You are on page 1of 5

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

LEI N. 8.429/92

ABRANGÊNCIA POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA ENTENDE-SE O ATO QUE


AFRONTA OS PRINCÍPIOS NORTEADORES DA ATUAÇÃO
DISPÕE SOBRE AS SANÇÕES APLICÁVEIS AOS AGENTES ADMINISTRATIVA; É DESIGNATIVO DA CHAMADA CORRUPÇÃO
PÚBLICOS NOS CASOS DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO NO ADMINISTRATIVA OU, TECNICAMENTE, FATO JURÍDICO DECORRENTE
EXERCÍCIO DE MANDATO, CARGO, EMPREGO OU FUNÇÃO NA DE CONDUTA HUMANA, POSITIVA OU NEGATIVA, DE EFEITOS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA, INDIRETA OU FUNDACIONAL JURÍDICOS INVOLUNTÁRIOS. É ILÍCITO POLÍTICO
E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS ADMINISTRATIVO, QUE INDUZ À APLICAÇÃO DE SANÇÕES DE
NATUREZA EXTRAPENAL EM PROCESSO JUDICIAL.

CONSTITUIÇÃO FEDERAL IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

ATIVO

SUJEITOS

PASSIVO

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVO
(ART. 37, §4°, DA CF/88)

1. SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS

2. PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA


SUJEITO ATIVO: é o agente público e o particular beneficiado pelo ato.
3. RESSARCIMENTO AO ERÁRIO SUJEITO PASSIVO: é o lesado.
4. INDISPONIBILIDADE DOS BENS “Os agentes políticos, como os Ministros de Estado, estão submetidos a um regime especial de responsabilidade,
não se aplicando as regras comuns da lei de improbidade (STF. RECLAMÇÃO N. 2138 Rel. Min Nelson Jobim)”

AGENTE PÚBLICO
PRESCRIÇÃO

SANÇÕES PRAZO PRESCRICIONAL


SU PE I 1. ATÉ CINCO ANOS APÓS O TÉRMINO DO EXERCÍCIO DE
MANDATO, DE CARGO EM COMISSÃO OU DE FUNÇÃO DE
CONFIANÇA
2. DENTRO DO PRAZO PRESCRICIONAL PREVISTO EM LEI
ESPECÍFICA PARA FALTAS DISCIPLINARES PUNÍVEIS COM
DEMISSÃO A BEM DO SERVIÇO PÚBLICO, NOS CASOS DE
EXERCÍCIO DE CARGO EFETIVO OU EMPREGO.

LEI 8.429/92 RE IMPRESCRITÍVEL

REPUTA-SE AGENTE PÚBLICO, PARA OS EFEITOS DESTA LEI,


TODO AQUELE QUE EXERCE, AINDA QUE TRANSITORIAMENTE OU
SEM REMUNERAÇÃO, POR ELEIÇÃO, NOMEAÇÃO, DESIGNAÇÃO,
CONTRATAÇÃO OU QUALQUER OUTRA FORMA DE INVESTIDURA
OU VÍNCULO, MANDATO, CARGO, EMPREGO OU FUNÇÃO.

CONDUTA PUNÍVEL – DOLOSA OU CULPOSA (AÇÃO OU OMISSÃO)


TIPOS LEGAIS TIPOS LEGAIS

ENRIQUECIMENTO ILÍCITO
Art. 9º (...) I - receber, para si ou para outrem, dinheiro, bem
móvel ou imóvel, ou qualquer outra vantagem econômica, direta
ATOS LESIVOS AO ERÁRIO
ou indireta, a título de comissão, percentagem, gratificação ou
presente de quem tenha interesse, direto ou indireto, que possa Art. 10º (...) X - agir negligentemente na arrecadação de tributo
ser atingido ou amparado por ação ou omissão decorrente das ou renda, bem como no que diz respeito à conservação do
atribuições do agente público; patrimônio público;

TIPOS LEGAIS

ATOS CONTRÁRIOS AOS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO


I - praticar ato visando fim proibido em lei ou regulamento ou diverso
daquele previsto, na regra de competência;
II - retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício;
III - revelar fato ou circunstância de que tem ciência em razão das
atribuições e que deva permanecer em segredo;
IV - negar publicidade aos atos oficiais;
V - frustrar a licitude de concurso público;
VI - deixar de prestar contas quando esteja obrigado a fazê-lo;
VII - revelar ou permitir que chegue ao conhecimento de terceiro, antes
da respectiva divulgação oficial, teor de medida política ou econômica
capaz de afetar o preço de mercadoria, bem ou serviço.

ATOS CONTRÁRIOS AOS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO


Art. 11(...) V - frustrar a licitude de concurso público;

COMPETËNCIA
PENAS
ENRIQUECIMENTO ILÍCITO

LOCAL DO DANO SE HOUVER OU DO ATO. A) RESSARCIMENTO INTEGRAL DO DANO


B) PERDA DOS BENS OU VALORES ACRESCIDOS ILICITAMENTE
C) PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA
D) SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS DURANTE 8 A 10 ANOS
E) PAGAMENTO DE MULTA CIVIL ATÉ 3 VEZES O VALOR DO ACRÉSCIMO PATRIMONIAL
F) PROIBIÇÃO DE CONTRATAR E RECEBER INCENTIVOS DO PODER PÚBLICO (10 ANOS)

LEGITIMIDADE ATIVA PREJUÍZO AO ERÁRIO


A) RESSARCIMENTO INTEGRAL DO DANO
B) PERDA DOS BENS OU VALORES ACRESCIDOS ILICITAMENTE (HAVENDO ACRÉSCIMOS)
C) PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA
D) SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS DURANTE 5 A 8 ANOS
E) PAGAMENTO DE MULTA CIVIL ATÉ 2 VEZES O VALOR DO ACRÉSCIMO PATRIMONIAL
CONCORRENTE E DISJUNTIVA F) PROIBIÇÃO DE CONTRATAR E RECEBER INCENTIVOS DO PODER PÚBLICO (5 ANOS)
MINISTÉRIO PÚBLICO E DA PESSOA JURÍDICA LESADA
ATOS CONTRÁRIOS AOS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO
A) RESSARCIMENTO INTEGRAL DO DANO (HAVENDO DANO)
B) PERDA DOS BENS OU VALORES ACRESCIDOS ILICITAMENTE (HAVENDO ACRÉSCIMOS)
C) PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA
D) SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS DURANTE 3 A 5 ANOS
E) PAGAMENTO DE MULTA CIVIL ATÉ 100 VEZES O VALOR DA REMUNERAÇÃO DO AGENTE
F) PROIBIÇÃO DE CONTRATAR E RECEBER INCENTIVOS DO PODER PÚBLICO (3 ANOS)
SEM PREJUÍZO DAS SANÇÕES PENAIS, CIVIS E ADMINISTRATIVAS
JUIZ LEVARÁ EM CONTA A EXTENSÃO DO DANO E PROVEITO PATRIMONIAL
DECLARAÇÃO DE BENS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

REPRESENTAÇÃO

QUALQUER PESSOA
PÚBLICADA EM DIARIO OFICIAL (QUALIFICADA E FATO)
(CONDICIONADA A DECLARAÇÃO DE
BENS E VALORES – LEI n. 8.429/92)

DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES AUTORIDADE ADMINISTRATIVA


1. BRASIL MINISTÉRIO PÚBLICO
2. EXTERIOR
3. BENS DO CONJUGE E FILHOS*
4. ANUALMENTE ATUALIZADA
5. PUNIDO COM DEMISÃO
6. DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL.
(*QUANDO FOR O CADSO)

EXERCÍCIO

PROCEDIMENTO JUDICIAL
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

PROPOSITURA DA AÇÃO
MEDIDAS DE NATUREZA CAUTELAR
1. MINISTÉRIO PÚBLICO OU
2. PESSOA JURÍDICA INTERESSADA JUIZ – NOTIFICA
15 DIAS PARA APRESENTAR DEFESA

PECULIARIDADES
1. INDISPONIBILIDADE DOS BENS
A) LESÃO AO ERÁRIO OU ENRIQUECIMENTO ILÍCITO
INSTRUÇÃO E JULGAMENTO
RITO ORDINÁRIO
2. SEQUESTRO
PERDA DOS BENS OU REPARAÇÃO DO DANO A) FUNDADOS INDÍCIOS DE RESPONSABILIDADE
JUIZ DECIDIRA EM 30 DIAS 3. INVESTIGAÇÃO, EXAME E BLOQUEIO DE BENS, CONTAS
RECEBE A INICIAL BANCÁRIAS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS MANTIDAS PELO
CITAÇÃO PARA CONTESTAR
DA DECIÇÃO CABE AGRAVO DE INSTRUMENTO INDICIADO NO EXTERIOR
4. AFASTAMENTO DO AGENTE PÚBLICO (NO EXERCÍCIO DO
PECULIARIDADES
1. NÃO PODE SER INVOCADA A PRERROGATIVA DE FORO EM AÇÃO DE IMPROBIDADE, SÓ É POSSÍVEL EM
CARGO, EMPREGO OU FUNÇÃO)
PROCEDIMENTO DE CARÁTER PENAL (ADI 2797/DF e ADI 2860/DF)
2. É VEDADA A TRANSAÇÃO, ACORDO OU CONCILIAÇÃO

1. (CFO/SC)Em relação à improbidade administrativa marque V ou 2.(Escrivão de Polícia/SC) A Constituição da República


F, conforme as afirmações a seguir sejam verdadeiras ou falsas. Federativa do Brasil estabelece que a administração
( ) Consoante a Lei nº 8.429/92, constitui ato de improbidade pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da
administrativa a revelação, pelo agente público, de fato sigiloso União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios
de que tenha ciência em razão de suas atribuições. obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
( ) A ação de ressarcimento por ilícitos praticados por agente moralidade, publicidade e eficiência. Nesse sentido, a
público que cause prejuízo ao erário é imprescritível. alternativa correta é:
( ) A sentença que decretar a perda dos bens havidos ilicitamente
a) As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado
não poderá determinar a reversão dos mesmos em favor da
pessoa jurídica prejudicada pelo ilícito. prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que
seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurado
( ) A Lei nº 8.429/92 só é aplicável para os agentes públicos
efetivos. o direito de regresso contra o responsável somente nos casos de
dolo.
( ) A aplicação de sanção administrativa ao agente público que
praticou ato de improbidade veda a imposição das punições b) Os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão
previstas na Lei nº 8.429/92. dos direitos políticos, a perda da função pública, a
A seqüência correta, de cima para baixo, é: indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma
a) V - V - F - F - F e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.
b) V - F - V - V - F c) Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder
c) F - F - V - V - F Judiciário poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Executivo.
d) V - F - F - F - V d) O direito de greve será exercido nos termos e limites definidos
e) F - V - V - V - V em lei complementar.
3. (AGU) Sobre a Lei da Improbidade Administrativa é correto 4. (AGU) Um servidor público estadual, regido pela Lei n.
afirmar: 6745/85, praticou um ato que configura infração
disciplinar punível com a pena de demissão. Esse mesmo
I. as sanções nela previstas aplicam-se, também, àquele que, ato está previsto no Código Penal como crime contra a
mesmo não sendo agente público, induza ou concorra para a Administração Pública e, na Lei n. 8.429/92, como ato
prática do ato de improbidade. de improbidade administrativa. Ele foi condenado na
II. a indisponibilidade dos bens, para fins de garantir o esfera penal mas, nas esferas cível e administrativa
ressarcimento do dano, pode ser requerida antes de transitar ainda não houve qualquer decisão. Nessa hipótese,
em julgado a sentença condenatória.
III. reputa-se agente público a pessoa que exercer um cargo a) não poderá ser punido nas esferas cível e administrativa porque
público, ainda que sem remuneração.
ninguém pode ser punido mais de uma vez pelo mesmo fato.
IV. o Ministério Público deve ser informado da existência de
procedimento administrativo instaurado para apurar a prática b) a sanção penal impede a sanção por improbidade administrativa
de ato de improbidade, antes mesmo da sua conclusão. porque ambas têm a mesma natureza e finalidade.
V. havendo fundados indícios de enriquecimento ilícito, pode ser c) poderá ser punido administrativamente, mas, não, por ato de
requerido o seqüestro dos bens do beneficiário, antes mesmo improbidade administrativa.
de concluído o procedimento administrativo.
d) somente poderá ser punido por ato de improbidade
administrativa se tiver ocorrido dano ao erário.
Estão corretas
e) não há impedimento para que seja punido, também, nas esferas
a) apenas as afirmativas I, II, III e IV. cível e administrativa, em face da independência das
b) as afirmativas I, II, III, IV e V. instâncias.
c) apenas as afirmativas I, II, IV e V.
d) apenas as afirmativas II, III, IV e V.
e) apenas as afirmativas I, II, III e V.

5. (ANA – ESAF) O dirigente de um órgão público sediado em


Brasília e os servidores responsáveis pelas licitações e compras
6. (TSE) A condenação de um servidor público
desse órgão compareceram a um evento de demonstração de pela prática de ato de improbidade
um novo produto de informática que estava sendo lançado no administrativa
mercado e que poderia interessar ao órgão adquiri-lo. O evento
ocorreu em um hotel resort situado no Nordeste e as despesas
de transporte, hospedagem e alimentação desses agentes a) somente é lícita quando o servidor ocupa cargo
públicos foram custeadas pela empresa fornecedora do produto
porque o órgão público não dispunha de verba para tanto. Esse comissionado.
tipo de conduta dos agentes públicos: b) deve ocorrer mediante processo administrativo
disciplinar.
a) é lícita porque o órgão não dispunha de verba para pagar as diárias que
são devidas nos deslocamentos no interesse do serviço. c) exige a comprovação de enriquecimento ilícito.
b) configura ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário. d) pode acarretar suspensão de seus direitos políticos.
c) configura ato de improbidade administrativa somente na hipótese de o
produto vir a ser adquirido pelo órgão, por preço superior ao de
mercado.
d) não configura ato de improbidade administrativa porque agiram no
interesse do órgão e não no interesse pessoal deles.
e) confifigura ato de improbidade administrativa que importa
enriquecimento ilícito no exercício da função.

7. (TRE/SC) Assinale a alternativa CORRETA. 8. (TRE/SC) Analise as afirmativas abaixo.


I - A aplicação de penalidades previstas na Lei 8429, de 02/06/92,
afasta as sanções penais, civis e administrativas previstas na
a) Somente se caracteriza a improbidade administrativa quando, legislação específica, evitando-se dupla cominação pelo mesmo
além do prejuízo ao erário, haja enriquecimento ilícito. fato.
b) A indisponibilidade dos bens do indiciado por enriquecimento II - Para tomarem posse, os agentes públicos devem apresentar
ilícito será requerida após a condenação, tendo em vista que declaração dos seus bens e valores, a ser arquivada no setor de
ninguém pode ser punido sem o devido processo legal. pessoal competente.
c) O sucessor daquele que causar lesão ao patrimônio público ou se III - Os acusados na ação de improbidade movida pelo Ministério
enriquecer ilicitamente está sujeito às cominações da Lei Público serão beneficiados com o encerramento do feito,
8429/92, até o limite do valor da herança. mediante o pagamento integral do prejuízo causado ao erário.
IV - Ato de improbidade deve ser entendido como toda conduta
d) Para representar à autoridade administrativa competente, com
atentatória à legalidade.
vistas à apuração da prática de ato de improbidade, a pessoa
deverá demonstrar que não está sendo processada
Assinale a alternativa CORRETA.
criminalmente.
a) Somente a afirmativa II está correta.
b) Somente as afirmativas I e III estão corretas.
c) Todas as afirmativas estão corretas.
d) Todas as afirmativas estão incorretas.
9. (Contador/TJ-SC) Assinale a alternativa correta 10. (Oficial de Justiça/TJ-SC) Segundo a lei de
quanto à lei de improbidade administrativa: improbidade administrativa, a atitude de o
a) Qualquer pessoa pode representar à autoridade funcionário público usar em proveito próprio
administrativa competente para que seja instaurada
bens integrantes do acervo patrimonial da
investigação destinada a apurar a prática de atos de
improbidade. administração pública caracteriza:
b) Constitui ato de improbidade administrativa somente a) Ato de improbidade administrativa que causa
aquele que importa enriquecimento ilícito do agente em prejuízo ao erário.
razão do exercício de cargo, mandato ou emprego público.
b) Ato de improbidade administrativa que atenta
c) As disposições e penalidades da lei somente se aplicam
contra os princípios da administração pública.
aos agentes públicos que induzam ou concorram para a
prática do ato de improbidade. c) Ato de improbidade administrativa que importa
d) Para efeitos da lei, não se reputa agente público aquele enriquecimento ilícito.
que transitoriamente exerce cargo ou função pública. d) Ato de improbidade que ofende a dignidade da
função pública.

12. (Técnico do Judiciário/TJ-SC) No que se


11. (Oficial de Justiça/TJ-SC) Assinale a refere à Lei de Improbidade Administrativa,
alternativa INCORRETA à luz da lei de é correto afirmar:
improbidade administrativa:
a) a aplicação das sanções penais nela previstas
a) A aplicação das sanções nela previstas depende da
independe da efetiva ocorrência de dano ao
efetiva ocorrência de dano ao patrimônio público.
patrimônio público.
b) A posse e o exercício de agente público ficam
condicionados à apresentação de declaração de bens b) as ações destinadas a levar a efeito as sanções
e valores que compõe o seu patrimônio privado. nela previstas aos que exercem cargo eletivo
c) A perda da função pública só se efetiva com o prescrevem em 5 (cinco) anos, a contar da data
trânsito em julgado da sentença condenatória. do fato lesivo.
d) O sucessor daquele que causar lesão ao patrimônio c) a perda da função pública se efetiva com a
público fica sujeito às suas cominações, até o limite publicação da sentença condenatória.
do valor da herança. d) a fim de afastar a responsabilidade civil e penal
do agente, é permitida transação, desde que esta
ocorra antes do julgamento da ação.

13. (Oficial de Justiça e Avaliador) Analise as preposições abaixo,


confirme se são VERDADEIRAS - V ou FALSAS - F e assinale a
alternativa que contém resposta correta de acordo com a Lei de
Improbidade Administrativa:
I. ( ) Os atos de improbidade administrativa somente podem ser
imputados a servidores públicos que praticam atos lesivos à
administração pública, qualquer que seja a sua esfera.
II. ( ) O sucessor daquele que causou lesão ao patrimônio público
ou dele se enriqueceu ilicitamente não está sujeito às
cominações da lei de improbidade administrativa.
III. ( ) Receber vantagem econômica para facilitar a locação de
um bem público caracteriza um ato de improbidade que causa
prejuízo ao erário.
IV. ( ) A posse e o exercício de agente público ficam condicionadas
à apresentação de declaração dos bens e valores que compõem
o seu patrimônio privado, a fim de ser arquivada no serviço de
pessoal competente.
V. ( ) A aplicação das sanções previstas na lei de improbidade
administrativa independe da efetiva ocorrência de danos ao
patrimônio público.
a) V, F, F, V, F. b) F, V, V, V, F. c) V, V, V, F, V. d) V, F, V, F, F. e) F, F, F, V, V.