You are on page 1of 2

Profa.

Letícia Alcântara | Língua Portuguesa – Ensino Médio Integrado


Valor: 2,0 – Data de Entrega: 24/08/2018 - Atividade Reposição

Texto 1 Texto 2
As pombas Via Láctea - Soneto XIII

Vai-se a primeira pomba despertada... “Ora (direis) ouvir estrelas! Certo


Vai-se outra mais... Mais outra... enfim dezenas Perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto,
De pombas vão-se dos pombais, apenas Que, para ouvi-las, muitas vez desperto
Raia sanguínea e fresca madrugada... E abro as janelas, pálido de espanto...

E à tarde, quanto a rígida nortada E conversamos toda a noite, enquanto


Sopra, aos pombais de novo elas, serenas, A Via Láctea, como um pálio aberto,
Ruflando as asas, sacudindo as penas, Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Voltam todas em bando e em revoada... Inda as procuro pelo céu deserto.

Também dos corações onde abotoam, Direis agora: “Tresloucado amigo!


Os sonhos, um por um, céleres voam, Que conversas com elas? Que sentido
Como voam as pombas dos pombais; Tem o que dizem, quando estão contigo?”

No azul da adolescência as asas soltam, E eu vos direi: “Amai para entendê-las”


Fogem... Mas aos pombais as pombas voltam, Pois só quem ama pode ter ouvido
E eles aos corações não voltam mais... Capaz de ouvir e de entender estrelas.”
(Raimundo Correia) (Olavo Bilac)

Texto 3 Texto 4
“É na confluência de ideais anti-românticos, como a objetividade Cárcere das almas
no trato dos temas e o culto da forma, que se situa a poética do Ah! Toda alma num cárcere anda presa,
Parnasianismo. O nome da escola vinha de Paris e remontava a Solução nas trevas entre as grades
antologias publicadas(...) sob o título de Parnasse Contemporain, Do calabouço olhando imensidades,
que incluíam poemas de Gautier, Banville e Leconte de Lisle. Seus Mares, estrelas, tardes, natureza.
traços de relevo: o gosto da descrição nítida, concepções
tradicionalistas sobre metro, ritmo e rima e, no fundo, o ideal de (Cruz e Souza)
impessoalidade que partilhavam com os realistas do tempo.”
(Alfredo Bosi)

Texto 5
Ismália

Quando Ismália enlouqueceu, E como um anjo pendeu


Pôs-se na torre a sonhar... As asas para voar. . .
Viu uma lua no céu, Queria a lua do céu,
Viu outra lua no mar. Queria a lua do mar...

No sonho em que se perdeu, As asas que Deus lhe deu


Banhou-se toda em luar... Ruflaram de par em par...
Queria subir ao céu, Sua alma, subiu ao céu,
Queria descer ao mar... Seu corpo desceu ao mar...
(Alphonsus Guimaraens)
E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava longe do céu...
Estava longe do mar...

1. Considere as afirmações abaixo sobre o poema “As pombas” (texto 1), de Raimundo Correia.
I. Em “As pombas”, Raimundo Correia revela sua postura revolucionária, engajada nas lutas sociais. Ao falar dos
sonhos de juventude, comparados às pombas que partem pela manhã, melancolicamente o poeta nos diz que estes
sonhos juvenis não voltam mais, ao contrário das pombas, que à tarde voltam a seus ninhos.
II. Observando a última estrofe do soneto, podemos dizer que o eu lírico, revelando uma preocupação metafísica, trata
com pessimismo a condição do homem perante a vida e o tempo.
III. O descritivismo, a sobriedade e a contenção das emoções, o formalismo, comprovam a filiação deste texto ao
Parnasianismo.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) Apenas II e III.
2. Considere as afirmações abaixo sobre o soneto de “Via láctea” (texto 2), de Olavo Bilac.
I. Temos neste soneto uma temática que lembra algumas posturas barrocas, como a valorização do amor, a visão do
poeta como alguém sonhador, idealista.
II. De acordo com a última estrofe do soneto, a condição necessária para a “comunicação cósmica” é amar, pois só o
amor permite a comunicação com as estrelas.
III. Podemos acertadamente afirmar que embora o soneto pertença a estética parnasiana, carrega traços simbolistas,
pois e visível o desejo de integração cósmica do poeta e a intenção de valorizar as zonas profundas da mente
(inconsciente e subconsciente).
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) Apenas II e III.

3. Com base no texto 3, referente ao Parnasianismo brasileiro, são feitas as seguintes inferências:
I. O Parnasianismo opôs-se a princípios românticos como a subjetividade e a relativa liberdade do verso.
II. Tendo seu nome calcado num termo criado na França, o Parnasianismo brasileiro seguiu um caminho estético
próprio, independente e original.
III. Parnasianismo e Realismo são correntes literárias com ideais e princípios estéticos totalmente diferenciados.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e II
(D) Apenas II e III
(E) I, II e III

4. No texto 4, está fortemente caracterizado um tema simbolista bem ao gosto de Cruz e Sousa. Trata-se de:
(A) sofrimento metafísico.
(B) espírito de renúncia.
(C) tristeza diante de amores impossíveis.
(D) sofrimento em decorrência da pobreza material.
(E) temor diante da injustiça humana.

5. Considere as afirmações abaixo sobre o poema “Ismália” (texto 5), de Alphonsus de Guimaraens.
I. Todo o poema é construído com base em antíteses. As antíteses articulam-se em torno dos desejos contraditórios de
Ismália, que se dividem entre a realidade espiritual e a realidade concreta.
II. A partir da análise deste poema podemos afirmar que, para os simbolistas, sonho e loucura levam à libertação, pois
a razão e a lógica aprisionam o homem. Dar vazão ao mundo interior; explorar zonas ocultas da mente humana é o
mesmo que transcender os limites do mundo real.
III. De acordo com o desfecho do poema, o céu recebe a alma; logo, liga-se ao aspecto espiritual. O mar recebe o corpo;
logo, representa o universo material.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) I, II e III.

6. Sobre o Simbolismo, podemos convir que


I. utilizou a forma, com os rigores da poética da segunda metade do século XIX, embora seu formalismo não tenha se
traduzido em hermetismo;
II. ao contrário do Parnasianismo, por pretender traduzir os estados de alma, alcançou enorme repercussão por
transcender os temas subjetivos;
III. manifestou-se integralmente na poesia, seja em verso seja em prosa, constituindo-se, pelo trabalho sugestivo da
linguagem, numa antecipação da linguagem moderna.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.