You are on page 1of 37

Universidade Federal do Piauí - UFPI

Centro de Ciências da Saúde - CCS


Programa de Pós Graduação em Odontologia - PPGO
Disciplina: Tecnologia Aplicada a Odontologia
Professoras: Carmem Dolores Vilarinho Soares Moura
Carmen Milena Rodrigues Siqueira Carvalho

Aplicação do
Método de
Elementos Finitos
em Odontologia
Jessyca Leal Moura Fé
Lucas Lopes A. Sousa
Manuela Macena
Método de Elementos Finitos

É uma técnica computadorizada que permite o cálculo


de estresse, tensão, vibração, comportamento de
curvatura e outros fenômenos de uma ampla gama de
estruturas.

G. Vasudeva: Finite element analysis: A Boon To Dental Research. The Internet


Journal of Dental Science. 2009 Volume 6 Number 2
Método de Elementos Finitos

Permite por meio de um programa de


computador simular experiências
envolvendo estas características de
um determinado objeto de estudo

G. Vasudeva: Finite element analysis: A Boon To Dental Research. The Internet


Journal of Dental Science. 2009 Volume 6 Number 2
Método de Elementos Finitos

 Método matemático no qual um meio contínuo é subdividido em


elementos menores que mantém as propriedades do conjunto.

 Os elementos são descritos por equações diferenciais e


resolvidos por modelos matemáticos.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Assim é possível a aplicação de um sistema de
forças em qualquer ponto ou direção gerando assim
informações sobre deslocamento, grau de tensão da
estrutura analisada.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Desenvolvimento do Método
 O método foi originalmente desenvolvido em 1941 por Alexander
Hrennikoff e 1942 por Richard Courant na tentativa de resolver problemas
de elasticidade e análise estrutural em engenharia civil e aeronáutica.

SRIREKHA, A.; BASHETTY, K. Infinite to finite: an overview of finite element analysis. Indian J Dent
Res, v. 21, n. 3, p. 425-32, Jul-Sep 2010.
 Somente em 1947, Olgierd Zienkiewicz conseguiu unir
os modelos matemáticos dos dois precursores e
introduziu de fato o Método dos Elementos Finitos.

 Até então não havia de fato um método que


permitisse uma análise de modelos por método
matémático.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
K. Terada, M. Kurumatani / Finite Elements in Analysis and Design 41 (2004) 111–132.
K. Terada, M. Kurumatani / Finite Elements in Analysis and Design 41 (2004) 111–132.
K. Terada, M. Kurumatani / Finite Elements in Analysis and Design 41 (2004) 111–132.
 Com o advento dos sistemas computacionais foram
criados softwares específicos para análises de
diferentes estruturas.

 Devido a flexibilidade do método ele foi adotado por


uma ampla gama de áreas científicas.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
1968 - Ledley e Huang -
Análise da aplicação de 1973 - Farah e Craig –
forças sobre a estrutura Avaliação dos términos
marginais de preparos.
dentária.

ODONTOLOGIA

1978 - Yettram A.L – Força 1983 - Rubin C et al – Uso


de expansão do amálgama de modelos tridimensionais
de prata. em Odontologia.

Vasudeva : Finite element analysis: A Boon To Dental Research. The Internet Journal of Dental Science.
2009 V(6) 2.
 Definir o objeto de estudo.

 Possuir um método de escaneamento deste objeto.

 Software de análise.

 Informações detalhadas do objeto.

SRIREKHA, A.; BASHETTY, K. Infinite to finite: an overview of finite element analysis. Indian J Dent
Res, v. 21, n. 3, p. 425-32, Jul-Sep 2010.
Obtenção do Modelo Experimental

 Definição da estrutura de pesquisa.

 Desenho gráfico da estrutura pesquisada por um


programa de computador específico.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Obtenção do Modelo

Tomografia
Computadorizada

POIATE, I. A. et al. 2D and 3D finite element analysis of central incisor generated by computerized
tomography. Comput Methods Programs Biomed, v. 104, n. 2, p. 292-9, Nov 2011.
Obtenção do Modelo

System SkyScan 1172 Micro CT scanning


Obtenção do Modelo
 Subdivisão da estrutura em elementos finitos.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Unidades: elementos finitos

“Nó”: conecta as informações

Bidimensionais

Tridimensionais

HOHMANN, A. et al. Influence of different modeling strategies for the periodontal ligament on finite
element simulation results. Am J Orthod Dentofacial Orthop, v. 139, n. 6, p. 775-83, Jun 2011.
YANG, I. H. et al. Effects of cleft type, facemask anchorage method, and alveolar bone graft on maxillary
protraction: a three-dimensional finite element analysis. Cleft Palate Craniofac J, v. 49, n. 2, p. 221-9,
Mar 2012.
Modelo Experimental

Determinar as propriedades físicas e


mecânicas do modelo experimental

• Comportamento dos materiais frente a


uma deformação:
Elásticos não lineares
Plásticos
Elasto-plásticos
Viscoeláticos
Viscoplásticos

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Outras características

Isotrópicos

Anisotrópicos Ortotrópicos

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Modelo Experimental
 Coeficiente de Poisson: valor absoluto da relação
entre as deformações transversais e longitudinais em
um eixo de tração axial.

 Módulo de Young: inclinação da porção linear do


diagrama de tensão/ deformação do material.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Modelo Experimental
 Se possível, todas as estruturas relacionadas ao
objeto de estudo devem ser descritas no modelo
experimental.

Maior precisão de resultados



 Obtenção do modelo é mais difícil
 Maior dificuldade na análise dos resultados

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Análise dos Resultados
 Etapa posterior a determinação das propriedade e aplicação
das cargas necessárias nos pontos desejados.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press
Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Análise dos Resultados

 Como ocorreu o deslocamento

 O tipo de movimento realizado

 A região que se deslocou em maior magnitude

 Distribuição das tensões sobre as estruturas


analisadas

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Análise dos Resultados

 Deslocamento em magnitude
Maior deslocamento de cada ponto em direção à resultante
dos deslocamentos existentes.

 Análise de Von Mises


Média das tensões em todas as direções.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Etapas para obtenção dos resultados

 Divisão da estrutura em elementos finitos;

 Formulação das propriedades de cada elemento;

 Reunião dos elementos para a obtenção de um modelo de


elementos finitos da estrutura;

 Aplicação das cargas necessárias;

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Etapas para obtenção dos resultados

 Especificação de como a estrutura se comporta;

 Resolução simultânea das equações algébricas e lineares;

 Cálculo das tensões e do deslocamento entre os elementos;

 Interpretação dos resultados.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Vantagens do Método

 Praticamente qualquer estrutura oral / maxilo facial pode


ser modelada e analisada,

 Controle das variáveis relacionadas ao experimento.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Limitações do Método
 A precisão dos resultados possui limites de tolerância:

◦ Variabilidade de tamanho ou forma dos objetos e


características dos próprios materiais.

◦ Simplificações pelo uso de método matemático.

◦ Perda de alguns detalhes pela subdivisão de estruturas


complexas em estruturas geométricas menores.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Possíveis erros do Método

 Omissão ou má interpretação de aspectos importantes do


comportamento físico do material.

 Erros do programa de computador não checados


devidamente.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
Possíveis erros do Método

 Utilização de programas inapropriados.

 Informações incorretas.

 Obtenção de malha simplificada.

 Uso de elemento inadequado.

LOTTI, Raquel S. et al . Aplicabilidade científica do método dos elementos finitos. Rev. Dent. Press Ortodon.
Ortop. Facial, Maringá, v. 11, n. 2, Apr. 2006.
O objetivo deste estudo foi o de visualizar as
tensões e padrões de distribuição de tensão em
limas ProTaper Universal F2 e estabelecer o
relacionamento de tensão e estresse-curvatura
para este instrumento sob várias condições
usando Método de Elementos Finitos 3D

Yun G et al . JOE, v. 37, n. 3, March. 2013.


Um modelo geométrico preciso de um
instrumento Universal F2 ProTaper foi
criado. Dois tubos retos curtos
também foram modelados para
representar as partes do canal
radicular apical e coronal à curvatura.

Em seguida, o processo foi limitado a


uma curva de intensidade variável, o
comprimento da curva e a posição. A
máxima tensão de von Mises e tensão
no lado de tensão do instrumento foi
medida a intervalos de 5 graus em um
pacote de simulação numérica

(LS-DYNA; Livermore Software


Technology, Livermore, CA).

Yun G et al . JOE, v. 37, n. 3, March. 2013.


“ O modelo dinâmico, numérico
pode ser usado para avaliar e
comparar o comportamento do
aparelho em diferentes curvaturas
do canal radicular.

A tensão imposta sobre o


instrumento é influenciado pela
aspereza e grau de curvatura, bem
como o local da curva ”

Yun G et al . JOE, v. 37, n. 3, March. 2013.