You are on page 1of 12

See

discussions, stats, and author profiles for this publication at: https://www.researchgate.net/publication/275722684

Termografia na Área Biomédica

Article · June 2014


DOI: 10.18073/2358-4696/pajmt.v1n1p31-41

CITATIONS READS

4 50

5 authors, including:

Eddy Krueger Eduardo Borba Neves


Federal Technological University of Paraná - … Exército Brasileiro
45 PUBLICATIONS 81 CITATIONS 167 PUBLICATIONS 265 CITATIONS

SEE PROFILE SEE PROFILE

Percy Nohama Mauren Abreu de Souza


Federal Technological University of Paraná - … Federal Technological University of Paraná - …
173 PUBLICATIONS 502 CITATIONS 29 PUBLICATIONS 63 CITATIONS

SEE PROFILE SEE PROFILE

Some of the authors of this publication are also working on these related projects:

Ergonomia aplicada a prevenção de DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho)


View project

Morphosaurus View project

All content following this page was uploaded by Eduardo Borba Neves on 21 May 2015.

The user has requested enhancement of the downloaded file. All in-text references underlined in blue are added to the original document
and are linked to publications on ResearchGate, letting you access and read them immediately.
Pan American Journal of Medical Thermology

Termografia na Área Biomédica

Leanderson Franco de Meira1, Eddy Krueger 2, Eduardo Borba Neves 3, Percy Nohama2,
Mauren Abreu de Souza 2

1. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do
Paraná (PUC PR), Curitiba-PR, Brasil.
2. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Informática Industrial da Universidade Tecnológica Federal
do Paraná (UTFPR), Curitiba-PR, Brasil.
3. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR),
Curitiba-PR, Brasil.

e-mail: leandersonfm@gmail.com

Resumo — A termografia é um método não Abstract — Thermography is a non-invasive and


invasivo, indolor e sem contato físico que gera non-painful technique that allows the generation
imagens de alta resolução. Objetiva-se com este of high resolution images without any physical
artigo apresentar as principais aplicações contact. This paper presents the main applications
biomédicas da termografia na atualidade. involving biomedical thermography nowadays.
Efetuou-se a revisão da literatura por meio de For this purpose, it was performed a literature
busca eletrônica nas bases Wiley Online Library, review through the known electronic based
ScienceDirect, Scielo, Google Scholar, IEEE search options, such as, Wiley Online Library,
Xplorer, Elsevier, Medline, Pubmed. O idioma de ScienceDirect, Scielo, Google Scholar, IEEE
preferência selecionado foi o inglês com as Xplorer, Elsevier, Medline, Pubmed.
palavras-chave: medical termography, medical Preferentially, it was used English language with
infrared images, thermographic assessment, the following keywords: medical termography,
thermography assessment e medical infrared medical infrared images, thermographic
imaging. Seguindo o método retrospectivo, assessment, thermography assessment e medical
efetuou-se a procura de trabalhos com uma janela infrared imaging. It was followed the
de tempo dos últimos cinco anos, de 2007 a 2012. retrospective method, searching for research
Constatou-se, com certo grau de detalhamento, a papers involving a window time of the last five
aplicação da termografia nas áreas da ortopedia, years, from 2007 to 2012. It is noticed at a certain
odontologia, cirurgia, esporte, oncologia, level of detail, that thermography is being applied
cardiologia, angiologia, endocrinologia, medicina mainly at the following areas: orthopedic,
forense, hemodinâmica, obstetrícia, fisioterapia, e odontology, surgery procedures, sports,
ergonomia. Conclui-se que o uso da termografia oncology, cardiology, angiology, endocrinology,
em conjunto com observações clínicas ou outros Forensic Medicine, hemodynamics, obstetric,
exames adicionais, pode ser decisivo para definir physiotherapy and ergonomic. Therefore, it is
o diagnóstico médico ou para avaliar a eficácia concluded that the use of thermography and other
das modalidades terapêuticas empregadas. clinical observations and additional exams
Palavras-chave: Termografia; Engenharia together, may assist to define medical diagnostics
Biomédica; Medicina; Diagnóstico por Imagem or to evaluate the efficacy of the therapeutic
methods employed.
Keywords: Thermography; Biomedical
Engineering; Medicine; Medical Imaging
diagnosis.

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 31


Pan American Journal of Medical Thermology

1. INTRODUÇÃO radiação ionizante (5), além de ter potencial para


diagnósticos in vivo, propiciando informações de
Documentos datados de 400 aC já relatavam a processos fisiológicos em curso, em tempo real,
relação entre a temperatura corporal e alterações aos terapeutas e pacientes 3. Neste sentido e, em
fisiológicas para o tratamento de patologias. A virtude da recente e crescente interesse, pesquisa
partir da década de 1950, iniciaram-se estudos e utilização da termografia na área biomédica, o
biomédicos envolvendo avaliações temográficas. objetivo da pesquisa que culminou neste artigo
Desde então, tanto a sensibilidade e resolução foi apresentar uma revisão sistemática atualizada
dos sensores térmicos quanto às técnicas de às aplicações biomédicas da termografia.
processamento de imagem têm evoluído bastante,
inclusive em termos da abrangência de suas 2. METODOLOGIA
aplicações (1).
Estudos publicados em 1978 por Harzbecker e A busca de informações foi realizada nas
cols (2) já apontavam a termografia como uma bases Wiley Online Library, ScienceDirect,
técnica promissora, capaz de medir sem contato, Scielo, Google Scholar, IEEE Xplorer, Elsevier,
de forma rápida e dinâmica a energia térmica Medline, Pubmed. O idioma selecionado como
corporal, proporcionando a geração de imagens. preferencial foi o inglês, e as palavras-chave
Salientam, ainda, que processos funcionais e escolhidas: medical termography, medical
fisiopatológicos apresentam mudanças de infrared images, thermographic assessment,
temperatura, desta forma o uso de termografia thermography assessment e medical infrared
para o diagnóstico de doenças a partir da imaging. Seguindo o método retrospectivo,
observação térmica da superfície corporal poderia efetuou-se a procura de artigos com uma janela
ser recomendado. de tempo dos últimos cinco anos, de 2007 a 2012.
A análise de imagens termográficas oferece Foram excluídos os trabalhos que não estavam de
uma abordagem útil para o diagnóstico e acordo com o escopo do artigo, ou seja que não
acompanhamento de vários distúrbios físicos1. apresentavam contextos relacionados à área
Geralmente, a maioria das lesões tissulares está biomédica. Após a realização da busca nas bases
relacionada a variações no fluxo sanguíneo, as de dados, foram lidos os abstracts e eliminadas as
quais podem afetar a temperatura cutânea. Como duplicações. Selecionados os trabalhos a serem
exemplos, podem-se citar os processos considerados, foram identificadas as áreas em
inflamatórios que acarretam em hipertermia. Por que se enquadravam cada estudo e analisados os
outro lado, uma diminuição da perfusão pode resultados da utilização da termografia nessas
causar hipotermia (3). aplicações.
Problemas iniciais como a baixa sensibilidade
dos detectores e com limitações técnicas 3. RESULTADOS
representavam uma enorme fonte de erro para
termografia limitando e retardando a aceitação da Inicialmente, foram encontrados 66 trabalhos
técnica até os anos 1990. Desde então, os e, destes, selecionaram-se para revisão os 25 que
equipamentos para aquisição de imagens apresentavam temas relacionados às aplicações
termográficas evoluíram significativamente. Os biomédicas da termografia. Foram incluídos os
sistemas atuais de aquisição de imagem trabalhos de Jiang e cols (1), Harzbecker e cols
compreendem sofisticadas câmeras térmicas (2) e Mikulska e cols (4) com abordagem
acopladas a computadores com programas histórica da evolução da termografia na área
específicos aonde as imagens podem ser médica, com datas de publicação anteriores à
processadas para obtenção de informações janela de tempo proposta devido à relevância de
confiáveis. As imagens arquivadas apresentam suas informações para o contexto do estudo,
boa qualidade, tornando a termografia um assim como duas obras clássicas relacionadas à
método de diagnóstico seguro e preciso (4). termografia (6,7) e dissertações referentes a
Atualmente, a termografia é um método de termografia na saúde para o acervo de imagens
avaliação de anormalidades fisiológicas (8-10).
representadas pelo aumento ou diminuição da No Quadro 1, enumeram-se os estudos que
temperatura na superfície da pele, que pode ser abordam aplicações práticas da termografia e
aplicada sem restrições por se uma técnica não- seus respectivos principais parâmetros de
invasiva, que produz imagens sem a utilização de abordagem.

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 32


Pan American Journal of Medical Thermology

Autor (ano) N Resolução Resolução de Aplicação da


geométrica temperatura Termografia
mínima
detectável
(° C)
Zivcak e cols 134 76.800 0,05 a 30 Síndrome do túnel
(2011)17 (320X240) do carpo
Nahm e cols 92 NI NI Disfunção temporo
(2007)19 mandibular
Kulis e cols 12 76.800 0,07 a 30 Varicocele
(2012)24 (320X240)
Hildebrandt e 15 NI NI Lesões por overuse
cols (2010)3 de joelho em
esquiadores
Lourenço e cols 07 NI NI Complexo cranio
(2011)20 cervico mandibular
Tkacova e cols 14 76.800 0,05 a 30 Síndrome do túnel
(2010)15 (320X240) do carpo
Sivanandam e 62 NI 0,05 a 30 Diabetes tipo 2
cols (2012)26
Niehof e cols 26 76.800 0,05 a 30 Síndrome da dor
(2007)16 (320X240) regional tipo 1
Cooke e cols 45 NI NI Lesões
(2011)28 hemorragicas
traumáticas
Lee e cols 20 NI NI Pós operatório de
(2007)21 cirurgia ortognática
Wu e cols 53 76.800 NI Síndrome dolorosa
(2009)32 (320X240) do cóccix
Pauling e cols 55 NI NI Fenômeno de
(2011)25 Raynaud
Pauling e cols 14 NI NI Avaliação da
(2012)29 função
microvascular
Song e cols Estudo de caso em 81.920 NI Tumor secundário
(2007)23 rato imunodeprimido (320X256) a xenoenxerto
Morasiewicz e 18 NI NI Regeneração óssea
cols (2008)18
Mijović e cols 9 76.800 0,08 a 30 Avaliação de
(2012)33 (320X240) vestuário
Trafarski e cols NI NI NI Resposta a
(2008)31 crioterapia em
portadores de
artrite reumatóide
Tkacova e cols 20 NI NI Lesões músculo
(2010)14 Esqueléticas
NI = não indicado no estudo

Quadro 1. Resoluções e aplicações da termografia.

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 33


Pan American Journal of Medical Thermology

4. DISCUSSÃO no diagnóstico por imagem11.

Aspectos técnicos da Termografia na área


médica
A imagiologia médica começou com a
aplicação dos raios-X na visualização interna de
partes do corpo, em especial, a estrutura óssea.
Com os avanços da ciência e da tecnologia
médica, muitas técnicas de diagnóstico por
imagem, tais como ressonância magnética,
ultrassom, tomografia computadorizada, SPECT
(tomografia computadorizada por emissão de um
único fóton), PET (tomografia por emissão de
posítron), entre outras modalidades, foram Figura 1. Regiões acometidas por isquemia em
descobertas. As técnicas por imagem médica uma pessoa que permanece sentada imóvel por
podem ser divididas em invasiva e não invasiva, mais de 1 h. O termograma representa a imagem
e ionizante e não ionizante, sendo as técnicas não térmica resultante da subtração digital das
invasivas e não ionizantes mais seguras para os imagens obtidas antes e depois de permanecer
seres humanos, podendo ser repetidas inúmeras sentado por 1 h. Imagem retirada de Gödke (8).
vezes sem prejuízos significativos para a saúde
do avaliado (11). A termografia é um método de diagnóstico
Quanto ao espectro eletromagnético, às não invasivo, indolor e seguro, tanto para o
modalidades de imagens médicas podem ser paciente quanto para o examinador. Tal técnica
classificadas pela faixa de frequência da radiação permite definir, por meio de mapeamento
eletromagnética em que atuam e, de modo geral, térmico, o estado fisiológico do tecido ou órgão
fornecem informações anatômicas. A examinado, baseando-se na emissão da radiação
termografia, por sua vez, é uma técnica digital infravermelha do objeto ou corpo sob análise, a
que gera imagens bidimensionais referentes a qual pode contribuir para o diagnóstico médico
dados fisiológicos, os quais associados a (12). O interesse das áreas médicas pela
determinações anatômicas tornam possível a termografia é justificado pelo fato de que tal
localização da área afetada e extensão de uma técnica pode ter uma aplicação generalizada para
lesão ou estado patológico (3,11). fins de diagnósticos, prognósticos, biometria,
Os sensores das câmeras termográficas geram monitoramento de pacientes e cirurgias (13).
imagens com base na quantidade de calor Para a aquisição das imagens, torna-se
(radiação infravermelha) emitido na superfície do essencial observar as normas técnicas senão
corpo. A tecnologia termográfica é uma forma de ficarão comprometidas a qualidade e a precisão
medir a radiação eletromagnética (no espectro de dos resultados. Pensando nisso, Tkacova e cols
frequência na faixa do infravermelho), (14) conduziram um estudo de aplicação de
convertendo-a em sinais elétricos. Estes sinais imagem térmica para medir a distribuição da
são visualizados em tons de cinza ou em cores temperatura superficial das extremidades em
que representam os valores de temperatura. vinte indivíduos saudáveis, com o objetivo de
Geralmente, a termografia é avaliada por uma avaliar a técnica de medição mais adequada. Os
palheta de cores aonde, por exemplo, o azul autores observaram que não houve correlação
representa baixa temperatura, o vermelho entre a temperatura oral ou axilar e a temperatura
representa alta temperatura e a cor preta da superfície da pele nas extremidades inferiores.
representa o espaço de ar (3). Apenas uma pequena diferença (0,2 °C) foi
As técnicas de digitalização de imagens observada em ângulos diferentes e distâncias
médicas em geral usam o espectro diferentes da câmara. Os fatores relevantes para
eletromagnético para a construção da anatomia os resultados foram a temperatura ambiente e a
interna proporcionando a visibilidade de tecidos e umidade na sala de medida, a distância e o
órgãos e podendo detectar tumores e outras ângulo entre a câmera e o segmento avaliado.
anormalidades como mostra a Figura 1. A Hildebrandt e cols (3) salientam a importância
radiação infravermelha, que é parte do espectro de investigações sobre a confiabilidade visto que
eletromagnético, sendo uma alternativa potencial variações técnicas e alterações biológicas, tais

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 34


Pan American Journal of Medical Thermology

como o ritmo circadiano, podem resultar em do dorso da mão de portadores de síndrome do


ruídos de medidas. Para as aplicações médicas, túnel do carpo em comparação com indivíduos
normalmente são usadas câmeras com velocidade hígidos. Foi analisada uma base de dados de 268
de trinta quadros por segundo, com resolução imagens térmicas do lado dorsal de 120
térmica de 0,1 °C e resolução das imagens de voluntários saudáveis e 14 voluntários com
320x240 pixels (15). diagnóstico clínico de síndrome do túnel do
Niehof e cols (16) avaliaram a sensibilidade, carpo. Os resultados do estudo indicaram maior
especificidade, confiabilidade e repetitividade na temperatura dos dedos comparada à temperatura
avaliação das imagens termográficas. Foram dos punhos nos indivíduos portadores da
analisadas as diferenças das medidas síndrome do túnel do carpo ao contrário dos
termográficas das imagens por trinta e cinco indivíduos saudáveis que apresentaram
diferentes observadores independentes, extremidades com temperaturas mais baixas do
previamente orientados quanto à técnica de que as temperaturas dos punhos.
análise; porém, que não tinham experiência na Morasiewicz e cols (18), baseados no fato de
prática da termografia. Os resultados do estudo que a fase de regeneração óssea pós-fratura é
monstraram sensibilidade de 71%, especificidade caracterizada por um aumento do metabolismo e,
de 85%, repetibilidade de 0,5267 e confiabilidade consequentemente, da temperatura dos tecidos
de 0,4967. Os autores concluíram que as relações locais, avaliaram a correlação das análises
das imagens termográficas entre indivíduos termográficas com as evidências da radiografia.
doentes e saudáveis podem ser distinguidas Para isso, acompanharam o caso de 18 pacientes
mesmo por observadores inexperientes, no em tratamento de distração osteogênica para
entanto, devido aos baixos resultados de alongamento ósseo com fixador externo Ilizarov.
confiabilidade e repetibilidade da avaliação, Os resultados indicaram correlação
indicam a necessidade de padronização das estatisticamente significativa entre a regeneração
análises e treinamento dos observadores. óssea e índices térmicos sendo que os valores
médios do coeficiente de correlação de Spearman
A Termografia na Ortopedia para a tíbia e fêmur foram de 0,925 (p <0,01) e
A termografia tem sido apontada como uma 0,724 (p <0,05), respectivamente. A termografia
técnica adequada para avaliações dos distúrbios e mostrou-se um valioso complemento aos
lesões do sistema músculo-esquelético. Os métodos tradicionais de diagnóstico de fraturas e
termogramas são utilizados de forma pode ser usada para monitorar e avaliar a
complementar os exames convencionais, para formação e remodelação dos ossos em todas as
identificar qual parte do sistema músculo- fases do tratamento. As Figuras 2 e 3 ilustram
esquelético está afetada por uma determinada exemplos de imagens termográficas em sítios
doença ou lesão ou para avaliar a eficácia do anatômicos distintos e com palhetas de
tratamento (14). representação térmicas diferentes.
Hildebrandt e cols (3) utilizaram a termografia
para a avaliação de lesões por esforço repetitivo
no joelho e tendinopatia patelar em esquiadores
alpistas. O estudo foi realizado após programa de
treinamento pré-temporada que incluiu saltos
excessivos aumentando a tensão sobre o tendão
patelar. Um grupo de quinze atletas foi
acompanhado, dos quais sete atletas relataram
sintomas de reações locais no joelho, os demais
apresentavam-se assintomáticos. Os atletas
sintomáticos apresentaram diferenças médias de
temperatura entre o joelho sintomático e o joelho
contralateral de 1,4 ± 0,58 °C, enquanto os atletas Figura 2: Imagem termográfica evidenciando um
não sintomáticos tiveram uma variação média de aumento de temperatura na região do metacarpo e
temperatura entre os dois joelhos de 0,3 ± 0,61 dorso da mão direita em indivíduo com
°C (3). LER/DORT. Imagem retirada de Magas (9).
Zivcak e cols (17) avaliaram por meio da
termografia a distribuição da temperatura da pele

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 35


Pan American Journal of Medical Thermology

temperatura subiu 1,8 º C e 1,2 ° C,


respectivamente.

A Termografia no Pós-cirúrgico
Lee e cols (21) avaliaram termograficamente
20 pacientes portadores de deformidade
dentofacial classe III submetidos à cirurgia
ortognática. Este tipo de procedimento cirúrgico
tem uma elevada incidência de lesões nervosas
locais, desta forma, o objetivo do estudo foi
avaliar por meio da termografia as lesões
Figura 3: Imagem termográfica da parte anterior
secundárias à cirurgia e seu processo de
dos membros inferiores de um jogador de
recuperação. Para isso, foram realizadas
futebol, indicando assimetria entre os membros e
termografias no período pré-operatório, uma e
a provável existência de lesão na musculatura do
quatro semanas após a cirurgia. Nos pacientes
quadríceps (região mais clara, ou seja, de maior
com lesão nervosa unilateral, a diferença das
temperatura). Imagen cedida pelo Laboratório de
temperaturas do mento nos dois lados, foi de 0,64
Termografia Médica da Universidade
°C uma semana após a cirurgia, diminuindo para
Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).
0,23 °C quatro semanas após a cirurgia. Nas
imagens laterais, as diferenças de temperatura do
A Termografia na Odontologia mento foram de 0,10 °C após uma semana e 0,27
Nahm e cols (19) estudaram a viabilidade da
°C quatro semanas após a cirurgia. Nos pacientes
aplicação da termografia na avaliação da
com lesão nervosa bilateral, sob o ponto de vista
disfunção da articulação temporo mandibular
ântero-posterior, as diferenças das temperaturas
(DTM). Para isso, 61 voluntários com
do mento nos 2 lados foram de 0,20 °C após uma
diagnóstico clínico de DTM e 31 voluntários
semana de pós-operatório e 0,13 °C após quatro
normais e sem sintomas foram submetidos à
semanas. Nas vistas laterais, as diferenças foram
termografia avaliando-se a diferença da
0,18 °C após uma semana e 0,34 °C, quatro
temperatura dos lados opostos das articulações
semanas após a cirurgia. A análise das medidas
têmporo-mandibulares e dos músculos masseter.
da visão ântero-posterior mostrou resultados
O grupo patológico apresentou variações de
estatisticamente significativos em pacientes com
temperatura na articulação temporomandibular e
lesão unilateral de nervo. Os autores concluiram
no músculo masseter de 0,42 ± 0,38 °C e 0,38 ±
que a termografia é um método de avaliação
0,33 °C, respectivamente. Já o grupo controle
objetivo que pode ser aplicado de maneira
apresentou variações de 0,10 ± 0,07 °C e 0,15 ±
complementar para o diagnóstico de lesões
0,10 °C para os mesmos pontos de avaliação.
nervosas secundárias em cirurgias ortognáticas.
Lourenço e cols (20) avaliaram 7 pianistas da
Escola Superior de Musica, da cidade de Porto
A Termografia no Esporte
em Portugal. A avaliação consistiu na aquisição
Bandeira e cols (5) realizaram um estudo no
de imagens termográficas em repouso antes de
qual dividiram atletas de futebol em dois grupos:
começar a tocar piano, durante a prática e ao final
o de controle, que participou de atividade de
da atividade tendo como objetivo correlacionar
baixa intensidade e o grupo experimental, o qual
os pontos de avaliação termográfica com os
realizou exercícios de agachamento, rack e mesa
pontos de localização da dor. Um padrão de
extensora (nesta ordem) a 80% da carga máxima
assimetria térmica foi detectado com
individual. Os sujeitos do grupo experimental
temperaturas mais elevadas nos locais onde os
realizaram séries consecutivas até a exaustão,
pianistas relataram dor, tais como trapézio,
com intervalos de 90 segundos entre as séries. No
pescoço e ombro. Outro resultado apontado pelos
estudo citado, os pesquisadores não encontraram
autores foi a observação de um pianista que
correlação entre a CK e a variação de
apertava os dentes enquanto tocava piano no qual
temperatura nos músculos estudados, porém,
foi identificado que a temperatura inicial lateral
encontraram diferença de temperatura
da face foi de 32,4 ºC do lado direito e 33,3 ºC do
estatisticamente significativa entre a avaliação
lado esquerdo, sendo que depois de tocar piano, a
pré e pós-atividade, para os músculos analisados
exclusivamente no grupo experimental, sugerindo

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 36


Pan American Journal of Medical Thermology

que os exercícios realizados por este grupo foram indicar um estado de doença, é capaz de
capazes de produzir microlesões, que reconhecer tumores com diâmetros menores do
desencadearam um processo inflamatório, e que 0,5 cm, sendo capaz de diagnosticar certos
consequentemente, causou variação significativa casos antes da detecção por outros dispositivos
na temperatura do local. As figuras 4 e 5 médicos. Todavia, o contorno e textura da região
mostram identificações de temperatura através da tumoral são parâmetros muito importantes na
termografia de um jogador de rúgbi antes e após investigação dos oncologistas. Neste sentido,
um jogo. Gavriloaia e cols (22) propuseram um método
aperfeiçoado de filtragem que reduz o ruído em
imagens infravermelhas, podendo realçar e
preservar bordas, e aplicaram essa nova técnica
na avaliação de um tumor localizado na região da
glândula tireóide, com a qual obtiveram uma
melhor delimitação da área, textura mais
homogênea e coloração mais clara da região do
tumor (22).
A evolução de um tumor usualmente está
Figura 4: Imagens infravermelhas da região associada à angiogênese e ao aumento do fluxo
posterior do tronco de um jogador de rúgbi sanguíneo periférico, o que pode resultar no
adquiridas em dois momentos distintos: antes de aumento da tempertura local da pele de 1 a 2 ºC.
um jogo (a) e 48 h após um jogo (b). Avaliando Assim sendo, a imagem termográfica pode
as concentrações de CK, o primeiro termograma representar um método adjuvante no
corresponde a um momento de menor CK ) e o monitoramento do crescimento e controle dos
segundo, de maior CK. Na região de maior tumores. No estudo conduzido por Song e cols
temperatura 34,8 C, é provável que exista uma (23), aplicou-se a técnica de xenoenxerto em
lesão. Imagem retirada de Bandeira (10). ratos imunodeprimidos para detectar as mudanças
de temperatura da superfície da pele por meio da
termografia. Os resultados mostraram diminuição
da temperatura nos ratos três dias antes de
quaisquer sinais visíveis e palpáveis de tumor em
contraste com o aumento de temperatura da pele
normalmente associados ao câncer em humanos.
As áreas dos tumores eram mais frias do que o
tecido em torno deles e, além disso, a
Figura 5: Imagens infravermelhas da região temperatura dos tumores xenoenxertados
anterior do tronco de um jogador de rúgbi diminuiu progressivamente à medida que a área
adquiridas em dois momentos distintos: antes de cresceu durante o período de observação. Os
um jogo (a) e 48 h após um jogo (b). Avaliando resultados do estudo indicam que a imagiologia
as concentrações de CK, o primeiro termograma termográfica tem considerável potencial
corresponde a um momento de menor CK ) e o contributivo no controle da evolução e resposta
segundo, de maior CK. Na região de maior ao trabatamento de xenoenxertos tumorais (23).
temperatura 34,8 C, é provável que exista uma
lesão. Imagem retirada de Bandeira (10). A Termografia na Cardiologia e na
Angiologia
A Termografia na Oncologia Na área cardiológica, há inúmeras pesquisas
O câncer é uma doença cujas incidências e buscando novos métodos de identificação das
mortalidades destacam-se no contexto da placas ateroscleróticas vulneráveis, em grande
medicina. De fato, o reconhecimento e parte, baseados na avaliação do processo de
tratamento precoce podem ser significativos na inflamação relacionado ao desenvolvimento das
sobrevida dos pacientes. Os dispositivos de placas ateroscleróticas. Com a aplicação da
investigação não invasivos, geralmente são termografia nos vasos sanguíneos, é possível
capazes de reconhecer tumores com diâmetros medir a temperatura de suas paredes, a fim de
superiores a 1 cm. Já a termografia, baseada no detectar as placas ateroscleróticas vulneráveis e
conceito de que a projeção de calor na pele pode avaliar o potencial risco de ocorrência da

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 37


Pan American Journal of Medical Thermology

síndrome coronária aguda (12). e 32 não diabéticos foram submetidos ao exame


Kulis e cols (24) analisaram a aplicação da termográfico. No grupo de diabéticos, a
termografia no diagnóstico de varicocele, doença hemoglobina glicada mostrou correlação negativa
definida pela formação de varizes nas veias do com a temperatura na região da carótida (r = -
escroto associada à infertilidade masculina. O 0,471, p = 0,01) e a temperatura média da pele
grupo estudado consistiu de 10 voluntários com foi mais baixa do que o grupo normal em regiões
idade média de 18,2 ± 2,4 anos com diagnóstico do corpo como joelho (p = 0,002), tíbia (p =
clínico de varicocele. Foram observadas as 0,003), testa (p = 0,014) e palma da mão (p =
médias de temperatura na bolsa escrotal esquerda 0,019). Com o estudo, concluiu-se que com o
de 34,65 ± 0,66 °C e na direita 32,53 ± 0,78 °C e aumento da hemoglobina glicada a temperatura
no testículo esquerdo de 33,58 ± 0,97 °C, da pele diminui, sendo que tal diminuição da
enquanto no testículo direito era 32,19 ± 0,81 °C. temperatura da pele pode decorrer da diminuição
A diferença de temperatura entre os lados da taxa metabólica basal, diminuição da perfusão
esquerdo e direito da bolsa escrotal foi de 2,12 ± sanguínea e da elevada resistência à insulina.
1,08 °C e entre testículos foi de 1,39 ± 1,20 °C. Para esses autores, a termografia pode ser usada
Nesse caso, concluiu-se que a termografia obteve como uma ferramenta de diagnóstico, bem como
sucesso na confirmação do diagnóstico de de prognóstico para o diabetes tipo 2.
varicocele em todos voluntários.
Pauling e cols (25) e seus colaboradores A Termografia na Medicina Forense
utilizaram a termografia para a investigação do A medicina forense é uma área médica na
fenômeno de Raynaud através de um teste de qual o uso da termografia tem sido utilizado de
estresse em baixas temperaturas que simulava maneira complementar aos recursos já existentes,
condições ambientais variadas e suas repercusões especialmente no âmbito dos exames pós-morte.
sobre a função circulatória de extremidades. Os Notavelmente, as alterações patológicas e os
experimentos demonstraram, a exemplo da danos estruturais do tecido influenciam a
literatura revisada pelos autores a utilidade da condutividade térmica e a capacidade de resposta
avaliação termográfica no contexto da patologia. a um teste de termografia. Assim, a análise de
A Figura 6 ilustra um termograma para avaliação uma sequência de termogramas registrados
de um caso de trombose. durante processos térmicos transitórios,
aquecimento ou resfriamento, pode ser relevante
no contexto médico-legal dos diagnósticos de
morte (27).

A Termografia na Hemodinâmica
A termografia fornece uma medida da
irradiação do calor através da microcirculação, de
Figura 6: Imagem infravermelha da porção aproximadamente 1 a 2 mm abaixo da superfície
anterior (A) e posterior (B) dos membros da pele. Considerando que o fluxo sanguíneo da
inferiores de um indivíduo com trombose venosa pele diminui progressivamente com reduções de
profunda (TVP). A assimetria térmica entre os pressão sanguinea, Cooke e cols (28) sugeriram
membros indica o acometimento da TVP na que a termografia também pode ser aplicável para
perna esquerda na região mais clara, ou seja, de a avaliação de lesões hemorrágicas traumáticas e
maior temperatura, decorrente da alteração propuseram sua utilização como um indicador de
circulatória nessa região. Imagen cedida pelo sinal de vida aplicado a vítimas de acidentes
Laboratório de Termografia Médica da traumáticos favorecendo a triagem e tomadas de
Universidade Tecnológica Federal do Paraná decisões de socorro e resgate. Para verificar a
(UTFPR). viabilidade desta idéia, desenvolveram um
complexo método de avaliação da taxa
A Termografia na Endocrinologia respiratória, envolvendo variáveis
Sivanandam e cols (26) avaliaram a aplicação hemodinâmicas e da temperatura da pele em
da termografia, tanto para diagnóstico como pontos específicos do corpo durante uma
prevenção de diabetes tipo 2, em comparação simulação de hemorragia e redução da pressão
com ensaios bioquímicos de hemoglobina sanguínea utilizando uma câmara de
glicada. Um total de 62 voluntários, 30 diabéticos descompressão. Os resultados desse estudo

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 38


Pan American Journal of Medical Thermology

sugerem que a termografia possa ser útil para a fresco na mão. Com base na comparação da
avaliação remota de pacientes traumaticamente distribuição da temperatura na superfície da mão,
feridos. A detecção de sinais de vida pode ser em diferentes momentos: antes, imediatamente
determinada por meio da verificação da taxa após e em determinados intervalos após a
respiratória e a determinação da magnitude da aplicação do estímulo. Observou-se que a
hemorragia, a qual também pode ser possível resposta do organismo à estimulação com
com base em associações entre a temperatura da vapores de nitrato líquido dura cerca de 2 h,
pele e de variáveis hemodinâmicas (28). enquanto no caso de ar frio a duração do
Pauling e cols (29) analisaram a validade e resfriamento equivale a 90 min. A pesquisa
confiabilidade da termografia para a avaliação realizada demonstrou que a termografia é uma
dinâmica da função microvascular digital das técnica de medição viável na análise das reações
mãos em 14 voluntários saudáveis. A térmicas do organismo em resposta a crioterapia
metodologia do estudo incluiu medidas iniciais local, sendo útil na avaliação da evolução e
em temperatura ambiente e após estresse com monitoramento do tratamento.
baixas temperaturas analisando as curvas de re- Wu e cols (32) estudaram 53 pacientes com
aquecimento pós estímulo, os autores consideram quadro de dor coccígea previamente
a termografia como uma técnica de excelente diagnosticada. Eles foram submetidos a
reprodutividade para avaliação de medidas da modalidades terapêuticas que consistiram de
perfusão vascular digital. sessões de terapia manual e fisioterapia
utilizando como recurso a diatermia por ondas
A Termografia na Obstetrícia curtas realizada três vezes por semana, durante
Vachutka e cols (30) apresentaram outra oito semanas. Os voluntários foram avaliados
aplicação da termografia avaliando o através de uma escala numérica de classificação
aquecimento dos tecidos com a aplicação do da dor e termografia antes do tratamento e em
ultrassom com finalidade de diagnóstico. A doze semanas. Após o curso da pesquisa foram
ultrassonografia é uma técnica diagnóstica observadas diferenças significativas em ambos os
amplamente utilizada na prática médica, sendo critérios de avaliação, tais como relato de dor na
um método acessível para determinações escala numérica de classificação (de 6,15 para
anatômicas e fisiológica dos tecidos e órgãos. Na 2,70 com valor de p < 0,05) e temperatura
obstetrícia, é utilizada com frequência durante o superficial da pele na termografia (de 30,16 °C
período gestacional. Mas é preciso lembrar que para 28,70 °C com valor de p < 0,05). A
qualquer modalidade de diagnóstico baseada na correlação entre a melhora da dor e diminuição
transmissão de energia para o corpo pode ser da temperatura foi estatisticamente significativa
prejudicial pelo aquecimento dos tecidos. Nesse (r = 0,67, p < 0,01). Os achados do estudo
caso, esses autores desenvolveram um modelo de mostram que a termografia pode distinguir
avaliação termográgica dos efeitos térmicos objetiva e quantitativamente o decréscimo das
gerados pela propagação das ondas ultrassônicas temperaturas da superfície, de modo a
numa superfície de gel com propriedades correlacionar-se com as mudanças na intensidade
acústicas semelhantes às do tecido humano. Os da dor após o tratamento da síndrome da dor
resultados apontaram um maior aumento de coccígea.
temperatura na área de contato com o transdutor,
sendo que a temperatura variava de maneira A Termografia na Ergonomia
dependente da profundidade alcançada pela onda Mijović e cols (33) conduziram um estudo
ultrassônica. com o objetivo de determinar se a termografia
poderia ser utilizada para avaliar o transporte de
A Termografia na Fisioterapia calor e umidade nas roupas usadas por policiais.
Trafarski e cols (31) investigaram a utilização Um sistema de câmaras termográficas foi
da termografia para avaliar a eficácia do utilizado para identificar padrões de temperatura
procedimento de crioterapia local em pacientes ao longo do corpo de homens adultos saudáveis
com artrite reumatóide. Para isso, determinaram a realizando atividades físicas dentro de um
intensidade da estimulação térmica durante o ambiente com temperatura controlada. A
procedimento e a duração da resposta do termografia revelou que os padrões de
organismo ao estímulo, que consistiu na distribuição de temperatura foram claramente
aplicação de vapores de nitrogênio líquido ou ar associados com regiões de resfriamento por

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 39


Pan American Journal of Medical Thermology

evaporação de suor, da mesma forma que as infrared thermography in sports medicine in


diferenças nos padrões de temperatura entre os austria. Sensors 2010; 10(5): 4700-15.
sujeitos que produzem grandes ou poucas
4. Mikulska D. [Contemporary applications of
quantidades de suor também foram observadas. O
infrared imaging in medical diagnostics]. Ann
estudo mostrou que a termografia é uma
Acad Med Stetin 2006; 52(1): 35-9; discussion 9-
ferramenta eficaz para avaliar a temperatura da
40.
pele e a evaporação do suor de diferentes tipos de
roupas. A informação obtida pode ser aplicada 5. Bandeira F, Moura MAMd, Souza MAd,
para a concepção de novos materiais para Nohama P, Neves EB. Pode a termografia
vestuário e para maximizar os efeitos de auxiliar no diagnóstico de lesões musculares em
resfriamento de evaporação do suor do corpo. atletas de futebol?; Can thermography aid in the
diagnosis of muscle injuries in soccer athletes?
5. CONCLUSÃO Rev bras med esporte 2012; 18(4): 246-51.
6. Bronzino JD. Medical Devices and Systems,
A termografia é um método não invasivo, The Biomedical Engineering Handbook. Third
indolor e sem contato físico que gera imagens de Edition ed. USA: CRC Press, 2006,
alta resolução. Por estas características, vem
sendo utilizada para verificar e avaliar mudanças 7. Diakides NA, Bronzino JD. Medical Infrared
fisiológicas, funcionais, de modo a complementar Imaging. USA: CRC Press, 2008,
os padrões de investigações radiográficos já 8. Gödke F. Sistemas Dinâmicos para Evitar
estabelecidos. Neste estudo, pode-se observar Úlceras de Pressão. Curitiba: UTFPR; 2002.
com certo grau de detalhamento, a aplicação da
termografia nas áreas da ortopedia, odontologia, 9. Magas V. Avaliação da Aplicação da
cirurgia, esporte, oncologia, cardiologia, Termografia no Diagnóstico e LER/DORT nas
angiologia, endocrinologia, medicina forense, Articulações do Punho, Carpo e Metacarpo.
hemodinâmica, obstetrícia, fisioterapia e Curitiba PUCPR; 2012
ergonomia. Do exposto, conclui-se que o uso da 10. Bandeira FH. Termografia no apoio ao
termografia em conjunto com observações diagnóstico de lesão muscular no esporte.
clínicas ou outros exames complementares, pode Curitiba: UTFPR; 2013.
ser decisivo para definição do diagnóstico
médico ou para avaliar a eficácia das 11. Umadevi V, Raghavan S. Infrared
modalidades terapêuticas empregadas sendo, em Thermography Based Image Construction for
perspectivas futuras, uma técnica adicional de Bio-Medical Applications. 2009: IEEE; 2009. p.
grande utilidade na área biomédica. 1-5.
12. Prasal M, Sawicka KM, Wysokinski A.
AGRADECIMENTOS [Thermography in cardiology]. Kardiol Pol 2010
Sep; 68(9): 1052-6.
Agradeço a Deus.
13. Arthur DT, Khan MM. Thermal infrared
REFERÊNCIAS imaging: toward diagnostic medical capability.
Conference proceedings : Annual International
Conference of the IEEE Engineering in Medicine
1. Jiang LJ, Ng EY, Yeo AC, Wu S, Pan F, Yau and Biology Society IEEE Engineering in
WY, et al. A perspective on medical infrared Medicine and Biology Society Conference 2011;
imaging. J Med Eng Technol 2005 Nov-Dec; 2011: 6146-9.
29(6): 257-67.
14. Tkacova M, Foffova P, Zivcak J, Hudak R.
2. Harzbecker K, Hopner S, Mahrlein W, Krause The methodics of medical thermography in the
M, Muller HR. [Thermographic thorax diagnostics of the human body musculoskeletal
diagnostics]. Z Gesamte Inn Med 1978 Feb 1; system. Applied Machine Intelligence and
33(3): 78-80. Informatics (SAMI), 2010 IEEE 8th International
3. Hildebrandt C, Raschner C, Ammer K. An Symposium on; 2010 28-30 Jan. 2010; 2010. p.
overview of recent application of medical 275-7.

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 40


Pan American Journal of Medical Thermology

15. Tkacova M, Foffova P, Hudak R, Svehlik J, 25. Pauling JD, Flower V, Shipley JA, Harris
Zivcak J. Medical thermography application in ND, McHugh NJ. Influence of the cold challenge
neuro-vascular deseases diagnostics. Applied on the discriminatory capacity of the digital
Machine Intelligence and Informatics (SAMI), distal-dorsal difference in the thermographic
2010 IEEE 8th International Symposium on; assessment of Raynaud's phenomenon.
2010 28-30 Jan. 2010; 2010. p. 293-6. Microvasc Res 2011 Nov; 82(3): 364-8.
16. Niehof SP, Huygen FJ, Stronks DL, Klein J, 26. Sivanandam S, Anburajan M, Venkatraman
Zijlstra FJ. Reliability of observer assessment of B, Menaka M, Sharath D. Medical thermography:
thermographic images in complex regional pain a diagnostic approach for type 2 diabetes based
syndrome type 1. Acta Orthop Belg 2007 Feb; on non-contact infrared thermal imaging.
73(1): 31-7. Endocrine 2012 Oct; 42(2): 343-51.
17. Zivcak J, Madarasz L, Hudak R. Application 27. Maksymowicz K, Dudek K, Bauer J, Jurek T,
of medical thermography in the diagnostics of Drozd R. Assessment of the possibilities of
Carpal Tunnel Syndrome. 12th IEEE application of the thermovision technique in
International Symposium on Computational medico-legal diagnosis. Theoretical basis. Ann
Intelligence and Informatics 2011: IEEE; 2011. Acad Med Stetin 2007; 53 Suppl 2: 102-6.
p. 535-9.
28. Cooke WH, Moralez G, Barrera CR, Cox P.
18. Morasiewicz L, Dudek K, Orzechowski W, Digital infrared thermographic imaging for
Kulej M, Stepniewski M. Use of thermography to remote assessment of traumatic injury. J Appl
monitor the bone regenerate during limb Physiol 2011 Dec; 111(6): 1813-8.
lengthening--preliminary communication. Ortop
29. Pauling JD, Shipley JA, Raper S, Watson
Traumatol Rehabil 2008 May-Jun; 10(3): 279-85.
ML, Ward SG, Harris ND, et al. Comparison of
19. Nahm FS, Koo MS, Kim YH, Suh JH, Shin infrared thermography and laser speckle contrast
HY, Choi YM, et al. Infrared Thermography in imaging for the dynamic assessment of digital
the Assessment of Temporomandibular Joint microvascular function. Microvasc Res 2012
Dysorder. Korean J Pain 2007; 20(2): 163-8. Mar; 83(2): 162-7.
20. Lourenço S, Clemente MP, Coimbra D, Silva 30. Vachutka J, Grec P, Mornstein V, Caruana
A, Gabriel J, Pinho JC. The assessment of CJ. Visualizing and measuring the temperature
trapezius muscle symptoms of piano players by field produced by medical diagnostic ultrasound
the use of infrared thermography. 2011. using thermography. European Journal of Physics
2008; 29(6): 1287.
21. Lee JG, Kim SG, Lim KJ, Choi KC.
Thermographic assessment of inferior alveolar 31. Trafarski A, Róanski L, Straburzynska-Lupa
nerve injury in patients with dentofacial A, Korman P. The Quality of Diagnosis by IR
deformity. J Oral Maxillofac Surg 2007 Jan; Thermography as a Function of Thermal
65(1): 74-8. Stimulation in Chosen Medical Applications.
2008; 2008. p. 2-5.
22. Gavriloaia G, Neamtu C, Gavriloaia M,
Ghemigan A. Anisotropic diffusion filtering of 32. Wu C-L, Yu K-L, Chuang H-Y, Huang M-H,
infrared medical images. 2011: IEEE; 2011. p. 1- Chen T-W, Chen C-H. The Application of
4. Infrared Thermography in the Assessment of
Patients With Coccygodynia Before and After
23. Song C, Appleyard V, Murray K, Frank T,
Manual Therapy Combined With Diathermy.
Sibbett W, Cuschieri A, et al. Thermographic
Journal of manipulative and physiological
assessment of tumor growth in mouse xenografts.
therapeutics 2009; 32(4): 287-93.
Int J Cancer 2007 Sep 1; 121(5): 1055-8.
33. Mijović B, Salopek ČI, Skenderi Z, Reischl
24. Kulis T, Kolaric D, Karlovic K, Knezevic M,
U. Thermographic Assessment of Sweat
Antonini S, Kastelan Z. Scrotal infrared digital
Evaporation inside Clothing Systems. FIBRES &
thermography in assessment of varicocele--pilot
TEXTILES in Eastern Europe 2012; 5(94): 81-6.
study to assess diagnostic criteria. Andrologia
2012 May; 44 Suppl 1: 780-5.

Pan Am J Med Thermol 1(1): 31-41 41

View publication stats