You are on page 1of 8



por
David Gorodovits e Jairo Fridlin

Texto hebraico baseado no Códex de Alepo
e tradução baseada no hebraico e
à luz do Talmud e das fontes judaicas
Tanah Completo – Hebraico e Português © 2018 by Editora e Livraria Sêfer Ltda
Torá ‫ּת ָֹורה‬ Texto em Hebraico Sami Artur Mandelbaum e Jairo Fridlin
Gênesis 2 ‫אׁשית‬ ִ ‫ְ ּב ֵר‬ Concepção e Editoração Eletrônica Jairo Fridlin
Êxodo 142 ‫ְׁשמֹות‬ Capa Dagui Design
Levítico 264 ‫וַ ִ ּי ְק ָרא‬ Direitos reservados à
Números 354 ‫ַ ּב ִמ ְד ַ ּבר‬ EDITORA E LIVRARIA SÊFER LTDA.
Deuteronômio 478 ‫דְּ ָב ִרים‬ Alameda Barros, 735 CEP 01232-001 São Paulo SP Brasil Tel. 11 3826-1366
Livraria Virtual: www.sefer.com.br
Profetas ‫יאים‬
ִ ‫נְ ִב‬
O texto em português desta edição é o mesmo da
Josué 588 ‫הֹוׁש ַע‬
ֻ ְ‫י‬
Juízes 658 ‫ׁש ְֹפ ִטים‬
Samuel 730 ‫מוּאל‬
ֵ ‫ְׁש‬
Reis 908 ‫ְּמ ָל ִכים‬
Isaías 1086 ּ‫יְ ַׁש ְעיָ הו‬
Jeremias 1240 ‫יִ ְר ְמיָ הו‬
Ezequiel 1414 ‫יְ ֶחזְ ֵקאל‬ Bíblia Hebraica © 2006 by Editora e Livraria Sêfer Ltda.
Os Doze ‫ְׁשנֵ ים ָע ָׂשר‬
Oseias 1564 ַ‫הֹוׁשע‬ ֵ Tradução David Gorodovits e Jairo Fridlin
Joel 1586 ‫יֹואל‬ ֵ Secretaria Uri Lam
Amós 1594 ‫עָ מֹוס‬ Digitação Iara Drobles
Obadias 1612 ‫ע ַֹב ְדיָ ה‬ Edição Final Jairo Fridlin
Jonas 1616 ‫יֹונָ ה‬ Revisão Alexandre da Cunha Santos
Mihá [Miqueias] 1620 ‫יכה‬ ָ ‫ִמ‬ Editoração Eletrônica LCT Tecnologia
Nahum 1634 ‫נַ חוּם‬ Revisão Gramatical Final Ricardo Paulo Novais
Habacuc 1640 ‫ֲח ַב ּקוּק‬ Capa Dagui Design
Tsefaniá [Sofonias] 1648 ‫ְצ ַפנְ יָ ה‬ Revisão Técnica:
Hagai [Ageu] 1654 ‫ַח ַ ּגי‬ Rabino Marcelo Borer (Torá)
Zacarias 1660 ‫זְ ַכ ְריָ ה‬ Profs. Norma e Ruben Rosenberg (Josué, Juízes e 1 Samuel)
Malaquias 1684 ‫ַמ ְל ָא ִכי‬
Prof. Daniel Presman (2 Samuel, Reis, de Jó a Crônicas)
Rabino Daniel Touitou (Isaías, Jeremias e Ezequiel)
Escritos ‫תוּבים‬
ִ ‫ְּכ‬ Prof. Marcel Berditchevsky (Os Doze)
Rabino Saul Paves (Provérbios)
Salmos 1696 ‫ּ ְת ִה ִּלים‬
Provérbios 1880 ‫ִמ ְׁש ֵלי‬ Agradecimentos:
Jó 1946 ‫ִאיֹּוב‬ Augusta Gorodovits, Sheila L. Fridlin, Ilana Fridlin Sobel,
Cântico dos Cânticos 2026 ‫ִׁשיר ַה ּ ִׁש ִירים‬ Ivo Minkovicius, Prof. Nelson Rozenchan e Prof. Daniel Presman.
Rute 2038 ‫רוּת‬
Lamentações 2048 ‫ֵא ָיכה‬
Eclesiastes 2066 ‫ק ֶֹה ֶלת‬ Proibida a reprodução total ou parcial desta obra, por qualquer meio,
Ester 2088 ‫ֶא ְס ּ ֵתר‬ sem a autorização expressa da Editora e Livraria Sêfer Ltda.
Daniel 2112 ‫דָּ נִ ֵ ּיאל‬
2018
Ezra • Neemias 2160 ‫ֶעזְ ָרא•נְ ֶח ְמיָ ה‬
ISBN 978-85-7931-077-5
Crônicas 2240 ‫דִּ ְב ֵרי ַה ָ ּי ִמים‬
Printed in Brazil
–, embora não houvesse como reproduzi-la no texto em Ainda assim, o estilo de tradução da TORÁ é diferente PREFÁCIO (2006/2018) Para nós, judeus, as respostas se encontram no TANAH
português. Em outros, foi feita uma tentativa de destacá-los, do adotado nos PROFETAS e nas ESCRITURAS. Cada e no Talmud, no estudo de suas mensagens e na prática de
inclusive no texto em português, embora de modo parcial e
não completamente igual.
VOCALIZAÇÃO DO TEXTO EM HEBRAICO –
bloco teve um tratamento adequado ao seu estilo e teor,
mas sem esquecer por um segundo sequer sua origem e
inspiração Divinas.
Q ual navio que, numa noite de neblina, navega entre os
rochedos ameaçadores de um mar revolto, buscando
a luz de um farol que o possa orientar, o homem procura
seus ensinamentos. Mas para que isto se torne possível, é
necessária a compreensão de seus textos. Em outras palavras,
é essencial que estejam acessíveis na língua nativa de quem
Graças ao desenvolvimento de uma fonte gráfica específica NOMES PRÓPRIOS – A fim de acrescentar um sabor um caminho que o conduza a um mundo diferente do atual, está disposto a estudá-los.
para esta obra, foi possível destacar no texto a vogal Camats hebraico ao texto, optou-se pela manutenção dos nomes em que haja paz, compreensão, amizade e um espírito de A isto se propõe esta edição do TANAH, que busca
(som de A ◌ָ) quando pronunciada como O (camats catan próprios no idioma original, exceto os já consagrados. En- ajuda mútua entre todos os seres humanos e as sociedades simultaneamente ser fiel ao original hebraico e à tradição
◌‫ׇ‬ ), assim como a vogal Shevá (◌ְ) quando pronunciada tre colchetes aparecem esporadicamente seus equivalentes das quais fazem parte. rabínica, e a manter a clareza da linguagem corrente em
◌ְ
como E (Shevá Ná ). As dezenas de dúvidas a respeito – ora em hebraico, ora em português – para facilitar sua Nesta época da história da humanidade em que parece português.
foram dirimidas pelo Tanah do Instituto Simanim (com ex-
ceção do nome próprio Mordechai, que foi mantido assim).
DIVISÃO CAPITULAR – Apesar de não ser judaica
identificação pelo leitor. Alguns nomes consagrados, por
não manterem a sonoridade original, foram abandonados,
como Ageu e Sofonias.
não mais existirem valores morais e éticos que pautem os
comportamentos dos seres e das nações, filosofias estranhas
e duvidosas são encaradas como verdades incontestáveis, e
D e acordo com o que se pôde apurar até agora, e salvo
engano, esta é a primeira vez na história que um grupo
de judeus se debruça sobre todo o cânon do TANAH com
e datar apenas das primeiras impressões do Tanah em fins INOVAÇÕES – Duas interessantes inovações foram guias carismáticos, que se arvoram salvadores, são seguidos o intuito de traduzi-lo diretamente do original hebraico
do século 15 da era comum, a divisão universal da Bíblia feitas: a manutenção em hebraico do termo “ben” e “bat” sem questionamento por multidões na vã esperança de que para o português. Fatores externos ao judaísmo certamente
em capítulos e versículos foi incluída nesta obra – tanto no (“filho/filha de” – como “Avner ben Ner” e “Mihal bat Saul”), conduzam à realização de ideais imaginários. pesaram e inviabilizaram esta empreitada até agora, impe-
texto em português quanto no hebraico, mas na cor cinza. de forma similar a outros idiomas em que a relação de Entretanto, a acompanhar nosso caminho através da dindo que grande parcela do público de fala portuguesa
Embora bastante aleatória, imprecisa e causadora de inú- filiação (“von”, “ibn”) é parte integral do nome. Em alguns história, sempre esteve – e está – ao nosso alcance o ensina- tivesse acesso a uma versão do texto bíblico mais apurada
meras distorções, ela está presente neste trabalho por ter se casos, o resultado deixa a desejar (“Josué bin Nun”), mas são mento que pode elevar o espírito humano e fazê-lo digno da e isenta de influências externas que, por diferentes razões,
consagrado também nos círculos judaicos no decorrer dos exceções. Outra foi a opção pela utilização de números car- imagem Daquele que o criou: o TANAH, a Bíblia Hebraica, alteraram-no ou o adaptaram às suas próprias conveniências
últimos séculos e constar de todas as modernas edições do dinais e ordinais no lugar de números escritos por extenso, que nos ensina a trilhar o caminho do aperfeiçoamento con- e necessidades teológicas.
Tanah. Isso se deve, provavelmente, à sua funcionalidade, quando expressando quantidades. A exceção parcial à regra tínuo de nossos valores e comportamentos éticos e morais. Já esta versão com ambos os textos – hebraico e portugês
e constitui uma “ponte” entre diferentes culturas ao Livro foi “um–uma” e “dois–duas”. Seus personagens, profundamente humanos, nem por – certamente é a primeira, e só foi produzida agora devido
dos Livros. [Um entre tantos exemplos interessantes dessa GRAFIA DO TEXTO EM PORTUGUÊS – Na grafia isso deixam de alcançar, ainda que por momentos, níveis às enormes dificuldades técnicas que então se apresenta-
aleatoriedade é o início do capítulo 53 de Isaías, exatamente de palavras hebraicas em letras latinas (transliteração) tão elevados que os tornam capazes de comunicar-se com o vam, mas que o avanço tecnológico tratou de solucionar,
3 versículos após o início de uma profecia (52:13), dando inovou-se também com a adoção da letra H ou h sublinha- Eterno. Abrahão, Isaac, Jacob e todos os profetas de Israel nos permitindo-nos enfim oferecê-la aos leitores e concretizar
a entender ao leitor que ali tem início outra profecia total- da para o som gutural de RR (como na palavra “carro” em apontam o caminho para a realização do imenso potencial um sonho há muito acalentado.
mente desvinculada da anterior.] português), em equivalência às letras hebraicas Het e Haf de fazer o bem com que o Criador dotou o ser humano. Esta tarefa exigiu a adoção de alguns critérios e padrões,
ESTILOS DE TRADUÇÃO – Nossos Sábios dizem que (‫ ח‬e ‫)כ‬, e não ‘ch’ ou ‘kh’. Quando não sublinhada, ela tem Fiel à verdade de forma absoluta, a Bíblia não apenas os quais expomos a seguir:
a Torá tem “70 faces”. Por isso, a tradução de um versículo o som de ‘h’ aspirado como em ‘half ’, em inglês (e como a nos revela as imperfeições de seus personagens como tam- TEXTO HEBRAICO – O texto hebraico deste trabalho
em hebraico para qualquer outro idioma expressa, muitas letra ‫ ה‬em hebraico). bém nos abre as portas da compreensão para o significado se baseia no Tanah publicado em 2002 pela Editora Horev, de

P
vezes, apenas um desses aspectos, cabendo aos tradutores or fim, rogamos ao Criador que não atribua a terceiros da Teshuvá, o retorno ao caminho certo através do arrepen- Jerusalém, anotado pelo emérito Rabino Mordehai Breuer,
a ingrata e subjetiva tarefa de optar por um dos caminhos os eventuais erros e incorreções deste trabalho, pois dimento e da percepção de como somos ingratos para com que por sua vez está baseado nos manuscritos do Kéter (Có-
a ser seguido, deixando para trás outras excelentes opções estes são de nossa total responsabilidade, mesmo os in- o Eterno, que nos dá todas as condições de abraçar posturas dex) de Alepo (Aram-Tsobá), relacionados historicamente
interpretativas – certamente tão válidas quanto a apresentada conscientes. Ficaremos muito gratos se os atentos leitores éticas mais elevadas e atingir Seus anseios mais caros. aos grandes mestres massoréticos e ao Maimônides, e con-
nesta obra – que caberiam muito bem em notas de rodapé, o os apontarem, a fim de que possamos corrigi-los nas futuras No primeiro livro do TANAH, quando Deus coloca o siderados mundialmente a versão mais precisa e autêntica,
que não foi o caso, nem era a proposta deste trabalho. Mas edições e, assim, apurar mais esta importante obra e, desta homem no Jardim do Éden, um quadro vívido do que de- bem como em versões relacionadas a eles. Estão baseadas
usou-se a inserção criteriosa de certas palavras (normal- forma, “engrandecer e glorificar Sua Torá” (Isaías 42:21). veria ser a ecologia universal nos é apresentado: o homem e nele: a grafia das palavras, incluindo o KERI (em letras
mente entre parênteses) quando extremamente necessárias Permita o Eterno que esta obra instile em seus leitores o todos os componentes da natureza convivendo em equilíbrio normais) e KETIV (em letras menores e na cor cinza, entre
à compreensão do texto, ou adotou-se determinada tradução desejo de absorver seus ensinamentos e passar a vivenciá-los e harmonia. No entanto, o ser humano não consegue manter colechetes, sendo que algumas poucas variantes aparecem
não literal a fim de possibilitar sua leitura à luz dos ensina- na prática, fazendo assim com que seus procedimentos sejam o comportamento que lhe é determinado e, em conseqüência nas margens em cinza); a sinalização massorética, inclusive
mentos e orientações técnicas dos Sábios do Talmud e dos parcelas positivas da grande somatória em que se constitui disto, é obrigado a deixar o Paraíso. pontos extras sobre determinadas palavras; algumas letras
consagrados exegetas bíblicos judeus dos últimos 2.000 anos. a totalidade das ações humanas, contribuindo para que se “Com o suor de teu rosto comerás pão”: a sentença maiores (RABATI), menores (ZEIRÁ) ou soltas no texto,
VISÃO EDUCACIONAL – Por outro lado, a equipe torne mais próxima a realização do sonho de um mundo proferida pouco antes de sua expulsão é muitas vezes que costumam constar das edições impressas; a abertura dos
de tradutores e revisores encarregada deste trabalho foi onde o sentimento de cada ser humano para com seu pró- interpretada como um terrível castigo, mas o judaísmo a parágrafos, de modo a assinalar – embora indistintamente
composta basicamente por rabinos e educadores, o que a ximo seja expresso pelo significado da palavra que sempre entende como uma nova oportunidade oferecida ao homem nesta edição – as aberturas e espaços em branco do texto
levou muitas vezes a priorizar a clareza, a simplicidade e a foi nossa saudação: Shalom! pelo Criador, em Sua infinita bondade, para que ele, com hebraico (Parashá Petuha e Setumá); e a divisão de certos
modernização de certos termos e construções gramaticais e seu trabalho, esforço e mérito, reconstrua esse mundo ideal. versículos. Na Torá, a divisão em 54 porções semanais
a abrir mão da literalidade, visando, sempre que necessário, David Gorodovits Mas onde encontrar orientação para trihar este cami- também foi incluída. Em alguns trechos muito especiais foi
facilitar a compreensão do texto, seu sentido e sua mensagem Jairo Fridlin nho? Como abrir as estradas que podem levar novamente mantida a diagramação clássica (como a que se assemelha
no vernáculo para o público atual. Sivan de 5778 – Maio de 2018 a uma era de harmonia, paz universal e amor sem cobiça? ao “assentamento de tijolos”) – especialmente nos cânticos
Torá ‫ּת ָֹורה‬
Tora Neviim Ketuvim, Horev Publishing La Biblia – Hebreo-Español, Moisés Katz-
House, 2002, Jerusalém, Israel. -nelson, Sinai Publishing, 1996, Tel-Aviv, Israel.

Tora Neviim Ketuvim, Koren Publishing The Book of Megillos, Rabbi Meir Zlotowitz,
House, 1996, Jerusalém, Israel. Mesorah Publications, 1987, NY, USA.

Tora Neviim Ketuvim – Simanim, Feldheim Hamilon Haivri Hamerucaz, A. Even-Shoshan,
Gênesis 2 ‫אׁשית‬ ִ ‫ְ ּב ֵר‬ Publishers, 2004, Jerusalém, Israel. Kiriat-Sêfer, 1977, Jerusalém, Israel.

Êxodo 142 ‫ְׁשמֹות‬ Torá - A Lei de Moisés, R. Meir Matzliah Dicionário Português-Hebraico e Hebraico-
Melamed, Editora Sêfer, 2001, S. Paulo, Brasil. -Português, Avraham e Shoshana Hatzamri,
Levítico 264 ‫וַ ִ ּי ְק ָרא‬ Editora Sêfer, 2000, São Paulo, Brasil.
The Chumash/Stone Edition, R. Nosson Scher-
Números 354 ‫ַ ּב ִמ ְד ַ ּבר‬ man, Mesorah Publication, 1993, NY, USA.
Dicionário Aurélio Eletrônico Século XXI,
Lexikon Informática/Nova Fronteira, versão
Deuteromônio 478 ‫דְּ ָב ִרים‬ Judaica Press Books of The Bible, Rabbi A. J. 3.0, 1999.
Rosenberg, Judaica Press, 1997, NY, USA.
DICMAXI Michaelis Português - Moderno
Hamisha Humshê Torá Rav Peninim, Hotsaat Dicionário da Língua Portuguesa, DTS
Lewin-Epstein, 1967, Jerusalém, Israel. Software Brasil, versão 1.0, 1998.

Humash Torat Hayim, Mossad HaRav Kook, * * *
1993, Jerusalém, Israel.
Principais exegetas consultados:
Judaica Press Books of Prophets and Holy
Rashi (França e Alemanha, 1040 - 1105)
Writings, Rabbi A. J. Rosenberg, Judaica Press,
1978-1991, NY, USA. Onkelos (Israel, c. 90)

Nah Micraot Guedolot, Hotsaat Am Olam, Ralbag/Gersônides (Provença, 1288 - 1344)
1961, Jerusalém, Israel. Redak (Provença, 1160 - 1235)
Salmos – com Tradução e Transliteração, Ibn-Ezra (Espanha, 1089 - c. 1164)
Vitor Fridlin, David Gorodovits e Jairo Fridlin,
Gaon de Vilna (Lituânia, 1720 - 1797)
Editora Sêfer, 1999, S. Paulo, Brasil.
Ramban/Nahmânides (Espanha, 1194 - 1270)
Tanach/Stone Edition, R. Nosson Scherman,
Mesorah Publication, 2000, NY, USA. Rambam/Maimônides (Egito, 1135 - 1204)

The Holy Scriptures Acording to Masoretic Maharit (Turquia, 1568 - 1639)
Text, R. Morris A. Gitstein, R. David Graubart, Ialcut Shimoni (Alemanha, séc. 13)
Menorah Press, 1957, NY, USA.
Dom Isaac Abravanel (Espanha, 1437 - 1508)
A Bíblia Sagrada, versão da Imprensa Bíblica
Daat Sofrim (Israel, 1911 - 2001)
Brasileira, baseada na tradução de João Ferreira
de Almeida, de acordo com os melhores textos Hirsch (Alemanha, 1808 - 1888)
em Hebraico e Grego, 1979, RJ, Brasil. Alshih (Israel, 1508 - 1593?)
Josué, Juízes, Samuel e Reis, com comentário Hida (Israel, séc. 18)
“Nachalat Avot” do rabino Avraham Blau,
Malbim (Romênia e Rússia, 1809 - 1879)
tradução de Rafael Fisch, Editora Maayanot,
1984-2002, S. Paulo, Brasil. Metsudot (Polônia, séc. 18)
Gênesis 3
Bereshit 2
‫אׁשית‬
ִ ‫ְ ּב ֵר‬
Bereshit
1   No princípio, ao criar Deus os céus e a terra,

a terra era sem for-

‫הו‬
ּ ֙ ֹ‫ ְו ָה ָ֗א ֶרץ ָהֽיְ ָ ֥תה ֨ת‬ ‫אׁשית ָ ּב ָ ֣רא ֱאל ִ ֹ֑הים ֵ ֥את ַה ּ ָׁש ַמ֖יִ ם ְו ֵ ֥את ָה ָ ֽא ֶרץ׃ ב‬ ֖ ִ ‫ ְ ּב ֵר‬ ‫א‬ ‫א‬ ‫אׁשית‬
ִ ‫ְ ּב ֵר‬
ma e vazia, e havia escuridão sobre a face do abismo, e o espírito de ‫אמר‬ ֶ ֹ ‫וַ ֥ ּי‬ ‫ל־פ ֵנ֥י ַה ָּ ֽמיִ ם׃ ג‬ְ ּ ַ‫ל־פ ֵנ֣י ְת ֑הֹום ְו ֣ר ַוּח ֱאל ִֹ֔הים ְמ ַר ֶח ֶ֖פת ע‬ ְ ּ ַ‫וָ ֔בֹהוּ ְו ֖ח ֶׁש ְך ע‬
Deus pairava sobre a face das águas. 3 E Deus disse: “Haja luz!” e houve
luz. 4 E Deus viu que a luz era boa, e Deus separou entre a luz e a escuri-
‫י־טֹוב וַ ַ ּי ְבדֵּ ֣ל ֱאל ִֹ֔הים‬ ֑ ‫ת־ה ֖אֹור ִּכ‬ ָ ‫וַ ַ ּי ְ֧רא ֱאל ִ ֹ֛הים ֶא‬ ‫י־אֹור׃ ד‬ ֽ ‫י־אֹור ַ ֽוי ְִה‬ ֑ ‫ֱאל ִ ֹ֖הים יְ ִה‬
ְ
‫אֹור י֔ ֹום ְו ַל ֖חֹ ֶׁשך ָ ֣ק ָרא ָל֑יְ ָלה‬ ְ
֙ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֨רא ֱאל ִ ֹ֤הים ׀ ָל‬ ‫ֵ ּב֥ין ָה ֖אֹור ֵוּב֥ין ַה ֽחֹ ֶׁשך׃ ה‬
dão. 5 E Deus chamou à luz Dia e à escuridão chamou Noite. E foi tarde
e foi manhã, dia um. ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר י֥ ֹום ֶא ָחֽד׃‬ ֶ ‫ַ ֽוי ְִה‬
6
E Deus disse: “Haja um firmamento no meio das águas, e haja sepa-
‫וַ ַ ּי֣עַ ׂש‬ ‫יהי ַמ ְבדִּ ֔ יל ֵ ּב֥ין ַמ֖יִ ם ָל ָ ֽמיִ ם׃ ז‬ ְ ‫֣אמר ֱאל ִֹ֔הים יְ ִ ֥הי ָר ִ ֖קיעַ ְ ּב ֣ת‬
֣ ִ ‫ֹוך ַה ָ ּ ֑מיִ ם ִו‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫ו‬
ração entre águas e águas!” 7 E Deus fez o firmamento e separou entre
as águas debaixo do firmamento e as águas de cima do firmamento, ‫ת־ה ָֽר ִקיעַ ֒ וַ ַ ּי ְבדֵּ ֗ ל ֵ ּ ֤בין ַה ַּ֨מיִ ֙ם ֲא ֶׁש ֙ר ִמ ַּת ַ֣חת ָל ָֽר ִ֔קיעַ ֵוּב֣ין ַה ַּ ֔מיִ ם ֲא ֶׁש֖ר‬ ָ ‫ֱאל ִֹה ֘ים ֶא‬
e assim foi. 8 E Deus chamou ao firmamento Céus. E foi tarde e foi ma- ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר‬ ֶ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֧רא ֱאל ִ ֹ֛הים ָל ָֽר ִ ֖קיעַ ָׁש ָ ֑מיִ ם ַ ֽוי ְִה‬ ‫י־כֽן׃ ח‬ ֵ ‫ֵמ ַע֣ל ָל ָֽר ִ ֑קיעַ ַ ֽוי ְִה‬
nhã, segundo dia. ‫י֥ ֹום ֵׁש ִנֽי׃‬
9
E Deus disse: “Juntem-se as águas debaixo dos céus em um lugar e se
‫ל־מ ֣קֹום ֶא ָ֔חד ְו ֵ ֽת ָר ֶא֖ה ַה ַ ּי ָ ּב ָ ׁ֑שה‬ ָ ‫֣אמר ֱאל ִֹ֗הים יִ ָ ּקו֨ וּ ַה ַּ ֜מיִ ם ִמ ַּ ֤ת ַחת ַה ּ ָׁש ַ֨מיִ ֙ם ֶא‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫ט‬
veja o leito seco!”, e assim foi. 10 E Deus chamou ao seco Terra, e à reu-
nião das águas chamou Mares, e Deus viu que era bom. 11 E disse Deus: ‫וּל ִמ ְק ֵו֥ה ַה ַּמ֖יִ ם ָק ָ ֣רא יַ ִ ּ ֑מים וַ ַ ּי ְ֥רא‬ ְ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֨רא ֱאל ִ ֹ֤הים ׀ ַל ַ ּי ָ ּב ָׁש ֙ה ֶ֔א ֶרץ‬ ‫י־כֽן׃ י‬ ֵ ‫ַ ֽוי ְִה‬
“Produza a terra relva – erva que dá semente; árvore de fruto que dá ‫֣אמר ֱאל ִֹ֗הים ַּ ֽת ְד ֵ ׁ֤שא ָה ָ֨א ֶר ֙ץ דֶּ ֗ ֶׁשא ֵ ֚ע ֶׂשב ַמזְ ִ ֣ריעַ ֶז ַ֔רע ֵע֣ץ‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫י־טֹוב׃ יא‬ ֽ ‫ֱאל ִ ֹ֖הים ִּכ‬
fruto de sua espécie, cuja semente esteja nele sobre a terra!”, e assim foi.
‫ֹוצא ָה ָ֜א ֶרץ‬ ֵ֨ ‫וַ ּת‬ ‫י־כֽן׃ יב‬ ֵ ‫ל־ה ָ ֑א ֶרץ ַ ֽוי ְִה‬ָ ַ‫עֹו־בֹו ע‬ ֖ ‫ּ ְפ ִ ֞רי ֤עֹ ֶׂשה ּ ְפ ִ ֙רי ְל ִמינ֔ ֹו ֲא ֶ ׁ֥שר זַ ְר‬
12 
E produziu a terra relva – erva que dá semente de sua espécie – e árvore
que dá fruto, que contém sua semente, segundo sua espécie, e Deus viu ‫עֹו־בֹו ְל ִמ ֵינ֑הוּ וַ ַ ּי ְ֥רא‬ ֖ ‫ה־פִ ֛רי ֲא ֶ ׁ֥שר זַ ְר‬ ְ ּ ‫ֶ ֠דּ ֶׁשא ֵע ֶׂ֣שב ַמזְ ִ ֤ריעַ ֶ֨ז ַר ֙ע ְל ִמ ֵ֔ינהוּ ְו ֵע֧ץ ֽעֹ ֶׂש‬
que era bom. 13 E foi tarde e foi manhã, terceiro dia. ‫יׁשי׃‬ ֽ ִ ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר י֥ ֹום ְׁש ִל‬ ֶ ‫ ַ ֽוי ְִה‬ ‫י־טֹוב׃ יג‬ ֽ ‫ֱאל ִ ֹ֖הים ִּכ‬
14 
E Deus disse: “Haja luzeiros no firmamento dos céus, para separar ‫֣אמר ֱאל ִֹ֗הים יְ ִ ֤הי ְמאֹר ֹ֙ת ִ ּב ְר ִ ֣קיעַ ַה ּ ָׁש ַ ֔מיִ ם ְל ַה ְבדִּ ֕ יל ֵ ּב֥ין ַה ֖ ּיֹום ֵוּב֣ין ַה ָ ּל֑יְ ָלה‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫יד‬
entre o dia e a noite, e sejam sinais para os prazos, dos dias dos anos,
‫ ְו ָהי֤וּ ִל ְמאֹור ֹ֙ת ִ ּב ְר ִ ֣קיעַ ַה ּ ָׁש ַ ֔מיִ ם‬ ‫וּליָ ִ ֖מים ְו ָׁש ִנֽים׃ טו‬ ְ ‫וּלמ֣ ֲֹוע ִ ֔דים‬ ְ ‫ְו ָהי֤וּ ְלאֹת ֹ֙ת‬
15 
e luzeiros no firmamento dos céus para iluminar sobre a terra!”, e assim foi.
16 
E Deus fez os dois grandes luzeiros – o luzeiro maior para governar o ‫ת־ׁש ֵנ֥י ַה ְּמאֹ ֖ר ֹת ַה ְ ּגד ִ ֹ֑לים‬ ְ ‫וַ ַ ּי֣עַ ׂש ֱאל ִֹ֔הים ֶא‬ ‫י־כֽן׃ טז‬ ֵ ‫ל־ה ָ ֑א ֶרץ ַ ֽוי ְִה‬
ָ ַ‫ְל ָה ִ ֖איר ע‬
dia, e o luzeiro menor para governar a noite, e as estrelas. 17 E Deus os ‫ת־ה ָּמא֤ ֹור ַה ָ ּק ֙טֹן ְל ֶמ ְמ ֶׁש ֶ֣לת ַה ַּ֔ליְ ָלה‬ ַ ‫ת־ה ָּמא֤ ֹור ַה ָ ּגדֹ ֙ל ְל ֶמ ְמ ֶׁש ֶ֣לת ַה ּ֔יֹום ְו ֶא‬ ַ ‫ֶא‬
colocou no firmamento dos céus para iluminar sobre a terra, 18 para go- ‫ל־ה ָ ֽא ֶרץ׃‬ ָ ַ‫וַ ִ ּי ֵּ ֥תן א ָ ֹ֛תם ֱאל ִ ֹ֖הים ִ ּב ְר ִ ֣קיעַ ַה ּ ָׁש ָ ֑מיִ ם ְל ָה ִ ֖איר ע‬ ‫ְו ֵא֖ת ַה ּֽכ ָֹוכ ִ ֽבים׃ יז‬
vernar de dia e de noite e para separar entre a luz e a escuridão, e Deus
viu que era bom. 19 E foi tarde e foi manhã, quarto dia. ‫ ְו ִל ְמׁש ֹ ֙ל ַ ּב ּיֹ֣ום ַוּב ַּ֔ליְ ָלה וּֽ ְל ַה ְבדִּ ֔ יל ֵ ּב֥ין ָה ֖אֹור ֵוּב֣ין ַה ֑ח ֶׁש ְך וַ ַ ּי ְ֥רא ֱאל ִ ֹ֖הים ִּכי־‬ ‫יח‬
20 
E Deus disse: “Produzam as águas réptil de alma viva e ave que voe ‫יעי׃‬
ֽ ִ ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר י֥ ֹום ְר ִב‬ ֶ ‫ ַ ֽוי ְִה‬ ‫ֽטֹוב׃ יט‬
sobre a terra, sobre a face do firmamento dos céus!” 21 E Deus criou os ‫ל־ה ָ֔א ֶרץ עַ ל־‬ ָ ַ‫עֹופ֣ף ע‬ ֵ ְ‫עֹוף י‬ ֙ ‫֣אמר ֱאל ִֹ֔הים יִ ְׁש ְרצ֣ וּ ַה ַּ ֔מיִ ם ֶׁש ֶ֖רץ ֶנ ֶ֣פׁש ַח ָ ּי֑ה ְו‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫כ‬
grandes peixes e toda alma viva que se arrasta, que as águas produziram
‫ל־נ ֶ֣פׁש‬ ֶ ‫ת־ה ַּת ִ ּנ ִינ֖ם ַה ְ ּגד ִ ֹ֑לים ְו ֵא֣ת ָּכ‬ ַ ‫וַ ִ ּי ְב ָ ֣רא ֱאל ִֹ֔הים ֶא‬ ‫ּ ְפ ֵנ֖י ְר ִ ֥קיעַ ַה ּ ָׁש ָ ֽמיִ ם׃ כא‬
segundo suas espécies, e toda ave segundo sua espécie, e Deus viu que
era bom. 22  Então Deus os abençoou, dizendo: “Frutificai, multiplicai- ּ‫ַה ַֽח ָ ּי֣ה ׀ ָ ֽהר ֶ ֹ֡מ ֶׂשת ֲא ֶׁשר֩ ָ ֽׁש ְר ֨צוּ ַה ַּ ֜מיִ ם ְל ִ ֽמינֵ ֶ֗הם ְו ֵ֨את ָּכל־ע֤ ֹוף ָּכנָ ֙ף ְל ִמ ֵ֔ינהו‬
-vos e enchei as águas dos mares, e que a ave se multiplique na terra!” ‫וַ יְ ָב ֶ֧ר ְך א ָ ֹ֛תם ֱאל ִ ֹ֖הים ֵלא ֑מֹר ּ ְפ ֣רוּ ְוּרב֗ וּ ִוּמ ְלא֤ וּ ֶאת־‬ ‫י־טֹוב׃ כב‬ ֽ ‫וַ ַ ּי ְ֥רא ֱאל ִ ֹ֖הים ִּכ‬
23 
E foi tarde e foi manhã, quinto dia. ‫יׁשי׃‬
ֽ ִ ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר י֥ ֹום ֲח ִמ‬ ֶ ‫ ַ ֽוי ְִה‬ ‫ַה ַּ֨מיִ ֙ם ַ ּב ַ ּי ִּ ֔מים ְו ָה ֖עֹוף ִ ֥י ֶ‍רב ָ ּב ָ ֽא ֶרץ׃ כג‬
1 Gênesis [Bereshit] 5 TANAH COMPLETO ‫ּ ָתנָ ׳׳ ְך ָׁש ֶלם‬ 4 ‫אׁשית‬
ִ ‫ְ ּב ֵר‬ ‫א‬
24 
E Deus disse: “Produza a terra alma viva segundo sua espécie – ani- ‫תֹו־א ֶ֖רץ‬ ֶ ְ‫ֹוצא ָה ָ֜א ֶרץ ֶנ ֶ֤פׁש ַח ָ ּי ֙ה ְל ִמ ָ֔ינ ּה ְ ּב ֵה ָמ֥ה וָ ֶר ֶ֛מׂש ְו ַחֽי‬ ֵ֨ ‫֣אמר ֱאל ִֹ֗הים ּת‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫כד‬
mal, réptil e animal selvagem da terra segundo sua espécie!”, e assim foi.
25 
E Deus fez o animal selvagem da terra segundo sua espécie, o animal
‫ת־ה ְ ּב ֵה ָמ ֙ה‬ ַ ‫ת־ח ַ֨ ּית ָה ָ֜א ֶרץ ְל ִמ ָ֗ינ ּה ְו ֶא‬ ַ ‫ים ֶא‬ ֩ ‫וַ ַ ּי֣עַ ׂש ֱאל ִֹה‬ ‫י־כֽן׃ כה‬ ֵ ‫ְל ִמ ָינ ּ֑ה ַ ֽוי ְִה‬
segundo sua espécie e todo réptil da terra segundo sua espécie, e Deus ‫֣אמר‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫י־טֹוב׃ כו‬ ֽ ‫ל־ר ֶמׂש ָה ֲֽא ָד ָמ֖ה ְל ִמ ֵינ֑הוּ וַ ַ ּי ְ֥רא ֱאל ִ ֹ֖הים ִּכ‬ ֥ ֶ ‫ְל ִמ ָ֔ינ ּה ְו ֵא֛ת ָּכ‬
viu que era bom. 26  E Deus disse: “Façamos homem à nossa imagem, ‫מוּתנוּ ְויִ ְרדּ ֩ ּו ִב ְד ַ֨גת ַה ָּ֜ים ְוּבע֣ ֹוף ַה ּ ָׁש ַ ֗מיִ ם‬ ֑ ֵ ‫ֱאל ִֹ֔הים ַנ ֲֽע ֶ ׂ֥שה ָא ָ ֛דם ְ ּב ַצ ְל ֵמ֖נוּ ִּכ ְד‬
conforme a nossa semelhança, e que domine sobre o peixe do mar, so-
‫וַ ִ ּי ְב ָ ֨רא ֱאל ִ ֹ֤הים‬ ‫ל־ה ָ ֽא ֶרץ׃ כז‬ ָ ַ‫ל־ה ֶ ֖ר ֶמׂש ָ ֽהר ֵֹמׂ֥ש ע‬ ָ ‫ל־ה ָ֔א ֶרץ ְוּב ָכ‬ ָ ‫ַוּב ְ ּב ֵה ָמ ֙ה ְוּב ָכ‬
bre a ave dos céus, sobre o animal e em toda a terra, e sobre todo réptil
que se arrasta na terra!” 27 E Deus criou o homem à Sua imagem, à ima- ‫ת־ה ָֽא ָד ֙ם ְ ּב ַצ ְל ֔מֹו ְ ּב ֶצ ֶ֥לם ֱאל ִ ֹ֖הים ָ ּב ָ ֣רא א ֹ֑תֹו זָ ָכ֥ר וּנְ ֵק ָב֖ה ָ ּב ָ ֥רא א ָ ֹֽתם׃‬ ָ ‫׀ ֶא‬
gem de Deus o criou; macho e fêmea criou-os. 28  E Deus os abençoou ‫ת־ה ָא ֶ֖רץ‬ ָ ‫אמר ָל ֶ֜הם ֱאל ִֹ֗הים ּ ְפ ֥רוּ ְוּרב֛ וּ ִוּמ ְל ֥אוּ ֶא‬ ְ
ֶ ֹ ‫וַ יְ ָב ֶ֣רך א ָֹת ֘ם ֱאל ִֹהי ֒ם וַ ֨ ּי‬ ‫כח‬
e Deus lhes disse: “Frutificai, multiplicai, enchei a terra e subjugai-a, ‫ל־ה ָ ֽא ֶרץ׃‬ ָ ַ‫ל־ח ָ ּי֖ה ָ ֽהר ֶֹמ ֶׂ֥שת ע‬ ַ ‫ְו ִכ ְב ֻׁש ָ֑ה ְוּרד֞ וּ ִ ּב ְד ַג֤ת ַה ָ ּי ֙ם ְוּבע֣ ֹוף ַה ּ ָׁש ַ ֔מיִ ם ְוּב ָכ‬
e dominai sobre o peixe do mar, sobre a ave dos céus e sobre todo ani-
mal que se arrasta na terra!” 29  E Deus disse: “Eis que vos tenho dado
‫ל־פ ֵנ֣י‬ ְ ּ ַ‫ל־ע ֶׂ֣שב ׀ ז ֵ ֹ֣רעַ ֶז ַ֗רע ֲא ֶׁש ֙ר ע‬ ֵ ‫ת־כ‬ ָּ ‫֣אמר ֱאל ִֹ֗הים ִה ֵ ּנ ֩ה נָ ַ֨ת ִּתי ָל ֶ֜כם ֶא‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫כט‬
toda erva que dá semente que está sobre a face de toda a terra, e toda ‫י־ע֖ץ ז ֵ ֹ֣רעַ ָז֑רַ ע ָל ֶכ֥ם ִי ְֽה ֶי֖ה ְל ָא ְכ ָלֽה׃‬ ֵ ‫ר־בֹו ְפ ִר‬ ּ֥ ‫ל־ה ֵע֛ץ ֲא ֶׁש‬ ָ ‫ת־כ‬ ָּ ‫ל־ה ָ֔א ֶרץ ְו ֶא‬ ָ ‫ָכ‬
árvore em que há fruto de árvore que dê semente; a vós será para comer. ֙‫ל־ה ָ֗א ֶרץ ֲא ֶׁשר־בּ ֹו‬ ָ ַ‫רֹומׂ֣ש ע‬ ֵ ‫וּל ֣כֹל ׀‬ ְ ‫ל־עֹוף ַה ּ ָׁש ַ ֜מיִ ם‬ ֨ ‫וּל ָכ‬ ְ ‫ל־ח ַ ּי֣ת ֠ ָה ָא ֶ֠רץ‬ ַ ‫וּֽ ְל ָכ‬ ‫ל‬
30 
E para todo animal da terra, para toda ave dos céus e para tudo que se
‫ל־א ֶׁש֣ר‬ ֲ ‫ת־כ‬ ָּ ‫וַ ַ ּי ְ֤רא ֱאל ִֹה ֙ים ֶא‬ ‫י־כֽן׃ לא‬ ֵ ‫ל־י ֶ֥רק ֵע ֶׂ֖שב ְל ָא ְכ ָל֑ה ַ ֽוי ְִה‬ ֶ ‫ת־כ‬ ָּ ‫ֶנ ֶ֣פׁש ַח ָּ֔יה ֶא‬
arrasta sobre a terra – em que haja alma viva –, toda verdura de erva será
para comer!”, e assim foi. 31 E Deus viu tudo o que fez e eis que era muito ‫י־ע ֶ֥רב ַ ֽוי ְִהי־ ֖בֹ ֶקר י֥ ֹום ַה ּ ִׁש ּ ִ ֽׁשי׃‬ ֶ ‫ה־טֹוב ְמ ֑אֹד ַ ֽוי ְִה‬ ֖ ‫עָ ָׂ֔שה ְו ִה ֵ ּנ‬
bom. E foi tarde e foi manhã, o sexto dia.   ‫יעי‬ ִ֔ ‫וַ יְ ַכ֤ל ֱאל ִֹה ֙ים ַ ּב ּיֹ֣ום ַה ּ ְׁש ִב‬ ‫ל־צ ָב ָ ֽאם׃ ב‬ ְ ‫וַ יְ ֻכ ּ ֛לוּ ַה ּ ָׁש ַ ֥מיִ ם ְו ָה ָא ֶ֖רץ ְו ָכ‬ ‫א‬ ‫ב‬
2  E assim foram acabados os céus, a terra e todo seu exército, 2 e Deus ִ֔ ‫אכ ּ֖תֹו ֲא ֶׁש֣ר עָ ָ ׂ֑שה וַ ִ ּי ְׁשבּ ֹ֙ת ַ ּב ּיֹ֣ום ַה ּ ְׁש ִב‬
1  
‫אכ ּ֖תֹו ֲא ֶ ׁ֥שר עָ ָ ֽׂשה׃‬ ְ ‫ל־מ ַל‬ ְ ‫יעי ִמ ָּכ‬ ְ ‫ְמ ַל‬
terminou no sétimo dia toda a obra que fez e cessou de fazê-la no
‫אכ ּ ֔תֹו‬ ְ ‫ל־מ ַל‬ ְ ‫יעי וַ יְ ַקדֵּ ׁ֖ש א ֹ֑תֹו ִ ּ ֣כי ב֤ ֹו ָׁש ַב ֙ת ִמ ָּכ‬ ִ֔ ‫וַ יְ ָ ֤ב ֶרך ֱאל ִֹה ֙ים ֶאת־יֹ֣ום ַה ּ ְׁש ִב‬ ‫ג‬ ְ
sétimo dia. 3 E Deus abençoou o sétimo dia e santificou-o, porque nele
cessou toda Sua obra, que Deus criara para fazer. ‫ר־ב ָ ֥רא ֱאל ִ ֹ֖הים ַל ֲֽע ֽׂשֹות׃‬ ּ ָ ‫ֲא ֶׁש‬
4
Estas são as origens dos céus e da terra ao serem criados, no dia que o ‫ֹול ֧דֹות ַה ּ ָׁש ַמ֛יִ ם ְו ָה ָא ֶ֖רץ ְ ּב ִה ָ ּב ְֽר ָ ֑אם ְ ּבי֗ ֹום ֲעׂש֛ ֹות יְ ָהֹו֥ה ֱאל ִ ֹ֖הים ֶ ֥א ֶרץ‬ ְ ‫ ֵא ֶּ֣לה ֽת‬ ‫ד‬ ‫שני‬
Eterno Deus os fez, 5 e toda planta do campo antes que houvesse na terra e
‫ל־ע ֶׂ֥שב ַה ּ ָׂש ֶ ֖דה ֶט ֶ֣רם יִ ְצ ָמ֑ח‬ ֵ ‫ ְו ֣כֹל ׀ ִ ׂ֣ש ַיח ַה ּ ָׂש ֶ ֗דה ֶ ֚ט ֶרם יִ ְה ֶי֣ה ָב ָ֔א ֶרץ ְו ָכ‬ ‫ְו ָׁש ָ ֽמיִ ם׃ ה‬
toda erva do campo antes que germinasse, porque não tinha feito chover
o Eterno Deus sobre a terra e o homem não existia para cultivar a ter- ‫ת־ה ֲֽא ָד ָמֽה׃‬ ָ ‫ל־ה ָ֔א ֶרץ ְו ָא ָד֣ם ַ֔איִ ן ַל ֲֽע ֖בֹד ֶא‬ ָ ַ‫הֹו֤ה ֱאל ִֹה ֙ים ע‬ ָ ְ‫ִּכי֩ ֨ל ֹא ִה ְמ ִ֜טיר י‬
ra. 6 E um vapor subia da terra e regava toda a face da terra. 7 E o Eterno ‫הֹוה ֱאל ִֹ֜הים‬ ֨ ָ ְ‫יצר֩ י‬
ֶ ‫וַ ִ֩ ּי‬ ‫ל־פ ֵנ֥י ָה ֲֽא ָד ָמֽה׃ ז‬ ְ ּ ‫ת־כ‬ ָּ ‫ן־ה ָ ֑א ֶרץ ְו ִה ְׁש ָ ֖קה ֶא‬ ָ ‫ ְו ֵא֖ד ַי ֲֽע ֶל֣ה ִמ‬ ‫ו‬
Deus formou o homem [Adám] do pó da terra, e soprou em suas nari- ‫ן־ה ֲ֣א ָד ָ ֔מה וַ ִ ּי ּ ַפ֥ח ְ ּב ַא ּ ָפ֖יו נִ ְׁש ַמ֣ת ַח ִ ּי֑ים וַ יְ ִ ֥הי ָה ָֽא ָ ֖דם ְל ֶנ ֶ֥פׁש‬ ָ ‫ת־ה ָֽא ָ ֗דם עָ ָפ ֙ר ִמ‬ ָ ‫ֶא‬
nas o alento da vida e o homem tornou-se alma viva. 8 E o Eterno Deus
plantou um jardim no Éden, no oriente, e pôs ali o homem que formara.
‫ת־ה ָֽא ָ ֖דם ֲא ֶ ׁ֥שר יָ ָצֽר׃‬ ָ ‫֥ן־ב ֵע ֶ֖דן ִמֶ ּ֑ק ֶדם וַ ָ ּי ֶׂ֣שם ָׁ֔שם ֶא‬ ּ ְ ‫וַ ִ ּי ַּ֞טע יְ ָהֹו֧ה ֱאל ִ ֹ֛הים ַ ּג‬ ‫ַח ָ ּיֽה׃ ח‬

E o Eterno Deus fez brotar da terra toda árvore agradável à vista e boa ‫ל־ע֛ץ נֶ ְח ָמ֥ד ְל ַמ ְר ֶא֖ה ְוט֣ ֹוב ְל ַמ ֲֽא ָכ֑ל ְו ֵ ֤עץ‬ ֵ ‫ן־ה ֲ֣א ָד ָ ֔מה ָּכ‬ ָ ‫הֹו֤ה ֱאל ִֹה ֙ים ִמ‬ ָ ְ‫וַ ַ ּי ְצ ַ ֞מח י‬ ‫ט‬
para comer, e a árvore da vida estava no meio do jardim, assim como a ‫ת־הגָּ ֑ן‬ ַ ‫ ְונָ ָה ֙ר י ֵֹצ֣א ֵמ ֵ֔ע ֶדן ְל ַה ְׁש ֖קֹות ֶא‬ ‫ֹוך ַה ָ ּ֔גן ְו ֵ֕עץ ַהדַּ ֖ עַ ת ֥טֹוב וָ ָ ֽרע׃ י‬ ְ ‫ַה ַֽח ִ ּי ֙ים ְ ּב ֣ת‬
árvore do conhecimento do bem e do mal. 10 E um rio saía do Éden para
‫יׁשֹון ה֣ וּא ַה ּס ֵ ֹ֗בב ֵ ֚את‬ ֑ ‫ ֵ ׁ֥שם ָה ֶֽא ָח֖ד ּ ִפ‬ ‫אׁשים׃ יא‬ ֽ ִ ‫ִוּמ ּ ָׁש ֙ם יִ ּ ָפ ֵ ֔רד ְו ָה ָי֖ה ְל ַא ְר ָ ּב ָע֥ה ָר‬
regar o jardim e dali se espalhava e convertia-se em quatro torrentes.
11 
O nome de um era Pishón, e rodeava toda a terra de Havilá, onde se ‫וּֽ זֲ ַה֛ב ָה ָ ֥א ֶרץ ַה ִ ֖הוא ֑טֹוב ָ ׁ֥שם ַה ְ ּב ֖דֹ ַלח‬ ‫ר־ׁש֖ם ַה ָ ּז ָהֽב׃ יב‬ ָ ‫ילה ֲא ֶׁש‬ ָ ֔ ‫ל־א ֶ֣רץ ַה ֲֽח ִו‬ ֶ ‫ָּכ‬
acha o ouro. 12  E o ouro daquela terra é bom; ali se encontra o cristal
2 Gênesis [Bereshit] 7 TANAH COMPLETO ‫ּ ָתנָ ׳׳ ְך ָׁש ֶלם‬ 6 ‫אׁשית‬
ִ ‫ְ ּב ֵר‬ ‫ב‬
e a pedra de ônix. 13  E o nome do segundo rio era Guihón, e rodeava ‫ל־א ֶרץ ּֽכוּׁש׃‬ ֥ ֶ ‫יחֹון ה֣ וּא ַה ּס ֵ ֹ֔ובב ֵא֖ת ָּכ‬ ֑ ‫ם־ה ָ ּנ ָה֥ר ַה ּ ֵׁש ִנ֖י ִ ּג‬ ַ ‫ ְו ֵׁש‬ ‫ְו ֶ ֥א ֶבן ַה ּ ֽׁש ֹ ַהם׃ יג‬
toda a terra de Cush [Etiópia]. 14  E o nome do terceiro rio era Hidékel
[Tigre], que corria ao oriente de Ashur [Assíria]. E o quarto rio era o Pe-
‫יעי ֥הוּא‬ ֖ ִ ‫יׁשי ִחדֶּ ֔ ֶקל ֥הוּא ַ ֽהה ֵֹל ְ֖ך ִק ְד ַמ֣ת ַא ּ ׁ֑שוּר ְו ַה ָ ּנ ָה֥ר ָה ְֽר ִב‬ ֙ ִ ‫ ְו ֵׁ֨שם ַה ָ ּנ ָה֤ר ַה ּ ְׁש ִל‬ ‫יד‬
rat [Eufrates]. 15 E o Eterno Deus tomou o homem e o pôs no jardim do ‫וּל ָׁש ְמ ָ ֽר ּה׃‬ ְ ‫ן־ע ֶדן ְלעָ ְב ָ ֖ד ּה‬ ֵ֔ ‫ת־ה ָֽא ָ ֑דם וַ ַ ּי ִ ּנ ֵח֣הוּ ְב ַג‬ ָ ‫וַ ִ ּיַ ּ֛קח יְ ָהֹו֥ה ֱאל ִ ֹ֖הים ֶא‬ ‫ְפ ָ ֽרת׃ טו‬
Éden, para o cultivar e guardá-lo. 16 E o Eterno Deus ordenou ao homem, ‫ ֵוּמ ֵ֗עץ‬ ‫ץ־ה ָ ּג֖ן ָא ֥כֹל ּת ֵֹאכֽל׃ יז‬ ַ ֵ‫ל־ה ָֽא ָ ֖דם ֵלא ֑מֹר ִמ ּ֥כֹל ע‬ ָ ַ‫הֹו֣ה ֱאל ִֹ֔הים ע‬ ָ ְ‫וַ יְ ַצו֙ י‬ ‫טז‬
dizendo: “De toda árvore do jardim podes comer. 17  Mas da árvore do
‫אמ ֙ר‬ ֶ ֹ ‫וַ ֨ ּי‬ ‫ַה ַ ֨דּ עַ ֙ת ט֣ ֹוב וָ ָ ֔רע ֥ל ֹא ת ַֹאכ֖ל ִמ ֶ ּמ֑נּ וּ ִּ֗כי ְ ּביֹ֛ום ֲא ָכ ְל ָ֥ך ִמ ֶּמ֖נּ וּ ֥מֹות ָּת ֽמוּת׃ יח‬
conhecimento do bem e do mal não comerás, pois no dia em que dela
comeres morrerás!” 18 E o Eterno Deus disse: “Não é bom que o homem ֩‫וַ ִ֩ ּי ֶצר‬ ‫ה־לֹו ֵע֖זֶ ר ְּכנֶ ְגדּֽ ֹו׃ יט‬ ּ֥ ‫הֹו֣ה ֱאל ִֹ֔הים ל ֹא־ט֛ ֹוב ֱהי֥ ֹות ָה ָֽא ָ ֖דם ְל ַבדּ֑ ֹו ֶא ֱֽע ֶׂש‬ ָ ְ‫י‬
esteja só. Far-lhe-ei uma companheira frente a ele!” 19 E o Eterno Deus ‫ל־ח ַ ּי֤ת ַה ּ ָׂש ֶד ֙ה ְו ֵא ֙ת ָּכל־ע֣ ֹוף ַה ּ ָׁש ַ ֔מיִ ם וַ ָ ּי ֵב ֙א ֶאל־‬ ַ ‫ן־ה ֲֽא ָד ָ ֗מה ָּכ‬ ָ ‫הֹוה ֱאל ִֹ֜הים ִמ‬ ֨ ָ ְ‫י‬
formou da terra todo animal do campo e toda ave dos céus, e trouxe ao ‫א־לֹו ָה ָֽא ָ ֛דם ֶנ ֶ֥פׁש ַח ָ ּי֖ה ֥הוּא‬ ֧ ‫א־לֹו ְוכֹ ֩ל ֲא ֶׁ֨שר יִ ְק ָר‬ ֑ ‫ָה ָ֣א ָ ֔דם ִל ְר ֖אֹות ַמה־ ִ ּי ְק ָר‬
homem para ver como lhes chamaria; e tudo o que chamasse o homem
à alma viva, esse seria o seu nome. 20 E o homem deu nomes a todo ani-
‫וּל ֖כֹל ַח ַ ּי֣ת ַה ּ ָׂש ֶד֑ה‬ ְ ‫וּלע֣ ֹוף ַה ּ ָׁש ַ ֔מיִ ם‬ ְ ‫ל־ה ְ ּב ֵה ָמ ֙ה‬ ַ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֨רא ָה ָֽא ָ ֜דם ֵׁש ֗מֹות ְל ָכ‬ ‫ְׁש ֽמֹו׃ כ‬ ‫שלישי‬

mal, ave dos céus e a todo animal do campo, mas para si não achou uma ‫ל־ה ָֽא ָ ֖דם‬ ָ ַ‫הֹוה ֱאל ִ ֹ֧הים ׀ ַּת ְרדֵּ ָמ֛ה ע‬ ֨ ָ ְ‫וַ ַ ּי ּ ֵפ ֩ל י‬ ‫א־מ ָצ֥א ֵע֖זֶ ר ְּכנֶ ְגדּֽ ֹו׃ כא‬ ָ ֹ ‫וּל ָא ָ ֕דם ֽל‬ ְ
companheira à sua frente. 21 E o Eterno Deus fez cair um sono profundo ‫הֹוה ֱאל ִ ֹ֧הים‬ ֨ ָ ְ‫וַ ִ֩ ּי ֶבן֩ י‬ ‫יׁשן וַ ִ ּי ַ ּ֗קח ַא ַח ֙ת ִמצַּ ְלע ָ ֹ֔תיו וַ ִ ּי ְס ֥גּ ֹר ָ ּב ָׂש֖ר ַּת ְח ֶּ ֽת ָ ּנה׃ כב‬ ֑ ָ ‫וַ ִ ּי‬
sobre o homem e ele adormeceu; então tomou uma de suas costelas e
‫אמ ֘ר‬ ֶ ֹ ‫וַ ֘ ּי‬ ‫ל־ה ָֽא ָ ֽדם׃ כג‬ ָ ‫ן־ה ָֽא ָ ֖דם ְל ִא ּ ָ ׁ֑שה וַ יְ ִב ֶא ָ֖ה ֶא‬ ָ ‫ר־ל ַ ֥קח ִמ‬ ָ ‫ת־הצֵּ ָל֛ע ֲא ֶׁש‬ ַ ‫׀ ֶא‬
fechou com carne o seu lugar. 22 E o Eterno Deus fez da costela, que tinha
tomado do homem, uma mulher, e a trouxe para o homem. 23 E o homem ‫ָה ָֽא ָד ֒ם זֹ֣את ַה ּ ַ֗פעַ ם ֶ ֚ע ֶצם ֵמ ֲֽע ָצ ַ ֔מי ָוּב ָׂש֖ר ִמ ְ ּב ָׂשִ ֑רי ְלז ֹ֙את יִ ָ ּק ֵ ֣רא ִא ּ ָׁ֔שה ִּ ֥כי ֵמ ִ ֖איׁש‬
disse: Esta aqui é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Esta será ּ‫ת־א ּ֑מֹו ְו ָד ַב֣ק ְ ּב ִא ְׁש ּ ֔תֹו ְו ָהי֖ ו‬ ִ ‫ת־א ִ ֖ביו ְו ֶא‬ ָ ‫ב־איׁש ֶא‬ ִ֔ ָ‫ל־כן ַי ֲֽעז‬ ֙ ֵּ ַ‫ע‬ ‫ֻל ְֽק ָחה־ ֽ ּז ֹאת׃ כד‬
chamada de mulher [ishá], porque do homem [ish] foi tomada. 24  Por-   ‫ׁשׁשוּ׃‬ ֽ ָ ּ‫רוּמים ָה ָֽא ָ ֖דם ְו ִא ְׁש ּ֑תֹו ְו ֖ל ֹא יִ ְתב‬ ֔ ִּ ‫יה ֙ם ֲע‬ ֶ ֵ‫וַ ִ ּי ְֽהי֤וּ ְׁשנ‬ ‫ְל ָב ָ ׂ֥שר ֶא ָחֽד׃ כה‬
tanto, o homem deve deixar seu pai e sua mãe e unir-se à sua mulher, e
assim serão como uma só carne. 25 E ambos estavam nus – o homem e
‫אמ ֙ר‬ ֶ ֹ ‫הֹו֣ה ֱאל ִ ֹ֑הים וַ ֨ ּי‬ ָ ְ‫ ְו ַה ָ ּנ ָח ׁ֙ש ָה ָי֣ה עָ ֔רוּם ִמ ּכֹ ֙ל ַח ַ ּי֣ת ַה ּ ָׂש ֶ ֔דה ֲא ֶ ׁ֥שר עָ ָׂש֖ה י‬ ‫א‬ ‫ג‬
sua mulher – mas não se envergonhavam. ‫אמר‬ ֶ ֹ ‫וַ ּ֥ת‬ ‫אכ ֔לוּ ִמ ּ֖כֹל ֵע֥ץ ַה ָ ּגֽן׃ ב‬ ְ ֹ ‫י־א ַמ֣ר ֱאל ִֹ֔הים ֣ל ֹא ֽת‬ ָ ‫ל־ה ִ֣א ּ ָׁ֔שה ַ ֚אף ִּ ֽכ‬ָ ‫ֶא‬

3 
1  
E a serpente era astuta – mais do que qualquer animal do campo ֒‫־ה ָ ּגן‬ ַ ‫תֹוך‬ ְ ‫ ִוּמ ּ ְפִ ֣רי ָהעֵ ֘ץ ֲא ֶׁש֣ר ְ ּב‬ ‫ץ־ה ָ ּג֖ן נ ֵֹאכֽל׃ ג‬ ַ ֵ‫ל־ה ָ ּנ ָחׁ֑ש ִמ ּ ְפ ִ ֥רי ע‬ ַ ‫ָה ִֽא ּ ָׁש֖ה ֶא‬
feito pelo Eterno Deus – e disse à mulher: Acaso Deus disse ‘Não co-
‫אמר ַה ָ ּנ ָחׁ֖ש‬ ֶ ֹ ‫וַ ֥ ּי‬ ‫לו ִמ ֶּ ֔מנּ וּ ְו ֥ל ֹא ִת ְ ּג ֖עוּ ּ֑בֹו ּ ֶפ֖ן ְּת ֻמ ֽתוּן׃ ד‬ ּ ֙ ‫אכ‬ ְ ֹ ‫ָא ַמ֣ר ֱאל ִֹ֗הים ֤ל ֹא ֽת‬
mereis de toda árvore do jardim’? 2 E a mulher disse à serpente: Do fruto
da árvore do jardim podemos comer, 3 mas do fruto da árvore que está ּ‫יֹום ֲא ָכ ְל ֶכ֣ם ִמ ֶּ ֔מנּ ו‬ ֙ ‫ ִּכ֚י י ֵֹד֣עַ ֱאל ִֹ֔הים ִּ֗כי ְ ּב‬ ‫ֹא־מֹות ְּת ֻמ ֽתוּן׃ ה‬ ֖ ‫ל־ה ִֽא ּ ָ ׁ֑שה ל‬ ָ ‫ֶא‬
no meio do jardim – disse Deus – não comereis dele, nem tocareis nele, ‫וַ ֵּת ֶ֣רא ָה ִֽא ּ ָׁ֡שה ִ ּ ֣כי‬ ‫ְונִ ְפ ְק ֖חוּ ֵעֽינֵ ֶיכ֑ם ִו ְֽהיִ ֶית ֙ם ֵּכֽאל ִֹ֔הים ֹֽי ְד ֵע֖י ֥טֹוב וָ ָ ֽרע׃ ו‬
para não morrerdes. 4 E a serpente disse à mulher: Não morrereis! 5 Pois ‫טֹוב֩ ָה ֨ ֵעץ ְל ַמ ֲֽא ָ֜כל ְו ִ ֧כי ַ ֽת ֲאוָ ה־ה֣ וּא ָלֽעֵ ַ֗יניִ ם ְונֶ ְח ָ ֤מד ָהעֵ ֙ץ ְל ַה ְׂש ִּ֔כיל וַ ִּת ַּ ֥קח‬
Deus sabe que, no dia em que comerdes dele, vossos olhos se abrirão e
sereis como Deus, conhecedores do bem e do mal. 6 E a mulher viu que
‫יהם‬ ֶ֔ ֵ‫וַ ִּת ּ ָפ ַ ֨ק ְחנָ ֙ה עֵ ֵינ֣י ְׁשנ‬ ‫ֹאכֽל׃ ז‬ ַ ‫יׁש ּ֛ה עִ ָּמ ּ֖ה וַ ּי‬ ָ ‫ם־ל ִא‬ ְ ‫ִמ ּ ִפ ְרי֖ ֹו וַ ּת ַֹאכ֑ל וַ ִּת ֵּת֧ן ַ ּג‬
a árvore era boa para comer, desejável para os olhos e cobiçável a árvore ּ‫ ַ ֽו ִ ּי ְׁש ְמ ֞עו‬ ‫רו ֲע ֵל֣ה ְת ֵא ָ֔נה וַ ַ ּי ֲֽע ׂ֥שוּ ָל ֶה֖ם ֲחגֹֽר ֹת׃ ח‬ ּ ֙ ‫וַ ֵ ּי ְ֣ד ֔עוּ ִּ ֥כי ֵע ֻֽיר ּ ֖מ ִם ֵה֑ם ַ ֽו ִ ּי ְת ּ ְפ‬
para entender o bem e o mal, e tomou do seu fruto e comeu, e deu tam- ‫ת־קֹול יְ ָהֹו֧ה ֱאל ִ ֹ֛הים ִמ ְת ַה ֵ ּל ְ֥ך ַ ּב ָ ּג֖ן ְל ֣ר ַוּח ַה ֑ ּיֹום וַ ִ ּי ְת ַח ֵּ֨בא ָה ָֽא ָ ֜דם ְו ִא ְׁש ּ ֗תֹו‬ ֨ ‫ֶא‬
bém a seu marido, que estava com ela, e ele comeu. 7 E os olhos de ambos
foram abertos e souberam que estavam nus; e coseram folhas de figuei-
ra e fizeram para si cintos. 8 Então ouviram a voz do Eterno Deus, que
passeava no jardim, na direção do pôr do Sol, e o homem e sua mulher
3 Gênesis [Bereshit] 9 TANAH COMPLETO ‫ּ ָתנָ ׳׳ ְך ָׁש ֶלם‬ 8 ‫אׁשית‬
ִ ‫ְ ּב ֵר‬ ‫ג‬
se esconderam da presença do Eterno Deus entre as árvores do jardim. ‫אמר‬ ֶ ֹ ‫ל־ה ָֽא ָ ֑דם וַ ֥ ּי‬
ָ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֛רא יְ ָהֹו֥ה ֱאל ִ ֹ֖הים ֶא‬ ‫ֹוך ֵע֥ץ ַה ָ ּגֽן׃ ט‬ ְ ‫הֹו֣ה ֱאל ִֹ֔הים ְ ּב ֖ת‬ ָ ְ‫ִמ ּ ְפנֵ ֙ י י‬
E o Eterno Deus chamou ao homem e lhe disse: “Onde estás?” 10 – e ele
֛ ָ ‫אמר ֶאת־ ֽקֹ ְל ָ֥ך ָׁש ַמ֖עְ ִּתי ַ ּבגָּ ֑ן ָו ִֽא‬

respondeu: Ouvi a Tua voz no jardim e tive medo, por estar nu, e me es-
‫ירא ִּ ֽכי־עֵ י ֥ר ֹם ָא ֖נֹ ִכי וָ ֵא ָֽח ֵבֽא׃‬ ֶ ֹ ‫וַ ּ֕י‬ ‫֖לֹו ַא ֶ ּי ָּֽכה׃ י‬
‫יתיך ְל ִב ְל ִּ ֥תי ֲא ָכל־‬ ָ ֛ ִ ִּ‫ן־ה ֵ֗עץ ֲא ֶׁש֧ר ִצו‬ ָ
ָ ‫אמר ִ ֚מי ִהגִּ ֣יד ְל ֔ך ִּ ֥כי עֵ י ֖ר ֹם ָ ֑א ָּתה ֲה ִמ‬ ֶ ֹ ‫וַ ּ֕י‬ ‫יא‬
condi. 11 E disse: “Quem te disse que estás nu? Por acaso comeste da árvore
da qual te ordenei não comer?” 12 – e o homem disse: A mulher que deste ‫ה־לי ִמן־‬ ֥ ִּ ָ‫אמר ָה ָֽא ָ ֑דם ָה ִֽא ּ ָׁש ֙ה ֲא ֶׁש֣ר נָ ַ ֣ת ָּתה עִ ָּמ ִ ֔די ִ ֛הוא ָנ ְֽתנ‬ ֶ ֹ ‫וַ ֖ ּי‬ ‫ִמ ֶּמ֖נּ וּ ָא ָכ ְֽל ָּת׃ יב‬
para mim, ela me deu da árvore e comi. 13 E o Eterno Deus disse à mulher:
‫אמ ֙ר ָה ִֽא ּ ָׁ֔שה‬ ֶ ֹ ‫אמר יְ ָהֹו֧ה ֱאל ִ ֹ֛הים ָל ִֽא ּ ָׁש֖ה ַמה־ ּזֹ֣את עָ ִ ׂ֑שית וַ ּ֨ת‬ ֶ ֹ ‫וַ ֨ ּי‬ ‫ָה ֵע֖ץ ָ ֽוא ֵֹכֽל׃ יג‬
“Que fizeste?” – e a mulher respondeu: A serpente me enganou e comi.
14 
E o Eterno Deus disse à serpente: “Porque fizeste isto, maldita és tu, ‫ל־ה ָ ּנ ָח ׁ֘ש ִ ּ ֣כי עָ ִ ׂ֣ש ָית ּז ֹא ֒ת‬ ַ ‫הֹוה ֱאל ִ ֹ֥הים ׀ ֶא‬ ֨ ָ ְ‫אמר֩ י‬ ֶ ֹ ‫וַ ֩ ּי‬ ‫יאנִ י ָ ֽוא ֵֹכֽל׃ יד‬ ֖ ַ ‫ַה ָ ּנ ָחׁ֥ש ִה ּ ִׁש‬
mais que todo animal e mais que todo animal do campo! Sobre o teu ven-
ְ
‫ל־ג ֽחֹנְ ֣ך ֵת ֔ ֵלך ְועָ ָפ֥ר ּת ַֹאכ֖ל‬ ָ ּ ְ ַ‫ל־ה ְ ּב ֵה ָ ֔מה ִוּמ ּ֖כֹל ַח ַ ּי֣ת ַה ּ ָׂש ֶד֑ה ע‬ ַ ‫ָא ֤רוּר ַא ָּת ֙ה ִמ ָּכ‬
tre andarás e pó comerás todos os dias da tua vida. 15 E porei inimizade ָ ָ
‫ ְו ֵא ָיב֣ה ׀ ָא ִׁ֗שית ֵ ּבֽינְ ֙ך ֵוּב֣ין ָה ִֽא ּ ָׁ֔שה ֵוּב֥ין זַ ְֽר ֲע ֖ך ֵוּב֣ין זַ ְר ָע ּ֑ה‬ ‫ֽיך׃ טו‬ ָ ‫ָּכל־יְ ֵמ֥י ַח ֶ ּי‬
entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; ela
te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar.”
ֶ ‫֚הוּא יְ ֽׁש ְוּפ ָ֣ך ֔ר ֹאׁש ְו ַא ָּ ֖תה ְּת‬
‫ׁשוּפ֥נּ וּ עָ ֵ ֽקב׃‬
16 
À mulher disse: “Multiplicarei o teu sofrer e tua concepção, e com dor da- ‫בֹונ ְ֣ך ְו ֵ ֽהר ֵֹ֔נ ְך ְ ּב ֶע ֶ֖צב ֵּת ְֽל ִ ֣די ָב ִנ֑ים ְו ֶאל־‬ ֵ ְּ‫ל־ה ִֽא ּ ָׁש֣ה ָא ַ ֗מר ַה ְר ָ ּ ֤בה ַא ְר ֶ ּב ֙ה עִ צ‬ ָ ‫ ֶא‬ ‫טז‬
rás à luz filhos. Teu desejo será para teu marido e ele dominará sobre ti.”   ְ‫ל־בֽך׃‬
ּ ָ ‫יׁש ֙ ְך ְּתׁש֣ ָוּק ֵ ֔תך ְו ֖הוּא יִ ְמ ָׁש‬
ְ ֵ ‫ִא‬
17 
E ao homem disse: “Porque escutaste a voz da tua mulher e comes- ָ‫ית ֙יך‬ ִ֨ ִּ‫ן־ה ֵ֔עץ ֲא ֶׁש֤ר ִצו‬ ָ ‫אכ ֙ל ִמ‬ ָ
ַ ֹ ‫וּל ָא ָד֣ם ָא ַ ֗מר ִ ּ ֣כי ָׁש ֘ ַמעְ ָּ֘ת ְל ֣קֹול ִא ְׁש ֶּ֒ת ֒ך וַ ּ֨ת‬ ְ  ‫יז‬
te da árvore da qual te ordenei, dizendo, dela não comerás – maldi-
ta é a terra por tua causa! Com fadiga comerás dela todos os dias de ‫אכ ֔ ֶל ָ ּנה ּ֖כֹל‬ ֲ ֹ ‫בֹון ּֽת‬ ֙ ָּ‫בוּר ָך ְ ּבעִ צ‬
֔ ֶ ‫רוּרה ָה ֲֽא ָד ָמ ֙ה ַ ּב ֲֽע‬ ֤ ָ ‫ֵלא ֔מֹר ֥ל ֹא ת ַֹאכ֖ל ִמ ֶ ּמ֑נּ וּ ֲא‬
tua vida. 18  E espinho e abrolho produzirá para ti e comerás a erva do ‫ ְ ּבזֵ ַ ֤עת‬ ‫ת־ע ֶׂ֥שב ַה ּ ָׂש ֶ ֽדה׃ יט‬ ֵ ‫ ְו ֥קֹוץ ְו ַד ְרדַּ ֖ ר ַּת ְצ ִ ֣מ ַיח ָל ְ֑ך ְו ָ ֽא ַכ ְל ָּ ֖ת ֶא‬ ‫ֽיך׃ יח‬ ָ ‫יְ ֵמ֥י ַח ֶ ּי‬
campo. 19 Com o suor de teu rosto comerás pão, até voltares para a ter- ‫ל־ה ֲ֣א ָד ָ ֔מה ִּ ֥כי ִמ ֶּמ ָ ּ֖נה ֻלָ ּ֑ק ְח ָּת ִּ ֽכי־עָ ָפ֣ר ַ֔א ָּתה‬ ָ ‫אכל ֔ ֶל ֶחם ַ ֤עד ֽׁש ְוּב ֙ ָך ֶא‬ ַ ֹ ‫יך ּ ֣ת‬ ָ ֙ ‫ַא ּ ֶ֨פ‬
ra – pois dela foste tomado – pois tu és pó e ao pó hás de retornar.”
20 
E o homem chamou o nome de sua mulher Eva [Havá], porque ela era
‫ל־חֽי׃‬ ָ ‫וַ ִ ּי ְק ָ ֧רא ָה ָֽא ָ ֛דם ֵ ׁ֥שם ִא ְׁש ּ֖תֹו ַחוָּ ֑ה ִ ּ ֛כי ִ ֥הוא ָהֽיְ ָ ֖תה ֵ ֥אם ָּכ‬ ‫ְו ֶאל־עָ ָפ֖ר ָּת ֽׁשוּב׃ כ‬
a mãe de todo ser vivente [Hai]. 21 E o Eterno Deus fez para o homem e ‫וּל ִא ְׁש ּ ֛תֹו ָּכ ְתנ֥ ֹות ֖עֹור וַ ַ ּי ְל ִ ּב ֵׁשֽם׃‬ ְ ‫הֹוה ֱאל ִֹ֜הים ְל ָא ָ ֧דם‬ ֨ ָ ְ‫וַ ַ֩ ּיעַ ׂש֩ י‬ ‫כא‬
para sua mulher túnicas de pele e os fez vestir. ‫הֹו֣ה ֱאל ִֹ֗הים ֵה֤ן ָה ָֽא ָד ֙ם ָהיָ ֙ה ְּכ ַא ַח֣ד ִמ ֶּ ֔מנּ וּ ָל ַ ֖דעַ ת ט֣ ֹוב וָ ָ ֑רע ְועַ ָּת֣ה‬ ָ ְ‫֣אמר ׀ י‬ ֶ ֹ ‫וַ ּי‬ ‫כב‬ ‫רביעי‬
22 
E o Eterno Deus disse: “Eis que o homem se tornou como um de Nós,
‫ ַ ֽוי ְַׁש ְּל ֵח֛הוּ יְ ָהֹו֥ה‬ ‫׀ ּ ֶפן־יִ ְׁש ַל֣ח יָ ד֗ ֹו ְו ָל ַק ֙ח ַּ ֚גם ֵמ ֵע֣ץ ַה ַֽח ִּ֔יים ְו ָא ַכ֖ל וָ ַ ֥חי ְלע ָֹלֽם׃ כג‬
para conhecer o bem e o mal. Agora, talvez ele estenda a sua mão e
tome também da árvore da vida, coma e viva para sempre.” 23 E o Eter- ‫ת־ה ָֽא ָ ֑דם‬ ָ ‫וַ יְ ָג ֶ֖רׁש ֶא‬ ‫ת־ה ֲ֣א ָד ָ ֔מה ֲא ֶ ׁ֥שר ֻל ַּ ֖קח ִמ ּ ָ ֽׁשם׃ כד‬ ָ ‫ן־ע ֶ֑דן ַל ֲֽעב ֹ֙ד ֶא‬ ֵ ‫ֱאל ִ ֹ֖הים ִמ ַ ּג‬
no Deus enviou-o do jardim do Éden – de onde havia sido tomado – ‫ת־ה ְּכ ֻר ִ ֗בים ְו ֵ֨את ַל ַ֤הט ַה ֶ֨ח ֶר ֙ב ַה ִּמ ְת ַה ּ ֶ֔פ ֶכת ִל ְׁש ֕מֹר‬ ַ ‫ן־ע ֶדן ֶא‬ ֵ֜ ‫וַ ַ ּי ְׁש ֵּכן֩ ִמ ֶ ּ֨ק ֶדם ְל ַג‬
para cultivar a terra, 24 e expulsou o homem, e colocou – ao oriente do ‫ֶאת־דֶּ ֖ ֶר ְך ֵע֥ץ ַה ַֽח ִ ּיֽים׃‬
jardim do Éden – os querubins com uma lâmina flamejante de espada
que se volvia, para guardar o caminho da árvore da vida.
‫֥יתי‬ ִ ‫אמר ָק ִנ‬ ֶ ֹ ‫ת־קיִ ן וַ ּ ֕ת‬ ֔ ַ ‫ת־חוָּ ֣ה ִא ְׁש ּ֑תֹו וַ ַּ֨ת ַה ֙ר וַ ֵּת ֶ֣לד ֶא‬ ַ ‫ ְו ָה ָ֣א ָ ֔דם יָ ַ ֖דע ֶא‬ ‫א‬ ‫ד‬
4  E o homem [Adão] conheceu Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu
1   ‫י־ה ֶב ֙ל ֣ר ֹעֵ ה ֔צ ֹאן‬ ֶ֨ ‫ת־ה ֶ֑בל ַ ֽוי ְִה‬ ָ ‫ת־א ִח֖יו ֶא‬ ָ ‫וַ ּ ֣תֹ ֶסף ָל ֔ ֶל ֶדת ֶא‬ ‫ִ ֖איׁש ֶאת־יְ ָהֹוֽה׃ ב‬
à luz Caim [Cáin] e disse: Adquiri um homem com a ajuda do Eterno. ‫וַ יְ ִ ֖הי ִמֵ ּ֣קץ יָ ִ ֑מים וַ ָ ּי ֵ֨בא ַ ֜קיִ ן ִמ ּ ְפ ִ ֧רי ָה ֲֽא ָד ָמ֛ה ִמנְ ָח֖ה‬ ‫ְו ַ ֕קיִ ן ָה ָי֖ה ע ֵֹב֥ד ֲא ָד ָמֽה׃ ג‬

E tornou a dar à luz seu irmão Abel [Hével], e Abel tornou-se pastor de ֔ ָ ְ‫ ְו ֶ֨ה ֶבל ֵה ִ ֥ביא ַגם־ה֛ וּא ִמ ְ ּבכ ֹ֥רֹות צ ֹאנ֖ ֹו ֵוּמ ֶֽח ְל ֵב ֶה֑ן וַ ִ ּי ַׁ֣שע י‬ ‫ֽיהֹוֽה׃ ד‬
‫הֹוה‬ ָ ‫ַל‬
ovelhas, e Caim, lavrador da terra. 3 E foi no fim de dias e Caim trouxe
uma oferenda ao Eterno do fruto da terra, 4 e Abel trouxe também dos
primogênitos das suas ovelhas e das gorduras destas. E o Eterno voltou-Se