You are on page 1of 8

IMPOSTOS

Formador: António Salvador Pimenta

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

NOÇÃO DE FISCALIDADE

Fiscalidade (Estudo da matéria de impostos) – Os seus objectivos são: Obter receitas para cobrir as despesas dos Serviços Públicos

Despesas Públicas – As necessidades colectivas (instrução, Saúde, Segurança Pública, Defesa Nacional, etc. …) obrigam o Estado e Outros Entes Públicos a suportar avultadas despesas.

Receitas Públicas – É através das receitas públicas que o Estado e os Outros Entes Públicos fazem face ás despesas públicas (IRS e IVA).

FISCALIDADE E A CONSTITUIÇÃO

Sistema fiscal (artº 103º do CRP) ninguém pode ser: - Obrigado a pagar impostos que não hajam sido criados por Lei nos termos da Constituição, que tenham natureza retroactiva ou cuja liquidação e cobrança não se façam nos termos da Lei. - Características dos impostos (artº 104º do CRP): O IRS, visa a diminuição das desigualdades, e o Imposto progressivo, tendo em conta os rendimentos do agregado Familiar.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

ESTRUTURA DO DIREITO FISCAL PORTUGUÊS

Constituição da Republica Portuguesa

Lei Geral Tributária

Codigo do Procedimento Administrativo

Códigos Tributários

Estatuto dos Beneficios Fiscais

Código do procedimento e do Processo tributário

Regime Juridico das Infracções Tributárias

Regime Complementar do Procedimento e Infracções Tributárias

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

IMPOSTOS
O Imposto é uma prestação pecuniária coactiva e unilateral estabelecida por Lei a favor do Estado ou do Ente – Público, sem carácter de sanção com finalidades fiscais (Receitas) ou extra Fiscais (redistribuição social). Sendo uma receita unilateral, o Estado não presta o serviço público directo ao contribuinte. Os principais impostos estabelecidos pelo Estado Português são: IVA IRS IRC

Imposto indirecto que recai Imposto directo que recai sobre sobre o consumidor final de um o rendimento de pessoas

bem transaccionado tem como singulares, tem como base os base os principais artigos no principais artigos do CIRS CIVA Art. 1º- Incidência Objectiva São transmissões de Incidência Real

bens, Actos ou situações sujeitas a imposto

prestações de Serviço;

Importações de bens; operações Artº 1º- Base do Imposto intracomunitárias Efectuadas Nacional. Art.2º- Incidência Subjectiva no Artº 2º- Rendimento categoria território A- Rendimento do trabalho dependente Artº 3º- Rendimento Categoria

São as pessoas singulares ou B- Rendimentos Empresariais e colectivas que, de um modo Profissionais independente e com carácter de Artº 4- Actividades Comerciais habitualidade actividades de exerçam e Industriais, Agrícolas,

produção, Silvícolas e Pecuárias

Comércio ou Prestações de Artº 5º- Rendimento Categoria Serviço, Incluindo as E- Rendimento de Capitais Artº 6º- Prestações relativas a

actividades extractivas,

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

Agrícolas e as profissões livres Art. 3ºConceito

Rendimentos da categoria E

de Artº 7º- Momento a partir do qual ficam sujeitos a tributação

transmissão de bens

Art. 4º- Conceito de presta- os rendimentos da Categoria E ções de Serviço Artº 5ºConceito Artº 8º- Rendimentos Categoria de F- Rendimentos Prediais Artº 9º- Rendimento Categoria

importação de bens

Artº 9º- Isenção nas operações G- Incrementos patrimoniais internas Artº 13ºIsenção Artº 10- Mais-valias nas Artº 11- Rendimento categoria H- Pensões Isenção nas Artº 12- Delimitação negativa

importações Artº 14º-

exportações, assimiladas internacionais e

operações da incidência transportes Incidência Pessoal E quem está sujeito ao imposto

Artº 18º- Taxas do imposto (em vigor em 1 Julho de 2010) Região Autónoma dos Açores Taxa Reduzida 4% Taxa Intermédia 9% Taxa Normal 15% Região Autónoma da Madeira Taxa Reduzida 4% Taxa Intermédia 9% Taxa Normal 15% Continente Taxa Reduzida 6% Taxa Intermédia 13% Taxa Normal 21%

Artº 13º- Sujeito passivo Artº 14º- União de facto Artº 15º- Âmbito da sujeição Artº 16º- Residência Artº 17ºResidência em

Regiões Autónomas Artº 18º- Rendimentos obtidos em Território Português Artº 19º- Contitularidade de rendimentos Artº 20º- Imputações especiais Artº 21º- Substituição tributária

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

Artº 21- Exclusão do direito à Características do IRS- Esta dedução são um imposto directo,

Artº 41º- Prazo de entrega das Pessoal, Estadual, Periódico, declarações periódicas Regime normal mensal Entrega até ao dia 10 do Directo Incide sobre o Ordinário e progressivo

segundo mês seguinte aquele rendimento que respeita o imposto Pessoal - Incide sobre pessoas Regime normal trimestral Entrega até ao dia 15 do segundo mês seguinte ao Estadual – É tributado pelo Estado – singulares

trimestre que diz respeito

Art.º 53º- Regime de isenção - Periódico Âmbito de aplicação Art.º 60ºRegime dos anualmente

É

apurado

pequenos Retalhistas - Âmbito Ordinário - Não se trata de um de aplicação imposto especial Progressivo – É proporcional aos rendimentos tributados

Trabalho elaborado por: Manuela Melo e Sílvia Pacheco
ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

REFLEXÃO FINAL

Ao longo do semestre aprendeu-se a realizar documentos de vital importância na nossa vida profissional, tais como o preenchimento do IVA e IRS. Estes documentos irão ser muito úteis para a minha Empresa (fictícia), visto que iremos fazer a contabilidade da mesma. Durante este período de aprendizagem, ficamos a saber como manusear os Códigos, as bases principais dos impostos, as suas deduções, as suas principais características. Para que possa criar uma Empresa tenho de saber quais as minhas obrigações fiscais. Saber quais os impostos que terei de pagar tais como, o IRS, o IVA e o IRC. O Regime Jurídico, quais as deduções que terei de efectuar, as deduções à colecta, etc…. Pois o não cumprimento destas implicará sanções criminosas. Concluímos que estas disciplinas são uma mais-valia para nós, visto que ficamos a saber quais os métodos a usar na minha Empresa para que esta possa vir a ser bem sucedida no futuro.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463 E-mail: geral@aprodaz.com