Curso: Serviço Social Disciplina: Oficina de Instrumentalidade Docente: Esp.

Paula Raphaelle Soares Pompeu

Semestre: 2010.2 Código: SSOCXXXIII Carga horária: 60h

Q U A D R O E S Q U E M Á T I C O D E R E F E R Ê

” Ç (p. Ã Compromisso ético-político. (. 15) M S “Profissionais capazes de desvendar as dimensões constitutivas da E chamada QUESTÃO SOCIAL.C I A P A R A R E OFICINA DE INSTRUMENTALIDADE C A DIMENSÃO INVESTIGATIVA NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL O N YOLANDA GUERRA S A INVESTIGAÇÃO E A ATITUDE PROFISSIONAL T  Concorre para o perfil profissional: R U Competência técnica. do padrão de intervenção social do Estado nas EXPRESSÕES da questão social. compreende o sentido social da operação e a significância da área no D conjunto da problemática social.. 703) L O AUXILIO DA PESQUISA: . do significado e R funcionalidade das ações INSTRUMENTAIS. 702) A A INVESTIGAÇÃO PARAÇ SERVIÇO SOCIAL O Õ “Investigação é um estudo sistemático em busca de E conhecimentos e respostas em relação a determinado objeto com o fim de incorporá-lo.” A (p.. 702) M E “um intelectual que habilitado para operar numa área particular. claramente expresso nas competências/atribuições I profissionais. O “as dimensões investigativa e interventiva como princípio formativo e D condição central da formação profissional e da relação teoria e realidade. a um S corpo de conhecimentos de que se dispõe em dada área de reflexão. embora O de naturezas distintas. um amplo contexto dos conhecimentos... a fim de identificar e construir estratégias que venham I orientar e instrumentalizar a AÇÃO PROFISSIONAL. de maneira comunicável e comprovável.” E (p. p.).” E (Baptista. 2006. Ç Critica teórica. compreendem a dialética do modo de ser da C profissão.) através da V PESQUISA.” I (p. (. 702) O NATUREZA INTERVENTIVA E O SIGNIFICADO DO CONHECIMENTO S “A INVESTIGAÇÃO e a INTERVENÇÃO elementos que.

executar e avaliar políticas públicas sociais..). 706) NÍVEIS E GRAU DE CONHECIMENTO RAZÃO DIALÉTICA: . perícias e laudos. que não critica os conteúdos materiais sobre que incide.” (p.• • • • • • • • Realização do exercício profissional. 706) NÍVEIS E GRAU DE CONHECIMENTO ENTENDIMENTO: “O conhecimento proveniente do intelecto (formal-abstrato) implica a aceitação passiva de informação que nos chegam à experiência pelo cotidiano. de reprodução da existência. 705) “(. parcial. projetos e programas. O EMPIRISMO restrito limita o conhecimento a este seu nível preliminar e estabelece do senso comum. Acesso as condições e relações de vida.705) NÍVEIS E GRAU DE CONHECIMENTO INTUIÇÃO: “conhecimento se inicia pelos órgãos dos sentidos (intuição).” (p. trabalho e resistência dos sujeitos sociais. A PESQUISA DA REALIDADE: CONHECER E INTERVIR “A necessidade de atuarmos sobre a realidade é o que nos conduz ao conhecimento. a pesquisa resulta em um conhecimento sempre provisório. mas tem que ir além dele.. Suporte para coordenar. Emitir parecer técnico e formar assistentes sociais.” “(. pela necessidade de sobrevivência.. Coordenar pesquisas. Realizar vistorias.” (p.” (p.. histórico (relativo a um tempo e espaço sociocultural e históricamente determinado).). Objeto de intervenção. o entendimento é posto como um modo operativo da razão.

” (p.). Modo dialético: busca elementos conflitantes entre fatos para explicar situações decorrentes do conflito. antes de iniciarmos qualquer investigação. deve-se ter a convicção de que existe algo a mais a ser conhecido. quais seus fundamento. 708) “O conhecimento converte o todo caótico (a instituição apresentada na sua imediaticidade) em concreto pensado (a instituição apreendida na sua totalidade. percebe o que o objeto é e como chegou a ser o que é (seu processo de constituição). 708) “compreender o fenômeno é atingir a essência. . ou seja.” “o conhecimento resultante dos procedimentos da razão vai além da apreensão da imediaticidade a vida cotidiana.. Totalidade corresponde: “É um complexo constituído de outros complexos subordinados. observar o individuo como fato isolado. a sua lógica de constituição. 709) O QUE É DIÁLÉTICA PARA MARX: Dialética não interpreta..” (p.“Capta o movimento do objeto. mas reflete acerca da realidade. numa inserção espacial restrita. toda parte é também um todo”.” (p. (PONTES. integrante de uma determinada categoria.” (p. sua capacidade de transforma-se em outro. E O QUE É TOTALIDADE? Segundo Lukács. 2002) A AÇÃO PROFISSIONAL ATRAVÉS DA DIALÉTICA SINGULA-UNIVERSAL- PARTICULAR Singularidade Corresponde ao trabalho profissional pautado pela fragmentação de ações. 706) A BUSCA DA DIALÉTICA DA PRÓPRIA COISA “(.

Programáticos-operativos PROBLEMAS DEMANDAS INSTITUCIONAIS (IMEDIATICIDADE) Rel. Familiares. SINGULARIDADE PARTICULARIDADE UNIVERSALIDADE FATOS CAMPO DE MEDIAÇÕES LEIS TENDENCIAS HISTÓRICAS APARENCIAS SÍNTESE DE DETERMINAÇÕES • • • • • Individuais. Não basta só compreendêlas mas o mais importante é a condução do profissional em serviço social na concretude a visibilidade na vida do usuário. concorre para uma ação profissional conduzida pela imediaticidade correspondendo apenas ao perfil ideológico da instituição. exercendo a mediação através da sua atuação com o aporte teórico-metodológico na busca de alcançar a concretude da ação profissional criticotransformadora. Social / Espaço – tempo / histórica / Cultura PARTICULARIZAÇÃO DE SISTEMAS DE MEDIAÇÃO Processos sócio-produtivo Instituições sociais presentes Correlação de forças em presença (poder) Política Social particularizada na instituição • • • • . em que o assistente social na sua prática absorve o conhecimento-intervenção. políticas sociais. mas também a subjetividade. Organizacionais. Psicossociais.IMPORTANTE: tal observação. (PONTES. Particularidade Corresponde a análise histórica-social do indivíduo. Não corresponde só a materialidade das leis. normativas. 2002) Universalidade Corresponde ao campo das leis.

documentos. perícias técnicas..” (p. Realizar pesquisas para formulara políticas e ações interventivas. Desvendamento sócio-histórico. Identificação das demandas. identificar recursos e atendimentos. pareceres. Estratégias. Racionalidades. Princípios.. Referencial teórico. laudos. A Investigação é inerente à natureza e competências profissionais: • • • • • Compreender o significado social da profissão.712) RUMO À CONSOLIDAÇÃO DA MAIORIDADE ACADÊMICA E PROFISSIONAL A Instrumentalidade e a dimensão investigativa enriquece: • • • • • • • A cultura profissional. Valores. Instrumental técnico-operativo.• • • • • • • • • • • • Rede de proteção social articulada Movimentos sociais Relação individuo-sociedade Outros processos sociais particularizados RECONSTITUIÇÃO DO OBJETO DE INTERVENÇÃO Divisão social do trabalho Relações sociais capitalista Relação Capital X trabalho Relação estado sociedade Leis de mercado Política econômicas Políticas sociais Outras determinações DEMANDAS SOCIAIS (LEGALIDADE SOCIAL) NESTA PERSPECTIVA. “a investigação para o Serviço Social ganha o estatuto de elemento constitutivo da própria intervenção profissional. . Realizar visitas.

Centro de Investigação e. POLITICA NACIONAL DE PESQUISA Investimento nacional em pesquisa qualificada e socialmente compromissada. P. In: Capacitação Profissional em Serviço Social e Políticas Públicas Sociais. Brasílias. 2006. TEMOS DOIS DESAFIOS À PROFISSÃO: APOIO A PESQUISA Investimento em pesquisa qualificada que responda os anseios dos usuários. São Paulo: Veras Editora. Yolanda. v. PONTES. que tenha o objetivo de tratar aspectos relevantes para a sociedade brasileira. Serviço Social: Direitos Sociais e Competências profissionais. .” GUERRA (2009.Brasília: CFESS. Lisboa (Portugal): CPIHTS.• Postura... Myrian Veras. História e Trabalho Social. Paula Raphaelle Soares Pompeu Sucesso!!! . Mediação: a categoria fundamental para o trabalho do assistente social. NESTE SENTIDO. 715) GURRA. A Investigação em Serviço social. ABEPSS. Profª. 2002. Reinaldo. CEAD. 1 Textos de Subsídio: BAPTISTA. “OUSAR SABER PARA OUSAR TRANSFORMA. Módulo IV: O trabalho do assistente social e as políticas sociais.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful