TEMAS Advogados Baianos Gaúchos Informática Luis Fernando Veríssimo Não classificadas Sogras Animais Bêbados Gays Japoneses

Lula Pacientes Taxistas Argentinos Caçadores Guerra_dos_sexos Joãozinho Médicos Parece piada mas não é Trabalho Assaltantes e assaltados Casamento Humor_negro Loucos Mineiros Pescadores Turcos Avião Céu Infidelidade Louras Moral da história Portugueses Velhos

Você encontrará este documento constantemente atualizado para download ou visualização na internet no seguinte endereço: http://www.scribd.com/people/view/1639827

Advogados

Após o depoimento da testemunha da defesa, o advogado de acusação lhe diz: - Devo parabenizá-la pela sua inteligência! - Obrigada - a testemunha diz - Eu só não retribuo a gentileza, porque estou sob juramento! Num Juízo de uma pequena cidade, o advogado de acusação chamou a sua primeira testemunha; uma velhinha de idade avançada e avó. Aproximou-se da testemunha e perguntou: - Sr.ª Ermelinda, a senhora conhece-me? Resposta: - Claro que te conheço. Conheço-te desde pequenino e, francamente, desiludiste-me. Mentes descaradamente, enganas a tua mulher, manipulas as pessoas e falas mal delas pelas costas. Julgas que és uma grande personalidade quando nem sequer tens inteligência suficiente nem para ser varredor. Claro que te conheço. O advogado ficou branco, sem saber que fazer. Depois de pensar um pouco; apontou para o outro extremo da sala e perguntou: - Srª. Ermelinda, conhece o defensor oficioso? Responde a velhinha: - Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, tem problemas com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e na qualidade de advogado bem, aí... É um dos piores que já vi. Não esqueço também de mencionar que engana a mulher com três mulheres diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua mulher. Sim, conheço-o. Claro que sim. O defensor ficou em estado de choque. O juiz, então, pediu a ambos os advogados que se aproximassem do estrado e com uma voz muito tênue diz-lhes: - Se a algum dos dois ocorrer perguntar à puta da velha se me conhece juro-vos que vão todos presos!

Um advogado andava em alta velocidade pela cidade com seu BMW quando foi parado pelo guarda de trânsito. Guarda: - O senhor estava além da velocidade permitida, por favor, a sua habilitação. Advogado: - Está vencida. Guarda: - O documento do carro. Advogado: - O carro não é meu. Guarda: - O senhor, por favor, abra o porta-luvas. Advogado: - Não posso, tem um revólver ai que usei para roubar este carro. Guarda (já bastante preocupado): - Abra o porta-malas! Advogado: - Nem pensar! No porta-malas está o corpo da dona deste carro, que eu matei no assalto. O guarda vendo-se diante das circunstâncias resolve chamar seu superior. Chegando ao local o superior dirige-se ao advogado: Superior: - Habilitação e documento do carro, por favor! Advogado: - Está aqui senhor, como vê o carro está no meu nome e a habilitação está regular. Superior: - Abra o porta-luvas! Advogado (tranqüilamente): - Como vê só tem alguns papéis. Superior: - Abra o porta-malas! Advogado:- Certo, aqui está... Como vê está vazio.

Superior (constrangido): - Deve estar acontecendo algum equívoco, o meu subordinado me disse que o senhor não tinha habilitação, que não era o dono do carro pois o tinha roubado, com um revólver que estava no porta-luvas, de uma mulher cujo corpo estava no porta-malas. Advogado: - Só falta agora esse sacana dizer que eu estava em alta velocidade! Um respeitável professor de direito dizia aos seus alunos: - O mais importante quando se é advogado é saber que uns casos se ganham e outros se perdem. Mas todos se cobram! Um grupo terrorista apodera-se do Palácio da Justiça. Libertam todas as pessoas menos 500 advogados que estavam nesse momento em julgamentos nas várias secções. Exigem 10 milhões de euros e meios para fugirem para um lugar seguro, caso contrário, ameaçam soltar os advogados um a um... Vivos! Encontram-se dois amigos e um diz ao outro: - Separei-me da minha mulher. - Não me digas... E como fizeram? - Com um advogado. Ele ajudou-nos a fazer a repartição dos bens. - E os teus filhos? - Muito fácil... Decidimos que quem ficasse com mais dinheiro ficava também com as crianças. - E quem foi? - O advogado... Um camponês passa junto a uma lápide onde se lê: - Aqui jaz um advogado, um homem honrado, um homem integro. O camponês exclama assustado: - Virgem Santíssima! Enterraram três homens na mesma campa! O fiscal grita ao advogado: - Você é um ladrão! Ao que o advogado replica: - E você é um vendido! E diz o juiz: - Bem... Agora que as partes se identificaram corretamente, podemos prosseguir com a audiência. - O sujeito chega no escritório de seu advogado: - Quero falar com meu advogado! A secretária responde: - Seu advogado morreu! No dia seguinte o sujeito volta e diz novamente: - Quero falar com meu advogado! - Já falei que seu advogado morreu! - responde a secretária. No dia seguinte, a cena se repete e a secretária perde a paciência: - Quantas vezes vou ter que dizer pro senhor que seu advogado morreu? - Desculpe o transtorno, mas não imagina o prazer que tenho em ouvir isso... Dois advogados saem do escritório cansados... Com a gravata semi-aberta, com o cigarro no canto da boca depois de um dia estafante de trabalho, quando um vira para o outro e pergunta: - Vamos tomar alguma coisa? O outro arregala os olhos empolgado e responde. - Vamos!!! De quem ???? No dia da audiência, o acusado faz uma proposta ao seu advogado: - Vamos combinar o seguinte? Se eu pegar 5 anos, lhe pago mil reais, se eu pegar 3 anos lhe

pago dois mil e se eu pegar somente um ano lhe dou cinco mil, topas? - Combinado! No dia seguinte o advogado vai visitar o seu cliente na prisão. - Eu lhe consegui um ano, portanto você me deve cinco mil! E olhe que tivemos sorte, pois eles queriam absolve-lo! Num julgamento o Juiz pergunta pro réu. - Como o senhor matou sua esposa? - A chifradas, meritíssimo. - Absolvido. Legítima defesa. Dois trabalhadores estavam caminhando pelo acostamento da Via Dutra, voltando de uma Indústria onde haviam trabalhado duro o dia inteiro, quando um Advogado, que vinha a toda velocidade no seu carro importado, atropela os dois. Um deles atravessou o pára-brisa e caiu dentro do carro do Advogado, enquanto o outro voou bem longe, a uns dez metros do local do atropelamento. Três meses depois, eles saíram do Hospital e, para surpresa geral, foram direto para a cadeia. Um por invasão de domicílio e o outro por se evadir do local do acidente. Aluno de Direito ao fazer prova oral. - O que é uma fraude? - É o que o senhor professor está fazendo - responde o aluno. O professor fica indignado. - Ora essa, explique-se. Então diz o aluno: - Segundo o Código Penal, "comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar". O avião estava com problemas nos motores e o piloto pediu às comissárias de bordo para prepararem os passageiros para uma aterrissagem forçada, depois, ele chama uma atendente para saber se tudo está bem na cabine e ela responde: - Todos estão preparados, com cinto de segurança e na posição adequada, menos um advogado, que está entregando o seu cartão aos passageiros! O advogado, no leito da morte, pede uma Bíblia e começa a lê-la avidamente. Todos se surpreendem com a conversão daquele homem ateu, e uma pessoa pergunta o motivo. O advogado doente responde: - Estou procurando brechas na lei. Quais são as 3 frases mais utilizadas por um advogado? 1- Você tem dinheiro? 2- Pode arrumar mais? 3- Você tem alguma coisa que possa vender? - Sabe qual a diferença entre Juizes de primeira Instância e os de Segunda? - Os primeiros pensam que são Deus.... Os outros já têm certeza!!! Um advogado e um engenheiro estão pescando no Caribe. O advogado comenta: - Estou aqui porque minha casa foi destruída num incêndio com tudo que estava dentro. O seguro pagou tudo. - Que coincidência! - diz o engenheiro. - Minha casa também foi destruída num terremoto e perdi tudo. E o seguro pagou tudo. O advogado olha intrigado para o engenheiro e pergunta:

- Como você faz para provocar um terremoto?

Um advogado casou com uma mulher que havia sido casada oito vezes. Na noite de núpcias, no quarto do hotel a noiva disse: - Por favor, meu bem, seja gentil, ainda sou virgem. Perplexo, sabendo que ela havia sido casada oito vezes, o noivo pediu para que ela se explicasse. - Ela respondeu: - Meu primeiro marido era psicólogo. Ele só queria conversa sobre sexo; - Meu segundo marido era ginecologista. Ele só queira examinar o local; - Meu terceiro marido era colecionador de selos. Ele só queria lamber; - Meu quarto marido era gerente de vendas. Ele dizia que sabia que tinha o produto, mas não sabia como utiliza-lo; - Meu quinto marido era engenheiro. Ele dizia que compreendia o procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar, implementar e criar um método de utilização; - Meu sexto marido era funcionário público. Ele dizia que compreendia perfeitamente como era, mas que não tinha certeza se era da competência dele; - Meu sétimo marido era técnico de informática. Ele dizia que se estava funcionando, era melhor ele não mexer; - Meu oitavo marido era analista de suporte. Depois de dar uma olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas, mas que não sabia por que o sistema não funcionava. - Por isso agora estou me casando com um advogado. - Por que eu? - Disse o advogado. - Porque tenho certeza que você vai me foder

O instituto Pasteur decidiu que ao invés de usar ratos em pesquisas eles usariam advogados, eles tiveram três razões para decidi-lo: 1. Existem no momento mais advogados do que ratos. 2. Os pesquisadores não ficam tão ligados emocionalmente aos advogados do que eles ficavam com os ratos. 3. Não importa o que você tem, tem coisas que nem os ratos fazem.

Dois advogados, sócios de uma consultoria, estão almoçando, quando de repente um deles salta da cadeira e diz: - Puxa vida, esquecemos de trancar o escritório! - Não faz mal - responde o outro. - Estamos os dois aqui!

Você sabe como salvar cinco advogados que estão se afogando? - Não. - ótimo!

Um homem entra num escritório de advocacia e pergunta sobre os honorários para consultoria. - Cinqüenta dólares por três perguntas - responde o advogado. - Mas não é um pouco caro? - pergunta o homem. - Realmente é - responde o advogado. Qual é sua segunda pergunta?

Um açougueiro entra no escritório de um advogado e pergunta: - Se um cachorro solto na rua entra num açougue e rouba um pedaço de carne, o dono da loja tem direito a reclamar o pagamento do dono do cachorro? - Sim, é claro - responde o advogado. - Então você me deve 8 reais. Seu cachorro estava solto e roubou um filé da minha loja. Sem reclamar, o advogado preenche um cheque no valor de 8 reais e entrega ao açougueiro. Alguns dias depois, o açougueiro recebe uma carta do advogado, cobrando 200 reais pela consulta.

Custas processuais é aquilo que o advogado cobra do cliente, além do que foi combinado.

Em uma noite chuvosa, dois carros se chocam em uma estrada. Um pertencia a um advogado, o outro a um médico. Ao sair de seu automóvel, o médico, preocupado, se dirige ao carro do advogado e pergunta se ele está ferido, examina-o brevemente e constata não haver nada de grave. Só então os dois passam a verificar o estado dos carros e como se deu a batida. Chegam a conclusão de que não havia como escapar do acidente na situação em que tinha acontecido: a estrada estava molhada, escura e mal sinalizada. Como, todavia, o advogado já tinha ligado para a policia rodoviária, resolveram ficar esperando a viatura para avisar aos policiais que cada um ia assumir seus prejuízos. Conversa vai, conversa vem, o advogado vai ficando íntimo do médico e até lhe oferece uísque. O médico aceita, bebe três goles longos e pergunta: - E você, amigo, não vai beber? O advogado responde: - Só depois que a policia chegar.

Dois advogados, pai e filho, conversam: - Papai! Estou desesperado. Não sei o que fazer. Perdi aquela causa! - Meu filho, não se preocupe. Advogado não perde causa. Quem perde é o cliente!

PERGUNTAS E RESPOSTAS O que é preto e marrom e fica bem em um advogado? R: Um doberman. Por que Minas tem mais advogados e São Paulo mais depósitos de lixo tóxico? R: São Paulo escolheu primeiro. Por que os advogados não vão à praia? R: Para os gatos não enterrarem eles. O que os advogados usam como controle de natalidade? R: A personalidade deles. Qual a diferença entre um advogado e um Juiz de Boxe? R: O juiz não recebe mais por uma luta mais longa. Quantos advogados são necessários pra trocar uma lâmpada? R: Quantos você pode pagar? Sabe qual a diferença entre Juizes de Primeira Instância e os de Segunda? R - Os primeiros pensam que são Deus... Os outros já têm certeza! Como você chama 500 advogados mortos no fundo do Oceano? R: Um bom começo. Qual a diferença entre uma cobra e um advogado? R: Você pode fazer da cobra um bicho de estimação. Como você sabe que um advogado está mentindo? R: Os lábios dele estão se mexendo. Por que cobras não picam advogados? R: Ética Profissional P - Você está dirigindo em um deserto e vê o Fernando Collor de um lado da estrada e do outro um advogado, qual você atropela primeiro? R: O Collor, primeiro a obrigação, depois o divertimento.

P - Você está em um quarto com o Collor, PC Farias, um advogado e um 38 com 2 balas, em quem você atira? R: No advogado, 2 vezes. Por que a Ordem dos Advogados proíbe relações sexuais entre advogados e seus clientes? R.: Para evitar que seus clientes sejam cobrados duas vezes por um serviço essencialmente similar. Por que as piadas de advogado não funcionam? R.: Porque os advogados não acham graça em nenhuma delas e as outras pessoas não acham que são piadas. O que você precisa quando tem cinco advogados enterrados até o pescoço no concreto? R: Mais concreto. Qual a diferença entre um advogado e uma cebola? R: Você chora quando mete a faca na cebola. O que você tem quando cruza um advogado com um bibliotecário? R: Toda informação que você precisa, mas você não vai entender uma palavra do que ele disser. Como foi inventado o fio de prata? R: Dois advogados brigando por uma moeda. Um advogado e o Collor pulam de um edifício de 100 andares, qual chega primeiro? R: Quem se importa? Qual a diferença entre um advogado e um peixe-gato? R: Um vive nas profundezas se alimentando de lixo e o outro é um peixe. Qual a diferença entre um advogado e uma sanguessuga? R: A sanguessuga vai embora quando sua vítima morrer. O que acontece quando você enterra seis advogados na areia até o pescoço? R: Falta areia.

Qual a diferença entre uma pulga e um advogado? R: Um é um parasita que suga seu sangue até o fim, e o outro é um inseto.

O filho, advogado recém-formado, chega todo sorridente para contar a novidade ao pai, advogado titular do escritório: - Papai, papai! Em um dia, resolvi aquele processo em que você esteve trabalhando por dez anos! O pai aplica um safanão na orelha do filho e berra: - Idiota! Esse processo é que nos sustentou nos últimos dez anos!

Em outra audiência, o juiz pergunta ao réu: - O senhor não trouxe o seu advogado? - Não, meritíssimo! Eu não tenho advogado. Resolvi falar a verdade! Boas notícias: Um ônibus cheio de advogados caiu do abismo. Mas notícias: Tinham três cadeiras vazias.

Certa tarde, um bem sucedido advogado estava sendo conduzido em sua limusine para seu sitio, quando observou dois homens maltrapilhos comendo grama ao lado da estrada. Ele ordenou imediatamente ao motorista que parasse, saiu do veículo e perguntou: - Por que vocês estão comendo grama?

- Porque nós não temos dinheiro para comprar comida, respondeu um dos homens. - Bem, você pode vir comigo para o sítio disse o advogado. - Senhor, eu tenho uma esposa e três filhos aqui. - Traga-os também replicou o advogado. - E quanto ao meu amigo?! O advogado virou-se para o outro homem e disse: - Você pode vir conosco também. - Mas, senhor eu também tenho esposa e seis filhos, disse o segundo homem. - Eles podem nos acompanhar também, disse o advogado enquanto se dirigia de volta à limusine. Todos se acomodaram como puderam na limusine, e quando já estavam a caminho, um dos acompanhantes disse: - O senhor é muito gentil. Obrigado por levar-nos a todos com o senhor. O advogado respondeu: - De nada! Vocês irão adorar meu sitio. A grama esta com quase um palmo de altura!

Voltar

Animais

CACHORRINHO ESPERTO Um dia, numa expedição na África, um cachorrinho começa a brincar de caçar mariposas e quando se dá conta já está muito longe do grupo do safari. Nisso vê bem perto uma pantera correndo em sua direção. Ao perceber que a pantera vai devorá-lo, pensa rápido no que fazer. Vê uns ossos de um animal morto e se coloca a mordê-los. Então, quando a pantera está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz: - Ah, que delícia esta pantera que acabo de comer! A pantera pára bruscamente e sai apavorada correndo do cachorrinho, pensando: - Que cachorro bravo! Por pouco não come a mim também! Um macaco que estava trepado em uma árvore perto e que havia visto a cena, sai correndo atrás da pantera para lhe contar como ela foi enganada pelo cachorro. O macaco alcança a pantera e lhe conta toda a história. Então, a pantera furiosa diz: - Cachorro maldito! Vai me pagar! Agora vamos ver quem come a quem! - Depressa! - disse o macaco - Vamos alcançá-lo. E saem correndo para buscar o cachorrinho. O cachorrinho vê que a pantera vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas. - Ah, macaco desgraçado! O que faço agora? - Pensa o cachorrinho. Ao invés de sair correndo, o cachorrinho fica de costas como se não estivesse vendo nada, e quando a pantera está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz: - Maldito macaco preguiçoso! Faz meia hora que eu o mandei me trazer outra pantera e ele ainda não voltou!

Voltar

Argentinos

ARGENTINO COMPLEXADO Um psicanalista no consultório de outro: - Doutor, venho ao colega para me aconselhar em um caso impossível! - Qual? - Estou atendendo um argentino com complexo de inferioridade!

LÂMPADA MÁGICA Um argentino e um brasileiro encontraram uma lâmpada mágica no deserto e a esfregaram, até aparecer o gênio. Ele disse: - Vocês agora são os meus amos! Cada um de vocês tem direito a um pedido. O argentino disse: - Eu quero que você faça aparecer um muro bem alto em volta da Argentina, para que nada possa entrar, nem sair. A Argentina vai se tornar o país mais rico do mundo, pois ninguém vai poder entrar para cobrar a dívida, e o povo argentino nunca mais vai passar fome! E o gênio: - Tem certeza? Que assim seja! E, então, apareceu o muro. - É a sua vez, brasileiro - disse o gênio. O brasileiro perguntou: - Tem certeza que ninguém pode sair de lá? - Absoluta! - responde o gênio. - Então enche aquilo lá de água!

EU SOU UM ARGENTINO? Pai? Fala filho. Por que eu não entendo o que esse jogador novo do Corinthians fala? Porque ele é argentino, filho. Argentino não é do Brasil? Não, filho. Argentino é da Argentina. Aquele país que o senhor disse que só tem filho da puta? Não é bem assim, filho. Se o Brasil jogar com a Argentina, agora a gente tem que torcer pra Argentina? Não, filho. Vamos torcer pro Brasil. E aquele outro que veio com ele, o Sebastião? Não é Sebastião, filho. É Sebastian. É aquele do comercial da C & A? Não, filho, aquele lá é negão. E esse não é? Não, porque ele é argentino. Também??? É. Pra ver o jogo do Corinthians agora a gente vai ter que ir pra Argentina? Não, filho. Mas e a Argentina, agora não tem mais jogador? Vieram todos pro Corinthians, né?

- Não, só vieram três argentinos, lá eles têm um monte de jogadores. - Ah, entendi. Como na Argentina tem um monte de jogadores então eles mandam pra cá. Acabaram os jogadores brasileiros? - Não, filho. - Pai? - Fala filho. - Agora quando a torcida começa a gritar "Filho da puta" é por causa dos argentinos do Corinthians? - Não, filho, isso é pro juiz. - Por quê? Ele também é argentino? - Não, filho, é porque ele rouba o Corinthians, então torcida xinga. - Mas o senhor não vivia dizendo que todo argentino era filho da puta? - Vivia. - Então o Corinthians virou time de filhos da puta? - Não, filho, presta atenção na televisão e pára de me encher o saco que eu quero escutar a entrevista. - Então me explica o que eles estão falando. - Porra! Com você falando aqui e com aquele filho da puta falando enrolado lá não dá pra entender direito. Cala a boca que eu quero escutar. - Pai, o que é "porra"? - Foi a merda que enfiei na tua mãe pra nascer um filho da puta como você. - Ahhhhhhhhhh, agora entendi... Eu sou um argentino!!!

ORGULHO DE FILHO O filho de um argentino vai andando com seu pai e diz: - Quando eu crescer quero ser igual a você. O pai todo orgulhoso pergunta: - E por que filho? - Para ter um filho como eu.

PERGUNTAS E RESPOSTAS 01) O que dá o cruzamento de cearense com argentino? R: Um porteiro que pensa ser o dono do prédio. 02) O que se joga pra um argentino quando ele está se afogando? R: O resto da família. 03) Você sabe como chamam aos argentinos no Perú? R: De espermatozóides, porque de um milhão, só um é gente. 04) Qual é a melhor marca de aspirador de pó na Argentina? R: Maradona Ltda. 05) Você sabe o que é o ego? R: é os pequeno argentino que todos levamos dentro de nós. 06) Você conhece o melhor negocio do mundo? R: Comprar um argentino pelo que vale e vender pelo menor preço que ele se diz valer. 07) Por que na Argentina tem tantos casos de bebês prematuros de 7 meses? R: Porque nem as mães deles os agüentam por 9 meses. 08) Qual é o brinquedo preferido dos argentininhos? R: O yo-yo. 10) Qual é a semelhança entre um argentino humilde e o Super-Homem? R: Nenhum dos dois existe.

11) Como se faz para reconhecer um argentino em uma livraria? R: Ele e o que pede o mapa-mundi de Buenos Aires. 12) Por que não há terremotos na Argentina? R: Porque nem a terra os engole... 13) Como se faz para saber que um espião é argentino? R: Ele leva um cartão que diz: "El mejor espion del mondo". 14) Por que os argentinos, em geral, preferem não se casar? R: Eles nunca encontraram uma mulher que os amasse mais do que eles se amam.

Um argentino pede a um taxista que o leve ao mirante da estrada México-Cuernavaca. Durante duas horas, fica vendo distraído a capital. Depois de muito tempo, o taxista pergunta muito impaciente e curioso: - Que tanto o senhor observa? - Estou olhando para ver como é a cidade sem mim.

ARGENTINO E MEXICANO Um escritor argentino e um mexicano que acabam de se conhecer, se reúnem para conversar. O argentino conta sua novela pro mexicano. As horas passam e o paciente e educado ouvinte permanece em silêncio. O argentino fala e fala, até que pergunta: - Agora vamos a hablar de usted, o que achou da minha novela?

Um argentino para em frente a um edifício com espelhos e diz em voz alta: - Que fisionomia o cara tem! Segue caminhando e encontra com sua namorada, uma loira deslumbrante,e volta a dizer: - Que gata o cara tem! Entra na sua Ferrari vermelha e diz outra vez: - Que carrão o cara tem! Chega em sua casa e encontra sua irmã, que é freira da Orden de Las Esposas de Cristo. Então, eufórico comenta: - Que cunhado o cara tem!

CHAMADA LOCAL Em visita aos Estados Unidos, sua Santidade o Papa foi convidado pelo Presidente americano à Casa Branca. Depois de uma longa conversa, ele pede para usar o telefone. O Presidente lhe indica o escritório onde há duas cabines, uma vermelha e outra branca.O Papa pergunta qual deve usar. - A vermelha é para falar com o presidente Russo e a branca com Deus. Sua Santidade fala pela cabine branca por 5 minutos. Ao desligar pergunta quanto deve pela chamada e o Presidente responde 5.000 dólares. Dias depois viaja para Buenos Aires para visitar o presidente da Argentina. O Papa pede para usar o telefone. O presidente explica: - O vermelho e para falar com o Presidente dos Estados Unidos e o branco para falar com Deus. Sua Santidade fala durante vinte minutos pelo telefone branco e ao terminar pergunta quanto deve, e recebe como resposta: 50 dólares. Ele se surpreende e diz: - Falei muito mais agora do que na Casa Branca, como e possível que pague só 50 dólares? - É que aqui você fez uma chamada local, responde o presidente.

RECEITA PARA SE FAZER UM URUGUAIO

Um amigo pergunta ao outro: - Você sabe como se faz um uruguaio? - Não, disse o outro. - Fácil, pega-se um latão de 200 litros, coloca-se um pouco de água e 1/4 merda, mexa bem ate ficar consistente fecha-se o latão, aguarde 10 dias e pronto terás um uruguaio, mas cuidado, se a dosagem de merda for maior, na certeza terás um argentino.

NUM ELEVADOR Num elevador estavam um Argentino, um Brasileiro, uma freira e uma garota gostosa. De repente, faltou energia no prédio e o elevador pára, às escuras. Na escuridão do elevador, escuta-se o som de um beijo seguido de uma tapa. Ato contínuo, a energia é restabelecida, a luz volta e todos no elevador ficam calados pensando. E foram estes os pensamentos de cada um: A freira: "Um dos dois deve ter beijado a garota e ela revidou com uma tapa". A garota: "Um dos dois deve ter tentado me beijar, acabou beijando a freira e levou uma tapa". O Argentino: "Esse Brasileiro safado beijou a garota e ela me deu uma tapa pensando ter sido eu". O Brasileiro: "Ha,ha,ha...beijei a palma da minha mão e lasquei um tapa nesse Argentino filho da puta".

A filha chega em casa aos prantos e diz para a mãe: - Mãe, mãe, fui violentada por um argentino! - Mas... Como você sabe que era um argentino? - Ele me fez agradecer.

Em uma ensolarada manhã em Buenos Aires, um turista comenta: - Que manhã bonita! O argentino que passava a seu lado comenta: - Obligado, nosotros hacemos lo que podemos hacer de mejor!

PAÍS-IRMÃO O presidente argentino, em visita oficial ao Brasil, iria conhecer uma escola de Brasília. E o diretor da escola foi preparar seus alunos para receberem a visita: - Vocês devem ser educados com o senhor De La Rua. Joãozinho, eu vou perguntar a você o que é a Argentina para nós. E você responderá que a Argentina é um país amigo. - Não, diretor! A Argentina é um país irmão. - Muito bem, Joãozinho. Mas não precisa tanto. Diga apenas que a Argentina é um país amigo. - Não é não, a Argentina é um país irmão! - Tá bom, Joãozinho. Por que você acha que a Argentina é um país irmão, e não um país amigo? - Porque amigo a gente pode escolher!

Um francês, um argentino e um brasileiro estão visitando a Arábia Saudita e resolvem tomar umas doses de whisky, quando a policia aparece e os prende. A simples posse de bebida alcoólica é uma ofensa grave na Arábia Saudita e os três são sentenciados à morte, num julgamento sumário. Entretanto, após vários meses e com a ajuda de bons advogados, eles conseguem que a sentença de morte seja transformada em prisão perpétua. Por um capricho da sorte, no aniversário da Arábia Saudita, o benevolente Sheik resolve abrandar ainda mais a pena e decreta que os mesmos poderão ser soltos após receber 20 chibatadas cada. Quando eles estão se preparando para a punição, o Sheik anuncia: - Hoje é aniversário de minha esposa, e ela me pediu para permitir a cada um de vocês um desejo antes da punição. O francês foi o primeiro da fila, pensou um pouco e pediu:

- Por favor, amarrem 2 travesseiros nas minhas costas. Assim foi feito, mas os travesseiros só duraram 10 chibatadas antes de completar a punição e quando tudo terminou, ele teve que ser carregado sangrando e com muita dor. O argentino sabido como sempre, viu o que tinha acontecido e sendo segundo, pediu: - Por favor, amarrem 4 travesseiros nas minhas costas. Porém, mesmo assim, após 15 chibatadas os travesseiros não suportaram e o Argentino foi levado sangrando e maldizendo o acontecido. O brasileiro foi o último e antes que pudesse dizer o seu pedido, foi interrompido pelo Sheik: - Você é um de um país belíssimo, do futebol e das mulatas. Eu adoro o Brasil, e vou lhe agraciar com 2 pedidos antes da punição. - Obrigado, sua Alteza, disse o Brasileiro. Em reconhecimento a sua bondade, meu primeiro desejo é que eu receba 100 chibatadas e não 20 como previsto, pois eu me sinto culpado pelo ocorrido. Ao que o Sheik respondeu: - Além de ser um homem honrado e gentil, o senhor também um homem corajoso. Que assim seja! Mas e seu segundo pedido? - perguntou o Sheik. Ao que o Brasileiro complementou: - Quero que amarrem o Argentino às minhas costas.

Um uruguaio cansado de ouvir o seu amigo argentino contar vantagens, em dado momento da conversa lhe pergunta: - Entonces? Qué se pasó en la Guerra de las Malvinas? E o argentino: - Bien. Fuemos vice-campéon!

O casal argentino fazendo amor, a mulher repete: - Mi Dios, mi Dios! O homem pára, olha para a parceira e fala: - En la intimidad puedes llamarme Carlitos.

Segundo a imprensa argentina, Diego Maradona foi o melhor jogador do mundo e um dos melhores da Argentina.

MODELO Um brasileiro, visitando Buenos Aires, sai para passear com seu amigo argentino, que o leva para conhecer um famoso obelisco na capital Buenos Aires. Maravilhado, o brasileiro, comenta: - Que belo monumento! Olha só o tamanho! O argentino pergunta: - Sabes o que foi usado de modelo para fazê-lo? - Não imagino algo tão grandioso... - responde o brasileiro. - Foi o pênis do meu pai! - diz o argentino, com um sorrisinho sacana. O brasileiro saiu puto da vida com o cara, esbravejando. No dia seguinte o brasileiro telefonou para o amigo e combinaram de encontrar-se na mesma praça, junto ao obelisco. Quando o argentino chegou, viu o brasileiro com mais 10 pessoas, todos de mãos dadas, circundando o obelisco. - O que é isso? O que vocês estão fazendo? - pergunta o argentino, curiosíssimo. E o brasileiro, com a cara mais cínica do mundo: - Estamos tentando calcular o tamanho do cú da tua mãe!!!

NA MATERNIDADE Um argentino, um sueco e um nigeriano aguardavam ansiosamente na maternidade o nascimento de seus filhos. Eis que surge a enfermeira e diz:

- Senhores, houve uma tremenda confusão. Os bebês foram trocados e não sabemos mais quem é quem. Só sei que temos dois brancos e um negro. - Não tem problema - sugeriu o nigeriano - Cada um escolhe um bebê e vamos fazer um sorteio para determinar a ordem da escolha. Feito o sorteio, a primeira escolha coube ao sueco. Ele entrou no berçário, olhou para os bebês e saiu com o negro no colo. - Ma bwana! - reclamou o nigeriano. - Você pegou o negro. Este obviamente é o meu bebê. Eu sou negro, minha esposa é negra. Me dá este bebê, volta lá e escolha um dos brancos. E o sueco, já indo embora: - Tá maluco? E se eu pego o argentino?

Um Argentino chegou na Rodoviária em Porto Alegre e pediu uma informação: - Oye! Donde tiene un autocarro pra ir hasta la estación pra apanhar un comboyo para Caxias? - Aqui não chamamos autocarro, chamamos ônibus. - OK. Entonces como apanho o ônibus pra ir hasta la estación y apanhar o comboio? - Aqui não chamamos estación, chamamos ferroviária. - Muy bien. Entonces, onde tem o ônibus pra ir até à ferroviária e apanhar o comboio? - Aqui não chamamos comboio, chamamos trem. - Caramba! Entonces, my hermano, como apanho o ônibus pra ir a ferroviária para apanhar o trem??!!! - Aqui não dizemos apanhar, mas sim, pegar. - Carajo, me dejas de bromas? Muy bien, como pego o ônibus pra ir à ferroviária para pegar o trem??!!! - Não precisa ir, é aqui mesmo... - Joda! Hay que preguntar: Como é que ustedes llaman "filho da puta" acá em Porto Alegre? - Não chamamos. Eles vêm da Argentina sem ninguém chamar...

Segundo recentes estatísticas, de cada 10 argentinos, 11 sentem-se superiores aos outros 10.

Um brasileiro entra na policia em plena Caxias do Sul e dirige-se ao xerife: - Vim entregar-me. Cometi um crime e desde então não consigo viver em paz. - Meu senhor, as leis aqui são muito severas e são cumpridas e se o senhor é mesmo culpado não haverá apelação nem dor de consciência que o livre da cadeia. - Atropelei um argentino na estrada ao sul de Caxias. - Ora meu amigo, como o senhor pode se culpar se estes argentinos atravessam as ruas e as estradas a todo o momento? - Mas ele estava no acostamento. - Se estava no acostamento é porque queria atravessar. Se não fosse o senhor seria outro qualquer. - Mas não tive nem a hombridade de avisar a família daquele homem, sou um crápula! - Meu amigo, se o senhor tivesse avisado haveria manifestação, repúdio popular, passeata, repressão, pancadaria e morreria muito mais gente, acho o senhor um pacifista, merece uma estátua. - Eu enterrei o pobre homem ali mesmo, na beira da estrada. - O senhor é um grande humanista, enterrar um argentino, é um benfeitor, outro qualquer o abandonaria ali mesmo para ser comido por urubus e outros animais, provavelmente até hienas. - Mas enquanto eu o enterrava, ele gritava: Estoy vivo, estoy vivo!! - Tudo mentira, esses argentinos mentem muito

Noticia no principal telejornal argentino: "Uruguai e Argentina empataram hoy el jogo por la Copa América: zero gols para el Uruguai e ZERO GOLAÇOS para la Argentina!"

Voltar

Assaltantes & assaltados

ASSALTANTE ATUALIZADO

Mascarados, dois ladrões resolvem assaltar uma conceituada livraria. Com o revólver na mão, um deles ameaçou o gerente da livraria: - O dinheiro ou a vida! E o gerente: - Qual é o autor?

Voltar

Avião Um comandante fala aos seus passageiros: - Bem-vindo ao vôo 712 da TAB e boa viagem! Esquecendo-se de desligar o microfone vira para o co-piloto e diz: - Assume por que eu vou fazer um xixi, tomar um cafezinho e dar um beijo na aeromoça! A aeromoça, assim como os passageiros, ouve o comunicado e sai correndo para avisar o piloto do que está acontecendo. Nisto ela tropeça e cai. Uma velhinha a seu lado lhe diz: - Calma, moça, ele ainda vai fazer xixi e tomar um café. Porque essa pressa?

Voltar

Baianos

O baiano chega numa estação de trem em Minas e pergunta ao bilheteiro: - Ochente! O senhor sabe se o trem das cinco já passou, sabe? - Sim senhor, já passou... - E o trem das cinco e meia? - Também já passou... - E o expresso mineiro, que hora que vai passar? - Daqui a meia hora. - E trem que vai pra Sum Paulo? - Meu senhor, por que você não me fala logo o trem que quer pegar aí eu te falo se passou ou não passou? - Och... Mas eu não quero pegar trem nenhum não senhor! - Então por que pergunta? - O que eu quero é atravessar a linha! E o senhor sabe como é, eu gosto de andar beeem devagar...

Voltar

Bêbados

O bêbado chegava todo dia no boteco, pedia uma pinga, tapava o nariz e tomava tudo num só gole. Um dia, o balconista não se conteve: - Escuta aqui, ô cara! Por que você tapa o nariz enquanto bebe? E o bêbado: - É que o cheiro da pinga me dá água na boca... e eu gosto dela é pura! O bêbado ia subindo uma ladeira, firmemente agarrado à sua inseparável garrafa de cachaça, quando tropeça e leva o maior tombo. Refeito do susto, sente algo molhado debaixo da camisa: - Ai, meu Deus! lamenta-se. Tomara que seja sangue! Dois bêbados estavam no bar há mais de três horas enchendo a cara, até que um pergunta pro outro: - Onde é que você mora? - Eu moro aqui na rua do lado... - Porra! Eu também... Mas nunca te vi por aqui... - Minha casa é a da esquina... - PORRA! A minha também é na esquina... - A minha é aquela amarela...numero treze. - Pera lá! Mas essa é minha casa, porra! - Não senhor! É muito minha! Então resolveram solucionar este mistério e foram, os dois na direção da tal casa: - É aqui que eu moro! - IMPOSSÍVEL! Quem mora aqui sou eu! - PUTAQUIOPARIO! Seu eu to falando que moro aqui é porque moro! - De jeito nenhum! Ta me chamando de mentiroso? - To sim, essa casa é minha! - Não, é minha! - Minha! - É, minha! E ficaram os dois naquele papo furado ate que a porta se abriu e uma senhora aparece puta da vida, e diz:

- BONITO, né ! Pai e filho bêbados discutindo no portão!

OLHOS AZUIS Um bêbado, indo para casa resolve comprar um peixe na peixaria. Como não tinha onde colocalo, põe o peixe dentro da calça. A certa altura, não agüentando mais de vontade de urinar, resolve urinar no mato. Quando vai tirar o bilau para fora, tira o peixe, olha e diz: - Há 40 anos que te conheço e não sabia que você tinha os olhos azuis.

Dois bêbados se esbarram na praça da Igreja matriz. Um diz para o outro: - Hei amigo, você poderia me dizer que horas são no relógio da igreja? O outro olhou, olhou, e perguntou: - Mas cadê a igreja?

Um bêbado bem vestido entra num bar de ricaços e grita: - Uma rodada de uísque para todo mundo, por minha conta! Inclusive para você, barman! O barman serve uísque para todos e toma a sua dose. Um minuto depois, o bêbado grita: - Mais uma rodada para todos! - Com licença - interrompe o Barman: - Será que não seria melhor o senhor pagar a primeira rodada? - Eu não posso! Não tenho dinheiro! O barman pega o bêbado pelo colarinho e o coloca para fora do estabelecimento a pontapés. Uma semana depois, o mesmo bêbado entra no bar, na maior cara-de-pau, e grita: - Uma rodada de uísque para todo mundo, por minha conta! O barman olha furioso para ele, que emenda: - Menos para você, barman... Você, quando bebe, fica violento!

Um bêbado entrou em um velório e se sentou perto da viúva que falava: - Coitado, morreu com um passarinho... Uma pessoa se aproximou do bêbado e perguntou: - Como ele morreu? - Parece que foi estilingada!

O médico tenta examinar o paciente que está bêbado. - O senhor toma muito álcool? - Muito difícil... só mesmo quando não tem uma cachacinha por perto!

Voltar

Caçadores

Dois caçadores caminham na floresta quando um deles, subitamente, cai no chão com os olhos revirados. Não parece estar respirando. o outro caçador pega o celular, liga para o serviço de emergência e diz, nervoso: - Meu amigo morreu! O que eu faço? Com voz pausada, o atendente explica: - Mantenha a calma. a primeira coisa a fazer é ter certeza de que seu amigo está morto. Vem um silêncio. Logo depois, ouve-se um tiro. A voz do caçador volta à linha e ele diz: - OK. E agora?

Voltar

Casamento

SIMBOLO INTERNACIONAL DO CASAMENTO

MARIDO BEM TRATADO Uma mulher acompanha o marido ao consultório médico. Depois de ser atendido, o médico chama a esposa reservadamente diz: - Seu marido está com stress profundo. A situação é delicada e, se a senhora não seguir as instruções que vou lhe passar seu marido certamente vai morrer. São apenas 10 instruções que salvará sua vida: 1) Toda manhã, prepare para ele um café reforçado; 2) Para o almoço, ofereça refeições nutritivas; 3) Para o jantar, prepare pratos especiais, tipo comida japonesa, italiana, francesa; 4) Mantenha em casa um bom estoque de cerveja gelada; 5) Não o atrapalhe quando ele estiver vendo futebol; 6) Pare de assistir novelas; 7) Não o aborreça com problemas do universo feminino; 8) Deixe-o chegar no horário que desejar; 9) Nunca questione onde estava; 10) Atenda aos seus desejos sexuais. No caminho de Casa, o marido pergunta o que foi que o médico disse. E ela respondeu: - Ele disse que você vai morrer

CAGONA

O sujeito foi pedir a mão da moça em casamento. - O senhor tem recursos para sustentar a minha filha? - Pergunta- lhe o pai, um bem sucedido empresário da região. - Tenho sim, senhor! - responde o noivo, timidamente. - Quanto o senhor ganha por mês? - 350 reais por mês! - O quê? 350 reais por mês!? O senhor fique sabendo que esse dinheiro não dá para pagar nem o papel higiênico que minha filha consome. Com a cabeça baixa, o sujeito vai indo embora. - E então, amor? - pergunta- lhe a namorada, já no portão - Como foi? - Sai pra lá, sua cagona!

ESTRANHO FUNERAL Saindo do supermercado um homem se depara com uma inusitada procissão de funeral. Achou aquilo muito estranho e parou para olhar. Primeiro vinha um caixão preto. Depois, um segundo caixão preto. Em seguida, um homem sozinho, levando um doberman na coleira. Finalmente, atrás dele, uma longa fila indiana só de homens. Não contendo a curiosidade, ele se aproxima delicadamente do homem com o cachorro, e diz baixinho: - Meus sentimentos por sua perda... Eu sei que o momento não é apropriado, mas eu nunca vi um enterro assim! O senhor poderia me dizer quem faleceu? - Bem... No primeiro caixão está a minha esposa. - Puxa! Sinto muitíssimo! O que aconteceu com ela? - Meu cachorro... ele a atacou... - Nossa, que tragédia! E o segundo caixão? - Está minha sogra... ela tentou salvar a filha... Fez-se um silêncio consternado. Os dois olham-se nos olhos. - Me empresta o cachorro? - Entra na fila!

SURPRESA Em época de crise o executivo vai até uma loja de shopping e pede a vendedora: - Embrulhe esta saia para presente, por favor, minha senhora! - Vai fazer uma surpresa para sua esposa? - pergunta a vendedora. - Um surpresa das grandes! - enfatiza o engravatado: - Ela estava esperando um anel de brilhantes!

Voltar

Céu PROFISSÕES Um sujeito chega ao céu, onde é recebido por São Pedro. Após os cumprimentos, São Pedro lhe explica que, para entrar, os homens têm que cortar o pinto fora. - Pára com isso, São Pedro! Como é que eu vou cortar um negócio que me deu tanta alegria na Terra ? - Não tem jeito, meu filho. Aqui no céu não há sexo. O cara olha pra baixo, vê as caldeiras fumegantes do inferno e acaba aceitando. É levado a uma sala onde há três pessoas esperando. Logo depois chega uma anjinha bem gostosa, e manda entrar o próximo. Segundos após, ouvem-se vários gritos de dor. Silêncio. Volta a anjinha e chama mais um. Desta vez ouve-se apenas um grito forte de dor, e depois, silêncio. Quando chega a vez do terceiro, nada se ouve. Silêncio profundo. Chega a vez do sujeito. Ele pede uma explicação a respeito dos gritos diferentes pra anjinha. A anjinha cortadora se surpreende: - Não te explicaram? É o seguinte: aqui a gente corta o negócio de acordo com a profissão do cara na Terra. O primeiro gritou muito porque teve o pinto serrado, já que ele era serralheiro. O segundo deu só um grito forte porque foi cortado de uma só vez. Ele era açougueiro. O terceiro não gritou porque era médico e foi anestesiado antes. A essas alturas o cara ria às gargalhadas. Sem entender nada, a anjinha fica olhando. O cara baixa o zíper e ordena à anjinha: - Chupa até acabar! Na Terra eu era sorveteiro.

Entendo que vocês médicos se vistam de branco. Mas por que essa luz tão forte? - Meu filho, eu sou São Pedro.

Uma velhinha morre e ao chegar ao Céu pergunta ao guardião dos portões: - Porque é que existem 2 portas, uma azul e outra vermelha? São Pedro então responde: - A azul leva ao Céu, a vermelha desce ao Inferno. Pode escolher! Nisto, ouve-se uma gritaria e o barulho de berbequim atrás da porta azul. - Mas o que é isto? - Pergunta a velhinha. - Nada, é uma alma que acabou de chegar e estão a furar-lhe as costas para pôr as asas. A velhinha fica indecisa quando de repente ouve-se nova gritaria atrás da porta azul. - E esta gritaria o que é? - Nada, é que estão a furar a cabeça da alma para pôr a auréola. - Que horror! Eu não quero ir para o Céu, vou para o Inferno! - Mas lá o Diabo costuma violar todas as mulheres - Quero lá saber... Pelo menos os buracos já estão feitos!

Voltar

Gaúchos BICICLETA Dois gaúchos pedalavam suas bicicletas pelo campo. Um deles pergunta: - Onde conseguiste essa tua magnífica bicicleta? O segundo respondeu: - Estava eu a pé, caminhando ontem por aí, quando surgiu uma deliciosa rapariga com esta bicicleta. Ela atirou a bicicleta ao solo, despiu toda a roupa e disse-me: "Pegue o que quiser". O outro: - Opa, escolheste bem. Provavelmente a roupa não te serviria.

Voltar

Gays Duas bichinhas resolveram pescar às margens do rio. Quando a noite chegou, resolveram dormir por lá mesmo. A bichinha prevenida tinha levado um saco de dormir que tinha comprado exclusivamente para o camping, a outra bichinha levou uma barraca. Começaram as provocações: - Bom, eu que sou uma mulher inteligente! Vou apreciar a luz das estrelas e ficar aqui fora mesmo às margens do rio. - Euzinha que não sou uma bichinha burra. Vou dormir aqui no aconchego de minha barraquinha. Boa noite! - Boa noite, Mona! A bichinha dormia às margens do rio até que um imenso jacaré, literalmente a comeu. Quando o sol nasceu, a outra bichinha saiu feliz e falante de dentro da barraca. - Bom dia flores, bom dia sol, bom dia natureza, bom dia peixinhos... Peixinhos? Nessa hora ela viu nadando pelo rio o imenso jacaré, só com a cabeça da bicha pra fora da boca. Então gritou: - Bicha, Bicha... tô passada! Esse seu saco de dormir da Lacoste é um escândalo!

O médico para o paciente: - Meu amigo, eu tenho uma boa e uma má notícia para você. A má é que você tem fortes tendências homossexuais. - Meu Deus, doutor! E qual é a boa notícia? - A boa notícia é que acho você um gato

Um rapaz vai ao proctologista com uma queixa bastante inespecífica. O médico ao fazer o toque retal percebe um corpo estranho, e começa a puxá-lo. Ao retirar completamente o objeto qual é sua surpresa ao perceber que se trata de uma rosa. O médico estarrecido diz ao paciente: - Mas é uma rosa... O rapaz responde prontamente: - É pra você bonitão!

Voltar

Guerra dos sexos O QUE TODA MULHER QUER Um deslumbrante vestido tomara que caia; Uma calcinha tomara que tire; Um sutiã tomara que sustente; Um absorvente tomara que não vaze; Uma meia tomara que não desfie; Uma celulite tomara que não percebam; Um salto alto tomara que não quebre; Um "namorado" tomara que me ligue; e, Um marido rico tomara que morra!

TRANSA MÁGICA Um baiano chega para uma mulher e diz: - Tá afim de uma transa mágica? A mulher pergunta: - Como é uma transa mágica? Ele diz: - É muito simples, a gente trepa e depois você desaparece.

UMA NOITE NUM BARZINHO Homem e mulher apos uma noite num barzinho resolvem ir para a casa dele para ficarem mais a vontade... Uma dose aqui outra dose ali, a mulher resolve tomar a iniciativa e diz com voz melosa: - Me faz mulher! O homem tira a roupa vagarosamente frente ao olhar sedento da mulher, e então com suas roupas na mão diz para ela: - Toma. Lava!

31 BOAS RAZÕES PARA SER SOLTEIRA Você namorava há 10 anos. Num belo dia, ao invés de casar com você, o canalha te dá um pé na bunda. O motivo ? "tô meio confuso...". Dois meses depois você descobre que ele casou com uma vagabunda que conheceu num baile de carnaval fazendo topless! Mas não se preocupe com isso, conheça agora as ... 31 boas razões para ser solteira 1. Não precisar depilar as pernas no inverno. 2. Futebol ? O que é isso ? 3. SporTv ? Eu pago por esse canal? Ah, o canal dos rapazes de short e perna gostosa. Sei sim... 4. Você vai jantar com suas amigas, bebem coca-cola e ninguém, absolutamente ninguém, vai arrotar. 5. Nenhuma delas irá palitar os dentes. 6. Você não tem sogra. 7. O telefone toca e você sabe que poderá levar um papo legal de 1 hora e 47 minutos com sua melhor amiga. 8. Você vai ao cinema ver filmes com o Brad Pitt. Nada de Rambo ou A Rocha. 9. Você pode ir ao shopping todos os dias. 10. Agora você pode finalmente sair com todos os amigos gostosos dele que davam em cima de você pelas costas do otário do seu ex-namorado.

11. No dia dos namorados, com o dinheiro que seria gasto no presente dele, você compra aquela di-vi-na meia de seda que só vai durar uma noite. 12. No dia seguinte ao dia dos namorados não vai precisar ir ao shopping trocar o presente cafona e barato que ele ia te dar. 13. Não precisar mais ouvir CD de pagode. 14. Não precisar mais ver a bunda cheia de celulite da Carla Perez. 15. Seu banheiro permanecerá limpo e com a tábua do vaso no lugar. 16. Suas toalhas de banho permanecerão no lugar e secas. 17. Você vai pecar menos. Não vai precisar mentir dizendo que gozou, que o bilau dele é grande, que careca é coisa charmosa, etc. 18. Você pode engordar comendo chocolate. 19. Você descobrirá que chocolate é tão bom quanto sexo. Com a vantagem de que é possível engolir, porque o gosto é bom mesmo. 20. Não vai mais precisar rir de piadas grosseiras que sempre envolvem peidos. 21. Vai passar a noite de sábado fazendo coisas que são realmente mais importantes que transar: fazer as unhas, ver filmes do Brad Pitt em vídeo, experimentar vários sapatos, etc. 22. O controle remoto é seu! Só seu! E você experimentará as maravilhas de ver o início, meio e fim de um programa. 23. Vai passar tardes maravilhosas ao telefone contando pra todo mundo sobre as vezes que ele broxou. 24. Finalmente poderá se referir a irmã dele através do gentil "aquela vagabunda". 25. Não vai mais precisar fingir que acha a horrível Julia Roberts "uma linda mulher". 26. Vai aceitar a sugestão do seu ex-namorado e transar com outra mulher. E ele não vai assistir ! 27. Vai pintar a unha de verde, marrom e azul sem ninguém dizer que é esquisito. 28. Pode voltar a falar mal de todo mundo que você conhece, nenhum olhar de censura masculina cairá sobre você. 29. Vai comprar um vibrador e descobrir que dá no mesmo que ter um namorado, mas com a vantagem de que um vibrador não arrota e te faz gozar mesmo. 30. Vai finalmente ter tempo pra procurar aquele cara bonito e milionário com o qual você sempre sonhou. Afinal, é sempre o otário do homem que paga todas as contas, enquanto a gente passa a tarde no shopping fazendo compras. 31. Você nunca deixará de usar o telefone por ele estar vendo pornografia na Internet.

COMO ESCOLHER A MULHER IDEAL É fácil! Basta compará-la á um automóvel. 1) Verifique o design! Deve ter bom porta-malas. Embora alguns prefiram, o modelo "perua"! 2) Verifique o ano! 3) Observe os seguintes itens: A) o estado de conservação da lataria! B) É boa de curvas? C) É macia? D Possui "air bag" duplo frontal de bom volume? E) É econômica? F) Faz pouco barulho? G) Esquenta rápido? 4) Leve-a para um "test drive"! Se a mulher passou em todos esses testes, lembre-se: Por precaução, faça um leasing! É porque, nesse meio tempo, pode surgir um modelo melhor e mais novo.

COMO ESCOLHER O HOMEM IDEAL Para saber se um homem é ideal, compare-o também à um automóvel!* 1) Verifique o interior! Não se iluda com o design! 2) Verifique o ano! Os muito novos ainda precisam ser amaciados. Os muito rodados, além de pegarem os vícios de donas anteriores, costumam dar muito problema mecânico. 3) Ele é estável? Ou balança quando depara com qualquer curva? 4) Obedece ao comando com facilidade? Ele é ágil ou demora a responder? 5) É muito importante verificar a alavanca de câmbio! Deve ser de agradável manipulação. Faça o

teste! Engata com facilidade ou costuma emperrar? 6) Fuja do que é movido a álcool! 7) Evite os muito barulhentos ou que emitam ruídos desagradáveis, como roncos e escapamentos desregulados! 8) O motor mantém temperatura constante? Ou é daquele tipo que esquenta rapidinho, percorre pequena distância e "morre" logo em seguida? 9) Leve-o para um "test drive"! Se o homem passou em todos esses testes e lhe agrada, lembre-se! Antes de adquirir, faça um contrato de locação e use-o por um ou dois meses! Nesse período, você ainda pode ter surpresas desagradáveis... Não esqueça: por precaução, faça um "leasing! Nesse meio tempo, pode surgir um modelo melhor e mais novo.

Voltar

Humor negro Médico para a enfermeira: - De quem é essa boquinha? - Não sei! - De quem é esse narizinho? - Não sei! - De quem é essa orelhinha? - Não sei! - É... Você tem razão... Este necrotério infantil está uma bagunça!

Voltar

Infidelidade conjugal

NÃO SEJA TÃO POPULAR O casal estava assistindo televisão, à noite. O marido diz: - Posso saber por que você está emburrada desde que eu cheguei? E, irada, a mulher responde: - Hoje completamos 20 anos de casados e estamos aqui, parados em frente a esta televisão... - MEU DEUS! Eu estava tão atarefado que esqueci completamente! Perdoe, minha querida. Vá pôr seu melhor vestido de noite, que vamos sair! Você terá uma noite inesquecível! - Ah, querido, eu sabia que você não era um monstro insensível... À entrada do restaurante, o maitre, todo solícito: - Prepare a mesa do senhor Gonçalves. A mulher: - Parece que eles te conhecem bem por aqui, querido... - Ah é!... Acho que eu vim aqui para almoçar com alguns clientes... Eles acabam de jantar e o marido propõe de irem a uma boate. Na entrada tem uma fila enorme. O marido diz à mulher que vai arranjar tudo e se dirige ao porteiro: – Salve Fortão!!! Como vai essa força? E o Fortão: - Tá muito bem, Sr. Gonçalves. Pode ir entrando! Dentro da boate, o dono vem falar com eles: - Boa noite, Sr. Gonçalves! E diz, logo em seguida: - Liberem a mesa do senhor Gonçalves!! A mulher, desconfiada: - Você vem sempre aqui? - Ah, não! O dono é um cliente da firma... Uma vez na mesa, a garçonete vem e diz: - O de sempre, Sr. Gonçalves? Enquanto isso, uma mulher que terminava um strip-tease em cima do palco grita: - E A CALCINHA, VAI PRA QUEM?!!! A boate, em peso, responde: - GONÇALVES!!! GONÇALVES!!! GONÇALVES!!! A esposa, furiosa, sai da boate, o marido vai atrás e eles entram juntos num táxi. O marido tentando apaziguar as coisas: - Querida, não vamos estragar esta noite maravilhosa, com certeza eles me confundiram com outro Gonçalves... - Você está pensando que eu sou alguma idiota? Canalha! Não me toque mais!!! Blá, blá, blá... Eu sou mesmo uma otária, blá blá blá... Seu grande filho-da-puta, blá, blá... Nisso, o motorista de táxi se vira e diz: - Gonça... Tá tudo bem ou quer que ponha essa puta pra fora do carro???

Um sujeito chega no barbeiro e pergunta: - Em quanto tempo o senhor pode me atender? - Duas horas - responde o barbeiro.

Ele vai embora e só volta no dia seguinte, fazendo a mesma pergunta. O barbeiro olha o caderno e diz: - Duas horas e meia. Ele vai embora e volta no dia seguinte, fazendo a mesma pergunta. - Uma hora e meia - responde o barbeiro. Como esta história se repete todos os dias, o barbeiro começa a ficar curioso e pede ao ajudante que siga o sujeito para ver qual é a dele. O ajudante volta 15 minutos depois, sem conseguir segurar o riso. O barbeiro pergunta: - E aí, onde é que aquela figura foi? E o ajudante responde rápido. - Para sua casa.

O FLAGRA O marido chega em casa inesperadamente e encontra sua mulher na cama com um homem. Sem dizer uma palavra, ele tira um revólver da cômoda e aponta para o rival. A mulher grita desesperada: - Não faça isso! Como é que você pensa que eu arranjei a casa da praia, o carro, o casaco de peles, a TV de 600 polegadas e aquela nossa viagem para a Europa? - Ah, então foi você que deu tudo isso pra ela? - pergunta o marido. O homem faz que sim com a cabeça. - Vista-se imediatamente! - berra o marido, para o amante: - Quer pegar um resfriado?

A ÚLTIMA MODA Os dois amigos se encontram no vestuário do clube num fim de semana, na hora do banho. Um deles nota que o outro está usando calcinhas rendadas. - O que é isso cara? Calcinha de mulher? O outro olha para um lado, para o outro, e responde com ar bem convicto: - É a última moda, cara, você não sabia? Todos os meus amigos estão usando calcinhas em vez de cuecas. - Você tá doido, né? Quando foi que você começou com esta mania? E o amigo respondeu: - Desde que minha mulher descobriu uma no porta-luvas do meu carro!

TRAIÇÃO ANAL Desde o primeiro dia de casamento, Romualdo pedia à mulher para fazer sexo anal, mas ela nunca aceitava. Certo dia, quando ele chegou mais tarde do serviço, encontrou a sua mulher fazendo sexo anal violento com o seu melhor amigo. Não acreditando no que havia visto, saiu sem que eles percebessem e foi encher a cara no bar. Lá ele encontrou um bêbado pra quem desabafou. Contou toda a história. O bêbado escutou pacientemente e, quando o corno, quer dizer, o marido traído terminou de falar, ele respondeu: - É, companheiro... A vida é assim! Olha só o meu caso, por exemplo: outro dia eu tava viajando de ônibus e de repente fiquei com vontade de cagar... Aí fui ao banheiro, fiz força pra cagar e só peidei... Quando voltei pro meu lugar me deu uma vontadezinha de peidar aí fiz força pra peidar e caguei... - Pô, meu! - Protestou o corno - Eu desabafo com você, espero um bom conselho e você me vem com esse papo de peidar e cagar? - Só tô tentando te mostrar como é a vida, cara... A gente não pode confiar nem no cú da gente! Imagina no dos outros...

Voltar

Informática ORAÇÃO DOS PROGRAMADORES Sistema operacional que estais na memória, Compilado seja o vosso programa, Venha à tela os vosso comandos, Seja executada a vossa rotina, Assim na memória como na impressora. Acerto nosso de cada dia, rodai hoje, Informai os nossos erros, Assim como nós informamos o que está corrigido, Não nos deixai entram em looping, Mas livrai-nos do Dump, Amém.

VÍRUS - Pai como é que eu nasci? - Muito bem, tínhamos que ter essa conversa um dia!!! O que aconteceu foi o seguinte: Eu e sua mãe nos conhecemos e nos encontramos num Chat desses da Web, que existem para conversar. O papai marcou um Interface com a mamãe num Cybercafé e acabamos plugados no banheiro dele. A seguir, a mamãe fez uns downloads no Joystick do papai e, quando estava tudo pronto para a Transferência de arquivo, descobrimos que não havia qualquer tipo de Firewall conosco. Como era tarde demais para dar o ESC, papai acabou fazendo o upload de qualquer jeito com a mamãe e, nove meses depois, apareceu você: O vírus!!!

Voltar

Japoneses Um japonês estava muito mal na UTI de um hospital. Uma senhora que trabalhava como voluntária, entra no quarto e diz: - Tão jovem e sofrendo! Onde você mora? E o japonês, fazendo muito esforço, fala: - Soro... ca... ba! - Que coincidência! Tenho uma irmã que mora em Sorocaba! O nome dela é Marta, você conhece? E o japonês, com um fio de voz: - Soro... ca... ba... - Já entendi! Perguntei se você conhece minha irmã! -O japonês reúne suas últimas forças e grita: - Eu “non” conheço Sorocaba! Japones tenta “expricar” que se você “non” sair de cima da mangueirinha, o soro caba!

Voltar

Joãozinho

A CONTA DE JOÃOZINHO Na aula de matemática: - Joãozinho, quanto é um menos um? - Sei, fessora! - Vou dar um exemplo: Faz de conta que em cima dessa mesa tem um pêssego. Se eu comer o pêssego, o que é que fica? - O caroço, fessora! O garotinho está num canto do pátio chorando, até que a professora vai dar uma força: - Não chore, Joãozinho! Sabe por quê? - Não sei, não. - Porque quando gente pequena chora acaba crescendo e ficando feia... - Quando a senhora era pequena deveria ser a maior chorona da turma!

Joãozinho está fazendo bagunça e a professora lhe aplica uma reprimenda. - Joãozinho, prova oral! Apavorado, ele se levanta tremendo. - Quem colocou fogo em Roma? - ela pergunta. - Não fui eu! Irritada, a professora deu um zero a joãozinho. No outro dia, a mãe dele vai à escola tirar satisfação. - Eu queria saber por que a senhora deu zero para o meu menino? - É que eu perguntei para ele quem pôs fogo em Roma, e ele disse que não era ele! E a mãe: - Meu menino pode ser malcriado, mas não mente! Se ele diz que não foi ele é porque não foi mesmo!

Joãozinho chega em casa e fala para a mãe: - Mamãe, o Pedrinho me disse que ele tem um ta-ta-ta-taravô! - Nossa, ele é assim mentiroso? - Não, mãe, ele é gago mesmo!

Joãozinho estava com as notas muito baixas. Então, com tom preocupado, ele se virou para a professora e disparou: - Não quero alarmá-la, não, mas meu pai diz que, se minhas notas não melhorarem, alguém vai levar uma sova!

Joãozinho entra no quarto e pega a mãe fazendo a famosa posição sexual, "cavalgando" no seu pai. Joãozinho surpreso, sai correndo.

A mãe assustada sai da cama, se veste e vai atrás do Joãozinho, preocupada com o que o garoto tinha visto. Joãozinho então pergunta à mãe: - O que a senhora e o papai estavam fazendo? - Ora disse ela - Seu pai tem uma barrigona e eu estava tentando achatá-la! - A senhora está perdendo seu tempo! - disse o garoto. - Porque? - perguntou a mãe intrigada. - Toda vez que a senhora vai pro shopping, a vizinha vem aqui, se ajoelha e sopra tudo de volta!

Durante a aula de boas maneiras, diz a professora: - Zézinho, se você estivesse namorando uma moça fina e educada e, durante o jantar, precisasse ir ao banheiro, o que diria? - Segura as pontas aí que eu vou dar uma mijadinha. - Isso seria uma grosseria, uma completa falta de educação. - Juquinha, como você diria? - Me desculpa, preciso ir ao banheiro, mas já volto. - Melhor, mas é desagradável mencionar o banheiro durantes as refeições. E você, Joãozinho, seria capaz de usar sua inteligência para, ao menos uma vez, mostrar boas maneiras? - Eu diria: "Minha prezada senhorita, peço licença para ausentar-me por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo lhe apresentar depois do jantar"...

O pai do Joãozinho ficou apavorado quando este lhe mostrou o boletim. - Na minha época as notas baixas eram punidas com uma boa surra. - Legal pai! Que tal pegarmos o professor na saída amanhã?

O professor de Matemática levanta uma folha de papel em uma das mãos e pergunta para Joãozinho: - Se eu dividir essa folha de papel em quatro pedaços, Joãozinho, com o que eu fico? - Quatro quartos, professor! - E se eu dividir em oito pedaços? - Oito oitavos, professor! - E se eu dividir em cem pedaços? - Papel picado, professor!

Na sala de aula, a professa pergunta: - Qual a coisa mais pesada que existe? - O elefante - responde a Aninha. - A baleia - diz o Pedrinho. - Um caminhão - diz o Paulino. - É o pinto do meu pai! - O que é isso, Joãozinho? Quem foi que te disse essa asneira? - Minha mãe, professora! À noite, eu sempre ouço ela dizer pro meu pai: "Esse negócio nem Deus levanta!"

Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pênis desenhado no quadro. Sem perder a compostura, imediatamente ela apaga o desenho e começa a aula. No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior. Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário. No outro dia, o desenho já está ocupando quase o quadro todo, e embaixo ela lê os seguintes dizeres: "Quanto mais você esfrega, mais ele cresce!"

A professora pergunta: - Do que você mais gosta, Aninha? - Da mamãe! - E você, Paulinho? - Do papai! - E você, Joãozinho?

- De xoxota! - Menino mal educado, você está de castigo! Vá pra casa e escreva 100 vezes: "Eu não devo mais falar palavrão". No dia seguinte a professora pergunta: - Joãozinho, você contou pro papai o que você disse ontem na aula? - Contei! - E o que ele disse? - Ele disse que cú também é uma delícia!

O professor começa a sua aula. - Hoje vamos falar de órgãos do corpo humano que são números pares. Por exemplo, nós temos dois olhos, dois é par. Mariazinha dê outro exemplo de órgãos pares. - As orelhas - responde Mariazinha. - Muito bem! Outro exemplo, Juquinha. - Os ovos. O professor fica meio acabrunhado, mas aceita a resposta. - Tudo bem, Juquinha. Joãozinho, outro exemplo. - O pinto, professor. - Peraí, Joãozinho, nós só temos um pinto! - O meu pai tem dois: um pequenininho que ele usa pra fazer xixi e um grandão que mamãe usa pra escovar os dentes.

Joãozinho sempre foi um garoto muito levado e por isso a professora sempre pegava no seu pé. Certo dia, a professora perguntava os alunos: - Mariazinha, do que você mais gosta? - Chocolate - respondeu a gordinha. - E você Zequinha? - De videogame, professora! Aí ela virou pro Joãozinho: - E você menino... De que que você mais gosta? Com a cara mais limpa do mundo ele respondeu: - De tu, professora! A professora emocionada interrompeu a aula e levou Joãozinho pra cantina querendo lhe oferecer alguma coisa: - O que você vai querer Joãozinho? Ele disse: - ToTa-Tola professora!

Joãozinho sai de casa todo sorridente para seu primeiro dia de aula, chegando na sala começa a fazer novos amiguinhos, até que chega a professora. A professora entra na sala, dá um sorriso, abre o livro de chamadas e começa a fazer a chamada. - Maria. - Presente! - Gabriel. - Presente professora! - Luciana. - Presente professora! - Joana. - Presente! Daí chegou o nome do Joãozinho, a professora com sua mão fechada mira para o Joãozinho, levanta o dedinho da sua mão esquerda e delicadamente mexe o dedinho para frente e para trás, dizendo: - Bom dia Joãozinho!!!! Joãozinho assustado responde: - Bom dia Professora. Essa cena se repetiu por mais três dias, Joãozinho indignado vira-se para o lado e fala com seu amigo: - Que cacete está acontecendo? Toda vez que essa professora vai falar meu nome ela levanta o dedinho e fala meu nome? Deixa que amanha ela vai ver só...

No outro dia, Joãozinho chega na escola, senta-se na carteira e aguarda a professora fazer a chamada, até que ela para fecha sua mão mira para o Joaõzinho, levanta o dedinho da sua mão esquerda e delicadamente mexe o dedinho para frente e para trás, dizendo: - Bom dia Joãozinho!!! Joãozinho indignado, abre a boca, com os dois dedinhos abre mais ainda sua boca. E com sua boca arreganhada de aberta diz: - Boooooom diiiiia Professoooora!!!!

O Joãozinho chegou para Mariazinha e disse: - Mariazinha, posso botar o meu dedo no seu umbigo? - Não. Disse a Mariazinha. - Por que não? - Porque esse não é o meu umbigo. - E quem disse que esse é o meu dedo?

Luizinho, do que voce tem mais medo? - Da mula-sem-cabeca, fessora. - Mas, Luizinho, a mula-sem-cabeca não existe. É apenas uma lenda... Você não precisa ter medo. Mariazinha, do que você tem mais medo? - Do saci-perere, fessora. - Mariazinha o saci-perere também não existe. E somente outra lenda... Você não precisa ter medo. - E você, Joãozinho? Do que tem mais medo? - Do Mala-Men, fessora. - Mala Men? Nunca ouvi falar... Quem é esse tal de Mala-Men? - Quem é eu também não sei, fessora. Mas toda noite minha mãe diz na oração: "Não nos deixes cair em tentação mas livrai-nos do Mala-Men".

O professor pergunta para Joãozinho: - Qual será sua profissão Joãozinho? - Vou ser Analista de sistemas! - O que Analista faz? - Analista é um bicho indisciplinado, bebe cachaça, anda de moto e passa a noite na zona! - Joãozinho! Vá agora mesmo para diretoria! Joãozinho vai para casa e sua mãe pergunta: - Porque chegou mais cedo meu filho? - Porque eu falei que vou ser Analista de sistemas... - O que Analista faz? - Analista é um bicho indisciplinado, bebe cachaça, anda de moto e passa a noite na zona! - Joãozinho! Vá para o quarto agora!! Joãozinho fica de castigo, pensa, pensa e volta para falar com a mãe. - Mãe?... Vou ser então Estagiário! - O que Estagiário faz? - Estagiário é um bicho molenga, Bebe guaraná, anda de bicicleta e passa a noite assistindo filme pornô!

A professora escorrega e leva o maior tombo na sala de aula. Na queda, o seu vestido sobe-lhe até a cabeça. Levanta-se imediatamente, ajeita-se, e interroga os alunos: - Luisinho, o que você viu? - Seus joelhos, professora. - Uma semana de suspensão! E você, Carlinhos? - Suas coxas, professora. - Um mês de suspensão - E você, Joãozinho? Joãozinho pega os cadernos e vai saindo da sala: - Bom, galera, até o ano que vem...

Joãozinho voltou da aula de catecismo e perguntou ao pai: - Pai, porque quando Jesus ressuscitou, apareceu primeiro para as mulheres e não para os homens? - Sei não, meu filho! Vai ver que é porque ele queria que a noticia se espalhasse mais depressa!

A tia pergunta ao sobrinho: - Joãozinho o que você quer fazer quando crescer e ficar grandão assim como eu? E o Joãozinho responde: - Eu quero fazer regime....

Próximo ao natal, Joãozinho resolveu escrever uma carta pro papai Noel, pedindo uma bicicleta. - Papai Noel, fui um ótimo garoto este ano, ajudei meu pai, minha mãe e até meu irmãozinho, quero uma bicicleta. Então parou e pensou: “Ele não vai acreditar, vou refazer a carta. - Papai Noel, sei que não fui muito bom este ano, mas acho que ainda mereço uma bicicleta. Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai ate o presépio, pega a imagem de Maria,coloca dentro do sapato e escreve a seguinte carta: - Jesus, estou com sua mãe, se quiser vê-la inteira de novo, mande o papai Noel me dar uma bicicleta.

A turma de alfabetização da escola vai receber a visita do Secretário de educação, e a professora esta preocupadíssima com o Joãozinho que é sempre o desbocado. - Joãozinho, atenção, não vai me envergonhar na presença do secretário, hein? É melhor ficar de boca fechada. - Tá bem, professora! O Secretário chega e conversa com os alunos, pergunta se já sabem ler, se gostam da professora etc e tal. Dirigindo-se ao Joãozinho, fala: - E você, já lê bem? - Leio sim senhor. - E qual a palavra mais bonita que você aprendeu? A professora gela, e Joãozinho responde: - Cubanos. Ela respira aliviada. O Secretario insiste: - E por quê? - Porque começa com CU, acaba com ANUS, e ninguém me tira da cabeça que esse B do meio não seja de buceta

Joãozinho olhava pelo buraco da fechadura do quarto dos pais quando eles estavam transando. Seu irmãozinho de 5 anos queria saber o que estava acontecendo lá dentro. Respondeu Joãozinho: - É muita sacanagem, e me mandaram para o psicólogo só porque eu chupava o meu dedinho!

Um Indivíduo vinha dirigindo seu carro, quando furou o pneu, ele encostou o carro para trocá-lo quando apareceu o Joãozinho que ficou olhando. O homem saiu do carro, abriu o porta-malas e pegou o estepe. - Moço, isso aí é o estepe? - É sim guri. - Meu pai tem dois desse aí... O cara vai e pega o macaco. - Moço, isso aí é o macaco? - É sim guri. - Meu pai tem dois desse aí... O cara vai e pega o triângulo. - Moço, isso aí é o triângulo?

- É guri pentelho. - Meu pai tem dois desse aí... O cara vai e pega a chave de roda. - Moço, isso aí é a chave de roda? - É sim guri chato. Cai fora! - Meu pai tem duas dessa aí... - Sei, sei guri... O cara terminou o serviço, tava apertado, colocou a piroca pra fora e deu aquela mijada. O garoto ficou olhando, meio mudo. - E aí garoto, vai dizer que seu pai tem duas dessa aqui? - Não... - AHAAAAAAA!!!!! - Mas tem uma que dá duas dessa aí...

Durante o jantar, Joãozinho conversa com a mãe: - Mamãe, porque é que o papai é careca? - Ora, filhinho... Porque ele tem muitas coisas para pensar e é muito inteligente! - Mas mamãe... Então porque é que você tem tanto cabelo? - Cala a boca e come logo esta porra de sopa, menino!

A professora pergunta ao Joãozinho: - Quantos ovos uma galinha põe por dia? - Não sei fessora. E com ironia ela diz: - Te peguei. Ele também faz uma pergunta: - Fessora, quantas tetas tem uma porca? - Não sei. - Viu, tu me pega pelos ovos que eu te pego pelas tetas!

A professora comenta aos alunos a respeito de uma pesquisa feita nos Estados Unidos: - Segundo estudiosos americanos, o tamanho médio de um pênis é de aproximadamente 15 cm e uma vagina está preparada para receber até 20 cm em uma relação sexual. O Joãozinho, inconformado diz: - Professora, então existe só nesta cidade mais de 200 Km de buceta mal aproveitada.

A Mariazinha chegou pra mãe e disse: - Mãe, o pintinho do Joãozinho é que nem um amendoinzinho! - Ah, que bonitinho, é pequenininho, é? pergunta a mãe - Não, salgadiiiiiiinho!

Na sala de aula, a professora solicita: - Mariazinha analise a frase: Há uma mulher olhando pela janela é singular ou plural? - Singular. Responde a Mariazinha. - Muito bem. Agora você Joãozinho: Há várias mulheres olhando pela janela, o que é? E o Joãozinho responde no ato: - Zona, professora.

O Joãozinho pergunta: - Professora, luz tem gosto bom? - Luz? Claro que não Joãozinho! Por quê? - Porque eu ouvi o pai dizer pra empregada: apaga a luz e chupa...

O Joãozinho vai até a farmácia e pede ao farmacêutico um supositório. O farmacêutico embrulha

e entrega para o Joãozinho que vai saindo da farmácia sem pagar a conta. Então o farmacêutico grita: - É para por na conta da sua mãe? E o Joãozinho responde prontamente: - Não, é para por no cú do pai mesmo.

A professora está tendo dificuldades com um dos alunos. - Joãozinho, qual é o problema? - Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para o terceiro ano também! A professora vê que não vai conseguir resolver este problema e o manda para a diretoria. Enquanto o Joãozinho espera na ante-sala, a professora explica a situação ao diretor. O diretor diz para a professora que ele vai fazer um teste com o garoto, e como ele não vai conseguir responder a todas as perguntas, vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda. Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um teste e o menino aceita. Diretor: - Joãozinho, quanto é 3 vezes 3? - 9. - E quanto é 6 vezes 6? - 36. E o diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro ano deve saber responder e Joãozinho não comete erro algum. O diretor, então, diz para a professora: - Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano. - Posso fazer algumas perguntas também? O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta: - O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas? Joãozinho pensa um instante e responde: - Pernas. Ela faz outra pergunta: - O que é que há nas suas calças que não há nas minhas? O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper. - Bolsos - responde o Joãozinho. - O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem? Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração... - A letra "M". - responde o garoto. A professora continua a argüição: - Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho? - Na África, responde Joãozinho de primeira. - Qual o monossílabo tônico que começa com a letra C termina com a letra U e ora está sujo ora está limpo? O Diretor começa a suar frio. - O céu, professora. - O que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio do redondo, e eu já dei para várias pessoas? - CD. Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz para a professora: - Põe o Joãozinho no quarto ano. Eu mesmo teria errado todas.

Na aula de noções de medicina, a professora pediu para os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital. - Cíntia, o que você trouxe? - Um bisturi. - Quem deu pra você? - Minha mãe. - E o que ela falou? - Falou que serve pra cortar a pele! - Ah, parabéns! - Vinicius, o que você trouxe? - Uma seringa! - E quem deu pra você?

-

Meu pai! O que ele falou? Falou que serve para aplicar injeção! Meus parabéns! Kiko, o que você trouxe? Um termômetro! Quem foi que deu? Meu tio. E o que ele falou? Falou que serve pra medir a temperatura. Ótimo E você, Joãozinho, o que é essa bola debaixo do seu braço? Isso é um balão de oxigênio! E quem deu pra você? Eu peguei da minha vó! O que ela falou? D-E-V-O-L-V-E, D-E-V-O-L-V-E-E-E-E-E, D-E-V-O-L...

Vamos fazer um teste de inteligência aqui na classe diz a professora. - Você Fernandinho, me diz ai um bichinho de 4 pernas que anda no telhado, dorme no fogão, faz miau, tem bigode e uma azeitona no nariz. O Fernandinho responde: - Azeitona? Sei, não, fessora! - O gato! A azeitona, só botei pra complicar - Agora você Chiquinho: me diz uma coisa que a gente coloca café, leite, tem um biquinho, uma tampinha em cima e uma goiaba em baixo. Chiquinho responde: - Goiaba? Sei, não, fessora! - É o bule! A Goiaba, só botei pra complicar. Entenderam como é? Faz comigo agora, Joãzinho. Pergunta pra mim! E o capetinha da classe pergunta: - Ah, é?... Ah, é?... Pode deixar que eu pergunto... Deixa comigo... O que é uma coisa que é roliça, tem uma ponta vermelha, as mulheres gostam de por na boca e tem duas bolas em baixo?? - O QUE? Tá expulso da classe, seu safado! Joãozinho: - Nãaaaaaaao, fessora! É o batom! As duas bolas, só botei pra complicar.

Num belo dia, estava a Tia do Joãozinho a se preparar para uma festa,na esperança de despertar a atenção de algum pretendente. Observando a Tia fazendo a maquiagem, com uma porção enorme de cremes, pós, tintas e outros utensílios misteriosos, o Joãozinho pergunta: - Tia, para que serve tudo isto? A tia, orgulhosa, responde: - É para a titia ficar mais bonita! O Joãozinho fica imerso em seus pensamentos durante alguns instantes, e então dispara: - E quando é que começa a fazer efeito?

A professora divide a classe em dois grupos e decide fazer uma disputa com perguntas. Para que Joãozinho não lhe encha o saco, ela coloca no grupo dos inteligentes. Aproveitando-se disso, ele grita para o outro grupo: - Nós vamos arrasar vocês, cambada de idiotas! Começa a disputa... - Quem descobriu a América? O grupo de Joãozinho responde: - Cristóvão Colombo! E o Joãozinho grita: - Eu não falei? Bando de orelhudos, 1 a 0! A professora lhe repreende:

- Cala a boca Joãozinho! Segunda pergunta: - Que idioma se fala na Espanha? O grupo de Joãozinho responde: - Espanhol, fessora! Joãozinho: - Viram só? Seus filhos duma égua, 2 a 0! A professora lhe repreende: - Cala a boca Joãozinho! Terceira pergunta: - Como Cristóvão Colombo chegou à América? O grupo de Joãozinho responde: - Nas caravelas: Joãozinho emocionadíssimo disse: - Eu bem que avisei seus sacos de merda, 3 a 0! A professora de saco cheio grita: - Joãozinho! Levanta e sai, porra! Joãozinho responde: - O pênis fessora, 4 a 0 seus babacas! A professora indignada volta a gritar: - Joãozinho, sai e não volta mais! Joãozinho contente responde: - O cocô professora. Ha ha ha, se ferraram, 5 a 0! A professora cansada grita: - Joãozinho, sai e não volta dentro de um mês! - Joãozinho, feliz da vida, responde: A menstruação tia. 6 a 0 seus otários! - Ganhamos!

Joãozinho chegou na escola rindo muito, mas rindo de se mijar... A professora então perguntou: - O que foi Joãozinho, qual o problema? Porque você está rindo tanto? - Ah, professora, vi uma coisa muita engraçada. - O que foi? Eu vi um gato comendo um rato. E o que é que tem? Nunca viu um gato comendo um rato? - De camisinha, Não!

Joãozinho está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada... - Pai, quem são aquelas senhoras? O pai meio embaraçado, responde: - Não interessa filho... Olha antes para esta loja. ... Já viu os lindos brinquedos que tem? - Sim, sim, já vi. Mas... Quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas? - São... São... São senhoras que vendem na rua. - Ah sim?! Mas vendem o quê?? - pergunta admirado o garoto. - Vendem... Vendem... Sei lá... Vendem um pouco de prazer. O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse, e quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer. Estava com sorte! Podia comprar 50 reais de prazer! No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe: - Desculpe minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer, por favor? A mulher fica admirada, e por momentos não sabe o que dizer, mas como a vida está difícil, ela aceita, porém como não dava para dar para o garotinho, leva o garoto para casa dela e preparalhe seis pequenas tortas de morangos. Já era tarde quando o garoto chega em casa. O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz: - Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem, para lhe comprar um pouco de prazer! O pai fica amarelo: - E... Então... Como é que se passou? - Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade em comer, a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício. Tive quase que empurrar para dentro com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final estava todo lambuzado, melequei todo o chão e a senhora me convidou

para voltar amanhã, posso ir? O pai cai de costas...

Joãozinho disse para Mariazinha: - Minha mãe me disse que eu tenho algo que você não tem! Mariazinha responde: - Pois minha mãe disse que com o que tenho, consigo quantos quiser desse que você tem!

Mariazinha, a irmã mais velha do Joãozinho, estava tendo a sua primeira menstruação. Apavorada, sem saber a razão de todo aquele sangue, corre pelos corredores à procura do irmão. - Joãozinho, Joãozinho, socorro, me ajuda! - Calma, calma, maninha, o que foi? - Olha só! Estou sangrando!!! O que será isso, Joãozinho? Joãozinho sentiu-se embaraçado no primeiro momento. Pensou um pouco. Usando toda a sua experiência (estava no auge dos 7 anos), levantou o vestido da irmã, abaixou a calcinha, analisou todas as possibilidades, e finalmente concluiu: - Olha... Eu não entendo muito bem disso... Mas acho que arrancaram o seu saco.

Joãozinho toma banho com a irmã. Ao assistir ele brincar com o seu próprio "brinquedinho", ela reclama: - Eu também quero mexer no seu brinquedinho! - Nada disso! - responde ele, decidido. - Você quebrou o seu e vai acabar quebrando o meu também...

O Joãozinho chegou pro pai e perguntou: - Pai, como eu nasci? - Eu achei você uma vez que sai pra caçar na floresta... - E o meu irmãozinho? - Ele foi uma experiência mágica que fizeram na barriga da sua mãe.. - E você? - Seu avô achou uma sementinha e cuidou dela, e eu nasci... - Porra pai, será que ninguém da no couro nessa casa?

Um professor de Matemática quis pregar uma peça em seus alunos e lhes disse: - Meninos, aqui vai um problema: Um avião saiu de Amsterdã com uma velocidade de 800 km/h, à pressão de 1.004,5 milibares; a umidade relativa era de 66% e a temperatura 20,4 graus. A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 assentos para passageiros, o banheiro estava ocupado e havia 5 aeromoças (mas uma estava de folga). A pergunta é... Quantos anos eu tenho? Os alunos ficam assombrados. O silencio é total. Então o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz de pronto: - 44 anos, professor! O professor, muito surpreso, o olha e diz: - Caramba, é certo. Eu tenho 44 anos. Mas como tu adivinhastes? E o Joãozinho: - Bem, eu deduzi porque eu tenho um primo que é meio babaca, e ele tem 22 anos...

A sala de aula, a professora pergunta: - Vocês sabem quantos anos vive uma perereca? Então Joãozinho levanta a mão: - Vive uns 12 ou 13 anos, professora. Depois cresce pêlos e vira boceta.

A professora entra na sala e se depara, horrorizada, com a seguinte inscrição na lousa: "Joãozinho tem o pau grande!”

Imediatamente ela apaga a inscrição e sem fazer nenhum comentário, começa a aula. No dia seguinte, ao entrar na sala novamente, a mesma inscrição em letras garrafais: “Joãozinho tem o pau grande!" Pela segunda vez, ela apaga os dizeres, sem fazer nenhum comentário. No outro dia, a história se repete, e no outro e no outro e no outro... Até que um dia ela resolve colocar à prova a veracidade daquela mensagem. Quando toca a campainha avisando que a aula terminou, ela pede para todos sairem menos o Joãozinho. Tranca a porta, tira a roupa e ataca o garoto. Dia seguinte, ao entrar na sala, ela lê no quadro: "A Propaganda é a Alma do Negócio!"

Preocupada com a quantidade de palavrões que o Joãozinho dizia, a mãe dele decidiu pedir ajuda ao pastor da igreja. O pastor deu o seguinte conselho: - Leve este caderno e anote cada vez que seu filho disser um palavrão. No final do mês, desconte dez centavos por palavra da mesada do menino e os doe à igreja. No final do mês, o pastor foi visitar a família e a primeira coisa que fez foi chamar o Joãozinho e conferir o caderno. Contou os palavrões e disse: - Meu filho, você proferiu 99 palavrões esse mês! Isso é terrível! Sua mãe descontar á R$ 9,90 da sua mesada. - Vamos acertar logo isso - Disse o menino sem esconder a irritação. Joãozinho tirou um a nota de R$ 10,00 do bolso e entregou ao pastor - Mas eu não tenho R$ 0,10 de troco. - Então o senhor vai tomar no cú e fica tudo certo!

A professora pergunta ao Joãozinho: - Joãozinho, se eu te der dez laranjas e depois te der mais dez laranjas, você fica com... Com... - CONTENTE!

Roberta e seu namorado estavam no quarto dela, quando a mãe serve o jantar e começa a chamar: - Roberta, o jantar já está servido. - Já vou mãe. Não demoro. Joãozinho, irmão mais novo de Roberta, fala: - Eu sei o que eles estão fazendo. A mãe então retruca: - Deixe de ser intrometido e cale sua boca. Roberta venha jantar. - Já vou, mãe - responde a moça. - Ha, ha, ha, eu sei o que eles estão fazendo - continua o pestinha. A mãe, já nervosa, dá-lhe um tabefe e manda que ele fique quieto. Passada meia hora, a mãe novamente insiste: - Roberta, apresse-se, pois o jantar vai esfriar. - Já estou indo - diz a filha, quase chorando. Joãozinho, então, começa a rir e diz: - Eu sei o que eles estão fazendo... A Roberta pediu-me o tubo de Vaselina e eu dei-lhe o de COLA TUDO.

A professora pergunta para o Joãozinho: - Qual o tempo verbal da frase “Isso não podia ter acontecido?” - Preservativo imperfeito, professora.

JOHNNY, O TERRÍVEL A professora achou que os alunos já estavam bem grandinhos e os mandou fazerem uma redação sobre o tema sexo ou assunto relacionado com esse tema. No dia seguinte, cada aluno leu a sua redação. A da Mariazinha era sobre métodos contraceptivos, a do Gerson "falava" da masturbação, a Ana Lúcia escreveu sobre rituais sexuais

antigos, etc.... E chegou a vez do Joãozinho. - Então Joãozinho, você fez a redação que eu mandei? - Sim senhora, professora! E o Joãozinho, na frente da turma, começou a ler alto: "Era uma vez no velho oeste, há muitos e muitos anos. No relógio da igreja batiam 18 h. Nuvens de poeira arrastavam-se pela cidade semi-deserta. O Sol já ofuscava o horizonte e tingia as nuvens de tons vermelhos. De súbito, recortou-se a silhueta de um cavaleiro. Lentamente, foi-se aproximando da cidade... Ao chegar à entrada, desmontou. O denso silêncio foi perturbado pelo tilintar das esporas. O cavaleiro chamava-se Johnny! Vestia-se todo de preto, à exceção do lenço vermelho que trazia ao pescoço e da fivela de prata que segurava os dois revólveres na cintura. O cavalo, companheiro de muitas andanças, dirigiu-se hesitante para uma poça de água. O velho cavalo caiu morto com um buraco na testa. O cheiro da pólvora vinha do revólver que já tinha voltado para o coldre de Johnny. Johnny não gostava de cavalos desobedientes! Johnny dirigiu-se para o bar. Quando estava subindo os três degraus, um mendigo que ali estava, tocou na perna de Johnny e pediu uma esmola... PUM! PUM! PUM! O esmoleiro esvaiu-se em sangue. Johnny não gostava que lhe tocassem! Johnny entrou no bar. Foi até o balcão, e pediu uma cerveja. O barman serviu-lhe a cerveja. Johnny provou e fez uma careta... PUM! PUM! PUM! Johnny não gostava de cervejas mornas e detestava barmans relapsos. Outros vaqueiros que ali estavam olharam surpresos para Johnny. PUM! PUM! PUM! PUM! Ninguém sequer conseguiu reagir. (Johnny era rápido no gatilho). Johnny não gostava de ser o centro das atenções! Saiu do bar. Deslocou-se até o outro lado da cidade para comprar um cavalo. Passou por ele um grupo de crianças a brincar e a correr, levantando uma nuvem de poeira... PUM! PUM! PUM! PUM! PUM! PUM! PUM! Desta vez os dois revólveres foram empunhados. Johnny não gostava de poeira, e, além disso, as crianças faziam muito barulho! Johnny detestava crianças barulhentas... Comprou o cavalo, e quando pagou, o vendedor enganou-se no troco... PUM! PUM! PUM! Johnny não gostava que o enganassem no troco! Montou no novo cavalo e saiu da cidade. Mais uma vez a sua silhueta recortou-se no horizonte, desta vez com o Sol já quase recolhido. Todos aqueles mortos jaziam no chão... Até o silêncio era denso era pesado. Até que a silhueta desapareceu no horizonte... Fim". Joãozinho sentou-se. A turma estava petrificada! A professora chocada pergunta: - Mas... Mas... Joãozinho... O que esta composição tem a ver com sexo? Joãozinho, com as mãos nos bolsos e uma das sobrancelhas levantadas, responde: - O Johnny era FODA!

A professora pergunta a seus alunos: - Se existem 5 passarinhos em um galho e você atira em um, quantos sobram? - Nenhum! - Responde Joãozinho - Todos saem voando com barulho do tiro. A professora fica surpresa com a resposta: - Não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto do seu jeito de pensar. - Eu posso fazer uma pergunta pra senhora? - Pediu Joãozinho. - Pode Joãozinho. - Existem 3 mulheres sentadas em um banco comendo picolés. Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo. Qual delas é a casada? A professora fica vermelha, mas responde, timidamente: - A que está chupando. - Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu gosto do seu jeito de pensar...

A RIMA Como lição de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima. No dia seguinte... - Diga a sua a sua rima Joãozinho: - Lá vem o canguru com uma flor no cú. A professora indignada pede pra ele refazer. No final da aula... - Diga novamente sua rima Joãozinho.

- Lá vem o canguru com uma flor na bochecha porque no cú a professora não deixa!

Estava a maior baderna entre a criançada na escola. De repente, Joãozinho, muito cansado tem uma idéia: - Galera! Vamos brincar de funcionários públicos? - Obaaa! Como é que se brinca? - O primeiro que se mexer perde!

Joãozinho, que sempre foi muito sapeca, estava com a corda toda naquele dia, na escola. Em dado momento, ele joga um aviãozinho de papel na professora, que escrevia ao quadro negro. Zangada, ela se volta para a classe e pergunta: - Quem foi que começou com o avião? E Joãozinho, com cara de safado responde: - Foi Santos Dumont, professora!

Mamãe, o papai está com diarréia? - perguntou o Joãozinho, de 5 anos. - Por que, filhinho? - Porque ontem a senhora passou a noite inteira na cama perguntando pra ele "mas esta merda não endurece nunca"?

A professora pergunta para Joãozinho: - Joãozinho, o que você quer ser quando crescer? - Soldado! - responde ele, convicto. - Mas soldado vai pra guerra e o inimigo mata! - diz a professora. - Ah! Então eu quero ser inimigo de soldado!

O VERSO Um casal de crianças no recreio: - Joãozinho, faz um versinho pra mim?! - Andava pela praia quando vi a Marieta, veio uma onda saliente e molhou sua canela. - Ué, não rimou! - A maré tava baixa, porra!

Na escola, a professora falava dos animais: - Para que serve a ovelha, Marcinha? - Pra nos dar a lã, fessora. - E para que serve a galinha, Marquinho? - Pra nos dar os ovos. - E para que serve a vaca, Joãozinho? - Pra nos passar o dever de casa!

Joãozinho pergunta ao guarda: - Você viu um homem e uma mulher sem um menino assim como eu?

TEORIA DA RELATIVIDADE Joãozinho estava na sala de aulas quando o professor lhe pergunta: - Joãozinho, quanto é dois e dois? - É relativo, Senhor professor, porque se os números estiverem na horizontal são 22 e se estiverem na vertical são 4. - Ah... Achas-te muito engraçadinho, não? Então me diz… Quantos são os mandamentos de Deus?

- Os Mandamentos de DEUS... Bom, é relativo. - Como assim, é relativo? - É relativo, porque se for para homens são 10, mas se for para mulheres são 9, porque as mulheres não podem desejar a mulher do próximo, a menos que sejam lésbicas. - És um grande filho da puta! - É relativo, Senhor professor, porque se sou filho da minha mãe, não, mas se for filho da sua, sim!...

Voltar

Loucos O paciente pergunta para aquele médico com cara de louco: - Doutor, é verdade que peixe é saudável? - Olha, eu acho que é sim, meu amigo. Eu trabalho nesse consultório há 30 anos e, até hoje, não apareceu nenhum peixe reclamando que estava doente!

O rapaz chega ao consultório do psiquiatra e desabafa: Doutor, preciso de sua ajuda! Acho que estou ficando louco! Já faz três noites que não consigo dormir de tanta preocupação! E qual o motivo de sua preocupação? - pergunta o médico. - Dinheiro, doutor! - ele responde. - Ah! Mas é muito fácil. É só o senhor parar de pensar no assunto. Outro dia, esteve aqui um camarada que também não conseguia dormir por causa das dívidas que tinha com o tio. Falei para ele que o tio é que deveria ficar preocupado, já que tinha dinheiro para receber. Daí em diante, ele passou a dormir tranqüilo e nunca mais reclamou! - Pois é, doutor, era o meu sobrinho!

O sujeito vai ao psicólogo e diz: - Doutor, a minha mulher vive dizendo que eu sou louco só porque gosto de salsinhas! - Mas isso não faz sentido! - responde ele. - Eu também gosto de salsinhas! - Legal! Então, vamos lá em casa ver a minha coleção! Eu já tenho mais de 200!

O novo diretor do hospício chegou para assumir seu cargo e, ao passar pelo pátio em direção ao prédio da administração, encontrou um senhor muito bem vestido e muito educado que lhe disse: - Doutor, eu estou aqui por engano, foi um erro total que ocorreu por ordem de um delegado de polícia invejoso. O novo diretor ficou preocupado e disse: - Pode ter certeza de que eu vou rever seu caso. Mal o novo diretor deu dois passos, levou uma tijolada na nuca! O senhor educado lhe disse: - Não vai esquecer, hein?

Voltar

Louras

VOÔ PARA NOVA YORK A comissária se dirige a uma loura sentada na primeira classe e pede gentilmente que ela se mude para a classe econômica, pois sua passagem não dava direito à primeira classe. A loura respondeu: - Eu sou loira, sou bonita, estou indo para Nova York e não vou sair! Não querendo bater boca com a passageira, a comissária pede ao co-piloto pra falar com ela. E ele vai falar com a loira pedindo que ela fizesse a gentileza de sair da primeira classe. E novamente ela responde: - Eu sou loira, sou bonita, estou indo para Nova York e não vou sair! O co-piloto volta para a cabine de comando e perguntou ao piloto o que ele deveria fazer.O piloto disse a ele: - Eu sou casado com uma loira e sei como lidar com isso. Foi para a primeira classe e sussurrou algo no ouvido da loira. Ela imediatamente pulou da cadeira e correu para o setor econômico, resmungando para si: "por que ninguém me disse antes?" Surpresos, a comissária e o co-piloto perguntaram o que ele havia dito para a loira que a convenceu a sair de lá. - Simples... eu disse a ela que a primeira classe não estava indo para Nova York...

Depois de dar à luz a um lindo bebê, a loura andava, estabanada, pelos corredores do hospital. - O que você está fazendo aqui? - pergunta uma das enfermeiras: - Você deveria estar em seu quarto, descansando! - Eu queria uma lista telefônica! - diz a loura aflita. - Mas para que você quer uma lista telefônica? - Eu quero achar um nome ara o meu bebê! - Mas você não precisa fazer isso... - diz enfermeira, paciente: - Vamos lhe dar um livrinho com nomes e significados... - Você não está entendendo, moça... O nome eu já tenho! Agora eu quero um sobrenome!

Uma loira chega com seu carro novinho numa loja de acessórios. Rapidamente é atendida por um vendedor e diz: - Bom dia! Quero instalar um pára-raios no meu carro. O vendedor, claro disse que, além de não ter pra vender, nunca tinha ouvido falar de ninguém com tal equipamento em veículos. Mas, curioso, perguntou para a loura pra que ela queria aquilo no carro. E ela, indignada, fala com as mãos na cintura: - Aloou, é pra minha segurança, né? Nunca ouviu falar em seqüestro relâmpago, não seu desinformado?

Uma loura encontra uma amiga que não via há algum tempo: - Olá querida! Tudo bem? - Tudo bem e você? - Tem alguma novidade para me contar? - Então você não sabe que eu estive em coma?

- Não me diga! Só o meu marido é que não me leva para lugar nenhum.

REVISÃO GRAMATICAL FEITA PELO CLUBE DAS LOIRAS ABREVIATURA - ato de se abrir um carro de policia; ALOPATIA – dar um telefonema para a tia; BARBICHA - boteco para gays; CÁLICE - ordem para ficar calado; CAMINHÃO - estrada muito grande; CATÁLOGO - ato de se apanhar coisas rapidamente; COMBUSTÃO - mulher com peito grande; DESTILADO - aquilo que não está do lado de lá; DETERGENTE - ato de prender indivíduos suspeitos; DETERMINA - prender uma garota; ESFERA - animal feroz amansado; HOMOSSEXUAL - Sabão utilizado para lavar as partes íntimas; LEILÃO - Leila com mais de 2 metros de altura; KARMA - expressão mineira para evitar o pânico; LOCADORA - uma mulher maluca de nome Dora; NOVAMENTE - diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar; OBSCURO - "OB" na cor preta; QUARTZO - parte ou aposento de um apartamento; RAZÃO - lago muito extenso porém pouco profundo; RODAPÉ - aquele que tinha carro mas agora roda a pé; SAARA - mulher do Jaacó; SEXÓLOGO - sexo apressado; SIMPATIA - concordando com a irmã da mãe SOSSEGA - mulher desprovida de visão; TALENTO - característica de alguma coisa devagar; TÍPICA - o que o mosquito nos faz UNÇÃO - erro de concordância muito freqüente (o correto seria um é); VATAPÁ - ordem dada por prefeito de cidade esburacada; VIDENTE - dentista falando sobre seu trabalho; VIÚVA - ato de ver uva; VOLÁTIL - sobrinho avisando onde vai.

Depois de comprar um novo estoque de lingerie, a lourinha pede à bordadeira que borde os seguintes dizeres em cada uma de suas calcinhas: “Se você conseguir ler isto, é porque está perto demais”. Curiosa, a profissional pergunta: - É para bordar em letras de forma? - Não, não... Em braile, por favor.

A loura resolve ir ao banco com uma amiga. Chegando à agência, ela vê que está a maior fila e vai demorar horas para resolver todos os compromissos. Preocupada com o carro, que ficou estacionado na rua, ela pede à amiga que vá vigiar. Passados apenas alguns minutos, a amiga volta gritando: - Luciana, Luciana - diz ela, quase sem fôlego - Estão roubando o seu carro. Luciana sai em disparada porta afora e volta alguns minutos depois, vermelha como um pimentão e tentando respirar. A amiga preocupada, pergunta: - Conseguiu pegar o ladrão? Luciana faz um sinal de positivo e diz: - Não, mas tá tranqüilo. Anotei a placa.

DÚVIDAS DE ADVOGADAS LOURAS

- Qual a capital do estado civil? - Dizer que gato preto dá azar é preconceito racial? - Com a nova Lei Ambiental, afogar o ganso passou a ser crime? - Cabe recurso adesivo no absorvente da mulher ativa? - Pessoas de má fé são aquelas que não acreditam em Deus? - Quem é canhoto pode prestar vestibular para direito? - Quantos quilos por dia emagrece um casal que optou pelo regime parcial? - Tem algum direito a mulher em trabalho de parto sem carteira assinada? - A gravidez da prostituta, no exercício de suas funções profissionais, caracteriza acidente de trabalho? - Seria patrocínio o assassinato de um patrão? - Cabe relaxamento de prisão nos casos de prisão de ventre? - A marcha processual tem câmbio manual ou automático? - Provocar o Judiciário é xingar o juiz? - Podemos dizer que a vida processual é cheia de altos e baixos? - Se um motel funciona somente das 8 as 18 horas, podemos dizer que ali só ocorrem transações comerciais? - Enfiar o dedo na tomada de preços dá choque econômico? - Será que a câmara dos deputados possui flash automático? - Para tiro a queima roupa é preciso que a vítima esteja vestida? - O filho do bispo Edir Macedo será um herdeiro universal? - Quando uma prostituta usa uma camisinha durante o ato sexual podemos dizer que ocorreu uma legítima defesa putativa? - Qual a influencia da macumba no despacho saneador? - O infanticídio ocorre quando alguém dá para uma criança uma Fanta envenenada? - O Superior Tribunal de Justiça tem esse nome porque fica no último andar do edifício? - Analogia é a ciência que estuda a vida das Anas? - Leis concretas são aquelas elaboradas por pedreiros? - Aplicação das normas jurídicas no espaço ocorre quando há julgamento na Lua? - Testamento cerrado é aquele em que os filhos herdam dos pais fazendas no interior de Goiás e Mato Grosso? - Bens móveis são os fabricados em marcenarias? - O “arroz com feijão” pode ser considerado uma receita pública? - Direito penal é aquele que trata das relações entre aves? - Queimaduras de terceiro grau são aquelas que ocorrem somente no curso universitário? - Contrato bilateral é o celebrado entre o Cafu e o Roberto Carlos? - Signatários são os caras que inventaram o horóscopo? - Para uma prisão de ventre é necessário haver flagrante? - Assim sendo, neste caso caberá hábeas corpus?

Três mulheres foram condenadas à cadeira elétrica, uma morena, uma ruiva e uma loura. cada uma teria direito a um último desejo. se a cadeira elétrica não funcionasse, elas seriam libertadas. A morena disse que queria se converter ao islamismo. Veio um paxá e a converteu, então ela disse: - Alá! Alá! Alá! Ligaram a tomada e, como nada aconteceu, ela foi solta. A ruiva, esperta, disse que também queria se converter ao islamismo. veio um paxá e a converteu. então ela disse: - Alá! Alá! Alá! Ligaram a tomada, como nada aconteceu, ela foi solta. A loura, dando uma de sabida, disse que também queria se converter ao islamismo. Veio um paxá e a converteu. Então, ela disse: - Alá! Alá! Alá!... A tomada está desligada!

Uma loura estava viajando sozinha pela estrada com seu reluzente Fusca 78, que de repente, começou a engasgar e parou na beira da estrada. Ela ficou desesperada e foi pedir ajuda, quando aconteceu uma incrível coincidência: passou um outro Fusca, com uma outra loura, que parou no acostamento e gritou, eufórica: - Oi amiga! Qual o problema? - Aí, eu não sei... Estou desesperada! Vou abrir o capô pra ver se descubro... Depois de alguns minutos tentando, ela conseguiu abrir o capô do Fusca e exclamou assustada: - Ah, meu Deus! Eu não acredito! Roubaram o meu motor!

A outra loura ficou desesperada, correr para o seu Fusca, abriu a tampa traseira e disse aliviada: - Aí, amiga... Estamos com sorte, eu tenho um motor de reserva no meu porta-malas!

Duas doidas louras há dias planejam fugir do hospício pulando um muro num determinado local onde a altura não passa de um metro e sessenta. No dia seguinte uma delas chega correndo e grita para a outra: - Não poderemos mais executar nosso plano, vamos desistir da fuga! A loura pergunta o porquê, e a amiga responde: – Porque nessa noite choveu muito e o pedaço do muro que íamos saltar caiu!

Voltar

Luís Fernando Veríssimo POEMA DA MULHER Que mulher nunca teve Um primo meio tarado, Ou um amigo meio viado? Que mulher nunca tomou Um fora de querer sumir, Um porre de cair Que mulher nunca sonhou Com a sogra morta, estendida, Em ser muito feliz na vida Ou com uma lipo na barriga? Que mulher nunca pensou Em dar fim numa panela, Jogar os filhos pela janela Ou que a culpa era toda dela? Que mulher nunca penou Para ter a perna depilada, Para aturar uma empregada Ou para trabalhar menstruada? Que mulher nunca acordou Com um desconhecido ao lado, Com o cabelo desgrenhado Ou com o travesseiro babado? Que mulher nunca comeu Uma caixa de Bis, por ansiedade, Uma alface, no almoço, por vaidade Ou, um canalha por saudade? Que mulher nunca apertou O pé no sapato para caber, A barriga para emagrecer Ou um ursinho para não enlouquecer? Que mulher nunca jurou Que não estava ao telefone, Que não pensa em silicone Ou que "dele" não lembra nem o nome?

UM DIA COM MODESS Aceitei o desafio de passar um dia com um modess na cueca. A primeira menção do assunto modess me causa uma vontade de gargalhar irracional. Pois eu resolvi que já era hora de encarar esse trauma de forma mais íntima. O primeiro passo foi comprar a pequena fralda na farmácia. Isso foi fácil. Na verdade, foi até divertido. Fiquei torcendo pra mulher do caixa perguntar, e eu responder de forma bem "casual": - É pra sua namorada??? - Não. É pra mim!!! Só que ninguém nem tchuns, o que prova que as meninas ficam constrangidas à toa. Na verdade, menstruar é uma parada normal. Acontece nas melhores famílias. Comprei um não-sei-o-que "mini". Não ligo pra grifes, ainda mais de modess. Mas nesse caso, o que importava era o tamanho. E era mini. Porque, se é pra eu fazer esse papel de usuário de

absorventes, pelo menos que eu não passe por arrombado. E a diferença de bitola entre o mini e o super é significativa, o que me fez pensar sobre como algumas mulheres são maiores que as outras... Bom... Comprei também um tablete Valda pra dar uma dechavada básica e fui pra casa realizar o sacrifício que me tornaria um membro da classe masculina mais compreensiva com o sexo oposto. Chegando em casa, fui tentar abrir o pacote. Impulsivo por natureza, o homem não se dá ao trabalho de procurar linhas pontilhadas e, assim sendo, comecei abrindo errado. A abertura na horizontal tem um porquê, se adapta melhor à bolsa e deixa o absorvente mais à mão no caso de uma enxurrada inesperada. Mas eu ignorei, pois não uso bolsa. Ao retirar a peça do invólucro, você tem que descolar uma abinha para grudar na roupa íntima. Se a menstruação em si não deixar "incomodada", essa almofada intrusa no seu chakra genital com certeza vai. Calculei que o centro do modess ficasse na altura da "terra de ninguém", de forma que ele não invadisse o território peniano. O saco reclamou um pouco, já que não se tratava de uma cueca duplex com teto solar. Um pouco de paciência e um pequeno remanejamento espacial e tudo estava resolvido. A primeira coisa que se pensa ao compor o modelão usando absorventes externos é: - Será que está marcando? Por isso é essencial que você faça tudo com a companhia de um aliado. Assim, você vai poder contar com um correspondente nos países baixos, que vai lhe avisar caso o modess cisme em querer se destacar na sua bunda. Ao sair de casa, fingi que não tinha um objeto parasitário ultrajando aminha intimidade. Mas parece que está piscando um outdoor na sua testa avisando "estou de Chico". E eu nem tava!!! Que absurdo...Até encontrar seu aliado (a), é sempre bom dar uma conferida nos reflexos que você encontrar pelo caminho, como espelhos e vitrines, pra ver se está marcando. DANE-SE a queda na bolsa de Tóquio ou a reforma ministerial. O que importa é que ninguém perceba que você está aqueles dias. E a preocupação é uma constante. Não dá pra esquecer que seu fundilho está acolchoado. Ao final de minha jornada, foi um alívio tirar o cuecão e zunir o modessno lixo. Claro que eu tive o cuidado de dobrá-lo e escondê-lo no canto dolixo, antes, envolvendo com muito papel higiênico para que ninguém se deparasse com aquele objeto indesejável depois do almoço. Daí eu entendi por que às vezes tem um montinho de papel enrolado num canto da cestinha do banheiro. Iuch! Se eu tivesse que usar isso a cada ciclo, ia ter uma crise pré-menstrual que ia durar uns trinta dias por mês. E as mulheres nem ganham adicional por insalubridade. VOCÊS SÃO HEROÍNAS...AMO, ADORO VOCÊS MULHERES MARAVILHOSAS! Agora dá para entender um "pouco" essa tal de TPM!!!!! Aprendi a ser MAIS compreensivo... Com vocês. Sintam-se todas acariciadas por mim nestes períodos...

CONTO DE FADAS PARA MULHERES DO SÉCULO XXI Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa, independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã. Então, a rã pulou para o seu colo e disse: - Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre... Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava... - Nem morta!

E SE... Vivemos cercados pelas nossas alternativas, pelo que podíamos ter sido. Ah, se apenas tivéssemos acertado aquele número (unzinho e eu ganhava a sena acumulada), topado aquele emprego, completado aquele curso, chegado antes, chegado depois, dito sim, dito não, ido para Londrina, casado com a Doralice, feito aquele teste... Agora mesmo, neste bar imaginário em que estou bebendo para esquecer o que não fiz,

aliás o nome do bar é Imaginário, sentou um cara do meu lado direito e se apresentou : - Eu sou você se tivesse feito aquele teste no Botafogo. E ele tem mesmo a minha idade e a minha cara. E o mesmo desconsolo. - Por que? Sua vida não foi melhor do que a minha? - Durante um certo tempo, foi. Cheguei a titular. Cheguei à seleção. Fiz um grande contrato. Levava uma grande vida. Até que um dia... - Eu sei, eu sei... Disse alguém sentado ao lado dele. Olhamos para o intrometido... Tinha a nossa idade e a nossa cara e não parecia mais feliz do que nós. Ele continuou: - Você hesitou entre sair e não sair do gol. Não saiu, levou o único gol do jogo, caiu em desgraça, largou o futebol e foi ser um medíocre propagandista. - Como é que você sabe? - Eu sou você se tivesse saído do gol. Não só peguei a bola como me mandei para o ataque com tanta perfeição que fizemos o gol da vitória. Fui considerado o herói do jogo. No jogo seguinte, hesitei entre me atirar nos pés de um atacante e não me atirar. Como era um herói, me atirei. Levei um chute na cabeça. Não pude ser mais nada. Nem propagandista. Ganho uma miséria do INSS e só faço isto: bebo e me queixo da vida. Se não tivesse ido nos pés do atacante... - Ele chutaria para fora. Quem falou foi o outro sósia nosso, ao lado dele, que em seguida se apresentou. - Eu sou você se não tivesse ido naquela bola. Não faria diferença. Não seria gol. Minha carreira continuou. Fiquei cada vez mais famoso, e agora com fama de sortudo também. Fui vendido para o futebol europeu, por uma fábula. O primeiro goleiro brasileiro a ir jogar na Europa. Embarquei com festa no Rio... - E o que aconteceu? perguntamos os três em uníssono. - Lembra aquele avião da VARIG que caiu na chegada em Paris? - Você... - Morri com 28 anos. - Bem que tínhamos notado sua palidez. - Pensando bem, foi melhor não fazer aquele teste no Botafogo... - E ter levado o chute na cabeça... - Foi melhor, continuou, ter ido fazer o concurso para o serviço público naquele dia. Ah, se eu tivesse passado... - Você deve estar brincando - disse alguém sentado a minha esquerda. Tinha a minha cara, mas parecia mais velho e desanimado. - Quem é você? - Eu sou você se tivesse entrado para o serviço público. - Vi que todas as banquetas do bar à esquerda dele estavam ocupadas por versões de mim no serviço público, uma mais desiludida do que a outra. As conseqüências de anos de decisões erradas, alianças fracassadas, pequenas traições, promoções negadas e frustração. Olhei em volta. Eu lotava o bar. Todas as mesas estavam ocupadas por minhas alternativas e nenhuma parecia estar contente. Comentei com o barman que, no fim, quem estava com o melhor aspecto, ali, era eu mesmo. O barman fez que sim com a cabeça, tristemente. Só então notei que ele também tinha a minha cara, só com mais rugas. - Quem é você? Perguntei. - Eu sou você se tivesse casado com a Doralice. - E...? Ele não respondeu. Só fez um sinal, com o dedão virado para baixo... Creio que a vida não é feita das decisões que você não toma, ou as atitudes que você não teve, mas sim, aquilo que foi feito! Se bom ou não, penso, é melhor viver do futuro que do passado!

MULHER É FOGO! O marido chega em casa às 18 horas e diz a mulher que teria uma reunião às 22 horas, mas que ele não iria pois considerava isso um abuso. Mas a mulher preocupada com o marido, o convence de que o trabalho é importante. O marido então vai tomar um banho para se preparar e pensa: "Foi fácil enganá-la" Como toda mulher, quando o homem entra no banheiro ela revista o bolso de seu paletó e encontra um bilhete onde estava escrito: "Amor, estou esperando você para comermos um pato

ao molho Branco. Beijão, Amanda". Quando o marido sai do banho encontra sua mulher com uma roupa sensual e toda fogosa. O marido não perde tempo e parte para o rala e rola. A mulher lhe dá um trato tão bom que o marido adormece. Quando vai chegando a hora, a mulher acorda o marido, que não quer mais ir a reunião, mas novamente ela o convence. Ao chegar na casa da amante, o marido cansado diz a ela que hoje trabalhou muito e que só iria tomar um banho e descansar um pouco. Como toda mulher, ao entrar no banho revista o bolso de seu paletó, e encontra um bilhete onde estava escrito: "Querida Amanda, o pato foi, mas o molho branco ficou todo aqui. Beijão, a Esposa”.

SIMPLICIDADE Cada semana, uma novidade. A última, foi que pizza previne câncer do esôfago. Acho a maior graça. Tomate previne isso, cebola previne aquilo,chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas, peraí, não exagere... Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos. Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal prá minha saúde. Prazer faz muito bem. Dormir me deixa 0 km. Ler um bom livro, faz-me sentir novo em folha. Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas, depois, rejuvenesço uns cinco anos! Viagens aéreas não me incham as pernas, incham-me o cérebro, volto cheio de idéias! Brigar,me provoca arritmia cardíaca. Ver pessoas tendo acessos de estupidez,me embrulha o estômago! Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro,me faz perder toda a fé no ser humano... E telejornais... Os médicos deveriam proibir... Como doem! Caminhar faz bem, namorar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo faz muito bem: você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada. Acordar de manhã, arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite, isso sim,é prejudicial à saúde. E passar o resto do dia sem coragem para pedir desculpas,pior ainda. Não pedir perdão pelas nossas mancadas, dá câncer, guardar mágoas, ser pessimista, preconceituoso ou falso moralista, não há tomate ou muzzarela que previna! Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo,não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau! Cinema é melhor prá saúde do que pipoca. Conversa é melhor do que piada. Exercício é melhor do que cirurgia. Humor é melhor do que rancor. Amigos são melhores do que gente influente. Economia é melhor do que dívida. Pergunta é melhor do que dúvida. Sonhar é o melhor de tudo é muito melhor do que nada!

Voltar

Lula No primeiro dia de aula, numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki,vindo do Japão. A aula começa e a professora: Vamos ver quem conhece história americana. - Quem disse: "Dê-me a liberdade ou a morte?" Silêncio total na sala. Apenas Suzuki levanta a mão: - Patrick Henry em 1775 na Filadélfia. - Muito bem, Suzuki. - E quem disse: "O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se”? Suzuki: - Abraham Lincoln, em 1863, em Washington A professora olha os alunos e diz: - Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história Americana que vocês! Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo: "japonês filho da puta!" - Quem foi? - grita a professora. Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde: - General McArthur, em 1941 em Pearl Harbour. A turma fica super silenciosa... Apenas ouve-se do fundo da sala: - Acho que vou vomitar. A professora grita: - Quem foi? E Suzuki: - George Bush Sênior, ao Primeiro-Ministro Tanaka durante um almoço, em Tókio, em 1991. Um dos alunos fala: - Chupa o meu pau!" E a professora, irritada: - Acabou-se! Quem foi agora? E Suzuki, sem hesitações: - Bill Clinton à Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997. E outro aluno fala ao fundo: - Suzuki de merda! E Suzuki responde: - Valentino Rossi, no Grande Prêmio de Moto, no Rio de Janeiro, em 2002. A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta se abre e entra o Diretor, que diz: "Que merda é essa? Nunca vi uma confusão deste tamanho!" E Suzuki, bem alto: - Lula, para o José Dirceu, quando estourou o escândalo dos Correios.

Quando o Papa João Paulo II veio ao Brasil pela primeira vez, nós estávamos em transição da ditadura militar para a democracia. O presidente de plantão era o general João Batista de Oliveira Figueiredo. O Papa perguntou ao Presidente o motivo de ter tantos ministros, ao que obteve como resposta: - Santidade, Jesus tinha 12 apóstolos e eu tenho 12 ministros. Em 2007, quando o Papa Bento XVI chegou ao Brasil e perguntou ao presidente Lula para que 34 ministros, o molusco respondeu: - Bem, cumpanhêro santidade... Ali Babá tinha 40... AINDA FALTAM 6...

DICIONÁRIO DO LULA Armarinho - Vento proveniente do mar. Aspirado - Carta de baralho completamente maluca. Assaltante - Um "A" que salta. Barganhar - Receber um botequim de herança. Barracão - Proíbe a entrada de caninos. Bimestre - Mestre em duas artes marciais. Biscoito - Fazer sexo duas vezes.

Caçador - Indivíduo que procura sentir dor. Cerveja - O sonho de toda revista. Cleptomaníaco - Mania por Eric Clapton. Coitado - Pessoa vítima de coito. Contribuir - Ir para algum lugar com vários índios. Conversão - Papo prolongado. Democracia - Sistema de governo do inferno. Detergente - Ato de prender seres humanos. Determine - Prender a namorada de Mickey Mouse. Edifício - Antônimo de "é fácil". Eficiência - Estudo das propriedades da letra F. Estouro - Boi que sofreu operação de mudança de sexo. Expedidor - 0 Mendigo que mudou de classe social. Fluxograma - Direção em que cresce o capim Halogênio - Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes. Homossexual - Sabão em pó para lavar as partes íntimas. Luz solar - Sapato que emite luz por baixo. Ministério - Aparelho de som de dimensões muito reduzidas. Missão - Culto religioso com mais de três horas de duração. Padrão - Padre muito alto. Pressupor - Colocar preço em alguma coisa. Regime Militar - Rotina de dieta e exercícios feitos pelo exército. Suburbano - Habitante dos túneis do metrô. Testículo - Texto pequeno Tripulante - Especialista em salto triplo. Unção - Erro de concordância verbal. O certo seria "um é". Volátil - Avisar ao tio que você vai lá.

O presidente da República chama a sua secretária no canto e pede encarecidamente: - Por favor senhorita, marque uma reunião com os meus ministros para sexta-feira. - Ok. Mas presidente, sexta-feira é com "s" ou com "x" - pergunta a secretária. O presidente pensa um pouco e responde: - Marque para quinta.

NO PT NÃO HÁ DESONESTOS Numa entrevista o presidente Lula fez a seguinte afirmativa: "No PT não há desonestos"... Instigado pelo repórter se teria coragem de escrever o que disse, o presidente não teve dúvidas: - Mas é claro que escrevo, meu companheiro repórter, me dá aqui sua caneta" E sapecou: NO PT NÃO HÁ DEZHONESTOS!!!

Voltar

Médicos COISAS DE PSICÓLOGO Um sujeito está em uma entrevista para emprego. O psicólogo dirige-se ao candidato e diz: - Vou lhe aplicar o teste final para sua admissão. - Perfeito, diz o candidato. Aí o psicólogo pergunta: - Você está em uma estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados vindo em sua direção. O que você acha que é? - Um carro, diz o candidato. - Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Uma BMW, um Audi, um Volkswagen? - Não dá pra saber né? - Hum..., diz o psicólogo, que continua: Vou te fazer uma outra pergunta: - Você está na mesma estrada escura e vê só um farol vindo em sua direção, o que é? - Uma moto, diz o candidato. - Sim, mas que tipo de moto? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki? - Sei lá, numa estrada escura, não dá pra saber (já meio nervoso). - Um..., diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta: - Na mesma estrada escura você vê de novo só um farol, menor que o anterior. Você percebe que vem bem mais lento. O que é? - Uma bicicleta. - Sim, mas que tipo de bicicleta? Uma Caloi, uma Monark? - Não sei. - Você foi reprovado! - diz o psicólogo. Aí o candidato dirige-se ao psicólogo e fala: - Interessante esse teste. Posso fazer uma pergunta ao senhor também? - Claro que pode. Pergunte. - O senhor está tarde da noite numa rua iluminada. Vê uma moça com maquiagem carregada, vestidinho vermelho bem curto, girando uma bolsinha, o que é? - Ah! - diz o psicólogo - é uma prostituta. - Sim, mas quem? Sua irmã? Sua mulher? Ou a puta que lhe pariu?

FUNERAL DE UM CARDIOLOGISTA Um dos maiores cardiologistas da cidade morreu. No seu funeral, o seu caixão foi colocado em frente a um enorme coração feito de rosas vermelhas. Quando o padre terminou o sermão e toda a gente se despediu do médico falecido, o grande coração de rosas abriu-se, o caixão passou através dele e o coração voltou a fechar-se. Foi uma majestosa homenagem ao tão amado cardiologista. De repente, um dos presentes desata a rir loucamente. Irritado com tal falta de respeito e sensibilidade, o homem que estava a seu lado pergunta: - Como é que o Sr. se pode estar a rir num momento de tanta dor? Responde-lhe o que estava a rir: - Sabe, estava a pensar no meu próprio funeral.....é que eu sou ginecologista!!!!

SEMELHANÇA Qual a semelhança entre o ginecologista e o entregador de pizza? É que ambos só sentem o cheiro, mas comer que é bom...

FORNECEDOR É PELOS FUNDOS No céu, os anjos separavam os recém-chegados conforme as profissões: - O próximo! - Marceneiro. - Por aqui. Próximo!

-

Advogado. Por aqui. Próximo! Médico. Por favor, fornecedor é pela porta dos fundos!

CIRURGIÃ X ANESTESISTA Um médico conhece em um congresso uma médica. Após a palestra saem juntos e resolvem jantar. Depois vão para um hotel e resolvem ficar hospedados no mesmo. No quarto prosseguem com as carícias, beijos, exame físico completo e após a relação a doutora vai para o toalete, começa a se lavar: esfrega cada falange, metacarpo, antebraço umas 50 vezes. Do leito, o doutor observa e diz: - Já sei qual sua especialidade! - A médica pergunta: - Qual é? - Você é cirurgiã! - Muito bem, como você descobriu? - Pelo jeito que você se lava. - Também descobri sua especialidade - disse ela. - O médico, assustado, disse: - Impossível! Não levantei da cama, nem me lavei! - Você é anestesista! - Surpreso, o médico pergunta: - Como você descobriu? - Foi fácil! Eu não senti nada durante a relação...

COLEGAS DE PROFISSÃO Após a consulta o sujeito pergunta ao médico: - Quanto é a consulta, doutor? - São duzentos reais. - Duzentos?! Não tem um desconto para um colega de profissão? - O senhor também é médico? - Não, eu também sou ladrão!

Voltar

Mineiros CÂMERA DIGITAL Um mineiro comprou uma câmera digital e levou para seu sítio. Chegando lá, mostrou aquela novidade para todos. Nunca ninguém tinha visto algo igual. O mineirinho pra mostrar que sabia tirar retrato, diz: - Pessoár, todo mundo pra-per-da-cerca-di-arami farpadi logo ali, pro-modi-qui vô tirá umas foto docêis. Então, ele programa o temporizador e corre pra junto de todos. Nessa hora, quando os outros o vêem correr na direção deles, todos saem correndo também. Atravessam a cerca de arame farpado, rasgando-se todos. E o mineirinho pergunta: - O qué qui aconteceu, uai??? E sua tia, com as duas orelhas penduradas, responde: - Se ocê qui cunhece esse trem ficou cum medo, imagine nóis qui num cunhece...uai!

MARIMBONDO A mineirinha de 10 anos vai pescar com o pai e volta com o rosto todo inchado. A mãe, assustada, pergunta: - Minha filha, que houve? - Foi um marimbondo, mamãe... - Ele te picou? - Não deu tempo. O papai o matou com o remo.

Um casal de primos caminhava pelo pasto de uma fazenda, no Interior de Minasssss, até que viram um cavalo transando com uma égua, e a prima logo perguntou: - Primo, o que é aquilo? - Eles tão acasalando, sô! A égua tá no cio, o cavalo percebeu isso e tá mandando brasa!!! - Mas como é que o cavalo sabe que ela tá no cio, primo? - Aaara, é que o cavalo sente o cheiro da égua no cio, sô! Passaram mais adiante, e tinha um bode transando com uma cabra, e a prima perguntou de novo, e o primo deu a mesma resposta. Mais na frente, lá estava um boi pegando uma vaca, e ela tornou a perguntar, e ele deu a mesma resposta: que o boi também sentia o cheiro da vaca no cio. Foi aí que a prima perguntou: - Ô primo, se eu preguntá uma coisa pr'ocê, ocê jura que num vai ficá chatiado? - Craro que não, prima! Ocê pode preguntá! - OCÊ TÁ COM O NARIZ INTUPIDO? PO!...

Voltar

Moral da história A Madame abriu a porta do puteiro e se deparou um homem alto de pele morena. - No que posso ajudá-lo? - perguntou a Madame. - Gostaria de ver a Natalie - disse o homem. - Senhor, Natalie é uma de nossas meninas mais caras... O senhor não quer ver outra de nossas garotas? - Não, eu quero a Natalie - disse ele. Minutos depois, apareceu Natalie para explicar ao homem que ela iria cobrar R$1.000,00 pela visita. Sem pestanejar, o homem mete a mão no bolso e tira um maço de dez notas de R$100,00 e entrega à moça. Então, os dois subiram para um dos quartos e depois de uma hora o senhor saiu muito tranqüilo e feliz. Na noite seguinte, o mesmo senhor apareceu de novo querendo ver Natalie. Natalie então disse que era muito raro para qualquer visita duas noites seguidas e que nem iria pensar em desconto. Novamente o homem enfiou a mão no bolso e tirou outras dez notas de R$100,00 e, na companhia de Natalie, subiu para um dos quartos e depois de uma hora ele se foi. Quando apareceu pela terceira noite seguida, ninguém podia acreditar. Novamente entregou R $1.000,00 a Natalie e foram os dois para um dos quartos, para mais uma hora. Quando terminaram, não se contendo de curiosidade, Natalie perguntou para o homem: - Ninguém nunca requisitou meus serviços por três noites seguidas. De onde você é? - De Sorocaba - respondeu o homem. - É sério? - disse ela - Minha família é de lá. - Eu sei - disse o homem - Seu pai faleceu e sou o advogado de suas irmãs. Elas me pediram que lhe entregasse sua parte da herança, R$3.000,00... Moral da história: Há duas coisas no Mundo que não têm pena da gente: a morte e um advogado... O ESTERCO E AS LARANJAS! Esta é a fábula de um alto executivo que, estressado, foi ao médico. Relatou ao psiquiatra o seu caso. O médico, experiente, logo diagnosticou: - O Sr. precisa se afastar por duas semanas da sua atividade profissional. O conveniente é que vá para o interior, se isole do dia-a-dia e busque algumas atividades que o relaxem. Então o nosso executivo procurou seguir as orientações. Munido de vários livros, CDs e laptop, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo. Passados os dois primeiros dias, o nosso executivo já havia lido dois livros e ouvido quase todos os CDs. Continuava inquieto. Pensou então que alguma atividade física seria um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava. Chamou o administrador da fazenda e pediu para fazer algo. O administrador ficou pensativo e viu uma montanha de esterco que havia acabado de chegar. Disse ao nosso executivo: - O Sr. pode ir espalhando aquele esterco em toda aquela área que será preparada para o cultivo - pensou consigo: "Ele deverá gastar uma semana com essa tarefa". Ledo engano. No dia seguinte o nosso executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área. Pediu logo uma nova tarefa. O administrador então lhe disse: - Estamos iniciando a colheita de laranjas. O Sr. vá ao laranjal levando três cestos para distribuir as laranjas por tamanho. Pequenas, médias e grandes. No fim daquele primeiro dia o nosso executivo não retornou. Preocupado, o administrador se dirigiu ao laranjal. Viu o nosso executivo com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando sozinho: - Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena? - Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média? - Esta é média. Não, é pequena. Ou será grande? Moral da história: Espalhar merda é fácil. O difícil é tomar decisões.

No aeroporto o pessoal estava na sala de espera aguardando a chamada para embarcar. Nisso aparece o Co-piloto, todo uniformizado, de óculos escuros e de bengala branca, tateando pelo caminho. A atendente da companhia o encaminha até o avião e assim que volta explica que, apesar dele ser cego, é o melhor Co-piloto da companhia. Alguns minutos depois, chega outro funcionário também uniformizado, de óculos escuros, de bengala branca e aparado por duas aeromoças. A atendente mais uma vez informa que, apesar dele ser cego, é o melhor piloto da empresa e, tanto ele quanto o Co-piloto, fazem a melhor dupla da companhia. Todos os passageiros embarcam no avião preocupados com os pilotos. O comandante avisa que o avião vai levantar vôo e começa a correr pela pista cada vez com mais velocidade. Todos os passageiros se olham, suando, com muito medo da situação. O avião vai aumentando a velocidade e nada de levantar vôo. A pista está quase acabando e nada do avião sair do chão. Todos começam a ficar cada vez mais preocupados. O avião correndo e a pista acabando. O desespero toma conta de todo mundo. Começa uma gritaria histérica no avião. Nesse exato momento o avião decola, ganhando o céu e subindo suavemente. O piloto vira para o Co-piloto e diz: - Se algum dia o pessoal lá de trás, não gritar, a gente tá FERRADO!!! Moral da história: OUVIR OS CLIENTES É FUNDAMENTAL!!!

Vamos tentar entender os HOMENS!!! Os homens bons são feios. Os homens bonitos e bons são gays. Os homens bonitos, bons e heterossexuais estão casados. Os homens que não são bonitos, mas são bons, não têm dinheiro. Os homens que não são bonitos, mas que são bons e com dinheiro, pensam que só estamos atrás de seu dinheiro. Os homens bonitos, que não são bons e são heterossexuais, não acham que somos suficientemente bonitas. Os homens que são bonitos, bons, têm dinheiro e graças a Deus são heterossexuais,são tímidos e NUNCA DÃO O PRIMEIRO PASSO! Os homens que nunca dão o primeiro passo, automaticamente perdem o interesse em nós quando tomamos a iniciativa. AGORA... QUEM NESSE MUNDO ENTENDE OS HOMENS? Moral da história: Homens são como um bom vinho. Todos começam como uvas, e é dever da mulher pisoteá-los e mantê-los no escuro até que amadureçam e se tornem uma boa companhia pro jantar.

Voltar

Não classificadas PROJETO FILHO ZERO

Sexta-feira à tarde, dois funcionários de um importante banco ficam presos no cofre. ao perceberem o ocorrido, um deles entra em pânico: - Meu Deus! E agora? Essa porta é automática, só abre nos dias úteis! O outro, um pouco mais calmo, saca sua calculadora. Após muitas multiplicações e divisões, ele chega à seguinte conclusão: - Tenho duas notícias pra te dar! - Fala, fala! Fala logo! - De acordo com a média de consumo de oxigênio de um ser humano, se permanecermos a maior parte do tempo em repouso, o ar vai dar exatamente até segunda-feira, as 15h45m! - Ufa! Graças a Deus! Qual a outra notícia? - É que segunda-feira é feriado! Toda sexta, as 20 h um cara chegava em um bar, e pedia 3 cervejas para o garçom. As 3 ao mesmo tempo. Tomava uma, a outra, a terceira, pagava a conta, levantava e ia embora. Uma bela sexta o garçom, já intrigado com aquilo, perguntou para o homem: - Desculpe minha curiosidade, mas porque o Sr. toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário? E o homem respondeu: - Porque tenho 2 irmãos, e cada um de nós mora longe. Assim, toda sexta, as 20 h, cada um de nos entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. E o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros... Uma bela sexta, o homem entra no bar e o garçom pergunta: - 3 cervejas, como sempre? E o homem diz: - Não. Apenas 2. O garçom gela. Um dos irmãos dele morreu, pensa. Meio sem jeito, traz 2 cervejas e pergunta para o homem: - Desculpe-me amigo, mas... Que sempre são 3 cervejas... Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu? Algum... E o homem: - Não, estão todos bem... É que eu parei de beber!

Gafanhoto virou para o mestre e perguntou: - Mestre, quando saberei que já sou um homem?

O mestre vira-se para o gafanhoto e responde: - Gafanhoto, quando colocares a mão entre as pernas e sentires dois ovos você já será um homem. Agora gafanhoto! Se colocares a mão entre as pernas e sentires quatro ovos não pense que és um super-homem. Você está é sendo enrabado, gafanhoto.

Tinha cinco caras no deserto há mais de sete dias. De repente encontram um camelo e todo mundo queria montar nele. Ninguém queria ir caminhando e um deles disse: - Mas gente, não vai caber os cinco em cima desse camelo. Deram um jeito e foram montando um por um no camelo: o primeiro no pescoço e os outros atrás... Andaram uns 100 metros e o primeiro da fila se debruça em cima do camelo e diz: - Gente! O camelo tá chorando! Nisso o último responde de imediato: - É, mas se eu tirar o pé daqui eu caio!!

Num dia, José estava se mudando para Salvador, e contratou uma empresa de mudança para levar seus utensílios para lá. Ele fala com o cara que vai dirigir até lá que leve com cuidado seu cachorro de estimação. Quase chegando, ele pára para descansar, o cachorro foge, é atropelado e morre. Chegando em Salvador ele vai a um canil e compra um cachorro pequinês só que mais arisco e de outra cor (o primeiro era branco e ele comprou um marrom). Chegando no lugar de destino, o dono já vai logo perguntando a ele sobre o cachorro: - Como é que tá o meu cachorro? O motorista responde: - Ele esta bem, só que mais arisco. Abrindo a porta ele nota: - Que que você fez com ele? Tá de outra cor! - O que é que você queria, com esse sol de Salvador?

O sujeito era bem dotado, mas exageradamente bem dotado: seu instrumento media 50 cm!!! Na realidade ele não era assim tão feliz, como muitos poderiam imaginar. Tinha sempre que comprar calças largas, para poder amarrar o dito cujo na coxa. Urinar era um pesadelo, imaginem... As garotas desmaiavam só de imaginar... Um dia estava ele a chorar as mágoas com um amigo, comentando sobre seus sofrimentos. O amigo disse: - Mas isso não tem problema! Você não sabe que existe uma sapinha na floresta? - Como assim?? - Você vai lá, e pergunta pra ela se ela quer casar com você. Ela vai responder: Não. Com isso seu pau vai encolher dez centímetros. - Sério!!! Vou lá amanhã cedo... Lá chegando, nosso amigo não teve dificuldades para achar a sapinha. - Sapinha, você quer casar comigo? - Não! Voltando para casa ele foi direto pro banheiro, de régua na mão: 40 cm! Radiante com a encurtada saiu para uma volta, e começou a pensar: Na realidade 50 ou 40, ainda é impraticável. Vou voltar na floresta novamente. - Sapinha, você quer casar comigo? - Não! E mediu novamente: 30 cm! Ele pensou: Hummm, melhor que antes, mas talvez com 20... Ai sim, as meninas iriam vibrar. E lá voltou ele: - Sapinha, você quer casar comigo? - Porra! Você é surdo? Eu já disse: Não! Não! Não!

CACHORRO NINJA A mulher vai ao canil disposta a comprar um cachorro para fazer uma surpresa ao marido que tinha medo de que lhe roubassem a casa. - Senhor, qual o melhor cão à venda?

- A senhora pode comprar um dos nossos cães treinados especialmente para proteger casas sugere o dono. - Isso mesmo! Quanto custa? - A bagatela de 900 reais. - Tudo isso? Que absurdo! - indigna-se a mulher. - Bom temos em promoção este aqui, por 100 reais. - Que coisa horrível! Este cachorro é rabugento, não protegeria minha casa! - Mas minha senhora, este cachorro é o Ninja! Eu lhe darei uma demonstração. A senhora está vendo aquela porta? - Sim. - Ninja, a porta! - Ordena o treinador. O cachorro parte para cima da porta e a destrói. - Ninja, a geladeira! - E a geladeira é destruída. - Oh, é incrível! Vou levá-lo! Ao chegar em casa ela dá a notícia ao marido.

- Que é isso? Que cachorro horrível! Quanto custou essa merda? - Só 100 reais, meu bem - ela diz. - Você está louca? -Mas, amor... Este é um cachorro Ninja!
-Ninja? Ninja, o cacete!

A filha entra no escritório do pai, com o marido a tiracolo e indaga sem rodeios: - Papai, por que você não coloca meu marido no lugar do seu sócio que acaba de falecer? O pai responde de pronto: - Conversa com o pessoal da funerária... Por mim, tudo bem.

Um homem que estava passando na rua viu outro homem chorando e foi falar com ele: - Ei moço, por que você está chorando? - Minha mulher e meus quatro filhos estão no céu. Com cara de espanto o rapaz pergunta: - E quando vai ser o enterro dela? O homem que estava chorando bradou: - Que enterro? Minha mulher é aeromoça e saiu para trabalhar levando meus filhos!

Um estagiário está saindo do escritório quando vê o presidente da empresa em frente à máquina de picotar papéis com um documento na mão. - Por favor - diz o presidente - Isto é muito importante, e minha secretária já saiu. Por acaso você sabe como funciona esta máquina? - Lógico - responde o estagiário. Ele liga a máquina, enfia o documento e aperta um botão. - Excelente! Muito obrigado - agradece o presidente - Eu preciso só de uma cópia. Onde sai?

Dois amigos conversam: - Cara, eu odeio ir a festas de casamento! - É mesmo? Por quê? - Minhas tias sempre ficam falando: "O próximo vai ser você! O Próximo vai ser você". - Putz... é fogo! Mas eu conheço um jeito de você fazer elas pararem... - É mesmo? Como? - Começa a fazer a mesma coisa nos enterros!

O condenado esperava a hora da execução, quando chegou o padre: - Meu filho, vim lhe trazer a palavra de Deus para você. - Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele pessoalmente. Algum recado?

Um dia, um apresentador de TV estava atravessando uma estrada, quando um sapo lhe chamou e disse:

- Se me beijar, me transformarei numa formosa princesa. O apresentador se inclinou, pegou o sapo e o pôs no bolso imediatamente. O sapo voltou a falar e disse: - Se me beijar, me transformarei numa formosa princesa e farei tudo que você quiser, na hora que você quiser. O apresentador nem se abalou e voltou a colocar o animal no bolso. - Se me beijar eu transformarei num formosa princesa e farei o que você quiser! Outra vez o apresentador pegou o sapo, sorriu para ele e o pôs de novo no bolso. Finalmente o sapo perguntou: - O que está acontecendo? Eu disse que sou uma formosa princesa. Por que você não me beija? O apresentador disse: - Veja, eu sou um apresentador de TV, não tenho tempo para namoradas. Mas, um sapo que fala, isso sim é interessante.

Uma senhora foi ao Teatro Municipal para assistir a um concerto. Quanto chegou, o concerto já tinha começado. Ela sentou-se no seu lugar e perguntou ao senhor do lado: - O que eles estão tocando, cavalheiro? - A Nona Sinfonia de Beethoven. - Ai credo! Já a nona? Não pensei que tivesse chegado tão tarde!

Ao ver a filha saindo para uma festa, a mãe aconselha: - Divirta-se, minha filha, mas comporte-se bem, ouviu? Aí a menina responde: - Espera aí, mamãe! Ou uma coisa ou a outra...

Cientistas descobrem que após a fermentação a cerveja passa por uma transformação química e libera um composto parecido com o hormônio feminino. Deve ser por isso que quanto tomamos uma cerveja a gente começa a falar demais; Ri a toa; E dirige mal!

O sujeito adorava velocidade. Um dia conseguiu realizar o grande sonho de sua vida, comprou uma Ferrari. Assim que saiu da loja, pegou uma estrada e acelerou até o fim. O ponteiro marcava 300 km por hora. Pouco depois viu uma placa: “Reduza a 80 km”. Ele ficou emputecido, mas reduziu a velocidade. Pouco depois, viu outra placa: “Reduza a 50 km”. Diminuiu ainda mais a velocidade. Pouco depois, viu outra placa: “Reduza a 30 km”. Novamente ele obedeceu. Logo depois ele avistou uma cidadezinha em cuja entrada havia outra placa: “Bem-vindo a Reduza”!

O sujeito chega 15 minutos atrasado a uma conferência. Ao entrar, o porteiro o alerta com muito cuidado. - Por favor, não faça barulho! - O que? Já tem gente dormindo?

ÚLTIMO DESEJO Dois homens, um pagodeiro e um cantor de ópera, foram condenados à cadeira elétrica e levados à sala de execução no mesmo dia. O padre lhes deu a extrema unção, o carcereiro fez o discurso formal e uma prece final foi rezada pelos presentes. O carrasco perguntou ao pagodeiro: - Você tem um último pedido? - Sim, eu tenho – disse o prisioneiro. - Como eu adoro pagode e axé, gostaria de ouvir esse tipo de música. - Concedido! - disse o carrasco. O carrasco, então perguntou ao cantor de ópera: - E você, qual é o seu último pedido? - Por favor, será que eu posso morrer primeiro?

Um belo dia, Afrodite, deusa do amor, estava passando por uma praça e viu a estátua de dois amantes. Eles estavam quase se beijando, mas não chegavam a fazê-lo. Afrodite ficou com pena. Pensou: "Esses dois estão aqui nesta pose há mais de 100 anos e nunca chegaram a se beijar. Preciso fazer algo por eles!" Aproximou-se da estátua e, usando seus poderes, as transformou em seres humanos. Disse-lhes: - Vocês têm MEIA HORA como humanos, para fazer o QUE QUISEREM. Depois disto se transformarão em estátua novamente. Aproveitem! Afrodite viu, com satisfação, que os amantes foram correndo para uma moita ali perto. Ficaram lá dez, quinze, vinte, vinte e cinco minutos. A deusa do amor, então, não podendo se conter, foi até a moita para ver o que os dois estavam fazendo. Ao chegar lá, viu os dois agachados, cheios de entusiasmo. O homem estava falando com a mulher: - Vamos! Agora é a sua vez! Eu seguro o pombo e você caga. Mas caga bastante, em cima desse filho da puta!

ELIXIR DA LONGA VIDA Um jovem vendedor ambulante oferecia, numa cidadezinha do interior, um maravilhoso elixir da longa vida. Na praça central, ele gritava com eloqüência: - Todo dia tomo uma colher de elixir e olhem que já vivi 300 anos! Ouvindo isso, os espectadores logo correram às bancas abarrotadas de vidros, onde um garoto quase não dava conta de atender aquela multidão. Foi quando um outro negociante, esperto, resolve desmascarar o charlatão. Foi até o garoto e perguntou em voz alta e firme para todos ouvirem: - Que história é essa? Quer dizer que o seu patrão já viveu 300 anos? - Não tenho certeza – respondeu o menino: - É que só trabalho para ele há 120 anos.

A aluna estava coçando a cabeça e sua professora perguntou: - É piolho? - Era. Ele morreu. - E por que você continua a coçar? - É que sua família veio para o enterro.

FRASE DO DIA 'Às vezes, quando se está furioso com alguém, sentar e pensar sobre o problema pode ajudar bastante!'

MERDA A palavra mais rica da língua portuguesa é a palavra MERDA. Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um coringa da língua portuguesa. Vejam os exemplos a seguir: 1) Como indicação geográfica 1: Onde fica essa MERDA? 2) Como indicação geográfica 2: Vá a MERDA! 3) Como indicação geográfica 3: Vou embora dessa MERDA. 4) Como substantivo qualificativo: Você é um MERDA! 5) Como auxiliar quantitativo: Trabalho pra caramba e não ganho MERDA nenhuma! 6) Como indicador de especialização profissional: Ele só faz MERDA. 7) Como indicativo de MBA: Ele faz muita MERDA. 8) Como sinônimo de covarde: Seu MERDA! 9) Como questionamento dirigido: Fez MERDA, né? 10) Como indicador visual: Não se enxerga MERDA nenhuma! 1) Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido: Por que você não vai a MERDA? 12) Como especulação de conhecimento e surpresa: Que MERDA é essa?

13) Como constatação da situação financeira de um indivíduo: Ele está na MERDA... 14) Como indicador de ressentimento natalino: Não ganhei MERDA nenhuma de presente! 15) Como indicador de admiração: Puta MERDA! 16) Como indicador de rejeição: Puta MERDA! 17) Como indicador de espécie: O que esse MERDA pensa que é? 18) Como indicador de continuidade: Tô na mesma MERDA de sempre. 19) Como indicador de desordem: Tá tudo uma MERDA! 20) Como constatação científica dos resultados da alquimia: Tudo o que ele toca vira MERDA! 21) Como resultado aplicativo: Deu MERDA. 22) Como indicador de performance esportiva: O Corinthians não está jogando MERDA nenhuma!!! 23) Como constatação negativa: Que MERDA! 24) Como classificação literária: Êita textinho de MERDA!!! 25) Como qualificação de governo: O governo Lula só faz MERDA! 26) Como situação de 'orgulho/metidez': Ela se acha a tal e não tem 'MERDA NENHUMA!' 27) Como indicativo de ocupação: Para você ter lido até aqui, é sinal que não está fazendo MERDA nenhuma!

COLETÂNEA DE MELÔS Melô do Surdo "Eu presto atenção no que eles dizem, mas eles não dizem nada!!!" (Engenheiros do Hawaii) Melô do Mudo "Eu quis dizer, você não quis escutar!" (Paralamas do Sucesso)

Melô do Cego "Não vejo nada, Não consigo apagar a Luz!" (Adriana Calcanhoto) Melô do Modess "Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos ..." (O Rei, Roberto ...) Melô do Leproso I "Já não tenho dedos pra contar" (Lulu Santos) Melô do Leproso II "Jogue as suas mãos para o céu" Melô do Sexo Anal "Quero ver você não chorar, não olhar pra trás, nem se arrepender do que Faz!!! Quero ver o amor crescer, mas se a dor nascer, você resistir e sorrir!!!" Melô do Pão Duro "Amanhã de manhã, vou pedir UM café pra nós DOIS!" (o Rei Roberto) Melô do Surfista Tarado "COMO uma onda no mar !!!" (Lulu Santos) Melô do Ciclista Inveterado "Vou dar a volta no mundo eu vou... (Daniela Mercury) Melô do Lars Grael "Só NUM sapatinho, ohhh ohhh. Só NUM sapatinho, ohhh ohhh." Melô do Ulisses Guimarães I "Vou nadar e morrer na beira da praia..." (Raca Negra) Melô do Ulisses Guimarães II "Quem me dera ser um peixe... (Fagner) Melô das Gêmeas siamesas "Não está sendo fácil viver assim, você está grudada em mim... (Katia) Melô dos Anões "Então eu me afogo num copo de cerveja..." (So Pra Contrariar) Melô da Virgem "Como é que uma coisa assim, machuca tanto..." (So Pra Contrariar) Melô do tuberculoso "Deve estar dentro do peito..." (Milton Nascimento) Melô do Epilético "... o corpo estremece, as pernas desobedecem... (Araketu) Melô do desodorante vencido "Quando você passa, eu sinto o seu cheiro..." (Banda Mel) Melô da Mulher aos 40 Anos "Nada do que foi será, de novo de um jeito que já foi um dia..." (Lulu Santos) Melô da Menstruação "Pinga nimim , pinga nimim... (Sergio Reis) Melô da Menstruação Atrasada "A semana inteira, fiquei esperando..." (Tim Maia)

Melô do Japonês Excitado "Meu pintinho amarelinho, cabe aqui na minha mão..." (Gugu Liberato) Melô do Vaso Sanitário "Senta aqui, não fique aí tão quieta, senta aqui..." (Fabio Jr.) Melô do bacanal dos Smurfs "Tudo azul, todo mundo nu..." (Lulu Santos)

FESTA DE ARROMBA O menininho pergunta pra mãe carioca de gema: - Mamãe, mamãe! Por que você é branca, papai é negro e eu sou Japinha? - Ah, meu filho! Se você soubesse a festa que houve naquele dia... Você deveria estar contente por não latir.

O HIPNOTIZADOR Estava um grande hipnotizador, ou melhor o maior hipnotizador do mundo, fazendo uma temporada em um teatro. Na primeira noite, o hipnotizador entra no palco vira-se para a platéia e diz: - Chorem !!! Todos se puseram a chorar. Na segunda noite, ele entra e diz: -Riam !!! Todos se puseram a gargalhar. Na outra noite, ao entrar no palco, o hipnotizador tropeça e solta um sonoro: - Merda!!! Passaram 15 dias para conseguir limpar todo o teatro.

NOSSA ESCOLA Em uma entrevista de emprego: - Nome? - Robercreyssonildo da Silva. - Escolaridade? - Estudei em uma escola do meu bairro! - Pois bem, seu Robercrey... O quê? - Robercreyssonildo! - Isso... Vamos começar com perguntas simples, sobre conhecimentos gerais, história, geografia, ciências, personalidades. - Certo. Pode começar. - Quem foi Stalin? - Um cara que cantava estalando os dedos. - E Lênin? - Tocava nos Beatles. - O senhor não quis dizer Lennon? - Esse fazia dupla com a Lilian. - Ah... Leno! - Não... Cantano! - Vamos mudar de assunto. O que é equação? - É a arte de montar uma égua. - E equitação? - É quando a gente paga todas a nossas dívidas. - O que é um quelônio? - É um tipo de mineral radioativo. - Não seria plutônio? - Não, não... Esse é o nome completo do cachorro do Mickey. - O que é fotossíntese?

- Denominação técnica para um retratinho 3 x 4. - O que é um símio? - Um cara que nasceu na Símia. - Na Símia... Certo. E qual é a capital da Símia? - Nessa tu me pegou... Não me lembro agora... - Quem era Pancho Villa? - Companheiro de Dom Caixote. - O que é um caudilho? - É um ossinho que tem na ponta da coluna e que, segundo os cientistas, comprova que o homem tinha rabo e é descendente do macaco. - Onde fica a vesícula? - Embaixo da clavícula. - Onde ficam os glúteos, e para que servem? - Ficam na garganta e servem para engolir. - Onde fica o baço? - Não é baço, é braço. São dois e ficam antes das mãos. - Para que servem as fibras óticas? - Para movimentar os olhos. - Onde fica o Triângulo das Bermudas? - Qualquer costureira sabe... Entre o cós e o gavião. - Quem descobriu a Lei da Gravidade? - Um ginecologista francês, o Dr. Jeckyll. - Meu Deus! E quem foi Sócrates? - Sócrates? Jogou na seleção! Tá vendo, senhor? Eu conheço de futebol, história, química, física, cultura... Não é por ser cruzeirense que eu tenho que ser inguinorante!

Voltar

Pacientes Doutor, o que eu tenho? - Não sei, mas em caso de dúvida vamos descobrir na autópsia.

O médico encontra o seu paciente numa boate bem badalada e diz: - Adolfo! Já é a terceira vez que eu lhe encontro aqui. Você pode me dizer por que vive me pedindo remédio para dormir, se não sai dessa boate? - Ah, doutor, você não entendeu! Os remédios são para a minha mulher!

Deus O psiquiatra incentiva o paciente - Pode me contar desde o princípio... - Pois bem, doutor! No princípio, eu criei o céu e a terra...

- Sabe como diferenciar o psiquiatra do seu paciente? - O psiquiatra é aquele que tem a chave do consultório.

DUPLA PERSONALIDADE O paciente chega ao psiquiatra, tímido e cabisbaixo: - Doutor, eu tenho dupla personalidade. - Esquenta não, meu filho. Senta aí e vamos conversar os quatro...

TENDÊNCIAS SUÍCIDAS - Doutor, tenho tendências suicidas. O que faço? - Em primeiro lugar, pague a consulta

COMPLEXO DE FEIA - Doutor, tenho complexo de feia. - Que complexo que nada.

ALCOÓLATRA O paciente chega ao médico e se queixa: - Doutor, estou com dor aqui do lado direito da barriga e meus olhos ficaram amarelados! O médico responde: - Muito bem, e o Sr. bebe? - Obrigado! Eu aceito uma dosezinha!

A senhora chega ao hospital e pergunta: - Doutor, sou a esposa do Zé, que sofreu um acidente. Como ele está? - Bem, da cintura para baixo ele não teve nem um arranhão. - Puxa, que alegria. E da cintura para cima? - Não sei, ainda não trouxeram essa parte.

Na farmácia, o sujeito entra correndo: - Rápido, me dê um remédio para diarréia.

Uma hora depois, o farmacêutico verifica que errou e entregou um forte calmante. Mais uma hora, chega o paciente. O farmacêutico pergunta: - Como você está? - Legal! Todo cagado, mas calminho, calminho...

O sujeito, muito esquisito, vai ao psiquiatra. - Doutor, doutor! O meu problema é que eu acho que sou um gato! - Há quanto tempo você vem pensando nisso? – pergunta o psiquiatra. - Ah, desde que eu era um filhotinho!

DENTE MORTO O dentista examina um paciente e diz: - Seu dente está morto! - Então é melhor arrancar, doutor? - Não, prefiro enterrá-lo sem cerimônias.

O cara morria de medo da cirurgia que estava prestes a fazer, mas a equipe médica que o atendeu garantiu que ele não corria nenhum perigo, pois seria operado por um grande especialista. Então ele ficou mais calmo e começou a cirurgia. Quando voltou da anestesia, deu de cara com um velhinho de barba branca, olhando sorridente para ele. Muito aliviado, ele agradeceu: - Obrigado, doutor! - Que mané, doutor! – disse o velhinho: - Eu sou São Pedro!

No consultório, o paciente recebe a notícia de que tem apenas três minutos de vida e diz, desesperado: - O que o senhor pode fazer por mim? E o médico responde: - Um miojo???!!!...

O médico liga para o paciente. - Alfredo, seus exames ficaram prontos. - E aí, doutor, tudo bem?! - Bem nada, rapaz! Tenho duas notícias para te dar: uma ruim e uma péssima. - Diz logo, qual a ruim? - Você tem apenas 24 horas de vida! - 24 horas? Meu Deus, não pode ser! - e depois de alguns segundos... - E a péssima? - Tentei te ligar ontem o dia todo, mas só dava ocupado!

O sujeito é apresentado a um médico numa festa. Começam a conversar e de repente o médico vira-se para ele e pergunta: - Eu já não tirei as suas amídalas? - Não, doutor! Eu ainda as tenho! - Eu já não tirei o seu apêndice? - Não, doutor! Quando eu tirei o apêndice ainda morava no interior! - Você já não foi casado com a Maria? - Fui sim! - Eu sabia que já tinha tirado alguma coisa de você!

SEIS MESES DE VIDA O médico abre o jogo para o paciente:

- Infelizmente, o senhor só tem seis meses de vida. - E agora doutor? O que eu faço? - Se eu fosse você, me casaria com uma mulher velha, chata e bem feia e me mudaria para o Paraguai. - Por que, doutor? - Vão ser os seis meses mais longos da sua vida!

BARBEIRO OU ADVOGADO? A mocinha vinha sentindo dores estranhas há algum tempo e procura um médico. Após um exame, ele dá o veredicto: - A senhora está com Mal de Chagas! - Mal de Chagas? Como é que eu peguei isso? - A senhora deve ter sido chupada por um barbeiro! - Filho da puta - comenta a mocinha - Ele me disse que era advogado!

ERRO MÉDICO O médico chegou ao quarto do paciente e disse: - Tenho duas noticias, uma boa e outra ruim! - Ah doutor, que dor! Me fale a ruim primeiro, deixa a boa para depois, pelo menos posso me alegrar! - Então lá vai a ruim: amputamos sua perna errada! - Ah meu Deus! Que horror! Como puderam fazer isso comigo? - Calma! Aí vai a noticia boa: sua perna ruim está melhorando!

O indivíduo estava sentindo dores horríveis por todo o corpo: doía da cabeça aos pés insuportavelmente. Resolveu, então, procurar um médico. Chegando ao consultório, o médico fez todos os exames possíveis - tomografia, ressonância, ECG, ultra-som, endoscopia, etc. Após refletir muito, com a feição realmente preocupada, o médico virou-se para o doente e disse: - Sinto informar-lhe, mas tenho uma péssima notícia... O seu caso é terminal! - Pelo amor de Deus doutor, quanto tempo ainda tenho de vida? – perguntou desesperadamente o paciente. - Dez... - respondeu o médico. - Dez, o quê? Dez anos, dez meses, dez dias? - perguntou o paciente. - O médico olhou para o relógio, e em tom fúnebre continuou: - Nove, oito, sete...

PROBLEMAS DIGESTIVOS O paciente chega desesperado ao consultório do médico: - Doutor, meu estômago não digere os alimentos, se como uma maçã, cago uma maçã, se como uma pêra, cago uma pêra, que devo fazer, doutor?! O médico encarou seu paciente e disse: - Já experimentou comer merda?

Voltar

Parece piada mas não é ADVOGADOS E PETIÇÕES “Fulano de tal, falecido em 08 de maio de 2003, conforme certidão de óbito em anexo, doravante denominado reclamante, por seu advogado signatário, vem perante Vossa Excelência ajuizar ação trabalhista...”. (De uma petição inicial na Vara do Trabalho em Varginha - MG). “O devedor pode ser localizado na casa nº. 242 da rua que fica aos fundos do cemitério, não precisando o oficial de Justiça alegar medo, como pretexto para não realizar a diligência, porque se trata de rua, despovoada de almas do outro mundo". (De uma petição, na comarca de São Jerônimo). “O contestante nega ser o pai da criança, pois não chegou a mãe do investigante. Mesmo tendo sido uma noite de orgias, com vários participantes, o investigado limitou-se a uma única cópula, com outra pessoa da roda, após o que ficou com o tiche murcho”. (De uma contestação em ação de investigação de paternidade, numa Vara de Família em Porto Alegre). "A empresa é responsável, em casos de assaltos dentro de seus coletivos, pois deveriam ter câmeras acopladas a satélites para a segurança de passageiros”. (De um voto vencido, em acórdão do TJRJ). "Edital é uma forma de fazer uma pessoa saber o que ela não sabe. Só que muitas vezes, porque não lê o jornal, ela não vai mesmo ficar sabendo". (Resposta em uma prova de Processo Civil, em Faculdade de Direito da Grande Porto Alegre). "O réu jamais se furtou ao recebimento da citação. Ocorre que reside em um local onde têm várias casas com o mesmo número, uma espécie de apartamento deitado". (De uma contestação, em processo na comarca de Pelotas, com o réu tentando explicar que não se escondera do oficial de Justiça). "Bens móveis são aqueles que são fabricados nas marcenarias. Já os bens imóveis são aqueles que não se movimentam, como um edifício, e também, por exemplo, um veículo que por estar sucateado não tem como ser removido". (De um universitário, ao fazer a diferenciação entre bens móveis e bens imóveis, numa prova de Direito Civil). “A parte autora diz que no contrato de compra e venda estão presentes o sujeito e o objeto, mas não aponta onde estará o predicado". (De uma contestação em ação revisional). "Ordem de vocação hereditária é quando o filho segue a mesma profissão do pai, ou seja, filho de peixe, peixinho é". (Candidato, em Exame da Ordem). "O de cujus deixou uma decuja e 4 decujinhos...". (De uma petição de inventário em Sorocaba, SP).

"O pedestre não tinha idéia para onde ir, então eu o atropelei".

(Depoimento numa Delegacia).

"Deixei de fazer a citação tendo em vista que o réu está em lua-de-mel e me respondeu por telefone que nos próximos dias não está nem aí...” (De uma certidão de oficial de Justiça). "Penhorei uma mesa de comer velha de quatro pés"... (Certidão lançada por um oficial de Justiça, em Passo Fundo, após efetuar uma penhora). "O mutuário foi para São Paulo melhorar de vida. Quando voltar, vai liquidar com o Banco”. (Informação de oficial de Justiça, não tendo encontrado o réu). "Chegando na fazenda do Sr. Pedro Jacaré e em não encontrando o réptil..." (Início de relatório de perito-avaliador). "Os anexos seguem em separado". (De um termo de encerramento de laudo judicial, em processo que tramitou perante Vara Cível do foro João Mendes - SP). E pra fechar com chave de ouro... “... um crucifixo, em madeira, estilo colonial, marca INRI - sem número de série...” (Descrição da penhora feita por um oficial de Justiça de Porto Alegre).

ESTAS FORAM ETIRADAS DO LIVRO "DESORDEM NO TRIBUNAL" São coisas que as pessoas realmente disseram, e que foram transcritas textualmente pelos taquígrafos, que tiveram que permanecer calmos enquanto estes diálogos realmente aconteciam à sua frente. Pergunta: Qual é a data do seu aniversário? Resposta: 15 de julho. P: Que ano? R: Todo ano. P: Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória? R: Sim. P: E de que modo ela afeta sua memória? R: Eu esqueço das coisas. P: Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido? P: Que idade tem seu filho? R: 38 ou 35. Não me lembro. P: Há quanto tempo ele mora com você? R: Há 45 anos. P: Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã? R: Ele disse: "Onde estou Bete”? P: E por que você se aborreceu? R: Meu nome é Célia! P: Sobre esta foto sua... O senhor estava presente quando ela foi tirada? P: Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?

R: Sim, foi. P: E o que você estava fazendo nesse dia? P: Ela tinha 3 filhos, certo? R: Certo. P: Quantos eram meninos? R: Nenhum P: E quantas eram meninas? P: Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento? R: Por morte do cônjuge. P: E por morte de que cônjuge ele acabou? P: Poderia descrever o suspeito? R: Ele tinha estatura mediana e usava barba. P: E era um homem ou uma mulher? P: Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas? R: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas... P: Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, ok? Que escola você freqüenta? R: Oral. P: Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vitima? R: Sim, a autópsia começou às 20 h 30 min. P: E o Sr. Décio já estava morto a essa hora? R: Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando por que eu estava fazendo aquela autópsia nele. P: O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina? P: Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima? R: Não. P: O senhor checou a pressão arterial? R: Não. P: O senhor checou a respiração? R: Não. P: Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou? R: Não. P: Como o senhor pode ter essa certeza? R: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa. P: Mas ele poderia estar vivo mesmo assim? R: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar!

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE A informação recebida é que os textos abaixo são mensagens enviadas por consumidores e respondidas pelo SAC das empresas abaixo citadas: EMPRESA: LUPO Olá, recentemente adquiri três cuecas da Lupo, modelo Speedo. Acontece que após um dia de uso, a hora que eu tiro a cueca, ninguém agüenta o cheiro. A Valdirene, que é empregada de casa, disse que não vai lavar as cuecas por causa do odor, minha mãe também. Meu pai disse que pode ser problema de fungo na virilha ou coisa assim, mas isso não é, porquê tenho boa higiene. O que faço??? Pode ser problema na fabricação das cuecas? Daniel Resposta: Prezado Sr. Daniel, Agradecemos seu contato e sua preferência por nossos produtos. Informamos que seu relato sobre as cuecas é inédito. Acreditamos não se tratar de problema em nossa fabricação, pois nunca tivemos nenhum problema desse tipo e trabalhamos com matérias-primas de qualidade. Atenciosamente, SAC LUPO

EMPRESA: PHILLIPS Olá, comprei um Philishave Micro Action Dupla Ação HQ 342 há algumas semanas e por necessidade resolvi usá-lo na região do saco escrotal, mas não obtive muito sucesso. Além da forte dor, notei pequenos cortes. Como não fui feliz em minha tentativa e tenho certeza que várias outras pessoas também passam por necessidades pessoais como essa, gostaria de deixar a minha sugestão para elaborarem um produto específico para esse fim. Se possível, para a região anal também. Desde já agradeço e aguardo retorno. Gilbert. Resposta: Prezado Sr. Gilbert, Com referência à solicitação feita, informamos que este aparelho trabalha com lâminas que cortam bem rente a pele, neste caso, o saco escrotal possui uma pele bem fina e sensível, além de ser bem enrugado também, e por este motivo o senhor sentiu dor, e teve pequenos cortes. Pedimos encarecidamente para o senhor não tentar barbear o seu ânus com o aparelho pois os resultados podem ser desastrosos. Contamos com sua compreensão. Atenciosamente, Vinicius Decia CIC - Centro de Informações ao Consumidor Philips e Walita 0800-701-0203 - E-mail: cic@philips.com.br EMPRESA: SONY ERICSSON Olá, eu sempre tive o costume de quando estou sozinha em casa, colocar o meu celular no modo de vibração e colocá-lo sobre o meu clitóris e em seguida ligava para mim mesma. Isso sempre foi algo que me trouxe muita satisfação, no entanto eu tenho ouvido muitos comentários na mídia em geral falando que celulares quando usados em excesso podem causar câncer. Gostaria de saber se essa informação é verdadeira e se eu corro o risco de ter câncer na minha genitália. E qual é o numero máximo de vezes que eu posso usar o celular por semana, sem correr o risco de ficar doente? Obrigada, Carmem Resposta: Prezada Sra. Carmem, Obrigado por contatar o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Sony Ericsson. Um telefone celular portátil um rádio-transmissor e receptor de baixa potência. Quando ligado, ele recebe e transmite, intermitentemente, sinais de radiofreqüência. Durante uma chamada, os sinais são contínuos e o sistema que opera a chamada controla o nível de energia que o telefone transmite. Todos os telefones celulares portáteis da Ericsson são projetados para não exceder os limites de exposição aos sinais de radiofreqüência estabelecidos por autoridades nacionais e internacionais de saúde. Esses limites são arte de diretrizes abrangentes e que estabelecem os níveis permitidos de exposição, pela população, às ondas de rádio. QUALQUER MODELO DE TELEFONE CELULAR PORTÁTIL DA ERICSSON ATENDE AOS REQUISITOS DA ANATEL (AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÕES) RELATIVOS À EXPOSIÃO À RADIOFREQÊNCIA RESOLUÇÃO 256) DE 11 DE ABRIL DE 2001). Caso necessite mais informações, por favor, entre em contato com a Central Sony Ericsson de Atendimento, nos telefones: (11)6224-8800 (São Paulo), 0800-7074444 (demais localidades) (...) EMPRESA: SOUZA CRUZ Bom dia, gostaria de fazer uma reclamação. É sabido por todos que o cigarro é prejudicial à saúde devido a presença de alguns produtos químicos que podem causar diversas doenças. É óbvio que vocês, assim como eu, sabem disso. Minha reclamação se refere ao fato de minha sogra ser fumante há trinta anos e até agora não ter tido nenhum, nenhum mesmo, tipo de doença relacionada ao consumo de cigarro até agora... Considero isso lamentável, pois eu compro trés maços de cigarro Derby pra ela por dia e até agora nada. E isso já faz dez anos!!! Apesar de desapontado com os resultados obtidos, pretendo continuar comprando para ela os cigarros dessa marca, pois não concordo com a pirataria de cigarros que tanto prejudicam o operário público. Dessa forma gostaria de ser informado sobre qual é o produto mais cancerígeno dessa empresa. Respeitosamente, André Resposta: Sr. André, Agradecemos seu contato, o que muito nos honrou pela lembrança de nossa empresa. A Souza Cruz tem por princípio se comunicar somente com adultos. Para que possamos dar uma resposta sobre sua solicitação necessitamos comprovar a sua maioridade. Pedimos, por gentileza, que nos redirecione este e-mail informando o seu nome completo, o nº do CPF, sua data de nascimento e telefone (com DDD), que entraremos em contato. Ainda para sua conveniência, colocamo-nos também à disposição para maiores informações através do telefone 0800 888 2223 (discagem gratuita) nos dias úteis, de segunda-feira sexta-feira, das 8:00 às 20:00hs ou acesse o site www.souzacruz.com.br Atenciosamente, Serviço de atendimento ao

consumidor Tel.: 0800 8882223 (discagem gratuita) sac@scruz.com.br EMPRESA: TAURUS Olá, recentemente um grande amigo meu me pregou uma baita peça, e eu preciso descontar. Como possuo uma espingarda modelo Delta, calibre 4,5 mm, gostaria de saber qual distância seria segura para dar um bom susto nele, ou seja, atirar, mas não para matar. Será que vocês poderiam me orientar? Tenho medo de fazer alguma besteira. Obrigado, forte abraço. Resposta: Prezado Senhor, Nossa orientação é de que o senhor não atire em seu amigo, mesmo que de brincadeira. Uma das regras de segurança para manuseio de armas é bastante clara: "Nunca, em nenhuma hipótese, aponte qualquer arma, carregada ou descarregada, para qualquer pessoa ou coisa que você não deseje atingir ou destruir. Atenciosamente, Departamento de Marketing Forjas Taurus AS EMPRESA: SADIA Muito obrigado pela atenção. Há muito tempo venho utilizando a Lingüiça Sadia como parceira sexual. Celibatário e homossexual por opção, gostaria de opinar sobre uma possível mudança na textura da mesma, que poderia apresentar sua superfície em alto relevo e um aumento do seu diâmetro, para aumentar o prazer. Seria possível? Há alguma contra indicação para a penetração anal? Há alguma substância na salsicha que não seja indicada para isso? Resposta: Caro consumidor, A salsicha Sadia não é prejudicial em nenhuma circunstância. Mas recomendamos utilizá-las apenas na culinária, pois existem produtos no mercado que atendem mais efetivamente os seus interesses. Atenciosamente, Patrícia Galvão Relações com o Consumidor - Sadia

Voltar

Pescadores Dois pescadores conversando: - Lá de onde eu vim tem um rio que tem tanto peixe... mas tanto peixe... que nóis nem usa anzol! - Num usa anzol? - perguntou o outro. - É, nois mata os peixe é na marretada! - Vixe! - Mas o difícil é acertar um peixe! - É, eu imagino... - Nóis acerta logo uns 3 ou 4 de uma vez!

Voltar

Portugueses Manoel conversa com seu melhor amigo: - Eu sou o gajo mais feliz do mundo! A minha mulher me ama de verdade! - Ora pois - estranha ele - E por que você está falando isso justo agora? - Ontem eu fiquei de cama por causa de uma gripe e ela me surpreendeu! - Ainda não entendi... - Ela estava tão feliz de eu estar em casa que não conseguia se conter! Para qualquer pessoa que batia a nossa porta, até para o carteiro e para o leiteiro, ela gritava, cheia de entusiasmo: "O meu marido está em casa! O meu marido está em casa!.

Um português compra um poderoso veneno para baratas na mercearia do Seu Zé. Uma semana depois, ele volta e Seu Zé pergunta: - E aí, Joaquim? O veneno fez efeito? - É... O veneno parece que é bom! Mas, ora pois, dá um trabalho para aplicaire! Até agora só matei duas! - Duas? - pergunto o comerciante, assustado. - Claro! Você pensa que é fácil pegar as baratas e jogar o veneno na boquinha delas?

AS MÃES A mãe brasileira encontra uma lata de cerveja na bolsa da filha e pergunta para si mesma: - Será que minha filha está bebendo? A mãe italiana encontra um maço de cigarros na bolsa da filha e se questiona: - Será que minha filha começou a fumar? E, como não poderia faltar, a mãe portuguesa encontra uma camisinha na bolsa da filha, e se pergunta: - Meu Deus! Será que minha filha tem pinto???!!!

PROMOÇÃO Dois cidadãos, João e Kussumbé, entram com o carro no posto de abastecimento, onde havia um cartaz: "ENCHA O DEPÓSITO E CONCORRA A UMA NOITE DE SEXO GRÁTIS". Enchido o depósito, Kussumbé chamou o funcionário e perguntou: - Como si faz para concurere a esse promoção? O funcionário explicou: - É simples. Basta dizer um número de 1 a 10. Se for o mesmo número em que eu estou a pensar, o senhor ganha. Kussumbé disse então: - Oito. O funcionário respondeu: - Errou... Eu estava a pensar no número quatro. Uns dias depois, voltaram ao posto, encheram o depósito, chamaram o mesmo funcionário e perguntaram: - Ainda está o promoção ? - Sim. Diga um número de 1 a 10. Se coincidir com o que eu estou a pensar você ganha uma noite de sexo grátis. E Kussumbé disse: - Cinco.. O funcionário: - Não. Eu estava a pensar no número dois. Depois de voltarem várias vezes sem acertar, João comentou com Kussumbé: - Acho que o gajo do posto está a enganare a genti pá , nois nunca certa.... - Xi.. deixa di desconfiança João. Só no semana passada, minha mulher acertou treis vez...

O MAIS ALENTEJANO DOS ALENTEJANOS Três amigos alentejanos a esgrimirem as suas qualidades: - Ê so tão preguiçoso que no outro dia, vi uns maços de notas no chão, e não os apanhê p'rá nã ter que m'agachari. Prossegue um outro: - Isso não é nada. A minha vizinha super-sexy tocou-me à porta, a convidar-me para ir passar a noite à casa dela e eu recusei p'ra nã ter que atravessar a rua. E o terceiro: - Pois o mê caso foi piori. No domingo fui ao cinema e passei o filme todo a chorari. - Só isso? - comentaram os outros. - É que ao sentar-me, entalê os tomates e não estive p'ra me levantari!

Voltar

Sogras

O marido ganhou um sorteio de três passagens para Jerusalém. Pediu alegremente à mulher para arrumar as malas e ligou para convidar a mãe dele para ir junto. Aí começou uma discussão. A mulher dele queria levar a mãe dela. No fim da briga, o homem concordou em levar a sogra. Em Jerusalém, visitando o local onde Cristo foi enterrado e ressuscitou, a sogra do sujeito se emocionou demais, passou mal e rapidamente morreu. O marido perguntou quanto custava o enterro em Jerusalém e lhe disseram que seriam R$ 1 mil. Então ele perguntou quanto custava mandar o corpo para o Brasil e soube que, com transporte aéreo e tudo, ficaria por R$ 20 mil. Para surpresa de todos, o marido decidiu mandar o corpo para o Brasil. Os judeus e a mulher dele ficaram surpresos. - Por que mandar para o Brasil se é 20 vezes mais caro? – indagou alguém. O rapaz respondeu: - É que aqui em Jerusalém vocês já tiveram o caso de alguém que morreu e ressuscitou. Não vou arriscar!

O cara estava vendo TV quando tocou a campainha. Ele abriu a porta e ficou surpreso ao ver a sogra. - Olá minha sogra, tudo bem? Quanto tempo pretende ficar aqui? - Não sei. Acho que até vocês enjoarem de mim! - Nooossa! Tem certeza? - Sim! - Então não fica nem pro cafezinho?

O marido pergunta a sua mulher: - Você viu aquele livro "Como viver 100 anos?" - Não. Porque, amor? - Sua mãe vem aqui hoje e não quero que ela o veja.A MORTE DA SOGRA O Cara acabou de perder a sogra. Assim que ele deu Graças a Deus de enterrar a velha, vinha cantarolando todo feliz pela rua. Na rua da casa dele tinha um prédio em construção. Bem na hora em que o sujeito passou defronte ao prédio (TUM!) cai um tijolo lá de cima, quase acertando a cabeça dele. Aí ele olhou para cima e falou: - A Desgraçada já chegou lá em cima!

TIPOS DE SOGRAS

SOGRA TRANQUILA Nome Cientifico: Sogronis nadelas Uma espécie bem resolvida. Deixa o filhote livre para namorar sem fazer perguntas. E ainda serve chá com biscoitos quando a(o) conhece. Migra varias vezes por ano, deixando a casa liberada. SOGRA JARARACA Nome Cientifico: Sogronis peçonhentus Essa é um perigo. Sua lingua venenosa acaba com as tentativas de namoro do filhote; o tipo mais comum. SOGRA QUERIDA Nome Cientifico: Sogronis simpaticcus Espécie amorosa, que adota as namoradas(os), escuta seus problemas e torce pelo namoro. Rara e em extinção, quem captura não solta. SOGRA INTROMETIDA Nome Cientifico: Sogronis enxeridis Se mete quando você menos espera e adora elogiar a ex-namorada(o) dele(a). Vence sua presa no cansaço. Costuma ir morar com o filhote quando ele(a) se casa. SOGRA DUPLA FACE Nome Cientifico: Sogronis falsidis Faz a linha fina, mas na real quer puxar seu tapete. Nunca faz nada contra você perto do filhão (ona) para que ele(a) não acredite nas suas reclamações. Dê presentes ou arrume um macho para ela voltar a reproduzir. SOGRA FASHION Nome Cientifico: Sogronis modernetes Ela não quer saber quem é você, mas o que você veste. Se você for básica(o), já era. Para ela, nora ideal usa scarpin com meia, customiza o uniforme e faz artesanato com o copo de requeijão. SOGRA TRABALHADORA Nome Cientifico: Sogronis workaholic Ela tem três empregos, faz hidroginastica, adora levar trabalho pra casa e quando você aparece te põe para trabalhar. Para ela, nora ideal tem que fazer tudo o que ela faz e ainda estar sempre sexy e bem-humorada. Para o filhote dela isso é o mínimo. SOGRA IDEAL Nome Cientifico: Sogronis defuntus Está enterrada a pelo menos 7 palmos do chão.

Voltar

Taxistas O mineirinho vem ao Rio de Janeiro e pega um táxi. O táxi era um carro de ultima geração, e ao entrar no carro ele pergunta: - Prá serve aquela estrela lá no capu? O taxista só para curtir disse: - Aquela estrela serve para atropelar pessoas, é só mirar e acelerar e bum! E só para passar medo no caipira o taxista acelerou o carro então bbbbuuuummmmm, o taxista pergunta: - O que foi isso? O caipira fala: - Ué se eu não abrisse a porta você ia errar!!!!!!

TAXISTA EVANGÉLICO Uma freira para um táxi e entra nele. O motorista não para de a olhar. Até que ela, incomodada, não resiste e pergunta por que é ele a olha assim. Ele explica: - Tenho uma coisa para lhe pedir mas não quero que fique ofendida. Ela diz-lhe: - Meu filho, dificilmente me pode ofender. Sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Com certeza não há nada que me possa dizer ou pedir que eu ache ofensivo. - Sabe, é que sempre tive na cabeça esta fantasia de ser beijado por uma freira... Ela responde-lhe: - Bem, vamos ver o que é que eu posso fazer por você: 1º, tem que ser solteiro, e 2º, tem que ser Católico. O taxista fica entusiasmado: - Sim, sou solteiro e sou Católico também! A freira diz-lhe: - Então, pare o carro ali na próxima travessa. E a freira satisfaz a velha fantasia do taxista. Mas, quando continuam para o destino, o taxista começa a chorar. - Meu filho - diz a freira - Porque é que está chorando? - Perdoe-me Irmã, mas confesso que menti: sou casado e sou evangélico. A freira conforta-o: - Deixa pra lá, eu também. Estou a caminho de uma festa a fantasia, e me chamo Alberto.

TAXISTA ASSUSTADO Uma senhora acabava de chegar do Rio de Janeiro e pegou um táxi em São Paulo, em direção ao hotel onde ficaria hospedada. O taxista, por incrível que pareça, não disse quase nada durante a maioria do percurso, até que a senhora quis fazer-lhe uma pergunta e tocou no seu ombro. ele gritou, perdeu o controle do carro, e por pouco, não provocou um terrível acidente. Com o carro sobre a calçada, a senhora virou-se para o taxista e disse: - Francamente, eu não sabia que você se assustaria tanto com um toque no ombro! - Não me leve a mal, senhora... É que esse é o meu primeiro dia como taxista. - E o que você fazia antes disso? - perguntou ela. - Eu fui motorista de carro funerário por 25 anos!

-

Quanto custa a corrida até o Hotel Novo Mundo? São 50 Reais. E a bagagem? A bagagem eu levo de graça! Legal! Então você leva as malas, que eu vou a pé!

Dois amigos, Manuel e Joaquim, compram um táxi em sociedade. Depois de rodarem dia e noite pela cidade, durante um ano, sem pegar um único passageiro decidiram desfazer o negócio, inconformados com o prejuízo. Fazem as contas e rateadas as perdas, foi só o Joaquim se desligar da sociedade e descer do táxi que, já no primeiro quarteirão, o Taxista Manuel conseguiu o seu primeiro passageiro... - Puxa vida! Rodei um ano com o Joaquim ao meu lado e ninguém sinalizou para mim – comenta com o passageiro.

Om fanho entra num táxi. O taxista, como gosta de zoar, pensa: - Vou zoar esse fanho. Eles começaram a andar e o motorista diz: - Olha que mulher bonita! Nossa, ela é um tesão! E o fanho: - Feia! O motorista: - Feia nada! Ela é gostosa pra caramba! E o fanho: - Feia! - Que feia o que! Ta louco??? Responde o motorista. E o fanho: - Feia! O motorista, que não está olhando pra frente, bate em outro carro. Então fala pro fanho: - Você viu que eu ia bater!!! Por que não me avisou? E o Fanho: - Eu ava entando alar az uma ora, feia, feia, feia, as ocê não mi icuta!!!

Voltar

Trabalho 6 HORAS DE VIDA No consultório, fim de tarde, o médico dá a péssima notícia pra paulista: - A senhora tem seis horas de vida. Desesperada, a mulher corre para casa e conta tudo para o marido. Os dois resolvem gastar o tempo que resta da vida dela fazendo sexo. Fazem uma vez, ela pede para repetirem. Fazem de novo, ela pede mais. Depois da terceira vez, ela quer de novo. E o marido: - Ah, Isolda, chega! Eu tenho que acordar cedo amanhã. Você não!

Voltar

Turcos O turco Salim, muito rico, chega ao banco e fala com o gerente: - Eu quer fazê um embréstimo! O gerente, surpreso, pergunta ao Salim: - Você, Salim, querendo um empréstimo? De quanto? - Um real. - Um real? Ah, isso eu mesmo te dou... - Não, eu quér embrestado do banco! Um real! - Bem, são 12% de juros, para 30 dias... - Dudo bem, vai dar um real e doze cendavos... Onde eu assina? - Só que o banco vai pedir uma garantia, sabe como é... são normas internas. - Pega minha Mercedes zerinha, que ta ai fora e deixa guardada aí na garagem do banco, até eu paga o embréstimo, tá bom assim? - Feito!! Salim foi pra casa e disse pra Jamile: - Bronto, nois já pode viaja bra Europa sem brocupaçãon. Consegui deixar nossa carro numa garagem, por 30 dias, e eu só vai baga um real e doze centavos.

Voltar

Velhos Dois velhinhos conversando: - Você prefere sexo ou Natal? - Sexo, claro! Natal tem todo ano..., enjoa.

MILIONÁRIO SURDO O médico atende um velhinho milionário que tinha começado a usar um aparelho de audição. - E aí, seu Almeida, está gostando do aparelho? - É muito bom. Sua família gostou? - Ainda não contei para ninguém, mas já mudei meu testamento três vezes.

A avó pergunta à neta: - Aninha, como é mesmo o nome daquele alemão que me deixa louca? - Alzheimer, vovó.

Voltar Fim