You are on page 1of 2

Methyl tertiary butyl ether (MTBE) is used as na antiknock additive in gasoline.

It is manufactured by the reaction of isobutene with methanol. The reaction is highly
selective and practically any C4 stream containing isobutene can be used as a
feedstock:

CH2 = C(CH3)2 + CH3OH → (CH3)3-C-O-CH3

A 10% excess of methanol is used to suppress side reactions.

In a typical process, the conversion of isobutene in the reactor stage is 97%.

The product is separated from the unreacted methanol and any C4 compounds by
distillation.

The essentially pure, liquid, MTBE leaves the base of the distillation column and is sent
to storage. The methanol and C4 compounds leave the top of the column as vapor and
pass to a column where the methanol is separated by absorption in water. The C4
compounds leave the top of the absorption column, saturated with water, and are used
as a fuel gas. The methanol is separated from the water solvent by distillation and
recycled to the reactor stage. The water, which leaves the base of the column, is
recycled to the absorption column. A purge is taken from the water recycle stream to
prevent the buildup of impurities.

1. Draw up a block flow diagram for this process.
2. Estimate the feeds for each stage.
3. Draw a flowsheet for the process.
Treat the C4 compounds, other than isobutene, as one component.

Data:

1. Feedstock composition, mol%: n-butane=2, butene-1=31, butene-2=18,
isobutene=49.
2. Required production rate of MTBE, 7000kg/h.
3. Reactor conversion of isobutene, 97%.
4. Recovery of MTBE from the distillation column, 99.5%.
5. Recovery of methanol in the absorption column, 99%.
6. Concentration of methanol in the solution leaving the absorption column, 15%.
7. Purge from the water recycle stream, to waste treatment, 10% of the flow
leaving the methanol recovery column.
8. The gases leave the top of the absorption column saturated with water at 30°C.
9. Both columns operate at essentially atmospheric pressure.

líquida. para tratamento de resíduos. com excepção isobuteno. que sai da base da coluna. Trate os compostos C4. 7. 10% do fluxo de saída da coluna de recuperação de metanol. 99%. 6. é reciclado para a coluna de absorção. A concentração de metanol na solução deixando a coluna de absorção. 5. Os compostos de metanol e C4 deixar o topo da coluna de vapor e passar para uma coluna onde o metanol é separado por absorção em água.Éter metil-terciário butílico (MTBE) é usado como antidetonante nd aditivo na gasolina. saturado com água. A purga é retirado da água reciclo para evitar o acúmulo de impurezas. Estimativa dos alimentos para cada fase. 7000 kg / h. Dados: 1. buteno-1 = 31. como um componente. Em um processo típico. 99. 4. . 3. Matéria-prima. O produto é separado do metanol que não reagiu e os compostos C4 por destilação. A reação é altamente seletivo e praticamente qualquer fluxo C4 contendo isobuteno pode ser usado como matéria- prima: CH2 = C(CH3)2 + CH3OH → (CH3)3-C-O-CH3 Um excesso de 10% de metanol é utilizado para suprimir reações colaterais. isobuteno = 49. a conversão de isobuteno na fase de reator é de 97%. 9. Reactor de conversão de isobuteno. 2. 1. buteno-2 =18. 3. É produzido pela reação de isobuteno com metanol. Taxa de produção de MTBE. 2. Os compostos C4 deixar o topo da coluna de absorção. 8. essencialmente. A água. Recuperação de MTBE da coluna de destilação. 97%. Ambas as colunas funcionar a pressão atmosférica. MTBE deixa a base da coluna de destilação e é enviado para armazenamento. O metanol é separado da água como solvente por destilação e reciclada para o reator de fase. Desenhe um fluxograma para o processo. A essência pura. Elaborar um diagrama de fluxo de bloco para este processo.5%. 15%. Os gases saem do topo da coluna de absorção saturada com água a 30 ° C. composição% mol: n-butano = 2. Purgação da água de reciclo. Recuperação de metanol em uma coluna de absorção. e são usados como gás combustível.