You are on page 1of 44

Um Guia para obras de Marion Zimmer Bradley

Dícionário
Darkovano
Sumário
Introdução 3
A 4
B 5
C 7
D 11
E 13
F 15
G 16
H 17
I 18
J 19
K 20
L 22
M 24
N 26
O 27
P 28
R 29
S 31
T 33
V 35
Y 36
Z 37
Ordem Cronológica dos Livros 38
Nota Final 43
Introdução
Darkover é o planeta ficcional que dá nome à série de livros
de fantasia e ficção científica escritos pela norte-americana
Marion Zimmer Bradley desde 1962. Após sua morte, alguns
de seus romances que estavam em andamento foram prosse-
guidos por Debora J. Ross, amiga e colaboradora da autora.

A série mundialmente famosa narra a história de como os ter-


ráqueos começam a colonizar outros planetas e como uma
destas colônias espaciais se perde e acaba por se fixar perma-
nentemente em um planeta que posteriormente o batizam de 3
Darkover. A história se desenrola e vemos como os habitantes
desenvolvem sua civilização e cultura esquecendo suas origens
da Terra e o reencontro centenas de anos depois com os novos
Terráqueos.

Em seus livros Marion criou termos de línguagem próprios


tanto para a plebe como para a nobreza darkovana. Neste di-
cionário, veremos alguns dos termos mais comuns e uma ex-
plicação dos mesmos, esperemos que sirva como um guia para
o intrigante universo desta obra.

Boa leitura.

J. Santos
MZB Universe
4
A
Aldones - O Deus supremo da fé Hali'myn, o Senhor das Luzes. Tam-
bém é uma constelação do céu de Darkover, visível na primavera.

Accandir - "Deitar juntos", uma palavra em casta para sexo.

Aleine - Força de um homem, coragem de um homem.

Aphrsone - Uma droga que enfraquece o poder de alguém, fazendo


com que este leve uma vida normal, porém se esqueça a cada minuto
do que está acontecendo; e não se lembre de nada, apenas de sonhos
simbolicos.

Avarra - Deusa mãe da fé Hali'myn; a Mãe Negra do nascimento e da


morte, a do coração de fogo. Também é uma contelação de céu de Dark-
over, visível no outono.
B
Banshee - Um grande pássaro que não voa, totalmente cego, mas
que possui pernas, bicos e garras extremamente afiados. Os banshees
vivem nas montanhas, acima da linha da neve. Essas bestas noturnas
localizam suas presas através de sensores infra-vermelhos, e as paraliza
com gritos horríveis, dai o nome "banshee" (banshie ou banshe é uma
palavra escocesa e irlandesa que significa "fada que prediz a morte").
Os banshees provavelmente têm algum laran limitado, o qual eles utili-
zam juntamente com seus gritos para congelar suas presas com terror.
Também conhecido como pássaro-espirito.
5
Barragana - Uma amante reconhecida, uma concunbina.

Barreira - È um escudo protetor entre telepatas, para impedir a irra-


diação de seus pensamentos particulares por todas as partes; além de
protege-lo de captar a estática telepatica fortuita. É um reflexo condi-
cionado, e quanto mais forte o telepata, mais forte será a barreira.
Breda - Irmã.

Bredhis - Termo polido para uma companheira-livre ou amante de


mulheres.

Bredhiva - Estimada, amada.

Bredhiya - Uma forma diminutiva pra breda.

Bredilla - Irmãzinha, uma forma diminutiva para breda.

Bredillo - Uma forma diminutiva para bredu.


Bredini - Possível plural para breda ou bredu, geralmente usado para
pessoas que tenham prestado juramento de Bredini, um tipo de jura-
mento de sangue (mas sem sangue) que envolve a troca de facas ou
adagas. Juramento entre amigos intimos.

Bredyina, bredhynis, pl. bredhyni - Possível dialeto ou inflexões das


palavras bredhis, bredhiva ou bredhiya.

Bredu - Irmão.
6
C
Cadetes - A divisão da Guarda do Comyn aonde os novos recrutas,
chamados cadetes, recebem o treinamento básico que dura normal-
mente três anos. Tradicionalmente os filhos das fámilias do Comyn são
todos enviados para se tornarem cadetes com aproximadamente 15
anos de idade.

Cahuenga - Uma linguagem Darkovana provavelmente originada do


espanhol, inglês ou gaelico. É mais falada entre o povo comun. espe-
cialmente nas regiões do campo e nas montanhas, tanto que são cham-
ados ás vezes de "Círculo" Cahuenga. Derivada possivelmente de uma 7
palavra espanhola "cahuin", que significa agrupamento de desordeiros.

Calçador de sandalias - Um termo depreciativo, o pior insulto a um


homem, implicando em comportamento feminino ou pior. Geralmente
usado para os monges cristoforos.

Carya - Amada.

Casta - Uma linguagem darkovana provavelmente originada do espan-


hol, falado entre os tripulantes da nave estelar perdida. É parecida com
a linguagem mais comum terráquea. Derivada possivelmente de uma
palavra espanhola "casta", que significa classe alta, casta, elite seleta.

Chá de livani - Um chá de ervas que reforça e purifica os pulmões,


mesmo que eles estejam bons. Por exemplo, é usado para aliviar os
efeitos colaterais causados pela fumaça aspirada durante um incêndio
na floresta.
Chaireth - Estranho.

Charral - Termo das Cidades Secas equivalente a chaireth.

Chervine - Um animal pesado, com chifres, não muito diferente de


um antílope, usado como montaria e animais de carga, especialmente
nas montanhas. Também chamados de póneis das montanhas.

Chieri - Outra raça de humanóide darkovano, mais alto que os hu-


8 manos, com grandes olhos de um cinza- palido, quase descoloridos.
Altamente inteligente e telepático, criaturas hermafroditas virtual-
mente imortal mas com impulso sexual muito baixo, o que fez com
que eles acabassem lentamente desaparecendo em número. Também
são chamados de "O povo belo da floresta". Eles nem sempre foram
um povo da floresta. Tinham cidades, mundo, naves que podiam viajar
entre as estrelas. Quando compreenderam que estavam chegando a um
ponto aonde havia mais chieris morrendo do que nascendo, até que
não nasciam mais crianças ( o prazo em que podiam gerar crianças se
espassando, aumentando a medida que o Sol esfriou), vaguearam em
outros mundos habitados buscando uma solução, mas não a encon-
traram. Então voltaram a Darkover e se retiraram para as florestas,
esperando morrer; embora alguns tenham permanecido em outros
mundos.

Chiya - Garotinha.

Chiy'lla - Garotinha, uma forma diminutiva e carinhosa para chiya.


Chiy'llo - Garotinho, uma forma diminutiva e carinhosa para chiyu.

Chiyu - Garotinho.

Claithmore - Uma pesada espada darkovana.

Cleindori - Sino-dourado, um nome usado para a planta kireseth em


florescimento.

Coelho-de-crifres - Um pequeno animal nativo de Darkover, algo 9


parecido com o cruzamento entre um coelho e uma ovelha. Criados
em rebanhos nas montanhas para consumo de carne e lã.

Coelho-de-gelo - Um animal parecido com um coelho, similar ao


coelho-de-chifres e o coelho-da-lama, que vive nas Hellers.

Com'hi-letzis -Irmã de juramento. O que normalmente é chamado


de Guilda das Renunciantes, é na verdade a Guilda de Com'hi-letzii, a
Guilda das Irmãs Obrigadas por Juramento.

Com'ii - Iguais.

Comyn -"Iguais (em classe ou status)"; um termo usado para as famili-


as dominantes dos Dominios.

Comynara - Uma mulher, membro do Comyn.

Coridom - Chefe-intendente, administrador.


Cortes - Um corpo governamental e tribunal de Thendara, equivalente
à uma corte superior. Do espanhol "cortes", conselho.

Corvo Marinho - Um grande pássaro parecido com o corvo, cor preta


brilhante, com algumas penas brancas nas extremidades das asas, olhos
vermelhos, grandes garras e bico afiado. Vive nas áreas costeiras perto
do Mar de Dalereuth.

Cottman IV - O nome terráqueo de Darkover.


10
Courvee - Uma madeira curvada de jogar, usada pra caçar nas Hellers.
Espécie de bulmerangue.

Cralmac - Um humanóide peludo com rabo, criado através de insemi-


nação humana durante a Era do Caos, usando uma matriz modificada
e genes humanos.

Cristoforo - Uma seita religiosa de Darkover. Sua fé foi originada da


fé catolica de alguns habitantes originais, mais notavelmente no padre
Valentine Neville, que era um padre católico da Ordem de São Cris-
topher de Centaurus. O centro da fé cristoforo é o Mosteiro de São
Valentim das Neves em Nevarsin, a Cidade-das-Neves nas Hellers.

Cuyones - Testículos. Palavra vinda do espanhol.

Cuere - Ano, provavelmente uma palavra Chierri.


D
Damisela - um titulo formal para uma jovem garota ou uma mulher
solteira, de status igual ou superior. Mais ou menos equivalente a sen-
hora.

Dhe - Deus, provavelmente do latim "Deus".

Doença-do-limiar- Estranho disturbio físico e psíquico que muitas


vezes domina os telepatas na adolescência. A incapacidade do cérebro
de absorver as subítas sobrecargas de dados sensoriais e extra-sensori-
ais, resultando em distorções na percepção da visão, audição e tato. 11
Dom, pl. dom'ii - Lorde, um título formal masculino usado para
classes iguais ou superiores. Do latim: Dominus, lorde.

Domna, pl. domni - Dama, um título formal feminino usado para


classes iguais ou superiores. Do latim: Domina, dama. Domnina, sen-
horita.

Do'myn - um coletivo para dom e domna.

Donas - uma palavra em casta usada para vários dons das famílias
Comyn. Dom do Laran. Do espanhol: Don, dom.
Donas amizu - Dádiva de amigos. quando dois homens se encontram
com homens, e mulheres com mulheres, como amantes. Reconheci-
mento de uma verdade mais profunda: que dentro de cada mulher se
esconde um homem e vice-versa, e a este eu interior, o oposto polar do
exterior que você dá o seu amor.
Dorilys - "Dourado", também "Flor dourada". Uma planta darkovana
parecida com a flor-de-lis terráquea, frequentemente usada como
nome pessoal. Provavelmente do espanhol: Oro, ouro e o francês: Lys,
lis, como em fleur-de-lys.

Duelo Kilfirgh - Um duelo disputado aparentemente com chicote e


luvas com garras, possivelmente originado das Cidades Secas, ou da
cultura dos Homens-gato.

12
E
Escorpião-formiga - Um inseto venenoso que vive embaixo da terra
ou em colméias.

Emmasca - Uma pessoa neutra ou neutralizada. Geralmente aqueles


com sangue chieri são emmasca. Eles nunca se tornam biologicamente
maduros, ou amadurecem lentamente, tanto que o sexo verdadeiro
deles surge aparentemente depois de muitas decadas. Aqueles nascidos
emmasca têm vida incrivelmente longa. Existem bastante emmasca,
principalmente na linhagem dos Hastur e Elhalyn, mas também nas
dos Ardais e Aillard, os quais geralmente apresentam um sexto dedo 13
nas mãos, típico daqueles que possuem sangue chieri. Também é pos-
sivel cirugicamente neutralizar uma pessoa. No passado era frequente-
mente feito entre as Renunciantes e entre as Guardiãs, para assegurar
que elas permanecessem virgens. Muitas pessoas nascidas emmasca
se tornaram Guardiãs, possivelmente por causa do laran, que era mais
forte no sangue chieri.

Espinheiro-branco - Uma erva, um extrato usado em poções para pes-


soas com membros congelados. Parecido com o espinheiro-preto.

Espinheiro-preto - Uma erva usada em poções e chás para estimular a


circulação.

Estação do Conselho - O termo para o verão, no qual o Conselho


do Comyn se reúne em Thendara. O Solsticio de Verão normalmente
fecha o Conselho com o Grande Baile para marcar o fim da estação.
Estrela Cottman - O nome terráqueo para o Sol de Darkover, mais
conhecido como o Sol Sangrento por causa de sua cor avermelhada.

Evanda - Uma deusa da fé Hali'imyn, a Mãe Brilhante da vida e do


crescimento, do amor legal e profano. É comumente invocada durante
o parto para que proteja a mãe e o bebê. Também uma constelação de
Darkover, vísivel no verão.

14
F
Falcão-Verrin - O maior falcão darkovano usado em falcoaria.

Filho do rio - Um apelido dado a qualquer um cujo pai é desconhe-


cido.

Fiol - Um instrumento parecido com um violino, com uma profunda


saliência e orifícios sonoros na forma de uma estrela pontilhada.

Firi - Um licor altamente concentrado, forte e ardente.


15
Flor-Dourada - Um suave tônico muscular, bom para cãibra e espas-
mos, também dado á mulheres gravidas e bebês com cólica, geral-
mente como um chá. Não deve ser confundido com o"sino-dourado".

Flor-Morada - Uma flor de cor violeta escuro, que cresce nas Hellers e
nas Colinas Kilghard.

Fogo-Aderente - Uma substância feita nas Torres na Era do Caos para


ser usada como arma. Queima tudo o que toca, mesmo pedra, e fica
grudado aonde cair queimando, até que não exista mais nada. Semel-
hante ao acído.

Forst - Fortaleza, castelo, lugar seguro, especialmente nas Hellers.


G
Gallimak - Um animal Darkovano.

Grezalis, pl. Grezali - Prostituta, garota de programa.

Grezilin - Porco.

Grezú, pl. Grézuin - Prostituto, garoto de programa.

Guarda do Comyn - A força policial paramilitar em Thendara ao


16 comando do Comyn. O chefe da Guarda é o comandante da Guarda,
que tradicionalmente tem sido o Lorde do Domínio Alton ou seu
herdeiro. Abaixo do comandante há varios oficiais mais baixos, como
o Mestre-dos-cadetes que é responsável pelo treinamento dos cadetes.
Cada Domínio tem sua própria força militar separada da Guarda do
Comyn, que responde apenas ao chefe do Domínio.

Guardiã - Uma pessoa treinada que coordena, direciona e controla o


trabalho no circulo de matriz. Também age como um centro polar e
amplificador dos poderes dos outros trabalhadores de matriz, direcion-
ando o fluxo de energonios de acordo com a necessidade.

Gyar - Uma palavra na língua dos homens-gato para kihar.


H
Hali - Uma antiga palavra terráquea (em árabe) para colar. Também
significa a constelação de Taurus.
Hali'imyn - "Habitante de Dali". Um termo depreciativo usado nas
Hellers e nas Colinas Kilghard para as pessoas nas terras baixas, prin-
cipalmente para os parentes de Hastur. Também usado para a fé da
linhagem Hastur dos Domínios.

Hastur - Um Deus da fé Hali'imyn, o filho de Aldones o qual desceu


para Darkover e se tornou mortal por amor a Cassilda. O lendário
antepassado, para todos da linhagem Hastur. 17

Homen-gato - Uma raça humanóide darkovana, parecido com um


gato, altamente inteligente mas hostil. Foi comprovado que alguns ho-
mens-gato possuem laran. Os homens-gato têm longo vínculo cultural
com as Cidades Secas, o qual é demonstrado tanto por seus costumes
quanto pela sua linguagem.

Hortelã-das-montanhas - Uma erva parecida com a hotelã terraquéa,


usada para fazer chá.
18
I
Idriel - A segunda menor lua, cor verde-jade.

Império Terráqueo - Uma federação interestelar de mundos, o centro


da Terra. Sol III. Independente de seu nome, a federação não é mais
um Império de verdade, e sim uma democracia. Apesar de parecer
uma soberania, a federação terráquea se apresenta e forma colônias em
outros planetas, governados pelo Senado Imperial e o Parlamento, que
têm membros representantes de cada mundo, e de todas as associações
livres, como Darkover.

Intenção-de-Morte - Uma declaração oficialmente apresentada de


intenção-de-morte, em luta justa, contra determinada pessoa. O as-
sassino citado nessa declaração e identificado na notificação. A noti-
ficação oficial é dada a pessoa contra quem é a intenção-de-morte é
apresentada, que pode aceitar o comunicado ou apresentar um motivo
para recusar.
J
Jaco - Uma bebida quente, parecida com chocolate quente, porém um
19
pouco amarga.

Junco-vermelho - Outra erva que fortifica o coração mas no uso dário


a "raiz-de-fruta-preta" é melhor.
K
Kiha - Um dialeto para Kiya.

Kihar - Uma palavra sem tradução das Cidades Secas, significando


integridade pessoal, honra e dignidade.

Kihu - Um dialeto para Kiyu.

Kireseth - "Flor da Estrela", uma planta nativa de Darkover. Uma


erva cujo polén é alucinógeno, e da qual são feitas drogas e medica-
20 mentos através da divisão, destilação e filtragem. O uso da kireseth
pura ou de sua resina é proibido pelas leis de Thendara e Arillin, pois
enlouquecem os homens e animais, fazendo com que se ataquem ou
acasalem fora de época.

Kirian - Uma droga feita das flores de kireseth, a qual reduz a resistên-
cia ao contato telepático. Geralmente é administrada em trabalhos
nos Círculos de Matriz e áqueles que estão despertando seu laran, mas
também usada no tratamento de empáticos e outros técnicos psíqui-
cos que não possuem muito dom telepático natural, mas que precisam
trabalhar diretamente com outros telepatas. Pode ás vezes atenuar o
medo ou a resistência deliberada ao contato telepático. Pode também
ser usado com extremo cuidado no tratamento da doença do limiar.

Kirizani - Um dialeto para Kirian.

Kiya - "Tia", um termo utilizado para qualquer parente materno femi-


nino. Também significa mãe adotiva. Do espanhol: tia.
Kiyu - "Tio" , um termo utilizado para qualquer parente paterno mas-
culino. Do espanhol: tio.

Kyorebni - Grande pássaro de carniça, parecido com o abutre ter-


ráqueo.

Kyrddis - A segunda maior lua, cor azul-pavão.

Kyrri - Um humanóide darkovano ereto, vagamente parecido com os


seres humanos, cobertos por uma longa pelagem acinzentada, longos 21
dedos afilados, olhos verdes incandescentes e o rosto parecido com o
de um macaco mascarado. Os kyrris podem liberar choques elétricos
médios, como se fosse uma enguia elétrica terráquea.
L
Laterna-de-sela - Uma espécie de um pequeno lampião, alimentado
com resina, o qual projeta uma claridade difusa por alguns passos, em
todas as direções. Usado enquanto se cavalga no escuro.

Laran - Os poderes e habilidades telepáticas psíquicas do Comyn.

Laranzu, pl. Laranzu'in - Um homem treinado no uso do Laran, um


feiticeiro.

22 Lei de Cherilly - Uma das leis básicas dos mecânicos da matriz: "Nada
é único no espaço e tempo, exceto a matriz. Cada item no Universo
existe com uma e apenas uma duplicata, exceto a pedra da matriz, Por
essa razão a matriz, sendo a única coisa no tempo e espaço, e deste
modo exisitindo sem nenhum ponto de equilibrio, tem o poder de tro-
car energia. Por essa razão também duas matrizes identicas não podem
existir simultâneamente, em um Universo e tempo sem uma distorção
no espaço."

Lei da Maioridade - De acordo com a Lei Darkovana, " quando al-


guém atinge a maioridade, tem a idade legal para fazer o que quiser da
sua vida. Pode casar, travar um duelo, reconhecer um filho, ser respon-
sabilizado por um assassinato."

Lei de Valeron - " Independente de um casamento ser de companhei-


ros-livres ou de outro tipo, nenhuma mulher pode ser separada contra
sua vontade do pai de sua criança."
Lei dos 13 dias - " Um exilado, um fora-da-lei e até mesmo um assas-
sino, têm o direito irrevogável - dotado de tempos imemoriais - de pas-
sar um dia em Thendara, 13 vezes ao ano, com o propósito de exercer
seus direitos legais. Durante esse período, desde que essa pessoa não
cometa nenhum delito, terá absoluta imunidade legal.

Leronis, pl. Leroni - Uma mulher treinada no uso do Laran, uma


feiticeira.

Leronyn - Coletivo para Laranzu ou Leronis, usado por exemplo, 23


quando se fala de um grupo composto por homens e mulheres, todos
treinados no uso do Laran.

Liriel - A maior das quatro luas, cor violeta. Os terráqueos constru-


iram um observatório lá.

Livro dos Fardos - A escrita sagrada da fé Cristoforo.


M
Mac - " Filho de ". Usado em sobrenomes. Do gaélico mac, filho de.

Marl - Um animal peludo, nativo de Darkover. Sua pele é muito fina e


cara, muito vendida no Império Terráqueo.

Mastra'in - Um forma de mestra'in.

Matriz - Um cristal azulado darkovano que tem habilidade de au-


mentar e amplificar poderes psíquicos, também chamada de pedra de
24 estrela. Ela amplifica as ressonâncias do cerébro e converte o poder
psíquico em energia. Uma matriz, controlada por um hábil técnico de
matriz ou um circulo de uma Guardiã, pode liberar energia pura do
campo magnético de um planeta e canaliza-la como força ou matéria.
Pedras naturais de matriz são geralmente pequenas, mas as matrizes
artificiais construidas e usadas nas Torres, podem alcançar grandes
proporções.

Mecânico de Matriz - Um homem habilidoso, que usa ou conserta


as máquinas de matriz ou ferramentas nas Torres. Terceiro nível mais
alto.

Menhiédris, pl. Menhiédri - Um termo polido para lésbica.

Mesire - Uma forma de mestru.

Mestra, pl. Mestra'in - Dama, Senhorita, um título formal para a


classe inferior, do latim: Magistra. É o tratamento formal adequado
para se dirigir a uma Renunciante.
Mestre-de-Cadetes - O oficial da Guarda do Comyn que é responsável
pelos novos cadetes.

Monitor - Uma pessoa que monitora a difusão através de revezamen-


tos e também toma conta do trabalho do Circulo de matriz. È um tipo
controle do trabalho e das funções fisiológicas de cada membro do
círculo. Quarto nível mais alto.

Mormallor - A menor das quatro luas, cor rosa-pérola.


25
Mudança - È a fase em que o chieri passa e que define qual sexo que
ele terá. Quando há um contato com alguém que possa alcançar a sua
mente, suas emoções endócrinas, o chieri sai da fase emmasca, e entra
na fase da mudança, uma coisa flutuante até que os hormônios se esta-
bilizem. Se nessa epóca não houver ninguém pronto pra acasalar, pode
levar um chieri a loucura.

Mundo Cinzento - Um plano astral. Telepatas são aptos a ir ao Mundo


Cinzento em transe. O Mundo Cinzento se assemelha a uma vasta
planíce cinza sem qualquer marca de terra salvo as projeções astrais
das Torres operacionais e os corpos astrais dos telepatas que visitam
o Mundo Cinzento. Os corpos astrais naõ se parecem com seus cor-
pos atuais, e sim com a sua percepção que cada um tem de si mesmo.
No Mundo Cinzento qualquer um pode viajar imensas distâncias em
poucos segundos. Por exemplo: Com o dom Alton usam o Mundo
Cinzento para se teleportarem entre as localidades.

Mutilato - Mutilado.
26
N
Naotalba - " la damnee", uma semideusa da fé Hali'myn, filha do
julgamento, a noiva de Zandru. Tradicionalmente ela é representada
vestida em um pedaço rasgado do céu a meia-noite, e seus cabelos ne-
gros presos em rede pelas palidas constelações. Supostamente ela tem
os pés e os tornozelos torcidos, o qual deu origem a muitos provérbios
e pragas.

Nedestro - Uma criança nascida fora do casamento; um bastardo.

N'ha - contração de nickya mic ou nikha mic.

Nichya mic - " filha de". Geralmente usado pelas Renunciantes como
sobrenome, pois as mesmas renunciam a qualquer nome ou sobre-
nome de família masculino.
O
Oudhraki - Um grande animal do deserto, usado como montaria e
27
animal de carga nas Cidades Secas. Possivelmente semelhante a um
camelo ou elefante terraquéo.

Ombredin, pl. ombredin-y - Amante de homens, homosexual mascu-


lino.
P
Pássaro-de-chuva - Um pássaro pequeno de penas verdes, provavel-
mente não muito diferente do beija-flor terráqueo.

Pássaro sentinela- Um grande pássaro parecido com um abutre, igual


ao Kyerobni. Usado nas guerras em vôos de reconhecimento. Uma
leronis ou laranzu se liga psiquicamente com o pássaro e consegue ver
o mesmo que o pássaro vê quando sobrevoa as terras do inimigo.

Pedra-da-estrela - Um nome alternativo para matriz.


28
Penta Cori'yo - A sociedade da Ponte. Uma sociedade fundada por
Magdalen Lorne no livro A Casa de Thendara para trabalhar como
intermeíaria entre a Guilda das Renunciantes e os Terráqueos.

Pó-da-Morte - Uma substância herbal usada em infecções de ferimen-


tos. Também usado para evitar umidade ou parasitas, e impede que o
ferimento feche muito rápido com carne podre por baixo.

Portador dos Fardos - O deus principal da fé cristoforo, geralmente


representado como um homem carregando o Mundo-criança em seus
ombros através do Rio da Vida. Não muito diferente do santo cristão
São Cristopher, que supostamente foi seu original.

Preciosa - preciosa, tesouro, querida.

Procalamin - Uma droga usada durante os vôos espaciais para ajudar


os passageiros a suportarem o "hyperdrive stresses".
R
Raivannin - Uma droga que paralisa as atividades psíquicas e o uso do
laran. Feito usando as flores kireseth.

Raiva - Amadurecimento para concepção, uma palabra Chieri.

Raiz da fruta-preta - Uma erva usada para fortificar o coração.

Reis - Uma moeda de prata, equivalente a três creditos do Império,


também chamada Royal.
29
Reish - Sujeira de estábulo.

Rhu Fead - Uma capela em Hali, tudo o que restou da Torre de Hali,
com muitos artefatos da Era do Caos guardados lá dentro. A capela é
guardada por um Véu, um campo de força psíquico que permite a pas-
sagem apenas daqueles que têm laran. Dentro, os artefatos são guarda-
dos por um campo de força similar, que impede que qualquer um com
laran retire um dos artefatos de seus devidos lugares.

Ri'chiyu - Masculino de Riyachiya.

Rikhi - Sub-guardiã.

Riyachiya - Uma fêmea humana geneticamente alterada, criada na Era


do Caos para se tornar um brinquedo sexual.
Royal - Uma moeda de prata equivalente a três creditos do Império,
também chamada de Reis.

Rryl - Uma pequena harpa, parecida com uma harpa irlandesa ou uma
lira.

30
S
Sala de Estranhos - A única sala, tanto nas Torres como nas Casas das
Guildas das Renunciantes, aonde visitantes são permitidos. Na Casa da
Guilda isso se aplica aos visitantes masculinos.

Sangue da Terra - Uma expressão Darkovana poética para o cobre.

Secain - Uma dança típica Darkovana, que demonstra uma intensa


virilidade, quase selvagem.

Seda de Aranha - Um tecido feito com fibras finas, parecidas com teia 31
de aranha, fabricado por aracnídeos de Darkover.

Sekal - Uma moeda Darkovana feita de ferro, equivalente a três centa-


vos do Império.

Selo do Comyn - Uma marca feita na pela através de uma queimadura


feita por uma matriz, geralmente na parte interna do pulso, nas crian-
ças do Comyn. Um reconhecimento oficial dos direitos ao laran ás suas
famílias e parentes.

Servu, fem. Serva - Servo.

Shallan - Uma bebida doce feita de frutas, que as crianças bebem ao


jantas e em festivais.

Sharra - A Deusa do fogo do povo da forja das Hellers, e das Colinas


Kilghard. Geralmente representada como uma mulher de cabelos de
fogo, presa por correntes em algemas de our. Uma lenda conta que ela
foi uma guardiã nascida como Hastur e com o Dom daquela família,
que construiu uma matriz que poderia duplicar o poder da Espada de
Aldones. Como duas matrizes idénticas não podem existir no mesmo
espaço e tempo, ela foi arremetida para fora deste mundo, embora
o talismã da matriz da espada de Sharra tenha permanecido neste
mundo. Através dele, Sharra pode ser invocada quando os telepatas
com certas habilidades a chamam de volta.

Sharug - Brisa, provavelmente uma palavra das Cidades Secas.


32
Shaya - Graça; também usada como primeiro nome. Jaelle, nas Ci-
dades Secas.

Siarbainn - "Amigo ainda desconhecido". Uma palavra arcaica das


Hellers para estranho.

Skean - Um tipo de faca ou adaga. Também skean-dhu.

Skean-dhu - Uma faca pequena para arremessar. Do gaélico escocês


Skian-dhub.
T
Tallo - Cobre, usado como apelido para pessoas ruivas.

Técnico de Matriz - Um expert nas técnicas da tecnologia de matriz.


Segundo nivel mais alto.

Tela de Matriz - Uma tela parecida com trabalhos de treliça, feita


geralmente com estruturas cristalizadas artificiais muito complexas,
cada cristal reagindo à amplificação de uma Guardiã, utilizada para
vários propósitos. Algumas telas de Matriz são usadas para monitorar o
trafégo telepático entre as Torres; algumas são usadas para monitorara 33
as pedras de matriz dadas aos individuos com Laran; algumas são até
usadas para teletransportar pessoas e objetos inanimados. São numer-
osos os usos para uma tela de matriz.

Tenerésteis, pl. Teneréstei - "Aquela que apoia", "Aquela que guarda".


Uma palavra em casta para Guardiã.

Tenerézu, pl. Tenerézuin - "Aquele que apoia", "Aquele que guarda".


Uma palavra em casta para Guardião.

Terranan - Um termo perjorativo usados pelos nativos de Darkover


para qualquer um do Império Terráqueo.

Terranis - Feminino de Terranan.

Toroku - Um homem estudado, um professor. Palavra originaria do


Terráqueo Doutor.
Transmissor psicocinético - Um aparelho de matriz usado pra trans-
mitir matéria animada ou inanimada instantaneamente através do
espaço. As grandes telas de matriz são duplicadores trapaças para um
padrão desejado, que captura imagens e fazem o trabalho de uma
máquina automática de um conjunto de requisitos pré determinados.

34
V
Vai - Nobre, superior, honrado, bom, sua alteza. Uma palavra polida,
usada em cumprimentos.

Var, pl. Vars - Uma unidade Darkovana para distância. Dizem que Sain
Scarp é aproximadamente 40 vars de Scaravel.

"Voz" - Um mensageiro-mímico profissional, cujo negócio é entregar e


dizer a mensagem com todas as palavras e inflexões que foram origi-
nalmente usadas. Um "Voz" pode memorizar conversações extrema-
mente longas, com vários participantes e repeti-las perfeitamente. 35

Voz de Comando - Uma técnica de usar a voz de uma pessoa de


modo que o ouvinte não possa fazer nada, a não ser obedecer. Voz de
Comando, não é parte de nenhum Dom específico, e seu uso pode ser
aprendido por qualquer um com força de vontade forte o suficiente e
pelo menos um pouco de laran comum. Para as pessoas com o Dom
de Alton o uso da Voz de Comando é sempre fácil de aprender, é quase
uma parte do seu donas familiar.
36
Y
Ya-men - Uma raça Darkovana semi-inteligente de humanóides altos
(aproximadamente três metros), parecidos com pássaros. Os ya-men
vivem nas florestas profundas e apenas saem durante o Vento Fantas-
ma, ou durante os invernos muito rigorosos, quando eles ameaçam as
instalações humanas a procura de comida.

Yellowstone - Um mineral radioativo, provavelmente urânio de baixo


nível, usado nas Torres na Era do Caos para fazer armas como o Pó-
da-Morte.
Z
Zandru - Um Deus da fé Hali'myn; o Senhor das Escolhas, boas ou
37
más, e dos nove infernos. Senhor do Fogo e do conhecimento do bem e
do mal. Também é uma constelação Darkovana, centralizada na estrela
vermelha que os terráqueos chamam de Antares. É vísivel no começo
do inverno.

Zia - Uma palavra em Casta para Kyia. Do espanhol: Tia.

Ziu - Uma palavra em Casta para Kiyu. Do espanhol: Tio.


Ordem Cronológica
dos Livros.
1957 – Falcons of Narabedla

1958 – Os Salvadores do Planeta (The Planet Savers )

1961 – The Door Through Space

1962 – The Sword of Aldones (incorporado ao Exílio de Sharra)

1964 – O Sol Vermelho (The Bloody Sun)


38
1965 – Estrela do Perigo (Star of Danger)

1970 -The Winds of Darkover – re-editado nos Estados Unidos como


parte da coletânea A World Divided

1971 – Os Destruidores de Mundos (World Wreckers) – re-editado


nos Estados Unidos como parte da coletânea To Save a World

1972 – A Chegada em Darkover (Darkover Landfall) – re-editado


nos Estados Unidos como parte da coletânea Darkover: First Contact

1974 – A Espada Encantada ( The Spell Sword) - re-editado nos Esta-


dos Unidos como parte da coletânea The Forbidden Circle

1975 – A Herança dos Hastur ( The Heritage of Hastur) re-editado


nos Estados Unidos como parte da coletânea Heritage and Exile
1976 – A Corrente Partida (The Shattered Chain) – re-editado nos
Estados Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates

1977 – A Torre Proibida ( The Forbidden Tower) – re-editado nos


Estados Unidos como parte da coletânea The Forbidden Circle

1978 – A Ranha da Tempestade (Stormqueen!) – re-editado nos Esta-


dos Unidos como parte da coletânea Ages of Chaos

1979 – Bloody Sun (re-escrevido)

1980 – Dois para Conquistar (Two to Conquer) – re-editado nos Es-


tados Unidos como parte da coletânea Darkover: First Contact )

1980 – The Keeper’s Price – Antologia de estórias curtas passadas em


Darkover

1981 – O Exílio de Sharra (Sharra’s Exile) – re-editado nos Estados


Unidos como parte da coletânea Heritage and Exile 39
1982 – A Dama do Falcão (Hawkmistress!) – re-editado nos Estados
Unidos como parte da coletânea Ages of Chaos

1982 – Sword of Chaos – Antologia de estórias curtas passadas em


Darkover

1983 – A Casa de Thendara (Thendara House) - re-editado nos Esta-


dos Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates

1984 – Cidade da Magia (City of Sorcery) – re-editado nos Estados


Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates

1985 – Free Amazons of Darkover – Antologia de estórias curtas pas-


sadas em Darkover
1987 – The Other Side of the Mirror – Antologia de estórias curtas
passadas em Darkover

1987 – Red Sun of Darkover - Antologia de estórias curtas passadas


em Darkover

1988 – Four Moons of Darkover – Antologia de estórias curtas passa-


das em Darkover

1989 – Os Herdeiros de Hammerfell (Heirs of Hammerfell) – Os


Cem Reinos

1990 – Domains of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas


em Darkover

1991 – Renunciates of Darkover – Antologia de estórias curtas passa-


das em Darkover

40 1991 – Leroni of Darkover - Antologia de estórias curtas passadas em


Darkover

1993 – Rediscovery – co-autora: Mercedes Lackey

1993 – Towers of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em


Darkover

1993 - Marion Zimmer Bradley’s Darkover – Antologia de estórias


curtas passadas em Darkover, inclui To Keep the Oath

1994 – Snows of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em


Darkover, inclui To Keep the Oath

1996 – Canção do Exílio (Exile’s Song) – co-autora: Adrienne Mar-


tine-Barnes

1998 – The Shadow Matrix – co-autora: Adrienne Martine-Barnes


1999 – Traitor’s Sun – co-autora: Adrienne Martine-Barnes

2001 – The Fall of Neskaya - co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of


Chaos Clingfire Trilogy #1 – em progresso quando Marion Zimmer
Bradley faleceu

2003 – Zandru’s Forge –co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of


Chaos Clingfire Trilogy #2 – em progresso quando Marion Zimmer
Bradley faleceu

2004 – A Flame in Hali –co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of


Chaos Clingfire Trilogy #3 – em progresso quando Marion Zimmer
Bradley faleceu

2007 – The Alton Gift –co-autora: Deborah J. Ross – Children of Kings


Trilogy #1 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu

Hastur Lord – co-autora: Deborah J. Ross – Children of Kings Trilogy


#3 em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu 41
Ainda Não Publicados

The Children of Kings – co-autora: Deborah J. Ross – Children of


Kings Trilogy #2 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley
faleceu

The Reluctant King – co-autora: Deborah J. Ross – Livro #3 da série


Heritage of Hastur/Sharra’s Exile/Reluctant King – em progresso
quando Marion Zimmer Bradley faleceu

The Shadow King - co-autora: Deborah J. Ross – ocorre depois de


42 Destruidores de Mundos (World Wreckers) – em progresso quando
Marion Zimmer Bradley faleceu

Thunderlord! – co-autora: Deborah J. Ross ocorre na Era do Caos –


em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
Nota
As informações encontradas neste guia foram retirados da Web, tra-
duzidos ou digitalizados por fãs e sem fins lucrativos. Com o objetivo
de divulgar as obras.

43

http://mzbuniverse.blogspot.com.br

Related Interests