You are on page 1of 26

SAIBA COMO PROTEGER

SEU COMPUTADOR E
CELULAR NA INTERNET

© 2017 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. seguranca.uol.com.br


VOCÊ ESTÁ EM RISCO: SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

INTRODUÇÃO
Mais de 100 milhões de pessoas acessam a internet no
Brasil, sendo que 89 milhões o fazem por celulares.

A lógica é simples. Quanto mais gente online, mais criminosos


digitais enxergam na internet um ótimo lugar para roubar dados e
dinheiro. Além das pragas digitais, eles apostam, acima de tudo, no
desconhecimento em tecnologia e nas empresas que não investem
muito em segurança digital.

Para se ter uma ideia, de acordo com a Symantec, empresa


de segurança, foram descobertos 430 milhões de pragas para
computadores em 2015. Nos smartphones, as ameaças ultrapassaram
10 milhões no ano passado, segundo a McAfee Labs, outra empresa
do setor. Ou seja, estamos navegando num mar de pragas. Só no
Brasil, por exemplo, os golpes virtuais causaram prejuízos de 2,4
milhões de dólares só em 2015 (mais que o dobro do total do ano
anterior), segundo relatório da consultoria PricewaterhouseCoopers.

E é por isso que você precisa ficar esperto e aprender mais sobre
segurança na internet. Todo mundo sabe que o seguro morreu de velho,
e é melhor prevenir do que remediar, não? Por isso, colocamos, aqui,
algumas maneiras simples (e úteis) para você ficar mais tranquilo.

2
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

ÍNDICE

1 ATAQUES VIRTUAIS: O QUE SÃO E COMO


EVITÁ-LOS, AGORA MESMO, NESTE E-BOOK 4

2 AO USAR O SMARTPHONE, DOBRE A ATENÇÃO 9

3 DICAS PRÁTICAS DE COMO SE PROTEGER

Senhas seguras
12
12
Cuidado com desconhecidos 15
Mantenha tudo sempre atualizado 16
Fuja de Wi-Fi público 18
A furada do grátis: instale programas de segurança 20

4 QUER UMA INDICAÇÃO? TESTE O UOL SEGURANÇA DIGITAL 21

5 CONCLUSÃO 25

Compartilhe:

3
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

CAPÍTULO 1
Ataques virtuais: o que são e como evitá-los,
agora mesmo, neste e-book

Como você pode ver, os ataques virtuais estão por toda a parte:
e-mails, redes sociais, sites de download, jogos online, aplicativos
de banco e por aí vai. Os criminosos estão atentos o tempo todo. O
objetivo? Encontrar usuários desatentos para roubar informações e
dinheiro deles.

Mas ninguém consegue se proteger do que não conhece. Confira,


abaixo, o nome das pragas mais comuns no mundo online.

Compartilhe:

4
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Malware
Malware é o nome de arquivos que têm como finalidade corromper
os dados de um computador ou smartphone. Sem a permissão do
usuário, é claro, eles são instalados na máquina, de forma remota,
por criminosos digitais.

Não sei se você viu, mas existe um malware que está ganhando
muito dinheiro só no Brasil. Ao ser instalado no computador da
vítima, ele consegue modificar o código de barras e os números dos
boletos bancários emitidos na internet. Aí, o dinheiro do pagamento
acaba entrando na conta bancária do criminoso. Descoberto pela
RSA Research, braço
de segurança da
multinacional EMC, em
2013, o golpe já desviou,
ao menos, 8,7 bilhões de
reais desde então.

Compartilhe:

5
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Phishing
Imagine uma pescaria. A pessoa
senta, joga a isca e fica esperando a
mordida com a vara de pescar na mão.
Basicamente, é isso que o phishing faz:
ele joga a isca para você morder – e se
complicar. É claro que na internet nenhum
criminoso está usando minhocas. Aqui,
as iscas são as mais variadas: prêmios,
novidades e notícias polêmicas. Tudo
para deixar você curioso. Só que, se você
clicar... tchau!

E se você está achando que ninguém cai mais em coisas como


“Veja as fotos da atriz global X nua”, é bom pensar de novo.
Pesquisa da McAfee aponta que 80% dos usuários chegam a abrir
essas mensagens falsas, que nada mais são do que um golpe.

Compartilhe:

6
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Adware
Qualquer aplicativo que exibe, sem autorização
do usuário, anúncios na tela do computador, seja
por janelas instantâneas (pop-ups) ou por meio de barras. Em muitas
situações, as propagandas só são eliminadas após o usuário adquirir
uma licença ou apagar tudo o que tem no computador.

Cyberbullying
Você já deve ter presenciado – ou mesmo sofrido
– esta situação na escola: uma turma de alunos
se volta contra um colega para intimidá-lo com
agressões verbais e físicas, várias vezes. Isso é o
famoso bullying. Quando essa prática passou a
ser frequente nas redes sociais, ficou conhecida como cyberbullying.

De modo geral, adolescentes não conseguem medir as consequências


de suas atividades nas redes sociais, postam fotos comprometedoras
e chegam a abrir sua vida para todo mundo ver. O resultado é que se
tornam as vítimas mais comuns do cyberbullying. Segundo relatório da

Compartilhe:

7
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

McAfee, 72% dos adolescentes conhecem alguém que já sofreu ou eles


mesmos já foram vítimas dessa violência online.

Ransomware
Os bandidos capturam alguém muito
querido para você e agora estão pedindo
dinheiro para entregá-lo são e salvo. É
assim que funciona o Ransomware – é o
sequestro do seu computador (ou de arquivos importantes dentro dele).
Criminosos digitais conseguem invadir e bloquear a sua máquina. Aí,
para voltar a mexer nela, você precisa pagar a quantia exigida.

E fique esperto! Estudo da empresa de segurança digital Kaspersky


Lab mostra que o Brasil é o país da América Latina que mais sofre
com essa ameaça, concentrando 92% dos casos na região.

Para ter uma vantagem financeira maior, os criminosos digitais


procuram sequestrar computadores de empresas. Assim, elas se veem
em uma situação desesperadora: ou pagam o resgate para voltar às
atividades ou ficam ociosas, ou seja, tendo prejuízo. O ransomware
mais conhecido é o Cryptolocker, que já infectou mais de 234 mil
computadores pelo mundo.

Compartilhe:

8
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

CAPÍTULO 2
Se for usar o smartphone,
dobre a sua atenção

O Brasil tem 150 milhões de smartphones e 24


milhões de tablets. Somos um dos países mais
conectados nesse quesito. Ocorre que, ao mesmo
tempo, também somos um dos mais desleixados.

Segundo a McAfee, apenas 4% dos smartphones e tablets têm um


programa de segurança instalado. Para piorar a situação, 35% dos
usuários nem protegem seus smartphones com senhas, ou seja,
qualquer um pode acessar todas as informações desses aparelhos, se
eles forem perdidos ou roubados.

Graças a essa popularização de tablets e smartphones, os criminosos


digitais também passaram a concentrar esforços para fazer desses
usuários vítimas. Para se ter uma ideia, de 2012 a 2015, o número
de amostras de malwares para smartphones e tablets saltou de 1,2
milhão para 10 milhões – segundo dados da McAfee –, um avanço
impressionante de 733%.

Compartilhe:

9
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Aplicativos falsos
E quando falamos em dispositivos, impossível
não pensar em aplicativos, os famosos apps.
O problema começa a partir do momento
em que 81% dos usuários não sabem que
os aplicativos podem modificar os favoritos
do seu celular e 54% permitem, sem ter
conhecimento, que os aplicativos rastreiem
sua localização, segundo pesquisa da
Qualcomm, empresa de tecnologias móveis.

Ao baixar um programa gratuito e aceitar todos os termos de uso,


os desenvolvedores ganham acesso a todas as atividades que você
realiza no smartphone. Aí, eles vendem essas informações para
outros anunciantes. É assim que eles acabam ganhando dinheiro.

Mas o perigo dos dispositivos móveis vai além da exposição da


sua privacidade. Para piorar a situação, os criminosos digitais
desenvolvem programas falsos para instalar malwares nos
dispositivos móveis das vítimas. Sobre isso, o relatório da McAfee

Compartilhe:

10
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Labs identificou que um em cada seis usuários acaba baixando


aplicativos infectados. De modo geral, os malwares passam
a controlar remotamente seu smartphone. Assim, o criminoso
consegue, por exemplo, cobrar serviços de assinatura das vítimas ou
roubar todos os dados confidenciais que estão lá, como fotos íntimas.

Diante desse cenário, é preciso tomar muito cuidado na hora de


baixar aplicativos. Vale a pena gastar alguns minutos lendo os
termos de uso. Além disso, não deixe de acompanhar a fatura do
seu cartão de crédito para verificar se há cobrança de serviços que
você desconhece. Outras dicas de segurança, você acompanha no
próximo capítulo.

PROTEÇÃO PARA TODOS


Ah, e não se esqueça do mais importante: tablets e
smartphones precisam de proteção. Não é porque
você está usando esses aparelhos que os antivírus
são dispensáveis – muito pelo contrário. Pesquise as
melhores opções e opte pelas soluções pagas e com
marcas de confiança. Afinal, se não te cobram nada,
é melhor desconfiar. Contrate o UOL Segurança
Digital e proteja seus dispositivos móveis!

Compartilhe:

11
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

CAPÍTULO 3
Dicas práticas de como
se proteger

Você não precisa trabalhar com tecnologia para saber como evitar
ataques virtuais. Bom senso e atenção durante a navegação já
ajudam a manter seu computador ou seus smartphones mais
protegidos em certa medida. Além disso, uma boa solução
antivírus também ajuda. Vamos ver, a seguir e com mais detalhes,
quais são essas práticas!

Use senhas seguras Administrador

Todos os serviços na internet exigem uma


senha do usuário, afinal de contas, ninguém
quer ter seus dados acessíveis para todo
mundo. No entanto, hoje em dia, ter uma senha simples, curta e
baseada em sequência é o mesmo que não ter senha nenhuma. Isso
porque criminosos digitais usam programas que geram milhões de
combinações até acertarem a senha da vítima.

Compartilhe:

12
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Segundo um levantamento da revista Businessweek, uma senha de


seis caracteres composta de letras minúsculas leva, em média, dez
minutos para ser desvendada. Por outro lado, uma senha de nove
caracteres que mescle letras maiúsculas e minúsculas, símbolos
e números pode demorar cerca de 178 anos para ser descoberta.
Tanto é que a Microsoft deve proibir senhas fáceis, como “123456” ou
“senha” em seus serviços online.

Portanto, nada mais de tentar colocar uma senha simples. A partir de


agora, todas as suas senhas devem ter combinações que incluam
letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Algo como
XaK9#f12. Mas não use essa, crie a sua e pronto.

Outro ponto com o qual você deve se preocupar é em ter senhas


diferentes para cada serviço online, além
de alterá-las com frequência. Volta e meia,
milhões de senhas são vazadas e até
vendidas por hackers mal-intencionados
na internet. Recentemente, foi a vez
de os usuários do LinkedIn
trocarem de senha por conta

Compartilhe:

13
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

SENHA PARA TODOS


Quer dica para ter várias senhas para os vários serviços?
Faça pequenas variações entre elas. Se você usa Gmail e
Hotmail, por exemplo, pode usar a nossa XgK9#f12 para
o primeiro e XhK9#f13 para o segundo. Assim, você não
precisa criar uma sequência inteiramente nova a cada vez.

do vazamento de 117 milhões de senhas da rede social. Se você


usa a mesma senha em todos os serviços online e um criminoso a
descobre, ele passa a ter acesso a toda sua vida online.

Por fim, para se sentir ainda mais protegido, o caminho é apostar na


dupla autenticação. Após inserir login e senha, o usuário recebe um
código via SMS para informar ao serviço que é ele mesmo que está
acessando a conta. Aí, um hacker, mesmo que saiba a sua senha,
não consegue acessar sua conta, uma vez que ele não recebe o
código de dupla autenticação.

Compartilhe:

14
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Não interaja com mensagens


de desconhecidos
Sabe aquele conselho que sua mãe dava para você, de não falar com
estranhos na rua? Então, ele também faz muito sentido no mundo
online. Para conseguir enganar os usuários, criminosos digitais fazem
de tudo, inclusive se passam por empresas para conquistar sua
atenção e, no fim, o dinheiro da sua conta.

Mensagens como “Parabéns, você foi sorteado e ganhou 100 mil


reais. Acesse este site para mais informações”, que eram e ainda são
comuns receber via SMS, começam a se espalhar com frequência
em WhatsApp, Facebook e e-mails. Já recebeu? Nada mais do que
phishing.

PHISHING – A PESCARIA DO CRIMINOSO DIGITAL.


ELE JOGA A ISCA E ESPERA VOCÊ MORDER.

Compartilhe:

15
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Para não se tornar uma vítima desse tipo de golpe, faça uso de muito
bom senso enquanto estiver navegando pela internet. Se receber
algum e-mail estranho de alguma empresa, pergunte: “Por que essa
empresa está entrando em contato comigo, se eu não solicitei nada?”

Além disso, verifique o endereço do destinatário. Em último caso,


antes de clicar em links desse tipo de mensagem, telefone para a
empresa ou pessoa que supostamente enviou a mensagem para
verificar a sua veracidade.

Atualize softwares
e navegadores
Diariamente, criminosos digitais e
especialistas em segurança travam
uma batalha. De um lado, o pessoal da
tecnologia (ou TI, como preferirem) corre
para defender os sistemas, enquanto o outro
grupo só quer saber de invadir e roubar.

Compartilhe:

16
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Uma das estratégias mais lucrativas para os bandidos está em


procurar brechas em navegadores e serviços online até encontrá-
las. Também chamadas de vulnerabilidades, elas são falhas na
programação de um software que podem ser exploradas para, claro,
roubar dados confidenciais. Quando o pessoal de TI descobre uma
falha, é uma corrida contra o tempo para consertar o problema e
evitar que mais vítimas caiam nisso. Quando eles arrumam tudo,
mandam atualizações para todos baixarem.

Portanto, quando navegadores, softwares, aplicativos e sistemas


operacionais, tanto nos computadores quanto nos dispositivos móveis,
disponibilizarem uma nova versão, não ignore mais a mensagem e
faça a atualização naquele exato momento. Por mais simples que
o processo seja, apenas 2% dos usuários comuns têm o hábito de
instalar as versões mais recentes de softwares, segundo dados da
USENIX, associação norte-americana de profissionais de TI.

Compartilhe:

17
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Fuja de Wi-Fi público


À primeira vista, parece uma
maravilha acessar a internet no
meio de uma praça pública para
trabalhar com seu notebook
ou simplesmente conferir seus
e-mails pelo smartphone.
Tanto é que, segundo dados
da Avast, 48% dos usuários
brasileiros se conectam a redes
públicas de Wi-Fi diariamente. Entre tantas coisas que eles podem
fazer na internet, 26% checam a conta bancária, 19% fazem algum
pagamento e 8% enviam e-mails relevantes.

Só que nem tudo são flores. Criminosos digitais conseguem se


posicionar entre você e a conexão pública. Aí, tudo o que você faz na
internet passa por eles. Quando você mantém o compartilhamento
de arquivos habilitados, então, eles podem instalar algum tipo de
malware em seu smartphone ou notebook. Então, já sabe, é mais um
detalhe para prestar atenção!

Compartilhe:

18
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Em primeiro lugar, quando for às ruas, mantenha o transmissor de Wi-


Fi desativado do seu dispositivo móvel para que ele não se conecte
a nenhuma rede pública. Agora, se não houver jeito e você tiver de
enviar alguma mensagem, por exemplo, quando for se conectar a um
Wi-Fi público, procure tomar as seguintes precauções: desabilitar o
compartilhamento de dados, jamais acessar a conta bancária e fazer
transações financeiras e verificar se os sites que você está visitando
começam com HTTPS.

Existe, também, a possibilidade de usar uma rede virtual privada


(VPN – sigla em inglês) para manter seus dados protegidos. A ideia é
que você visite sites por meio de um intermediário pago, que garante
mais privacidade. No entanto, essa alternativa apresenta alguns
cuidados, como você pode conferir no quadro abaixo.

VPNs - Prós e Contras


VANTAGENS DESVANTAGENS
Oculta dados de navegação, como Bons serviços de VPN cobram uma
localização, IP e sites visitados mensalidade, e normalmente é em dólares

Qualidade da proteção por criptografia O dono da VPN tem acesso a todo o tráfego
varia entre 128 bits e 2.048 bits de rede, de e-mails a aplicativos de bancos

Funciona bem tanto em navegadores Há casos de VPNs gratuitas que vendem


quanto em aplicativos seus dados a quem pagar mais

Permite acessar sites e aplicativos Usar uma VPN pode diminuir bem a
bloqueados por governos velocidade de internet
Compartilhe:

19
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Instale programas de segurança


Essas práticas simples ajudam bastante a não deixar seu
computador ou dispositivo móvel tão exposto. Mesmo assim, há
ataques mais sofisticados que conseguem driblar essas medidas
básicas de segurança. É por isso que você precisa reforçar sua
defesa com um bom programa de antivírus capaz de detectar e
eliminar os malwares mais escondidos da sua máquina.

Quer uma dica?


Com o UOL Segurança Digital,
você protege todos os seus
dispositivos contra os males
da internet!

Compartilhe:

20
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

CAPÍTULO 4
Quer uma indicação?
Teste o UOL Segurança Digital

Em primeiro lugar, é fundamental instalar um


antivírus para reforçar sua segurança digital.
Aí, você pode optar por programas pagos ou
gratuitos. Lembra do ditado que não existe
almoço grátis? Então, em antivírus é a mesma
coisa. Por isso, faz muito mais sentido pagar por um bom serviço que
cumpra seu papel.

E tem outra. Antivírus grátis tem, na verdade, um preço: a sua


privacidade. Para ganhar dinheiro, os programas gratuitos
de segurança virtual vendem informações dos usuários para
anunciantes. Basicamente, o antivírus grátis pode registrar tudo o
que você faz em seu computador ou smartphone, como os sites que
você mais visita e os aplicativos que você baixou no smartphone, e
vender essas informações. Arriscado, né?

Compartilhe:

21
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Agora, se você quer garantir sua


privacidade, manter seus dados mais
protegidos e muito mais, está na hora
de conhecer todos os recursos que o
UOL Segurança Digital oferece aos
clientes. Mesmo com tantos serviços,
você paga bem pouco por mês.

E não é só para o seu computador, não. Os tablets e smartphones


Android, os queridinhos dos bandidos da internet, também aceitam o
software de segurança. Em outras palavras, o UOL Segurança Digital
é a solução ideal para usuários de computadores e de smartphones.

Em resumo, o UOL Segurança Digital ajuda você a se defender do


phishing ao identificar se uma página é maliciosa ou não antes de
você clicar no link. Contra malwares e ransomwares, ele detecta e
remove automaticamente programas espiões que tentam roubar seus
dados e ter acesso ao seu histórico de navegação. Isso sem falar que
o programa faz uma verificação em tempo real para descobrir se há
vírus nos e-mails que você recebe.

Compartilhe:

22
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Backup
Outra preocupação
recorrente se dá em razão
de perdas e roubos de smartphones,
uma vez que (quase) todas as nossas
informações pessoais ficam registradas neles, desde fotos, vídeos e
conversas com amigos até números e senhas de contas bancárias.
Aliás, um estudo feito pela Kaspersky Lab e pela empresa de
pesquisa de negócios B2B International mostra que um em cada sete
usuários (14%) teve seu aparelho celular perdido ou roubado.

Desse total de pessoas, 77% sofreram consequências negativas,


como contas online invadidas, perda de arquivos, informações
pessoais e corporativas vazadas, além de movimentações indevidas
em suas contas bancárias. Para evitar esse tipo de consequência
e amenizar o impacto da perda de um celular, o UOL Segurança
Digital oferece alguns recursos. A começar por rastrear seu
smartphone ou tablet.

Compartilhe:

23
VOCÊ ESTÁ EM RISCO:
SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

Mesmo não conseguindo recuperar o aparelho, você pode configurar


o backup de contatos e transferir tudo para um celular novo. Isso
sem falar que, nos casos dos dispositivos Android, dá para apagar
os dados do seu smartphone perdido antes que pessoas mal-
intencionadas façam uso indevido deles.

Não para por aí. Há, ainda, o recurso Foto remota. Silenciosamente,
após você enviar um comando remoto, o seu celular tira uma foto
para mostrar o rosto da pessoa que está com ele. Enfim, dá para
fazer uma série de coisas para amenizar o impacto da perda do seu
celular e, se possível, até resgatá-lo.

Compartilhe:

24
VOCÊ ESTÁ EM RISCO: SAIBA COMO PROTEGER SEU COMPUTADOR E CELULAR NA INTERNET

CONCLUSÃO
Não dá mais para navegar pela internet de qualquer jeito.
Os criminosos digitais trabalham dia e noite para espalhar
pragas virtuais. Por isso, vale reforçar, mais uma vez, que
você precisa ter senhas fortes e diversificadas em suas
contas online, manter seus programas e navegadores
atualizados e evitar clicar em links suspeitos. Enfim,
colocar em prática essas medidas simples ajuda bastante.

Mas isso já não é mais o suficiente. Com a sofisticação


dos ataques virtuais, é necessário contar, também, com
um programa de antivírus completo que garanta mais
proteção, além de manter sua privacidade. Educando-se
e passando essas informações para pessoas próximas,
é possível dificultar a ação dos criminosos digitais e,
finalmente, ficar mais seguro!

© 2017 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. seguranca.uol.com.br


Conheça as Soluções
UOL Segurança Digital e não
deixe de proteger seus dispositivos!

Mantenha-se informado sobre as novidades no mundo de


segurança digital, acessando as nossas dicas. Por lá, você
fica sabendo dos golpes que estão rolando na web e as
melhores maneiras de se proteger. Acesse:

UOL Segurança Digital - SOS

Indica quais sites são seguros


Elimina vírus e outras ameaças
para você navegar

Protege contra roubo de senhas Detecta e limpa seu e-mail de


e arquivos pessoais conteúdos indesejáveis

Ajuda a localizar seu celular em Liga de um número restrito para


caso de roubo ou perda descobrir quem está com seu celular

© 2017 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. seguranca.uol.com.br