You are on page 1of 15

Íngrede Ferreira – Lic.

em Química

Ligações Químicas

Introdução

Na natureza e no nosso dia a dia, notamos que alguns materiais conduzem energia
elétrica e outros não, se quebram facilmente e outros são difíceis de romper ou
danificar, outros esticam, são moles... etc. Tudo isso é possível por causa da natureza
das ligações químicas e a estrutura geométrica do material (veremos em breve). Por isso
é importante entendermos como ocorrem as ligações químicas.

O que já sabemos:

Já vimos anteriormente que os gases nobres são átomos isolados em temperatura
ambiente. Eles tem pouca tendência para unir com outros átomos, por isso dizemos que
são pouco estáveis ou pouco reativos.

O que precisamos saber:

✓ As forças que mantém os átomos unidos são de natureza elétrica e são
responsáveis pelas ligações químicas.

✓ Valência é a capacidade de um átomo se ligar a outros átomos. E a última
camada de valência do átomo é onde a ligação química acontece.

✓ Regra do Octeto: com exceção do hélio (que é estável com 2 elétrons), foi
constatado que os átomos dos gases nobres tem sempre 8 elétrons no último
nível energético (ou camada) e por isso são estáveis. Então, os cientistas Lewis e
Kossel criaram a seguinte regra: os átomos, ao se unirem, procuram perder,

Mas. Essa regra ficou conhecida com Regra do Octeto e é usada até hoje. ligação covalente e ligação metálica. Fazendo a distribuição do Na e do Cl. Vamos tomar como exemplo a formação do cloreto de sódio (NaCl). Observe a equação química que expressa essa reação: Na (s) + Cl(g) → NaCl(s) Na figura 1. representaremos como essa reação ocorre utilizando o modelo atômico de Bohr. Lembre-se: é na última camada de valência que estão os elétrons que participaram da ligação química. Há três tipo de ligações: ligação iônica. temos: . muitos átomos encontram estabilidade com mais de oito elétrons na última camada de valência ou até com menos elétrons. até atingirem a configuração eletrônica de gás nobre. Entenderemos como cada uma acontece e suas particularidades nos tópicos a seguir: 1.A Ligação Iônica: A ligação iônica é aquela em que átomos se ligam por transferência de elétrons de um átomo para outro. em Química ganhar ou compartilhar elétrons no último nível de energia (ou camada de valência). como toda regra tem exceção. Íngrede Ferreira – Lic.

“desocupando” sua última camada e ficando com 8 elétrons e se transforma em um cátion (que tem carga positiva). nessa reação o sódio doa um elétron para o cloro. .Representação da ligação entre sódio e cloro. Íngrede Ferreira – Lic. você já sabe que cargas elétricas opostas de atraem e iguais se repelem. Agora você deve estar se perguntando: mas como ocorre de fato a ligação iônica? Porque ela tem esse nome? Pois bem. em Química 11Na: 1s2 2s2 2p6 3s1 17Cl: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 Na Cl Na+ Cl- Figura 1. na prática a reação não ocorre somente com dois átomos. pois se ele perdeu 1 elétron e os números de elétrons e prótons são iguais em um átomo. O tracejado representa as camadas. já que agora ficou com excesso de carga negativa (18 elétrons e 17 prótons). negativo) se atraem e se mantêm unidos pela chamada Ligação Iônica gerando a substância cloreto de sódio. Porém. há uma tendência muito forte desse átomo doar elétrons. tem grande tendência de receber elétrons. o núcleo está representado pela bolinha vermelha e os elétrons pelas bolinhas azuis ou verdes. sua última camada completa o octeto e ele se transforma em ânion (que tem carga negativa). existe apenas um elétron. possui sete elétrons em sua última camada e por ser um ametal. Como ele é um metal. Então. Na camada de valência do sódio. positivo) e o ânion (Cl. O cátion (Na. Como o cloro recebe esse elétron. o famoso sal de cozinha. significa que tem excesso de carga positiva (10 elétrons e 11 prótons). Já o cloro.

. Figura 2. em Química mas um número enorme de átomos que formam um aglomerado de íons arrumados em forma cúbica que chamamos de Retículo Cristalino (Figura 2). a ligação iônica ocorre entre metais e ametais.O Retículo Cristalino. As bolinhas vermelhas representam os cátions e as bolinhas verdes representam os ânions. e os metais possuem grande Afinidade Eletrônica (energia liberada quando um elétron é adicionado a um átomo neutro no estado gasoso). Nela. Íngrede Ferreira – Lic. Isso porque os metais tem grande Energia de Ionização (que é a energia necessária para retirar um elétron de um átomo isolado no estado gasoso). Simbologia de Lewis: Lewis definiu uma forma de representar as ligações. A Ligação Iônica e a Tabela Periódica: Geralmente. o símbolo da espécie química é rodeado por pontinhos (ou “x”) que representam os elétrons na última camada (Figura 3): Figura 3 – Representação de Lewis para a ligação iônica.

. H + H → H2 Figura 4. Íngrede Ferreira – Lic. completar o octeto. 2.compartilhamento de elétrons entre átomos de hidrogênio. Observe a formação da molécula H2 (Figura 5). em Química Metais tem tendência Ametais tem a perder elétrons tendência a receber para completar o elétrons para octeto. Distribuição eletrônica do hidrogênio: 1s1.A Ligação Covalente: A ligação covalente ocorre quando átomos compartilham entre si dois ou mais pares de elétrons para possuírem 8 elétrons na camada de valência.

A Ligação Covalente Coordenada Aqui. empresta para um átomo que necessita preencher sua camada de valência com 8 elétrons. o par eletrônico é cedido “emprestado” apenas por um dos átomos da ligação. Íngrede Ferreira – Lic. Um exemplo é o SO2. Um oxigênio faz ligação covalente dupla com o enxofre (S).atração de cargas opostas na ligação covalente. e assim todos obedecem a regra do octeto (Figura 7). o enxofre “empresta” um par de elétrons. Atração Atração Figura 5. O átomo que cede seu par eletrônico não o perde. Figura 6). Repulsão entre elétrons Repulsão Figura 6. em Química Os átomos não se separam porque há um equilíbrio entre as forças de atração elétrica (de núcleos e elétrons. Figura 5) e as forças de repulsão (entre os núcleos e entre os dois elétrons. que tem 6 elétrons na última camada. mas sim. Para o oxigênio que restou completar também. .repulsão de cargas iguais na ligação covalente. Então ambos estão com o octeto completo.

O Cloro possui 7 elétrons em sua última camada. Geralmente esses compostos são gases e São geralmente sólidos. eles fazem ligação covalente entre si para completar o octeto. em Química Figura 7 – Ligação covalente coordenada do SO2. isso chamamos também de composto molecular. teremos a seguinte figura (Figura 8): Figura 8 – Símbolos de Lewis representando a ligação Cl – Cl. Simbologia de Lewis para a Ligação Covalente: Tomaremos como exemplo a ligação Cl – Cl que forma a molécula Cl2. . Usando o os símbolos de Lewis para representar a ligação. líquidos. por São formados por aglomerados iônicos. covalentes. Não conduzem eletricidade. A ligação covalente forma moléculas. Possuem ponto de fusão e ponto de ebulição altos. Ex: NaNO3. Composto Covalente x Composto Iônico Agora vamos comparar as características entre os compostos iônicos e os compostos de ligação covalente. Apresentam baixo ponto de ebulição. Veja a tabela: Composto Covalente Composto Iônico Apresenta exclusivamente ligações Possuem pelo menos uma ligação iônica. Íngrede Ferreira – Lic. Conduzem eletricidade em solução aquosa.

Restam sempre 1. átomos desses elementos ligam-se entre si através da ligação metálica. em Química 3. São átomos neutros e cátions mergulhados em um “mar” de elétrons que caracteriza a ligação metálica. No estado sólido. que significa que os elétrons de sua camada mais externa são atraídos fracamente pelo núcleo e podem se movimentar de um átomo a outro. os átomos dos metais se agrupam de forma geometricamente ordenados (retículo metálico). Figura 9 – Representação da ligação metálica. existem ainda os metais que apresentam estrutura diferente. Em lâminas ou barras de cobre por exemplo. Características dos metais: . Os átomos dos elementos metálicos apresentam baixa afinidade eletrônica. sendo envolvidos pelos elétrons que se movimentam entre eles (Figura 10). Íngrede Ferreira – Lic.A Ligação Metálica: Além dos compostos iônicos e covalentes. Os núcleos permanecem fixos na estrutura do metal. por isso os elétrons escapam mais facilmente da força exercida pelo núcleo e circulam livremente pelo retículo metálico. 2 ou 3 elétrons em camadas mais afastadas no núcleo.

c) perder dois elétrons. Exercícios Resolvidos 1. ✓ Pontos de ebulição e pontos de fusão altos. b) perder 1 elétron. ✓ Densidade elevada. em Química ✓ Brilho metálico. d) ganhar dois elétrons. b) receber dois prótons. ✓ Condutividade elétrica. e) perder um próton. Católica de Dom Bosco-MG) um elemento de configuração eletrônica 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 possui forte tendência para: a) perder 5 elétrons. . d) perder dois prótons. ele deve: a) receber dois elétrons.(U. 2. c) perder 2 elétrons.(UFF-RJ) Para que um átomo neutro de cálcio (Ca) se transforme no íon Ca2+. ✓ Ductibilidade: podemos transformar metais em fios. ✓ Maleabilidade: podemos reduzir à chapas e lâminas finas. e) ganhar 1 elétron. Íngrede Ferreira – Lic.

a eletrosfera do silício adquire configuração de gás nobre. c) 2 elétrons em orbitais p. 6. e Y.(U. Depois de fazermos a distribuição eletrônica.(UFPA) Sejam os elementos X. é de se esperar a formação da molécula: a) SiH b) SiH2 c) SiH3 d) SiH4 e) SiH5 . 4. podemos afirmar que o composto mais provável formado pelos elementos é: a) YX2 b) Y3X2 c) Y2X3 d) Y2X e) YX 5. tem na sua camada de valência. Íngrede Ferreira – Lic.Escreva as fórmulas estruturais planas e as fórmulas de Lewis dos seguintes compostos: a) H2CO3. com 38 elétrons. F.(U. em Química 3. Santa Maria-RS) O elemento titânio (Z=22). d) 2 elétrons em orbitais s. a) 2 elétrons em orbitais d. com 53 elétrons. e) 4 elétrons em orbitais d. b) 6 elétrons em orbitais p. Católica de Salvador-BA) ao formar ligações covalentes com o hidrogênio. Com isso. b) NaNO3.

Resposta: letra c.X: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p5 = 7 elétrons. surgindo a substância YX2. Precisa de 1 elétron para completar o octeto. esquematicamente. Então o Ca se transformará no íon positivo Ca2+. Resposta: letra d. 5- 6.Ti: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d2 Dois elétrons na camada 4 de orbital s. Letra d. as estruturas de diferentes substâncias. 2. Íngrede Ferreira – Lic.Si: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p2 = 4 elétrons. Precisa perder esses dois elétrons para ter a última camada (4) com 8 elétrons.Ca: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 Perdendo os dois elétrons da última camada. 3. São necessários 4 átomos de hidrogênio (H= 1s1) para completar o octeto do Si.X: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 = 7 elétrons Precisa ganhar 1 elétron para completar o octeto e se tornar estável.(Fuvest-SP) as figuras abaixo representam. Resposta: letra a. Y: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 = 2 elétrons. LISTA DE EXERCÍCIOS 1. em Química Resolução 1. 4. Então: são necessários dois átomos de X para que o Y possa se livrar desses dois elétrons. Resposta: letra e. o Ca terá excesso de carga positiva (lembre-se que em um átomo em seu estado fundamental a quantidade de prótons e elétrons são iguais). à temperatura ambiente: I III II .

ferro e dióxido de carbono.(Acafe – SC) Considerando dois elementos A e B. b) Receber dois elétrons. ferro e cloreto de sódio. pode-se dizer que os átomos estão unidos por ligações covalentes somente no: a) CH4 e no NH3 . cloreto de sódio e dióxido de carbono. d) Receber dois elétrons. A molécula que apresenta somente uma ligação covalente normal é: a) F2 b) O2 c) CO d) O3 e) H2O 4. dióxido de carbono e ferro. respectivamente: a) Cloreto de sódio. c) Dióxido de carbono. o átomo de número atômico 16 deve: a) Perder dois elétrons. Católica Dom Bosco – MG) Para adquirir configuração eletrônica de gás nobre. Íngrede Ferreira – Lic. b) Cloreto de sódio. NH3 e NaCl. 3. F (Z= 9). em Química Sendo assim. como números atômicos 20 e 17. c) Perder quatro elétrons.(Unifor – CE) Quando se comparam as espécies químicas CH4. as figuras I. 2. e) Perder seis elétrons. H (Z= 1). dióxido de carbono e cloreto de sódio. II e III podem representar. d) Ferro. e) Ferro.(Mackenzie – SP) Dados: O (Z= 8). a fórmula e o tipo de ligação do composto formado estão da alternativa: a) AB2 – Ligação Covalente b) A2B – Ligação Iônica c) AB2 – Ligação Iônica d) A2B – Ligação Covalente e) A7B2 – Ligação Iônica 5. C (Z= 6).(U.

Considerando a regra do octeto. III. dois símbolos químicos são destacados em relação às duas primeiras letras de cada palavra título da série. • conduz corrente elétrica em solução aquosa. Gás Carbônico (CO2). Brometo de Hidrogênio (HBr). Íngrede Ferreira – Lic. • não se funde quando aquecido a 500 ºC. em Química b) NH3 e no NaCl c) CH4 e no NaCl d) CH4 e) NH3 6. Na abertura da série. III e IV e) I e IV 8. IV. Metanol (CH4O).Dados os compostos abaixo: I. • não conduz corrente elétrica no estado sólido. Cloreto de Sódio (NaCl). II.Um material sólido tem as seguintes características: • não apresenta brilho metálico. . a substância química formada pela ligação entre os dois elementos é a: a) Ba2Br2 b) Ba2Br3 c) Ba2Br d) BaBr3 e) BaBr2 7. Quais deles apresentam ligações covalentes? a) I b) III c) II e IV d) II. • é solúvel em água.(Universidade de Goiás) A série americana intitulada Breaking Bad vem sendo apresentada no Brasil e relata a história de um professor de Química.

b) Todas são iônicas. a 6. d) I é iônica e III é covalente.Qual a fórmula do composto formado entre os elementos 20Ca40 e 17Cl35 e qual a ligação envolvida? a) CaCl. 9. e) Ca2Cl. c) Molecular. em Química Trata-se de um sólido: a) Iônico. d 3. c) CaCl2.Considere os seguintes compostos do enxofre (S): I. c 5. iônica. iônica. b) Covalente. GABARITO 1. d) CaCl2. Íngrede Ferreira – Lic. d . Na2SO4 III. d 2. b) CaCl. covalente. ZnS Sobre a natureza das ligações químicas das substâncias acima é possível afirmar que: a) Todas são covalentes. SO3 II. e) I é covalente e II e III são iônicas. c) I e II são covalentes e III é iônica. d) Metálico. iônica. e 7. covalente. a 4. 10.

Íngrede Ferreira – Lic. Sala de Leitura. R. R. Acessado em 26 de julho de 2014. REY. Vol 1. São Paulo. Química geral.br/condigital/mvsl/. .a 9.e Referências: FELTRE. N.c 10.puc-rio. Ligações Químicas: Covalentes e Iônicas. Química Geral. Disponível em: http://web. Editora Moderna. São Paulo. Conceitos Essenciais. McGraw Hill.A. 4º Ed.ccead. 6º Ed. em Química 8. CHANG.