You are on page 1of 3

DERMATOVIROSES Lorena Margalho

1. Rubéola
- Infecção por vírus de RNA;
- Transmissão por contato direto ou inalação de partículas virais -> até o 4º dia (período do eritema
morbiliforme) ou 5-7 dias antes do exantema até 3-5 dias depois de seu aparecimento;
- Incubação: 2-3 semanas/21 dias;
- Quadro clínico:
* Exantema: inicia-se na face -> pescoço, tronco, e membros;
* Febre moderada, coriza, tosse, cefaléia, conjutivite;
* Sinal de Forscheimer (manchas eritematosas ou petéquias no palato ou úvula)->
ocasional;
* Linfoadenopatia generalizada.
- Cura: 1 semana;
- Sorologia: IgM=agudo; IgG=imunidade ativa;
- Tratamento: sintomático;
- Profilaxia: vacinação 12-15 meses com reforço 4-6 anos; mulheres acima de 19 anos (espaço de 3
meses para engravidar); homens até os 39 anos;
- Rubéola congênita: microcefalia com retardo mental, catarata, cegueira, agamaglobulinemia,
alterações ósseas e cardíacas.

2. Eritema Infeccioso
- Infecção por vírus de DNA;
- Transmissão: via respiratória;
- Incubação: 4-14 dias;
- Quadro clínico:
* Fase virêmica: sinais prodrômicos;
* Facies esbofeteado: exantema;
* Eritema maculo-papular reticulado: tronco e membros.
# acompanhado de artrite, artralgia, diarréia, conjutivites, mialgias.
- Cura: 3 semanas, pode ocorrer recidivas (sol, emoção, corticóides);
- Diagnóstico: detecção de B19 IgM, reticulocitose, eosinofilia discreta;
- Tratamento: sintomático; aplasia medular: reposição glomerular; imunodeficientes:
imunoglobulina.

3. Doença mão – pé – boca


- Causada por enterovírus;
* Coxsackievírus tipo 4 ou 16;
* Enterovírus 71.
- Incubação de 3-6 dias;
- Lesões pápulo-vesiculosas, máculas e pápulas, em mão e pé, ulcerativas na boca;
- Sinais prodrômicos 12-24h: febre, dor abdominal, respiratórios;
- Diagnóstico: clínico, sorologia IgM e PCR.
- Tratamento: sintomático.

4. Molusco contagioso
- Comum em crianças (< 5 anos), atópicos, imunodeprimidos;
DERMATOVIROSES Lorena Margalho

- Transmissão: direta e sexual;


- Lesão: pápula semi-esférica umbilicada (3-6mm);
- Há prurido e eczematização;
- Diagnóstico: clínico;
- Tratamento: curetagem, nitrogênio líquido, Imiquimod, hidróxido de potássio de 5-10%,
eletrocauteização, ácido tricloacético;
- Possível cura espontânea (6-9 meses).

5. Herpes simples
- Agentes:
*HSV-1: não genital, maioria das infecções na face e no tronco;
* HSV-2: genital.
- Transmissão: contato direto -> mucosa ou soluções de continuidade da pele (saliva e secreções
genitais);
- Primo-infecção HSV-1:
*Comum em crianças de 1-5 anos (<10 anos);
* Assintomático ou sintomático (gengivo-estomatite-herpética): febre, mal-estar,
adenopatias (2 semanas);
* Bilateral;
* Período de incubação: 3-10 dias;
* Lesões: vesículas em placas brancas e/ou úlceras pseudomembranosas em cavidade oral
acompanhado de edema;
* Recidiva: lesões aparecem fora da boca isoadamente.
-Primo-infecção HSV-2:
*Incubação: 5-10 dias;
* Lesões: eritematosas com vesículas agrupadas em “cacho de uva”;
* Recidiva: vesículas agrupadas em base eritematosa -> 7 dias;
-Pródromos: dor, prurido, ardor, parestesia.
- Diagnóstico: citológico por cultura do vírus e PCR;
- Tratamento:
*tópico: aciclovir e penciclovir -> diminui apenas desconforto;
* sistêmico: aciclovir, 400mg, 5x/dia, 10 dias, 5mg/kg/8-8h; fanciclovir, 125 mg, 2x/dia, 5
dias (PRIMO-INFECÇÃO)
Valaciclovir, 500mg, 2x/dia, até 10 dias; Fanciclovir, 250mg/8-8h.

6. Herpes Zoster
- Agente: Herpesvirus varicellae;
- Primo-infecção: varicela (vesículas em base eritematosa na pele e mucosas);
- Transmissão: respiratória (fase prodrômica até fase de crostas);
- Incubação: 2-3 semanas;
- Após a viremia, o vírus caminha pelos nervos periféricos até os gânglios nervosos, onde poderá
permanecer em latência por toda a vida, quando reativado, aparece como Herpes Zoster;
- Quadro clínico: mal-estar, febre moderada, pequenas manchas eritematosas nas quais surgem
vesículas de 1-3mm cujo conteúdo torna-se purulento e pelo dessecamento formam crostas;
- Diagnóstico: clínico;
- Tratamento: sintomático;
DERMATOVIROSES Lorena Margalho

- Infecção recorrente (HERPES ZOSTER)


* Dores nevrálgicas antecedendo as lesões cutâneas;
* Vesícula sobre base eritematosa;
* Erupção unilateral disposta em trajeto lateral linear e sinuoso;
* Pródromos: dor, febre, cefaléia, mal-estar;
* Regressão: 2-4 semanas;
* Tratamento: anti-virais + corticóides sistêmicos -> aciclovir de 4g/dia ou valaciclovir de
2g/dia.
* Complicações: encefalites, meningites, paralisia motora, destruição do globo ocular, e
neuralgia pós-herpética (começar anti-virais até 72 h após início dos sintomas).

7. Verrugas
- Agente: Papilomavirus humano (HPV);
- Transmissão: contato direto ou indireto;
- Incubação: 3 meses;
- Lesões papulosas, vegetantes na mucosa e seca na parte cutânea, evoluindo para lesões
verrucosas formando uma coroa;
- Diagnóstico: clínico, penioscopia, histopatológico, PCR.
- Tratamento: ácido salicílico 16%, podofilina 25%, podofilotoxina, crioterapia, eletrocoagulação,
ácido retinóico a 0,05%, ácido nítrico 100%, Imiquimod.