You are on page 1of 14

S.R.

República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

FACEBOOK

F Pedido urgente:
F Processo com arguidos privados da liberdade
F Processo
em risco de prescrição
F (outro motivo):

r Pedido
confidencial:
Solicita-se que se mantenha a confidencialidade deste pedido, não sendo o mesmo
divulgado, designadamente ao titular dos dados solicitados

BASE FACTUAL DO PEDIDO

Breve descrição dos factos e crimes (referir a lei aplicável) em investigação

PEDIDO DE INFORMACÕES:

Fundamentos do pedido de acordo com a lei portuguesa:

r Lei
n° 109/2009, Artigo 14°

www.pgr.pt
S.*R.
República Portuguesa
Ministério Público
r Código de Processo Penal, Artigos 267°, 262° e 164°

r (outro)

A. Sobre dados de utilizador


r Qual a identidade, e residência registadas do titular da conta Facebook
r Quando foi aberta a conta Facebook
F Está activa a conta Facebook

B. Sobre dados de utilização


F Qual foi o endereço de IP utilizado no registo inicial da conta Facebook

F Qual foi o endereço de IP utilizado no último acesso à conta Facebook


F A partir de que endereço de IP a conta Facebook foi acedida a
/ / ,às horas?

Observações:

Nome do subscritor do pedido

Assinatura do subscritor do pedido

Número de telefone e endereo de contacto do subscritor

www.pgr.pt
e

S.*R.
República Portuguesa
Ministério Público
PEDIDO DE PRESERVAÇÃO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

FACEBOOK

F Pedido urgente:
F Processo com arguidos privados da liberdade
F Processo em risco de prescrição
F (outro motivo):

r Pedido confidencial:
Solicita-se que se mantenha a confidencialidade deste pedido, não sendo o mesmo
divulgado, desiguadamente ao titular dos dados solicitados

BASE FACTUAL DO PEDIDO

Breve descrição dos factos e crimes (referir a lei aplicável) em investigação

www.pgr.pt
S.R.
República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE PRESERVAÇÃO DE DADOS

Fundamentos do pedido, de acordo com a lei portuguesa: Artigos 12° e 13° da Lei n.° 109/2009,
de 15 de Setembro.

ÂMBITO DA PRESERVAÇÃO QUE SE PRETENDE:

natureza dos dados a preservar

origem e destino dos dados (se


conhecidos)
Duração da preservação

Observações:

Nome do subscritor do pedido

Assinatura do subscritor do pedido

Número de telefone e endereço de contacto do subscritor

www.pgr.pt
stu.
República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

GOOGLE

PEDIDO REFERENTE A:

Gmail
Blogger
F YouTube
F
Outro serviço:

r Pedido urgente:
r Processo com arguidos privados da liberdade
r Processo em risco de prescrição
r (outro motivo):

r Pedido confidencial:
Solicita-se que se mantenha a confidencialidade deste pedido, não sendo o mesmo
divulgado, designadamente ao titular dos dados solicitados

www.pgr.pt
S.R.
República Portuguesa
Ministério Público

BASE FACTUAL DO PEDIDO

Breve descrição dos factos e crimes (referir a lei aplicável) em investigação

PEDIDO DE INFORMACÕES:

Fundamentos do pedido de acordo com a lei portuguesa:


r Lei n° 109/2009, Artigo 14°
r Código de Processo Penal, Artigos 267°, 262° e 164°
r (outro)

A. Sobre dados do utilizador


F
Qual a identidade, username e residência registadas do titular da conta (do Gmail) (do
Blogger) (do YouTube)?
F Quando foi aberta a conta (de Gmail) (do Blogger) (do YouTube)?
F Está activa a conta (de Gmail) (do Blogger) (do YouTube)?

B. Sobre dados de utilização


r Qual foi o endereço de IP utilizado no registo inicial da conta (de Gmail) (do Blogger) (do
YouTube)?
F Qual foi o endereço de IP utilizado no último acesso à conta (de Gmail) (do Blogger) (do
YouTube)?
F A partir de que endereço de IP a conta (de Gmail)
(do Blogger) (do YouTube)
foi acedida a / / ,às horas?

C. Mensagens de Gmail
r Que endereço de IP foi utilizado para expedir uma mensagem destinada ao endereço de
correio electrónico a partir da conta da conta de Gmail no dia
/ / ,às : horas?

D. Up!oads para o Blogger


F Que endereço de IP foi utilizado para efectuar o upload para o Blog do post com a
seguinte designação/url no dia _/_/ às
, _:_ horas?
r Que endereço de IP foi utilizado para efectuar o upload, no Blog de um
comentário com a seguinte designação/url no dia _/_/ , às _:_ horas?

nvw.pgr.pt
S.*R.
República Portuguesa
Ministério Público

E. Uploads para o VouTube


F Quando foi efectuado e que endereço de IP foi utilizado para efectuar ztpload,
o para o
YouTube, do vídeo com a seguinte designação/url:

Observações:

Nome do subscritor do pedido

(Magistrado do Ministério Público)

Assinatura do subscritor do pedido e carimbo ou selo branco do respectivo serviço

www.pgr.pt
s.*R.
República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE PRESERVAÇÃO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

000GLE

PEDIDO DE PRESERVAÇÃO DE DADOS

Fundamentos do pedido, de acordo com a lei portuguesa: Artigos 12° e 13° da Lei n.° 109/2009,
de 15 de Setembro.

ÂMBITO DA PRESERVAÇÃO QUE SE PRETENDE:

natureza dos dados a preservar

origem e destino dos dados (se


conhecidos)
Duração da preservação

Observações:

www.pgr.pt
S.R.
República Portuguesa
Ministério Público

Nome do subscritor do pedido

(Magistrado do Ministério Público)

Assinatura do subscritor do pedido e carimbo ou selo branco do respectivo serviço

www.pgr.pt
a
S.R.
República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

MICROSOFT

r Pedido urgente:
r Processo com arguidos privados da liberdade
r Processo em risco de prescrição
F (outro motivo):

r Pedido confidencial:
Solicita-se que se mantenha a confidencialidade deste pedido, não sendo o mesmo
divulgado, designadamente ao titular dos dados solicitados

BASE FACTUAL DO PEDIDO

Breve descrição dos factos e crimes (referir a lei aplicável) em investigação

Fundamentos do pedido de acordo com a lei portuguesa:

r Lei n° 109/2009, Artigo 14°


r Código de Processo Penal, Artigos 267°, 262° e 164°

r (outro)

www.pgr.pt
S.R.
República Portuguesa
Ministério Público
A. Sobre dados de utilizador
F
Qual a identidade, e residência registadas do titular da conta (de Hotmail.com,
usernanze

Outlook.com, MSN.com, Windows.live.com)


F Quando foi aberta a conta (Hotmail.com, Outlook.com, MSN.com, Windows.Iive.com)?
r Está activa a conta de (Hotrnail.com, Outlook.com, MSN.com, Windows.live.com)?

8. Sobre dados de utilização


F Qual foi o endereço de IP utilizado no registo inicial da conta de (Hotmail.com,
Outlook.com, MSN.com, Windows.live.com)?
F Qual foi o endereço de IP utilizado no último acesso à conta de (Hotmail.com,
Outlook.com, MSN.com, Windows.live.com)?
F A partir de que endereço de IP a conta de (Hotmail.com, Outlook.com, MSN.com,
Windows.live.com) foi acedida a II , às _:_ horas?

C. Sobre mensagens concretas


r Que endereço de IP foi utilizado para expedir uma mensagem destinada ao endereço
a partir da conta da conta de (Hotmail.com, Outlook.com, MSN.com,
Windows.live.com) no dia /1 às : horas
,

Observações:

Nome do subscritor do pedido

(Magistrado do Ministério Público)

Assinatura do subscritor do pedido e carimbo ou selo branco do respectivo serviço

www.pgr.pt
stn.
República Portuguesa
Ministério Público

PEDIDO DE PRESERVAÇÃO DE DADOS EM PROCESSO-CRIME

Tribunal/Departamento Magistrado do Ministério Público

Secção Autoridade Responsável

Processo n° (NUIPC) Número de oficio

Data Endereço de email para resposta

DESTINATÁRIO

MICROSOFT

Fundamentos do pedido, de acordo com a lei portuguesa: Artigos 12° e 13° da Lei n.° 109/2009,
de 15 de Setembro.

ÂMBITO DA PRESERVAÇÃO QUE SE PRETENDE:

natureza dos dados a preservar

origem e destino dos dados (se


conhecidos

Duração da preservação

Observações:

Nome do subscritor do pedido

(Magistrado do Ministério Público)

Assinatura do subscritor do pedido e carimbo ou selo branco do respectivo serviço

www.pgr.pt