You are on page 1of 118
Gilles Deleuze CONVERSACOES Traducao Peter Pal Pelbart Be editoralll34 ISBN AS~a5u ABIL Por que reunir textos de entrevistas que se estendem por quase vinte anos? Certas conversacdes duram tanto tempo, que nao sabemos mais se ainda fazem parte da guerra ou ja da paz. E verdade que a filosofia é inseparavel de uma cdle- ra contra a época, mas também de uma serenidade que ela nos assegura. Contudo, a filosofia no é uma Poténcia. As re- ligides, os Estados, o capitalismo, a ciéncia, o dircito, a opi- nido, a televisao sao poténcias, mas nao a filosofia. A filoso- fia pode ter grandes batalhas interiores (idealismo — real mo, etc.), mas sio batalhas risiveis. Nao sendo uma potén- cia, a filosofia nao pode empreender uma batalha contra as poténcias; em compensagao, trava contra elas uma guerra sem batalha, uma guerra de guerrilha. Nao pode falar com elas, nada tem a Ihes dizer, nada a comunicar, ¢ apenas mantém conversacées. Como as poténcias nao se contentam em ser exteriores, mas também passam por cada um de nds, é cada tum de nds que, gracas 3 filosofia, encontra-se incessantemente em conversagdes ¢ em guerrilha consigo mesmo. Gilles Deleuze colecao TRANS ou-7 MN aditoralli34 day de ual