You are on page 1of 2

PROFESSOR

AULA 11
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

TEMA: Progressão Geométrica Considerando que o jogo está sendo disputado
conforme as regras descritas, a assertiva que garante
uma possível vitória no jogo é
QUESTÃO 01
Em um jogo de tabuleiro com 64 casas, sendo 32 (A) 264 - 1.
duas pretas e 32 cinzas, um pai para ensinar sua
filha sequências lógicas, desenvolve um jogo com o (B) 2 . (264 - 1) .
tabuleiro que consiste das seguintes regras: 3
• O jogo é disputado por dois jogadores, que (C) 2 - 1 .
64

recebem o nome de primeiro e segundo jogador;
3
• O primeiro jogador escolhe uma das cores do (D) 263.
tabuleiro e coloca uma peça;
• O segundo jogador fica com a cor restante e (E) 262.
coloca o dobro* de peças da jogada imediatamente Gabarito: C
anterior a dele; H3-Resolver situação-problema envolvendo
• Essas sequências de jogadas são efetuadas até conhecimentos numéricos.
completar-se todo o tabuleiro; Solução
Professor(a), como os termos a serem inseridos são
• Após o término das jogadas soma-se as peças de
sempre o dobro do colocado anteriormente, tem-se:
cada cor e faz-se a diferença entre elas, quem acerta
1, 2, 4, 8,...,9 223 372 036 854 775 808
o resultado ganha o jogo.
20, 21, 22, 23,...,263.
*O termo dobro pode ser mudado para qualquer Assim, qualquer termo pode ser escrito pela
elemento multiplicativo. formula do termo geral de uma PG, an = a1 ∙ q(n-1),
em que an é o termo geral, a1 é o primeiro termo, q
é a razão e n é a posição do elemento.
Como o resultado é a diferença da soma dos elementos
colocados por cada jogador , e que
ambos também colocam os elementos em uma PG
crescente de razão 4 com a diferença no primeiro
termo de cada jogador, em que o primeiro jogador
coloca 1 e o segundo inicia com 2, assim, tem-se:
1º jogador: 20, 22, 24, ..., 262 = 1, 41, 42, 43,..., 431;
an = 431;
a1 = 1;
q = 4;
n = 32;
substituído na equação de
soma de PG:
S32 = 1 . (432 - 1) = (432 - 1) = 264 - 1
4-1 3 3
• 2º jogador: 21, 23, 25,...,263 = 2, 2 ∙ 41, 2 ∙ 42, 2 ∙ 43, QUESTÃO 03 (Enem/2015)
..., 2 ∙ 431; O acréscimo de tecnologias no sistema produtivo
industrial tem por objetivo reduzir custos e aumentar
an = 2∙431; a produtividade. No primeiro ano de funcionamento,
a1 = 2; uma indústria fabricou 8 000 unidades de um
q = 4; determinado produto. No ano seguinte, investiu em
n = 32; tecnologia adquirindo novas máquinas e aumentou
substituído na equação de soma de PG: a produção em 50%. Estima-se que esse aumento
S32 = 2 . (432 - 1) = 1.(432 - 1) . percentual se repita nos próximos anos, garantindo
4-1 3 um crescimento anual de 50%. Considere P a
quantidade anual de produtos fabricados no ano t
Fazendo-se a diferença entre esses valores, tem-se: de funcionamento da indústria.
2 . (432 - 1) = 1 . (432 - 1). Se a estimativa for alcançada, qual é a expressão que
4-1 3 determina o número de unidades produzidas P em
função de t, para t ≥ 1?
QUESTÃO 02
(A) P(t) = 0,5 · t-1 + 8 000
João, Pedro e José são colegas de trabalho. Em um certo
dia na hora do almoço, os três se reuniram e conversando (B) P(t) = 50 · t-1 + 8 000
descobriram que suas idades, em anos, estavam dispostas (C) P(t) = 4 000 · t-1 + 8 000
em forma de uma progressão geométrica. (D) P(t) = 8 000 · (0,5)t-1
Sabendo que João é o mais novo dos três, que José (E) P(t) = 8 000 · (1,5)t-1
é o mais velho, que o produto das três idades, em
Gabarito: E
anos, é 27.000 e que a soma das idades de Pedro e
H3 - Resolver situação-problema envolvendo conhe-
de José é 75 anos, pode se afirmar que
cimentos numéricos.
(A) a idade de João é superior a 32 anos. Solução
O número de unidades produzidas forma uma PG
(B) Pedro é 20 anos mais velho que João.
em função do tempo decorrido, em que o primeiro
(C) José tem exatamente 45 anos. termo é 8 000 e a razão é 1,5. Assim, a lei de
(D) João é 25 anos mais novo que José. formação desse número de unidades é dada por
P = 8 000 . (1,5)t -1.
(E) José é 15 anos mais velho que João.
Gabarito: C
QUESTÃO 04
H3 - Resolver situação-problema envolvendo conhe-
cimentos numéricos. Uma certa espécie de bactéria se divide em duas
Solução a cada 20 minutos, e uma outra, a cada 30 minutos.
Sabendo que as idades de Joao, Pedro e José estão Determine, após 3 horas, a razão, somente a parte
em progressão geométrica, nesta ordem, as idades inteira, entre o número de bactérias da 1ª e o da 2ª
dos mesmos serão: espécies, originadas por uma bactéria de cada espécie.
João = xy (A) 8
Pedro = x
José = xy (B) 4
Onde y é a razão da P.G. (C) 2
Como o produto das idades é 27000: (D) 0
x
y ∙ x ∙ xy = 27000 → x = 27000 → x =3 0
3

Sabendo que a idade do Pedro é 30, e que a soma (E) 12
das idades de Pedro mais a de José é 75, temos que Gabarito: A
a idade de José é 45, ou seja, Solução
xy = 45 → 30y = 45 → y = 45 → y = 1,5 1ª espécie: Soma
30 𝑎1 ∙ 𝑞 𝑛 − 1 1 ∙ 210 − 1
Logo, a idade de João é: = = = 1024 − 1 = 1023
30 = 20 𝑞−1 2−1
1,5 2ª espécie: Soma
Assim:
𝑎1 ∙ 𝑞 𝑛 − 1 1 ∙ 27 − 1
João tem 20 anos = = = 128 − 1 = 127
Pedro tem 30 anos 𝑞−1 2−1
1023
José 45 anos Razão = 127
≅ 8,055 → 8