You are on page 1of 14
cMCcG 18 CHAMADA\ PRF/2014 - GEO ALUNO N°: NOME: TURMA: 1? QUESTAO (10 escores) | MOLTIPLA ESCOLHA NOS PARENTESES A ESQUERDA, ESCOLHA A UNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM UM “3 01. (UNIFENAS-adaptada) A pirdmide de idade da populacdo reflete uma dindmica demografica onde sdo verificadas importantes transformagdes na composigéo etéria da nacdo, para efeitos de| planejamento socioeconémico do pais. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica) divulgou através de dados coletados pelo Censo 2010 a nova piramide etaria do Brasil. Grifico da distribuigio da populagio por sexo, segundo os grupos de idade Mais de 10a 7.267 0.0% 0.0% 16.999 95299anos 21.628 0.0% | 0.0% 0.808 90a8¢ancs 114.564 0.1% |) 0.1% 211.595 85289anos 310.759 0.2% ff 0.3% 508.724 80284 anos 668.622 0.496 ll o.5% 998.249 75279 anos 1.090.518 0.6% I 0.2% 1.472990 70074 anos 1.067.273 | 14% 2074 264 65269anos 2226065 12% 1.4% 2ete 745 6064anos 3.041.024 i 1.2% 2.428.088 55259.anos 2.902.244 2 23% 4.372.875 50254anos 4.824.995 as 28% 5.205.407 45.249 anos 5.692.013 20 a 22% 6.141.338 40.246anos 6.320.570 2 as 28% 99.797 35239.anos 6.706.605 2 3.7% 7.121.916 30a3¢ancs 7717087 40k 42% eoze.ass 25229 anos £. Se ANG Bo ENSIN ictadica |r caamannl TURMA: JALUNO N°: NOME: cp uz 02, Leia o trecho a seguir: Ainda hoje, grande parte dos motivos que forgam os homens a migrar so os mesmos do passado (instabilidade politica, conflitos, fome, entre outros). Os recentes episédios politicos ocorrides com os palestinos, os sulvietnamitas e outros servem de testemunhos. Porém, neste momento, o que mais nos interessa é 0 estudo dos movimentos migratérios voluntarios, os} motivados pelo desejo de melhoria de vida ou de ascens&o social, em particular na sociedade| brasileira. SCARLATO, F. C. 'Populacdo e urbanizacao brasileira’. In: ROSS, J. L. S. (Org.). Geografia] do Brasil. Sao Paulo: Edusp, 1998. p. 392. [Adaptado]. A interpretagao do texto sobre o fendmeno migratério possibilita compreender que a emigracéo de brasileiros, que se intensificou no periodo de 1985 a 1994, pode ser explicada pela (A) modernizagao do espago agrario conjugada & concentragio fundidria e as lutas no campo. (B) politica e social desencadeada pelo governo brasileiro que incentivou a emigragéo, uma vez que tinha consciéncia da impossibilidade de criar empregos para todo o contigente populacional que entrava, anualmente, no mercado de trabalho. ((C) politica econémica, com altas taxas de inflacéo, aliada ao desemprego e ao baixo crescimento econémico. ¥ (D) inserggo do Brasil na economia globalizada associada ao desenvolvimento dos transportes e do turismo internacional (E) geopolitica brasileira na América Latina articulada a expanséo do mercado nacional e ao fortalecimento do Mercosul. 03. Nas Ultimas décadas, o ntimero de favelas tem crescido consideravelmente, com significativa alteraco| ha sua distribuigdo pelas regides do Pais. Considerando a dinémica migratéria do periodo, pode-se| afirmar que esse processo esta relacionado (A) ao declinio acentuado da industrializagéo no Sudeste, que deslocou grandes parcelas da populacao urbana para outras regides do pais. (B) & ampliacdo do nimero de zonas francas de comércio em grandes metrépoles, 0 que atraiu a populacdo rural para essas areas. ((C) ao deslocamento das correntes migratérias rurais para os cinturdes verdes criados em torno os centros urbanos. ((D) & instalagdo, na Regio Nordeste, de intimeras empresas de alta tecnologia, atraindo de volta a populacdo que migrara para o Sudeste. (/E) & mudanga no destino das correntes migratérias, que passaram a buscar as cidades e médio e grande portes, além de Sdo Paulo e Rio de Janeiro. SSAA / STE / CMCG 2014 1 CHAMADA| 03 |*° TURMA: Cap Luiz 04, (ACAFE 2012 - Modificada) Observe atentamente o mapa do Brasil COMPLEXOS REGIONAIS Fonte: IBGE: Atlas geografico escolar. 2.ed. RJ, 2004. (adaptado) Sobre essa proposta de regionalizagao do pais, é correto afirmar que (A) 0 Complexo da Amazénia, n° 2, com grande biodiversidade, corresponde a fronteira de expansa da economia brasileira e por isso de grande interesse do capital nacional e internacional. (B) foi criada, em 1967, pelo geégrafo Pedro Pinchas Geiger levando em consideracao a| formacao historico-econéi do pais. (C) © Nordeste, indicado pelo n° 1, abrange sub-regides diferenciadas, como é 0 caso do Sertdo Nordestino e da Zona da Mata, caracterizadas pela semiaridez e pelas chuvas, respectivamente. (1D) a Regido Concentrada, n° 3, considerada como o coracao do Brasil, é 0 locus em que se| encontra a maior parte da populacao nacional, da producdo industrial e da agropecuaria. (E) a delimitacéo dos complexos regionais foi feita seguindo a proposta do Instituto Brasileiro de| Geografia e Estatistica (IBGE) que combinou as caracteristicas econémicas, naturais ¢ demograficas e respeitou os limites politico-administrativos. SSAA / STE / MCG 2014