You are on page 1of 29

Família Retroviridae, Gênero Lentivirus

gp41

Receptor
CXCR4 e
CCR5
Por que saber o
ciclo do HIV?
Inibidores
ITRN e de Fusão
ITRNN e do
CCR5

Inibidores
da
Integrase
IP
Antirretrovirais
CLASSE ANTIRRETROVIRAL
Inibidores de fusão Enfuvirtida
Antagonistas do CCR5 Maraviroc
ITRN Lamivudina Abacavir
Tenofovir Zidovudina

ITRNN Nevirapina Etravirina


Efavirenz
Inibidores de Integrase Dolutegravir Raltegravir

Inibidores de Protease Ritonavir Darunavir


Saquinavir Tipranavir
Atazanavir
Lopinavir
EPIDEMIOLOGIA
• Heterossexuais > Homossexuais

• Internalização/ruralização

• Pauperização

• Feminização

• Idosos
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
TRANSMISSÃO

• Sexual

• Sanguínea

• Perinatal

• Percutânea

• Exposição ignorada
E o profissional de saúde exposto?
• Exposição percutânea
– Risco de 0,3%

• Exposição de mucosas
– Risco de 0,09%
História natural da doença

Set Point
Viral
Fase aguda

Viral
Set Point
Fase de Latência

Sintomas B
História natural da doença

Fase AIDS e Óbito


Infecção Aguda
Febre
Linfadenopatia
Faringite
Exantema
Mialgia /Artralgia
Trombocitopenia
Leucopenia
Diarreia
Cefaleia
Náusea e vomitos
Aumento de transaminases
Hepatoesplenomegalia
Candidíase oral
Fase Sintomática Precoce (Sintomas B)

Candidíase oral
Candidíase persistente, recorrente ou difícil de manusear
Leucoplasia pilosa oral
Herpes zoster (>=2 episódios ou >=2 dermátomos)
Neuropatia periférica
Angiomatose bacilar (Bartonela hanselae )
Displasia ou Carcinoma in situ de colo uterino
Doença inflamatória pélvica com abscesso tuboovariano
Listeriose
Doenças Definidoras de AIDS
Manifestações clínicas atribuídas diretamente ao HIV

• Nefropatia associada ao HIV (NAHIV)


– proteinúria intensa e hipoalbuminemia
– sem hipertensão arterial ou edema

• Alterações neurológicas atribuídas ao HIV


– demência associada ao HIV

• Cardiomiopatia associada ao HIV


– cardiomiopatia associada ao HIV
– pericardite
– hipertensão arterial pulmonar
DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
JANELA IMUNOLÓGICA
Primeiros 3-6 meses de infecção, quando a sorologia ainda é negativa
TESTES DE TRIAGEM
ELISA anti-HIV
TESTES CONFIRMATÓRIOS
Western-Blot, Elisa 4Geração, Testes moleculares (Detecção de RNA)

DIAGNÓSTICO POSITIVO:
testes triagem
+
teste confirmatório
DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
Estratégias diagnósticas
• TR 1 + TR 2
• TR ST + TR ST
• TR FO + TR ST
• IE 4ª geração + TM
– Mais recomendado
– Cuidado para controladores de elite  WB ou IB
• IE 3ª geração + TM
• IE 3ª geração + WB/IB/IBR