You are on page 1of 6

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe

PJe - Processo Judicial Eletrônico

26/09/2018

Número: 0600849-88.2018.6.25.0000
Classe: REPRESENTAÇÃO
Órgão julgador colegiado: Colegiado do Tribunal Regional Eleitoral
Órgão julgador: JUIZ AUXILIAR ROBERTO EUGÊNIO DA FONSECA PORTO
Última distribuição : 06/09/2018
Valor da causa: R$ 0,00
Assuntos: Divulgação de Fatos Inverídicos na Propaganda Eleitoral
Objeto do processo: ENTREVISTA. (trecho de 9min3seg a 10min10seg ). PROGRAMAÇÃO NORMAL.
RÁDIO 930 AM. MANHÃ. PROGRAMA GENTE PRA GENTE. 06/09/2018. FATOS INVERÍDICOS. FICHA
SUJA. CANDIDATO. GOVERNADOR. CHEFE DO EXECUTIVO ESTADUAL. PEDIDO LIMINAR.
Segredo de justiça? NÃO
Justiça gratuita? NÃO
Pedido de liminar ou antecipação de tutela? SIM
Partes Procurador/Terceiro vinculado
BELIVALDO CHAGAS SILVA (REPRESENTANTE(S)) JAIRO HENRIQUE CORDEIRO DE MENEZES
(ADVOGADO(S))
PAULO ERNANI DE MENEZES (ADVOGADO(S))
PRA SERGIPE AVANÇAR 11-PP / 15-MDB / 27-DC / 65-PC JAIRO HENRIQUE CORDEIRO DE MENEZES
do B / 55-PSD / 13-PT / 31-PHS (REPRESENTANTE(S)) (ADVOGADO(S))
PAULO ERNANI DE MENEZES (ADVOGADO(S))
ANTONIO CARLOS VALADARES FILHO JOSE LAURO SEIXAS LIMA (ADVOGADO(S))
(REPRESENTADO(S)) HANS WEBERLING SOARES (ADVOGADO(S))
MARCOS ANTONIO CORREA LIMA (ADVOGADO(S))
LEO PERES KRAFT (ADVOGADO(S))
ARTHUR CEZAR AZEVEDO BORBA (ADVOGADO(S))
FRED D AVILA LEVITA (ADVOGADO(S))
CARLOS ENRIQUE ARRAIS CAPUTO BASTOS
(ADVOGADO(S))
LUIS GUSTAVO MOTTA SEVERO DA SILVA
(ADVOGADO(S))
SERGIO ANTONIO FERREIRA VICTOR (ADVOGADO(S))
UM NOVO GOVERNO PARA NOSSA GENTE 40-PSB / 12- ARTHUR CEZAR AZEVEDO BORBA (ADVOGADO(S))
PDT / 54-PPL / 14-PTB / 90-PROS / 44-PRP CARLOS ENRIQUE ARRAIS CAPUTO BASTOS
(REPRESENTADO(S)) (ADVOGADO(S))
FRED D AVILA LEVITA (ADVOGADO(S))
HANS WEBERLING SOARES (ADVOGADO(S))
JOSE LAURO SEIXAS LIMA (ADVOGADO(S))
LEO PERES KRAFT (ADVOGADO(S))
LUIS GUSTAVO MOTTA SEVERO DA SILVA
(ADVOGADO(S))
MARCOS ANTONIO CORREA LIMA (ADVOGADO(S))
SERGIO ANTONIO FERREIRA VICTOR (ADVOGADO(S))
PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL EM SERGIPE
(FISCAL DA LEI)
Documentos
Id. Data da Documento Tipo
Assinatura
84665 26/09/2018 10:37 Intimação Intimação
PUBLICAÇÃO DE DECISÃO NO MURAL ELETRÔNICO

REPRESENTAÇÃO Nº 0600849-88.2018.6.25.0000
ORIGEM: Aracaju - SERGIPE
JUIZ(a) RELATOR(a): ROBERTO EUGÊNIO DA FONSECA PORTO

REPRESENTANTE(S): BELIVALDO CHAGAS SILVA, PRA SERGIPE AVANÇAR 11-PP / 15-MDB


/ 27-DC / 65-PC DO B / 55-PSD / 13-PT / 31-PHS
Advogados do(a) REPRESENTANTE(S): PAULO ERNANI DE MENEZES - SE1686, JAIRO
HENRIQUE CORDEIRO DE MENEZES - SE003131
Advogados do(a) REPRESENTANTE(S): PAULO ERNANI DE MENEZES - SE1686, JAIRO
HENRIQUE CORDEIRO DE MENEZES - SE003131
REPRESENTADO(S): ANTONIO CARLOS VALADARES FILHO, UM NOVO GOVERNO PARA
NOSSA GENTE 40-PSB / 12-PDT / 54-PPL / 14-PTB / 90-PROS / 44-PRP
Advogados do(a) REPRESENTADO(S): JOSE LAURO SEIXAS LIMA - SE5579, HANS WEBERLING
SOARES - SE3839, MARCOS ANTONIO CORREA LIMA - SE6370, LEO PERES KRAFT - SE339B,
ARTHUR CEZAR AZEVEDO BORBA - BA14094, FRED D AVILA LEVITA - SE5664, CARLOS
ENRIQUE ARRAIS CAPUTO BASTOS - DF24618, LUIS GUSTAVO MOTTA SEVERO DA SILVA -
PR44980, SERGIO ANTONIO FERREIRA VICTOR - DF19277
Advogados do(a) REPRESENTADO(S): ARTHUR CEZAR AZEVEDO BORBA - BA14094, CARLOS
ENRIQUE ARRAIS CAPUTO BASTOS - DF24618, FRED D AVILA LEVITA - SE5664, HANS
WEBERLING SOARES - SE3839, JOSE LAURO SEIXAS LIMA - SE5579, LEO PERES KRAFT -
SE339B, LUIS GUSTAVO MOTTA SEVERO DA SILVA - PR44980, MARCOS ANTONIO CORREA
LIMA - SE6370, SERGIO ANTONIO FERREIRA VICTOR - DF19277

DESPACHO / DECISÃO

ELEIÇÕES 2018. REPRESENTAÇÃO. PROPAGANDA


ELEITORAL IRREGULAR. ENTREVISTA. PROGRAMAÇÃO
NORMAL DE RÁDIO. ALEGAÇÃO DE DIVULGAÇÃO DE
CONTEÚDO SABIDAMENTE INVERÍDICO.
IRREGULARIDADE NÃO CARACTERIZADA.
IMPROCEDÊNCIA DOS PEDIDOS.

1. Fato sabidamente inverídico é aquele que não demanda


investigação, ou seja, é o que se percebe de plano, que não
demanda esforço a sua compreensão. E, no caso concreto,
percebe-se que, no momento da entrevista, ainda havia
discussão a respeito de possível irregularidade em contas de
pasta outrora titularizada pelo representante Belivaldo
Chagas, circunstância que não pode ser desconsiderada ao
se fazer enquadramento da situação fática à norma regente
da matéria.

2. Improcedência dos pedidos.

DECISÃO
Vistos etc.

Assinado eletronicamente por: WALTENES SILVA DE JESUS - 26/09/2018 10:37:27 Num. 84665 - Pág. 1
https://pje.tre-se.jus.br:8443/pje-web/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam?x=18092610371933700000000083656
Número do documento: 18092610371933700000000083656
BELIVALDO CHAGAS SILVA e COLIGAÇÃO PRA SERGIPE AVANÇAR ajuízam
REPRESENTAÇÃO, com pedido de direito de resposta, em face de ANTÔNIO CARLOS
VALADARES FILHO e COLIGAÇÃO UM NOVO GOVERNO PARA NOSSA GENTE, sob a
alegação de prática de propaganda eleitoral irregular.

Afirmam que, no dia 06/09/2018, em entrevista concedida à Rádio 930 AM, o candidato
representado teria (...)divulgado fatos sabidamente inverídicos (fake news) no intuito de
atingir de forma direta o candidato da coligação representante, comprometendo a lisura
do sufrágio.

Citam trechos da entrevista que, no entender dos representantes, são inverídicos, dizendo
que Valadares Filho afirma que Belivaldo Chagas é ficha suja, o que, segundo os
representantes, não corresponde à verdade, mesmo porque Belivaldo Chagas teve o seu
pedido de registro de candidatura deferido.

Aduzem ofensa ao art. 58 da Lei nº 9.504/97 e art. 5º da Resolução TSE nº 23.547/2017.

Diante do exposto, requerem:

1. Concessão de liminar para determinar aos representados que se


abstenham de propagar, em qualquer meio de comunicação, a
notícia de que Belivaldo Chagas é "ficha suja", sob pena de multa
diária. Além disto, que seja concedido direito de resposta, no
mínimo, de 1 (um) minutos de duração, no mesmo programa de
rádio;

2. Julgamento pela procedência do pedido para condenar os


representados ao pagamento de multa por divulgação de notícia
falsa, tornando definitiva a liminar concedida.

Como prova, juntam os documentos ID's 72834/72835.

Indeferi o pedido de tutela de urgência, por não vislumbrar, na entrevista concedida por
Valadares Filho na Rádio 930 AM qualquer ofensa ao candidato Belivaldo Chagas (doc. ID
73075).

Em contestação (doc. ID 73376), os representados aduzem, em síntese, que não teria sido dito
que o candidato representante seria ficha suja mesmo após o julgamento deste Tribunal, mas
que, pelo contexto se percebe, na opinião do representado teria ocorrido erro desta e. Corte,
por acreditar que o pedido de registro de Belivaldo Chagas deveria ter sido indeferido;
sustentam que o que se disse na entrevista teve como base condenação do representante no
TCE; dizem que a matéria ainda encontram-se em análise no TSE, por isto não se poderia
afirmar ser inverídica; enfatizam, por fim, que a expressão ficha suja é de utilização corrente
entre os candidatos, não se podendo afirmar, apenas por isto, que teria ocorrido ofensa.
Requer o julgamento pela improcedência dos pedidos formulados na representação.

O Ministério Público Eleitoral, de igual forma, pugna pela improcedência dos pedidos desta
representação.

É o relatório. Decido.

Cuida-se de REPRESENTAÇÃO, com pedido de direito de resposta, sob a alegação de que


Valadares Filho teria divulgado notícia falsa a respeito de Belivaldo Chagas, durante entrevista
concedida à emissora de rádio, em programa que foi ao ar no dia 06/09/2018.

Assinado eletronicamente por: WALTENES SILVA DE JESUS - 26/09/2018 10:37:27 Num. 84665 - Pág. 2
https://pje.tre-se.jus.br:8443/pje-web/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam?x=18092610371933700000000083656
Número do documento: 18092610371933700000000083656
De início, verifico ser tempestiva a representação, porquanto, de acordo com o inc. II, § 1º, do
art. 58 da Lei nº 9.504/97, o ofendido ou o seu representante legal pode pedir direito de
resposta à Justiça Eleitoral no prazo de quarenta e oito horas, contado a partir da veiculação
da ofensa, quando se tratar da programação normal das emissoras de rádio e televisão.

Quanto ao pedido de direito de resposta, o caput do citado artigo assim textualiza: A partir da
escolha de candidatos em convenção, é assegurado o direito de resposta a candidato,
partido ou coligação atingidos, ainda que de forma indireta, por conceito, imagem ou
afirmação caluniosa, difamatória, injuriosa ou sabidamente inverídica, difundidos por
qualquer veículo de comunicação social.

Como foi relatado, os representantes entendem como afirmação caluniosa e sabidamente


inverídica que, entendem, ensejaria direito de resposta, o fato de o candidato Valadares Filho,
em resposta a uma pergunta que lhe teria sido feita por apresentador de programa de rádio,
acerca da ação de impugnação oposta em relação ao pedido de registro de candidatura de
Belivaldo Chagas, ao cargo de governador do estado, ter respondido o seguinte:

Nós fizemos a nossa parte, nós denunciamos um ficha suja. No nosso


entendimento jurídico, através de contas rejeitas __ em contas do estado,
como ele foi secretário da educação, ele é ficha suja. Denunciamos, o
Ministério Público acatou, pedimos (in)deferimento da candidatura, o tribunal
regional eleitoral fez a discussão. O presidente inclusive votou favorável ao
parecer do ministério público, no voto muito duro, e agora vai para o TSE.
Está na mão da justiça, fizemos a nossa parte. [...]. (grifei)

Pois bem. Examinando detidamente o acervo probatório colacionado aos autos, não se
vislumbra, nas palavras proferidas pelo candidato representado, ofensa ao candidato
representante Belivaldo Chagas que importe em concessão de direito de resposta. Isso porque,
do que se extrai do contexto da entrevista, a afirmação de ser o candidato representante ficha
suja seria uma alusão à irregularidade em prestação de contas do estado, que resultaram em
ação de impugnação ao seu pedido de registro de candidatura, cujo processo, à época dos
fatos, encontrava-se com recurso pendente de julgamento.

Vê-se, ademais, que não houve manipulação de fatos ou inversão de contextos na resposta
proferida pelo candidato representado, em ordem a importar malferimento à legislação eleitoral.

Calha também acrescentar que fato sabidamente inverídico é aquele que não demanda
investigação, ou seja, é o que se percebe de plano, que não demanda esforço a sua
compreensão. E, no caso concreto, percebe-se que, no momento da entrevista, ainda havia
discussão a respeito de possível irregularidade em contas de pasta outrora titularizada pelo
representante Belivaldo Chagas, circunstância que não pode ser desconsiderada ao se fazer
enquadramento da situação fática à norma regente da matéria.

Cito, a propósito, o seguinte julgado:

Recurso eleitoral. Representação. Direito de resposta. Fato sabidamente


inverídico. Afirmações caluniosas. Não configuração. Mera crítica à gestão
atual. Inexistência de direito de resposta. Desprovimento. 1. A mensagem,
para ser caracterizada como sabidamente inverídica, deve conter inverdade
flagrante, que não apresente controvérsia, não cabendo, na espécie,
constatar a veracidade das informações veiculadas; 2. O discurso proferido
na propaganda hostilizada não ultrapassou os limites da mera crítica inerente
ao jogo político e comum no Estado Democrático de Direito, mostrando-se,
por conseguinte, regular; 3. Recurso a que se nega provimento.

Assinado eletronicamente por: WALTENES SILVA DE JESUS - 26/09/2018 10:37:27 Num. 84665 - Pág. 3
https://pje.tre-se.jus.br:8443/pje-web/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam?x=18092610371933700000000083656
Número do documento: 18092610371933700000000083656
(TRE-BA - RE: 1418 SALVADOR - BA, Relator: PATRÍCIA CERQUEIRA
KERTZMAN SZPORER, Data de Julgamento: 12/09/2016, Data de
Publicação: PSESS - Publicado em Sessão, Volume 18:46, Data 12/09/2016)

Assim, à vista do exposto, julgo IMPROCEDENTES os pedidos formulados nesta


REPRESENTAÇÃO.

Aracaju (SE), em 25 de setembro de 2018.

DES. ROBERTO EUGENIO DA FONSECA PORTO


JUIZ AUXILIAR DA PROPAGANDA

Assinado eletronicamente por: WALTENES SILVA DE JESUS - 26/09/2018 10:37:27 Num. 84665 - Pág. 4
https://pje.tre-se.jus.br:8443/pje-web/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam?x=18092610371933700000000083656
Número do documento: 18092610371933700000000083656