade Econômica
São corretas:
Européia.
a) Apenas a I, IV e V
b) ( ) Devido ao sucesso econômico da união
b) Apenas a I, II e V
entre os países membros, em 1993 o MCE
c) Apenas a II e III
passou a ser chamado de União Européia
d) Todas corretas
pelo Tratado de Maastricht.
e) Apenas I, II e III
c) ( ) O Tratado de Maastricht foi assinado na
Resposta letra E
cidade de Maastricht (Holanda) e
preconizava que a União Européia possuiria
Sobre a formação dos mercados regionais,
uma única moeda, um sistema de defesa
marque a(s) correta(s).
único e a administrada por um único banco
01)Para enfrentar a grande concorrência do mercado
central europeu.
internacional, os países buscam a criação de
d) ( ) Desde os anos 80 a Comunidade
mercados comuns entre grupos de países.
Econômica Européia foi formada por dize
02)Os Blocos Econômicos são também chamados
países, sendo que atualmente fazem parte
de Blocos Regionais.
25 países.
04)Uma das etapas da Globalização é a criação de
e) ( ) Em 1995 entraram no bloco europeu a
imensos blocos comerciais ou mercados
Finlandia, Suécia e Austria, tendo a União
internacionais interdependentes.
Européia 15 membros efetivos.
08)No início dos Blocos Comerciais, imaginava-se
Resposta: Todas V
que os países envolvidos iriam ampliar as trocas
somente entre si, reduzindo as relações comerciais Sobre a União Europeia, assinale a(s) correta(s).
com outras partes do mundo, o que gerou uma 01)Os países membros da União Eurpéia foram
situação de instabilidade no mercado internacional. progressivamente abrindo os seus mercados
16)Com a estabilização dos países membros dos internos, permitindo que os produtos produzidos por
Blocos Regionais, houve o fortalecimento da uns países pudessem circular livremente dentro dos
economia e uma crescente movimentação dos outros e assim por diante, sem impostos
mercados internacionais entre os blocos econômicos alfandegários (de importação)
formados. 02)A integração econômica dos países do Bloco
Resposta: todas corretas. Europeu fortaleceu o mercado interno e forçou a
modernização dos países envolvidos.
UNIÃO EUROPÉIA:
04)Os países mais fracos como Portugal, Sul da
Itália e Leste da Alemanha, assim como os demais
países que entraram no Bloco, receberam
investimentos para a modernização e qualificação
dos habitantes para a entrada definitiva no Bloco.
08)O segredo do sucesso desse bloco econômico é
o seu potencial de consumo dentro do sistema
capitalista, pois a população possui um elevado
poder aquisitivo, aquecendo o mercado, da mesma

ATUALIDADES 32
forma que ocorre com os países membros do
Mercosul. A APEC é um bloco que vem se destacando no
16)Para um Bloco Economico, ter mão de obra mercado internacional.
barata e de baixa qualidade é um fator negativo que Sobre a APEC, marque a(s) correta(s).
traz a economia em uma espiral negativa, sendo 01)Antes da formação da APEC falava-se no
necessário investir na qualificação e na boa surgimento de um grande Bloco Asiático, onde o
remuneração da população para que o mercado Japão comandaria.
aqueça e se estabilize. 02)Na APEC há vários países com força econômica,
Resposta: todas corretas com exceção da alternativa 08 incorreta pois o não tendo atualmente um líder e sim, parceiros
Mercosul é formado por países fracos economicamente e que possui uma econômicos de grande poder financeiro como os
população que é explorada e devido as elevadas taxas de impostos, não EUA, Japão e China.
possuem um real potencial de consumo, travando o sistema capitalista na sua 04)Os formadores da APEC foram o Japão, Estados
base, que é o consumo. Unidos, China, Canadá, Tailândia, Taiwan, Hong
Kong, Cingapura, Brunei, Malaísia, Indonésia,
Sobre a Globalização, julgue as alternativas abaixo: Filipinas, Austrália, Nova Zelândia e Coréia do Sul.
I. Com o crescimento do comércio dentro da 08)Há estudiosos que afirmam que o eixo comercial
União Européia, os mercados passaram vai se deslocar do Oceano Atlântico para o Pacifico
a atingir locais mais distantes e a fusão devido aos intensos comércios entre os membros da
de empresas possibilitou um aumento do APEC.
fôlego financeiro para ampliar os seus Resposta: todas corretas:
negócios.
II. O crescimento do Bloco Europeu possibilitou TÓPICOS RELACIONADOS:
que empresas alemãs fundassem Escravidão e cristianização dos índios,
unidades em países como Portugal, sem escravidão negra africana, constituição
precisar da permissão ou burocracia escravista, religião, economia, sistema
retrógrada. escravista, escravidão africana, rotas de trafico,
III. Para que ocorresse o fortalecimento do dia a dia do escravo, fazenda de cana.
Bloco, no inicio os países envolvidos
precisavam estimular o desenvolvimento
das industrias dentro do próprio Bloco, o
que deu a impressão de que não haveria
muita abertura para os países que
estavam fora do processo econômico
Europeu.
São corretas:
a) Apenas a I e II
b) Apenas a II e III
c) I, II e III
d) Nenhuma está correta.
Resposta: Alternativa correta C

NAFTA

Sobre o Bloco Econômico Norte Americano,


marque a(s) correta(s).
01)O Nafta é o Bloco Economico formado pelo Documentário recomendado:
Canadá, Estados Unidos e México. "Um Legado Selvagem".
02) O North American Free Trading Agreement https://youtu.be/0NQz2mbaAnc
(NAFTA) foi assinale em 1993 e com exceção de A História do Racismo e do Escravismo (BBC).
grande parte da população Mexicana, há um elevado A "História do Racismo" é um documentário
potencial de consumo nesse bloco econômico. produzido e realizado pela British Broadcasting
04)Atualmente a economia canadense é um braço Corporation (BBC) - que aborda o legado deixado
economico dos EUA. pelo racismo e pelo escravismo ao longo dos séculos
08)O norte do Mexico vem recebendo investimentos -,
por parte do capital estadunidense. como parte da comemoração do bicentenário da Lei
16)Antigamente o Canadá tinha como parceiro de Abolição ao Tráfico de Escravos (1807), a BBC 4,
econômico a Inglaterra, mas com o tempo, formam dentro da chamada "Abolition Season", exibiu uma
com os EUA um dos mais poderosos blocos do série composta por três episódios, independentes
planeta. entre si, abordando a história e os aspectos do
Resposta: todas corretas.
racismo pelo mundo. São eles: "A Cor do Dinheiro",
"Impactos Fatais" e

APEC - Associação de Cooperação Econômica


da Ásia e do Pacífico.

ATUALIDADES 33
Navio negreiro - Tráfico de africanos para as corte de árvores ou de qualquer outra economia,
Américas mas sim, “salvar as almas dos nativos.”
https://youtu.be/4GPICBDb87M
JESUÍTAS NO BRASIL
Quilombo completo Dublado (1984) Os padres Jesuítas levaram muito a serio os
https://youtu.be/v7CYGqJsFvU ditos do rei de Portugal sobre o caráter missionário
das expedições, daí o choque desde os inicios das
12 Anos de Escravidão (2014) Dublado Completo formações das primeiras vilas e áreas agrícolas, com
https://youtu.be/1jqV1qHSQew a captura de indígenas para o trabalho escravo nas
fazendas de cana.
Os jesuítas que vieram para o Brasil não
eram contrários à escravidão, apenas não aceitavam
a escravização indiscriminada que os europeus
praticavam no Brasil. Os jesuítas entendiam que a
escravidão tinha que ter uma fundamentação
religiosa e não puramente econômica, ou seja,
escravizar para cristianizar e não para obter lucros.

A escravidão dos índios ou negros com o


objetivo único de enriquecer era compreendida pelos
religiosos como o pecado da cobiça, que era um dos
pecados combatidos pela igreja católica, pelo menos
na teoria (movimentos protestantes na Europa,
Desde o início da ocupação efetiva do Brasil principalmente o do padre Lutero, na Alemanha que
no século XVI (a partir de 1532), diferentes classes era contrário à usura).
sociais se formaram no Brasil colônia em uma
espécie de pálida réplica das classes sociais que Os nativos resistiam à doutrinação dos
existiam em Portugal. padres jesuítas e para que se cumprisse a missão de
Nitidamente três classes se espelhavam “salvá-los” valia a ação de escravidão, penitencias,
no mundo ibérico, exemplificada na alta sociedade torturas, para poder “salva-los” . A alteração dos
portuguesa, que era ou clerical ou aristocrática e a costumes, idioma e visão de mundo foi ampla e
população comum. Se alguém não pertencesse aos profunda nas comunidades nativas.
dois primeiros estamentos (nobreza ou clero) estaria O Rei, embora concordasse com os
obrigatoriamente no Terceiro Estado que eram religiosos quanto à nobre ideia de salvar essas
todos os explorados pelas classes dominantes e almas de além mar e também ser simpático à
trabalham sem direitos, ou leis que os protegiam dos escravidão por fé, não concordava plenamente com
abusos de poder. os jesuítas defendendo certos casos em que a
O Terceiro Estado era amplo e englobava escravidão poderia ser permitida, por exemplo, os
desde os comerciantes dos burgos (chamados de índios que fossem hostis à causa portuguesas.
burgueses), camponeses, artesãos e todos os O rei autorizava a escravidão indígena se
demais profissionais liberais que existissem na fosse através da “guerra justa” (a guerra que fosse
época. somente feita com a autorização do Rei), assim o rei
Na época não importava se um indivíduo saberia, embora apenas de forma indireta e com
tivesse posses, riqueza ou prestígio, o que valia era apenas uma versão dos fatos, o que estava
a linhagem de sangue e nobreza. Caso não tivesse acontecendo nas suas terras e de quais guerras e
nenhuma linhagem comprovada, pertenceria ao avanços estariam em curso por essas terras.
terceiro Estado. Os indígenas que fossem simpáticos à causa
A maioria dos europeus que vieram para o portuguesa ou aliados eram declarados livres pela
Brasil pertenciam ao terceiro Estado e almejavam coroa, não podendo, portanto, ser escravizados, a
rapidamente enriquecer e, com muito dinheiro, mesma compreensão se estenderia aos índios que
transformarem-se em nobres fidalgos e daí retornar fossem cristianizados. Isso dava aos religiosos mais
para Portugal. poder e prestígio entre os índios, que dessa forma os
estariam “protegendo”.
Para o rei de Portugal, D. João III, o
povoamento das novas terras, pelo menos no início,
não era para ser um empreendimento comercial,
mas sim, para que os nativos pudessem receber a
conversão para a fé cristã (palavras de D. João III).
O próprio Manoel da Nobrega escreveu
uma carta para o primeiro Governador Geral Tomé
de Souza, afirmando que a primeira intensão do rei
não era a construção de Engenhos, plantio de cana,

ATUALIDADES 34
O aumento do fluxo de cana para a Europa
não se dava pela melhoria da produção, mas sim,
por um aumento da área de cultivo, cada vez mais
exigindo mão de obra pela extensão e não pela
qualificação, dessa forma, aumentava-se a produção
e reduzia-se paulatinamente a produtividade. O
problema de uma economia dessa forma é que
chega um momento em que a extensão é tão grande
que se torna ineficiente pela carência de
gerenciamento e elevados custos de manutenção, o
famoso “elefante branco”.
A cada vez maior necessidade de novos
escravos e a vinda de mais jesuítas para o Brasil
favoreceu o aprisionamento e a busca por mão de
obra escrava africana nas lavouras de cana,
ocorrendo a partir daí a substituição gradativa dos
nativos pelos africanos.
GRANDES LAVOURAS E A MÃO DE OBRA
O rei de Portugal tinha dificuldades com O TRAFICO NEGREIRO PARA O BRASIL
relação à produção econômica no Brasil devido a No mundo religioso da época colonial o mais
grande extensão das terras e a necessidade de mão importante era impedir que o amor ao Deus todo
de obra para as lavouras, daí ser obrigado a alterar a poderoso nunca pudesse ser substituído pelo amor à
legislação para poder atender às exigências dos riqueza, bonança, poder, prazer, gula ou sexo, pois
grandes produtores (Rei interferia diretamente na tudo isso era condenado pela igreja por ser pecado,
economia). daí os esforços da cúpula religiosa para estabelecer
Embora o Estado por vezes permitisse a regras restritivas e claras sobre quando era possível
escravidão indígena, continuava a manter a posição ou não o aprisionamento de mão de obra escrava
de restrição à livre escravização dos nativos. indígena, para justamente refrear ou limitar o
A necessidade de mão de obra nas lavouras desencadear da cobiça.
dos grandes proprietários e as distancias em relação Essa era a principal preocupação da cúpula
à metrópole, somados à precária fiscalização por religiosa no Brasil no século XVI.
parte da coroa portuguesa, facilitavam as ações de
captura indiscriminada de índios nos interiores do
Brasil, mesmo os protegidos por lei.
Os Jesuítas e também as leis de Portugal
eram, com certeza, um empecilho à lavoura
canavieira, mas as ordens iam sendo burladas na
medida do possível, sem grandes consequências, já
que os grandes lucros eram motivo suficiente para
que se fechassem os olhos e as reclamações de
representantes da corte.

Aprisionamento de indígenas
Para se adequar tanto à igreja como às
necessidades de mão de obra, a solução encontrada
foi investir no tráfico negreiro, assim a pressão da
igreja diminuiu e os negócios prosseguiram gerando
polpudos lucros para o rei de Portugal.

A mão de obra escrava africana sem ou com


menor interferência foi amplamente utilizada em
todas as necessidades dos Engenhos, desde o
campo até as atividades domésticas e também para
cuidar dos filhos dos patrões.
A política indigenista foi substituída por uma politica
colonialista.

A mão de obra indígena foi largamente O TRAFICO NEGREIRO


utilizada nas lavouras de cana de açúcar, desde o Desde que o trafico negreiro começou a vir
plantio, colheita, confecção do açúcar, melado e para o Brasil, quem administrava toda essa
cachaça, gerando muitos lucros para o rei de empreitada era a coroa portuguesa de forma direta,
Portugal e a nobreza, associada à política ou então, terceirizava para a iniciativa privada, sob
mercantilista. contrato de pagamento “por peça” ou seja, por
escravo transportado.

ATUALIDADES 35
As empresas que administravam o trafico existia bem antes da descoberta e colonização do
negreiro eram em grande parte, de portugueses de Brasil, basta lembrar dos grandes impérios Romano
ascendência judaica, que viram um lucrativo negócio e Grego e muito antes disso. A escravidão é
em todo o processo, desde a captura, transporte e encontrada em vários momentos da história da
chegada nos portos do Brasil. humanidade.
Em Portugal os registros de negócios já
Não se sabe exatamente quantos escravos apontavam um comércio regular de escravos desde
negros foram trazidos do continente africano para a 1448, com negros não somente vendidos em
América. As bibliografias relatam que foram mais de Portugal, mas também na coroa espanhola.
13 milhões de pessoas, numero esse considerado
conservador por vários historiadores. A maioria das pessoas escravizadas indicam
ser do grupo Banto e Sudaneses.
Porões de navio negreiro
No comércio escravista, tanto brancos Principais etnias:
europeus como americanos e negros comerciantes • Sudaneses: etnia Ioruba
africanos lucraram com o trafico para a América. • Povos islamizados: Mandingas e Hauçás
Não havia navios específicos para tal • Bantos: principalmente de Angola, Congo e
mercantilismo, daí simplesmente adaptavam-se os Moçambique.
porões das embarcações para a longa travessia,
sem nenhum conforto, muito pelo contrário. No ano de 1580 quando ocorreu a União Ibérica,
Os escravos eram trazidos acumulados os registros revelam que só em Pernambuco já se
como animais. Apenas crianças podiam circular pelo contava mais de 10 mil escravos e havia cerca de 3
convés (melhorava as condições de chegarem vivas mil na Bahia.
conseguindo um bom preço, principalmente das
meninas mais bonitas para os clientes exigentes. Nos 400 anos de escravidão, acredita-se que só para
AS condições de travessia eram muito o Brasil tenham vindo mais de 5 milhões de escravos
difíceis, com porões com temperaturas que podiam africanos, segundo os cálculos do historiador Edgar
chegar a 50 graus centígrados em dias abafados o Conrad.
que levava muitos à morte, daí a denominação de
tumbeiros. OUTROS PAÍSES ENTRAM NO LUCRATIVO
Os que não resistissem à amarga viagem NEGÓCIO
eram lançados ao mar, assim como os que se Até por volta do ano de 1570, quem
mostrassem resistentes à condição de escravo. controlava e monopolizava o trafico negreiro eram os
A alimentação básica era de milho e meio portugueses. A partir de 1570 outros países como
litro de água por dia. Holanda, França e também a Inglaterra passaram a
concorrer com os lusos.
Corpos lançados ao mar.
A viagem levava mais de um mês e apenas Foi no final do terceiro Governo Geral do
era permitido se enxaguarem duas vezes durante a Brasil, sob ordens de Mem de Sá (1557 a 1572) que
viagem, para não gastar água. Lavavam a boca com a substituição da mão de obra indígena se
bochechos com vinagre e devido às péssimas consolidou e a partir de 1640, com o fim da União
condições de higiene, não eram raras as infecções Ibérica e o surgimento da nova dinastia dos
pelo corpo todo, problemas intestinais e oculares, Bragança (Rei D. Joao IV) a escravidão negra
diversas enfermidades faziam com que muitos passou a ser a regra na colônia. Portugal recuperou
chegassem ao Brasil cegos e moribundos. as áreas portuárias na África, fornecedoras de mão
Algumas embarcações adaptadas tinham os de obra escrava.
porões divididos em três andares de madeira ou Conforme o local de partida e o porto de
mais, de aproximadamente meio metro de altura. Os chegada, a viagem transoceânica levava cerca de 30
escravos permaneciam acorrentados pelos pés ou a 45 dias.
pescoço durante quase toda a viagem. Pode-se considerar que a colonização do
Como as mortes eram muitas durante o Brasil, propriamente dita, ganhou impulso a partir do
percurso e os que chegavam precisavam de um momento em que a mão de obra escrava negra veio
tempo para se recuperar, muitos ficavam inutilizados para o Brasil.
para o trabalho e não tinham bom preço ou nenhuma
serventia, para que a viagem valesse a pena, O escravismo colonial se diferencia das
abarrotava-se de escravos para garantir o lucro na demais épocas escravistas anteriores na historia, por
hora da venda. ser eminentemente mercantil, ou seja, a única
Cerca de 500 pessoas eram acorrentadas, finalidade era a máxima obtenção de lucro, com
viajando espremi das nos porões imundos e baixo ou nenhum investimento. O escravo trocava o
quase sem ar para respirar. trabalho obrigatório pela sua vida, sem receber nada
por isso, gerando lucros absolutos para o seu dono.
O ESCRAVISMO NEGRO NA EUROPA
A escravização dos negros africanos não foi
exclusiva da América pós Cabral. A escravidão já

ATUALIDADES 36
Os escravos eram produtores de Se a escravidão for analisada de um viés
mercadorias, sendo eles mesmos vistos pela classe econômico, pode ser considerada como uma forma
dominante, como também mercadoria, adquiridos por de acumulação primitiva. Já de um âmbito social,
relações econômicas entre os traficantes e os toda e qualquer forma de escravidão foi uma forma
senhores do Engenho. de violação irreparável cultural, econômica, social e
Nesse processo, o escravo era explorado política.
duas vezes, um como uma mera peça no jogo Na escravidão uma mão de obra foi utilizada
econômico da época e outra pelo impedimento de de forma barata para o benefício exclusivo de uma
sua própria evolução como indivíduo, excluído de minoria, sem qualquer contrapartida, somente essa
sua própria vontade e liberdade, daí impossibilitado condição se perpetuando com o uso da brutalidade,
de desenvolver-se economicamente e culturalmente, do terror, torturas publicas e psicológicas, com
estendendo essa realidade para si, sua família e consequências nefastas por diversas gerações
seus pares. sequentes.
O escravismo causa uma desorganização
A ESCRAVIDÃO NO CONTINENTE AFRICANO estrutural no povo que sofre essa agressão de
A desigualdade econômica, social e política consequências irreparáveis, com a destruição
no mundo não é algo recente e tem a ver com o familiar, cultural, econômica, social e política.
processo de enriquecimento de uns povos se
utilizando da escravização de outros, considerados A escravidão no continente africano já existia muito
por personagens das elites dominantes da época antes da chegada dos portugueses ou dos europeus
como inferiores e buscando justificativas das mais no Brasil.
diversas. Desde a expansão Islâmica que teve início
Quando o desenvolvimento de um povo se no ano de 632 depois de Cristo, os árabes
dá por suas próprias forças há uma contribuição muçulmanos estenderam os seus domínios tanto
inestimável para a humanidade, com um sequente pelo continente africano, notadamente por volta do
beneficiamento não somente da própria população ano 640 no Egito, 711 na península Ibérica; como
local, mas também de quem tem contato com as também pelo golfo pérsico por volta do ano de 640 e
novas descobertas. Ocorre que raramente o a partir do ano de 700 na Índia, já se tem relatos de
desenvolvimento por esforço próprio de um povo, aprisionamento de africanos para trabalhos escravos
levando-o a riqueza e abastança ocorreu na história, nessas extensões muçulmanas.
sem a exploração violenta de outras populações que
passaram a trabalhar como escravos ou subalternos. No período que engloba uma parte da alta
A busca por justificativa não raramente encontradas idade média como na baixa idade média (séc. VII a
são a motivação de superioridade de um povo sobre XV) o comércio de escravos negros foi largamente
o outro. utilizado no norte da África para as mais diversas
A compreensão do processo de atividades, principalmente nos setores essenciais
escravização entre os povos possibilita uma visão para que a economia fluísse.
mais ampla sobre os motivos de tantas e profundas
desigualdades gritantes no mundo. O escravo ocupava o mais baixo estrato
social da divisão hierárquica, mas esse modo
São diversas as frases “clichês” que ainda econômico ou formato econômico aplicado na época
hoje se escutam na tentativa de explicar as se mostrava, embora brutal, completamente diferente
desigualdades. As mais comuns, sempre como do modelo escravista colonial racista, implantado nas
discursos fáceis, simples e ausentes de maiores colônias das Américas.
reflexões. A constituição de alguns países, como no
Mali, proibia os maus tratos aos escravos, inclusive,
Entre diversas explicações superficiais, algumas são: as regras Islâmicas prescreviam a “generosidade” no
• “sempre houve pobres e ricos, então é assim trato com os escravos.
mesmo”
• “os pobres são pobres por que não Imagem mostrando o “bom” tratamento dos
trabalham” escravos. Como seria então um mau tratamento?
• “os ricos são ricos por terem se esforçado
mais”
• “os ricos dão mais duro do que os pobres no
trabalho”
• “os ricos economizam dinheiro enquanto os
pobres não poupam e gastam tudo em
bebidas e distrações”
• “A meritocracia é a verdadeira política da
prosperidade, pois prioriza o mais
esforçado”.

Antigas rotas medievais de comércio na África

ATUALIDADES 37
A origem da escravidão mercantilista
europeia africana veio com a escravidão por dívidas,
onde grupos armados de tribos rivais faziam guerras
e ao capturarem prisioneiros, os vendiam nos
entrepostos no litoral africano para traficantes que os
trocavam por mercadorias vindas da Europa e
posteriormente, da América, como aguardente,
armas, gêneros manufaturados e alimentos.

Entrepostos de venda de escravos para


europeus.

Para o Islão o ato da alforria é nobre e


merecedor e de beneficência para quem o pratica.
Diversos povos africanos se converteram ao
islamismo. PORTUGUESES NO LITORAL AFRICANO
Alguns povos como os do império do Mali, As primeiras incursões dos portugueses na
tinham em sua Constituição, a proibição de maus costa africana tiveram início ainda em 1415 com a
tratos aos escravos (Ihsan IV,36), ou seja, a tomada de Ceuta, que no médio e longo prazo, não
escravidão era existente e prevista na lei de alguns se mostrou vantajosa, muito pelo contrário, por que
povos. as rotas do rico comércio que vinham para essa
Também encontram-se muitos registros de escravos cidade foram desviadas para outras localidades,
alforriados que conseguiram prosperar muito, além de a tensão permanente de guerra
tornando-se homens de poder e muito respeitados desestimular investimentos e áreas agrícolas para o
na época da expansão muçulmana pelo mundo. auto sustento da colônia, além de que o elevado
orçamento bélico para a manutenção da área
Como a escravidão era compreendida como conquistada por Portugal foi catastrófico para os
também um estágio econômico que podia ser cofres da coroa.
temporal, muitos escravos tornaram-se
personalidades de poder e grande influencia. Quando os portugueses começaram a
Desde o império egípcio, exemplos inúmeros de expansão das rotas de navegação pela África
escravidão são citados nos registros hieráticos, subsaariana, as primeiras viagens foram de
inclusive com escravos que ocupavam cargos de reconhecimento e contato pacífico com os povos
regentes, como o escravo negro etíope Abu al-Misk nativos.
Kafur, que foi promovido a regente da Síria e Por volta de 1470 os Portugueses já tinham
também ministro (vizir) do Egito. alcançado a enseada de Benim, delta do rio Níger e
Em outros países também há inúmeros outras áreas do golfo da Guiné.
casos em que escravos acabaram tornando-se O que motivava as expedições eram as promessas
importantes generais, como Mansa Sakura no de abundante ouro e pedras preciosas do continente
império Mali e posteriormente chegou a imperador. africano. Explorar as ricas minas de ouro mexia com
Na índia também havia o costume escravista, com o animo dos empreendimentos navais lusos, que não
também destaques na administração, forças se mostraram verdadeiros com o passar das
militares, conselheiros e tantos outros. décadas.
Escravos também eram contratados como Os produtos que mais eram comercializados
mercenários para protegerem os reis, imperadores, eram o Tabaco, marfim, tecidos, armas e peles de
nobres, entre outros, quando estivessem em praça diversos tipos de animais, mas o principal produto
ou expostos ao publico, por exemplo. eram os escravos.
Os escravos comprados ou adquiridos tinham direito
a ter o seu próprio momento de trabalho para si, A moeda de troca era diversa, como objetos
inclusive adquirindo bens, conseguindo a sua própria de cobre, contas de vidro provenientes de Veneza,
propriedade e vivendo com sua família. tecidos, vinhos, cavalos, ferro (posteriormente
Escravos também eram utilizados como derretido na África para fazer armas, para combater
valorosos soldados, sendo honrados e detentores de tribos inimigas e conseguir mais escravos) .
muita confiança.

ATUALIDADES 38
Como a aquisição de escravos era muito essa chamada de “Malungo”, amizade que podia
barata na África, justificou-se a mão de obra negra durar a vida toda.
africana para a América colonial, reduzindo os custos Também havia a compra de delatores, onde em
dos empreendimentos no Brasil e demais países. troca de informações de rebeldes ou movimentos
As rotas dos escravos até as áreas dentro do barco, os marinheiros davam mais água ou
portuárias era penosa, caminhando quilômetros até comida para um ou outro escravo que dedurasse
os portos de destino. As caravanas traziam diversas rebeldia entre os prisioneiros.
tribos diferentes, de diversas regiões e devido aos Ao chegarem ao Brasil, os escravos
maus tratos, chegavam com varíola, sarna, demonstravam tanta alegria que tal fato, para
disenteria, ficando todos presos em um mesmo amenizar a dura travessia e maus tratos que sofriam,
barracão, esperando os navios dos traficantes, que frente aos moradores das cidades, era dito que
faziam as negociações de forma rápida, pois estavam alegres de felicidade por se libertarem da
pagavam para ficar no porto, abastecer de água e vida pagã africana ao chegar ao mundo
comida. cristão.(TURCI, Herica. Professora de história da
Muitas vezes tinham que trazer presentes USP.)
para os chefes locais, para garantir bons preços,
porto seguro e exclusividade nos negócios. O trafico negreiro passou a valer a pena quando a
Os traficantes só fechavam negócio quanto demanda nas colonicas americanas superou em
tinham toda a quota de negros pretendidos e todos muito a compra de escravos do continente europeu.
os valores acertados, para depois embarcar, o que
podia até durar 5 meses de negociação. O cuidado ESCRAVIDÃO NO BRASIL
era para não dar espaço para rebeliões no barco ou
necessitar cuidar de doentes ou de qualquer
imprevisto na embarcação.
A expressão navio “tumbeiro” fazia juz ao
nome, pois cerca de 20% da “carga” acabava
morrendo durante as duras condições de travessia
oceânica.
Como o traficou durou cerca de 400 anos,
houve diversas tecnologias adequadas para o
empreendimento, sendo diversos barcos e
estratégias utilizadas para a condução dos cativos.
Em geral eram cerca de 400 a 500 escravos
por viagem, abarrotados nos porões. Como muitos
morriam, os traficantes embarcavam muitos a mais, Os primeiros escravos no Brasil foram os
para poder ter maior chance de mais sobreviventes, nativos ou também chamados de “negros da terra”,
o que significava maiores lucros, daí as os índios, principalmente na capitania de São
superlotações. Vicente, diferentemente dos engenhos ricos do
nordeste, as terras de São Paulo eram pouco férteis
e durante os primeiros 200 anos foi utilizada
largamente a mão de obra indígena pela
impossibilidade de aquisição de negros africanos,
desrespeitando as ordenações da coroa e também
da igreja.
A escravidão africana teve início com a
produção de cana de açúcar, que necessitava de
grande quantidade de mão de obra para a lavoura.
Os principais portos de desembarque de escravos
africanos eram no Rio de Janeiro, Salvador, Recife,
São Luís e Belém

Enquanto uma viagem de Angola até o Brasil Para os trabalhos nas lavouras de cana os negros
durava em torno de 30 a 35 dias, a partida de mais caros eram os que vinham de Moçambique,
Moçambique levava 3 longos meses. Angola, Luanda, que eram chamados de Bantos. Já
Com uma alimentação mínima de farinha de os Sudaneses não tinham menor valor, já
mandioca, feijão, milho e um pouco de água, as conhecedores da mineração do ouro do continente
chances de sobreviver, desnutridos, com africano, onde já trabalhavam como escravos.
temperaturas elevadas nos porões, nenhuma Os descendentes dos negros africanos hoje na
higiene, muita umidade, não era de estranhar o Bahia, são em grande parte de origem Sudanesa,
elevado numero de doentes e mortos, que eram provenientes do porto de Mina ou da Guiné.
jogados no mar.
Para sobreviverem, tribos que nunca haviam
se conhecido passavam a se ajudar, solidariedade

ATUALIDADES 39
famosos caminhos tortuosos e inseguros era a
Picada de Goiás, que partia do Rio de Janeiro até
Goiás, com dias (aproximadamente 40 dias
dependendo da carga) de marcha e com toda a sorte
de agruras tanto de climas como de enfrentamento
de animais, nativos e de negros fugidos.
Na época do Brasil Colônia, os caminhos
únicos e oficiais permitidos pela coroa eram
denominados de Caminhos Reais ou Estrada Real.
A abertura de outros caminhos era crime de lesa-
majestade.
A Estrada Real eram os caminhos mais
utilizados, daí serem bem batidos, com fácil
marcação e de maior movimento, daí também maior
segurança para comboios e também com estradas
Com a valorização do “produto”, os negros que mais conhecidas e com habitações entremeadas,
morriam nas embarcações eram uma soma de como uma espécie de BR-101 hoje.
prejuízo, daí surgindo buscas por melhorar a
condição dos navios para reduzir os óbitos no Alguns caminhos se destacam como:
caminho. • Caminho da Bahia
O comércio de escravos era avaliado como se avalia • Caminho do Rio de Janeiro
um animal, ou seja, por suas características que • Caminho dos Diamantes.
podiam aumentar ou diminuir o preço, como bons
dentes, canelas finas, quadril estreito, calcanhares CAMINHO DA BAHIA
altos, avaliações essas de cunho racista. Pouco ainda se sabe sobre esse caminho
que partia do litoral da Bahia até o interior do Brasil.
A morte de um escravo por motivo de Foi a partir de meados do século XVII a mais
doença, violência ou maus tratos, com o tempo e o importante via de comunicação entre Salvador e
aumento do valor dos escravos devido às restrições Ouro Preto (MG), áreas em que o ouro foi
ao trafico tanto no Brasil como no mundo, geravam descoberto e passou a ser atração e centro do
prejuízos elevados para o fazendeiro. Inclusive os interesse econômico da coroa.
próprios traficantes passaram a cuidar mais da carga Através dessa estrada Real, principalmente o gado
humana, para evitar perdas econômicas. era conduzido seguindo o curso do rio São
Francisco, daí surgindo dezenas de pequenos
QUILOMBOS povoados às margens do São Francisco ou também
Os negros escravos que encontravam chamado de Velho Chico.
condições de fugir das fazendas, embrenhavam-se Os tropeiros partiam de Salvador (Bahia)
nos matos em desabalada corrida, sendo muitas seguindo o curso do rio Paraguaçu.
vezes perseguidos pelo Capitão do Mato. Não se sabe quem na realidade abriu ou descobriu
No interior do Brasil havia agrupamentos de esse caminho, mas por ali passava muitos
ex-escravos que conseguiram fugir das garras dos imigrantes, boiadas, escravos vindos da África e
fazendeiros, formando os quilombos, com centenas e caravanas levando diversos produtos provenientes
até milhares de indivíduos que assaltavam da Europa.
caravanas e viajantes que passavam pelas estradas, Caminho da Bahia
soltando negros cativos, roubando as cargas
transportadas como: dinheiro, tecidos, metais,
armas, cavalos, sal, bugigangas, miçangas, panelas,
perfumes e tudo o mais.
Após matarem as vitimas, jogavam os corpos em
valetas ou os lançavam no mato. A violência como
reação à violência era a regra para ambos os lados.

As cargas que vinham do Rio de Janeiro,


com muitas mercadorias e comboios de escravos,
eram as que rendiam os maiores esforços. Quando
libertavam os negros cativos, esses passavam a
fazer parte do quilombo, engrossando o numeroso
grupo de assaltantes ilegais que assaltavam
assaltantes, só que legalizados pelas leis coloniais.

Durante o Brasil colônia e boa parte do Brasil


império e republica, havia poucos caminhos seguros
para as áreas mais interioranas do Brasil. Um desses Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Caminho_da_Bahia

ATUALIDADES 40
As tropas de comércio levavam diversos produtos
CAMINHO DO RIO DE JANEIRO como:
Essa Estrada Real (estrada oficial) é • Azeite, farinha de trigo, sal, vinhos.
atualmente um dos pontos altos do turismo de Minas • Cravo, canela, pimenta e outras especiarias
Gerais, com cerca de 1.600 km. Ligava o litoral do • Tecidos de veludo, cetim, chita, estopa e
Rio de Janeiro às áreas produtoras de ouro de outros
Minas. • Cobertores, linhas de coser, rendas,
A utilização de “descaminhos” ou atalhos, • Armas, pólvora, chumbo
era proibida, justamente para que o governo tivesse • Louças e vidrarias
controle do fluxo de ouro e demais economias que • Papel para escrever e tintas.
circulassem pelas estradas do Brasil Colônia.
A estrada ligava Vila Rica (hoje Ouro Preto) DIA A DIA DO ESCRAVO:
até o porto de Paraty, no Rio de Janeiro. Com o Tanto nas fazendas de cana de açúcar,
passar do tempo foram surgindo diversos povoados, trabalhando no plantio e colheita, na confecção de
vilas, pontos de parada, para acolher os tropeiros, cachaça, açúcar, agricultura ou nos trabalhos
mineiros, bandeirantes, viajantes, aventureiros e os domésticos, o tratamento com os escravos era
diversos comerciantes que se dirigiam para as áreas péssimo, o mesmo ocorrendo nas áreas de
interioranas do Brasil. mineração.
Como esse caminho atravessava a Serra da Os turnos de trabalho chegavam a 16 horas por dia,
Mantiqueira, as dificuldades eram grandes e em apenas tinham trapos para se vestirem, pouca
média durava cerca de 60 dias. alimentação (até duas vezes por dia) e deficiente,
além de severos castigos físicos.
Com a descoberta de pedras preciosas na região de Os escravos moravam em alojamentos
Diamantina, o caminho do ouro foi estendido até chamados de senzalas, escuros, úmidos, sem
mais ao norte, até Diamantina. qualquer conforto, acorrentados durante a noite para
evitar fugas.
Se o escravo se distraísse no trabalho ou
fizesse algo errado, era amarrado em um tronco e
açoitados até, por vezes, chegar a desmaiar.
Todas as ações dos donos das fazendas e
dos escravos estavam amparadas pela lei de numero
4 (10 de junho de 1835) lei essa que proibia que os
escravos causassem qualquer tipo de ofensa ou
agressão ao patrão e também aos demais escravos.
A pena de desobediência era de açoites ou até
mesmo a pena de morte.
Também foi construída a nova estrada que ficou Obs: a lei que passou a proibir os açoites somente
chamada de Caminho Novo, no século XVIII. foi aprovada em 1886, ou seja, dois anos antes da
abolição da escravatura.
CAMINHO DE GOIÁS
Com a descoberta de ouro no sertão de MOVIMENTOS E LEIS ABOLICIONISTAS NO
Goiás, abriu-se uma picada até a região aurífera e BRASIL
daí, tonrou-se uma Estrada Real por onde o Com o surgimento forte de movimentos em
comércio de tecidos, gado, escravos, miçangas, favor da libertação dos escravos (abolicionismo) a
alimentos, charque, aventureiros, mineiros, partir de 1845 na Europa, o Brasil levou muito tempo
estrangeiros, comboios de todos os tipos, para que essa realidade fosse implantada por aqui.
conectavam o litoral à essa distante área de quase Mesmo após a lei Euzébio de Queiroz de 1850,
1.600 km (1.596 km) até o Rio de Janeiro. somente a partir de 1870 é que a região sul do Brasil
passou a priorizar trabalhadores assalariados, tanto
http://pt.wikipedia.org/wiki/Caminho_de_Goi%C3%A1 brasileiros como também imigrantes europeus,
s substituindo lentamente a mão de obra escrava, pois
já se via que com o passar dos anos as tendências
Essas estradas, principalmente a Picada de Goiaz, é abolicionistas eram prevalentes.
que sofria constantes ataques dos quilombolas, que
ao libertar os negros que estavam sendo traficados e • 1845: A lei Bill Aberdeen foi elaborada pela
também ficarem com todas as cargas comerciais, Inglaterra pelo Lorde Aberdeen, proibindo o
causavam enormes prejuízos para os comerciantes trafico de negros africanos para qualquer
da região e daí o recrudescimento da violência. parte do mundo.
O comércio era realizado com comboios de cerca de
• 1850: A lei Eusébio de Queiróz proibia que
20 a 50 mulas que carregavam bruacas (espécie de
o Brasil importasse escravos da áfrica, o que
cestos) onde as cargas eram acomodadas. Cada
tornou cada vez mais o trafico antieconômico
mula carregava cerca de 7 arrobas (cada arroba tem
para os importadores dessa mão de obra.
15 kg) de carga.

ATUALIDADES 41
• 1854: A lei Nabuco de Araújo foi aprovada AFRICANOS LUTARAM CONTRA O
no Brasil por forte pressão da Inglaterra, que ABOLICIONISMO.
não toleraria qualquer tentativa de Diversos reinos africanos ficaram muito ricos
continuísmo da importação de escravos com a venda de escravos para os Árabes, mas
africanos. O motivo era que a Inglaterra quando os portugueses e demais europeus entraram
estava inundando o Brasil com produtos no negócio de aquisição de mão de obra escrava, as
importandos do velho mundo, mas para que rendas dos reis africanos escravistas foi colossal.
os negócios prosperassem, era necessário O reino de Axante era um dos que fizeram fortuna
que houvesse um grande numero de vendendo escravos para os europeus e com a troca
consumidores no Brasil. A Inglaterra por armas, passaram a conquistar outras áreas e a
estimulou que a coroa portuguesa trouxesse fazer mais reféns, que por sua vez, eram também
imigrantes para o Brasil e que os trabalhos vendidos para os traficantes europeus e americanos.
fossem assalariados, inclusive os negros, Com a venda de escravos, o palácio do reino de
assim teria a mão de obra consumidora que Ashanti era de grande luxo, com estradas que
tanto almejava. A lei prescrevia punições interligavam o seu império, agora, centralizado.
para qualquer infrator da lei Eusebio de
Queiróz. Reino de Ashanti
• 1871: a lei do Ventre Livre foi, na
realidade, a primeira lei abolicionista de
verdade do Brasil. A partir da data de
promulgação da lei, ganhariam a liberdade.
Mas havia aí um contrato, ou seja, estar
liberto não queria dizer que podia fazer o que
quisesse ou sair da propriedade. O
beneficiário estava obrigado a permanecer e
trabalhar na fazenda até completar os 21
anos. Essa lei foi muito criticada pelos
abolicionistas pois o jovem estaria ainda
indiretamente escravo, tendo que trabalhar
para o patrão ainda no período mais
produtivo de sua vida. O reino de Daomé (Benim) também fez
• 1885: lei do sexagenário, dava liberdade fortunas com a venda de escravos negros para os
para os escravos que tivessem idade acima Europeus. Em muitos reinos do interior da Africa a
de 65 anos. De início era até os 60 anos e captura de escravos foi o que movimentou a
passou a 65 anos, mas ha uma falsa economia durante vários anos.
impressão de conquista, pois devido às Os europeus apenas tinham uma pequena
duras condições de trabalho, raramente feitoria (forte) no litoral, sem inclusive ter permissão
algum escravo conseguia alcançar tal idade para saírem sem ordem do rei local. Quem
e mesmo assim, quando alcançava os 65 controlava o preço dos escravos era o próprio Rei,
anos, para a época, seria o equivalente a inclusive, em exigir a substituição do funcionário
alguém de 80 anos hoje. Na real essa lei português que estivesse na feitoria, bem como
vinha a beneficiar o dono das terras que também castiga-lo se assim o quisesse.
assim, se livrava de uma mão de obra já não A coroa portuguesa inclusive mostrava-se
produtiva, economizando alimentação e fraca, submissa e subserviente às vontades dos reis
moradia, além de não ter que se preocupar escravagistas africanos.
com a própria fragilidade da idade avançada Entre os anos de 1750 e 1800 os próprios reis e
de um ex-escravo. nobres africanos queriam ter o controle total
• 1888: lei Aurea, assinada pela princesa (monopólio) do trafico negreiro para o Brasil. Os
Isabel no dia 13 de maio de 1888, libertando diplomatas e assessores africanos eram recebidos
definitivamente os escravos. Embora com pompas na corte Lusa, muitas vezes ficando por
libertos, em nada garantiu melhores anos sendo sustentados pela corte de Portugal,
condições de vida para os negros, pois a lei vivendo em grande conforto e mordomias tanto em
não previa a inclusão dos mesmos na Portugal como no Brasil.
sociedade. Agora sem moradia e sem Quando o Brasil declarou-se independente
emprego, não aceitos na sua nova condição de Portugal em 1822, o primeiro país a reconhecer a
de liberto, foi substituído pela mão de obra independência do Brasil foi Benim e também o reino
europeia, ficando à mercê da economia e da de Lagos.
sociedade, conseguindo os piores empregos O Brasil serviu para recepcionar e salvaguardar
e tendo que procurar as áreas de periferia nobres africanos que haviam perdido o trono na
para sobreviver. África. Um dos exemplos clássicos foi quando o rei
Fruku da Guiné, perdeu o trono e foi vendido como
escravo para o Brasil. Ao chegar na Bahia, não ficou
muito tempo como escravo mas sim, ao ser
comprada a sua liberdade, ficou por 24 anos na

ATUALIDADES 42
Bahia, até saber da morte do seu inimigo na Guiné, os títulos definitivos”. Este artigo da Constituição
quando então retornou ao país e recuperou a coroa solucionou a “questão quilombola” no Brasil.
do reino de Daomé.
NARLOCH, Leandro. Guia politicamente incorreto da 64..através das obras do pintor e desenhista alemão
Historia do Brasil, in: agradeçam aos ingleses. Johan Moritz Rugendas, é possível conhecer
aspectos do cotidiano da escravidão. Ele aqui esteve
no século XIX e deixou preciosa fonte iconográfica
Bibliografia sobre a vida no Brasil.
ALENCASTRO, Luiz Felipe. O trato dos viventes:
formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Cia (PUC-RIO 2009)
das Letras, 2000. Sobre as características da sociedade escravista
colonial da América portuguesa estão corretas as
FLORENTINO, Manolo. Em costas negras. In: afirmações abaixo, À EXCEÇÃO de uma. Indique-
JUNIOR, Roberto Catelli. História. Texto e Contexto. a.
Volume único. Ensino Médio. São Paulo: Editora a) O início do processo de colonização na
Scipione, 2006, p. 280 a 285. América portuguesa foi marcado pela
utilização dos índios - denominados “negros
da terra” - como mão-de-obra.
EXERCÍCIOS SOBRE ESCRAVISMO:
(UFSC 2010) b) Na América portuguesa, ocorreu o
Os africanos foram trazidos do chamado predomínio da utilização da mão-de-obra
continente negro para o Brasil em um fluxo de escrava africana seja em áreas ligadas à
intensidade variável. Os cálculos sobre o número agro-exportação, como o nordeste
de pessoas transportadas como escravos variam açucareiro a partir do final do século XVI,
muito. Estima-se que, entre 1550 e 1855, entraram seja na região mineradora a partir do século
pelos portos brasileiros 4 milhões de escravos, XVIII.
na sua grande maioria jovens do sexo masculino. c) A partir do século XVI, com a introdução da
mão-de-obra escrava africana, a escravidão
(FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Ed. indígena acabou por completo em todas as
da Universidade de São Paulo,1995. p. 51.) regiões da América portuguesa.
d) Em algumas regiões da América portuguesa,
Sobre a escravidão no Brasil, é correto afirmar os senhores permitiram que alguns de seus
que: escravos pudessem realizar uma lavoura de
subsistência dentro dos latifúndios
01.eram chamados quilombos os espaços agroexportadores, o que os historiadores
determinados para alojar os escravos destinados ao denominam de “brecha camponesa”.
comércio e foram fundamentais na estrutura e) Nas cidades coloniais da América
produtiva dos engenhos de açúcar. portuguesa, escravos e escravas
trabalharam vendendo mercadorias como
02.o dia da consciência negra celebra a assinatura doces, legumes e frutas, sendo conhecidos
da Lei Áurea no século XIX, que proclamou a como “escravos de ganho”.
liberdade dos escravos.
(FUVEST 2009)
04..aos escravos só restava a rebeldia como forma Trabalho escravo ou escravidão por dívida é uma
de reação, a qual se manifestava através do forma de escravidão que consiste na privação da
assassinato de feitores, das fugas e até do suicídio. liberdade de uma pessoa (ou grupo), que fica
Não havia qualquer forma de negociação com vistas obrigada a trabalhar para pagar uma dívida que o
a melhores condições de vida por parte dos negros. empregador alega ter sido contraída no momento da
contratação. Essa forma de escravidão já existia no
08.o Quilombo dos Palmares, organizado no interior Brasil, quando era preponderante a escravidão de
do atual Estado de Alagoas, é considerado o mais negros africanos que os transformava legalmente em
importante do período colonial e foi liderado por propriedade dos seus senhores. As leis
Zumbi. abolicionistas não se referiram à escravidão por
dívida. Na atualidade, pelo artigo 149 do Código
16.no continente africano os vários povos estavam Penal Brasileiro, o conceito de redução de pessoas à
divididos em etnias organizadas em tribos, clãs e condição de escravos foi ampliado de modo a incluir
reinos. Apesar desta divisão, a unidade desses também os casos de situação degradante e de
povos foi uma forma de resistirem à escravidão e jornadas de trabalho excessivas. (Adaptado de Neide
não serem transformados em mercadoria. Estergi. A luta contra o trabalho escravo, 2007.)

32.a Constituição de 1988 afirma que “cabe aos Com base no texto, considere as afirmações abaixo:
remanescentes das comunidades de quilombos que
estejam ocupando suas terras o reconhecimento da I. O escravo africano era propriedade de seus
propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes senhores no período anterior à Abolição.

ATUALIDADES 43
membro titular da Academia Mineira de Medicina e
II. O trabalho escravo foi extinto, em todas as professor orientador do Programa de Pós-Graduação
suas formas, com a Lei Áurea. de Infecção e Medicina Tropical da UFMG.
Doenças infecciosas, que já foram grandes
III. A escravidão de negros africanos não é a inimigas da humanidade séculos atrás e sumiram do
única modalidade de trabalho escravo na mapa por algumas dezenas de anos, estão de volta
história do Brasil. e se alastram, levantando uma questão: se há
informação, tecnologia de ponta e experiências
IV. A privação da liberdade de uma pessoa, sob adquiridas no passado, por que elas atormentam
a alegação de dívida contraída no momento novamente o planeta? Os males são classificados
do contrato de trabalho, não é uma pelo meio científico como emergentes e
modalidade de escravidão. reemergentes.
Futuro ameaçado
V. As jornadas excessivas e a situação Em seu artigo Ética, saúde e pobreza – as
degradante de trabalho são consideradas doenças emergentes do século 21, Dirceu Greco,
formas de escravidão pela legislação professor titular do Departamento de Clínica Médica
brasileira atual. e coordenador dos Serviços de Doenças Infecciosas
do Hospital das Clínicas da UFMG define as
São corretas apenas as afirmações: emergentes como aquelas de descoberta recente ou
a) I, II e IV cuja incidência tende a aumentar no futuro, como
b) I, III e V ocorreu com o vírus HIV. Quando a doença surgiu,
c) I, IV e V na década de 80, era diferente de tudo o que se
d) II, III e IV tinha visto. A Aids é, por si só, um fator determinante
e) III, IV e V para a volta de algumas doenças, como destacam os
pesquisadores Greco e Costa Rocha. “O HIV atinge
todo o sistema imunológico do contaminado, que fica
DOENÇAS ERRADICADAS NO PASSADO EM suscetível às ativações de doenças como herpes,
VÁRIAS PARTE DO MUNDO VOLTAM A tuberculose e outras infecções”, comenta Manoel.
ASSUSTAR A HUMANIDADE. As doenças reemergentes são as
conhecidas há muitos anos, mas que, de repente,
O mal de Chagas avança na Europa e nos têm a incidência aumentada. “Essa reintrodução
EUA; a China vive o terror da sífilis e 60 anos depois, coincide com o modelo de desenvolvimento
a dengue aflige o Brasil. econômico das sociedades atuais, baseado na
Planeta contaminado — Nos últimos meses, exploração do trabalho, com competição, solidão,
a China tem sido obrigada a conviver com um velho tensão social e ação predatória sobre o meio
fantasma. A volta da temível sífilis, que foi ambiente, como o desmatamento de florestas`,
praticamente erradicada há mais de 50 anos, com a destaca Manoel da Costa Rocha. Ele acrescenta
descoberta da penicilina, atualmente é a doença ainda a fome, as desigualdades sociais, a pobreza, o
sexualmente transmissível mais comum em Xangai. desemprego e as condições de vida das populações
A cada uma hora, nasce um bebê com a doença pobres que vivem em meios urbano ou rural, como
naquele país. O mal de Chagas, moléstia endêmica fatores fundamentais para esse retorno.
de países latino-americanos, avança e atinge a Exemplo disso, segundo ele, é a
Europa e os Estados Unidos. leishmaniose, que foi considerada um mal rural e,
A tuberculose não tem mais fronteiras — com o passar dos anos, tornou-se problema nos
avança sobretudo em países do chamado Terceiro grandes centros urbanos. Segundo estimativas da
Mundo — e a dengue, que ficou 60 anos sem fazer Organização Mundial de Saúde (OMS), chegam a 2
vítimas no Brasil, hoje bate recorde de contaminação milhões os casos registrados no mundo a cada ano.
em território nacional. Segundo o Ministério da No Brasil, o Ministério da Saúde alerta que
Saúde, houve um aumento de 109,43% no número são 25 mil novos registros anuais. Causada pelo
de casos de dengue em relação ao ano passado, protozoário Leishmania chagasi, ela é transmitida por
com o registro de 108,4 mil pessoas que contraíram vetores da espécie Lutzomia longigalpis e L.cruzi,
a doença no país. Em 2009, o número de infectados mosquitos que vivem em ambientes escuros, úmidos
foi de 51.873. Reportagem de Luciane Evans, no e entre os acúmulos de lixo orgânico. “O vírus da
Correio Braziliense. leishmaniose está no pé das serras e, quando se
Sucessivos surtos da dengue no Brasil e em abrem estradas e derrubam florestas, se propaga.
outros países mostram o poder devastador da Cidades que se expandem, como Belo Horizonte e
doença a cada ano. “O reaparecimento de uma Brasília, são exemplos claros, pois áreas que antes
doença extinta em um país pode atingir todo um não eram habitadas começam a ser urbanizadas”,
continente em poucas semanas. As áreas que mais explica.
sofrem são coincidentes com a pobreza e a miséria, Além de infecções
isto é, América Latina, África e Sudeste Asiático`, A leishmaniose é apenas um dos problemas
alerta Manoel Otávio da Costa Rocha, professor graves de saúde pública do século 21. No artigo
titular do Departamento de Clínica Médica da científico Doenças Emergentes e Reemegentes,
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), publicado em 2009 na Revista Médica de Minas

ATUALIDADES 44
Gerais, o professor Manoel e o pesquisador Enio oferta constante de novos agentes, contribui ainda
Roberto Pietra destacam para os próximos 90 anos a mais para a emergência de superbactérias, vírus e
volta de ao menos sete males: doença de Chagas, fungos. A ampliação do uso de aparelhos e
malária, febre amarela, hantavírus, dengue, hepatites instrumentos também ajuda no aumento da
virais e tuberculose. Segundo o estudo, até o século incidência de infecções hospitalares, que são um dos
passado, as principais questões de saúde principais problemas de doenças infecciosas
relacionavam-se às infecções, responsáveis por 50% emergentes nos países desenvolvidos e em grande
das mortes. parte dos subdesenvolvidos’, cita Luna em seu
“As doenças epidêmicas eram introduzidas artigo.
na Europa ou levadas às colônias, desde o século Sem controle
15, em consequência das viagens transoceânicas e Baseados na teoria de que, ao ocorrer uma
das trocas comerciais. Durante o século 20, os males epidemia em um país, logo outros correm riscos,
provocaram transformações nos indicadores pesquisadores temem o futuro. “Enquanto houver
demográficos, sociais, econômicos e de saúde, com dificuldade para se obter vacinas e medicamentos e,
repercussão expressiva nas condições da vida por outro lado, o uso indiscriminado de algumas
humana. São de especial destaque as diarreias, cujo drogas, essa situação nunca será controlada”,
declínio determinou queda significativa da aposta o assistente da Divisão de Moléstias
mortalidade geral. Formou-se a crença de que Infecciosas e Parasitárias do Hospital das Clínicas
doenças infecciosas poderiam ser facilmente da Faculdade de Medicina da Universidade de São
erradicadas. Essa crença baseou-se no fato de que a Paulo, Evaldo Estanislau Affonso de Araújo.
varíola havia sido erradicada e outras seis doenças Para o professor Manoel da Costa Rocha, da
estavam em via de extinção, entre elas, a poliomielite UFMG, é o ser humano que está entrando no
e a hanseníase. Essa impressão foi, entretanto, ambiente dos vírus. “Eles são mais antigos do que
inteiramente equivocada”, escreveram os nós nesses espaços e têm uma alta capacidade de
pesquisadores. adaptação”, pontua. Já Dirceu Greco, também da
Muitos problemas desde aquela época não UFMG, não é tão pessimista. “Se houver tomadas de
apresentam solução, como a expansão da malária decisões para que isso não ocorra, como fóruns de
na Amazônia, com 500 mil casos novos por ano; e a discussões , investimento em vacinas e
permanência da esquistossomose, da hanseníase e conscientização da população, há chances de
da tuberculose. Cólera e dengue também preocupam erradicarmos muitos desses males”.
as autoridade de saúde pública. Com isso, o Males seculares
professor Manoel alerta: “Com a presença do # DOENÇAS DE CHAGAS
mosquito da dengue, há novo risco: o de se propagar Predominantemente rural, tornou-se também
a febre amarela urbana, que tem como principal urbana com a migração dos lavradores para as
diferença da forma silvestre o vetor e o reservatório”. cidades. A transmissão pelo Triatoma infestans está
O mal de Chagas agora está assustando a Europa e sob controle no país, já a pelo Trypanossoma cruzi
os Estados Unidos. por via oral ocorre, de maneira esporádica, por
alimentos contaminados. Microepidemias têm sido
Microbactérias ultrarresistentes relatadas na Amazônia e no Nordeste. Estima-se em
O retorno de males do passado não está 14 milhões o número de infectados na América
ligado apenas às condições socioambientais nos Latina, com mais de 60 milhões de pessoas sob risco
continentes. Outro inimigo silencioso contribui, e de transmissão em 18 países endêmicos.
muito, para esse quadro. “Os micro-organismos têm
alta capacidade de se multiplicar e têm aqueles que # MALÁRIA
são resistentes”, avisa o médico mineiro Dirceu A introdução de inseticidas e o acesso aos
Greco. Outro especialista que alerta para a antimaláricos sintéticos eliminaram a doença da
periculosidade de espécies microbianas é o Europa, da área mediterrânea da África, dos EUA,
professor de medicina social da Faculdade de Canadá e Rússia, Américas Central, do Sul e nas
Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Antilhas, Índia, Paquistão e sudeste da Ásia, além de
Expedito Luna. Em artigo científico publicado em áreas do Sudeste, Sul e Nordeste brasileiros. Mas
2002, Luna ressalta que cada espécie apresenta sua sua incidência voltou a crescer e é a mais alta dos
própria taxa de mutações. últimos 40 anos. Uma das causas é a resistência dos
Segundo ele, as variações naturais e parasitas aos antimaláricos e dos vetores aos
mutações podem levar à emergência dos males. ‘Os inseticidas. Em 2003, o Brasil tinha 407, 6 mil casos
hospitais concentram três características que os de malária.
tornam sítios particularmente vulneráveis à # TUBERCULOSE
emergência de novos agentes resistentes às drogas: A Aids coincidiu com o descaso no controle
vítimas de infecções graves, pessoas mais da tuberculose e o abandono ao tratamento,
suscetíveis e uso generalizado de antibióticos’, condições que propiciaram o surgimento do bacilo
ressalta. Por sua vez, a pressão seletiva gerada pelo multidroga-resistente e favoreceram o surgimento de
uso dos antibióticos e de outros agentes “novo agente”. A doença acomete um terço da
antimicrobianos favorece a sobrevivência dos população do mundo, com 9 milhões de casos por
mutantes, que resistem às drogas. ‘O grande ano e 3 milhões de óbitos. A incidência está
desenvolvimento da indústria farmacêutica, com a relacionada à pobreza e à desigualdade social,

ATUALIDADES 45
gerenciamento incorreto de casos descobertos e não https://www.ecodebate.com.br/2010/06/10/doencas-
curados e excesso de confiança na vacina do BCG. erradicadas-no-passado-em-varias-parte-do-mundo-
# HANTAVÍRUS voltam-a-assustar-a-humanidade/
Detectada nos EUA em 1993, a síndrome
pulmonar por hantavírus foi registrada também em FEBRE AMARELA, DOENÇA ERRADICADA NO
outros países, como Brasil, Canadá, Venezuela, SÉCULO PASSADO VOLTA A ASSUSTAR
Chile e Uruguai, com taxa de letalidade de até 50%. 24/1/17atualizado: 24/1/17 por Gisella Meneguelli
No Brasil, a doença foi diagnosticada em novembro Aedes aegypti
de 1993, no estado de São Paulo, e também casos Você deve ter lido recentemente acerca de
no Sul do país, em Minas Gerais e no Mato Grosso. uma possível epidemia de febre amarela no Brasil e,
Desde então, mais de 320 casos já foram naturalmente, deve ter ficado preocupado. Se você
registrados. desconhece a doença, é bom ter informações acerca
# FEBRE AMARELA dela para poder se previnir. Há muito tempo não se
O Brasil tem a maior área endêmica do ouvia falar da febre amarela no Brasil, ao menos nos
planeta e desde 1942 não há registro da forma centros urbanos, porque ela estava controlada. Isso,
urbana da febre amarela. Em 1955, após 20 anos de aliás, aconteceu pela primeira vez há mais de 100
campanhas, foi possível eliminar do território anos, quando o sanitarista Oswaldo Cruz organizou
nacional o Aedes aegypti, principal transmissor da uma campanha de combate aos focos do mosquito
forma urbana da febre amarela e também da Aedes aegypti e de erradicação das epidemias de
dengue. Em 1976, houve reinfestação, que se febre amarela e outras doenças causadas pelo
propagou por todo o país. Contribuem para o retorno mosquito nas principais cidades do país.
baixa cobertura vacinal, migração rural-urbana e o Agora, novamente, a febre amarela volta a
crescimento das cidades, com parte da população ameaçar o Brasil, já que 47 casos da doença foram
vivendo sem saneamento básico. confirmados, entre os 272 suspeitos, e 25 mortes
# HEPATITES VIRAIS ocorreram em Minas Gerais. É mais um caso que
O vírus da hepatite C infecta 4 milhões de pessoas, mostra o quão poderoso é o mosquito Aedes aegypti,
com até 10 mil mortes anuais. São 150 mil novos o mesmo que transmite dengue, chicungunya e zika
infectados por ano. Estima-se que o vírus da O que poderia estar causando esse surto?
Hepatite B seja responsável por 1 milhão de mortes De acordo com o historiador Marcos Cueto,
ao ano e haja 350 milhões portadores crônicos no da Casa de Oswaldo Cruz, as epidemias têm uma
mundo. Grupos com comportamentos sexuais de história que é, muitas vezes, ignorada pelos gestores
risco, usuários de drogas injetáveis que da saúde pública. Segundo ele, o surto de febre
compartilham seringas, profissionais de saúde e amarela já era uma tragédia anunciada: "Na história
pessoas submetidas à hemodiálise apresentam das epidemias do século 21, muitas vezes a dengue
prevalência maior de contaminação que a população antecede a febre amarela. Mas aqui as lições da
em geral. História não são levadas em conta", explica o
# DENGUE especialista ao DW.
É relatada há mais de 200 anos. Na década de 50, a O que tem havido nos últimos anos é uma
febre hemorrágica da dengue foi descrita, pela atitude passiva em relação ao mosquito, o que
primeira vez, nas Filipinas e na Tailândia. Depois da permitiu que ele ganhasse cada vez mais terreno,
década de 1960, a circulação do vírus intensificou-se logo os casos de dengue, zika e, agora, febre
nas Américas. A partir de 1963, a circulação dos amarela, preocupam a população brasileira, já que,
sorotipos 2 e 3 em vários países foi comprovada. Em sem controle ao mosquito e sem campanhas de
1977, o sorotipo 1 foi introduzido nas Américas. A vacinação, ela ficou exposta a essas doenças.
partir de 1980, foram notificadas as grandes A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)
epidemias. Em 2003, no Brasil, apenas Rio Grande disponibiliza várias informações sobre a febre
do Sul e Santa Catarina não tiveram transmissão amarela e um guia esclarecedor, que resumimos a
autóctone da doença. Este ano, é recorde: 108,4 mil seguir:
pessoas infectadas apenas nos primeiros meses do Sintomas
ano. A febre amarela é uma doença infecciosa
# LEISHIMANIOSE causada por um vírus e transmitida por vetores,
Segundo estimativas da OMS, chegam a 2 milhões sendo o principal deles o mosquito Aedes aegypti.
os novos casos registrados no mundo a cada ano. Um fator preocupante em relação à doença é que é
Em regiões rurais e de anta, roedores e raposas são comum os seus sintomas serem muito leves e, até
os principais hospedeiros da doença; no ambiente mesmo, inexistentes na pessoa infectada. As
urbano, são os cães. O Brasil responde por 90% dos primeiros sintomas são: febre alta, calafrios,
casos da leishmaniose na América Latina. A doença cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e
vem se tornando emergente entre os portadores do vômitos por cerca de três dias.
HIV. Hoje já são 20 estados brasileiros que sofrem Pode acontecer de a pessoa infectada sentir
com a doença. A incidência chega a 25 mil novos uma sensação de bem-estar por dois dias. É quando
registros por ano. podem começar a ocorrer insuficiências hepática e
renal, icterícia (olhos e pele amarelados),
EcoDebate, 10/06/2010 manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.
Transmissão

ATUALIDADES 46
A febre amarela é transmitida por mosquitos SUS. Se a medida não for revertida, podemos
em áreas urbanas ou silvestres. No ciclo silvestre, desistir da ideia de um sistema único.
em áreas florestais, o vetor da febre amarela é
principalmente o mosquito Haemagogus. Já no meio Qual a perda estimada de recursos com o teto de
urbano, a transmissão se dá através do mosquito gastos?
Aedes aegypti.
A infecção ocorre quando uma pessoa que O Brasil investe, atualmente, 3,8% do PIB de
nunca teve a febre amarela ou tenha tomado a dinheiro público na saúde. A atividade econômica do
vacina circula em áreas florestais e é picada por um setor, incluídos os gastos privados, varia de 8,5% a
mosquito infectado, tornando-se uma fonte de 9% do PIB. No decorrer dos 20 anos, o porcentual
infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. dos gastos públicos vai cair de 3,8% para menos de
https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem- 1% do PIB.
estar/4890-febre-amarela-volta-a-assustar Vai piorar uma situação já ruim, pois o Brasil
gasta menos em saúde do que a maioria dos países
GOVERNO TEMER CORTA 70% DE VERBAS DA desenvolvidos ou em desenvolvimento, certo?
SAÚDE PÚBLICA A maior parte dos países da América Latina,
não vou citar aqui a Europa, economias bem
Com cortes de 70% da verba, SUS entra em menores que a nossa, aplica mais em proporção do
processo de extinção e preocupa especialistas. PIB do que o Brasil. Estamos na rabeira, em termos
de investimentos no setor.
Em 2018, o SUS completa 30 anos. Apesar
da falta de recursos, das crises recorrentes, da Por que o SUS é tão atacado?
escassez de profissionais e de problemas de
financiamento, o Brasil conseguiu erguer em poucas Está em disputa o modelo de atenção. No
décadas o maior sistema público de saúde do passado, tratava-se de um debate mais acadêmico
planeta, feito notável para uma nação que tem entre o sistema universal e a cobertura universal. O
dificuldades para desenvolver políticas de longo Brasil optou, desde a Constituição, pelo sistema
prazo. universal, que tem por princípio a garantia de
O que seria um motivo de orgulho se tornou direitos.
mais um ponto de preocupação. O SUS, afirma
Ronald Ferreira dos Santos, presidente do Conselho A lógica da cobertura universal é outra, garantir um
Nacional da Saúde, corre o risco de não passar dos pacote mínimo e nada mais. Quem desejar mais
30 anos, por conta da emenda constitucional que serviços precisa procurar na iniciativa privada. Não à
limita os gastos públicos nas próximas duas toa surgiu a proposta de criação dos chamados
décadas. planos privados populares e reforçou-se o discurso
Se a medida não for revertida, alerta Santos, de que a saúde não cabe no Orçamento.
o investimento público no setor despencará de 3,8%
do PIB para menos de 1%. “Será a morte do sistema Por que os planos populares são uma ideia ruim?
estabelecido na Constituição de 1988.”
Os planos populares traduzem a mudança
Quais as maiores ameaças ao SUS? do modelo de atenção, uma opção à lógica de se
estruturar um sistema integrado, que reúna
Ronald Ferreira dos Santos: No próximo ano, condições para garantir a integralidade, não um
o SUS completa 30 anos, mas corre sérios riscos de pacote de serviços focado nas questões
não ir além desse período, em razão da crise assistenciais de recuperação do paciente.
política, econômica, social e sanitária que vive o Esse é o modelo do seguro, da saúde como
País. mercadoria. Definimos o contrário em 1988. E agora
Enxergo dois problemas cruciais. O primeiro, se pretende impor, sem voto, sem poder constituinte,
mais geral, o rompimento das regras que sem delegação da população, um sistema
estabeleceram a saúde como um direito universal na completamente diferente.
Constituição de 1988. O segundo, o agravamento do
subfinanciamento do sistema. Qual o balanço do SUS nesses 30 anos?

Não é de hoje que faltam recursos. Desde a Constituição há um claro conflito


entre interesses diversos. Neste momento, a
Não, não é. O subfinanciamento sempre foi correlação de forças na sociedade está
um problema crônico, mas será agravado pela absolutamente desproporcional. A defesa do público,
aprovação da Emenda Constitucional nº 95, de valores como solidariedade e interesse coletivo,
chamada de Teto de Gastos. Alguns dizem que a nunca esteve tão frágil.
medida vai congelar os dispêndios públicos por 20 Com todas as dificuldades, o País ergueu em três
anos. décadas o maior sistema público de saúde do
Não é exatamente assim. É pior. Trata-se, na mundo. E que resolve problemas complexos como o
verdade, de uma diminuição progressiva dos do vírus da Zika em menos de um ano. Identifica,
recursos destinados à saúde. Vai ferir de morte o intervém e produz conhecimento.

ATUALIDADES 47
A maioria das nações levaria décadas para O Nordeste do Brasil é uma região com
obter resultado semelhante. Conseguimos ter o elevado potencial para a produção de energia eólica
maior programa de tratamento de Aids do planeta. devido aos constantes ventos e riqueza energética
Somos um dos centros globais de transplante de abundante.
órgãos. Criamos o Samu, desenvolvemos a A Tractebel anunciou que até o ano de 2012
assistência farmacêutica. investirá na construção e término de 5 parques
Apesar do subfinanciamento crônico, há eólicos, sendo um no Piauí e 4 no Ceará. Tais obras
muito a se comemorar. Não nego os gargalos, a falta produzirão 145,6 MW de energia, com investimentos
de profissionais, mas é muito rara a divulgação dos na ordem de R$ 630 milhões.
avanços e feitos do SUS. Os meios de comunicação A empresa que fornecerá e instalará as
exploram constantemente os problemas, até para torres e os aero geradores será a Siemens, que
estimular o mercado. Os planos de saúde e os possui 22 usinas aero geradoras em quase todos os
seguros privados são grandes financiadores da estados do Brasil.
mídia. O foco da Siemens é basicamente as fontes
renováveis de energia, segundo o presidente da
Desmontar o SUS não impedirá o Brasil de criar empresa, Manoel Zaroni Torres, motivo que levou a
um poderoso sistema industrial no setor? Tractebel a querer investir em energia eólica nos
estados citados.
Esse complexo industrial foi criado. Um dos
aspectos positivos do SUS é exatamente o
desenvolvimento da indústria farmacêutica. Somos, 02-MAIOR CONSUMO DE ENERGIA NO
hoje, um centro importante de produção de NORDESTE
medicamentos, graças às encomendas públicas. O Nordeste do Brasil vem consumindo cada
A atividade econômica no setor mobiliza, vez mais energia, e segundo a Empresa de Pesquisa
aproximadamente, 470 bilhões de reais por ano. É Energética (EPE) o nordeste está consumindo mais
mais do que o PIB de Uruguai, Paraguai, Equador… energia elétrica do que a Região Sul do Brasil..
O que o mercado deseja é total liberdade para Enquanto o consumo residencial de energia
alimentar suas planilhas. Por isso se ataca, entre elétrica na Região Sul foi perto de 15 mil GW/h , no
outras instituições, a Anvisa. Nordeste, foi em torno de 15,4 mil GW/h. Tal
O Congresso decidiu tirar da Anvisa a aumento passou a ocorrer a partir do ano de 2007,
regulação dos remédios de emagrecimento. Quem exigindo cada vez mais, a produção de energia, daí
decidirá são os próprios parlamentares. Obviamente, os investimentos nesse setor.
abre-se a porteira para a atuação dos mais diversos O aumento do consumo de energia domiciliar
lobbies da indústria farmacêutica. O objetivo é se deu através do aumento da renda da população,
esvaziar a capacidade de elaboração de políticas que aconteceu devido aos diversos programas de
públicas. governo voltados para aquela região, como por
exemplo, o Bolsa Família e o programa Luz Para
Por Sérgio Lira Todos. Com um aumento de renda, a população
Da Carta Capital passou a consumir mais eletrodomésticos, o que foi
https://falandoverdades.com.br/governo-temerpsdb- um dos estimuladores da economia da região.
corta-70-de-verbas-da-saude-publica/ Os programas de transferência de renda
para o Nordeste estimularam o investimento em
produção alternativa de energia elétrica através da
TÓPICOS RELACIONADOS: força eólica, energia essa que é renovável, gerando
FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA NO mais renda e possibilidades de novos empregos para
BRASIL. as comunidades locais.

01-NOVOS PARQUES EÓLICOS NO NORDESTE A PRODUÇÃO ENERGÉTICA EÓLICA


DO BRASIL
No modelo atual de crescimento econômico,
as sociedades modernas passam a depender, cada
vez mais da produção e distribuição de energia
elétrica.
Qualquer produto utilizado em grande escala
provoca impactos socioambientais que necessitam
de cuidados especiais, e não é diferente quando se
trata da produção energética, através dos ventos no
Brasil.

ATUALIDADES 48
Distribuição geral dos ventos no planeta Equador Térmico

A energia eólica é proveniente da


movimentação dos ventos, fruto da diferença de
calor entre áreas, calor esse provocado pela ação da
incidência maior ou menor dos raios solares.
Os ventos se movem sempre de uma área
Imagem de satélite do relevo do Brasil e potencial de alta pressão (mais fria) para as áreas de baixa
eólico. pressão (mais quentes, devido ao aquecimento
diferenciado da atmosfera). Além de sofrerem
influência do movimento de rotação do planeta,
(Oeste para Leste). Portanto, os ventos na região do
equador, por exemplo, possuem uma inclinação para
oeste.

O POTENCIAL EÓLICO BRASILEIRO

Os ventos, no Brasil, ocorrem de acordo com


a circulação dos ventos na atmosfera, vinculados as
ricas áreas de baixas pressões na região equatorial
( norte do Brasil) e as áreas de alta pressão
anticiclonal subtropical do Atlântico Sul e do Atlântico
Norte. Tal circulação dos ventos favorece,
principalmente, as regiões litorâneas nordestinas do
Brasil.
As regiões intertropicais do planeta recebem
A instalação de aerogeradores está
as maiores quantidades dos raios solares durante o
vinculada primeiramente, ao relevo de uma região, ano todo, sendo, portanto mais quentes do que as
onde as serras, planaltos, vales e depressões podem áreas polares. Com isso, as porções da atmosfera
favorecer ou dificultar o direcionamento ou que estão próximas à superfície do solo e nas
canalização dos ventos. mediações da linha do Equador, tendem a ganhar
altitude por serem mais quentes e,
O Brasil recebe ventos principalmente de consequentemente mais leves (baixas pressões). Ao
leste ou nordeste, na posição geográfica que se ganharem altitude, são substituídas pelas massas de
encontra, justamente ao norte da Bacia Amazônica
ar mais frio que partem das regiões polares.
(depressão geográfica com baixas pressões
Há determinados locais do planeta em que
atmosféricas) e também no litoral do nordeste do
os ventos sempre sopram, ou seja, são locais de
Brasil.
origem de ventos, portanto, locais de alta pressão
atmosférica. Tal fenômeno é fácil de entender
quando se nota que há áreas de maior intensidade
solar e áreas de menor intensidade solar, como as
regiões equatoriais e as regiões polares.
Esses ventos que ocorrem continuamente
são denominados de Ventos Planetários.

ATUALIDADES 49
VENTOS PLANETÁRIOS: SEGURANÇA

São ventos que sopram sempre em baixas MESMO APÓS INTERVENÇÃO, RIO DE JANEIRO
altitudes dos trópicos em direção ao Equador. TEM NOVO FIM DE SEMANA DE VIOLÊNCIA.

• Contra Alísios Apesar da intervenção federal, o Rio de


São ventos que sopram ao contrário dos Janeiro viveu mais um fim de semana de violência.
Alísios, ou seja, sempre em elevadas Após um sábado com registros de assassinatos e
altitudes e do Equador para os Trópicos, assaltos, o domingo amanheceu com intenso tiroteio
ocorrendo uma complementação e troca na comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio.
climática. Segundo a Polícia Militar, policiais da
• Ventos do Oeste Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha faziam
Esses ventos também são planetários, ou patrulhamento quando foram recebidos a tiros por
seja, constantes, e sopram dos trópicos para criminosos no Largo do Boiadeiro, dentro da
os pólos do planeta. comunidade. O confronto assustou moradores da
• Ventos Polares região. Ainda não há informações sobre feridos,
Os ventos polares são aqueles que sopram prisões ou apreensões.
das áreas polares, portanto, são ventos frios Na Baixada Fluminense, policiais do 20°
e de alta pressão, em direção às regiões Batalhão de Polícia Militar, de Mesquita, encontraram
temperadas do planeta. mãe e filho mortos dentro de um carro, na Avenida
Tancredo Neves, em Nova Iguaçu, na noite deste
Mapa do Brasil com as áreas de maior potencial sábado. Criminosos estariam atrás de Tiago
eólico Machado, mas a mãe Alba Valéria Machado acabou
sendo também assassinada. O caso é investigado
pela Delegacia de Homicídios.
A adolescente Thaynná dos Santos Marinho, de 15
anos, morreu atingida por um tiro na cabeça, na
comunidade Vila Aliança, zona oeste da cidade. De
acordo com a Polícia Civil, ela estava na casa do
namorado, neste sábado, quando foi ferida por um
disparo realizado dentro da residência. A vítima foi
levada ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, mas
não resistiu aos ferimentos. Agentes da Delegacia de
Homicídios da Capital ouvem testemunhas e
conduzem investigações para elucidar o caso.
Na madrugada de sábado, a mulher de um
policial militar morreu depois de ser baleada em uma
tentativa de assalto na Estrada Marechal Alencastro,
na altura de Deodoro, na zona oeste do Rio.
Criminosos armados tentavam assaltar automóveis
que passavam pelo local na noite de sexta-feira,
quando abordaram o carro em que viajavam o
policial militar Bruno Oliveira e a mulher Janaína
O cenário que se desenha por especialistas Oliveira. O policial, que estava de folga, reagiu à
para o ano de 2030 é que as energias fósseis, cada tentativa de assalto, e os bandidos atiraram contra o
vez mais, perderão espaço, frente a crescente veículo. No tiroteio, Janaína foi ferida e levada ao
necessidade de oferta de energia e as maiores Hospital Municipal Albert Schweitzer, sendo
exigências de se emitir reduzidas quantidades de transferida, em seguida, para o Hospital Municipal
gases do efeito estufa. Salgado Filho, na zona norte da cidade. A vítima não
As energias com promessas de crescimento resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.
são as de fonte eólica, geotérmicas, fotovoltaica e Em outro assalto um jovem casal foi baleado
nuclear, por não lançarem CO2 no planeta, embora após entregar seus pertences aos bandidos, na noite
haja a polêmica sobre o lixo nuclear e acidentes de sexta-feira. Eles foram atingidos por tiros
como Fukushima. disparados pelos assaltantes depois de serem
O potencial energético eólico que o Brasil roubados na Avenida Joaquim da Costa Lima, na
possui é de 143 GW e até 2009, o potencial instalado altura do bairro Vilar Novo, em Belford Roxo, na
nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil região metropolitana. O casal foi levado por policiais
somavam 602 MW. para o Hospital Geral de Nova Iguaçu. A ocorrência
A principal fonte de energia hoje do Brasil é a foi registrada na 54ª Delegacia de Polícia.
hidroelétrica, que fornece 90% da energia Um arrastão na rodovia BR-101 levou pânico
consumida. Só a Itaipu (iniciada em 1975) sustenta a motoristas que trafegavam na altura do quilômetro
25% da energia hidroelétrica, com diversas outras 303, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio,
usinas hidroelétricas dando suporte, distribuídas em na manhã de sábado. Segundo a Polícia Rodoviária
muitos rios. Federal, testemunhas relataram que veículos

ATUALIDADES 50
voltaram na contramão na rodovia, numa tentativa de batalha por espaços econômicos e de poder
fugir dos assaltantes. Agentes foram deslocados importantes entre Globo, principal grupo de
para o local, mas os bandidos conseguiram fugir. Um comunicação do estado, e a Record, da igreja do
carro roubado que teria sido usado pelos criminosos bispo Marcelo Crivella, prefeito carioca.
foi encontrado abandonado às margens da rodovia. Sobre a questão da comunicação, ainda
Na fuga, os assaltantes teriam roubado outro ocorre mais: há em curso claramente um esforço de
automóvel. propaganda negativa sobre o Rio. Há interesses
óbvios de se criar dificuldades para se vender
(Daniela Amorim) soluções. A situação é temerária sim. Mas, há que se
https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2018/03/ concordar: ela é há anos.
11/interna_nacional,943322/mesmo-apos- O que se tem agora de diferente é a
intervencao-rio-tem-novo-fim-de-semana-de- radicalização da omissão do Estado e da propaganda
violencia.shtml negativa. Além disso, a crise financeira, promovida em
parte pela redução dos royalties do petróleo, aliada aos
SÓ AÇÃO DA POLÍCIA NÃO BASTA CONTRA escândalos de corrupção que levaram à prisão do ex-
VIOLÊNCIA, AFIRMA INTERVENTOR NO RJ governador Sérgio Cabral, justificaram incialmente o
pacote de austeridade ditado pelo governo federal e,
agora, uma intervenção direta.
Em outras palavras: o MDB nacional está
conseguindo minar o partido no estado sem sequer
derrubar seu governador – pelo menos até a próxima
eleição. Há que se pensar na dificuldade que o
governo federal tem enfrentado de aprovar a reforma
da Previdência. Os compromissos assumidos com o
mercado financeiro estão sob risco.
Uma situação de intervenção, além de
impedir a votação (e expurgar a eventual derrota do
governo), ainda pode cativar esse mesmo mercado
para um cenário de aparente ordem e redimir um
governo falido. Pode, inclusive, dar fôlego ao
governo de modo a aprovar a reforma nos próximos
Sérgio Rangel
meses.
Lucas Vettorazzo
Há que se ponderar sobre a ausência de
RIO DE JANEIRO
opções eleitorais do campo conservador. O atual
governo se vê sem alternativas viáveis, permitindo o
Interventor federal na segurança do Rio, o
crescimento das intenções de voto da extrema
general Walter Braga Netto diz que só polícia não
direita, que acena para o fascismo. Uma pequena
basta para resolver o problema da violência do país.
melhora na sensação de segurança no Rio pode
Inclusão social e oferta de serviços públicos básicos
criar uma nova área de agregação desse eleitorado.
às populações carentes, segundo ele, seriam
Aliás, o fato de a oposição estar contra a
fundamentais para que as ações de combate ao
intervenção pesará muito contra ela. Outro fator a ser
crime organizado tenham êxito.
compreendido é de que há em curso no País um
“Para que esse resultado se estenda e seja
esgarçamento da sensibilidade democrática. A frágil
perene, será preciso, como também propomos, a
democracia que se construía nas últimas décadas
adoção de outras iniciativas por parte de setores do
tem sido apresentada como a responsável pela
governo e da sociedade, como projetos de inclusão
calamidade que se alardeia na mídia.
social e oferta de serviços públicos. Segurança
O êxito, ainda que mínimo, de uma intervenção pode
pública é uma demanda que não se resolve apenas
ser a abertura de caminhos para enfraquecimento
com ação policial”, afirmou Braga Netto.
das instituições da República. Talvez seja o primeiro
O êxito, ainda que mínimo, de uma
passo de uma ponte para o passado. Além de tudo
intervenção pode ser a abertura de caminhos para
isso, do ponto de vista prático, é necessário lembrar
enfraquecimento das instituições da República
que as forças armadas têm formação, na melhor das
Não há dúvidas de que a situação da
hipóteses, para a salvaguarda da soberania nacional,
segurança pública no Brasil, no Rio em particular, é
por melhor que seja a formação técnica de seus
gravíssima. Apesar disso, dados do ISP revelam
oficiais.
que, em números, os cenários de 2016 e de 2015
Função diferente daquelas que são as das
talvez tenham sido piores. A decisão pela
polícias militar e civil. Alinhar as incumbências das
intervenção federal no Rio não é técnica, tampouco
Forças Armadas e das polícias é enfraquecer ambas
jurídica. É política. Há interesses político-midiáticos
ainda mais e inviabilizar, a longo prazo, as soluções
muito profundos nesse movimento.
estruturantes que o quadro de segurança pública
Políticos porque os setores governistas
exige.
conservadores estão se vendo num cenário de
A intervenção pode, na verdade, a longo
ausência de opções eleitoralmente viáveis para
prazo, piorar o quadro da segurança. As
2018. Midiáticas porque há em curso no Rio uma
comunidades mais pobres, que já sofrem tanto com

ATUALIDADES 51
a guerra às drogas, sofrerão ainda mais, com maior Ações relacionadas à sustentabilidade
arbitrariedade. E as questões de base, do crime • Florestas – usufruto da extração de matas e
organizado, por exemplo, sequer devem ser tocadas. florestas de forma controlada e com
Mas parece que pode redimir um governo que estava replantio.
caducando. E talvez ressuscite na opinião pública • Preservação de áreas verdes – todas as
(com a narrativa elogiosa que já está nos telejornais) áreas não utilizadas ou destinadas à
a velha política, que ainda ocupa os palácios. economia devem ser preservadas
"DESDE FHC, PRESIDENTES USAM FORÇAS • Consumo de produtos orgânicos – os
ARMADAS COMO GAMBIARRA" elementos orgânicos possuem menor
O uso das Forças Armadas em operações de impacto e agressão à natureza
segurança pública está longe de ser uma novidade. • Exploração mineral – a exploração de
A intervenção federal no Rio de Janeiro e a adoção combustíveis fosseis é por natureza
de ações recentes de Garantia da Lei e da Ordem predatória e não sustentável, mas deveria
em estados como Pernambuco, Rio Grande do Norte ocorrer de forma controlada e racional.
e Espírito Santo são parte de uma antiga estratégia • Fontes energéticas – preferencialmente
que se repete desde os anos 1990. Apesar do uso deveriam ser utilizadas as fontes de energia
frequente das forças, essas operações não geraram limpas e renováveis.
resultados substantivos, até por seu caráter de • Reciclagem sempre que possível de
improvisação. Desde Fernando Henrique Cardoso, resíduos sólidos
os presidentes têm usado os militares como uma • Diminuição do desperdício de matéria prima,
espécie de gambiarra. como a água.
A análise é da pesquisadora Jacqueline
Muniz, professora do Departamento de Segurança Para que um empreendimento seja considerado
Pública da Universidade Federal Fluminense (UFF). sustentável ele precisa ser economicamente viável,
Segundo ela, há ausência de relatórios que ecologicamente correto, socialmente justo e diverso.
demonstrem a “eficácia, eficiência e efetividade” das
ações já realizadas. Na entrevista a seguir, a CLUBE DE ROMA
pesquisadora questiona a capacidade das Forças Foi um grupo fundado em 1968 pelo italiano
Armadas de investigar a polícia local e reflete sobre Aurélio Peccei e pelo cientista escocês Alexander
o risco de militares serem cooptados pela corrupção. King, que reuniu profissionais de diversas áreas em
"Os soldados, além de não serem capacitados para uma vila em Roma. convidaram pessoas influentes
a ação cotidiana e individualizada de polícia, são na época para discutirem diversos assuntos de
jovens sem experiência de rua." diversas áreas, como economia, política, meio
ambiente e desenvolvimento sustentável.
https://www.cartacapital.com.br/sociedade/desde-fhc- O resultado do Clube de Roma foi um relatório que
as-forcas-armadas-sao-usadas-como-gambiarra-diz- ficou conhecido como Relatório do Clube de Roma
pesquisadora ou Relatório Meadows (chefe da equipe que
elaborou o relatório, Dana Meadows) que tratava de
TÓPICOS RELACIONADOS: problemas que foram levantados e que foram
SUSTENTABILIDADE, RELATÓRIO RUNDTLAND, percebidos como impactantes a médio e longo prazo,
ANTROPOCENTRISMO, POLUIÇÃO ESPACIAL, no desenvolvimento da humanidade, como as
POLUIÇAO ATMOSFERICA, questões energéticas, poluição, saneamento, saúde,
meio ambiente, tecnologia e o crescimento
O desenvolvimento das ciências, o avanço da populacional. Quando o livro foi publicado em 1972,
medicina e a cura das doenças E a questão tornou-se o livro sobre ambiente mais vendido no
ambiental, a revolução dos computadores e da mundo, com mais de 30 milhões de copias.
Internet. O clube de Roma tem, entre os membros científicos,
acadêmicos, políticos, empresários, honorários e
SUSTENTABILIDADE associados. Consta entre os membros honorários o
ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
É um termo que busca definir as atividades
e ações humanas que objetivem suprir as suas O relatório do Clube de Roma foi elaborado pelo
necessidades, mas sem que isso precise destruir ou Instituto de Tecnologia de Massachusetts e os
comprometer o futuro das próximas gerações. A cálculos matemáticos apontavam para uma
ideia de sustentabilidade permite o completo e contradição no crescimento ilimitado e desenfreado
complexo desenvolvimento da tecnologia e da nossa dos materiais de consumo e acabou por se tornar no
sobrevivência, com todo o conforto, mas sem que tema principal da agenda global.
para isso, tenhamos que agredir o meio ambiente. o A ideia era conscientizar os lideres mundiais e nos
conceito exige que possamos não explorar, mas responsáveis por tomadas de decisões relativas à
usufruir dos recursos o naturais de forma delicada interação entre o desenvolvimento
inteligente. econômico humano e a fragilidade do planeta.

ATUALIDADES 52
CONFERENCIA MUNDIAL SOBRE O HOMEM E O permitiam o desenvolvimento dos países, mas de
MEIO AMBIENTE forma sustentável. A Agenda 21 foi assinada por 179
A primeira Conferencia Mundial sobre o países.
Homem e o Meio Ambiente ocorreu em Estocolmo, Foi na ECO-92 que surgiram as bases para a
na Suécia, em 1972, foi promovida pela ONU elaboração do Protocolo de Kyoto de 1997, que
(fundada em 1945 no cenário do pós Guerra). Pela impunha normas e metas a serem cumpridas sobre a
primeira vez e em escala mundial, com vários redução da emissão de gases de efeito estufa, com
especialistas de diversas partes do mundo, foi prazo de redução de 5% até o ano de 2012.
possível debater sobre as questões ambientais, De todos os compromissos assumidos, quase nada
discutindo diversos temas relevantes como o ou muito pouco foi realmente feito até hoje.
crescimento da população mundial que na década de
70 era de cerca de 3,6 bilhões de habitantes, o uso CONFERENCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE O
dos recursos naturais, alimentação, consumo MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO
crescente de água, poluição atmosférica, chuva SUSTENTÁVEL EM JOANESBURGO
ácida entre outros temas. No ano de 2002 foi realizada na África do Sul
Participaram na primeira Conferencia Mundial sobre a Conferencia das Nações Unidas sobre o Ambiente
o Meio Ambiente, 113 países de centenas de e o Desenvolvimento Sustentável em Johanesburgo,
instituições e Organizações não Governamentais que que ficou conhecida como Rio+10. O objetivo era
discutiram temas relativos ao meio ambiente. rever as metas que haviam sido estabelecidas na
Conferencia em 1992, ou as metas da Agenda 21.
Gráfico da população mundial Havia a esperança de que se pudesse
Ano Mundo África Ásia Europa construir uma ação global que pudesse conciliar o
desenvolvimento econômico com a preservação do
1 AD 300 000
ambiente, mas o debate ficou frustrado por que o
1000 310 000 que mais foi discutido foram problemas de cunho
1750 791 000 106 000 502 000 163 000 social, alavancados pela queda do World Trade
Center em 2001 nos EUA.
1800 978 000 107 000 635 000 203 000
O quarto encontro mundial sobre o Meio Ambiente
1850 1 262 000 111 000 809 000 276 000 novamente ocorreu no Brasil e ficou conhecido como
1900 1 650 000 133 000 947 000 408 000 Rio + 20, com a intensão de discutir os rumos que
1950 2 518 629 221 214 1 398 488 547 403 deveriam ser tomados para que realmente se
implantasse políticas voltadas para o
1955 2 755 823 246 746 1 541 947 575 184 Desenvolvimento Sustentavel para as próximas
1960 3 021 475 277 398 1 701 336 604 401 décadas, como a segurança alimentar, economia
1965 3 334 874 313 744 1 899 424 634 026 Verde, acesso a agua, produção e uso da energia e
dar continuidade à agenda 21 de 1992.
1970 3 692 492 357 283 2 143 118 655 855
1975 4 068 109 408 160 2 397 512 675 542
1980 4 434 682 469 618 2 632 335 692 431
AGENDA 21
1985 4 830 979 541 814 2 887 552 706 009
A Agenda 21 foi o resultado do que se
1990 5 263 593 622 443 3 167 807 721 582 discutiu na Rio 92 ou Eco-92. Foi um documento que
1995 5 674 380 707 462 3 430 052 727 405 alertou para que cada país refletisse, tanto local
2000 6 070 581 795 671 3 679 737 727 986 como globalmente sobre as questões ambientais e
buscasse soluções para os problemas
2005 6 453 628 887 964 3 917 508 724 722 socioambientais.
Pode-se dizer que a Agenda 21 foi um dos
Dos diversos tópicos discutidos na principais resultados da Conferencia e que é urgente
Conferencia, houve discordâncias quanto ao que haja uma mobilização de todos os setores da
desenvolvimento dos países desenvolvidos e sociedade para que busquem soluções para os
subdesenvolvidos, uns com a necessidade de reduzir problemas sócio ambientais de seus países. Se
as grandes emissões de gases poluentes e outros cada um fizer a sua parte, a repercussão será
justamente querendo buscar o desenvolvimento e planetária. É preciso mudar o modelo de
para isso, iriam despejar toneladas de gases desenvolvimento atual, fazer correções e
poluentes na atmosfera. reinterpretar o conceito de progresso.
No brasil há a CPDS (Comissão de Políticas de
ECO – 92 Desenvolvimento Sustentável) que é responsável
A segunda Conferencia Mundial sobre o pela coordenação das discussões referentes ao
Homem e o Meio Ambiente ocorreu no Rio de tema.
Janeiro no ano de 1992, buscou conciliar o As prioridades da Agenda 21 do Brasil estão
crescimento econômico e o desenvolvimento social focadas na inclusão social (acesso à educação,
com a proteção do meio ambiente. saúde e distribuição de renda), sustentabilidade tanto
A Conferencia foi um sucesso e dela resultou a das cidades como do campo, preservação dos
Agenda 21 que constava de uma série de ações que recursos minerais e naturais e a ética na política... ?

ATUALIDADES 53
Ações essas direcionadas para o desenvolvimento Meio Ambiente)
sustentável.
Um dos grandes desafios é a desconstrução da A agricultura é o setor que mais consome água no
cultura que se criou no mundo do excessivo país, cerca de 59%. O uso doméstico e o setor
consumo e do desperdício. comercial consomem 22% e o setor industrial fica por
último com 19% do consumo. Projeções feitas por
RELATÓRIO BRUNDTLAND (1987) cientistas calculam que em 2025, cerca de 2,43
O conceito de sustentabilidade surgiu da bilhões de pessoas estarão sem acesso à água.O
primeira Conferencia Mundial do Meio Ambiente e desperdício é outro grande problema. Na verdade, é
Desenvolvimento, que gerou um documento uma das causas para escassez. No Brasil 40% da
publicado em 1987 denominado de “Nosso Futuro água tratada fornecida aos usuários é desperdiçad
Comum”, mais conhecido como Relatório Brundtland. ÁGUAS SUBTERRÂNEAS:
Esse relatório foi elaborado pela Comissão Os cientistas após escavarem 20 anos, em
Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento e busca do lago Vostok , no subsolo do continente
trouxe um novo olhar sobre o desenvolvimento, Antártico, finalmente conseguiram alcançá-lo.
trazendo uma nova definição para o desenvolvimento O lago Vostok está a mais de 4 000 metros
como sendo “um processo que satisfaz as de profundidade e é formado por água doce
necessidades presentes, sem comprometer a preservada há aproximadamente 15 milhões de
capacidade das gerações futuras de suprir suas anos.
próprias necessidades”, sendo a partir daí o conceito A perfuração teve que vencer 4 km de gelo,
de desenvolvimento sustentável divulgado e debatido porção de água que já era conhecida desde a
em escala global. década de 70.
O Relatório trouxe novas questões para serem A importância está que essa água que ficou tanto
debatidas, como o “aquecimento global” que na tempo preservada, pode conter espécimes de vida
época foi uma novidade, a “destruição da camada de primitivas, que por ficarem isoladas, preservaram as
ozônio”, entre outras. características originais. Mas o mais importante é
O relatório trazia uma lista de ações que os países que, se a vida ficou preservada por tanto tempo em
deveriam adotar, definindo metas que deveriam ser condições extremas de frio, sem luz, nutrientes, e
seguidas, mas que até agora, pouco ou nada alta pressão, talvez seja um indicador de que em
realmente foi feito. outros planetas, asteróides ou luas, também seja
possível encontrar vida.
ILHA DE LIXO NO PACÍFICO As luas de Júpiter: Calisto e Europa possuem
Há uma concentração de lixo no oceano camadas de gelo que se assemelham as camadas
Pacífico formada por toneladas de rejeitos, na sua que cobrem o pólo sul do planeta Terra e, abaixo das
maioria plástico, que forma uma espécie de sopa camadas de gelo intocadas das Luas, pode haver
flutuante, que está a deriva, carregada pelas lagos como o Vostok.
correntes marítimas. A área equivalente dessa As análises da água somente irão ser divulgadas em
imensa área de lixo poderia ser comparada a Região 2013.
Sudeste do Brasil, englobando o Rio de Janeiro, São Em breve, uma sonda-robô irá ser enviada para
Paulo, Minas Gerais e Espirito Santo. dentro do lago Vostok para coletar mais amostras de
Os animais aquáticos e também os pássaros ficam água e também coletar sedimentos que estão no
confusos com os estranhos objetos flutuando e ao fundo do lago.
comerem tampinhas de garrafa, papel de bala, A região em que o lago se encontra possui
tampas de caneta e toda uma infinidade de material temperaturas extremas como 89 graus negativos, o
que foi descartado pelos humanos, acabam selando que dificulta as pesquisas. Os cientistas somente
o seu destino com uma trágica morte. Cerca de 27% conseguem operar máquinas e fazer pesquisas em
do lixo que foi coletado para estudo, era formada por breves espaços do verão Antártico, quando a
sacolas plásticas de supermercado. temperatura na região fica em torno de 40 graus
negativos.
AGUA DOCE SUPERFICIAL NO BRASIL
O Brasil possui uma das maiores reservas hídricas Lago Vostok
do mundo, concentrando cerca de 15% da água
doce superficial disponível no planeta. Mas o
contraste na distribuição é enorme:
A região Norte, com 7% da população, possui 68%
da água do País, enquanto o Nordeste, com 29% da
população, possui 3%, e o Sudeste, com 43% da
população, conta com 6%.
Além disso, problemas como o desmatamento das
nascentes e a poluição dos rios agravam a situação.
Em conseqüência, 45% da população não tem
acesso aos serviços de água tratada e 96 milhões de
pessoas vivem sem esgoto sanitário. (Fonte:
Secretaria de Recursos Hídricos do Ministério do

ATUALIDADES 54
fossas mais profundas, que alcançam
aproximadamente 12 mil metros, são encontrados
Uma das dificuldades da escavação era produtos descartados pelos humanos, que ainda
fazer com que a broca não congelasse, então, utilizam os oceanos e mares para darem sumiço nos
misturava-se freón com querosene, mas também seus rejeitos industrializados.
precisavam cuidar para que tal mistura não entrasse O mar profundo cobre cerca de 73% dos
no lago contaminando-o. oceanos e agora que a tecnologia conseguiu
Quando conseguiram atingir o lago, a pressão era estender os olhos dos cientistas para o fundo dos
tanta que a água explodiu na forma de um jato de oceanos, novos habitats e espécies de plantas e
água pela perfuração feita pela broca, mas como a animais estão sendo descobertos.
temperatura é muito baixa, rapidamente a água Os impactos humanos são percebidos no acumulo
congelou, fechando o buraco novamente. de lixo e resíduos, na exploração econômica
oceânica e nas mudanças climáticas.
Os aqüíferos do planeta representam 100 vezes O despejo de lixo nos oceanos é proibido desde
mais água do que há nos lagos e rios do planeta. 1972 quando se realizou a primeira cúpula ecológica
do planeta, mas as leis não são obedecidas e navios
Maiores aquíferos do mundo: continuam despejando o lixo nos oceanos, assim
Aqüífero Local Área como as cidades despejam lixo nos rios que acabam
1º Arenito Líbia, 2,2 milhões km² sendo carregados para os mares.
Núbia Egito, Chade, São encontrados resíduos altamente tóxicos como
Sudão mercúrio, chumbo e compostos orgânicos resistentes
2º Grande Austrália 1,7 milhão km² (dioxinas) tanto em sedimentos como em organismos
Bacia de águas profundas.
Artesiana Grandes impactos negativos acontecem no
3º Guarani Brasil, Uruguai, 1,2 milhão km² fundo dos oceanos com a pesca exploratória e
Paraguai, também pela extração mineral, como do petróleo.
Argentina Mas também é percebida a progressiva acidificação
dos oceanos, palco de preocupação para os
A extração de água do Aquífero Guaraní não é diversos pesquisadores dessa área.
totalmente aproveitável, pois a partir de 400 m de
profundidade, a extração é tão cara que é mais A PROTEÇÃO AOS OCEANOS DESDE A ECO-92
viável outras formas de obtenção de água potável. Segundo cientistas, pouco foi feito desde a
A temperatura do Aquífero Guarani está entre 30ºC Eco-92 em relação a proteção da vida marinha.
e 60ºC, com alta concentração de flúor e minerais e Houve discursos de proteção a habitats-chave e
possui elevada salubridade nas camadas mais sobre a restrição a pesca, mas nada de prático foi
profundas, sendo potável somente próximo à realmente feito no cenário global.
superfície. Segundo Jonathan BAillie, diretor de
SALVADOR, Alexandre. Planeta Água sob a Terra. conservação da Sociedade Zoológica de Londres,
Ambiente, Veja, 15 fev 2012 pg 86. nenhum dos compromissos assumidos pelos
governos para a proteção dos oceanos foi cumprido.
Para que os compromissos internacionais
REGIÕES ABISSAIS sejam levados a serio, é preciso haver planos claros
Hoje dispomos de grandes avanços com metas pré-estabelecidas, planejamento do
tecnológicos de navegação, tanto de superfícies de tempo de início das execuções e a verificação do
mares e oceanos quanto às grandes profundidades sucesso e fracasso das implantações, com
das fossas abissais, fato esse inimaginável para os responsabilização dos governos.
povos do passado e até mesmo, recentemente. A Austrália pretende criar a maior rede de reservas
Com as recentes pesquisas do fundo do oceano, o marinhas do mundo, o que veio dar um novo animo
que se acreditava como algo desértico devido às aos conservacionistas.
pressões, revelou-se como sendo o maior Promessas da Cúpula dos Povos de 1992 não
ecossistema do planeta, maior até do que a cumpridas:
biodiversidade das florestas tropicais. • Estabelecimento de uma rede
Mas a chegada do homem no fundo dos oceanos já ecologicamente viável de reservas marinhas
ocorre há muito tempo, pois a devastação que até 2012.
estamos promovendo é algo desastroso e os • Eliminação de subsídios que favorecem a
pesquisadores já chamam atenção para esse fato pesca ilegal
com a progressiva destruição dos santuários de • Proteção dos habitats cruciais
corais. • Cuidar da necessidade dos pescadores
Desde as plataformas continentais que atingem entre locais
200 e 250 metros de profundidade a partir da lamina • Restauração dos estoques de pescados até
de água da superfície, passando pelo Talude 2015
continental até o irregular fundo oceânico, com Os subsídios não foram eliminados e a pesca ilegal
média de 4 mil metros de profundidade, até as continua sem fiscalização.

ATUALIDADES 55
barragem sob responsabilidade da empresa
Atualmente, pouco mais de 1%dos mares estão Samarco, teve como mais afetada a cidade de:
protegidos. a) Arinos.
No ano de 2010 os governos concordaram b) Januária.
em ampliar para 10% até o ano de 2020, mas ao se c) Mariana.
analisar os rumos tomados até o momento, o plano d) Uberlândia.
de ampliação apenas ficará na intenção. e) Vitória.
Os oceanos são uma das principais Resposta c
preocupações da Rio+20 e uma proposta
interessante é a criação de reservas marinhas em Ano: 2016Banca: FUNRIOÓrgão: IF-PAProva: Assistente em Administração (+
águas internacionais. Junto com essa proposta vem provas)
a de os países ricos se comprometerem em auxiliar 03- O rompimento da barragem da Samarco em
os países pobres com tecnologia e eliminar novembro de 2015 é o maior desastre do gênero
gradualmente subsídios para a pesca predatória, o da história mundial nos últimos 100 anos. Se for
que daí já começa a entrar água nessa canoa, pois considerado o volume despejado – 50 a 60
há pouco interesse dos países mais ricos aprovarem milhões de metros cúbicos –, o acidente em
tais propostas. Mariana (MG) equivale, praticamente, à soma dos
Fonte: Richard Black outros dois maiores acontecimentos do tipo já
registrados no mundo, ambos nas Filipinas.
OBS: Durante a Eco – 92 houve o compromisso da A barragem da Samarco em Mariana era
erradicação da miséria, compromisso esse que é a) uma represa agrícola.
para ser reiterado na Rio + 20... e assim os anos vão b) uma usina hidrelétrica.
passando em duplas dezenas, sem nada acontecer! c) uma barragem de betão.
Enquanto o nosso IDH ronda a 84º posição do d) uma barragem de rejeitos.
ranking dos 187 países avaliados com tal índice, com e) uma barragem de enrocamento.
uma nota medíocre de 0,718, o nosso PIB faz parte Resposta d
do 6º maior do planeta, ou seja, está muito claro que
há uma enorme e crescente concentração de renda Ano: 2015Banca: IESAPÓrgão: EPT - MaricáProva: Assistente Técnico Analista
na mão de alguns e um abandono do outro lado de Sistemas
dessa moeda. 04- Considere o texto sobre evento ocorrido
Houve sim uma inclusão de cerca de 53 milhões de recentemente, no Brasil:
pessoas entre os anos de 2003 a 2011 em uma clara “A enxurrada de lama formada após o
melhora social e economia, mas a comparação entre rompimento de duas barragens da mineradora
o IDH e o PIB do país alerta para um crescimento da Samarco, em Mariana, em 5/11/2015, avançou
desigualdade social. pelo leito do rio Doce”.
O acidente ocorreu no seguinte Estado:
Hoje há 17 milhões de brasileiros vivendo na linha da a) Rondônia
miséria, ao passo que a classe média está composta b) Mato Grosso
por cerca de 52% da população. c) Minas Gerais
Há a necessidade de investimentos em educação d) Rio Grande do Sul
publica de qualidade, programas de apóio a área de
saúde e segurança alimenetar que possibilitarão resposta: c
decisivamente a inclusão socioeconômica e
possibilitarão o crescimento do país. Ano: 2012Banca: ESAFÓrgão: MIProva: Analista Técnico - Administrativo
Conoy, Carlos Heitor. FSP A2 opinião 17 de junho 05-O desmatamento, quando realizado de forma
2012 descontrolada, é a principal causa de depredação
do solo e pode causar gravíssimos desequilíbrios
no: 2015Banca: EXATUS-PRÓrgão: Prefeitura de Nova Friburgo - RJProva: nos ecossistemas naturais e modificados pelo
Guarda Municipal (+ provas) homem. Com relação às áreas sensíveis
01-A lama de rejeitos da barragem da Mineradora ambientalmente que devem ser preservadas do
Samarco que rompeu no início de novembro desmatamento (áreas de preservação
passado atravessou quantos Estados até chegar permanente), assinale a assertiva correta,
ao Oceano Atlântico? referente à legislação ambiental brasileira.
a) 01 (um) Estado.
b) 02 (dois) Estados. a) Pode se desmatar na beira das lagoas.
c) 03 (três) Estados. b) Pode se desmatar no topo de morros.
d) 04 (quatro) Estados. c) Pode se desmatar na beira das nascentes.
resposta: b d) Pode se desmatar vegetação de fixação de
dunas.
Ano: 2016Banca: FAUÓrgão: Prefeitura de Chopinzinho - PRProva: Procurador e) Pode se extrair lenha das florestas plantadas não
Municipal consideradas de preservação permanente
02-A tragédia ocorrida em Minas Gerais, no início resposta: e
de novembro de 2015, com o rompimento da

ATUALIDADES 56
Ano: 2014Banca: CESGRANRIOÓrgão: PetrobrasProva: Técnico(a) de Projetos,
Construção e Montagem Júnior - Mecânica MICHEL TEMER INAUGURA O EIXO LESTE
06- Sobre o efeito estufa, verifica-se que
a) é gerado pelos gases que formam a atmosfera e
que não conseguem reter o calor que vem do solo.
b) é um fenômeno natural por meio do qual a Terra
procura conservar constante a sua temperatura.
c) torna a Terra um planeta com condições muito
mais favoráveis à vida, quando não está presente.
d) é um efeito provocado pelas atitudes
inadequadas do homem.
e) provoca o aquecimento ou o resfriamento do O presidente da República, Michel Temer,
planeta, de acordo com a estação local, sem inaugurou o eixo leste da transposição do Rio São
alterações climáticas sensíveis Francisco e as cidades do projeto a serem visitadas
foram Sertânia, em Pernambuco, e Monteiro, na
resposta: b Paraíba.
A integração do São Francisco tem como objetivo
Ano: 2012Banca: CESGRANRIOÓrgão: PetrobrasProva: Técnico de Exploração levar água a cerca de 12 milhões de pessoas que
de Petróleo Júnior vivem no sertão de quatro estados – Pernambuco,
07- Considera-se como a principal causa do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.
efeito estufa o(a) O projeto se estende por 477 km e é dividido nos
a) aumento na incidência dos raios cósmicos. eixos leste, com 217 km, e norte, com 260 km.
b) diminuição na incidência dos raios cósmicos.
c) diminuição da inclinação do eixo terrestre. Os debates para realizar a transposição
d) absorção, por determinados gases presentes na começaram no primeiro mandato do ex-presidente
atmosfera, de parte da radiação solar refletida pela Luiz Inácio Lula da Silva. As obras tiveram início em
superfície terrestre. 2007 e a previsão inicial era que todo o projeto fosse
e) reflexão total, por determinados gases presentes concluído em 2012, ao custo de R$ 4,5 bilhões, mas
na atmosfera, da radiação solar incidente na Terra. somente agora o primeiro eixo está sendo
inaugurado, e os investimentos já passaram dos R$
Resposta: d 8,2 bilhões.

TÓPICOS RELACIONADOS: Eixos leste e norte


Fonte A estimativa do governo é que o eixo leste
Crise Hídrica no Nordeste beneficie 4,5 milhões de pessoas em 168 municípios
Região nordesde da Paraíba e de Pernambuco.
Rios perenes
Relevo Segundo o Palácio do Planalto, o eixo norte
Hidrografia está 94,52% concluído e visa complementar o
Rios aéreos abastecimento da região metropolitana de Fortaleza,
no Ceará.
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
A Transposição do Rio São Francisco não é Problemas na transposição hídrica
uma ideia recente, mas sim, já existe desde a época Não foi somente o Brasil que tentou fazer
em que D. Pedro I governava o Brasil. uma transposição de aguas. Durante a existência da
A seca que atinge o nordeste brasileiro é então União das Republicas Socialistas Soviéticas,
recorrente com épocas de épocas de grande rigor e um megaprojeto de transposição das águas dos rios
foi palco de preocupação no ano de 1824 pelo Amu Darya e Syr Darya resultaram no assoreamento
imperador que tentou buscar soluções para a do Mar de Aral, levando-o ao colapso.
extrema seca, mas embora projetos tenham sido
elaborados, faltavam tecnologia e recursos Mar de Aral
financeiros para empreendimentos de engenharia na
região.
Durante o governo de Getúlio Vargas a
retirada das águas do São Francisco também foi
cogitada, assim como durante os governos militares
e de próprio Fernando Henrique Cardoso, mas nunca
saiu do papel.
Após anos de construção tendo iniciado no
governo Lula e continuado com o governo Dilma, as
obras do eixo leste foram inauguradas pelo
presidente Michel Temer em março de 2017, que
assumiu a presidência após o afastamento da então
presidente Dilma Rousseff.

ATUALIDADES 57
A transposição tinha um fim com roupagem TRANSPOSIÇÃO
de algo benéfico, com produção de diversos
alimentos como arroz, cereais, melões e
depois algodão.
A excessiva retirada de água muito superior
à sua reposição levou a perda de 80% do seu
volume e 60% do seu tamanho, sem contar o grave
colapso no seu ecossistema.
Há um diferencial no projeto do São
Francisco que foi a recuperação das margens do rio
que estavam muito degradadas.
Durante o governo Dilma, a recuperação da mata
ciliar andou com a lentidão de uma lesma, pois o viés
ambiental “atrapalha” os setores investidores por
encarecer demasiadamente a obra!
A natureza já demonstrou que tamanha
alteração pode resultar no oposto do que se
pretendia, desertificando ainda mais a região
atingida, ainda mais com os níveis cada vez mais
baixos apresentados pelo rio nas marcações da
Barragem de Sobradinho.

O custo da integração das bacias ficou em


cerca de 10 bilhões de reais e tal valor, ao contrário Em 2016 concretizou-se a transposição do
do que tanto é propalado, não irá resolver a seca do eixo leste (217 km) das águas do Rio São Francisco
nordeste, mas sim, conseguira abranger apenas para o sertão da Paraíba, especificamente para a
0,5% do território do semiárido nordestino, bacia do rio Paraíba, local que sofre historicamente
beneficiando, segundo especialistas, apenas 0,3% com as agruras da seca.
da população. Os estados que receberão as águas do São
Francisco são Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do
De todo o volume de água deslocado, cerca de 70% Norte e o Ceará, região essa conhecida como o
será destinado para a irrigação da agricultura, 26% Nordeste Setentrional na área conhecida como o
para o uso nas cidades e indústrias e 4% para a Polígono das Secas e onde também está a
população “difusa”. população mais pobre do país.
Na real, o grande problema do nordeste
nunca foi a seca, mas sim, as CERCAS. A hidrografia da região
Seria muito curioso se as áreas adjacentes O rio Parnaíba (foz em delta) é um
aos canais pudessem ser utilizadas para o benefício importante rio que faz a divisão entre o Piauí e o
da agricultura familiar, gerando milhares de Maranhão, rio esse que é o único de regime perene
empregos, renda e alimentos de qualidade, sem o em uma vasta área do nordeste, até o Rio São
uso de agroquímicos, multiplicando as benesses do Francisco que também é perene.
rio, mas ao que tudo indica, as cartas que estão A geografia da região e as condições
sendo marcadas irão para as mangas dos grandes edafoclimáticas permitem que o rio Parnaíba tenha
coronéis que sempre comandaram o Sertão. um bom volume de água durante o ano todo, mas
sem sobra de agua, diferentemente do rio São
Poderosos agroquímicos Francisco, que além de ser perene, após as
Há um questionamento sobre as regiões já intervenções desde a década de 70, com a
plantadoras de culturas que se utilizam muito construção de complexos hidrelétricos (Hidrelétrica
agrotóxicos nas proximidades do rio, regiões essas de Sobradinho 1973-1979 dos governos militares)
de Petrolina e Juazeiro, com águas que talvez ao tornou o curso do rio abaixo de Sobradinho um rio
serem transpostas, não seriam próprias para o artificial, com cheias controladas pelos lagos das
consumo humano ou de qualquer outro animal ou até barragens.
mesmo para a irrigação. Acima de Sobradinho, a água represada do
São Francisco permite sobra de agua, principalmente
Esperança para a população nas épocas de excessivas chuvas.
Com todas as adversidades levantadas e A promessa de fazer a obra do São
problemas técnicos, a obra traz, com certeza, Francisco foi exposta pelo então candidato à
grande esperança e animo para a população que presidência Ciro Gomes que acabou não vencendo
mais sofre com a seca no Brasil. em 2003, perdendo para o candidato Lula, que o
chamou para coordenar o projeto da Transposição.
Fonte: Toda a transposição foi realizada com
https://www.cartacapital.com.br/blogs/brasil- engenheiros brasileiros que tocaram toda a obra
debate/a-transposicao-do-sao-francisco-nao-e- buscando soluções aqui no país, provando que a
so-festa

ATUALIDADES 58
nossa engenharia e soluções encontradas são de árvores e sem a vegetação ciliar, os rios e as fontes
grande qualidade. de água ficam sem suporte e acabam secando.
A água é bombeada do Rio São Francisco
para um desnível de cerca de 200 metros e por O problema da seca no nordeste está no
gravidade, escorre por canais construídos até os desmatamento exacerbado, focado na ótica
pontos de foz. econômica, esquecendo os produtores que o meio
ambiente não segue regras dos bancos ou das
POLÍGONO DAS SECAS bolsas de valores, além de ter sido implantadas
políticas ineficiente e completamente equivocadas,
que agravaram as áreas já sofridas.
A indústria da seca tem razão dessa
alcunha, pois as políticas voltadas para “acabar com
o sofrimento da população”, como se os órgãos
responsáveis estivessem realmente preocupados
com a população, vem desde o longínquo 1909,
quando criou-se a Inspetoria de Obras Contra a
Seca, o primeiro órgão de combate a seca.
Como não funcionou, criaram em 1919 a
Inspetoria Federal de Obras Contra a Seca que não
funcionou, mas consumiu muitos recursos.
Em 1945, o nome mudou para Departamento
de Obras Contra a Seca que também, não funcionou.
Todos esses órgãos buscaram solucionar o
problema da seca através de obras para armazenar
água no intuito de suprir a população, as áreas
agrícolas e a criação de gado.
Ao que parece, todas as políticas foram
inócuas, mas consumiram bilhares de recursos.
Todas as vezes que os governos pediram recursos
para a seca, foram atendidos pelos seus devidos
correligionários do governo federal, que liberaram
recursos para fazer obras para a população sofrida,
O Nordeste do Brasil é assolado por
cestas básicas, caminhões e claro, perdão das
conhecidas estiagens desde a época do Brasil
dívidas de empréstimos feitos por empresários e
colônia.
fazendeiros que se viram também prejudicados pela
Entre os anos de 1877 e 1879 do governo
seca e que fazem também parte da população
de D. Pedro II, ordenou-se a construção de açudes
sofrida. Daí então, a indústria da seca. As políticas e
para diminuir o sofrimento da população daquela
os políticos nunca resolveram nada a não ser, claro,
época. Será que havia superfaturamento de obras
os seus problemas financeiros.
públicas por empreiteiras também naquela época?
A denominação de Polígono das Secas
Sobre a seca no nordeste do Brasil, os Estados
surgiu quando um grupo de estudiosos passou a
que fazem parte do polígono das secas original
delimitar as regiões afetadas pela seca em 1951, que
são, exceto:
atinge os Estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do
a) Piauí
Norte, Paraíba, Pernambuco e o norte da Bahia.
b) Rio Grande do Norte
O Maranhão não fazia parte da delimitação
c) Paraíba
do “Polígono” original por que a seca não atingia
d) Ceará
essa área, mas atualmente vem sofrendo com a
e) Maranhão
seca progressiva, ou seja, a área atingida pela
carência de água veio aumentando nos últimos 25
Resposta: letra E
anos.
Atualmente percebe-se que as políticas
Qual é o motivo do aumento da área seca?
sucessivas para combater a seca não tiverem
Segundo os especialistas, é a forma predatória de
êxito e a área mostrou-se ampliada, atingindo até
ocupação do solo, onde desde o século XVI busca-
o Maranhão.
se explorar o máximo da terra, como se fosse um
bem inesgotável, como uma indústria que busca
Sobre o polígono das secas, marque a alternativa
produzir o máximo possível por dia.
que não condiz com a realidade:
No caso da terra, houve a máxima
a) O polígono das secas é uma área que foi
exploração sem a preocupação com o esgotamento
delimitada quando um grupo de cientistas
do solo, agravados pela retirada de água de
identificou áreas atingidas pelas secas do
profundidade, que só faz agravar a situação.
nordeste em 1951
Durante diversos anos ocorreu um desmatamento
b) As políticas que buscam combater as secas
excessivo da vegetação ciliar e da vegetação que
no nordeste começaram a partir dos
margeiam e protegem as nascentes dos rios. Sem
governos militares em 1964.

ATUALIDADES 59
c) As políticas voltadas para solucionar o outorga pela Agência Nacional de Águas para usar
problema das secas no nordeste até hoje se 300 metros cúbicos por segundo para um mega
mostraram ineficientes e equivocadas. projeto de irrigação, e assim não seria possível
d) O primeiro órgão criado para solucionar o captar mais água sem comprometer o funcionamento
problema das secas no nordeste foi a da Hidrelétrica de Sobradinho. A polêmica durou até
Inspetoria de Obras Contra a Seca, em o final do governo Fernando Henrique. A solução foi
1909. reduzir a vazão de água na captação do Projeto de
e) Desde D. Pedro II é que há políticas que Integração do Rio Francisco.
visam abrandar os efeitos da seca no A vez de Lula
nordeste do Brasil
Luís Inácio Lula da Silva, chegando à presidência,
UM PROJETO HISTÓRICO deparou com problemas em licitações, liberações
A Transposição, um projeto dos tempos do ambientais e protestos populares contra a execução
Império da obra, como a do bispo baiano Luiz Flávio Cappio,
que impetrou uma greve de fome de 10 dias em
A seca de 1991 a 1993 foi menos intensa, mas foi protesto apoiado por ambientalistas de todo o país.
ampla, atingindo também Fortaleza, no Ceará, e Em agosto de 2007, foram iniciadas as obras dos
Campina Grande, na Paraíba. Ciro Gomes, então o canais de aproximação no Reservatório de Itaparica
governador do Ceará, construiu o Canal do (Eixo Leste) e em Cabrobó (Eixo Norte) – veja o
Trabalhador em apenas 90 dias para abastecer mapa.
Fortaleza, trazendo águas do Rio Jaguaribe. Na É o mesmo local de onde, um século e meio antes, o
Paraíba, o governador na época, Cícero Lucena, governo imperial pretendia captar água.
pleiteou sem sucesso recursos federais para
construir a adutora de Moxotó para abastecer
Campina Grande com águas do Rio São Francisco.
Em âmbito nacional, o ministro da Administração e
da Integração Regional do governo Itamar Franco,
Aluízio Alves, apresentou um projeto semelhante ao
de Mario Andreazza, mas prevendo a retirada de
apenas 150 metros cúbicos do Rio São Francisco, a
ser realizado em 180 dias em caráter emergencial. A
seca terminou em 1994 e o projeto não chegou a sair
do papel.
Fernando Henrique Cardoso

De acordo com o coronel Ferreira, a seca de 1997 a


1999 foi ainda mais abrangente. Desta vez, entraram
em colapso os sistemas de abastecimento de água
de Fortaleza, do Recife, Caruaru (PE), Campina
Grande (PB) e de João Pessoa. “O Recife era
abastecido por água que vinha de navio, da Bahia.
Na Paraíba o transporte de água até o município de
Soledade era feito de trem e chegava ao preço de
um grama de ouro o metro cúbico”, conta.
Assim, mais uma vez, a ideia da transposição de
águas do Rio São Francisco voltou à pauta. O
governo do presidente Fernando Henrique Cardoso
determinou a elaboração de um projeto de
transposição inicialmente com um eixo, de Cabrobó
ao Ceará. O então governador de Pernambuco,
Miguel Arraes, demandou que o governo federal
ampliasse o projeto, incluindo o que é hoje o Eixo
Leste. Seriam retirados 28 metros cúbicos por
segundo pelo Eixo Leste, sendo 10 metros cúbicos
para a Paraíba e 18 para Pernambuco. Pelo Eixo
Norte, seriam retirados 99 metros cúbicos por
segundo, sendo 10 para Pernambuco, 10 para a
Paraíba, 37 para o Rio Grande do Norte e 42 para o
Ceará. Ou seja: um total de 127 metros cúbicos por
segundo de retirada de água, que beneficiaria 188
cidades. O custo estimado era de R$
2.689.340.791,32.
Contudo, um grupo de empresas, entre elas a
Odebrecht e a OAS Engenharia, havia obtido uma

ATUALIDADES 60