You are on page 1of 3

• Capítulo XIV

DA COMUNICAÇÃO

Seção l
Do Anúncio, da Propaganda e da Publicidade

Art. 34º. Constitui infração ética:

IV - criticar técnicas utilizadas por outros profissionais como sendo


inadequadas ou ultrapassadas.

Comentário:

Esse é um importante fator para o estabelecimento de uma boa


visualidade da categoria dos profissionais, que no código de
ética da fonoaudiologia poderia ter contemplado. O apoio entre
os profissionais e o respeito mútuo faz parte da consciência,
mas muitos não a cumprem sendo mais um motivo para fazer
parte do código de ética.

VI - divulgar nome, endereço ou qualquer outro elemento que identifique


o paciente, a não ser com o seu consentimento livre e esclarecido, ou de
seu responsável legal;

Comentário:

No código de fonoaudiologia, no capítulo IX DA MÍDIA não citou essa


infração que pode ocorrer, principalmente na internet onde a
informação é circulada com poucas medidas de intervenção. Então
pode ocorrer de fonoaudiólogos mostrarem seus pacientes em vídeos,
fotos, em endereço eletrônico. No capitulo abaixo contempla esse
assunto, mas de forma restrita.

CAPÍTULO VI

DO SIGILO PROFISSIONAL

Art. 13. O fonoaudiólogo deve:

I - manter sigilo sobre fatos de que tenha conhecimento em decorrência de sua atuação com
o cliente, exceto por justo motivo;
Seção II
Da Entrevista

Art. 33º. O profissional inscrito poderá utilizar-se de meios de comunicação


para conceder entrevistas ou divulgar palestras públicas sobre assuntos
odontológicos de sua atribuição, com finalidade de esclarecimento e educação
no interesse da coletividade, sem que haja autopromoção ou sensacionalismo,
preservando sempre o decoro da profissão.

CAPÍTULO IX

DA MÍDIA

Seção III

Da Entrevista

Art. 22. O profissional inscrito pode utilizar-se de veículos de comunicação para conceder
entrevistas ou divulgar palestras públicas sobre assuntos fonoaudiológico, de interesse social
e com finalidade educativa.

Comentário:

O código de ética da odontologia complementou com o objetivo


de promover a ética da profissão, na coletividade da classe
profissional.

• Capítulo XIV

Da comunicação

Seção III

Da publicação científica

VII. Publicar pesquisas em animais e seres humanos sem submetê-los a


avaliação prévia do comitê de ética e pesquisa em seres humanos e do comitê
de ética e pesquisa em animais.
Comentário:

Esse inciso é necessário para as questões que envolvem não


apenas a ética humana, mas a animal e ambiental, que não
estão presentes no código da fonoaudiologia.

• Capítulo XVI
DAS PENAS E SUAS APLICAÇÕES

Art. 44º. São circunstâncias que podem atenuar a pena:

I - não ter sido antes condenado por infração ética;


II - ter reparado ou minorado o dano.

Parágrafo único. Em caso de incidência, a pena de multa será aplicada em


dobro.

Comentário:

Quanto ao cumprimento do código de ética da odontologia


foram abordados quanto às penalidades de forma justa,
principalmente no INCISO I e II do referido artigo.

No parágrafo único onde a multa poderá ser em dobro, uma


forma de diminuir e deter o número de infrações cometidas
pelos profissionais.