You are on page 1of 5

27/09/2018 · Processo Judicial Eletrônico - TRE-DF

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

REPRESENTAÇÃO (11541) - Processo nº 0602870-38.2018.6.07.0000

RELATOR(A): DIVA LUCY DE FARIA PEREIRA

REPRESENTANTE: COLIGAÇÃO BRASÍLIA DE MÃOS LIMPAS, RODRIGO SOBRAL ROLLEMBERG

Advogados do(a) REPRESENTANTE: RAFAEL SASSE LOBATO - DF34897, GABRIELA ROLLEMBERG DE


ALENCAR - DF25157, CAROLINA LOUZADA PETRARCA - DF16535, BARBARA DO NASCIMENTO PERTENCE -
DF56000, CASSIO THITO ALVARES DE CASTRO - DF50568, DANIEL LOUZADA PETRARCA - DF23104,
JANAINA ROLEMBERG FRAGA - DF52708, PEDRO IVO GONCALVES ROLLEMBERG - DF54535, RAISSA ALVES
ARAUJO - DF50947, RODRIGO DA SILVA PEDREIRA - DF029627
Advogados do(a) REPRESENTANTE: CAROLINA LOUZADA PETRARCA - DF16535, RAFAEL SASSE LOBATO -
DF34897, GABRIELA ROLLEMBERG DE ALENCAR - DF25157, CASSIO THITO ALVARES DE CASTRO -
DF50568, DANIEL LOUZADA PETRARCA - DF23104, JANAINA ROLEMBERG FRAGA - DF52708, PEDRO IVO
GONCALVES ROLLEMBERG - DF54535, RAISSA ALVES ARAUJO - DF50947, RODRIGO DA SILVA PEDREIRA -
DF029627, BARBARA DO NASCIMENTO PERTENCE - DF56000, CARLA LOUZADA MARQUES CARMO -
DF20422
 

REPRESENTADO: COLIGAÇÃO JUNTOS DE VOCÊ, ELIANA MARIA PASSOS PEDROSA

DECISÃO
 

Cuida-se de Representação ajuizada pela COLIGAÇÃO BRASÍLIA DE MÃOS LIMPAS (PSB, PDT, PV,
REDE, PCdoB) e por RODRIGO SOBRAL ROLLEMBERG em desfavor da COLIGAÇÃO JUNTOS DE
VOCÊ (PROS, PTB, PHS, PATRI, PMN, PTC, PMB) e de ELIANA MARIA PASSOS PEDROSA.

Insurgem-se os Representantes contra discurso proferido pelos Representados, via Rádio, no dia
19/09/2018, em que textualmente afirmam:

ELIANA: [00:06] Nesse ano, só em passagens aéreas e diárias o GDF está gastando
mais 23 milhões de reais. [00:14]

Inconformados com o conteúdo divulgado de que neste ano de 2018, só em passagens aéreas e
diárias, o Governo do Distrito Federal está gastando mais de R$ 23.000.000,00 (vinte e três milhos
de reais), o qual asseveram ser “sabidamente inverídico”, pedem tutela liminar que determine a
imediata suspensão da propaganda dita degradante, caluniosa e difamatória. Postulam, no
mérito, a confirmação do provimento liminar e a imposição aos Representantes de perda do
tempo de propaganda eleitoral.

https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?ca=0acfc82225bb543… 1/5
27/09/2018 · Processo Judicial Eletrônico - TRE-DF

Os autos me vieram conclusos por determinação do Excelentíssimo Desembargador Eleitoral


JAKSON DOMENICO (Id 80298), visto que constatada a prevenção desta Relatoria a quem
anteriormente distribuída a Representação nº 0602826-19.2018.69.07.0000.

Passo a examiná-los, não sem antes considerar a conduta processual dos Representantes e seus
nobres advogados.

Vejamos.

A COLIGAÇÃO BRASÍLIA DE MÃOS LIMPAS (PSB, PDT, PV, REDE, PCdoB) e RODRIGO SOBRAL
ROLLEMBERG, por seus bastantes procuradores, ajuizaram nada menos que 07 (sete)
Representações tratando da propaganda em que os Representados noticiam que “neste ano de
2018, só em passagens aéreas e diárias, o Governo do Distrito Federal está gastando mais de R$
23.000.000,00 (vinte e três milhos de reais)”, o que “asseveram (os Representantes) ser
“sabidamente inverídico”.

As 07 demandas, volto a repetir, retratam, todas, a mesma situação fática.

Nas 07 demandas há pedido para concessão liminar e inaudita altera pars de tutela que ordene a
imediata suspensão da propaganda dita irregular.

Para as 07 demandas há pequenas variações na narrativa sem que haja qualquer alteração no
que concerne à relação jurídica tratada.

Para cada uma das 07 demandas, como a justificar a propositura de ações isoladas, cuidaram os
Representantes e seus procuradores de, após reproduzir sua insurgência contra um mesmo fato,
separar pretensões nitidamente vinculadas.

Renovaram a mesma narrativa com alteração do dia e mês e meio de divulgação da mensagem
atacada. E como sói ocorrer em hipóteses que tais, ocuparam-se em separar pedidos entre si
manifestamente vinculados, de modo que requereram direito de resposta em 05 (cinco)
Representações, enquanto que nas 02 (duas) outras postularam a imposição aos Representados
de perda do tempo de propaganda eleitoral.

Eis o resumo do quadro acima apresentado:

Meio e Dia de
Processo Autuado Pedido Liminar Mérito
Veiculação

602826-19 18/set TV 17/set Susp. Divulg. Direito Resposta

602827-04 18/set TV 17 e 18/9 Susp. Divulg. Direito Resposta

602829-71 18/set Rádio 17/set Susp. Divulg. Direito Resposta

602847-92 19/set Rádio 18/set Susp. Divulg. Direito Resposta

602848-77 19/set Rádio 19/set Susp. Divulg. Direito Resposta

602853-02 19/set Rádio 18/set Susp. Divulg. Perda Tempo

602870-38 20/set Rádio 19/set Susp. Divulg. Perda Tempo

Note-se que por força da conexão reconhecida pela Secretaria Judiciária deste Egrégio Tribunal
foram a mim distribuídas todas as Representações propostas, uma vez que, pelo conhecimento
da primeira delas, ficara estabelecida a prevenção.

Ao exame do processo n. 602826-19, após detida análise, indeferi a tutela liminar postulada.

https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?ca=0acfc82225bb543… 2/5
27/09/2018 · Processo Judicial Eletrônico - TRE-DF

Ao exame do processo n. 602827-04, após detida análise, indeferi a tutela liminar postulada.

Ao exame do processo n. 602829-71, após detida análise, indeferi a tutela liminar postulada.

Ao exame do processo n. 602847-92, após detida análise, indeferi a tutela liminar postulada.

Ao exame do processo n. 602848-77, após detida análise, indeferi a tutela liminar postulada.

Ao exame da sexta Representação, autos nº 602853-02, já indisfarçável a repetição dos fatos


controvertidos em demandas diversas que apresentavam variações meramente circunstanciais e
estando igualmente manifesta a estratégia de segmentar ações conexas, afirmei a falta de
interesse de agir dos Representantes no que concerne à pretensão tantas vezes renovada de
suspender a propaganda eleitoral.

Conquanto afirmada a falta de verossimilhança das alegações aduzidas na peça vestibular de


cada uma das 05 (cinco) Representações analisadas por este Juízo para consideração da tutela
liminarmente requerida em cada uma delas, insistiam os Representantes, sem alterar a
fundamentação fática ou jurídica, em renovar o pedido formulado, indeferido e não recorrido.

A mera repetição, que não se confunde com normal inconformismo da parte, foi evidenciada na
decisão que proferi na Rp nº 602853-02, in verbis:

“A manobra sutil de que lançam mão os Representantes não tem, todavia,


capacidade mínima para encobrir a falta de interesse de agir no que concerne ao
pedido de tutela liminar para suspender a propaganda veiculada pelos
Representados, pretensão já indeferida e contra a qual não se insurgiram por meio
de adequado instrumento processual.

Ora, assim constituída a situação processual e estando já assentado em decisão


liminar anteriormente proferida a ausência de verossimilhança da alegação de que
a situação concreta encontra enquadramento no chamado fato sabidamente
inverídico, o que afasta a probabilidade de que a mensagem divulgada tenha
conteúdo degradante, calunioso e difamatório, como ficou assentado em decisão
proferida na Rp nº 0602847-92, não há o que prover quanto à tutela liminar
postulada na presente Representação.  ”

Claramente revelado quadro configurador de insistência na prática de postulação inúmeras vezes


submetida a crivo judicial e repetidamente indeferida após fundamentado exame, cuidou esta
Relatoria de estabelecer comando para intimação pessoal dos Representantes e dos nobres
causídicos signatários da peça vestibular para que atentassem às disposições do Artigo 80,
Incisos I, III e V, todos do Código de Processo Civil, que trata da litigância de má-fé.

Agora, por prevenção, vêm ao meu conhecimento os presentes autos (Rp 602870-
38.2018.6.07.0000), os quais consubstanciam narrativa de fato e de direito idêntica à posta na Rp
nº 0602848-77.2018.6.07.0000.

Ocorre que enquanto na Rp 602870-38 há pedido de concessão de direito de resposta no rádio


por propaganda veiculada em 19 de setembro, nos presentes autos (Rp nº 0602848-77) veio
deduzida pretensão umbilicalmente vinculada à pretensão ali deduzida: perda de tempo de
propaganda no rádio por propaganda veiculada em 19 de setembro.

A situação assim constituída torna inevitável admitir a presente Reclamação somente no ponto
em que os elementos da ação permitem o regular desenvolvimento do processo, ou seja,
unicamente para apreciar o pedido de condenação dos Representados a perda de tempo de
propaganda. Nada mais.

https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?ca=0acfc82225bb543… 3/5
27/09/2018 · Processo Judicial Eletrônico - TRE-DF

Quanto a provimento liminar, do modo como postulado, foi ele, no limite do que possível em
exame perfunctório da demanda, exaustiva e repetidamente examinado em todas as 06 (seis)
demandas anteriormente propostas.

De consequência, nada a prover quanto ao pedido de tutela de urgência.

Citem-se os Representados para apresentar resposta, no prazo de 2 (dois) dias (art. 58, § 2, Lei nº
9.504/1997; art. 8º, caput, Resolução TSE nº 23.547/2017).

Por fim, considerando a ineficácia da postura de tolerância até agora adotada por esta Relatoria,
que se dignou a repetir inúmeras vezes as razões pelas quais deve ser indeferido o provimento
liminar insistentemente postulado; considerando a evidência de não enquadrar-se a conduta dos
Representantes e de seus procuradores como normal inconformismo à decisão que a eles
desagrada; considerando que o desempenho da atividade de defesa da COLIGAÇÃO BRASÍLIA DE
MÃOS LIMPAS (PSB, PDT, PV, REDE, PCdoB) e de RODRIGO SOBRAL ROLLEMBERG encerra
estratégia que atenta contra a administração da Justiça ao criar embaraços a seu regular exercício
com desnecessária e ilógica repetição de demandas que servem unicamente a testar a eficiência
do sistema judicial; considerando a falta de motivos que possam legitimar o excesso de
representações propostas; considerando que o conjunto das circunstâncias acima relacionadas
revela inequívoco quadro de abuso do direito de litigar; reconheço, de ofício, com fundamento no
Inciso III do Artigo 80 e caput do Artigo 81, ambos do Código de Processo Civil, a prática de
litigância de má-fé pelos Representantes e causídicos signatários da petição de Id79735.

Em o fazendo, tendo em vista (a) o número de representações propostas com idêntico


fundamento de fato e de direito; (b) a inadequação da via eleita para insistir na concessão do
provimento liminar tantas vezes postulado e; (c) a injustificada separação de pedidos vinculados,
CONDENO os Representantes COLIGAÇÃO BRASÍLIA DE MÃOS LIMPAS (PSB, PDT, PV, REDE,
PCdoB) e RODRIGO SOBRAL ROLLEMBERG a pagar, cada um deles, a título de multa por litigância
de má-fé, o correspondente a 10 (dez) vezes o valor do salário-mínimo.

CONDENO ainda GABRIELA ROLLEMBERG, RODRIGO PEDREIRA, CAROLINA PETRARCA e JANAINA


ROLEMBERG a pagar, cada um deles, a título de multa por litigância de má-fé o correspondente a
10 (dez) vezes o valor do salário-mínimo.

Estabeleço o valor do salário-mínimo como parâmetro para arbitrar a importância da


condenação em face da não atribuição de valor à causa em representações por propaganda
eleitoral irregular, que é de valor inestimável (Art. 81, parágrafo 2º, CPC).

Intimem-se pessoalmente os Representados e seus procuradores acima nominados.

Após, intime-se pessoalmente o d. representante do Ministério Público Eleitoral (art. 12,


Resolução TSE nº 23.547/2017).

Brasília-DF, 27 de setembro de 2018.

Desembargador(a) Eleitoral DIVA LUCY DE FARIA PEREIRA


Relator(a)

https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?ca=0acfc82225bb543… 4/5
27/09/2018 · Processo Judicial Eletrônico - TRE-DF

Assinado eletronicamente por: DIVA LUCY DE FARIA PEREIRA


27/09/2018 16:27:17
https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-
web/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam
ID do documento: 83785

18092716271684600000000082326
IMPRIMIR GERAR PDF

https://pje.tre-df.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?ca=0acfc82225bb543… 5/5