You are on page 1of 4

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

CIEP BRIZOLÃO 216 – PREFEITO JUAREZ ANTUNES

PROFESSOR (A): AURICÉA ANDRADE DATA: / / 2018 TURMA:901( ) ; 902( ) TURNO:M

ALUNO (A): _______________________________________________ Nº____ NOTA:
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS/ LITERATURA

Leia o fragmento abaixo, da Obra Iracema estudada
em aula e responda às questões propostas. --- Quebras comigo a flecha da paz?
--- Quem te ensinou, guerreiro branco, a linguagem
IRACEMA de meus irmãos? Donde vieste a estas matas, que
nunca viram outro guerreiro como tu?
Além, muito além daquela serra, que ainda azula no --- Venho de bem longe, filha das florestas. Venho
horizonte, nasceu Iracema. das terras que teus irmãos já possuíram, e hoje têm os
Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os meus.
cabelos mais negros que a asa de graúna, e mais longos --- Bem-vindo seja o estrangeiro aos campos do tabajaras,
que seu talhe de palmeira. senhores das aldeias, e à cabana de Araquém, pai
O favo da Jati não era doce como seu sorriso; nem a de Iracema.
baunilha recendia no bosque como seu hálito
perfumado. ALENCAR, José de. Iracema. São Paulo: Ática, 1995, p. 16-18.
Mais rápida que a ema selvagem, a morena virgem
VOCABULÁRIO
corria o sertão e as matas do Ipu, onde campeava sua
Crautá: espécie de bromélia
guerreira tribo da grande nação tabajara. O pé grácil e Graúna: pássaro de cor negra.
Esparzi: espalhar.
nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que Jati: pequena abelha.
Ignoto: desconhecido
vestia a terra com as primeiras águas. Aljôfar: gotas de água
Lesto: rápido, ágil.
Um dia, ao pino do sol, ela repousava em um claro da assemelhadas a pérolas muito
Oiticica: árvore frondosa
miúdas
floresta. Banhava-se o corpo a sombra da oiticica, mais Rorejar: molhar com pequenas
Ará: periquito
fresca do que o orvalho da noite. Os ramos da acácia Campear: viver em
gotas como o orvalho
silvestre esparziam flores sobre os úmidos cabelos. Uiraçaba: estojo próprio para
acampamento.
Escondidos na folhagem os pássaros ameigavam o guardar e transportar flechas.
Gará: ave típica de áreas
canto. Uru: cesto em que se guardam
pantanosas.
objetos.
Iracema saiu do banho; o aljôfar d`água ainda a Ipu: região de terra bastante
Quebrar a flecha: maneira
roreja, como à doce mangaba que corou em manhã de fértil
simbólica de estabelecer a paz
chuva. Enquanto repousa, empluma das penas do gará Juçara: palmeira de grandes
entre indígenas.
as flechas de seu arco, e concerta com o sabiá da mata, espinhos
pousado no galho próximo, o canto agreste.
A graciosa ará, sua companheira e amiga, brinca junto
dela. Às vezes sobe aos ramos da árvore e de lá chama 1–No capítulo lido, a personagem principal é apresentada
a virgem pelo nome; outras remexe o uru de palha ao leitor. Escreva algumas características objetivas
matizada, onde traz à selvagem seus perfumes, os alvos (físicas) dessa personagem.
fios do crautá, as agulhas da juçara com que tece a
____________________________________________
renda, e as tintas de que matiza o algodão.
____________________________________________
Rumor suspeito quebra a doce harmonia da sesta.
____________________________________________
Ergue a virgem os olhos, que o sol não deslumbra; sua ____________________________________________
vista perturba-se.
Diante dela e todo a contemplá-la, está um guerreiro 2- Ao perceber a presença de um estranho na floresta,
estranho, se é guerreiro e não algum mau espírito da
Iracema tem uma reação instintiva e atira uma flecha no
floresta. Tem nas faces o branco das areias que bordam
“guerreiro branco”.
o mar; nos olhos o azul triste das águas profundas.
Ignotas armas e tecidos ignotos cobrem-lhe o corpo.
Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema. A flecha a) De acordo com o texto, por que o “guerreiro branco”
embebida no arco partiu. Gotas de sangue borbulham não reagiu agressivamente ao “ataque” de
na face do desconhecido.
Iracema?______________________________________
De primeiro ímpeto, a mão lesta caiu sobre a cruz a
_____________________________________________
espada; mas logo sorriu. O moço guerreiro aprendeu na _____________________________________________
religião de sua mãe, onde a mulher é símbolo de ternura
e amor. Sofreu mais d`alma que da ferida.
O sentimento que ele pôs nos olhos e no rosto, não o
sei eu. Porém a virgem lançou de si o arco e a uiraçaba,
3- Quanto ao espaço, onde ocorrem os fatos narrados na
e correu para o guerreiro, sentida da mágoa que
obra?
causara. ____________________________________________
A mão que rápida ferira, estancou mais rápida e ____________________________________________
compassiva o sangue que gotejava. Depois Iracema
quebrou a flecha homicida: deu a haste ao
____________________________________________
desconhecido, guardando consigo a ponta farpada. O
guerreiro falou:
4- Localize no texto os parágrafos referentes: b) “ Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os
cabelos mais negros que a asa de graúna,...”(sujeito)
a) à situação inicial – Iracema e natureza em perfeita
harmonia; c) “O pé grácil e nu, mal roçando, alisava apenas a verde
____________________________________________ pelúcia que vestia a terra com as primeiras águas. “
__________________________________________ (objeto direto)
b) à desestabilização da situação inicial; (início do conflito)
____________________________________________ d) “O sentimento que ele pôs nos olhos e no rosto, não
__________________________________________
o sei eu.”(objeto indireto)
c) à volta a uma situação estável.
____________________________________________
____________________________________________
_________________________________________ 10- Identifique a figura de linguagem predominante no
texto abaixo.
Questões objetivas

5-O Romance “Iracema” de Alencar, simboliza a criação
de qual estado brasileiro?

a) Rio de Janeiro
b) Espírito Santo
c) Ceará
d) Bahia

6-Em “Iracema, a virgem dos lábios de mel,...”; que
recurso estilístico o autor empregou para descrever
Iracema?

a) metonímia
b) personificação
c) catacrese
d) metáfora

7- No trecho “--- Quebras comigo a flecha da paz?”, a
expressão “quebrar a flecha” significa

a) interromper a paz entre os indígenas
a) Comparação
b) estabelecer a paz entre indígenas
b) Antítese
c) tirar a paz dos indígenas
c) onomatopeia
d) revoltar-se contra os indígenas
d) Pleonasmo

8- Em “... deu a haste ao desconhecido,...”; assinale a
alternativa que apresenta, corretamente, a função
sintática dos termos destacados .

a) a haste (sujeito), ao desconhecido (objeto direto)
b) a haste (objeto indireto),ao desconhecido(objeto
Indireto)
c) a haste (objeto direto), ao desconhecido (objeto.
indireto)
d)a haste (objeto direto), ao desconhecido (predicativo
do sujeito)

9-Assinale a alternativa em que o pronome relativo
destacado, encontra-se classificado corretamente.

a) “Além, muito além daquela serra, que ainda azula no
horizonte, nasceu Iracema.” (sujeito)
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
CIEP BRIZOLÃO 216 – PREFEITO JUAREZ ANTUNES

PROFESSOR (A): AURICÉA ANDRADE DATA: / / 2018 TURMA:901 ( );902( ) TURNO:M

ALUNO (A): _______________________________________________ Nº____ NOTA:
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS/ LITERATURA

Leia o fragmento abaixo, da Obra Iracema estudada quebrou a flecha homicida: deu a haste ao
em aula e responda às questões propostas. desconhecido, guardando consigo a ponta farpada. O
guerreiro falou:
IRACEMA
Além, muito além daquela serra, que ainda azula no --- Quebras comigo a flecha da paz?
horizonte, nasceu Iracema. --- Quem te ensinou, guerreiro branco, a linguagem de
Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os meus irmãos? Donde vieste a estas matas, que nunca
cabelos mais negros que a asa de graúna, e mais longos viram outro guerreiro como tu?
que seu talhe de palmeira. --- Venho de bem longe, filha das florestas. Venho
O favo da Jati não era doce como seu sorriso; nem a das terras que teus irmãos já possuíram, e hoje têm os
baunilha recendia no bosque como seu hálito meus.
perfumado. --- Bem-vindo seja o estrangeiro aos campos do
Mais rápida que a ema selvagem, a morena virgem tabajaras, senhores das aldeias, e à cabana de
corria o sertão e as matas do Ipu, onde campeava sua Araquém, pai de Iracema.
guerreira tribo da grande nação tabajara. O pé grácil e ALENCAR, José de. Iracema. São Paulo: Ática, 1995, p. 16-18.
nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que
vestia a terra com as primeiras águas. VOCABULÁRIO
Um dia, ao pino do sol, ela repousava em um claro da Crautá: espécie de bromélia
Graúna: pássaro de cor negra.
floresta. Banhava-se o corpo a sombra da oiticica, mais Esparzi: espalhar.
Jati: pequena abelha.
fresca do que o orvalho da noite. Os ramos da acácia Ignoto: desconhecido
Aljôfar: gotas de água
Lesto: rápido, ágil.
silvestre esparziam flores sobre os úmidos cabelos. assemelhadas a pérolas muito
Oiticica: árvore frondosa
Escondidos na folhagem os pássaros ameigavam o miúdas
Rorejar: molhar com pequenas
canto. Ará:
. periquito gotas como o orvalho
Iracema saiu do banho; o aljôfar d`água ainda a Campear:
. viver em
Uiraçaba: estojo próprio para
acampamento.
roreja, como à doce mangaba que corou em manhã de guardar e transportar flechas.
Gará:
. ave típica de áreas
chuva. Enquanto repousa, empluma das penas do gará Uru: cesto em que se guardam
pantanosas.
as flechas de seu arco, e concerta com o sabiá da mata, objetos.
Ipu: região de terra bastante
pousado no galho próximo, o canto agreste. Quebrar a flecha: maneira
fértil
A graciosa ará, sua companheira e amiga, brinca junto simbólica de estabelecer a paz
Juçara: palmeira de grandes
entre indígenas.
dela. Às vezes sobe aos ramos da árvore e de lá chama espinhos
a virgem pelo nome; outras remexe o uru de palha
matizada, onde traz à selvagem seus perfumes, os alvos 1- No romance de José de Alencar, Iracema é uma
fios do crautá, as agulhas da juçara com que tece a jovem índia de qual tribo?
renda, e as tintas de que matiza o algodão. ___________________________________________
Rumor suspeito quebra a doce harmonia da sesta.
Ergue a virgem os olhos, que o sol não deslumbra; sua 2- Ao caracterizar Iracema, José de Alencar relaciona-a
vista perturba-se. a elementos da natureza, pondo aquela (Iracema) em
Diante dela e todo a contemplá-la, está um guerreiro relação a esta(natureza) em uma posição de equilíbrio,
estranho, se é guerreiro e não algum mau espírito da dependência ou vantagem? Justifique a sua resposta
floresta. Tem nas faces o branco das areias que bordam com elementos do texto.
o mar; nos olhos o azul triste das águas profundas. ____________________________________________
Ignotas armas e tecidos ignotos cobrem-lhe o corpo. ____________________________________________
Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema. A flecha ____________________________________________
embebida no arco partiu. Gotas de sangue borbulham ________________________________________
na face do desconhecido.
De primeiro ímpeto, a mão lesta caiu sobre a cruz a 3- Que recurso( figura de linguagem) o autor usa para
espada; mas logo sorriu. O moço guerreiro aprendeu na descrever Iracema?
religião de sua mãe, onde a mulher é símbolo de ternura ___________________________________________
e amor. Sofreu mais d`alma que da ferida.
O sentimento que ele pôs nos olhos e no rosto, não o 4-Identifique na obra:
sei eu. Porém a virgem lançou de si o arco e a uiraçaba,
e correu para o guerreiro, sentida da mágoa que a) Foco narrativo=____________________________
causara. b) Tempo=__________________________________
A mão que rápida ferira, estancou mais rápida e c) Espaço=__________________________________
compassiva o sangue que gotejava. Depois Iracema d)Características de Iracema=___________________
___________________________________________
e) Martim=_________________________________
Questões objetivas

5- Romance escrito em 1865, Iracema, de José de 10- Identifique a figura de linguagem predominante no
Alencar, aborda fatos e feitos da colonização portuguesa texto abaixo
no Brasil. Sobre esta obra, é correto afirmar que:

a) a estória se passa no século XVI, durante a
exploração portuguesa no Amazonas.

b) a principal característica deste romance é que parte
dele é escrito em prosa, outra parte em versos.

c) apesar de ser um romance indianista, Iracema
também aborda com ênfase a questão da escravidão
negra no Brasil.

d) Iracema é descrita por Alencar como virgem dos
lábios de mel, com cabelos mais negros que a asa da
graúna.

6- Assinale a alternativa em que há a figura de
linguagem denominada metáfora,

a) “Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema”
b) “Mais rápida que a ema selvagem...”
c) “O favo da Jati não era doce como seu sorriso;”
d) “Iracema, a virgem dos lábios de mel,...”
a) catacrese
b) Antítese
c) onomatopeia
d) prosopopeia
7-Em “Ergue a virgem os olhos, que o sol não
deslumbra...”; o pronome relativo destacado na oração
exerce a função sintática de

a) sujeito
b) complemento nominal
c) objeto direto
d) objeto indireto

8- A frase que apresenta predicado nominal é:

a) “Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema”
b) “...a virgem lançou de si o arco e a uiraçaba, ...”
c) “Iracema saiu do banho”
d) “Os ramos da acácia silvestre esparziam flores sobre
os úmidos cabelos.”

9- No trecho “--- Quebras comigo a flecha da paz?”, a
expressão “quebrar a flecha” significa

a) interromper a paz entre os indígenas
b) tirar a paz dos indígenas
c) revoltar-se contra os indígenas
d) estabelecer a paz entre indígenas