You are on page 1of 4

D I R E I TO P E NAL

Fábio Brumana

AUTONOMIA DO CRIME DE
LAVAGEM E PROVA INDICIÁRIA 11

Autonomy of the money lauNdering crime and
circumstancial evidence
Sergio Fernando Moro

Resumo Abstract
Traça breves considerações sobre o princípio da autonomia The author outlines brief comments on the autonomy
do crime de lavagem em relação ao crime antecedente e of the money laundering crime in relation to the
sobre a prova de ambos os crimes. precedent crime and on the evidence of both crimes.
Analisa a questão da prova indiciária à luz do Direito He assesses the issue of circumstancial evidence in
comparado, mediante a jurisprudência das cortes federais the light of Comparative Law, through the case law of
norte-americanas e do Supremo Tribunal espanhol, e afirma North-American federal courts and that of the Spanish
que a jurisprudência dos tribunais de apelação brasileiros Supreme Court, considering that the Brazilian appeal
ainda não é significativa a esse respeito. courts jurisprudence on this issue is still lacking.
Alega que a admissão da validade da prova indireta He claims that admission of indirect evidence to
para caracterizar o crime de lavagem não implica o suggest the crime of laundering does not lead to
enfraquecimento das garantias do acusado no processo the undermining of the accused’s rights within the
penal, pois tal prova deverá ser convincente “acima de criminal proceeding, since such evidence should be
qualquer dúvida razoável”. convincing “beyond any reasonable doubt”.

Palavras-chave KEYWORDS
Direito Penal; Direito comparado; lavagem de dinheiro; Criminal Law; Comparative Law; money laundering;
crime antecedente; autonomia; prova indiciária; Lei n. precedent crime; autonomy; circumstancial
9.613/98 – art. 2º. evidence; Law No. 9,613/98 – article 2nd.

Revista CEJ, Brasília, Ano XII, n. 41, p. 11-14, abr./jun. 2008

312 do CPP1. na única vez em que utilizada. Em realidade. do crime antece.º O processo e julgamento vre convencimento fundamentado do juiz. Exemplos3: não ao ponto de transformá-lo no objeto convincente de que o objeto desse delito a) Na STS 392/2006 entendeu-se do processo por crime de lavagem. É de se questionar. nos Estados Unidos. como é a regra geral o objeto da lavagem é produto de crime que o objeto da lavagem é produto ou para recebimento da denúncia em qual. mas sim no sentido de va de renda legítima ou suficiente para 12 mesmo da existência de processo pelo uma carga probatória que não precisa ser justificar transações feitas por criminoso crime antecedente. Brasília. tal tecedente de crime de tráfico de drogas. dendo que a condenação pelo crime de com todos os seus elementos e circuns. núncia. va indiciária e que esta. na pecentes. tem um exige produção probatória convincente nação.]. o que inclui prova me de lavagem de dinheiro. 1999). contaminados. 157 do CPP. com é produto de crime antecedente. ou exclusivamente por uma quando o acusado por crime de lavagem Na mesma linha. 271 velocidade e de um veículo pelo acusado. b) Em United States v. n. 1996). A autonomia do crime de mo “indícios” foi empregado no referido Hardwell. ciente para concluir que as transações do dos crimes previstos nesta Lei: conforme o art. pode ser concluído que o di- nesta Lei. Tribunal Espanhol – STE vem enten- necessário provar a materialidade deste. teria sido conduzida por pessoa com an- uma vez que o dispositivo se refere a por exemplo. qual utilizada para representar a prova indire. à semelhança do em.. Já para a conde. que a prova de que o acusado figurava toda a carga probatória decorrente. ser constituí. b) Na STS 33/2005 decidiu-se que a é a exigência probatória em relação ao ta. tem-se mente utilizado para transporte de droga mente indiciária. 1999). Abbel. United States v. 126 e o art. processo por crime de lavagem como como o art. Ilustrativamente2: aquisição de quatro embarcações de alta próprio crime de lavagem? a) Em United States v. Ano XII.]./jun. mas do crime de lavagem. na esteira do § 1º do art. a expressão usualmente lavagem de dinheiro4. o princípio do li.. que a prova de que o cliente do acusado ou fornecido explicações para as aquisi- Revista CEJ. processo penal. F3d 1286 (11th Cir. o que quer processo criminal. 69 F3d referidos no artigo anterior. inclusive quanto à propriedade. abr. II – independem do processo qualquer sistema prévio de tarifação do va. lavagem não exige a condenação pelo tâncias. Assim. ainda que desconhecido ou feliz fórmula anglo-saxã. lecer a procedência ilícita dos recursos empregados na compra. dente e. dos por proventos do tráfico. va categórica pode. lece o princípio da autonomia do processo exclusivamente por meio de prova indireta. dispositivo legal não no sentido técnico. alta velocidade em Ceuta (do tipo comu- ser. O conjunto pro. proveniente de tráfico de entorpecentes. como proprietário de embarcação de A prova do crime antecedente pode da apenas de prova indireta. 239 do CPP). decidiu-se sem que ele tivesse renda de fonte lícita ra apenas uma armadilha interpretativa. 2º. como equivalente a prova indireta Cir. “acima de qual. entendeu-se que. ter renda lícita que pudesse justificar tal indiciária do crime antecedente seria vagem de dinheiro. prova pode ser satisfeita com elementos era suficiente para caracterizar o crime de se a denúncia pode ser instruída apenas circunstanciais. ainda não categórica. o § 1º dispõe que delas. com indícios do crime antecedente. 169 F. A autonomia do f. nheiro utilizado na aquisição era dinheiro isento de pena o autor daquele crime. era prova suficiente da origem criminosa De forma semelhante. De forma semelhante. ainda que batório.. categórica ou plena. 1001). será necessária prova categórica papel fundamental no processo por cri- em relação ao crime antecedente. a bem da verdade. praticados em outro país. ou indiretas. Certamente. não tendo o prego do mesmo termo em dispositivos dos recursos empregados. em entendido que a prova indiciária é fun. No Direito comparado. nação criminal pelo crime de lavagem. O art. do próprio crime antecedente.ed 1035 (6th sive condenação por crime de lavagem ou seja. não se faz Portanto. decidiu-se que a falta de pro- independentemente de condenação ou (art. c) Em United States v. 186 As regras têm importantes reflexos processuais. que a prova de que me. quer formado por provas diretas 1417 (9th Cr. antecedente pode ser satisfeita com pro- provento de crime antecedente. 3d 149 (2nd Cir. 41. porém. barcação. a utilização de crime de lavagem significa que pode haver inclusive condenação subterfúgios para o pagamento de um avião envolvendo conhecido traficante por crime de lavagem independentemente de condenação ou foi considerada suficiente para estabe- mesmo da existência de processo pelo crime antecedente. para o recebimento da de. deve ser robusto o suficiente para faz declarações de que o adquirente de a denúncia será instruída com indícios alcançar o standard de prova próprio do um avião é um traficante. Reiss. 1995).[.. qualquer crime pode ser provado por crime de lavagem era um traficante. sendo puníveis os fatos previstos criminal do acusado deve ser provada. se a prova damental no processo por crime de la. Afinal. 2º. King. no processo por esse tipo de cri. é certo que o ter. 80 F. o Supremo objeto o crime antecedente. prova de que o objeto da lavagem é pro. no Direito brasileiro. sem vista do que ele estabelece. 2. tal dispositivo encer. em geral.613/98 estabe. era sufi- Art. cujos negócios legítimos eram financia- e julgamento do crime de lavagem: Vale. o que afasta acusado com seu cliente envolviam bens [. mera. d) Em casos como United States v. As regras têm importantes reflexos Nessas condições. II. basta “prova indiciária”. quer dúvida razoável”. de que a responsabilidade avião é modificado para acomodar entor- dente. da Lei n. 9. faz-se necessário provar crime de lavagem.3d 1471 (10th Cir. 2008 . na região do Estreito de Gibraltar). processuais. Golb. e julgamento dos crimes antecedentes lor probatório das provas. e quando o suficientes da existência do crime antece. aliada à prova de que a em- igualmente suficiente para uma conde. duto de um crime antecedente. Tal pro. p. ou seja. e lavagem significa que pode haver inclu. 11-14. uma exigência da denúncia? Além disso.

En el delito de blanqueo de capi. da prática das figuras mencionadas nos lativos a los indicios y a la inferencia. O usual será dispor apenas plenamente acreditados y que van a a) el incremento inusual del patri. financeiro. cientemente significativa a respeito dessa depende de sentença quanto ao crime cia es preciso: questão. acima de qual- la racionalidad de la inferencia. sino que res. ha repetido hasta la sa. se ha incremento patrimonial así como las racterização do crime de lavagem não é llegado a la convicción del acaecimen. Brasília. e da ACR 2000. decidiu expressamente que 1. da fun. da prova indireta de seus elementos. cuando sean varios. con pruebas indiciarias y que el cuestio- crime de lavagem de dinheiro. da realização de a) que sea razonable. algo diferente do que ocorre em relação to del hecho punible y la participación c) la constatación de un vínculo o a qualquer outro crime. era suficiente para caracterizar o como a la deducción o inferencia. na esteira do § 1º do Constitucional.041264-1(BRASIL. cuya concurren. Isso não significa. que esta Sala. no julgamento da de lavagem5.00. Ano XII. Es doctrina reiterada de esta Sala la tales. recogiendo principios interpretativos del Tribunal A prova do crime antecedente pode ser. de drogas. n. es suficiente para justificar dependiendo de la intensidad de los O fato é que o crime de lavagem de la participación en el hecho punible.ções e para o destino dos bens.. precisamente Da referida STS 1637/1999. p. é possível encon- antecedente e que. a jurisprudência dos d) Na STS 1704/2001 decidiu-se refuerzen entre sí. es decir. bens. Tales exigencias se pueden con- cretar en las siguientes: indiciária do crime antecedente seria igualmente suficiente 1) De carácter formal: a) que en para uma condenação criminal pelo crime de lavagem [. de modo que se No Brasil. impunidad respecto de las formas más sações elevadas em dinheiro. deve ser caso de prueba indiciaria. e pelo STE quanto à avaliação da prova entre ambos un ‘enlace preciso y directo tendo por antecedentes crimes de con- indiciária em geral e desta em relação ao según las reglas del criterio humano. tados fluya. lógica y la experiencia. ACR 2000. de que a prova indiciária volvendo dinheiro proveniente de tráfico absurda e infundada. ción de Viena de 1988 ya citada. circunstancial de la existencia del delito. pode-se inferir dolo do crime ponda plenamente a las reglas de la Assim.ª Região. inclusive quanto à origem criminosa dos o inferencia. escueta. um enfraquecimento das que. acusatoria. na a transcrição. o indirecta. lo usual será contar sólo drogas. direitos e valores envolvidos. se reconoce expresamente en la Conven- de lavagem de dinheiro proveniente de e) que estén interrelacionados. certa complexidade. sendo dificíl revelá- requisitos. partiendo de los indicios.. aún cuando pueda ser sucienta o estupefacientes o con personas o grupos garantias do acusado no processo penal.] se a prova ciedad. por exemplo.. Respecto a los indicios es necesario: namiento de su aptitud para provocar el c) Na STS 1637/1999 entendeu-se a) que estén plenamente acreditados. de tran. que no solamente no sea arbitraria.037905-4(BRASIL. entendimento. b) de naturaleza inequívocamente cia solo produciría el efecto de lograr la cedentes por tráfico de drogas. cia podría desembocar en la convicción incisos I a VII para que se complete a La prueba indiciaria. por pessoa com ante. aliada à c) que sean plurales o siendo único graves de delincuencia entre las que debe inexistência de operações comerciais ou que posea uma singular potencia acre.00. em casos damentação que vem sendo empregada dato precisado de acreditar. provenientes de delitos de tráfico não é exigida prova cabal dos delitos eficacia probatoria de la prueba de indicios de drogas. lógicamente tipicidade. el 2006)./jun. Não obstante. Revista CEJ. constituía prova indiciária suficiente que se trate de probar. ainda que longa. o TRF da 4. pois a prova. 2007) Da referida STS 392/2006. las que se gem da expressiva quantidade de dinhei. mismos y de las explicaciones o justifica. abr.. explicitación conexión con actividades de tráfico de por outro lado. el enjuiciado. b) que de los hechos base acredi. Admi- explicitado el razonamiento a través citos que puedan justificar el referido tir a validade da prova indireta para a ca- del cual. 41. 2º. É de se questionar [. adquisiciones y gastos realizados. servir de fundamento a la deducción monio del acusado. extrai-se suficientemente convincente para satisfa- para posibilitar el control casacional de a seguinte justificativa do STE para sua zer o standard da prova. é oportu. descaminho e contra o sistema 13 crime de lavagem: 2. 2008 . jurisprudência: quer dúvida razoável. art. citarse el narcotráfico y las enormes ga- negócios que pudessem justificar a ori. aliada à 2) Desde el punto de vista material A ello debe recordarse como re- prévia condenação por tráfico de drogas es preciso cumplir unos requisitos que se flexión criminológica que en delitos como e à prova de que ele seria dependente de refieren tanto a los indicios en si mismos. ditativa.’ trabando. meramente indiciária. como conclusión natural. 11-14.] la sentencia se expresen cuáles son los hechos base o indícios que se estimen Estos indicios consisten en: lo e prová-lo. tribunais de apelação ainda não é sufi- que a prova do crime de lavagem não En cuanto a la deducción o inferen. nancias que de él se derivan. d) que sean concomitantes al hecho encuentran en íntima unión con él como ro. dinheiro freqüentemente se reveste de siempre que reuna unos determinados ciones del acusado. elementos indiciarios. existiendo envolvendo lavagem de dinheiro. trar alguns julgados adotando o mesmo operações bancárias extravagantes en. se ha venido exigiendo tres antecedentes. do crime antecedente seria suficiente. en el mismo del acusado. se hace imprescindible en el relacionados con los mismos. decaimento de la presunción de inocen- que a realização. b) que la sentencia haya b) la inexistencia de negocios lí. ainda que indireta. tráfico de drogas. bastando apenas indícios y la exigencia de una serie de requisitos re.71.71.

extraídos de manual dirigido aos procurado.Rel. cácia da incriminação do ilícito posterior.8ª Turma . Tais indícios po. facultada núncia.S. origen del dinero blanqueado.es/pdf/publicaciones/fiscales/FISCAL07. 2007. da Lei los que se puede deducir el conocimiento del de Lavagem. Segue-se daí a necessidade de a denún. Dolores. No Projeto de Lei n. No es necesario que haya recaído sentencia penal en relación con el tráfico de estupefacientes.un.C.613/1998. 2004. de do crime antecedente com o crime de de bens. com a redação indícios se refere apenas à denúncia.por maioria . exija REFErÊNCiaS razoável base de materialidade do ilícito ante. “indícios suficientes da existência do crime an. não é conclusiva a esse respei.) Lavagem de dinheiro: Comentários à lei pe- tado como um “motivo relevante” para tecedente está a autorizar tão-somente a de. BRASIL. sob deral Money Laundering Cases: Cases interpreting o título “Prova circunstancial é suficiente para the Federal Money Laundering Statutes (18 U. ACR tecedente” (§ 1º do art. Toma-se julgamento das infrações penais antecedentes. Los agentes del servicio que convincente o suficiente para afastar de vigilancia aduanera son policía judicial en sentido genérico. no art. lavagem ficaria igualmente sem sen. a autoria. podem ser pro. Entretanto. 1957. vista pragmático. p. 1º. processo e julgamento. Operaciones que ocultan el origen del dinero y favorecen a NOTAS quien ha obtenido las ganancias. desde del capital encubierto. Porto Alegre: Livraria do em relação a eventual juízo condenatório.037905-4 . ¿Inversión de la carga de la prueba? tem origem em crime antecedente. que a MORO. acrescentando que cabe ao mo “indícios” não foi empregado no sentido juiz competente para o crime de lavagem técnico. Disponível em http://www. Por outro lado. Ocorre que. vagem. a assertiva estaria correta. os elementos e circunstâncias do crime consulte-se GARCIA. 209/2003. 2000. no entanto. deve ser igualmente interpre. d) a conexão instrumental entre 5 O caso está assim ementado: Blanqueo crime antecedente e de lavagem não de dinero procedente de tráfico de estupefacientes.S. demonstrar que a propriedade é proveniente §§ 1956. Des. visions (18 U. decidir acerca da unidade de processo e não é possível afirmar qual sentido do termo julgamento deste com o crime antecedente “indícios” os autores da Exposição tinham em (na nova redação: independem do processo e mente quando de sua elaboração. Fe- vagem. Indicios de 1 A Exposição de Motivos n. explícita para a questão6. 61. Problemas de derecho implica. Na pers. Advogado. 692/1996.justicia. da Lei n. modifica a redação do inc. unidade de transitorio en relación con los tipos processo e julgamento. inc. Observe-se. Department of Justice. Criminal Division. to. Tal ressalva se risprudencial del delito de blanqueo de dinero 9. Tribunal Regional Federal (4ª Região). inclusive a origem criminosa dos 4 O caso é assim ementado: BLANQUEO DE bens. cabendo itens: 60. tado no sentido de se estabelecer mais ciosa. Artigo recebido em 3/6/2008. II e §1º. DEPARTMENT OF JUSTICE. as regras do art. em princí- rior. II.. Embora o art. 11-14. 2º). 05/04/2006.71. abr. das regras do art. dos fatos puníveis referidos pelo caput do art. sem a necessidade de se apontar. Ano XII. §§ 981 and 982).PDF.S. exigência valeria para a sentença. Dolores Delgado.613/98 não trate explicitamente dessa torna óbvia diante dos progressos técnicos e procedente del tráfico de drogas: ¿Inversión de la questão.041264-1 . é independente em relação ao crime an.C. incs. 2º da Lei pectiva defendida nesse texto. Revista CEJ. cej. uma exceção às já previstas no art. máxime quanto à autorizaçaõ da auto. do CPP exigiriam. mesmo DELGADO GARCIA./jun.00. exposição acerca da jurisprudência do Su- 14 premo Tribunal Espanhol sobre lavagem de b) não é necessário provar todos dinheiro proveniente de tráfico de drogas. publicaciones/fiscales/FISCAL07. DE de 02/08/2007.8. Aliás. 2008 . Acesso em: 30 maio 2008. p. mas apenas que o objeto deste drogas. carga de la prueba? Disponível em: <http://www. 2 Tais casos e os respectivos resumos foram U. suficiência dos indícios relativos ao crime an. ACR 2000. n. Configuracion ju- que indiciariamente. direitos ou valores ser instruída com 03/05/2006. viabilizando a efi. (Orgs. Con- antecedente no processo por crime de figuracion jurisprudencial del delito de blan- queo de dinero procedente del tráfico de lavagem. CAPITALES. Federal Money Launde- pode-se concluir que: ring Cases. Pleno no jurisdiccional de qualquer dúvida razoável. são arrolados cerca de onze que talvez seja oportuno.) 3 Todos esses julgados podem ser acessa- a) o processo por crime de lavagem dos através do site www.973. 80 do CPP. do ponto de precedentes (U. esta Sala de 14/11/2003. 25/07/2007. de modificação da Lei de La. Asset Forfeiture and Money Laundering Section. tido. Para uma tecedente.justicia. no qual. janeiro.poderjudicial. 209/2003.S. los juízes das varas especializadas em homenagem fins da separação de processo. humanos da criminalidade violenta ou astu. Sergio Fernando Moro é juiz federal da a liberdade de aqui transcrever os referidos ainda que praticados em outro país. Des.j. Laundering Section.ª Turma .00. . n. 76. Juicio inferencial sobre el origen vados através de prova indireta. Acesso em: 30 maio2008. e outra do substitutivo aprovada pelo Senado Federal.j. 9. 2º.Rel. competente para o crime de lavagem. lavagem. Luiz o princípio da autonomia do crime de dem restringir-se à materialidade de qualquer Fernando Penteado . and 1960 and Related Forfeiture Pro- pendente de decisão discrionária do juiz de atividade criminosa específica” (circunstan.71. Cri. II e III. o tial evidence sufficient to show property was SUA proceeds). pio. Brasília. II do art.cej. 2. es/jurisprudencia/?nocache=503 .º.es/pdf/ c) todos elementos do crime de la. pode também ser interpre. direitos e valores. Segundo os itens 60 e 61. se assim fosse. de que o ter. tema financeiro nacional de Curitiba – PR. BALTAZAR JR. 30-31. unidade de processo e julgamento cia pelo delito de ocultação ou dissimulação Luiz Fernando Penteado . foi proposta solução legislativa res federais norte-americanos. José Paulo CPP. devendo ser outro o comportamento ao Ministro Gilson Dipp. 41. Tribunal Regional Federal (4ª Região). ria em face da descentralização das condutas PDF>. establecidos en el CP 1. BRASIL. necessariamente. minal Division: Asset Forfeiture and Money Assim. a suficiência dos 6 O Projeto de Lei n. ficando ela de. 79 do executivas. Sergio Fernando. Trata-se de uma relação de causa vara federal criminal especializada em cri- ao juiz competente para os crimes previstos e efeito que deve ser equacionada por meio nesta Lei a decisão sobre a unidade de mes de lavagem de dinheiro e contra o sis- de fórmula processual que.