You are on page 1of 2

Tiago dos santos maia

Ra: 102988

PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO

Araras
2018
A ciência que investiga o mundo secreto dos bebês.
O texto aborda o tema e trata sobre como a criança aprende, como seria o mundo
e as perspectivas dela durante o seu desenvolvimento humano, durante esse processo.
Isso faz uma ligação com o conteúdo apresentado durante as matérias de psicologia
desenvolvimento. Onde é argumentado, sobre todos os processos e fases da vida de uma
criança.
Partindo do inicio do texto, ele começa dizendo sobre como e porque os
cientistas querem descobrir através de novas tecnologias o primeiro estágio de
desenvolvimento da criança, prometendo assim ser um caminho para a identificação
precoce de transtornos como o autismo. A partir daí começamos a questionar os
desafios práticos nas primeiras semanas e meses de vida. Como os bebês assimilam o
que se passa no mundo? Como é sua perspectiva?
Aos longos dos anos vários cientistas tentaram demonstrar e explorar o mundo
secreto dos bebês, dentre um deles, Charles Darwin, onde sua teoria contribuiu para o
desenvolvimento da teoria de evolução.
Séculos atrás, cientistas diziam que bebês não sentiam dor, por suas perspectivas
ainda serem brevemente isoladas do mundo, já por outro lado pesquisadores modernos
dizem que os bebês são atentos, sensíveis e inteligentes.
Pesquisadores estão cada vez mais reunindo informações, para entender melhor
o desenvolvimento infantil e porque alguns bebês desenvolvem de maneira diferentes,
não estudando só a mente, mas tudo que há ao seu redor.
Os bebês aprendem durante o seu processo, observando tudo ao seu redor,
tentando identificar padrões, porém isso dificulta devido ao seu ambiente e ao seu meio
cultural, isto é, todo esse processo, pode causar um dano enorme no seu
desenvolvimento.
Através de pesquisas e avanços, um dos estudos mostrou como os recém-
nascidos ativam seu “CÉREBRO SOCIAL” em resposta a imagem de uma mulher
brincando de esconde-esconde. Outro estudo indica que os cérebros dos bebês de quatro
a seis meses com altos riscos de autismos, respondem com menos intensidade aos estímulos
sociais se comparados a um grupo de baixo risco. De uma maneira geral a tecnologia é uma
importância suprema para descobertas de diferenças neurológicas e de desenvolvimento de uma
criança. Isso é, texto mostra como o a tecnologia mostra os estímulos de um bebê durante sua
fase inicial, trazendo-nos respostas, que cada processo é importante.