You are on page 1of 11

Edwin Gordon (1927 - 2015)

• ouvir e escutar

• audição interior

• …
Como se aprende música
5 vocabulário da aprendizagem da língua-mãe:
1 - Escutar;
2 - Após longo tempo de escuta, diz palavras isoladas (imitação);
3 – Gradualmente para frases simples (pensar através da
língua);
4 – Passa a associar palavras a imagens (figuras e/ou letras)
5 – Após ser apta a ler e escrever muitas palavras, é capaz de
comunicar e compreender ideias através da escrita
5 vocabulário da aprendizagem musical:

1 Escuta
2 Execução
3 Audiação/Improvisação
4 Ler
5 Escrever

Diferença entre língua e música:


Na língua, a criança pensa e, na música, ela audia.
Audiação
Capacidade de ouvir e compreender musicalmente quando o som
não está fisicamente presente
Audiação é, para o som, o mesmo que a imaginação é para a imagem

“Os maus músicos não podem ouvir o que tocam; os medíocres


poderiam ouvir, mas não escutam; os músicos medianos ouvem o
que ‘tocaram’; apenas os bons músicos ouvem o que ‘irão’
tocar” (Willems – Bases Psicológicas da Educação Musical p. 97)
Para Gordon, quando aprendemos um instrumento estamos, na
realidade, a aprender dois instrumentos em simultâneo: o
instrumento de audição dentro da nossa cabeça, e o instrumento
musical nas nossas mãos. Quando os alunos são capazes de ouvir
na sua cabeça aquilo que vão “cantar” através do seu
instrumento, a sua execução terá melhor afinação, fraseado,
expressão e fluidez rítmica.

Fonte: http://www.escola-musica.com
(Escola de Música Improviso)
TIPOS DE AUDIAÇÃO

• Tipo 1 - Ouvir músicas conhecidas ou desconhecidas

• Tipo 2 - Ler músicas conhecidas ou desconhecidas

• Tipo 3 - Escrever músicas conhecidas ou desconhecidas por


ditado

• Tipo 4 - Lembrar e tocar música conhecida de memória

• Tipo 5 - Lembrar e escrever música conhecida de memória

• Tipo 6 - Criar e improvisar música desconhecida enquanto toca


ou em silêncio

• Tipo 7 - Criar e improvisar música desconhecida enquanto lê

• Tipo 8 - Criar e improvisar música desconhecida enquanto


escreve
ESTÁGIOS DE AUDIAÇÃO

• Estágio 1 - Retenção momentânea

• Estágio 2 - Imita e audia padrões tonais e rítmicos identificando e


reconhecendo o centro tonal e pulso (macrobeat)

• Estágio 3 - Identifica tonalidade e metro objetivo ou subjetivo

• Estágio 4 - Retêm em audiação padrões tonais e rítmicos


organizados

• Esterio 5 - Relembra padrões tonais e rítmicos organizados e


audiados em outras peças musicais

• Estágio 6 - Antecipa e prevê padrões tonais e processos rítmicos


é possível executar, ler ou escrever sem audiar – assim como se pode
audiar sem saber ler, escrever ou até mesmo executar um instrumento.
Contudo, ainda que seja possível antecipar e predizer música sem
criar, o contrário já não será viável.

CASPURRO, Helena. Audição e Audiação: O contributo epistemológico de Edwin


Gordon para a história da pedagogia da escuta. Revista da APEM: Associação
Portuguesa de Educação Musical, n. 127, 2007.

Criação como o passo mais avançado de generalização do conhecimento musical


Instituto Edwin Gordon de Aprendizagem
Musical (SP)
http://www.iegam.org

The Gordon Institute for Music Learning


http://giml.org/gordon/