You are on page 1of 7

EAGS - SEL

ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

A onda senoidal – É o mais básico dos sinais elétricos. O Achando o Valor de Pico
módulo varia continuamente e cuja polaridade é invertida
periodicamente.

O transformador

É um dispositivo capaz de abaixar ou elevar a tensão de


linha, conforme aplicação exigida. As relações entre tensões
de primário e secundário e os respectivos enrolamentos
primários e secundário é a seguinte:

Valores instantâneos

O valor de pico a pico de qualquer sinal é a diferença entre


seu máximo e mínimo algébrico

VPP = VP - (- VP) = 2 VP Uma das funções do transformador é isolar a carga da linha,


pois o acoplamento entre o enrolamento primário e o
Valor eficaz ( RMS) enrolamento secundário é magnético.

O valor rms ( raiz média quadrática) de uma onda senoidal, Ex: Se a relação das espiras for de 9:1 teremos o seguinte
também chamado valor eficaz ou valor de aquecimento, é
definido como a tensão cc que produz a mesma quantidade
de calor que a onda senoidal.

Se uma fonte cc for ajustada para produzir a mesma


quantidade de calor que a onda senoidal mediremos uma
tensão cc igual a 0,707 vezes o valor de pico da onda
senoidal.
As companhias de energia elétrica geralmente
fornecem uma tensão de linha de 115V rms com uma
tolerância de + ou – 10% e uma frequência de 60 Hz.
Normalmente se escreve 115 Vac.
esse será o valor do fusível, porém acrescido de
aproximadamente 10 % devido as perdas no transformador.

Sistema Educandus de Ensino 1 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

Transformador elevador – Quando o enrolamento


secundário tiver mais espiras que o enrolamento primário.
N2 > N1
Valor cc ou valor médio - Com um voltímetro cc medindo
Ex: N1 = 100 e N2 = 300 tensão na carga teríamos o seguinte.

Essa tensão é chamada de tensão média do sinal de


Transformador abaixador – Quando o número de espiras do meia onda .
primário for maior que o número de espiras do secundário. Usando a segunda aproximação devido a queda de tensão no
N2 < N1 diodo, o valor de pico do sinal de meia onda seria

O retificador de meia onda 34 V – 0,7 V = 33,3 V


É o circuito mais simples capaz de converter uma corrente
alternada em corrente contínua. O RETIFICADOR DE ONDA COMPLETA
COM TOMADA CENTRAL (centertrap)

Observe o circuito retificador de meia onda abaixo


Por causa dessa tomada central é equivalente a dois
retificadores de meia onda.
Ex: Para o circuito abaixo encontre Vp1, Vp2 e Ip

Como a relação de espiras é de 5:1 temos o seguinte:

como a tomada central está aterrada temos para cada


Para a saída na carga teremos um sinal de meia onda
semiciclo uma tensão de pico senoidal de 17 Vpor
positivo, porque o semiciclo negativo foi ceifado ou
consequência temos
retirado.

A frequência do sinal de meia onda é igual a frequência da


linha, que é de 60 Hz.

Sistema Educandus de Ensino 2 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

Valor cc ou Médio – Se um voltímetro fosse conectado a FILTRO COM CAPACITOR


resistência de carga a tensão medida seria 2Vp/π, que é igual
a A tensão de saída de um retificador aplicada em uma carga é
Vdc = 0,636.Vp pulsante em vez de ser estável. Como é necessário uma
tensão estável similar a produzida por uma bateria usa-se
Por exemplo se a tensão de pico fosse de 17 V um filtro e o tipo mais comum de filtro é o capacitor.

Vdc = 0,636.(17 V) = 10,8 V

A frequência do sinal de onda completa e o dobro da


frequência de entrada.

fout = 2 fin

ex: se a linha tem frequência igual a 60Hz a saída


será igual a 2x 60 Hz = 120 Hz A constante de tempo de descarga ( RL C) é muito maior
que o período T do sinal de entrada. O capacitor perde
O retificador de onda completa em ponte apenas uma parte de sua carga e diminui o tempo de
condução do diodo (cerca 1/4 de 180º para um retificador
de meia onda e de 1/4 de 360º para um retificador de
onda completa).

a) meia onda b) onda completa

A tensão na carga agora é mais estável ou quase constante,


Quando são utilizados quatro diodos podemos eliminar o com uma pequena ondulação(ripple), devido a carga e
terminal central aterrado do transformador. descarga do capacitor.
Agora para o circuito acima com a relação de espiras
fornecida realizaremos os cálculos de Vp1, Vp2 e Ip Tensão de ondulação de pico a pico

A tensão total do secundário está aplicada nos diodos


em condução, logo

Na maioria dos projetos a tensão de ondulação deve


ser pelo menos 10 % do valor de pico no secundário.

A tensão cc
diodo ideal sem ondulação
Usando segunda aproximação sabemos que somente Vdc = Vp2
dois diodos estão em condução por vez, logo
Vp = 34 V – 2(0,7 V) = 32, 6 V segunda aproximação

Vdc = Vp2 – 1,4 V

Logo com ondulação

Sistema Educandus de Ensino 3 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

Multiplicadores de tensão
ID = 0,5.IL
Isso fica bem claro pois sabemos que somente dois diodos Um multiplicador de tensão é formado por dois ou mais
conduzem por semiciclo. retificadores de pico que produzem uma tensão cc igual a
um múltiplo da tensão de pico da entrada (2Vp, 3Vp,
4Vp,...)

1) Dobrador de tensão em meia onda

É chamado de dobrador de meia-onda porque o capacitor de


saída C2 carrega apenas uma vez durante um ciclo, logo a
frequência de ondulação será de 60Hz.

Tensão de pico inversa ( PIV )


É a tensão que o diodo deve suportar quando não estiver em
condução.

Corrente de surto

É a corrente que surge quando é ligada a alimentação devido


o capacitor estar descarregado. Geralmente essa corrente de
carga é muito alta. Por isso deve ser escolhido um valor de
capacitor adequado.

Capacitor de valor alto significa corrente de surto


prolongada. (a) D1 está polarizado diretamente e D2 está reversamente
polarizado, logo C1 carregado com Vp.
Filtro RC (b) D2 está polarizado diretamente e D1 reversamente, logo
C2 carrega-se com Vp da fonte mais a tensão de C1
Filtro que reduz a ondulação próximo de 1 %. A (c) C2 será igual a 2Vp
desvantagem é a atenuação nos resistores. (d) Circuito final com a carga RL

2) Dobrador de tensão de onda completa

O circuito é chamado dobrador de tensão de onda completa


porque cada um dos capacitores de saída é carregado
durante cada semiciclo, logo a ondulação de saída é de
120Hz. Essa frequência de ondulação é uma vantagem
porque facilita a operação do filtro. A outra vantagem é que
Filtro LC a tensão de pico inversa (PIV) será igual a Vp.

A mesma eficiência do RC, porém mais utilizado devido a A desvantagem do dobrador de onda completa é quanto a
pequena queda de tensão nos indutores. falta de um ponto comum entre a entrada e a saída.

Sistema Educandus de Ensino 4 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

3) Triplicador de tensão Combinação de limitadores

A saída do triplicador aparece entre C1 e C3

Limitadores variados
4) Quadruplicador de tensão

Cada diodo produz uma compensação de 0,7 V, logo o sinal


será ceifado em 1,4 V.

Circuitos limitadores (ceifadores)

Sua principal função é retirar uma parte do sinal, sendo


utilizados para tal função os diodos para pequenos sinais.
Podem ser utilizados também para proteção de circuitos.

O limitador positivo
Para o circuito acima o sinal será ceifado em 2,8 V.
É o circuito que corta uma parte da tensão positiva do sinal.

O circuito da figura acima é denominado grampo de diodo.


Pois limita a tensão na carga em 5.7V, ou seja, se o sinal de
entrada for por exemplo de 100 V, a carga permanece em 5,7
No semiciclo positivo o diodo está polarizado diretamente e
V.
a saída é igual a zero. No semiciclo negativo o diodo está
polarizado inversamente e o diodo funciona como uma
chave aberta e o semiciclo negativo aparece na saída ( RL).
Para segunda aproximação de ser levado em consideração
os 0,7 V , logo para o semiciclo positivo a saída em RL, será
de 0,7 V. RL é 100 vezes maior que a resistência série, logo
a fonte de tensão é quase ideal.

Limitador polarizado
O circuito acima é um circuito polarizado próximo de zero.
Isso acontece devido a tensão do diodo D1 está em 0,7 V.

O nível de ceifamento agora é de V + 0,7, ou seja, durante o


semiciclo positivo o diodo está polarizado diretamente e a
saída para em V + 0,7.

Sistema Educandus de Ensino 5 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

O grampeador dc EXERCÍCIOS

Um grampeador DC acrescenta uma tensão DC ao sinal, ou 1 – Se N1/N2 = 2 e a tensão no primário for de 120V, qual
seja, se o sinal de entrada varia de + 10 V a – 10 V, um será a tensão no secundário?
grampeador DC positivo que excursiona idealmente de 0 a
+20V. Caso seja grampeador negativo de 0 a -20V. a) 0V
b) 240V
c) 40V
d) 60V

2 – Num transformador abaixador, qual dos seguintes


valores é o maior?
1- No semiciclo negativo o diodo está polarizado
diretamente e o capacitor se carrega até Vp. a) A tensão no primário
b) A tensão no secundário
c) Nenhum desses
d) Não há resposta possível

2 – No semiciclo positivo o diodo está polarizado 3 – Um transformador tem uma relação de espiras 4:1. Qual
inversamente , o capacitor continua carregado logo a saída será a tensão de pico no secundário se 115V rms for
será igual a 2Vp. aplicado no enrolamento primário?

a) 40,7V
b) 64,6V
c) 163V
d) 170V
Levando em consideração os 0,7V do diodo a tensão no
capacitor não é igual a Vp, pois os picos negativos são de – 4 – Com uma tensão retificada em onda completa no resistor
0,7V. de carga, por quantos graus a corrente circula na carga?

a) 0º
b) 90º
c) 180º
d) 360º

5 – A tensão de saída de um retificador em ponte é um sinal


Para um grampeador negativo basta inverter a posição do
diodo. A polaridade do capacitor também é invertida e passa a) de meia onda
a funcionar como um grampeador negativo. b) de onda completa
c) retificada em ponte
Detector de pico a pico d) senoidal
Um grampeador dc e um detector de pico em cascata
formam detector de pico a pico. Este circuito parece um
dobrador de tensão, porém a entrada não precisa ser
necessariamente uma onda senoidal.

Sistema Educandus de Ensino 6 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557
EAGS - SEL
ELETRÔNICA ANALÓGICA
CIRCUITOS COM DIODOS

6 – Qual é a tensão de pico num retificador de onda 12 - Observe as formas de onda abaixo.
completa se a tensão no secundário for de 20 Vrms?

a) 0V
b) 0,7V
c) 14,1V
d) 28,3V

7 – Qual será a tensão de pico numa carga alimentada por


um retificador de onda completa se a tensão no secundário
for de 15Vrms? (use a segunda aproximação)

a) 9,2V
b) 15V
c) 19,8V
d) 24,3V

8 – Se a frequência da linha de um retificador em ponte for A figura 1 é um sinal de tensão aplicado nos terminais de
de 60Hz. Qual será a frequência na saída ? entrada de um circuito muito utilizado em medições de
tensão CA. A figura 2 representa a forma de onda na saída
a) 30Hz desse circuito. Assinale a alternativa que apresenta o nome
b) 60Hz dessa topologia.
c) 120Hz
d) 240Hz a) Retificador trifásico
b) Retificador em ponte
9 - Com a mesma tensão no secundário e com o mesmo c) Retificador de meia onda
filtro, qual dos seguintes retificadores fornece a menor d) Retificador de onda completa
tensão na carga?
13 - A tensão cujo módulo varia continuamente e cuja
a) De meia onda polaridade é invertida periodicamente é denominada
b) De onda completa
c) Em ponte a) tensão CC.
d) Impossível responder b) freqüência.
c) tensão alternada.
10 – Qual é a PIV em cada diodo de uma ponte retificadora d) corrente contínua.
que tem uma tensão de 20 Vrms no secundário do
transformador? 14 – Qual o circuito mais simples capaz de converter uma
corrente alternada em corrente contínua?
a) 14,1V
b) 20V a) retificador de onda completa
c) 28,3V b) transformador abaixador
d) 34V c) retificador de meia onda
d) transformador elevador
11 – Se a capacitância de um filtro aumentar, a ondulação irá

a) diminuir f saída
b) permanecer estável 15 – Qual a razão de frequências , dos sinais de
c) aumentar f entrada
d) nenhum desses entrada e saída de um retificador de onda completa?

a) √2 b) 2 c) √3 d) 3

Sistema Educandus de Ensino 7 www.sistemaeducandus.com.br - Prof:LINDENBERG

Campo Grande (2413-9300 – Ilha do Governador (2466-8332- Madureira (2451-0519 - Santa Cruz ( 3156-5557