You are on page 1of 31

Inclusão Digital Itinerante 2.

Curso de
ALFABETIZAÇÃO
DIGITAL
© 2013. SESI - Departamento Regional do Paraná
Os direitos de reprodução, de adaptação ou de tradução desta guia são reservados ao
SESI – Departamento Regional do Paraná, inclusive a reprodução por procedimento
mecânico ou eletrônico.

SESI - Departamento Regional do Paraná


Gerência de Educação do SESI-PR

Espaço para CDU

Este material foi elaborado por uma equipe, cujos nomes encontram-se
relacionados na folha de créditos.

Curitiba, 2013
SESI – Serviço Social da Indústria (Paraná)
Av. Cândido de Abreu, 200 - Centro Cívico – CEP: 80530-902 – Curitiba/PR
APRESENTAÇÃO

Olá, seja bem-vindo(a) ao Curso Alfabetização Digital do programa Inclusão


Digital Itinerante 2.0.

Nesse curso você irá adquirir conhecimentos por meio de conceitos e


exemplos sobre a história do computador, seus componentes e funções
básicas para sua utilização.

Para ajudar o seu estudo e aprendizado, nessa apostila existem ícones que
destacam partes importantes do conteúdo:

Dicas Você sabia? Conceito Curiosidade

Saiba mais Atenção Exercícios Para refletir

É muito importante que você faça os exercícios propostos, para que


possa praticar o que aprendeu e aplicar tanto no ambiente de trabalho
como em sua casa, auxiliando nas tarefas do dia a dia.

Bom Estudo!

3
SUMÁRIO
1 1.0 História do computador Pág 5

2 2.0 Componentes do computador Pág 7


2.1 O que é software? Pág 9
2.2 O que é hardware? Pág 9

3 3.0 O que são periféricos ou dispositivos? Pág 11


3.1 Equipamentos para a proteção de rede elétrica Pág 13
nobreak, estabilizadores, filtros de linha

4 4.0 Operações básicas Pág 15


4.1 Ligar e desligar Pág 15
O teclado Pág 17
teclados numérico, alfanumérico e funções especiais
4.2 O mouse Pág 21
funções e tipos

5 5.0 Definição de sistemas operacionais Pág 22


Ms-DOS, Windows, Linux, Macintosh

6 6.0 Unidades de medidas Pág 24

7 7.0 A postura correta ao utilizar o computador Pág 26

8 8.0 Conclusão Pág 27

9 9.0 Referências Pág 27

10 10.0 Anexo 1- Jogo da Memória Pág 28

11 11.0 Anexo 2- Quebra-Cabeça


7.0. Pág 29

12 12.0 Créditos
7.0. Pág 30

4
01 HISTÓRIA DO COMPUTADOR

Você sabia que os computadores surgiram há


muito tempo, como máquinas de calcular?

Primeiro veio o ábaco, depois a régua de cálculo, a máquina de Pascal, e com a


necessidade de fazer cálculos mais complexos, o homem inventou máquinas de calcular
capazes de realizar as quatro funções aritméticas (soma, subtração, multiplicação e
divisão) e operações com logaritmos.

Mas o primeiro computador surgiu apenas em 1946 nos CURIOSIDADE


Estados Unidos e era chamado ENIAC−Electrical Numerical
O ENIAC tinha 5.000 de
Integrator and Calculator. Ele foi desenvolvido durante
comprimento e pesava
a Segunda Guerra Mundial com o objetivo de avaliar 30.000 quilos.
trajetórias estratégicas.

Anos depois, foi lançado o EDSAC−Electronic Delay Storage Automatic Calculator,


composto de memória, unidade lógica aritmética, unidade de controle, dispositivos
de entrada e dispositivos de saída. Você conhecerá esses conceitos mais para frente.

SAIBA MAIS
Você já ouviu falar da Máquina de Turing?

Quando idealizada em 1936, essa máquina devia ser capaz de manipular símbolos em
uma fita de acordo com uma série de regras para guardar informações. E é assim que os
computadores funcionam. Seu inventor foi Alan Mathison Turing, considerado o pai da
computação.

Com a evolução e a necessidade de realizar e resolver situações com maior rapidez,


a IBM − IBM World Trade Corporation, empresa dos Estados Unidos revoluciona os
computadores lançando os microprocessadores, com circuito lógico, permitindo a
gravação de dados.

Além da IBM, vieram outras marcas, como: Apple e Microsoft, trazendo cada vez mais
tecnologia e aprimorando computadores e componentes para facilitar o uso das

5
máquinas. Hoje, percebe-se essa evolução, pelos muitos aparelhos que estão disponíveis no mercado:
notebooks, tablets, e até os celulares que estão cada vez mais avançados. É importante lembrar que os
computadores também são utilizados em equipamentos como: carros, robôs, televisores etc.

Além da história, é importante saber o que é Informática.

CONCEITO
Chama-se Informática o conjunto das Ciências da Informação, incluídas neste grupo: a
teoria da informação, o processo de cálculo, a análise numérica e os métodos teóricos
da representação dos conhecimentos e de modelação dos problemas. Habitualmente,
usa-se o termo Informática para referir-se ao processo de tratamento automático da
informação por meio de máquinas eletrônicas chamadas computadores.
(http://www.brasilescola.com/informatica/)

EXERCÍCIOS
O que você entende por Informática?
Em dupla, converse com seu colega para descobrir se há características em comum.
O que vocês conhecem? Utilizam o computador em casa? E no trabalho? Quais as
tarefas que realizam?
Depois dessa conversa, reúna-se com a turma do laboratório e partilhem as
experiências.
É importante levantar alguns pontos como a maneira e os cuidados que devem existir
ao utilizar o laboratório de Informática. Discutam sobre esses pontos e elaborem
regras juntamente com o instrutor, descrevendo-as em um cartaz para exposição.

6
02 COMPONENTES DO COMPUTADOR

Você sabe explicar o que é um computador? Pode-se dizer


que é uma máquina que, além de processar informações,
é um meio de comunicação, que nos auxilia em diversas
tarefas do dia a dia, em casa ou no trabalho.

E como eles são feitos? Há diversos modelos: os computadores de mesa conhecidos como
desktops, e os computadores portáteis, conhecidos como laptops ou notebooks.

Os computadores de mesa são basicamente compostos da seguinte forma:

1. MONITOR

Transmite e permite visualizar as informações na tela.

2. MODEM

Aparelho que estabelece conexão com a internet.

3. GABINETE

Além de proteger, acomoda as peças para o funcionamento do


computador.

7
4. MOUSE

É o componente que movimenta o cursor pelas telas e seleciona itens.

5. ALTO-FALANTE

Utilizados para transmitir os sons.

6. IMPRESSORA

Transfere os dados que estão no computador para o papel.

7. TECLADO

Permite digitar as informações.

Os notebooks ou laptops são diferentes, pois os componentes estão juntos.


Confira abaixo:

1. MONITOR

Transmite e permite visualizar as informações na tela.

2. TECLADO

Permite digitar as informações.

8
3. ENTRADA DE COMPONENTES

Nesses locais são conectados o mouse, o fone de ouvido e qualquer outro


componente.

4. TOUCHPAD

Desempenha a mesma função que o mouse, é uma área sensível ao toque que
permite mover o cursor na tela.

O próximo passo é conhecer como é seu funcionamento e como são chamadas


as partes que o compõem. E para entender você irá aprender sobre software e
hardware.

2.1 O que é software?


A palavra software é definida como a parte lógica do Exemplos de softwares:
computador, ou seja, intelectual. É por meio dele que Sistemas Operacionais
comandos e instruções são realizados. Como isso acontece? (Windows, Linux etc.),
Os comandos e instruções são enviados aos componentes antivírus, editores de
(peças) e circuitos eletrônicos, que transmitem aos sistemas texto, programas para
operacionais, programas ou aplicativos (criados para a assistir filmes e músicas
realização de uma tarefa específica), o que será feito. etc.

Quando você interage, ou seja, quando faz uma tarefa,


como digitar um texto, é o software que permite que o
texto seja digitado. Quando um CD é inserido, é o software
que permite que as músicas sejam tocadas.

2.2 O que é hardware?


O hardware é a parte física, é o que pode ser tocado e
permite o funcionamento do computador. Mas lembre-se,
isso só acontece quando o hardware estiver integrado a um
software.

9
VOCÊ SABIA?
O conjunto de peças de hardware localiza-se no gabinete do computador de
mesa. E nos laptops, as peças ficam embaixo do teclado. Conheça abaixo:

Placa-mãe Fonte
Responsável em acomodar Componente que transforma a
os componentes e realizar a energia elétrica repassada aos outros
comunicação entre eles. Local onde componentes.
são instaladas as entradas para
dispositivos de USB, som etc. Placa de vídeo
Auxilia nos programas como jogos e
Memória RAM vídeos.
Componente que armazena dados
temporários ou provisórios, que são Drive ótico
repassados ao processador de maneira Faz a leitura e gravam os CDs e DVDs.
rápida.
Disco Rígido ou HD (Hard Drive)
Processador Componente em que são armazenados
Realiza os cálculos mais difíceis, que os dados salvos (gravados) como
possibilitam a execução de programas. músicas, vídeos e programas.

10
03 O QUE SÃO PERIFÉRICOS OU DISPOSITIVOS?

O computador divide-se em várias partes, chamadas de periféricos ou


dispositivos, sendo eles o mouse, monitor, CPU, teclado, memória, placa-mãe,
gabinete entre outros.

Os equipamentos são ligados entre si e permitem a interação entre o homem


e a máquina. Basicamente, são divididos em três partes:

PERIFÉRICOS OU DISPOSITIVOS DE SAÍDA

Transmitem e exibem as informações processadas.


Exemplo: monitor, impressora caixa de som etc.

PERIFÉRICOS OU DISPOSITIVOS DE ENTRADA

Enviam ou fornecem as informações para o computador.


Exemplo: teclado, mouse, joystick (controle para jogos), webcam.

PERIFÉRICOS OU DISPOSITIVOS DE ENTRADA

Guardam as informações e os dados que vão para o computador.


Exemplo: pen drive, disco rígido, cartão de memória etc.

SAIBA MAIS
Existem ainda os dispositivos de entrada e saída, que enviam informações para o
computador e recebem informações dele.
Exemplos: monitor touchscreen, drive de DVD, modem, CDs e DVDs.

EXERCÍCIO No final da apostila, você irá encontrar o Jogo da


Memória. Após recortar as cartas, embaralhe-as e
Teste seus conhecimentos
distribua em fileiras; vire os nomes e as figuras para
sobre os dispositivos.
cima durante 15 segundos. Depois, desvire as cartas.

11
O objetivo do jogo é relacionar o tipo com o Para dificultar o jogo, você pode determinar um
dispositivo. Se estiver errado, as peças devem tempo e não mostrar a posição das figuras.
ser colocadas no lugar. Você pode jogar
individualmente ou com seu colega.

Vence aquele que conseguir unir os pares em


3 minutos. Ao iniciar o jogo novamente, as
cartas devem ser embaralhadas.

Com o jogo da memória, você conferiu alguns tipos de dispositivos existentes, que são
comercializados em diversos modelos e que diferem no tamanho, na forma, na capacidade
de armazenamento e até no modo de conexão. Por exemplo, fones de ouvido, impressoras,
teclados, mouses e outros podem ser conectados com fio ou sem fio, neste caso por meio da
tecnologia chamada de Bluetooth, que permite a transmissão de dados entre os aparelhos
que estejam perto um do outro.

Você também irá encontrar diversos modelos de monitores: podem ter a função apenas de
monitor ou de monitor e TV. São encontrados os modelos com a tela de CRT (atualmente,
não são mais comercializados), LCD, Plasma e LED.

Para complementar o estudo dos dispositivos, traga anúncios de


mercado e lojas que contenham produtos de informática. Em
EXERCÍCIO
grupos, façam cartazes inserindo o nome do dispositivo e suas Teste seus conhecimentos
características, por exemplo: o tamanho, como acontece seu sobre os dispositivos.

funcionamento etc. Descreva qual é o tipo de dispositivo (saída,


entrada ou armazenamento).
Digitalizadores, joystick, MP3 e MP4, filmadoras são outros exemplos
de dispositivos.

Bom trabalho!

12
CURIOSIDADE
Você já ouviu falar em impressora 3D?
Elas imprimem qualquer objeto, podendo ser brinquedos capas para celulares e até motos
em tamanho real. Como funciona?
A partir de imagem tridimensional (3D), a impressora lê esse desenho e o transforma num
objeto que pode ser de plástico, alumínio, gesso entre outros.

2.3 Equipamentos para a proteção de rede elétrica


nobreak, estabilizador, filtros de linha

É importante conhecer os equipamentos que fazem as ligações elétricas e os


aparelhos que protegem de problemas que podem ocorrer na rede elétrica.

Os equipamentos utilizados são:

FILTRO DE LINHA

É comum chamar esse equipamento de régua.


São utilizados para filtrar a energia elétrica e permite que outros aparelhos sejam ligados a ele.

ESTABILIZADOR DE TENSÃO

Esse aparelho protege os equipamentos contra as variações da rede elétrica, ou seja, ela é
estabilizada, evitando assim que o aparelho queime.

NOBREAKS
Este equipamento fornece o maior grau de proteção contra problemas. Quando há queda
de luz, ele garante a continuidade do fornecimento de energia, permitindo que os trabalhos
sejam salvos e a máquina seja desligada com segurança.

DICAS
Sempre confira a voltagem da rede elétrica tanto da sua cidade como do local em que vai
ligar aparelhos. Utilize equipamentos de segurança de boa qualidade, lembrando que a
prevenção é a melhor maneira de evitar danos.

13
ATENÇÃO
Confira se as tomadas estão ligadas corretamente.
Mantenha seu computador livre da poeira.

EXERCÍCIO
Relembre o que aprendeu?
Escreva os nomes dos componentes

14
04 OPERAÇÕES BÁSICAS

O computador é uma máquina com muitas funções que facilitam as tarefas, mas é
preciso conhecê-lo para que seja utilizado da melhor maneira, aumentando sua vida
útil e evitando problemas.

4.1 Ligar e desligar

Como você liga e desliga seu computador?


Saiba que existe uma maneira correta. Que tal conhecê-la?

Para ligá-lo, aperte o botão no gabinete se for um computador de mesa, ou clique no botão liga
e desliga no laptop. Assim que ligar, aparecerá a tela de boas-vindas e em seguida a tela inicial. A
tela padrão do Windows 7 é essa:

Você verá a Área de Trabalho,


com Ícones (símbolos dos
programas e aplicativos) e
a Barra de tarefas, ao lado
esquerdo está o botão Iniciar.

ATENÇÃO
Você conseguiu identificar o Botão Iniciar e a Barra de Tarefas?

Botão Iniciar

Barra de tarefas

15
Ao clicar em Iniciar, aparecerá o Menu e nele todos os itens e o botão Desligar.
Clique no botão Desligar e serão encerradas todas as atividades. E a luz se apagará.

EXERCÍCIO
Coloque em prática! Ligue e
desligue o seu computador.

Pronto! Esse procedimento deve ser feito


corretamente para evitar danos.

SAIBA MAIS
Na seta ao lado do botão Desligar, há
outras funções:

Bloquear: permite que você bloqueie


o computador. Para desbloquear, você
Trocar usuário: podem existir vários
deverá ter uma senha de usuário.
usuários e senhas, o que permite que outra
pessoa faça logon. Os seus programas e
Reiniciar: reinicia o Windows.
arquivos permanecem abertos.
Suspender: maneira de manter ligado o
computador com o consumo de energia
Fazer logoff: finaliza os programas e
baixo.
termina a sessão do Windows, mas não
desliga o computador.
Hibernar: esse processo salva os
documentos e desliga. É um método que
economiza mais bateria dos laptops.

16
4.2 O teclado
Como visto, o teclado é um dispositivo de entrada, pois ao digitar ou pressionar uma tecla,
informações estão sendo enviadas para que seja executada a tarefa. Além da função de
digitação, serve também para capturar imagens, navegar pela internet entre outras funções.

Como é o funcionamento de um teclado?

Primeiramente, é interessante saber que o teclado tem um padrão denominado QWERTY, esse
padrão já era utilizado nas máquinas de escrever.

Nos computadores de mesa, o teclado é dividido da seguinte forma: numérico, alfanumérico e


funções especiais.

Cada tecla tem uma função específica, veja abaixo:

Teclas de controle
Para realizar determinadas funções, podem ser utilizadas sozinhas ou juntamente
com outras teclas.

Teclas de função
Para realizar tarefas específicas, variam de programa para programa.

Teclas de navegação
Para editar texto e movimentar-se pelas telas.

Teclas de digitação alfanuméricas


São as teclas de números, letras, pontuação e símbolos.

17
Teclado de digitação numérico
Teclas somente de números; também com a função das teclas de navegação.

Luzes sinalizadoras
Mostram que as teclas Num Lock (teclado numérico), Caps Lock (tecla de letra
maiúscula) e Scroll Lock (trava de rolagem usada no programa Excel) estão
ativas.

Nos laptops os teclados são


diferentes. As teclas são juntas
e não há o teclado numérico.
Nesse exemplo, veja que tem
o touchpad, que possui a
mesma função do mouse.

Conheça agora a função de algumas teclas que são utilizadas com maior frequência:

Enter
Insere dados no computador.

Shift
Para digitar somente uma letra maiúscula, pressione a tecla Shift juntamente com uma
letra. Sua outra função é mostrar o símbolo que aparece na parte superior de uma tecla.
Por exemplo, para inserir o acento circunflexo na palavra dependência, pressione shift+ ^.

Fixa ou Caps Lock


Para digitar todas as letras maiúsculas, pressione uma única vez essa tecla. Note que em
cima do teclado acenderá uma luz, indicando que essa tecla está ligada.

18
Tab
Para mover-se de uma caixa de texto a outra rapidamente, é só clicar nesta tecla. Em
programas de texto, esta tecla permite a tabulação de dados.

Backspace
Exclui uma letra, um símbolo ou número quando estão posicionados à esquerda do
cursor.

Delete ou Del
Exclui uma letra, um símbolo, ou número quando estão posicionados à direita do curso.

ESC
Tecla com a função de cancelamento de um programa.

ALT
Essa tecla, quando pressionada juntamente com outras, mostra funções especiais. Sua
função varia de acordo com os programas.

ALT Gr
Em algumas teclas aparecem 3 símbolos. Ao pressionar a tecla Shift, aparece o 2º símbolo
e ao pressionar a tecla, aparece a 3ª função.

Barra de Espaço
Exclui uma letra, um símbolo ou número quando estão posicionados à esquerda do
cursor.

EXERCÍCIOS
Você saberia montar um teclado?
Ao final dessa apostila, você irá encontrar teclas que devem ser recortadas.
O desafio é montar um teclado sem olhar para o teclado.
Você vai precisar de:
• Cola | Tesoura | Cartolina

19
Além de conhecer as funções de um teclado, é importante que você saiba a maneira adequada para
utilizá-lo, o que agiliza o seu trabalho e evita doenças como a L.E.R − Lesões por Esforço Repetitivo − e
Tendinite − inflamação do tendão.

Confira abaixo o jeito correto de digitar:

DIREITA ESQUERDA

EXERCÍCIOS
Com o teclado que você montou, simule a posição
dos dedos, como indicado na figura acima.

20
4.3 O mouse (funções e tipos)
Assim como o teclado, o mouse também é um dispositivo de entrada. Ele
tem uma função de transformar os movimentos de suas mãos em ações
no monitor. Com ele, você aponta o cursor, clica, arrasta e visualiza o Menu
de programas.

Existem vários modelos de mouse, porém, o mouse padrão e mais usual é composto de 3
botões denominados como botão direito, botão esquerdo e Scroll. Conheça as funções
desses botões ao posicionar o cursor do mouse no local desejado:

Botão direito: possibilita o acesso ao Menu


de maneira rápida.

Botão esquerdo: é o botão mais usado, é


ele que direciona o cursor a partir do clique.

Scroll: está localizado entre os dois botões.


É usado para mover-se nas telas.

DICAS
Quando o botão esquerdo é pressionado e, ao mesmo tempo, move o scroll, é possível
selecionar os itens e textos que aparecem numa tela. Após selecionar, pressione o botão
esquerdo. Aparecerá o Menu para escolher a tarefa a ser realizada. Você também pode
fazer um duplo clique para selecionar uma frase e até um parágrafo.

CURIOSIDADE
O mouse foi inventando em 1964 e era feito de madeira. Mais tarde surgiu o mouse
mecânico, que tinha uma bolinha dentro. E, atualmente, os mouses são chamados de óticos
e apresentam uma luz que é detectada por um sensor, permitindo o seu funcionamento.

21
05 DEFINIÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

Os sistemas operacionais são softwares (programas) que


permitem a utilização do computador. É o responsável em
gerenciar e permitir que componentes do hardware (parte
física) e os programas e aplicativos (parte lógica) possam
ser utilizados.

CONCEITO
Define-se, portanto, que o Sistema Operacional é a conexão por meio de um
programa, que permite a realização de diversas tarefas.

Atualmente, existem os sistemas operacionais que são pagos (necessário comprar uma
licença) e os sistemas operacionais denominados como softwares livres (não há necessidade
de comprar licença). Os principais softwares são:

Softwares pagos: Windows da marca Microsoft e o Mac, da marca Apple.


Softwares livres: Linux.

Saiba um pouco mais de cada um.

5.1 MS-DOS-MicroSoft Disk


Operating System

Sistema operacional da Microsoft


muito utilizado na década de
90. É ainda um software básico,
sendo indispensável para o
funcionamento e resolução de
problemas.

22
5.2 Microsoft Windows

Também criado pela Microsoft, é um


sistema operacional bem popular.
Porém, é preciso adquirir uma licença
para utilizá-lo. Há várias versões como,
por exemplo: Windows XP, Windows 7,
Windows 8.

5.3 Mac OS X- Macintosh


Operating System

Desenvolvido pela marca Apple, é um


software que precisa de pagamento de
licença. Foi o primeiro a usar ícones na
área de trabalho que representam os
programas e aplicativos.

5.4 Linux

É um software que pode ser instalado,


utilizado e modificado, por isso é
considerado um software livre. Foi
desenvolvido pelo finlandês Linus
Torvalds que compartilhou sua ideia
e, hoje, várias empresas colaboram

para o aprimoramento deste software.


Atualmente, a utilização desse sistema
está cada vez mais popular.

23
06 UNIDADES DE MEDIDA

Outro assunto importante são as unidades de medidas. Define-se como unidade de medida a
representação de quantidade específica de determinada grandeza física, por exemplo:

Unidades de peso: o arroz é medido em quilo (K).


Unidade de velocidade: a velocidade de um carro é medida por quilômetro por hora
(KM/h).
Unidade de área: o tamanho da cancha de futebol é medida em metros (m²).

E como estabelecer essas medidas na Informática?

CONCEITO
Na Informática, as unidades de medidas são estabelecidas pelo código
binário. Determinando a quantidade de informações armazenadas por um
computador e a capacidade de armazenamento.
Entende-se como código binário o sistema de numeração que possui dois
algarismos: 0 e 1 que, ao serem convertidos, representam o que é digitado.

Confira as unidades de informação que representam esse código:

Bits-Binary BigiT: é a menor unidade de medida. Representado por 0 ou 1.


Bytes: conjunto de 8 Bits que combinados formam um caractere, ou seja, uma letra, um número,
um acento etc.
Dessa forma entende-se que:

1 Kilobyte (ou KB) 1024 bytes


1 Megabyte (ou MB) 1024 kilobytes
1 Gigabyte (ou GB) 1024 megabytes
1 Terabyte (ou TB) 1024 gigabytes
1 Petabyte (ou PB) 1024 terabytes
1 Exabyte (ou EB) 1024 petabytes
1 Zettabyte (ou ZB) 1024 exabytes
1 Yottabyte (ou YB) 1024 zettabytes

24
Veja na tabela abaixo como são representados os números e letras pelo código binário:

ALGARISMO CÓDIGO BINÁRIO


0 0000
Letra Código Binário
1 0001
A 1000001
2 0010
B 1000010
3 0011
C 1000011
4 0100
D 1000100
5 0101
E 1000100
6 0110
7 0111
8 1000
9 1001
0 1010

SAIBA MAIS
Na tabela abaixo, confira exemplos de capacidade dos dispositivos (essa capacidade varia
muito de acordo com o modelo):

Dispositivo Unidade Valor representado


CD MB 650 MB ou 700 MB
DVD GB 4.7 GB ou 8 GB
Pen drive GB 1 GB à 32 GB
Blue Ray GB 25 GB ou 54 GB
HD DVD GB 15 GB ou 30 GB

CURIOSIDADE
O matemático inglês George Boole (1815-1864) publicou a obra “As leis do pensamento”,
em 1854. Nela criou uma forma de armazenar e processar informações utilizando o código
binário, o que determina que os bits servem para representar números e qualquer outra
informação que precisa ser enviada a um computador.

25
07 A POSTURA CORRETA AO UTILIZAR O COMPUTADOR

Além de conhecer como é o computador, seu funcionamento e seus componentes, é


fundamental que leia sobre dicas para evitar problemas de saúde, ao utilizar sua máquina.

O que pode acontecer quando se permanece muito tempo na frente do computador?


Cansaço nos olhos, dor de cabeça, dor na coluna e doenças nas articulações são algumas
das possibilidades.

Aprenda como evitá-las:

1. Cuide de sua coluna. Ao sentar, mantenha suas 5. Dê uma pausa de 10 minutos a cada 1 hora.
costas retas, apoiadas no encosto da cadeira. Aproveite para alongar as mãos, punhos,
antebraço e esticar a coluna. Evite permanecer
2. Deixe os pés retos apoiados no chão, ou utilize no computador por horas seguidas.
um suporte para apoiá-los. Ajuste a cadeira de
acordo com sua altura. 6. Pisque com mais frequência evitando a
fadiga nos olhos (ardência e dor muscular).
3. Mantenha os cotovelos alinhados com os
pulsos e junto ao corpo. 7. O ambiente deve estar bem iluminado.
Confira algumas dicas na ilustração abaixo e
4. O monitor deve estar na altura dos seus olhos. aproveite para colocar em prática!

Confira algumas dicas na ilustração abaixo e aproveite para colocar em prática!

26
08 CONCLUSÃO

Parabéns!
Você chegou ao fim do curso Alfabetização Digital.
Relembre os assuntos desse curso?

Você conheceu um breve histórico de como foi o início e a evolução dos computadores.
Em seguida, estudou sobre os componentes do computador, a partir de conceitos e
exemplos de software, hardware e periféricos. Além dos sistemas operacionais, e conheceu
os equipamentos para a proteção de rede elétrica.

Aprendeu sobre as operações básicas como ligar e desligar, como é o funcionamento do


teclado e do mouse e quais são as unidades de medidas. E, também, conheceu a maneira
correta de sentar-se a fim de evitar doenças e cansaço.

Esperamos que você tenha aproveitado esse curso e coloque em prática.

09 REFERÊNCIAS

http://www.hardware.com.br/
http://www.tecmundo.com.br/infografico/9421-a-evolucao-dos-computadores.htm
http://www.tecmundo.com.br/linux/2031-a-historia-dos-sistemas-operacionais.htm?utm_
source=artigo_bottom_saibamais&utm_medium=tecmundo
http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/lab_virtual/trabalho_em_computador.html
http://www.museudocomputador.com.br/encimouse.php
http://www.tecmundo.com.br/impressora/2501-como-funciona-a-impressora-3d-.htm
http://www.imprima3d.com/conhecer

27
10 ANEXO 1 | JOGO DA MEMÓRIA

28
11 ANEXO 2 | QUEBRA-CABEÇA

29
12 CRÉDITOS

SESI – Serviço Social da Indústria


José Antonio Fares
Superintendente do SESI-PR

GEDUC – Gerência de Educação


Regina Berbetz
Gerente de Educação do SESI-PR

Yuri Queiroz
Gestão Inclusão Digital Itinerante 2.0

Projeto Editorial
Yuri Queiroz
Coordenação

Thaise Nardelli
Consultora Pedagógica

Alessandra Selva
Conteudista

Digital SK
Editoração e Layout

30