You are on page 1of 1

A taxa de sobrevivência das pequenas empresas pode ser influenciada por diversos

fatores que vão além dos modelos de gestão aplicados, entre esses fatores estão os
aspectos culturais, geográficos, sociais e econômicos da região em que se está
aplicando o negócio.

A taxa de sobrevivência é maior no eixo sul/sudeste devido a concentração de


indústrias ser maior, como a taxa de sobrevivência das indústrias é elevada ela
aumenta a taxa de sobrevivência para os pequenos que possuem relação
complementar com essas grandes indústrias.

O mau desempenho de pequenas empresas nas capitais é devido a falta de economia


de aglomeração como por exemplo: preço de imóveis elevado, IPTU mais alto e etc. O
sebrae fazia as pesquisas pelo método in loco, ou seja, vão ao local, fazem uma
pesquisa de campo e aí verificam se as empresas estão em plena atividade. A grande
vantagem desse tipo de pesquisa é que os dados vão ser mais atualizados possíveis e
eles podem ver realmente o que se passa no local, ou seja, atualização imediata. As
desvantagens, são que o custo para se fazer uma pesquisa dessas é muito alto e o erro
que podia se ter nos resultados, visto que era uma pesquisa amostral, onde eles
apenas pegavam uma certa fatia de empresas para se basear no todo, dando margem
para erros. Com tudo isso, desde 2011, o Sebrae vem aplicando o método que o IBGE
já adotava na época, que era muito mais acertivo e detalhado em relação ao antigo
método do Sebrae. Esse método se basea no cadastro das empresas nos órgãos
responsáveis, e checa se elas estão em plena atividade.

O faturamento passou a contar com um tratamento diferenciado, especialmente


quanto à sua tributação. E com isso tem uma maior inserção no mercado de jovens
que buscam primeiro emprego. Essas empresas são capazes de dinamizara economia
de municípios e bairros das grandes metrópoles.
Representam 27% do PIB brasileiro e responsáveis por 94 milhões de empregos no
país, são mais flexiveis e menos burocratizadas, o que permitem respostas rápidas e
adequadas ao ambiente além de se inovadora e ágil; são provedoras de empregos e
constituem um elo vital na cadeia de suprimentos das grandes empresas.
exerce poder amortecedor dos impactos de desemprego e dos efeitos das flutuações
na atividade econômica. Em algumas regiões mantem atividades econômicas,
descentraliza a atividade econômica especialmente na complementariedade às
funções das grandes empresas. O sistema de imposto utilizado é o Simples Nacional
que faz com que aumentem o maior número de empresas a saírem da clandestinidade
melhorando a renda e o bem estar social.