You are on page 1of 8

Estudo Dirigido – TGS - Prof.

Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

Parte I
1. O DECRETO-LEI 73/66 INSTITUI: O SNSP – Sistema Nacional de Seguros Privados
2. QUAIS SÃO AS ATRIBUIÇÕES DOS ÓRGÃOS:
a) CNSP: Políticas, diretrizes e normas
b) CRSNSP: Julgamentos e recursos
c) SUSEP: Regular, fiscalizar, controlar, supervisionar e incentivar as atividades de seguros (EAPCs,
seguradoras, corretores e resseguradoras.
d) CONSU:
e) ANS
f) CAMSS
g) OPERADORAS
h) BENEFICIÁRIO
i) E O SNCAP?
3. E DAS:
a) SEGURADORAS

b) ENTIDADES ABERTAS DE PREVIDÊNCIA PRIVADA COKPLEMENTAR

c) ENTIDADES FECHADAS DA PREVIDÊNCIA COMPLEMETAR (FORA DO SNSP)

d) EMPRESAS DE RESSEGUROS (CONCEITO); QUAIS OS TIPOS? E A IMPORTÂNCIA DO


RESSEGURO?

e) EMPRESAS (OU PESSOAS FÍSICAS) CORRETORAS DE SEGUROS e DE RESSEGUROS

4. A FINALIDADE ESPECÍFICA DO SEGURO É:

5. QUAL É A CONTRIBUIÇÃO DADA PELO MERCADO DE SEGURO NO CAMPO MACROECONÔMICO?

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

6. QUAIS SÃO AS DEFINIÇÕS DO SEGURO E QUAIS OS ELEMENTOS BÁSICOS E ESSENCIAIS DO


SEGURO?

7. AS CONDIÇÕES QUE DEFINEM O RISCO


a) COMO SEGURÁVEL SÃO:

b) E AINDA:

8. OS RISCOS CLASSIFICAM-SE EM:


a)
DENTRE ELES QUAIS SÃO EFETIVAMENTE SEGURÁVEIS:

b)
9. QUAIS SÃO AS DEFINIÇÕES DE:

10. SEGURADO
11. ESTIPULANTE
12. BENEFICIÁRIO
13. QUAL É O PAPEL DA SEGURADORA?

14. QUAL É A DEFINIÇÃO DE PRÊMIOS GANHOS?

15. O QUE OCORRE COM A FALTA DE PAGTº DO PRÊMIO?

16. AS INDENIZAÇÕES SÃO PAGAS AOS .... E DE QUE FORMA?

17. SÃO CARACTERÍSTICAS DO SEGURO

18. COMO SE CLASSIFICAM E SE DIVIDEM OS SEGUROS:

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

19. QUANTO À RESPONSABILIDADE PELA OPERAÇÃO?

20. QUANTO À NATUREZA?

21. QUANTO AOS RAMOS OU PLANOS?

22. EM RELAÇÃO AOS RAMOS ELEMENTARES, QUAIS SÃO AS SUAS CARACTERÍSTICAS?

23. EM RELAÇÃO À OPERAÇÃO DO SEGURO EXISTEM RISCOS COBERTOS E RISCOS EXCLUÍDOS NOS
CONTRATOS:

24. QUAIS SÃO OS RISCOS COBERTOS?

25. QUAIS SÃO OS RISCOS EXCLUÍDOS?

26. A IMPORTÂNCIA SEGURADA DO CONTRATO REPRESENTA

27. NO SEGURO DE DANOS ELA É IGUAL A(AO):


28. NO SEGURO DE PESSOAS É DENOMINADA E
NÃO SE PODE ESTIMAR .
29. O PRÊMIO DO SEGURO É CALCULADO SEGUNDO A SEGUINTE EXPRESSÃO:

30. PRÊMIO =

31. O QUE SIGNIFICA “EXPOSIÇÃO AO RISCO”?

32. QUAIS SÃO OS TIPOS DE SEGURO E COMO SE COMPÕEM?

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

33. O QUE É VALOR MATEMÁTICO DO RISCO?

34. O QUE É CUSTO MÉDIO DOS SINISTROS?

35. O PRAZO DE VIGÊNCIA DO SEGURO SUBDIVIDE-SE EM:

36. QUAIS SÃO AS ETAPAS DO PROCESSO DE SINISTROS:

37. O QUE É CARÊNCIA DO SEGURO?

38. O QUE SIGNIFICA FRANQUIA E QUAL SÃO AS FORMAS UTILIZADAS NOS CONTRATOS?

39. O RESSARCIMENTO É UTILIZADO PARA

40. COMO OCORRE A SUB-ROGAÇÃO DE DIREITOS?

41. O CONTRATO DE SEGURO SE EFETIVA

42. A ESTRUTURA MÍNIMA DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SÃO:

43. AS CARACTERÍSTICAS DO CONTRATO DE SEGURO SÃO

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

44. A DIVISÃO DOS PLANOS OU RAMOS DE SEGUROS ADOTADA PELAS SEGURADORAS EM SUAS
CONDIÇÕES CONTRATUAIS SÃO:

45. QUAIS SÃO OS INSTRUMENTOS ESSENCIAIS DO CONTRATO DE SEGURO?

46. O QUE É GARANTIA OU COBERTURA DO SEGURO?

47. AS GARANTIAS DO SEGURO PODEM SER CLASSIFICADAS EM:

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

PARTE II
48. O que se entende por ramo?
49. O que se entende por ramo principal?
50. O que se entende por grupo de ramos? E quais são eles?
51. O que se entende por modalidade de seguro?
52. O que se entende por Plano de Seguro?
53. E seus derivativos:
a. SIMPLES
b. COMPOSTO
c. PRINCIPAL
d. SECUNDÁRIO
54. O que se entende por COBERTURA AGREGADA?
55. Identifique e conceitue os instrumentos básicos para a formulação de um contrato de
seguro.
56. Descreva o processo de aceitação da proposta de seguro e emissão da respectiva
Apólice à luz das normas emanadas pela SUSEP .
57. Que tipos de apólices específicos existem além das tradicionais?
58. Por meio de que instrumentos se processam as alterações, complementações ou até
mesmo o cancelamento do seguro? E como cada um deles é utilizado?
59. Que outros instrumentos contratuais são adotados para complementar o contrato de
seguro?
60. O que é Prêmio do Seguro e como se obtém o seu valor?
61. O que se denomina MENSURAÇÃO DO RISCO?
62. O que significa:
e. Prêmio Estatístico
f. Prêmio Puro
g. Prêmio Comercial
h. Prêmio Bruto
63. Descreva a primeira e a segunda etapa no cálculo do Prêmio.
64. Quais os elementos compõem o Prêmio Bruto?
65. Quando podemos afirmar que o Prêmio Estatístico é igual ao Prêmio Puro?
66. Há outras denominações para o Prêmio Comercial?
67. O que se mede no VALOR MASTEMÁTICO DO RISCO (VM)?
68. O que representa o CUSTO MÉDIO DOS SINISTROS (CM)?
69. O que é TAXA ESTATÍSTICA e como se calcula?
70. O que é TAXA COMERCIAL e como se calcula?
71. Qual é a decomposição do Prêmio Comercial?
72. Quais são os principais ENCARGOS cobrados no Prêmio do Seguro?
73. Como se denomina o imposto incidente sobre os Prêmios dos Seguros?
74. Qual é o tratamento legal e a forma de aplicação do imposto sobre as operações de
seguro?

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

75. Qual é a função do Adicional de Fracionamento e quais são as condições básicas de aplicação?
76. De um modo geral um contrato de seguro possui vigência de !
77. Há outras três formas de variação do Prazo de Vigência. Identifique-as e descreva
quando são utilizadas?
78. Como se calcula a Taxa de Seguro de Prazo Longo?
79. O que é um processo de sinistro e quais são as suas etapas?
80. Em cada uma das etapas do processo de sinistros o que deve ser observado pelo
Segurado e pela Seguradora?
81. A vistoria de sinistros é exigida em todos os casos?
82. O que é RESSARCIMENTO e em que momento a sua viabilidade é avaliada?
83. Em que situações a ação de regresso não é (ou não pode ser) aplicada pela
1. Seguradora?
84. O cálculo da indenização abrange somente os prejuízos sofridos pelo objeto segurado?
85. A liquidação de sinistros é encarada sobre que aspectos?
86. Na conclusão do processo de sinistros quais os procedimentos finais devem ser
observados pela Seguradora?
87. O que são PREJUÍZOS INDENIZÁVEIS?
88. O que são SALVADOS?
89. Como se define INDENIZAÇÃO, qual o seu prazo de pagamento e o seu limite?
90. O que é FRANQUIA; como é aplicada; e quais são as suas variações?
91. Por que a Franquia e o Prêmio de Seguro são inversamente proporcionas?
92. O que é PARTICIPAÇÃO OBRIGATÓRIA DO SEGURADO e como é utilizada?
93. O que é VALOR DE NOVO?
94. O que é VALOR ATUAL?
95. O que é DEPRECIAÇÃO?
96. O que são SEGUROS PROPORCIONAIS e como se caracterizam?
97. O que é VALOR EM RISCO APURADO?
98. O que é VALOR EM RISCO DECLARADO?
99. Quais são as formas possíveis de contratação nos Seguros Proporcionais?
100. E quais são os conceitos?
101. Como deve ser estabelecida a Importância Segurada nos Seguros de Proporcionais?
102. O que é Seguro com Cláusula de Rateio Parcial e qual a sua função?
103. O que é Seguro pelo Valor de Novo e qual o seu limite de indenização?
104. O que são SEGUROS NÃO PROPORCIONAIS?
105.Como se caracteriza um Seguro a ENÉSIMO RISCO?
106.O que é reintegração da Importância Segurada ou Limite Máximo de Garantia?
107.Quais são as formas possíveis de reintegração?
108. Como se calcula o prêmio de reintegração?
109. Em que hipótese há CONCORRÊNCIA DE APÓLICES e em que casos não são aplicados?
110.O que deve ser observado pelo Segurado nos casos de contratação de um novo seguro dos bens
garantidos por outra apólice?
111.O que é pulverização de risco?
112.E quais as formas técnicas aplicadas nas operações de seguros para realização da
pulverização?
113. No regime de cosseguro admite-se duas formas, quais são elas e em que condições
são adotadas?
114. Quais as principais diferenças do cosseguro facultativo e obrigatório?
115.O que é RESSEGURO e quais são as suas funções?
116.O que é LIMITE TÉCNICO ou LIMITE DE RETENÇÃO?
117.No processo de Resseguro, o que significa:

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666


Estudo Dirigido – TGS - Prof. Maurício Tadeu
mauriciotadeu@waysgestaoemprtesarial.com.br
prof.mauriciotadeu@gmail.com
[31] 99129 4715 – 3222 9666

i. ACEITAÇÃO
j. RETENÇÃO
k. CESSÃO e CEDENTE
l. PRÊMIO RETIDO
m. PRÊMIO DO RESSEGURO
n. COMISSÃO DE RESSEGURO
o. RECUPERAÇÃO
p. PERDA LÍQUIDA
118.Quais são os Planos de Resseguros mais utilizados pelo mercado der seguros brasileiro?
119.Dentro de cada tipo de plano quais são as modalidades e quais são as suas funções?
120.O que é RETROCESSÃO?
121.Qual a diferença básica entre COSSEGURO e RESSEGURO?

OBSERVAÇÃO – REVISE TODOS OS EXERCÍCIOS QUE ESTABELECEM QUALQUER TIPO DE CÁLCULO.

ANEXOS
>> Leitura dos grupos de ramos

mauriciotadeu@waysgestaoempresarial.com.br [31] 99129-4715 - 3222-9666