You are on page 1of 8

O que mais enche a sua alma de satisfação e gratidão? O que mais alegra o seu coração?

o que te
deixa assim em contíduo em alegria e gratidão nesta vida? Para alguns talvez seja: o seu trabalho
rob, um projeto com investimento bem feito, gosta de contemplar o que suas mãos fizeram
somente laborou que você compartilhou com outros talvez seja um elogio uma receita bem
elaborada um trabalho bem executado na empresa um projeto bem elaborado na reforma da sua
casa são essas coisas suas realizações que trazem maior alegria e satisfação nesta vida ou talvez
não talvez não seja no campo das realizações mais no campo das relações de amizade recíproca
duradoura a família reunida ao redor da mesa filhos bem criados família bem cuidada é isso que
mais alegra o seu coração independente do que ele traz mais satisfação nesta vida seja no campo
das realizações ou das relações eu pergunto a todos aqui a cada um quanto à sua alma está
satisfeita em Deus quanto seu coração se alegra e se regozija no senhor porque é disto que fala o
salmo 103 um excelente exemplo uma escola completa na linguagem da gratidão e meus irmãos
esta linguagem da oração a linguagem da gratidão talvez seja um dos pilares mais essenciais à
nossa vida com deus e um dos pilares que está mais comprometido em nossos tempos porque
digamos a verdade vivemos em tempos ingratos e insatisfeitos as nossas crianças os nossos filhos
são bombardeadas desde cedo por uma cultura de mídia de propaganda e marketing que usem
cuca ou os treina na arte da ingratidão da insatisfação com o que têm com o que são onde moram
o que vestem não é verdade nós vivemos tempos de uma insatisfação e de uma ingratidão crônica
sempre procurando ser mais forte, mais rico, mais belo, mais esperto, mais realizado, mais feliz.
correndo correndo correndo trabalhando suando seja mais alcançar o que o nosso coração tanto
anseia mas isso não é um desafio dos nossos tempos aliás uma obra composta quase 400 anos por
um puritano chamado Jeremiah Burroughs da maia bolso ele escreveu uma obra que foi publicada
há dois anos depois da sua morte em 1648 e o título já diz tudo ele escreveu um livro chamado “A
joia rara do contentamento cristão”.

Contentamento é uma virtude que está em falta já há séculos na vida do povo de deus é a
linguagem da gratidão vem nos ensinar a recuperar redescobrir esta jóia rara da vida com Deus
satisfação e gratidão eu volto a perguntar a todos quanto o seu coração está satisfeito em os com
Deus contudo que ele é e com tudo que ele tem feito por nós de novo é disso que nos fala o salmo
103 um exemplo maravilhoso de gratidão a Deus na sua bondade e fidelidade mas antes de
mergulharmos no salmo vamos dar um passo para trás entendemos um pouquinho do contexto do
sama este salmo 103 ele faz parte de o que os estudiosos chamam de um mini saltério ou um livro
dos salmos dentro dos salmos talvez você já tenha esbarrado com essas divisões do livro dos
salmos. Em determinados momentos a essas quebras algumas delas respeitam a sequência
temática dos anos outras não mas muitos estudiosos identificam no salmo 101 a 110.

Esses 10 salmos um mini saltério um só livro dos salmos dentro dos salmos que representam bem
os temas principais de todo o livro o que une esses dois salmos é esta celebração da bondade e da
fidelidade de deus em vários aspectos, por exemplo, se você espiar para os anos seguintes o que
nós vemos é uma olhadinha produção dos 104 o salmista celebra lhe a bondade e a fidelidade de
Deus com toda a criação como toda ela espelha o cuidado bondoso de Deus já os álbuns seguintes
os salmos 105 a 107 celebram a bondade de Deus com a nação de Israel um povo especial dentre
todos os povos da terra mas há espaço também nestes anos para celebrar o cuidado pessoal de
Deus com seus adoradores são 101 e 102 anos 108 e 109 então veja o salmista saque neste grupo
de samus celebrando um deus bondoso com toda a criação com o seu povo e com cada membro
específico deste povo isso é importante notar porque votando agora o salmo 103 nós encontramos
exemplos destas três coisas nestes Salmo.

Representa bem essa pequena coleção nós temos aqui de modo em malden muito simples primeiro
a celebração individual do salmista pela bondade de Deus versículos 11 a 5 olha o texto.

Salmos 103.1 a 5 começamos com que louvor pessoal, individual a partir do versículo 6 até o
versículo 19 o foco cresce para quem a todo o povo de Israel do qual faz parte o salmista temos
aqui o vovô nacional a gratidão coletiva em toada produção misto e quando chegamos no fim do
salmo versículos 20 a 22 aí quem está levando toda a criação dos céus e na terra então notar um
movimento crescente parece que há um crescendo aqui de louvor o salmo começa no versículo
aonde bendigo senhor a minha alma não poderia ser mais pessoal e profunda mas como é que o
salmista termina em 22 nem digo ao senhor todas as obras em todos os lugares do seu domínio
das ticno espaço de vinte e dois versículos o salmista foi da sua alma para toda a criação é um
crescendo e vai chegando e não vai lá de uma hora pra outra e vai crescendo neste novo até chegar
a toda a criação

então temos esse prelúdio de louvor pessoal versículos 15 temos o corpo do salmo que este louvor
nacional coletivo versículo 6 a 19 e temos esse posto

dessa conclusão de um novo cósmico envolvendo toda a criação e ciclos 20

a 22 e para gravar essa seqüência nós podemos comparar este salmo a um coral pense um grande
coral ok então começamos com o solo do salmista ele começa assolando antes que todo o coral
pega sua voz o salmista oferece o seu solo de novo o versículo 15 versículo seja 19 o solista é
acompanhado agora de todo o couro das vozes de israel e aí no final versículos 20 a 22 nós temos
todo o coral angelical celestial cósmico todos louvando a deus em alto e bom som gravar essa
imagem comigo o solista o coral de israel e todo o couro da criação vamos examinar então são por
partes vamos começar com o solo do salmista versículos 11 a 15 e aqui ele não poderia ter
começado de maneira mais feliz mais íntima e mais profunda que diz o versículo 1 e 2 do salmo
103 bendiga o senhor a minha alma mendiga o senhor todo o meu ser bendigo senhor a minha
alma não esqueça nenhuma de suas bênçãos veja que três vezes o salmista repete esta invocação
de louvor essa expressão de gratidão bem diga bem antiga bem diga o senhor é como se o salmista
quisesse expressa sua gratidão por toda a excelência de Deus toda a maravilha da sua obra de todo
o seu ser e não se esquecer de nada nenhum detalhe nem uma vírgula já tenho uma experiência
parecida pois uma viagem talvez uma aventura talvez uma grande realização você ficou tão
possuído com alegria daquele momento que a primeira pessoa com quem você se encontrou
depois você começou a narrar detalhadamente tudo o que você viveu cada emoção cada detalhe
senão quando sabe que estou falando você está no sangue está aqui embriagado literalmente de
louvor e de gratidão a deus ele não segue se expressar em palavras tudo o que ele sente gratidão
ao senhor por tudo que ele tem feito de todo o seu ser mas essa não é apenas uma confissão alegre
e transbordante é mais que isso é uma confissão quase que constrangida o salmista aqui é um
devedor ele se vê numa dívida de gratidão eterna por um Deus que ele não pode esquecer que não
pode tirar não perder de vista como estivesse dizendo olha eu poderia continuar louvando a deus
dia todo a noite toda a semana toda a vida toda e ainda assim eu não teria esgotado toda a bondade
de deus toda sua misericórdia bendigo senhor minha alma bem diga o senhor todo o meu ser bem
digo se a minha alma não esqueça de nenhuma de suas bênçãos quais somente disso versículos 3 a
5 e não nos deixou no escuro perguntando que bessa são essas ele responde a isso os versículos 3
a 5 e é importante que nós ganhamos estes três versículos à luz dos ao anterior é importante isso
sempre aprender a ler a bíblia em contexto nunca tirar as palavras do salmista de contexto porque
se você vê esses três versículos fora de contexto você vai achar que o salmista surtou e teve um
surto neopentecostal aqui e é vitória vitória vitória triumph bênção não é tudo perdoado tudo
curado sai da frente que eu sou filho de Deus nem me segura agora o salmista gastou a primeira
metade dos alunos 102 o salmos anterior clamando desesperadamente pela intervenção de deus
você tiver tempo depois para os veículos com a 13 do Salmos 112 este é um homem que junto
com o seu povo está ai correndo perigo de vida sendo ameaçado pelos seus inimigos e se sentindo
em parte culpado das adversidades enfrenta agora só um homem correndo perigo de vida o
homem aflito os seus inimigos e se sentindo debaixo do peso da condenação de deus que o
salmista diz nos versículos 3 a 5 senhor tu és um deus que perdoa todos os meus pecados que cura
todas as minhas doenças que resgata a minha vida da sepultura esta é uma confissão de livramento
e de gratidão ao senhor pelo seu socorro pelo seu resgate deus ouviu o clamor desse salmista ele
está tão confiante e tão grato a deus pelo seu livramento que ele já fala não só em termos passados
e presentes mas futuros se Deus foi capaz de salvar nessa circunstância o que mais ele é capaz de
fazer nada é impossível meu deus que cura todas as doenças capazes de perdoar todos os nossos
pecados e de nos resgatar a vida da sepultura que renova as forças do seu povo como a água que é
renovada em seu vôo, este é o Deus diz o salmista no versículo 4 que coroa o adorador com
bondade e compaixão é aqui que está o peso na gratidão do salmista esta expressão do versículo 4
que resgata a sua vida da sepultura e o coroa e de bondade compaixão é o tema que une todos
amam instalar no versículo 4 no solo do salmista instalar no versículo 8 11 13 e 17 no coro de
israel perceba 8 diz o senhor é compassivo e misericordioso muito paciente cheio de amor e ciclo
11 pois como o céu se eleva acima da terra assim é grande o seu amor para com os que o temem
versículo 13 como um pai tem compaixão de seus filhos assim o senhor tem compaixão dos que o
temem o versículo 17 mais o amor leal do senhor seu amor eterno vejo o que une às vozes do
salmista e do povo de israel esta celebração da bondade e da fidelidade de deus e faz lembrar
outras confissões como a do salmo 18 quando a criatura davi olha para o criador e de senhor
quando contemplo os teus céus obra de duas mãos que é o homem para que com ele te importes
fizeste por um pouco menor que os seres celestiais eo coroaste de fazenda a expressão do salmo
23 sei que a fidelidade a bondade e a fidelidade se eu me acompanharam todos os dias da minha
vida ali é o salmista cigano um servo de um rei cuidado pelo senhor mas aqui o salmista está
falando como um pecador resgatado por um salvador ele quis me mostrar a sua bondade ea sua
compaixão apesar de toda a minha falta de mérito não é só apesar de eu ser criatura mas apesar de
eu ser criatura pecador transgressor você já parou para pensar nisso quanto Deus tem prazer em
abençoar criaturas pecadoras que não merecem a sua bondade ea sua compaixão enquanto deus
continua disposto a nos abençoar mesmo quando vivemos ingratos ignorantes e omissos quanto as
bênçãos de deus em si mesmo este salmista se vê na condição possível de se esquecer das bênçãos
de Deus pergunta é porque ele começa o Salmos dizendo minha alma não esqueça só porque
porque o salmista é e você esquece rápido ele sabe que se não registrar essas palavras se não
escrevê las e não guardá las perante se ele será capaz de se esquecer até mesmo deste livramento
do senhor tão impressionante tão maravilhoso você é diferente do salmista eu não sou eu não só
pergunta olhando para o texto agora quanto as nossas orações pessoais e com as palavras e as
posturas deste solista de israel quanto nós costumeiramente lembramos em nossas orações do
quanto deus tem feito por nós ou para colocar de outra forma avaliando sua vida de oração o
tempo que você gasta com deus perante deus falando com deus quanto deste tempo é gasto
falando a deus sobre o que ele ainda não fez o que você ainda não tem enquanto deste tempo é
gasto falando a deus sobre o que ele já fez e que você já tem pela graça dele coloca na balança o
que pesa mais quanto à sua súplica sobre o qual falaremos semana que vem é contrabalançada
pela sua ação de graças a sua gratidão só porque isso é importante porque quanto mais nos
esquecemos o quanto deus é bom quanto à sua misericórdia dura para sempre enquanto ele tem
prazer em coroar os seus filhos pecadores com bondade e compaixão se nós não esquecemos disso
logo logo o resto da nossa vida de oração definhará porque biblicamente falando esquecer quem
deus é esquecer das suas bênçãos é a via expressa para apostasia qual foi a acusação de deus
contra israel vocês se esqueceram porque ele levantou profetas em israel para ler lembrar o povo
do quanto eles eram amados exercitar a linguagem da gratidão em nossas orações é a tônica contra
um coração descontente e ingrato insatisfeito e logo logo infiel se esquecer das pessoas de deus é
via expressa para abandonar os caminhos do senhor lembrar das bênçãos de deus é via expressa
para crescer e amadurecer na fé o que o salmista dispara sua alma todo crente deveria dizer que a
sua alma todos os dias da sua vida em digo senhor a minha alma mendigo senhor todo o meu ser
vendido o senhor me a alma não esqueça nenhuma de suas bênçãos e você qual foi a última vez
que você gastou tempo na presença de deus somente é numerado as bênçãos de deus e nada mais
uma vez que nosso bispo fez exercício no retiro nacional dos pastores e bispos e missionários da
denominação aliás eu creio que eu me lembro mais daquele exercício do que todo o resto que foi
feito naquele retiro o exercício foi leve o tempo que for necessário para enumerar uma folha de
papel sem coisas pelas quais você é grato a deus se isso tivesse pedido para inúmeras em coisas
pelas quais eu estava chateado com deus eu teria preenchido foi

rapidinho que estava faltando que não tinha acontecido o que ainda aguardava e por incrível que
pareça eu levei muito tempo para preencher aquela folha mas quando eu terminei o disse que deus
é esse e que o homem ingrato que eu sou que pecador ingrato que eu só vendia o senhor a minha
alma bendigo senhor todo o meu ser vendida ou seja a minha alma e

não se esqueça de nenhum par de suas peças se você não se lembra de mais nada deste seu irmão e
não levar mais nada consigo nesta noite leve esta tarefa pra casa chega em casa e enumere 100
coisas pelas quais você grato a deus se você levar a semana toda pra preencha a folha que seja
você nunca será o mesmo após preencher essa folha o desafio é se não se esquecer louvar a deus e
agradecê lo por toda a sua bondade por toda a sua fidelidade compaixão apesar de não merecemos
nenhuma dessas coisas não é por completar o item das cem coisas que você será mais merecedor
das bênçãos de deus não será você como eu continuar sendo um pecador carente da graça de deus
mas nós só ouvimos uma voz até agora não só vemos o salmista agora vem o coro de israel
versículo 6 a 19 o que nós vimos de uma maneira pessoal nos versículos 1 a 5 nós veremos agora
de maneira coletiva na confissão da nação que lembre se o salmista louvou a deus por ter salvado
dos seus pecados e da sua condição mortal ele quem perdoa todos os seus pecados questão
espiritual mas também curar suas doenças resgata sua vida da sepultura e renova suas forças em
riste bens a sua existência dizem ver e tomamos o cuidado plano de deus pelo salmista
espiritualmente falando mas também materialmente falando é nesses dois temos q deus trata do
seu povo nos versículos 6 a 19 davi louva agora ao senhor com todo o povo de israel é o seu
perdão p-57 a 12 e ao seu cuidado

com criaturas mortais versículos 13 a 18 bastou o versículo 6 e 19 onde ficam a nós temos quase
que um salmo dentro do salmo 12 5 6 19 forma uma moldura dentro da moldura um quadro dentro
do quadro mas se você já viu isso quadros que parecem ter duas molduras uma maior que a outra
um quadro dentro do quadro é mais ou menos o que temos do salmo 103 temos a moldura maior
25 11 e 25 20 e 22 mas aqui temos um saldo do salmo dura dentro da moldura e 56 e 19 falando
neste domínio de deus sobre o seu povo domínio fiel sobre todo o seu povo por toda a terra e 56 o
senhor faz justiça e defende a causa dos oprimidos e versículo 19 o senhor estabeleceu o seu trono
nos céus e como rei do minas sobre tudo que existe o miolo do samu vai preencher que domine
mês que justiça é essa que fidelidade é essa de deus com seu povo já adiantamos a resposta deus é
fiel

em proteger um povo apesar dos seus pecados e apesar de ser em pó sermos mortais veja o que diz
o versículo 7 em diante temos novos personagens aqui salmo 103 57 ele manifestou seus
caminhos a moisés e os seus feitos aos israelitas ok mudamos de foco não é mais só o salmista é
aquele grande representante da nação moisés e aquela geração de israel para onde sua memória
vai assim que ouvimos o nome de moisés a onde estudou deus levando o seu povo no cativeiro
graça misericórdia estamos certos nessa associação porque o versículo 8 o seguinte é uma
confissão uma repetição palavra por palavra do que moisés ouviu em êxodo capítulo 34 mas não
logo depois da saída do egito mas sim aos pés do monte sinai quando moisés desceu após ter
recebido as tábuas da lei e vi o povo fazendo o quê adorando um bezerro de bouro adorando um
deus falso como se fosse o seu verdadeiro deus a nação mal tinha nascido e já estava se desviando
do seu deus a imagem mais próxima que podemos usar é de um casamento que mal tinha
começado e já temos um caso de traição essa imagem mais próxima e mais forte que podemos
usar delcides posou casou-se com israel livrou o povo da escravidão em menos de um ano o povo
trai o seu deus se você fosse escrever a história deste casamento como você escreveria que essa
história terminaria eu diria que ela terminaria acabou antes mesmo de começar mas é por isso que
temos salmo 103 25 8 o senhor é um passivo e misericordioso muito paciente e cheio de amor se
esse casamento durou mais que um ano quando o salmista escreveu estas palavras muitos anos já
tinham se passado desde o evento no sinai se esse casamento durou tanto tempo não foi pelo
mérito de israel foi pela bondade e misericórdia de deus você acha que deus ficou ressentido como
é que você ficaria no lugar de deus você acabou de ligar um povo do egito você tirou aquele povo
do cativeiro você ouviu o clamor de 400 anos de uma nação escrava você fez tudo por aquela
gente em dez pragas você demonstrou a israel ea todo o egito quanto você é maravilhoso
grandioso esse povo te trai mesmo que você tivesse tanta paciência quanto deus teve com israel
como você ficaria no restante desta trajetória como você como eu ficarei mas somente disso como
deus ficou versículo 9 ele não acusa sem cessar nem fica ressentido para sempre não nos trata
conforme os nossos pecados nem nos retribui conforme as nossas iniquidades por meio de uma
série de negativas davi reconhece o amor admirável de deus foi uma nação adulta e pecadora este
deus não foi apenas misericordioso e paciente ele sequer ficou ressentido quem não ficou jogando
na cara de israel a sua culpa seu adultério espiritual e não ficar acusando sem cessar e tampouco
retribuiu israel conforme as suas iniqüidades e com as palavras não eram suficientes para
descrever tendo todo esse amor de deus para israel a navios imagens ver se com 11 pois como os
céus se elevam acima da terra assim é grande o seu amor para com os que o temem esse com 12 e
como oriente está distante do ocidente assim ele leva para longe de nós as nossas transgressões
quantos aqui quando crianças ou jovens ou adultos cansados já deitado na grama em um parque e
só olharam para o céu e se perguntaram com grande o céu com alta é alto onde termina essa
imensidão

você se lembra de momentos assim já teve um momento desse recentemente eu tive o que você
viu não chega aos pés do amor de deus por um povo pecador quando já olharam para o horizonte
talvez para a linha do mar já se perguntaram como hoje é o fim desse mar congelou hoje já se
viram assim à beira da praia olhando para o infinito onde isso termina hoje é isso sabe como hoje
isso é fichinha comparada à distância que deus criou

entre nós e os nossos pecados você consegue entender agora o amor de deus em chegar um
pouquinho melhor amor de deus por nós pecadores formação de pecadores o seu amor é
insondável é imensurável é tão inútil tentar e medir a distância da terra para o céu quanto inútil
tentar diz medir a

distância de nós para o nosso credo tamanho seu amor por nós davi não pára aí eles deus tem
prazer em cuidar de nós não só como pecadores nação pecadora mas como uma nação de mortais
de pó versículo 13 a imagem é outra agora como um pai tem compaixão de seus filhos assim o
senhor tem compaixão dos que o temem pois ele sabe do que somos formados lembra-se de que
somos pó a vida do homem semelhante à relva eles floresce com uma flor do campo que se vai
quando sopra o vento e nem se sabe mais o lugar que ocupava assim como um pai que não esfrega
na cara do seu filho o quanto ele é pequeno quando ele é fraco o quanto ele é dependente do seu
pai antes o acolhe e cuida aproxima desse o filho vulnerável assim este deus com nós pobres
mortais basta um sopro de deus para que a nossa vida se apague no stade pasta que deus esconda
sua face de nós por um instante e nós estamos modos mas deus nos tratassem diz o salmista como
um pai tem compaixão dos seus filhos deus tem compaixão dos que o temem ele sabe do que
somos feitos ele sabe que somos fracos como a relva que floresce em borracha e desaparece mais
versículo 17 o amor leal do senhor

o seu amor eterno está com os que o tênis ea sua justiça com os filhos dos

seus filhos com os que guardam a sua aliança e se lembram de obedecer aos seus preceitos o amor
eterno e absoluto do senhor por meros mortais como nós diz o salmista produz no coração do
povo de deus temor temor se já pensou nisso que deus não é só ter nível por ser grande e justo
santo e soberano ele já seria merecedor de tempo por tudo isso mas o que faz o salmista temer e
tremei é que deus é tão bom mas tão bom mas tão bom que ele não consegue imaginar ferir a
vontade de deus a pessoas que fogem do pecado que fogem de uma vida moral por temerem o
juízo de deus que as pessoas vão pensar o que será de mim mas há outras que temem a deus por
uma razão que eu mais nobre e mais piedosa enxergarem o quanto o pecado pode arruinar as
coisas mais queridas e amáveis da nossa vida não é o que eu vou receber de deus na sua mão de
juízo mas o que eu vou perder o amor de deus na sua bondade ao desobedecê-lo carinho da minha
esposa o preço do meu marido o afeto dos meus filhos se nós somos capazes de sentir essas coisas
por meros mortais do salmista nós deveríamos sentir essas coisas por deus porque o que está em
jogo aqui não são apenas as nossas vidas diz o salmista são as próximas gerações do povo de deus
sabe o que o salmista já olhou para as futuras vozes do coro às crianças mas o amor é do senhor
seu amor eterno é para com aqueles que temem pela sua justiça com os filhos dos seus filhos para
todos que obedece guardas guardam as alianças o que quer dizer o seguinte meus irmãos quando
nós nos esquecemos das bênçãos de deus as bênçãos que ele derrama sobre nós

individualmente e as bênçãos que ele derrama sobre nós como povo de deus não é só a minha
sobrevivência espiritual individual que está em jogo é o futuro da igreja porque quando uma
geração para de louvar a deus a próxima não se importa quando uma geração esquece de narrar a
próxima os grandes feitos de deus sua bondade e compaixão sabe acontece com a próxima
geração ao não segue os caminhos de deus nem o livro dos juízes você verá que eu estou falando
mas quando a igreja volta a lembrar a recordar ea celebrar os feitos de deus sabe o que acontece
deus salva a próxima geração pela sua graça o que quer dizer que o que nós fazemos aqui todo o
domingo vai muito além do seu bem estar pessoal individual porque quer você esteja sentindo à
vontade de adorar a deus ou não que você sinta o desejo de agradecê lo ou não não é só a sua
sobrevivência espiritual que está em jogo é dos seus filhos dos filhos de todos aqui porque quando
uma geração se cala próximo não se importa mas quando uma geração conta a próxima os feitos
do senhor o culto doméstico indivíduo de casa para o trabalho da escola do culto congregacional
as nossas crianças nos vendo adorando a deus cantando e louvando ao senhor paz é um pouco

inconveniente é um pouco incômodo claro que é ser a coisa mais fácil entregar as nossas crianças
na igrejinha e não temos que nos preocupar com elas elas precisam estar aqui para nos ouvir para
nos ver louvando a deus qualquer desconforto seu é fichinha é troco comparado aos benefícios
que suscitará para suas gerações as próximas gerações precisam estar aqui como vindo as
maravilhas de deus aprendendo a cantar com o povo fazendo parte deste grande coral qualquer
desconforto vale a pena luz deste grande benefício o que você faz aqui todo domingo não é só
para o seu bem na semana para sobreviver mais uma semana de trabalho você está sendo para que
os seus filhos e seus netos e os seus bisnetos conheço a deus temos ao senhor e obedeçam os seus
mandamentos então é tratar aquelas portas venha preparado os seus filhos deixem que eles ouçam
as grandezas de deus deixem que eles cantem as maravilhas do senhor que aprendam conosco
ouvindo-os e vênus celebrar as maravilhas do senhor e quem sabe deus pela sua graça já estejam
levantando novas cores todas neste carro acaba aí não já ouvimos o solo do seu misto de ciclos 1 a
5 já ouvimos o coral de israel versículo 6 a 19 o sambista não está contente ele não se dá por
satisfeito porque se este deus é tão bom assim e digno de louvor pessoal o salmista e se deus é tão
maravilhoso assim e digno da gratidão coletiva de israel então é digno de receber todo louvor toda
a glória toda a adoração de toda a criação nos céus e na terra então o salmista passa de sua lista
para regente deste coral agora ou só conclamando agora todas as hóstias angelicais todas as obras
da criação todos e que respira versículos 20 a 22 bendigo um senhor vocês seus anjos poderosos
que obedecem a sua palavra band um senhor todos os seus exércitos vocês seus servos que
cumpre a sua vontade bendigo senhor todas as suas obras em todos os lugares do seu domínio o
solista que iniciou e que regeu coral de israel de repente se vira para a platéia da criação e do céu e
digo agora é a sua vez envolvem a torre celebra este deus toda a vida tudo que só existe pela graça
e misericórdia do senhor ea ele assine embaixo ele coloca o seu autógrafo no fim do samu ea
minha alma também diz o senhor que quer dizer meus irmãos que todas as vezes que entramos por
aquela porta não estamos a pena apenas constituir um coral aqui como igreja as nossas vozes estão
se somando às vozes de todo o coral anjos de carro e de todo o coral da criação que já estava
louvando a deus antes do primeiro minuto este culto e continuará louvando a deus após o término
deste curto o que você faz aquilo wanda deus repercute nos céus e por toda a terra portanto não
chega atrasada não é só pra não ser inconveniente e por respeitar o horário compromisso que
marcamos é porque você tem um encontro em um compromisso com os céus e com toda a terra
para louvar a deus desde o primeiro minuto do culto que a sua alma bem digo ao senhor com o
resto desse coral que abrange toda a terra e todo o sucesso se o salmista israel ea criação tinha
uma razão para adorar ao senhor no salmo 103 você e eu temos mais razão só porque sabe por quê
porque nós a igreja resgatada pelo

senhor conhecemos uma dimensão da bondade e da compaixão de deus que nem davi conheceu
nos anos dourados de israel porque assim como os céus se elevam acima da terra mostrando a
grandeza do amor de deus por nós deus dos céus enviou seu filho à terra por amor a pobres
pecadores como eu e você se como oriente está distante do acidente e as eleva para longe nossas
transgressões então do oriente ao ocidente deus convoca pecadores de todas as raças tribos línguas
e nações a se arrependerem dos seus pecados e terem as suas almas lavadas no sangue do cordeiro
se como um pai tem compaixão dos seus filhos para com aqueles que o temem deus pai teve
enorme compaixão de nós os seus filhos porque ele enviou seu 1 único filho para se tornar pó
como eu e você nós mostrar quanto nós somos amados pelo redentor apesar de não merecer nada
disso e se você se arrepender dos seus pecados hoje quais deles gastou sua ingratidão sua morada
são sua reclamação sua ingratidão seu descontentamento com deus um deus que não se cansa de
nos abençoar não se cansa de cuidar de nós não se cansa de provar o seu amor por nós pecadores
desde o calvário até hoje se nós nos arrependermos confessarmos os nossos pecados e aprendemos
com os a missa com israel e com toda a criação a louvar a deus na sua bondade fidelidade e
continuarmos fazendo isso até o fim dos nossos dias sabe o que deus te promete um dia um dia
você fará parte de um coral que nunca acabará o grande coral que unirá novos céus e nova terra ao
redor do trono do cordeiro em que todos os santos toda a igreja de toda a terra de toda a história
nunca se cansará de cantar santo santo santa o senhor digno digno digno cordeiro se tão somente
vamos agradecemos ao senhor e vivemos o restante dos nossos dias em crescente temor e
obediência os seus mandamentos um dia pela graça você chegará a eu te pergunto é isso que
encha sua alma de alegria é isso que satisfaz o seu coração mais do que uma conta bancária cheias
hoje em dia família reunida à mesa apreço dos seus amigos que mais enche a sua alma de gratidão
é que você pode fazer parte deste coral e dizer bem diga o senhor a minha alma.

Related Interests