UNIVERSIDADE DE FRANCA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PÓLO RIBEIRÃO PRETO – BAUHAUS

PORTIFÓLIO DE ADMINISTRAÇÃO DE MERCADO I

PLÍNIO ALEXANDRE DOS SANTOS CAETANO SETEMBRO, 2010

-1-

UNIVERSIDADE DE FRANCA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PÓLO RIBEIRÃO PRETO – BAUHAUS

PORTIFÓLIO DE ADMINISTRAÇÃO DE MERCADO I

PLÍNIO ALEXANDRE DOS SANTOS CAETANO CURSO: EAD-ADMINISTRAÇÃO / 5º SEMESTRE PROFESSOR: MARCELO CHEHAB BADARO CÓDIGO DO ALUNO: 902807

SETEMBRO, 2010

-2-

1. PROPOSTA Analise sua empresa de que forma ela esta estruturada para atender o marketing, veja qual o valor ela oferece para o consumidor e como ela determina suas ofertas para o mercado.

-3-

2. RIACHUELO – “ESSA É A MODA” 2.1 – Considerações sobre a escolha da empresa A escolha da Riachuelo para fins de realização deste trabalho, não deve-se ao vínculo na posição de funcionário da mesma mas, como estudante que no decorrer da disciplina de Administração de Mercado I percebeu a manifestação de aspectos teóricos na mesma.

2.2 – Compreendendo as Estratégias de Marketing na Riachuelo A empresa que, conta com um total de 114 lojas distribuídas em todo o país e configura-se entre as 3 maiores redes de varejo em moda nacional, é também o principal canal de distribuição do Grupo Guararapes – principal grupo de confecção de roupas da América Latina. Conforme consta em sua página, na seção Institucional:
“Adotamos o conceito de ‘fast fashion’ - agilidade na produção e na distribuição das coleções - para garantir rapidez na divulgação das novas tendências e geração de valor agregado para cada coleção”

Tal frase sinaliza que a orientação da empresa nos dias atuais está focada no marketing, com uma crença na demanda latente para cada coleção que a mesma coloca à disposição dos consumidores em suas lojas. Entretanto, nem sempre foi esta a realidade da empresa. Com início das atividades em 1947, com pequenas lojas de rua, sua atividade era caracterizada pela venda de tecidos com preços
-4-

baixos. Assim continuou por 32 anos quando, em 1979, o já mencionado Grupo Guararapes a comprou, passou a vender roupas prontas para serem usadas. Nota-se então neste período que – em atendimento à nova demanda que surgia – o produto ofertado deixa de ser tecidos, para contemplar um material já com acabamento próprio para o uso imediato. No entanto, o mercado foi se especializando ainda mais, de modo a compreender as tendências nacionais e internacionais e visando atender plenamente ao consumidor: em 1993, a empresa principia a prática de tomar por foco não somente a venda de roupas acabadas, mas a sintonizar e sinalizar o que é moda. Conforme consta em seu website:
“Esta estratégia envolveu a criação e o fortalecimento de marcas próprias, cada uma com identidade visual e público específico”.

Onze anos após esta reestruturação, já em 2004, atualizou sua estratégia de marketing e também a imagem visual de suas diversas lojas, adentrando então seus investimentos na mídia já não mais convencional e apostando em produtos com preços menores e qualidade superior. Recentemente (2007), a Riachuelo retornou a investir nas mídias de massa, com uma campanha de comunicação de forma a popularizar sua oferta no ramo da moda, com preços acessíveis e ofertando estilo ao alcance de todos. Suas lojas nos dias atuais são divididas em seções de moda feminina, moda masculina, moda infantil, moda casa e calçados. Atualmente, ainda, podemos destacar a inserção da empresa nas redes sociais – por exemplo o twitter – que tem fortalecido a divulgação da empresa e o alcance aos interesses dos consumidores.
-5-

Como aponta KOTLER et al (2002), antigamente a empresa era o “caçador” de clientes, nos dias atuais este quadro tem se invertido, sendo que cabe à empresa detectar as necessidades do cliente e caminhar de modo a satisfazê-las. Basta acessar seu endereço na internet para encontrar um vídeo narrado pela cantora Ivete Sangalo, apresentando a moda da estação e, após o vídeo a imagem presente da mesma na página da empresa. Tal associação não apenas fortalece a marca, como também fomenta que – assim como o ritmo musical da cantora, um tanto quanto despojado e bastante tocada no carnaval – os produtos da mesma tendem a atender as necessidades das pessoas de forma positiva e – principalmente, sinalizando ao público jovem que ali serão encontrados os produtos que atendam às suas necessidades. Se tomarmos a idéia apresentada por KOTLER (2009) acerca do conceito de marketing, a saber:
“O conceito de marketing assume que a chave para atingir as metas organizacionais consiste em ser mais eficaz do que os concorrentes para integrar as atividades de marketing, satisfazendo, assim, as necessidades de desejos dos mercados alvos”

Perceber-se-á que o slogan “Riachuelo, essa é a moda” sinaliza para o pleno atendimento da necessidade humana de aceitação aos padrões sociais, a saber, ‘estar na moda’. No que tange às necessidades dos consumidores, que possam vir a ser declaradas ou não, de prazer, secretas – ao se propor a ofertar produtos ditos como de preços baixos, qualidade superior e que “se encaixam no estilo de vida de cada um”, passa também a oferecer uma relação de custo x benefício maior ao consumidor. Situação na qual, após a tensão sofrida por aquele

-6-

consumidor indeciso quanto a compra, a possibilidade por optar por formalizar a compra (decisor) torna-se bastante alta. Sem contar ainda que, roupa é um bem necessário a todos em nossa sociedade, sendo portanto que a necessidade existe e é extremamente influenciável na busca pelo produto. Além do mais, em todas as lojas do grupo existe a possibilidade do cliente de fazer um cartão – sem bandeiras tradicionais de cartão de crédito – para fins de parcelamento de compras somente no interior da loja, com limite de compras personalizado e de acordo com as necessidades do cliente. No que tange ao cenário nacional, as principais concorrentes da Riachuelo são: C&A, Renner e Pernabucanas.

2.3 – Ação Social Ainda no website da Riachuelo é possível encontrar indicações das ações sociais e de inclusão prestadas pela mesma. Dentre as quais se podem destacar: a) Ação Voluntária: programa por intermédio do qual a empresa fomenta a participação de seus funcionários em projetos de voluntariado. b) Programa PcD: caracteriza-se pela oferta de vagas a portadores de deficiências em seu quadro de funcionários. c) Programa Jovem Aprendiz: em consonância com a lei 11.788/2008, caracteriza-se pela oferta de oportunidades de crescimento profissional para jovens e adolescentes (14 a 24 anos). d) Doações para o Teleton: a empresa anualmente participa de doações para o programa.
-7-

3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS KOTLER, P. Administração de Marketing – Análise, Planejamento, Implementação e Controle. 5ª ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009. KOTLER, P.; JAIN, DIPAK C.; MAESINCEE, S. Marketing em ação – uma nova abordagem para lucrar, crescer e renovar. Rio de Janeiro: Campus, 2002. RIACHUELO. Disponível http://www.riachuelo.com.br/institucional/1/empresa.aspx> 04 Set. 2010 09h45. em:< Acesso:

-8-

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful