You are on page 1of 2

ELEMENTOS DA NARRATIVA FORENSE

A narrativa aparece nas petições iniciais, boletins de ocorrência, relatórios de pareceres,
sentenças e acórdãos.
Os elementos do que se chama narrativa forense são:
1) Centralidade: essência do fato, cerne (o centro) da questão.
2) Personagem
2.1) Ativo: que peopulsiona a situação de conflito.
2.2) Passivo: aquele que se sente lesado.
3) Caracterização
3.1) Familiar *ex: bom pai
3.2) Social *ex: bom vizinho
3.3) Profissional *ex: bom médico
4) Educação
4.1) Quantitativa: grau de escolaridade.
4.2) Qualitativa: utilização social da educação recebida.
*ex: utilizar em que se formou no dia-a-dia
5) Representatividade social: a relação do personagem com o contexto social; o que ele
representa socialmente.
*ele se sobressaiu no trabalho dele?
6) Espaço físico: meio no qual a situação ocorre.
*RJ, SP, etc...
7) Espaço social: relação entre os acontecimentos sociais e os personagens.
8) Tempo
8.1) Cronológico
*ex: dia 20, de noite, de dia, etc.
8.2) Psicológico
*tem que ter subsídios. Ex: o maníaco do parque dizia que era uma estrela de
Hollywood.

Texto: "A favor da vida".
Poucas profissões são tão ligadas à vida qto a de médico. Por isso é chocante
qdo surgem histórias como a de Dionísio Marcelo Caron, acusado pelo MP do
DF pela morte de duas pacientes, vítimas de imperícias cometidas por ele em
cirurgias plásticas, especialidade p/a qual não estava habilitado. O médico é
responsabilizado por 3 outras mortes, o que situa o caso na fronteira dos
assassinatos em série.
Além das vidas perdidas, o saldo da criminosa performance de Marcelo Caron
no manejo de um bisturi são arranhões na imagem da profissão. Afinal, pelo
menos desde 2000 tramitavam algumas sindicâncias no CRM de Goiânia contra
o médico. Ao todo eram 35 reclamações, das quais apenas 7 haviam sido
convertidas em processos. Marcelo Caron continuou a operar e a cometer
erros, 5 deles fatais. Foi preciso que a Justiça Federal de Brasília acolhesse
pedido do MP e cassasse o registro profissional do médico, diante das mortes e
da corporativa lentidão do CRM goiano...

1- Imperícia médica.
2- 2.1) Denísio Marcelo Caron
2.2) Vítimas. As próprias lesadas e não quem as representa.
3- 3.1) -

2) Exercia uma especialidade p/a qual não era habilitado. 4.1) Vinham ocorrendo fatos há vários meses. 4.3) Médico. 7. 4.Poderia-se dizer que a busca pelo corpo ideal levaria a busca de um cirurgião plástico.Goiânia. pois não está claro. 8. 6. mas culminou em janeiro de 2002.1) Superior. Melhor não colocar nada.Se era procurado por pacientes. 8.2) - . 3. no entanto.2) - 3. não está muito explícito no texto. 5. 8. era conhecido na praça.

Related Interests