You are on page 1of 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI

CURSO: ADMINISTRAÇÃO EAD


DISCIPLINA: GESTÃO DE PESSOAS – PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO
PROFª: JANNAYNA PEREIRA TAVARES
ALUNO: CRISTIANO DA SILVA – MATRÍCULA: 14125067
DATA: 28-08-2018

GESTÃO DE PESSOAS – ATIVIDADE I

Baseado no conteúdo do seu material, sobre Os Novos Paradigmas da Gestão de Pessoas e os vídeos que você assistiu
responda:

1) Qual o papel das pessoas nos modelos de gestão de pessoas nos relatos dos vídeos que você assistiu?
Resposta:
As pessoas, ou em outras palavras, os recursos humanos, são a meu ver os itens mais importantes de uma instituição.
Por que os itens mais importantes? São as pessoas que irão manusear as máquinas, realizarão manutenções, se inter-
relacionarão a fim de se comunicarem, compartilhar resolução de problemas, em fim, utilizarão todas as ferramentas
tecnológicas e organizacionais existentes e disponíveis, e, aliadas aos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos,
poderão alcançar os objetivos propostos pela empresa tanto em curto, médio e longo prazo. Já os modelos de gestão de
pessoas buscam desenvolver as capacidades intelectuais, organizacionais, comportamentais e técnicas das pessoas a fim
de que elas possam superar os seus limites e assim agregarem valor em seus respectivos cargos, contribuindo
individualmente e em grupo simultaneamente para o sucesso da empresa e o seu.
 No primeiro vídeo que trata do modelo de gestão de pessoas da empresa Giroflex vimos que para uma empresa crescer
ela precisa de apenas uma coisa, ter as melhores pessoas trabalhando pra você, não é aquela com rendimento baixo,
médio ou bom, mas os melhores. E, para conseguir os melhores leva-se um determinado tempo de “maturação”, eles
precisarão ter determinadas experiências, onde irão absorver conhecimentos que não tinham anteriormente e assim
poderão enfrentar os desafios que lhe serão apresentados. Na Giroflex a forma como você prepara as pessoas para
assumirem determinados cargos e funções é o que determinará o modelo de gestão de pessoas e o que a empresa deseja
para si. De acordo com o gestor, não é contratar alguém e já lhe impor determinadas decisões sem antes prepará-las,
mas, adaptá-la para as rotinas da organização, e para que esse indivíduo contribua com resultados sustentáveis, além de
esse profissional ser muito bom, cabe à organização desenvolver uma boa cultura organizacional e com isso passa-se a
ter uma boa gestão. Logo, a forma como a Giroflex trata os seus indivíduos é a forma como ela estrutura sua gestão, ou
seja, indivíduos bem qualificados, experientes, dedicados e sempre em busca de superar limites lhe possibilitarão
alcançar as metas da empresa.
 No segundo vídeo aonde vimos um pouco do modelo de gestão de pessoas da Cia de Talentos a experiência de vida da
entrevistada mostra que cada pessoa assimila um de cada pessoa que fez parte da sua vida. O seu ex-patrão foi um
exemplo disso, como ela era muito dedicada à organização a qual fazia parte, mesmo ao se desligar ele ainda a queria de
volta quando retornasse. Isso mostra que quando os indivíduos de uma organização entendem, compreendem e tornam-
se parte da empresa dificilmente você será esquecido, e isso por que você deixou uma marca. Portanto, o DMRH
compreende que as pessoas só podem realmente contribuir com uma empresa se ela se mostra comprometida com as
demais pessoas que formam uma organização, caso contrário elas dificilmente poderiam colaborar.
 No terceiro vídeo onde temos a empresa 7CUMES, o gestor explica que os indivíduos tem que ter anciã constante por
estarem em ambientes que lhe inspiram criatividade, ou seja, onde farão você ter o habito de ser criativo, desenvolver
coisas novas. Nunca devem dizer não para as oportunidades que surgem mesmo aquelas onde se pense não ser ideal,
faça acontecer e tornem elas ideais, goste sempre de conhecer pessoas, se inter-relacionar constantemente, pois as
pessoas farão parte da sua vida continuamente. Logo, pessoas que tenham paixão por esses hábitos tem tudo para
crescer, colaborar, alcançar resultados positivos.
 No quarto e último vídeo, onde temos a empresa Niely (L’Oréal), o entrevistador nos mostra que desafios e dificuldades
sempre irão estar presentes na vida das pessoas, contudo, vontade de crescer, de vencer, de ter sucesso deve nortear os
seus passos. Outro elemento que se pode extrair dessa entrevista é que tal como existem na vida diária, existem pessoas
que não tem a mesma percepção que você, não tem a mesma dedicação e não aspira aos mesmos sonhos de você. Então
é preciso mudar a mentalidade delas ou se afastar das mesmas, pois a equipe é importante, e se esta não tem a mesma
simpatia demonstrada por você dificilmente os resultados serão satisfatórios. É muito importante se vê dentro de uma
organização como se fosse o dono da empresa, só assim você entenderá os processos, as dificuldades e terá uma visão
mais sistêmica e não unitária.
2) Quais as Mudanças e Transformações na Gestão de Pessoas que você identificou nestas empresas?
Resposta:
É claro que nessas últimas décadas pra cá a percepção que as empresas tem a respeito do papel das pessoas como parte
significativa dos resultados alcançados pela organização teve uma mudança drástica. Até alguns anos atrás o empregado
não era visto pela administração da empresa como peça fundamental, até porque a mentalidade de gestão de pessoas era
bem rústica, mas na nossa época e isso pôde ser muito bem retratado nesses 4 (quatro) vídeos. O indivíduo passou a ter
uma importância singular para a organização, seus hábitos, sentimentos, aspirações e qualificações passaram a agregar
valor imenso para o sucesso das empresas. Por exemplo, no vídeo da Giroflex onde o gestor dá todos os subsídios para
que os novos colaboradores possam contribuir de modo pleno para atingir resultados sustentáveis nunca antes se pode
ver a uns 30 ou 40 anos atrás. O próprio indivíduo passou a ter uma mentalidade diferente em relação ao seu trabalho e a
importância deste para o todo, passando a buscar cada vez mais conhecimentos e experiências que lhe possibilite
continuar no mercado de trabalho. É bem verdade que com a globalização tal percepção foi solidificada e ainda acredito
que muitas outras mudanças organizacionais na gestão de pessoas virão com foco cada vez maior na obtenção de
resultados futuros.

3) Faça uma pesquisa, via internet, da missão e da visão de pelo menos três destas empresas e cite.
Resposta:
Antes de pesquisarmos é importante saber o que são cada uma para assim poder compreender o que as empresas
buscam. A missão significa uma tarefa que é recebida, é, portanto, a razão de existência da organização. Já a visão é a
explicação do que ela tem por objetivo de posicionamento para um determinado futuro, ou seja, é como ela deseja ser
vista daqui a 5 anos, ou 10 anos.
Nas empresas vistas nos vídeos, escolhemos:
 Niely (L’Oréal): tem a missão de oferecer a todas as mulheres e homens do mundo inteiro o melhor da inovação em
cosmética em termos de qualidade, eficácia e segurança. Já a sua visão é conquistar mais um bilhão de novos
consumidores no mundo ao criar produtos cosméticos que atendem à infinita diversidade de suas necessidades e seus
desejos de beleza.
 Cia de Talentos: tem como missão educar pessoas para que elas se realizem profissionalmente, potencializar talentos e
tornar toda empresa uma empresa dos sonhos. Já sua visão é transformar sonhos de carreira em realidade.
 7CUMES: tem como missão incentivar processos de mudanças nas pessoas e organizações. Já sua visão é escalar a
maior montanha de cada continente até junho de 2016.

4) Qual o grande desafio que estas empresas estão encontrando no futuro de gestão de pessoas?
Resposta:
Encontrar profissionais cada vez mais comprometidos e alinhados com a missão, visão e cultura organizacional das
instituições. O comprometimento dos profissionais, talvez seja um dos principais desafios enfrentados, pois embora no
processo seletivo muitos afirmem estar comprometidos com a empresa, no decorrer do tempo acabam por fazendo o
contrário. Também um dos itens pontuados possa ser o desenvolvimento do espírito inovador e a noção de dono, pois se
eu me considero dono da instituição ao qual trabalho, farei todo o possível para que ela sempre prospere, supere os
desafios, reduza custos e alcance os resultados desejados, uma vez que, se a empresa crescer, seus colaboradores
também crescerá.