You are on page 1of 18

CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA

Primeiro Semestre 2018

Quarto ano académico

Engenharia Económica

Avaliação Contínua

Título: Uma Aplicação Financeira com máximos lucros

Turma_EQM7-M1

Constiuída por:

1. Dian Dasala-20151547

2. Mariana da Cunha-20151402

3. Anércia António-2013

4. Wilson Ganda-2015

5. Francisco José-2015

Profº. André Carvalho

Data de elaboração do Trabalho 2 de Maio de 2018


Índice
RESUMO ................................................................................................................ 3

ABSTRACT ............................................................................................................ 4

CÁPITULO I............................................................................................................ 5

INTRODUÇÃO ................................................................................................................. 5

OBJECTIVOS .................................................................................................................. 8

Objectivo Geral ............................................................................................................ 8

Objectivos específicos ................................................................................................. 8

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA............................................................................................. 9

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ..................................................................................... 11

JUSTIFICATIVA ............................................................................................................. 13

CÁPITULO II......................................................................................................... 14

ANÁLISE DE DADOS .................................................................................................... 14

Descrição do Produto de Investimento ...................................................................... 14

Seleção do(s) produto(s) financeiro(s) óptimo(s) ...................................................... 15

CAPÍTULO III........................................................................................................ 17

CONCLUSÃO ................................................................................................................ 17

VI-BIBLIOGRAFIA ................................................................................................ 18
RESUMO

A economia de qualquer empresa, intituição ou orçamento individual depende


da tomada de decisões, com relação aos bens em posse. No decorer deste
trabalho no capítulo I veremos a principal distinção entre poupar e investir. No
entanto no que toca a esta última acção, instituições financeiras actuam como
intermediários que proporcionam produtos ou aplicações, com objectivo de
proporcionar este investimento para o cliente e gerar simultaneamente lucro para
a própria instituição. Grande parte destas instituições são constituidas por bancos.
Portanto uma aplicação financeira é um investimento em que um capital é
aplicado por parte do cliente e, mediante o periódo de aplicação valores serão
renumerados no final. Assim sendo neste trabalho tratamos da análise dos produtos
financeiros disponibilizados pelo Banco Econômico de Angola e, dentre estes
recomendamos a melhor opção de investimento (segundo a nossa análise) para
o nosso cliente de acordo as suas informações ( orçamento avaliado no valor de
de um milhão e duzentos mil kwanzas). O conjunto de aplicações por nós
determinada foi Rendimento Novo Cliente e Rendimento Prazo Mundial aplicados
no periódo de dois anos e nove meses, tendo sido renumerado um valor de juros
equivalente a 21,3739% do Capital apliado.
Palavras-chave: Produtos financeiros; Investimentos; Economia.

3
ABSTRACT

The business economy, the intention or the budget depends on the decision
making, in relation to the assets in possession. In the course of this work in Chapter I
see the main difference between saving and investing. However, that taking the
latter action, the provision of services to the consumer as the offer of products or
applications, with the purpose of making investments for the customer and
generate profits for a proprietary institution. Most institutions are banks. A financial
application is an investment in capital that is applied by the customer and, unlike
the period of value applications, is not granted at the end. The objective of this work
is the analysis of the annual economic value in Angola. and two hundred thousand
kwanzas). The group of investments by us may have been repeated over a period
of two years and ninety months, having received an interest amount equivalent to
21.3739% of the capital invested.
Keywords: Financial products; Investments; Economy.

4
CÁPITULO I

INTRODUÇÃO

A palavra economia vem do termo grego oikonomos e pode ser entendida


como “aquele que administra um lar”(MANKIW,2012,p.3).
De acordo com Mankiw:
Cada campo de estudos tem sua linguagem e sua própria maneira de
pensar. Os matemáticos falam de axiomas , integrais e espaços vetoriais. Os
psicólogos falam de ego, id e dissonância cognitiva. Os advogados falam
de comarcas , delitos contratuais e embargos promissórios.A economia não
é diferente. Oferta, demanda, elasticidade, vantagem comparativa,
excedente do consumidor, peso morto-esses termos são parte da
linguagem dos economistas.(Mankiw,2012,p.21)

Actualmente, o cálculo financeiro e a análise de investimentos são


feramentas essencias para a tomada de decisões e a gestão financeira das
empresas e das pessoas.(Samanez,2010)

Com que então surge o termo economia, que é o estudo de como a


sociedade administra seus recursos escassos (MANKIW,2012). Assim sendo, os
economistas estudam como as pessoas tomam decisões :o quanto trabalham, o
que consomem, o quanto poupam e como investem as suas economias .

O campo da economia se divide em dois subcampos .microeconmia e


macroeconomia. Os microeconomistas estudam a tomada de decisões pelas
familias e pelas empresas, e a interação entre elas no mercado. Os
macroeconomistas estudam as forças e tendências que afectam a economia
como um todo.

Neste ponto surgem os termo oferta e demanda em que referem-se ao


comportamento das pessoas à medida que interagem entre si em mercados
competitivos.

A quantidade demanda de um bem qualquer é a quantidade deste bem que


os compradores desejam e podem comprar .

A quantidade ofertada de qualquer bem ou serviço é a quantidade que os


vendedores querem e podem vender. 1

Um mercado é um grupo de compradores e de vendedores de um


determinado bem ou serviço.
5
Os compradores , como grupo determinam a demanda pelo produto e os
vendedores, também como grupo , determinam a oferta do mesmo.(
MANKIW,2012).

Consoante diversos produtos que o mercado oferece o consumidor


apresenta dois componentes essencias para a escolha do produto que são:a
restrição orçamentaria do consumidor(quanto pode gastar) e a preferência do
consumidor(o que deseja).
Citado por :

Segundo Bernstein e Damodaran (2000 citados por BARROS, 2013), um dos


métodos para gerar capital é através de investimentos financeiros, que podem ser
realizados de acordo com a vontade do investidor.

Um investimento financeiro está relacionado com a privação do consumo ou


do prazer presente com o objetivo de construir algo com maior valor para
aproveitamento futuro .O sistema financeiro é composto por instituições presentes
que ajudam a promover o encontro das pessoas que poupam com aquelas que
investem.(MANKIW,2012,P.554)
Citado por

Segundo Bernstein e Damodaran (2000 citados por BARROS, 2013),um


investimento financeiro está relacionado com a privação do consumo ou do
prazer presente com o objetivo de construir algo com maior valor para
aproveitamento futuro .

Segundo Reilly e Brown (2003 citados por BARROS, 2013) ressaltam que um
investimento é o comprometimento de dinheiro por um período de tempo, visando
pagamentos futuros que irão compensar o processo decorrido; os investimentos
podem ser realizados por um indivíduo, ente governamental, fundo de pensão ou
organização.
Ao realizar um investimento financeiro, é preciso identificar algumas metas,
tais como: o tempo no qual o capital será investido, o objetivo do investimento, o
risco a ser tomado, o cenário econômico atual, o tipo de investimento, entre outros
aspectos (HALFELD, 2007)

Os mercados financeiros são instituições por meio das quais uma pessoa que
quer poupar pode oferecer fundos directamente a uma pessoa que deseje tomar
empréstimo

6
Os intermediários financeiros são instituições financeiras por meio das quais os
poupadores podem indirectamente ofertar fundos aos tomadores de empréstimos.
A palavra intermediário reflete o papel dessas instituições, que se situam entre os
poupadores e os tomadores. Dois dos mais importantes intermediários financeiros
são; os bancos e os fundos mútuos.

As mesmas instituições tem como objectivo ajudar a coordenar poupadores


e tomadores. Podem ser agrupadas em duas categorias; mercados financeiros e
intermediários financeiros.
Segundo Mankiw :
Os bancos são intermediários financeiros com os quais as pessoas
estão mais familiarizadas. Um dos principais negócios dos bancos é receber
depósitos das pessoas que querem poupar e usar esses depósitos para
conceder empréstimos as pessoas que os desejam. Os bancos pagam aos
depositantes um juro sobre seus depósitos e cobram um juro ligeramente
superior. A difrença entre estas taxas de juros cobre os custos bancários e
rende um lucro para os proprietários dos bancos (Mankiw,2012.p.556).

A taxa de juro é o preço de um empréstimo. Representa o montante que os


tomadores pagam pelo empréstimo e o montante em que os que emprestam
recebem por sua poupança. Desta forma vimos que os bancos têm o papel de
coordenar a poupança e o investimento da economia.

Por vezes, os termos poupança e investimento podem causar confusão. A


maiorias das pessoas utiliza esses termos de maneira casual e até intercambiável.
Já os macroeconomistas que processam as contas de renda nacional, utilizam
esses termos com cautela e de maneira distinta. (Mankiw,2012)

Investir é empregar o dinheiro poupado em aplicações que rendam juros ou


outra forma de remuneração ou correção. O investimento é tão importante
quanto a poupança, pois todo o esforço de cortar gastos pode ser desperdiçado
quando mal investido.2

Os bancos e as demais instituições financeiras tornam possíveis essas


diferenças individuais entre poupança e investimento ao permitirem que a
poupança de uma pessoas financie o investimento de outra.

Com a breve contextualização a pesquisa por nós realizada, relaciona-se


com as formas de investimentos existentes em Angola, como ponto fulcral produtos
oferecidos pelo banco económico. A atual, pesquisa procura responder qual a
vantagem da escolha de um determinado produto como não só apresentação
de cálculos a análise de dados.
7
OBJECTIVOS

Objectivo Geral
Analisar produtos financeiros oferecidos pelo banco economico .

Objectivos específicos
 realizar a contextualização teórica sobre o instituições financeiras , os
tipos de investimentos, os motivos e os perfis dos investidores.

 recolher os dados por meio de fichas técnicas fornecidadas pelo banco


económico

 Desenvolver a habilidade em cálculos e investimentos de modo gradual


e efectivo

8
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

A partir da I Guerra Mundial, e com o desenvolvimento do mercado


financeiro, a gestão financeira passou a ser vista, por um lado, como o estudo das
técnicas que visavam a obtenção e gestão dos recursos financeiros necessários ao
funcionamento e desenvolvimento da empresa, e por outro, como o estudo e a
resolução de problemas legais e contabilísticos, tanto internamente, como na sua
relação com o exterior. A partir da década de 60, a função financeira foi
ganhando uma importância crescente em relação às funções históricas. Para tal
contribuíram, a necessidade de rentabilizar aplicações de fundos em mercados
altamente competitivos, de gerir os recursos económicos cada vez mais vastos e a
crescente complexidade e dinamismo dos mercados
financeiros.(FERNANDES,2014)
Trata-se de uma área muito importante em todos os setores de atividade,
desde bancos e outras instituições financeiras, passando por empresas industriais e
comerciais, escolas, hospitais entre outras instituições. As tarefas desempenhadas
nessa área abrangem desde decisões sobre expansão da atividade da empresa
até a escolha de títulos a serem emitidos para financiar essa expansão. Os
responsáveis financeiros da empresa também decidem nível de caixa que a
empresa deve manter, o lucro a ser reinvestido ou distribuído, os títulos a adquirir,
entre outras decisões financeiras.(FERNANDES,2014)

Neste âmbito que se ocupa com a tomada destas decisões tem sido o gestor
financeiro que de certo modo tem como papel decidir em que ativos (reais ou
financeiros) investir e como obter os fundos para financiar os investimentos reais, ou
seja, é tomar decisões de investimento e de financiamento. (Brealey e Myers, 1998)

No processo de investir financeiramente, visando ter algum retorno no futuro,


existem diversos benefícios e riscos envolvidos, bem como vantagens e
desvantagens (HALFELD, 2007).
Deste modo Piazza entende que:
Existem três principais vantagens ao realizar investimentos pessoais: i) a
obtenção de rendimentos em proporções nem sempre imaginados, se
aplicados de acordo com os objetivos do investidor; ii) proporcionar renda
extra (existem indivíduos que possuem investimentos como sua principal
fonte de renda); e, iii) o aumento da chance de se desfrutar de uma
aposentadoria confortável. (2010,p.37)

9
Uma das desvantagens do ato de investir é a quantidade de riscos envolvidos.
Segundo Reilly e Brown (2003, citados por BARROS,2013).Existem basicamente
quatro tipos de riscos envolvidos nos investimentos pessoais:

i) o risco do negócio é o risco específico de um investimento, como, por


exemplo, em ações: se a empresa for liquidada, o investidor perde seu dinheiro
investido,

ii) os riscos do mercado que são decorrentes de fenômenos que geram


variações na economia, logo, afetando os rendimentos – as crises internacionais e
a inflação elevada são exemplos de tais riscos;

iii)o risco de liquidez, que está relacionado ao tempo e ao custo para se


resgatar um investimento realizado
Para Halfeld (2007,p.43) :

uma das maiores desvantagens é a falta de dedicação ao estudo por parte


do investidor. Aquele autor acredita que pessoas tendem a ter rendimentos
baixos e a entrarem em mercados onde não possuem conhecimento
devido à falta de preocupação em capacitar-se para melhorar a estratégia
pessoal de investimento. (2007,p.43)

Apoiando-se no trabalho (Investimentos financeiros) elaborado por Fábio


Barros, (2013) pela Faculdade de Tecnologia e Ciências Aplicadas pelo curso de
Administração pela Área de finanças empresarias, que se baseou-se na análise dos
alunos investidores de Ensino Superior de Brasílias, teve como metodologia a
realização de um inqueritos relacionado com aspectos de investimentos
financeiros. No estudo do caso observou-se que num universo de 110 estudantes
71 % destes procura obter um crescimento moderado de seu capital, a passo 19%
almeja preservar seu capital da inflação, e os demais buscam rendimentos muito
acima da poupança. Quanto ao periódo de resgate dos lucros, 62% pretendiam
resgatar suas aplicações em mais de dois anos ou seja a longo prazo, 28% visa a
resgata-lo em um ou dois anos, e os últimos 10% desejam começar o resgate em
menos de um ano. Com base nesta resposta basearemos nossos cálculos para
operações a longo prazo.

10
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Uma aplicação financeira é a compra de um ativo financeiro, na expectativa


de que, no tempo, produza um retorno financeiro ou seja, espera-se não só obter
o capital investido, como também um excedente, a título de juros ou dividendos. 3

Segundo Samanez (2010,p.1): “ juro é a renumeração do capital


empregado.” Sabemos que o juro engloba 3 variáveis:
 Capital aplicado
 Taxa de juro
 Periódo da aplicação.

Como vimos nos capítulos anteriores à toda aplicação financeira está


relacionado um certo nível de risco, geralmente relacionado com a unidade
tempo acima designada como periódo da aplicação. Neste âmbito Assaf Neto
(2012,p.1) estabelece que:
As taxas de juros devem ser eficientes de maneira a renumerar:

a) o risco envolvido na operação, representado genericamente pela incerteza


com relação ao tempo;`

b) a perda do poder de compra do capital motivada pela inflação. Sendo a


inflação o fenómeno que corrói o capital, determinando um volume cada
vez menor de compra com o mesmo montante.

c) o capital aplicado. Os juros devem gerar um lucro ao proprietário do capital


como forma de compensar a sua privação por determinado periódo de
tempo. Este ganho é estabelecido basicamente em função das diversas
outras oportunidades de investimentos e definido por custo de
oportunidade.

Portanto a taxa de juro é o coeficiente que determina o valor do juro, isto é a


renumeração do fator capital utilizado durante certo periódo, se referem sempre
a uma unidade temporal (dia, mês, ano) podendo ser percentual 18%, unitária
(0,18) (NETO,2012).

11
Dentre os regimes de juros existem os seguintes:

1. Regime de juros simples: sendo aquele em que os juros de cada


periódo são calculados sempre sobre o mesmo capital. Não
ocorrendo capitalização neste regime.

Consequentemente, o capital crescerá a uma taxa linear, e a taxa de juros


terá comportamento linear com relação ao tempo. A aplicação dos juros simples
é muito limitada, e tem sentido apenas para aplicações a curtíssimo prazo.
𝐽 = 𝐶∗𝑖∗𝑛 eq.1 C-capital, i-taxa de juro, n-periódo;

2. Regime de capitalização compoxta: tem sido o regime mais comum


no ida a dia do sistema financeiroe do cálculo econômico. Nesse
regime os juros gerados a cada periódo são incorporados ao principal
para o cálculo de juros do periódo seguinte. Isto é, ocorrem
incorporações de juros. Ao contrário do anterior, neste regime, os juros
crescem exponencialmente em progressão geométrica ao longo do
tempo: 𝐽 = 𝐶 ∗ (𝑖 + 1)𝑛 eq.2 (SAMANEZ,2010)

Desta forma no nosso trabalho base-mo-nos na determinação dos juros com


base nestas duas equações dependentemente do tipo de aplicação. No entanto
um factor a ter em conta no regime composto são as taxas nominal e efcetiva.
Quando uma taxa de juros é nominal, admite-se que o prazo de capitalização dos
juros (periódo de incorporação dos juros ao principal)não é o mesmo daquele
defindo para a taxa de juros. Já a taxa proporcional ou efetiva por periódo de
capitalização é determinad acom base na primeira.(SAMANEZ,2010)

Adicionalmente outras informações sobre um determinado produto financeiro


são fundamentais, como periódo de resgate dos lucros, o capital mínimo a ser
aplicado, claramente o regime de capitalização, o periódo da aplicação. Um
factor em ter em conta no resultado final dos juros calculados é o IAC. Onde os
juros obtidos estão sujeitos a retenção na fonte de Imposto sobre a Aplicação de
Capitais (IAC), à taxa em vigor no momento em que forem pagos ao cliente por
crédito da conta DO.(NETO,2012).

12
JUSTIFICATIVA

Tendo em conta que as instituições bancárias oferecem serviços e produtos


financeiros diferentes e que muitos empresários e pessoas singulares mesmo tendo
capital suficiente para fazer investimentos não o fazem por falta de informações
claras relacionadas com produtos financeiros, e a instituição bancária apta por
comercializar o tal produto que o mesmo procura ou possui, tendo em conta que
nem todas as instituições bancárias apresentam condições de segurança para se
fazer determinado investimento. Daí a necessidade de se fazer o presente
trabalho, para dar a entender nós como futuros empresários e investidores que é
importante sabermos e dominarmos conceitos financeiros mais usados no nosso
quotidiano.

13
CÁPITULO II

ANÁLISE DE DADOS

Descrição do Produto de Investimento


Cada produto financeiro possui uma fixa técnica informativa em que nela
constam dados pertinentes e decisivo na escolha de um produto financeiro; dados
como capital mínimo inicial, tempo de aplicação, Regime de capitalização, tipo
de Renovação, capital inicial máximo, Regime fiscal etc.

Temos disponíveis 8 (oito) produtos financeiros referentes ao Banco


Economico; na tabela abaixo temos um resumo dos principais aspectos a tomar
em conta na escolha de um produto financeiro ideal.
Tab.1. Descrição das principais características dos produtos Financeiros
Designação comercial Taxa Anual Período Capital Inicial Capitalização
do produto Efectiva Mínimo de Juros
Bruta
(TAEB)

Depósito Futuro Jovem 5,75% 12 meses 75.000 AOA Sim

Depósito Rendimento 5,50% 12 meses 500.000 AOA Não


Mensal AKZ.

Depósito Rendimento 7,25% 12 meses Qualquer Não


Net. montante.

Depósito Exclusivo. 7,25% 12 meses 2.5000.000 Sim


AOA

Depósito Novos Clientes. 11,0% 3 meses 100.000 AOA Não

Depósito a Prazo mundial


máximo. 11,98175% 273 dias 30.000 AOA Sim

Depósito a prazo mundial 16,10217% 273 dias 1.500.000 AOA Sim


mínimo.

Depósito Rendimento 6%/7,5% 6/12 meses 150.000 AOA Não


Imediato.
14
Seleção do(s) produto(s) financeiro(s) óptimo(s)

O perfil ou critérios do cliente servi-nos de filtro para escolha do produto


financeiro que melhor satisfaz as suas necessidades. Da tabela.1. excluímos todos
os produtos financeiros de Capital inicial mínimo inferior a 1.200.000 AOA , com
período de investimento mínimo superior a 1(um) ano.

Tab.2. Descrição das principais características dos produtos Financeiros


Designação Taxa Período Capital Capitalização
comercial do (TAEB) Inicial de Juros
produto Mínimo

Depósito Futuro 5,75% 12 meses 75.000 AOA Sim


Jovem

Depósito 5,50% 12 meses 500.000 AOA Não


Rendimento Mensal
AKZ.

Depósito 7,25% 12 meses Qualquer Não


Rendimento Net. montante.

Depósito Novos 11,0% 3 meses 100.000 AOA Não


Clientes.
Depósito a prazo
mundial máximo. 11,98175% 273 dias 30.000 AOA Sim

Depósito
Rendimento 6%/7,5% 6/12 meses 150.000 AOA Não
Imediato.

Os produtos financeiros mais atractivos são aqueles que apresentam maior


taxa ,gerando juros maiores logo um maior montante.

Fazendo uma análise na tabela acima observamos que as taxas mais


atractivas são de 11 e 11,98175% , referentes Depósito a prazo mundial máximo e o
Depósito Novos Clientes respectivamente, mas constactamos que ambas não
apresentam a mesma unidade temporal usamo-las de forma combinada.

15
Eliminamos os outros produtos financeiros da tabela acima deixando apenas
as mais atractivas de acordo a tabela abaixo.
Tab.3. Descrição dos 2 (dois) produtos Financeiros mais atractivos
Designação Taxa Período Capital Capitalização
comercial do (TAEB) Inicial de Juros
produto Mínimo

Depósito Novos 11,0% 3 meses 100.000 Não


Clientes. AOA

Depósito a prazo
mundial máximo. 11,98175% 273 dias 30.000 Sim
AOA

De todos os produtos e investimento disponibilizados pelo Banco Economico,


foram escolhidos dois dos produtos para base de análise deste estudo. Escolheu-
se o Depósito a prazo mundial máximo e o Depósito Novos Clientes.
Tab.4. Descrição dos 2 (dois) produtos Financeiros ó ptimos
Produto financeiro Taxa anual Capital aplicado Juros (AOA) Juros-IAC
(AOA) (AOA)
1º DPM 9 meses 11,98% 1.200.000 105.992,6 95.393,3
2ºDNC 2 anos 0,11% 1.295.393,3 284.986,53 256.487,9
Montante final Gerado em 2 ano e 9 meses= 1.456.487,9 AOA

De acordo os resultados obtidos a combinação entre os DPM e o DNC é o


produto mais rentável mais, conseguindo obter um lucro equivalente a 21,3739%
do Capital inicial investido na primeira aplicação. É crucial salientar ainda que
relativamente ao Depósito Mundial, o seu periódo de aplicação é exclusivo ao
periódo de decorrência do campeonato mundial de futebol sendo que, existe
ainda uma chance remota de elevar o valor da taxa num valor de 2% no último
trimestre isto é, 20% ou invés de 18%, incrementando no valor final da taxa anual
bruta efectiva. Os resultados acima apresentam na última coluna o valor efectivo
dos Juros isto é Juros-IAC pois os juros obtidos estão sujeitos a retenção na fonte de
Imposto sobre a Aplicação de Capitais (IAC), à taxa em vigor no momento em que
forem pagos ao cliente por crédito da conta DO. A escolha dos dois produtos
acima foi realizada respeitando sempre o factor risco associado ao tempo de
resgate do montante.
16
CAPÍTULO III

CONCLUSÃO

A metodologia proposta para a determinação da aplicação/ conjunto de


aplicações financeira/as mais apropriada às informações do cliente, com base no
cálculo de juros mostrou-se banstante satisfatória.

Sentimos que fomos capazes neste trabalho de realizar uma boa


comparação dentre os produtos disponibilizados , levando sempre em
consideração não subter o nosso cliente a riscos elevados como aplicações muito
longas, e tentando aproxima-ló sempre de taxas de juros mais atrativas.

Compreendemos também que no momento da aplicação, o periódo de


aplicação é um dos factores mais importantes a levar em conta, pois, não obstante
os juros gerados numa aplicação sejam directamente proporcionais ao periódo
da aplicação, operações muito longas apresentam mais riscos, como por exempo
a depreciação da moeda pela inflação. No entanto operações a curto prazo não
são suficientemente atrativas porque geram poucos juros, ( como analisado ma
Revisão bibliográfica).

No âmbito da execução deste trebalho, conseguimos nos familiarizar de uma


forma generalizada a composição do sistema financeiro e o papel que têm os
bancos no mesmo, como intermediários financeiros. Além disso entremos como em
casos de aplicações financeiras como é gerado o lucro para os bancos ( como foi
descrito na introdução).

17
VI-BIBLIOGRAFIA

SAMANEZ,C; Matemática financeira. 5ªed. São Paulo.Person Education


Hall.2010
MANKIW,N; Introdução a Economia. 5ªed. São Paulo.Cengage Learning. 2012

Economia e negócios. 2010.Disponível em <http://g1.globo.com/economia-


e-negocios/noticia/2010/06/entenda-o-que-e-oferta-e-demanda.html > Acesso
em 3 de Maio de 2018.1

SEABRA,R. Educação financeira. 2010. Disponível em


<https://queroficarrico.com/blog/entenda-a-diferenca-entre-poupanca-e-
investimento/ > Acesso em: 2 de Maio 2018.2

O que é Aplicação financeira?.2014. Disponível em :


<https://www.aplicacaofinanceira.com.br/o-que-e-aplicacao-financeira-qual-e-
a-melhor-aplicacao-financeira> Acesso em: 3 de Maio de 2018 3
BANCO ECONÓMICO. Depósitos a Prazo. Disponível em:
<https://www.bancoeconomico.ao/> Acesso em 24 de Abril de 2018.

18