You are on page 1of 33

Literatura Brasileira e Portuguesa II

Aula 2

Neorrealismo e Literatura Contemporânea em Portugal

Objetivo:

Objetivo: Pretende-se que, ao final da aula, o aluno reconheça as características do Neorrealismo e da

Pretende-se que, ao final da aula, o aluno reconheça as características do Neorrealismo e da Literatura Contemporânea em Portugal, bem como o contexto no qual esses movimentos surgiram e seus principais representantes em Portugal.

Palavras-Chave: Portugal; Modernismo; Vanguardas; Neorrealismo; Literatura Contemporânea.

Livros da disciplina

Livros da disciplina http://unopar.bv3.digitalpages.com.br/users/p ublications/9788581439662
Livros da disciplina http://unopar.bv3.digitalpages.com.br/users/p ublications/9788581439662

http://unopar.bv3.digitalpages.com.br/users/p

ublications/9788581439662

Livros da disciplina http://unopar.bv3.digitalpages.com.br/users/p ublications/9788581439662

Panorama histórico

  • Eclosão de regimes totalitários na Europa: Fascismo (Itália), Nazismo (Alemanha), Salazarismo (Portugal);

  • Criação do "Estado Novo" (1933-1974) por António de Oliveira Salazar: ditadura antiliberal, orientada segundo os princípios conservadores: Deus, Pátria e Família;

  • Decretada a censura à imprensa, ao rádio, e a qualquer tipo de atividade cultural, sobretudo, a literária.

Estado Novo (1933-1974)

Estado Novo (1933-1974) O regime criou a sua própria estrutura de Estado e um aparelho repressivo

O regime criou a sua própria estrutura de Estado e um aparelho repressivo bastante complexo que incluía, dentre outras instituições, A Polícia Internacional e de Defesa do Estado (PIDE), apoiando-se na censura, na propaganda, nas organizações paramilitares (Legião Portuguesa), nas organizações juvenis (Mocidade Portuguesa) e no culto do líder.

Estado Novo (1933-1974) O regime criou a sua própria estrutura de Estado e um aparelho repressivo

Disponível em: https://bit.ly/2w21j7C Acesso em: 11 ago. 2018

Vídeo

Estado Novo em Portugal

Vídeo Estado Novo em Portugal https://www.youtube.com/watch?v=PEkEUS3CFE 8 – acesso em 17 de ago. 2018

https://www.youtube.com/watch?v=PEkEUS3CFE

8 – acesso em 17 de ago. 2018

Neorrealismo

  • Não representa uma escola literária, mas uma forma de abordar a realidade;

  • Movimento cultural que surge na Itália, nos anos 1930, que se opõe à falta de comprometimento da “arte-pela- arte”;

  • A arte deveria

ter

uma

finalidade social e ser

comprometida com a realidade.

Neorrealismo Não representa uma escola literária, mas uma forma de abordar a realidade; Movimento cultural que

Ladrões de bicicleta (1948) Vittorio De Sica.

Disponível em: https://bit.ly/2nv9MfL Acesso em: 11 ago. 2018

Aspectos do Neorrealismo

  • Apresenta caráter ideológico marcadamente marxista;

  • Surge da necessidade de subtrair o caráter de verdade da realidade;

  • Apresentação da realidade e não mais representação da realidade.

  • Exemplo: Manuel Ribeiro de Pavia: ilustrador e pintor.

Aspectos do Neorrealismo Apresenta caráter ideológico marcadamente marxista; Surge da necessidade de subtrair o caráter de

Servos de gleba

Disponível em:

https://bit.ly/2OvJCF3

Acesso em: 11 ago. 2018

O Neorrealismo em Portugal (1940-1960)

  • As primeiras manifestações do Neorrealismo surgem em

revistas e

jornais

no

final

dos

anos

30: O Diabo, Sol

Nascente, Vértice, O Novo Cancioneiro, a fim de estabelecer e divulgar uma nova estética para a atividade artística;

  • Publicação do romance Gaibéus (1939), de Alves Redol;

O Neorrealismo em Portugal (1940-1960) As primeiras manifestações do Neorrealismo surgem em revistas e jornais no

Disponível em:

https://bit.ly/2MrntKY

Acesso em: 11 ago. 2018

O Neorrealismo em Portugal (1940-1960)

  • Oposição ao esteticismo presencista;

  • Literatura engajada: veículo que serviria de instrumento à denúncia social;

  • Literatura como registro de vida das pessoas: espécie de retrato da verdade;

  • Ficção neorrealista enfoca o problema das classes sociais;

  • O romance tem caráter documental;

  • Romance-reportagem: O uso de técnicas jornalísticas e cinematográficas.

O romance Neorrealista Gaibéus, de Alves Redol

  • Romance que retrata a vida dos camponeses do Ribatejo.

  • Denúncia dos problemas sociais.

  • Pela 1ª vez, os "gaibéus" têm presença efetiva na literatura portuguesa.

  • Gaibéus são camponeses da província portuguesa do Norte do Ribatejo ou da Beira Baixa que vão trabalhar nas lezírias durante a ceifa do arroz.

Este romance não pretende ficar na literatura como obra de arte, quer ser, antes de tudo,

Este romance não pretende ficar na literatura como obra de arte, quer ser, antes de tudo, um documentário humano fixado no Ribatejo.

Depois disso, será o que entenderem (Alves Redol).

os outros

Gaibéus

Mundo do trabalho

Personagens (descrições dos corpos trabalhando)
Personagens
(descrições dos
corpos trabalhando)
Espaço (campo como cenário)
Espaço (campo como
cenário)
Enredo (Coletividade: o enfoque concentra- se na mobilidade do trabalhador)
Enredo (Coletividade:
o enfoque concentra-
se na mobilidade do
trabalhador)

[

]

Nos rostos terrosos, como pedaços moldados no lamaçal

... dos canteiros, há bagas de suor que o sol faz lucilar, como a

orvalheira que ponteia o arroz. Mas o suor parece gelar nas faces cavadas pela fome guardada. As roupas estão empapadas, a feder sujidade e cansaço crescidas à babugem. Fica o cheiro acre dos corpos molhados pela rudeza da labuta. Como por toda a lezíria se agigantam os alugados que se curvam a brandir as foices. Tudo se amesquinha ali, junto deles, que vivem necessidades de mendigos. As mãos limpam as frontes, depois de ampararem até às gavelas os pés ceifados. O suor vem agora em borbotões, cada vez mais impetuoso, como sangue a verter de chaga funda.

(Redol, Alves. Gaibéus. Lisboa: Publicações Europa América, 1976.)

Atividade 1

Atividade 1 A partir do conteúdo que vimos até agora, responda: Qual a relação entre o

A partir do conteúdo que vimos até agora, responda:

Qual a relação entre o romance Gaibéus (1939) e a tela Café (1935), de Cândido Portinari?

Atividade 1 A partir do conteúdo que vimos até agora, responda: Qual a relação entre o

Disponível em: https://bit.ly/2P1bJNw Acesso em: 11 ago. 2018

Manuel da Fonseca Carlos de Oliveira Autores do Neorrealismo português José Cardoso Pires Vergílio Ferreira
Manuel da Fonseca
Carlos de Oliveira
Autores do Neorrealismo português
José Cardoso Pires
Vergílio Ferreira

Escritura de autoria feminina

  • Designa a produção literária essencialmente feminina, silenciada durante anos;

  • Desenvolveu-se, sobretudo, ao longo do século XX;

  • Representa a quebra com a tradição patriarcal;

  • Reconhecimento de uma existência diferenciada de um "Eu feminino" diante de um "Eu masculino”.

Autoras e temas

  • Sofia de Mello Breyner

  • Maria Teresa Horta

  • Agustina Bessa-Luís

  • Fiama Hasse Pais

  • Fernanda Botelho

  • Maria Judite de Carvalho

O corpo e a sexualidade da mulher; Crítica ao patriarcalismo; Necessidade de libertação.
O corpo e a
sexualidade da mulher;
Crítica ao
patriarcalismo;
Necessidade de
libertação.

Poesia de autoria feminina

  • Erotismo e sexualidade;

  • Poesia mais militante;

  • Maria Teresa Horta, ao lado de Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa (As três Marias), escandalizou a sociedade lisboeta com a publicação de Novas Cartas Portuguesas (1972).

Poesia de autoria feminina Erotismo e sexualidade; Poesia mais militante; Maria Teresa Horta, ao lado de

Disponível em: https://bit.ly/2MnDkKc Acesso em: 11 ago. 2018

Agustina Bessa-Luís (1922)

  • Estreia como romancista, em 1948, com a novela

Mundo fechado.

  • Considerada uma das maiores revelações da literatura portuguesa moderna, recebeu dois prêmios literários com a publicação do romance A Sibila, em 1953: “Prêmio Delfim Guimarães” (1953) e o “Prêmio Eça de Queirós

(1954).

Agustina Bessa-Luís (1922) Estreia como romancista, em 1948, com a novela Mundo fechado. Considerada uma das

Disponível em:

https://bit.ly/2B7V1sQ

Acesso em: 11 ago. 2018

Considerações a respeito de A Sibila

  • Romance que retrata a longa trajetória da vida de Joaquina Augusta (Quina), a "sibila", e sua família, em que há o predomínio das mulheres que se tornam responsáveis pela reedificação do patrimônio;

  • Temática central: A condição feminina em uma cultura rigidamente patriarcal é abordada de forma crítica, redimensionando o papel da mulher na sociedade.

Considerações a respeito de A Sibila Romance que retrata a longa trajetória da vida de Joaquina

Disponível em:

https://bit.ly/2nwqfjE

Acesso em: 11 ago. 2018

A Revolução dos Cravos

  • Em 25 de abril de 1974, Portugal conheceu um dos eventos mais importantes de todo o processo histórico português: "Dia D, 25 de abril, A Revolução dos Cravos”;

  • Forças militares progressistas (MFA), embaladas pela canção Grândola, Vila Morena, derrubam o governo salazarista ;

  • Revolução torna-se um marco da libertação de 46 anos de ditadura em Portugal;

  • O cravo tornou-se símbolo da Revolução.

A Revolução dos Cravos

A Revolução dos Cravos Disponível em: https://bit.ly/2MblA5u Acesso em: 11 ago. 2018

Disponível em: https://bit.ly/2MblA5u Acesso em: 11 ago. 2018

Vídeo

Revolução de 25 de abril de 1974

Vídeo Revolução de 25 de abril de 1974 https://www.youtube.com/watch?v=- SV1EBNYup8 – acesso em 17 de ago.

https://www.youtube.com/watch?v=-

SV1EBNYup8 – acesso em 17 de ago. 2018

Literatura Pós-74

  • Boom temático (1980-1984);

  • Tentativa de recuperação da liberdade de escrita;

  • A literatura busca a pátria e o sentido da identidade;

  • A revisão dos mitos da lusitanidade ou dos mitos históricos constitui matéria ficcional.

  • A partir da década de 1990, a literatura reinventa-se através dos jogos intertextuais, dos recursos da paródia e da ironia. Torna-se multifacetada e heterogênea;

  • Apresenta novas alternativas e soluções técnicas de narração;

  • Metaliguagem;

  • Pluridiscursividade;

  • Diversificação temática.

José Saramago (1922)

  • Jornalista autodidata, Saramago lançou seu primeiro romance, Terra do pecado, em 1947;

  • Primeiro escritor de língua portuguesa a receber o Prêmio Nobel de Literatura (1988);

  • Nos anos 60, ingressou no Partido Comunista Português: participante ativo da Revolução dos Cravos.

José Saramago (1922) Jornalista autodidata, Saramago lançou seu primeiro romance, Terra do pecado , em 1947;

Disponível em: https://bit.ly/2GoLsU2 Acesso em: 11 ago. 2018

Estilo Saramaguiano

  • Traços estético-estilísticos dominantes: uso singular da pontuação, construção de um discurso direto (tendência oralizante do discurso), uso revolucionário da vírgula;

  • Uso constante da metalinguagem;

  • Onipresença de recursos expressivos como a ironia e a paródia.

Memorial do Convento (1982)

  • Instaura o novo romance histórico – historiográfica;

metaficção

  • Propõe

uma

nova

dimensão

para

esta

forma

narrativa, ao reconstituir um vasto quadro de Portugal na primeira metade do século XVIII, como tentativa de

revelar

o

passado

contemporaneidade;

remoto

através

da

  • Paródia e Intertextualidade;

  • Carnavalização do discurso.

Memorial do Convento

  • Metaficção historiográfica: Releitura e subversão da História oficial, dos eventos históricos

  • 1. A construção do Convento de Mafra, promessa feita pelo rei D. João V aos frades franciscanos para assegurar o nascimento de herdeiros para o trono;

  • 2. A construção da passarola voadora, símbolo do desejo ancestral do homem de voar;

  • 3. O amor entre Baltasar (Sete-Sóis) e Blimunda (Sete- Luas), o par escolhido por Saramago para representar o povo anônimo.

Memorial do Convento

  • Paródia: "Toda composição literária que imita, cômica ou satiricamente, o tema e/ou a forma de uma obra séria" (Massaud Moisés);

  • Intertextualidade (relação com outros textos):

Histórico (fontes historiográficas)

Bíblico-religioso (alusões e referências bíblicas)

O existencialismo

  • Corrente filosófica que se caracteriza pela análise da existência do homem diante de um mundo absurdo;

  • Busca pelo autoconhecimento;

  • Descrença no destino: o homem é responsável por si mesmo.

Vergílio Ferreira (1916-1997)

  • Iniciou sua carreira literária com alguns ensaios, mas apenas teve destaque como romancista;

  • Com a publicação do romance Aparição, em 1959, ganhou o prêmio "Camilo Castelo Branco”;

  • Suas primeiras obras apresentavam-se ligadas ao Neorrealismo;

  • No entanto, sua atividade literária sempre evidenciou a problemática existencial e o psicologismo, fato que se acentuou em Aparição.

Ato de surgir Revelação instantânea da própria existência Romance Aparição Romance-filosófico Enfoque nas ideias das personagens
Ato de surgir
Revelação instantânea da
própria existência
Romance Aparição
Romance-filosófico
Enfoque nas ideias das
personagens “EU”

Related Interests